Você está na página 1de 14

Assine

Enviar matéria Comente já

Como são as comemorações de Natal em outros países


Portugal

O prato principal da ceia é o bacalhau, seguido por arroz de polvo. O doce


mais tradicional do Natal português é a rabanada. Crianças deixam um
sapato num lugar escolhido estrategicamente para que Papai Noel coloque
os presentes, que poderão ser abertos somente no dia 25. Na ceia, comem
ainda o bolo-rei, um pão de frutas que contém um presente dentro e é a
grande diversão das crianças.
Feliz Natal em Portugal: Boas Festas!

Estados Unidos

O Natal americano é rico em cor e brilho, e as


decorações das lojas e Shopping Centers são
conhecidas em todo o mundo. Nas casas, a
decoração é feita com lâmpadas coloridas, bonecos
de neve, velas vermelhas e guirlandas. As crianças
penduram meias perto da lareira para esperar a
chegada do velhinho barbudo. Na véspera de Natal
vizinhos se unem para cantar "Christmas Carols" (canções de Natal),
mostrando o espirito de confraternizacao. Os presentes são abertos na
manhã do dia 25. O prato típico é peru recheado acompanhado de frutas
tropicais.
Feliz Natal nos EUA: Merry Christmas!

Suécia

As festas começam no dia 6 de dezembro, dia de São Nicolau. Nesta data,


as crianças escrevem suas cartas com pedidos, que São Nicolau troca por
um saquinho de balas ou nozes. Na noite de Natal, a filha mais velha veste-
se de branco, com uma grinalda de folhas verdes com sete velas acesas na
cabeça, e serve café com bolinhos para todas as pessoas de sua família.
Feliz Natal na Suécia: God Jul!

China

As casas são iluminadas com lanternas de papel, árvores de Natal, correntes


e flores também de papel. Como nos EUA, as crianças chinesas também
penduram meias à espera de presentes. O bom velhinho é chamado de Dun
Lhe dao Ren, que significa ‘’velho Natal’. Mas como a maioria dos chineses
não é cristã, a maior festa ainda é o Ano Novo Chinês, comemorado só no
final de janeiro. Nessa data as criancas recebem roupas e brinquedos novos
e são servidos pratos especiais. Em homenagem aos ancestrais, retratos e
pinturas de familiares que já se foram são colocadas na principal peça da
casa para serem vistos e lembrados.
Feliz Natal na China: Sheng Tan Kuai Loh (mandarín), Gun Tso Sun
Tan'Gung Haw Sun (cantonés)

Itália

A entrega dos presentes é feita só no dia 6 de janeiro, Dia


de Reis, em lembrança a visita dos Reis Magos ao menino
Jesus. Em todas as igrejas são montados presépios. Na
ceia são servidos peixes e massas. As crianças esperam a
visita da Befana (foto), que traz presentes para os bons e
castigo para os maus meninos. Segundo a lenda, os Reis
Magos pararam durante a ida ate Belém e pediram comida
e abrigo a uma velha senhora, que negou ajuda. Eles
seguiram a viagem com fome e cansados. A velha senhora
arrepende-se, mas os Reis Magos já estavam longe. A lenda conta que A
Befana ainda vaga pelo mundo procurando o menino Jesus, sob várias
formas: uma rainha, uma fada, uma velha ou uma bruxa.
Feliz Natal na Itália: Buon Natale!

Japão

O Natal não é muito difundido, mas os japoneses abraçaram o ritual de troca


de presentes, costume muito apreciado na cultura japonesa. Os japoneses
enfeitam as casas, cantam músicas e servem peru. Outro hábito também
terminou por encontrar abrigo entre os japonenses: como as bonecas sempre
foram muito valorizadas em suas tradições, o presépio encantou os
japoneses – especialmente as meninas, que gostam de montar os seus
próprios presépios.

França

Os franceses cultivam a tradição da reconciliação


no Natal, em que as pessoas visitam a casa de um
inimigo para lhe pedir perdão. A reconciliação é,
então, brindada com vinho. Para a ceia, cada região
tem o seu prato tradicional: na Acácia, o prato
principal é o ganso. Na Burgumdia, o peru com
nozes e, para os parisienses, Natal é sinônimo de
ostras e faie gras. O doce típico é o buche (foto),
feito de marzipã, coberto com chocolate e em forma de tronco de árvore.
Nas creches, as crianças representam cenas da vida de Jesus e dos santos.
Feliz Natal na França: Joyeux Noel!

