Você está na página 1de 4

ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL

PODER JUDICIÁRIO
TRIBUNAL DE JUSTIÇA

MCB
Nº 70059401877 (N° CNJ: 0132750-68.2014.8.21.7000)
2014/CÍVEL
AGRAVO DE INSTRUMENTO. CONCESSÃO DE
AJG À PESSOA JURÍDICA.
Segundo a jurisprudência consolidada no âmbito desta
Corte e dos Tribunais Superiores, é possível a
concessão de AJG à pessoa jurídica que comprovar
precária situação financeira. Ausente demonstração
nesse sentido, inviável o deferimento da benesse
pleiteada.
NEGADO
SEGUIMENTO
AO
AGRAVO
DE
INSTRUMENTO.

AGRAVO DE INSTRUMENTO

DÉCIMA SEGUNDA CÂMARA CÍVEL

Nº 70059401877 (N° CNJ: 013275068.2014.8.21.7000)

COMARCA DE IGREJINHA

VARGAS & LOPES MODA DESIGN
LTDA

AGRAVANTE

AGRO LATINA LTDA

AGRAVADO

DECISÃO MONOCRÁTICA
Vistos.
Cuida-se de agravo de instrumento interposto por VARGAS E
LOPES MODA DESIGN LTDA. contra decisão que lhe indeferiu o benefício
da assistência judiciária gratuita.
Em suas razões recursais, a parte agravante sustenta não ter
sido oportunizada a demonstração de sua hipossuficiência econômica.
Pugna pela concessão da gratuidade judiciária.
É o relatório.
Decido.
A controvérsia devolvida a exame cinge-se à possibilidade de
concessão da gratuidade de justiça à sociedade recorrente.
Não colhe amparo a insurgência recursal.
1

3. PESSOA JURÍDICA. Rel.7000) 2014/CÍVEL Em que pese o benefício da gratuidade de justiça seja legalmente previsto em favor do litigante pessoa física. Alterar a afirmação do tribunal de origem de ausência de comprovação de pobreza demanda revisão de fatos e provas. A possibilidade da extensão do benefício às pessoas jurídicas é pacífica no entendimento do Superior Tribunal de Justiça. INDEFERIMENTO COM BASE NO CONJUNTO FÁTICO-PROBATÓRIO DOS AUTOS. (AgRg no Ag 1328597/SP. FINALIDADE LUCRATIVA. INDEPENDENTE. Para a concessão do benefício da assistência judiciária gratuita à pessoa jurídica. 1. 2. não há óbice para sua concessão. AUSÊNCIA DE COMPROVAÇÃO. Concreção do enunciado da Súmula n. 07/STJ. julgado em 13/09/2011.2014. seja qual for sua finalidade.21.8. PEDIDO DE ASSISTÊNCIA JUDICIÁRIA GRATUITA. DJe 23/09/2011) AGRAVO REGIMENTAL NO AGRAVO DE INSTRUMENTO. conforme os recentes julgados que ora colaciono: AGRAVO REGIMENTAL NO AGRAVO DE INSTRUMENTO. PESSOA JURÍDICA. necessária é a 2 . COMPROVAÇÃO. SÚMULA 7/STJ. 4º DA LEI 1. ART. Ministro PAULO DE TARSO SANSEVERINO. ASSISTÊNCIA JUDICIÁRIA. Firmou-se a jurisprudência da Corte Especial do STJ no sentido de que a pessoa jurídica. deve demonstrar o preenchimento dos requisitos para se beneficiar da assistência judiciária gratuita. HIPOSSUFICIÊNCIA FINANCEIRA. SÚMULA 7/STJ.060/50. PROCESSO CIVIL. AGRAVO REGIMENTAL DESPROVIDO. TERCEIRA TURMA. 4. excepcionalmente. à pessoa jurídica com fins lucrativos. IMPOSSIBILIDADE DE REVISÃO EM SEDE DE RECURSO ESPECIAL. 1.ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA MCB Nº 70059401877 (N° CNJ: 0132750-68. desde que presente a efetiva impossibilidade da empresa em suportar os encargos processuais (custas e honorários advocatícios).

do Código de Processo Civil. mostra-se inviável a concessão da benesse pleiteada. seja durante a instrução processual. inexistindo prova da insuficiência de recursos. no entanto. 3. Rel.21.ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA MCB Nº 70059401877 (N° CNJ: 0132750-68.2014. Ministra MARIA ISABEL GALLOTTI. julgado em 03/05/2012. ELLEN GRACIE.7000) 2014/CÍVEL comprovação da impossibilidade de arcar com as custas processuais. 16 de abril de 2014. Porto Alegre. Relator(a): Min. Agravo regimental improvido. QUARTA TURMA. Pelo exposto.8. DES. julgado em 18/08/2009. DJe-171 DIVULG 10-09-2009 PUBLIC 11-09-2009 EMENT VOL-02373-04 PP-00685) No caso concreto. MÁRIO CRESPO BRUM. 1. 3 . PESSOA JURÍDICA. NECESSIDADE DE COMPROVAÇÃO DE INSUFICIÊNCIA DE RECURSOS. 2. Segunda Turma. com fundamento no artigo 557. (AgRg no Ag 1312171/SP. caput. Rever as conclusões que levaram à denegação do benefício pela instância ordinária esbarra no óbice do enunciado nº 7 da Súmula desta Corte. 2. seja no presente recurso. Agravo regimental a que se nega provimento. Portanto. (AI 652954 AgR. Precedentes. a sociedade agravante não acostou documentação comprobatória de sua alegada carência financeira. DJe 09/05/2012) Adota o Supremo Tribunal Federal o seguinte posicionamento: PROCESSUAL CIVIL. nego seguimento ao agravo de instrumento. A pessoa jurídica necessita comprovar a insuficiência de recursos para arcar com as despesas inerentes ao exercício da jurisdição. ASSISTÊNCIA JUDICIÁRIA GRATUITA.

2014. 4 .21.7000) 2014/CÍVEL Relator.8.ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA MCB Nº 70059401877 (N° CNJ: 0132750-68.