Você está na página 1de 3

SISTEMA DE FORAS

O movimento de um corpo dependente da intensidade, da direo, do sentido e


do ponto de aplicao da fora. Um corpo esta sujeito a ao de uma ou mais foras
simultneas. Quando mais de uma fora atua sobre o corpo, dizemos que o corpo esta
sob a ao de um sistema de fora.
Os seguintes fatores abaixo influenciam na atuao da fora:

a) Durao:
Instantnea: a ao da fora em um curto espao de tempo;
Continua: a ao da fora em um mdio ou longo tempo. Esta pode
ser de intensidade constante quando a intensidade mantida igual do
inicio ao fim, ou de intensidade varivel quando h variao da
intensidade ao longo da aplicao da fora.

b) Direo:
Mesma direo: podendo variar no mesmo sentido ou em sentidos
opostos.
Ex: Mesmo sentido
Sentidos opostos
Paralelas: podendo variar tambm no mesmo sentido ou em sentidos
opostos.
Ex: Paralelas de mesmo sentido
Paralelas de sentidos opostos
Concorrentes ou angulares: formam um ngulo a partir do mesmo
ponto de aplicao.

Ex:


COMPOSIO VETORIAL

o processo que determina um nico vetor (vetor resultante), a partir de dois ou
mais vetores principais, atravs da soma vetorial.

Assim, as foras podem ser:

a) Mesma direo, mesmo sentido e mesmo ponto de aplicao




Assim: R= F1 + F2 + F3

b) Mesma direo e sentidos opostos





Assim: R= (F1 + F2) - (F3+F4)
R= (200 + 100) (100 + 100)
carga
R= 600 unidades
100 un 200 un 300 un
F1 F2 F3

carga
R= 100 unidades
200 un 100 un 100 um 100 un
F1 F2 F3 F4

R= 300 200
R= 100 unidades


FORAS CONCORRENTES OU ANGULARES

Podem ser com ngulos iguais a 90 ou diferente de 90

a) Foras com ngulo igual a 90.

Obtm-se a R a partir do Teorema de Pitgoras: Em todo tringulo retngulo, o
quadrado da hipotenusa igual a soma dos quadrados dos catetos

a = b + c




b) Foras com ngulo diferente de 90

Se o ngulo for menor que 90, a resultante (R) ser maior que as
componentes.

Se o ngulo for maior que 90, a resultante (R) ser menor que pelo menos uma das
componentes.





F2
F1
R
> 90

F2
F1
R
> 90
R Maior que uma das componentes
F1
F2
R
Cateto

Hipotenusa

Ex: F1 = 4 Um
F2 = 3 Um
R = ?

R = F1 + F2
R = 4 + 3
R = 16 + 9
R = 25 R = Raiz de 25
R = 5 unidades
F2
F1
R
< 90
F2
F1
R < 90
Cateto

R igual as componentes, pois
possuem o mesmo tamanho.

SISTEMA COM MAIS DE DUAS FORAS ATUANTES

Despreza-se inicialmente um dos vetores principais (F3);
Acha-se a R1 que substituir a F1 e a F2.




REGRA DA PONTA-CAUDA


Consta em transportar os vetores principais de modo que a origem de um vetor
coincida com a extremidade do outro vetor, sem modificar o seu mdulo, sentido e
direo. Assim, o vetor resultante (R) a soma dos vetores principais.

Ex:


R
a
b
R = a + b
Resultante
Resultante
R = a + b
Exemplo A: Exemplo B:
Exemplo C:
a
b
a b c
Resultante
R = a + b + c
F2
F1
R1
F2
F1
F3
R
R
R1
F3