Canadá

Em certas regiões, jovens se fantasiam e vão de porta em porta visitar


doentes e idosos. Também tocam instrumentos e cantam nas ruas. Na
véspera, fazem uma ceia composta de peixes.
Feliz Natal no Canadá: Merry Christmas!
Equador

Em várias regiões os presépios são feitos com representação indígena. O


povo mantém uma tradição religiosa muito acentuada.
Feliz Natal no Equador: Feliz Navidad

Argentina

No interior, as famílias se reúnem e fazem a ceia ao ar livre, nos quintais, ao


redor das churrasqueiras.
Feliz Natal na Argentina: Feliz Navidad

Índia

A árvore de natal indiana não é o pinheiro, mas


plantas nativas do país: árvores de manga e
bananeiras (foto) são enfeitadas. As casas são
decoradas com folhas de mangueira. Lâmpadas de
argila acesas com óleo são usadas na decoração
natalina.
Feliz Natal na Índia: Shub Naya Baras!

Belém

Na cidade onde Jesus nasceu, o Natal é comemorado com peregrinos e


tribos árabes da região, que se ajoelham na cripta da capela dos franciscanos
para adorar o berço de Jesus, que é conservado na igreja e montado apenas
na noite de 24 para 25 de dezembro. Depois que termina a missa, os
franciscanos oferecem uma ceia aos peregrinos: apenas pão preto
acompanhado de vinho.

México

Além da troca de presentes, a população realiza procissões para relembrar


os difíceis acontecimentos que antecederam o nascimento de Jesus. Como a
ida da sagrada família de Nazaré para Belém levou nove dias, as procissões
começam nove dias antes do Natal.
Feliz Natal no México: Feliz Navidad

Venezuela

As crianças da capital venezuelana costumam ir à primeira missa, a Missa


de Agrinalda, de patins. Em muitos bairros , chega-se a fechar as ruas para
os carros até cerca de oito horas da manhã , para liberar a passagem das
crianças. O curioso é que na noite anterior à missa, muitas delas amarram
um barbante no dedão do pé e colocam a outra extremidade do barbante
pendurado para a fora da janela. Assim, os primeiros patinadores que
passam para ir para a missa vão dando um puxão nos barbantes para acordar
as mais preguiçosas.
Feliz Natal na Venezuela: Feliz Navidad

Polônia

Na ceia não se come carne vermelha, mas sim peixes, acompanhados de


vinho branco, sopa de cogumelo, pão, doces de mel e torta de sementes de
papoula. Depois que a família senta-se à mesa, somente a dona de casa se
levanta para servir as iguarias. À meia noite, os poloneses assistem a missa
do galo. No dia 25, a festa começa no café da manhã, quando pode ser
servido presunto e carnes a vontade. Este desjejum é a refeição mais festiva
do dia. Já os presentes são trocados em seis de dezembro, dia de São
Nicolau.
Feliz Natal na Polônia: Boze Narodzenie
NATAL NO BRASIL

EM NOSSO PAIS , O NATAL URBANO ASSUMIU OS ASPECTOS


DE ORIGEM NÓRDICO
SOBRESAIND0-SE O HÁBITO DA TROCA DE PRESENTES.
PARA TANTOS CONTRIBUI SUCESSIVAMENTE A
PROPAGANDA COMERCIAL, O QUE ACABOU DISVIRTUANDO A
ANTIGA
TRADIÇÃO EUROPEIA DE SER PRESENTE DE FEITURA
DOMÉSTICA.
A ORIGEM DO PAPAI NOEL , TÃO DIFUDIDA ENTRE NÓS
,TAMBEM É EUROPEIA .
O ESCRITOR MONTERO LOBATO ,
NA DÉCADA DE 30 BUSCANDO ABRASILEIRAR ESTE
SIMBOLISMO CRIOU VOVÓ INDIO ;
NOS ANOS 50 JORACY CAMARGO E HECKEL TAVARES ,
CONCEBERAM UM PERSONAGEM NEGRO CHAMADO PAPAI
JOÃO ,
PARA SUBSTITUIR A FIGURA DO PAPAI NOEL .
CONTUDO , NENHUMA DAS TENTATIVAS VINGOU,E O
VELINHO DE BARBAS BRANCAS E BOTAS PRETAS , PARECE
ESTAR EMCORPORADO DIFINITIVAMENTE A O NOSSO
NATAL .
NO INTERIOR,
A FESTA CRISTÃ SE ENVERTE DE CARACTERÍSTICA BEM
MAIS POPULAR E BRASILEIRA, OPORTUNIZADO DIVERSAS
MANIFESTAÇÕES FOLCLORICAS,COMO O BUMBA –MEU-
BOI ,O BOI -CALENGA,CHEGANÇA,DO FANDANGO ,
PASTORIA , CONGADAS OU CONGAS, REISADOS .
ESSAS VARIAÇÕES NORMAUMENTE ANTESEDEM A MISA DO
GALO , SELEBRADA A MEIA-NOITE .
JÁ A DEMONISAÇÃO NOITE DE FESTA DIFUNDIU-SE NO
BRASIL EM FUÇÃO DO MÊS DE DEZEMBRO , CHAMADO MÊS DE
FESTA ACREDITA-SE QUE SEJA ESSA O MOTIVO DA
POPULARIZAÇÃO DAS VALOS DE BOAS FESTAS ,
RELASIONADAS , EVENTAMENTE , A COMEMORAÇÃO DO
NASCIMENTO DE JESUS .

Como é o Natal em outros países,Polônia, Alemanha, França.

Polônia

Nesse país ,a ceia de Natal no dia 24, inicia quando surge no céu a
primeira estrela.
A família reúne-se a mesa, enfeitada a manjedoura.
O momento culminante da ceia e a "Oplatek’’.
É o momento de aproximação dos afastados física e
espiritualmente,
é, portanto, o momento de perdoar e afastar todos os pêsames,
pois não se pode ficar próximo de alguém, perante a história, com
desavenças no coração,
Na ceia não se come carne vermelha, mas sim peixes, acompanhados
de vinho branco, sopa de cogumelo, pão, doces de mel, e torta de
sementes de papoula. Após a família senta-se á mesa, somente a
dona de casa levanta para servir as iguarias, e deixa-se sempre uma
luta. A meia noite, os poloneses assistem a missa do galo, no dia 25,
a festa começa no café da manhã, quando então pode servido
presunto e carnes a vontade. Este desjejum e a refeição mais
festiva do dia. Já os presentes são trocados na data de seis de
Novembro, dia de São Nicolau.
Na Polônia, o ferro a história o presépio trazem a memória que não
se trata apenas de um banquete, mas sim de uma verdadeira
conciliação com Deus. O Natal na Polônia também não precisa o
pinheiro enfeitado, semelhante ao nosso, no Brasil.
Alemanha.

Na Alemanha, país rico em tradições natalinas, o momento mais


importante do Natal constitui-se na reunião da família, durante a
ceia ou o almoço também são tradicionais as chamadas "Feiras de
Natal", onde se pode comprar tudo para as festividades: enfeites,
pães, a árvore, figuras de presépio, pães de mel, amêndoas
torradas, brinquedos de madeiras, artigos de lã, caramelos,
chocolates.
Os musicais são uma constante, cada sete de dezembro, as crianças
tiram uma "Prêmio" para o Natal, quando recebem presentes ou
guloseimas, trazidas por "São Nicolaos" Ou Papai Noel, como
conhecido entre nos.
Na noite de Natal, todos se reúnem nas suas casas, entoam cânticos
e acendem as velas da árvore geralmente no Natal torcem para que
neve forte, para eles um Natal sem neve é impossível, aqui no
Brasil, as famílias de origem alemão perderam o costume de
pinheiro natural muitos enfeites , o presépio, as canções e a reunião
familiar. A neve ficou apenas como uma saudosa lembrança de seu
país de origem.

França
Como não poderia deixar de ser um dos ponto fortes do Natal
francês é a qualidade e diversidade dos alimentos servidos na ceia.
Cada região tem o seu prato tradicional: na acácia, o prato principal
é o ganso. Na Burgum dia, o peru com nozes e, para os parisienses,
Natal é sinônimo de ostras e parte de faie gras. Mas o Natal
Francês não se limita á ceia. Também há o Papai Noel ,o "Papai
Noel". só que, lá, ele vem acompanhado de um outro personagem, o
"Pere Fouetard. Que é encarregado de informar, ao Papai Noel
como foi o comportamento de cada criança durante o ano.
Os franceses, gostam muito do presépio, frutas, geralmente em
peças de cerâmica. Ha uma longa tradição, no sul do pais, de
ortisois especializados nos confecções de peças do presépio. Os
molares para o feita de geração de o século XVII . No mês de
dezembro as figuras do presépio
podem ser adquiridas nas feiras realizadas em Marselha e AIX.

O NATAL NA CHINA É.

Os chineses cristãos comemoram o Natal decorando suas casas com


coloridas lanternas de papel. Também as árvores de Natal que são
chamadas de "árvores de luz’, são decoradas com lanternas, flores
e outros enfeites de papel.
Como as crianças americanas , as chinesas também penduram os
seus pés de meia para que o PAPAI NOEL coloque ali os presentes.
Mas lá o seu nome é um pouco mais complicado. O velhinho é
chamado de Dun Lhe dao Ren, que significa ‘’velho Natal’.
No estante a grande maioria do chineses não é cristã. Para essa
população a principal festividade deste período é a comemoração do
Ano Novo chinês que acontece em uma data variável no final de
janeiro.
Durante a festa as crianças recebem novas roupas e brinquedos e
há inúmeros shows de fogos de artifícios.
Um espetáculo importante da comemoração do Ano Novo na chuva é
a homenagem que se presta aosancestrais . Retratos e pinturas dos
ancestrais da família são colocadas na principal peça da casa para
serem vistos e lembrados pelo seus atuais membros.

O NATAL EM HONG KONG É.

Dois dias depois do Natal, em 27 de dezembro , é que a população


de Hong kong faz sua grande festa . E a Chiu , uma comemoração
taoista voltada para a limpeza e renovação local . Os participantes
dessa festividade convocam todos os seus poderes conjunto traga
renovação para vidas.
Sima dos Deuses patronais de cada templo da cidade são reunidas
em um único local onde a população deposita oferendas .
No final da comemoração os sacedores dos diversos templos lêem
em voz alta o nome de cada um dos moradores do bairro onde está
o templo . Então , pegam essa lista extensa de nomes ,e aprendem
em uma pandorga começa a subir ,o s locandos fogo na lista,
deixando que suba em chamas, para os Céu.

O NATAL NO JAPÃO ...

A festividade do natal foi introduzida no Japão pelos missionários


cristões e , durante muito tempo, a data era comemorada apenas
pelos cristões. Mas, ultimamente, a grande maioria da população
japonesa, que não é cristão, também passou a, comemora-lo. Isto se
deve ao fato de que há, na cultura Japonesa, uma longa tradição de
troca de presentes. E uma data que oficializa essa troca tornou-se
um forte apelo para os japoneses.
Um outro hábito relativo ao Natal também terminou por encontrar
abrigo entre os japonenses. como as bonecas sempre foram muito
valorizadas em suas tradições, o presépio acabou também por em
cantar os japoneses--especialmente as meninas, que gostam de
montar os seus próprios presépios. Há, no Japão, a figura
mitológica de um monge que se assemelha muito à do Papai Noel. Ele
é o hoteiosho, um bom velhinho que como Papai Noel, também leva
um saco nas costas.
Mas, diferentemente deste, ele tem um segundo par de olhos na
parte detrás da cabeça, e as crianças são advertidas a se
comportarem bem pois, caso contrário, o hoteiosho estará vendo--
tudo--tudo o que fazem. Mas a data mais importante para os
japoneses, em tudo a seu calendário de comemorações, é a do Ano
Novo. Para marcar a sua chegada, as casas são totalmente limpas e
decoradas no dia anterior. Depois dessa grande limpeza, as famílias
colocaram suas melhores.
Roupas, e o pai, seguido de toda a família, caminha por toda a casa,
exortado os maus espíritos a se retirarem, e chamando a boa sorte.

Patricia , Samanta, Dayse .


Como é o Natal na Venezuela

Uma das divertidas tradições de Natal do mundo é da Venezuela, e


é pratica Pelas crianças locais
. A população da Venezuela tem o habito de ir a primeira missa Do
dia entre os dias 16 e 24 de Dezembro essa missa é chamada de
Missa de Agrinalda .
Em Caracas ,a capital do pais, é com um que as crianças o
adolescentes- Sigam para a missa de patins .Em muitos bairros ,
chega - se a fechar as ruas para os carros no período até oito horas
da manhã , para que as crianças possam ir patinando para a missa.
Mas o mais curioso é um habito que antecede a ida para a missa .De
noite, na hora de dormir, muitas crianças amarram um barbante no
dedão do pé ,e colocam a outra extremidade do barbante
pendurado para a fora da janela. Assim, os primeiros patinadores
que passam para ir para a missa , vão dando um puxão nos barbantes
atados nos pés dos mais preguiçosas, para acordá –los.

Como é o Natal na Índia.

Enquanto os Brasileiros optaram por uma árvore de Natal que não é


nativa do país o pinheirinho, os indianos elegeram as árvores nativas
para decorarem durante o natal. Na índia, as bananeiras, mangueira
é que são enfeitada é, em algumas casas usam-se as folhas de
mangueiras para fazer decorações Natalinas. Em diversas regiões
indianas usam-se pequenas lamparinas como enfeites que são
colocadas sobre os telhados é muros. Mas, nas igrejas utilizam-se
velas é uma flor que, embora mexicana, tornou-se a flor do Natal de
vários locais o bico de- papagaio, ou pointsettia.
Como é o Natal no México.

Durante o Natal no México, a população aproveita não só para


distribuir presentes mas para relembrar os difíceis movimentos que
antecederam o nascimento de Jesus. Isto é feito em procissões .
As pousadas que reproduzem o drama de Maria e Jesus procurando
representar um local onde ficaram quando chegaram em Belém .
As procissões começam nove dias antes do Natal . Porque a ida da
sagrada família de Nazaré para Belém levou nove dias.
Grupos de amigos e familiares se dividem em dois lados
representam a Sagrada Família a Belém. Os dois peregrinos pediam
abrigo aos donos de pousadas sendo recusados friamente em cada
uma delas. Enfim chegam a casa que foi escolhida para abrigar um
altar com um presépio onde são recebidos com festa.
Então são feitas orações e tem início a comemoração do Natal.
Para mim as tradições de Natal são as mais singelas e mais puras do mundo, são
lembranças que geralmente guardamos da nossa infância que nos acompanharão por
toda a vida. O Natal é algo mágico e saber transmitir esta magia ao seu filho é uma
tarefa deliciosa. Abaixo fiz uma lista com algumas tradições de natal em alguns países
do mundo, assim seu pequeno fica a conhecer como soutros povos celebram esta data
tão linda!

A Ceia de Natal
A Ceia de Natal é diferente em cada país, cada povo comemora o natal de uma maneira
diferente e em cada mesa as comidas também diferem de
país para país.

- No Brasil a tradição é o Peru de Natal, o Tender e o Chester, bem como as frutas


tropicais (abacaxi, melão, mangas, uvas, etc).

- Na Alemanha os pratos mais tradicionais são a base de carne de porco, incluindo


enchidos, chouriços e salsichas.

- Nos Estados Unidos o peru também é tradicional e as rabanadas fazem a alegria das
crianças.

- Na França pratos a base de molhos brancos, com ervilhas e grãos se fazem presentes
todos os anos.

- Na Itália não pode faltar o peru, as massas tradicionais e bom vinho tinto.

- Em Portugal o prato tipico do Natal é o Bacalhau com Batatas e também o peru


recheado.

A história do Pai Natal


A história do Pai Natal dizem que começou há muitos séculos provavelmente em 330
d.C, quando um bom velhinho chamado São Nicolau nascido em Petara (Turquia) que
era bispo de Mira, distribuia presentes para as crianças mais pobres. Nicolau costumava
ajudar, anonimamente, quem estivesse em dificuldades financeiras. Colocava o saco
com moedas de ouro a ser ofertado na chaminé das casas. Foi declarado santo depois
que muitos milagres lhe foram atribuídos. Sua transformação em símbolo natalino
aconteceu na Alemanha e daí correu o mundo inteiro.

O bom velhinho que os brasileiros chamam de Papai Noel e os portugueses chama de


Pai Natal tem outros nomes nos outros países? Isso mesmo cada país tem um idioma, ou
seja fala-se idiomas diferentes na França, na Inglaterra, na Itália, na Alemanha. Vamos
conhecer na lista que segue abaixo os diferentes nomes do Pai Natal:

Alemanha – Kriss Kringle (Criança de Cristo)


Espanha – Papa Noel
Finlândia – Joulupukki
Rússia – Grandfather Frost
Itália – Babbo Natale
Dinamarca – Juliman
França – Pere Noel
Canadá – Santa Claus
Holanda – Kerstman
Japão – Jizzo

Feliz Natal em outros idiomas:

Albanês – Gëzuar Krishtilindjen


Alemão – Fröhliche Weihnachten
Armênio – Shenoraavor Nor Dari yev Pari gaghand
Basco – Zorionak
Bósnio, Croata, Sérvio – Sretan Božić
Castelhano – Feliz Navidad ou Felices Pascuas
Catalão – Bon Nadal
Coreano – Chuk Sung Tan
Esperanto – Gajan Kristnaskon
Finlandês – Hyvää joulua
Francês – Joyeux Noël
Galês – Nadolig Llawen
Georgiano – Kristas Shobas
Grego – Καλά Χριστούγεννα
Holandês – Prettige Kerstfeest
Inglês – Merry Christmas ou Happy Christmas

A história da árvore de Natal


A história da árvore de Natal começou na Alemanha na Idade Média, certo dia Martinho
Lutero, estava a andar por uma floresta repleta de pinheiros, olhou ao céu e o viu
coberto de centenas de estrelas brilhantes. Ficou tão fascinado que ele decidiu pegar um
pinheiro e colocar enfeites de Natal, em celebração ao nascimento do Menino Jesus.
Muitos enfeites podem ser colocados na árvore de natal, desde bolas coloridas, bonecos,
luz pisca-pisca que representam as estrelas e a ponteira em forma de estrela guia (a
estrela que guiou os reis magos até o local de nascimento de Jesus).

As tradições e Comemorações em Diversos Países do Mundo

Suécia - As festividades de Fim de Ano, tem inicio no dia 13 de Dezembro dia de Santa
Luzia. AS celebrações iniciam-se com uma procissão por diversas cidades do país com
uma tocha acesa.

Austrália - Como a Austrália assim como o Brasil estão localizados no hemisferio sul e
nesta época do ano, dezembro é o mês de verão, muitas pessoas comemoram o Natal na
praia e os presentes são trocados somente
no dia 25 de Dezembro e não na noite de Natal como é comum em muitos países.

Japão – Embora somente uma minoria da população seja católica, os cristãos japoneses
comemoram o Natal como no Ocidente, com a ceia de natal, a árvore de natal e a troca
de presentes na noite de 24 de Dezembro.

Finlândia - Considerada a terra do pai natal, mais especificamente na Lapônia é


considerado um dos mais belos lugares do mundo, e onde a cultura do Natal é
considerada a mais forte do mundo.Como o país é muito frio algumas familias na noite
de natal antes da ceia costumam fazer saunas para poderem se aquecer, a lareira também
é muito importante não só pelo frio que lá faz, mas como é por onde segundo a lenda o
Pai natal entra na casa.

Inglaterra - As tradições natalinas são fortemente difundida, a ceia deve ter a familia
toda reunida, a decoração de natal deve ser completa com direito a arvore, luzes, etc.

Itália - As familias costumam assistir a Missa do Galo celebrada a meia noite do dia 24
de Dezembro no Vaticano, e após a missa seguem para suas casas para a ceia de Natal
onde é feita a troca dos presentes.

Brasil - No Brasil a festa de Natal apesar da arvore de natal, luzes e enfeites, a festa não
é tão típica como nos outros países. Geralmente as famílias costumam dançar e ouvir
musicas que não são de Natal, a troca dos presentes de natal pode ser feito através do
amigo secreto ou amigo oculto, onde cada pessoa tem de adivinhar que vai lhe oferecer
o presente, tornando a festa uma grande brincadeira.

Site Relevante:

- Pai Natal | Site oficial Finlândia