Você está na página 1de 5
 

UNIVERSIDADE FEDERAL DO TOCANTINS

Campus de Palmas

Campus de Palmas

Curso de Engenharia Civil

Nome :

Conceito:

Séries e Equações Diferenciais

Primeira Prova

Observações:

(a)

A prova é individual e sem consulta;

(b)

O tempo máximo para resolução da prova é de 02 horas;

(c)

A interpretação das questões faz parte da prova.

(d)

Justifique cada resposta.

Prof. Dr. Sc. Christian Q. Pinedo

1. Desenvolver em séries de potências de x a fração f (x) =

x + 2

x 2 + x + 1 .

2. Resolva o seguinte problema de valores iniciais.

dx = 2x + y 4

dy

x y + 1

,

y(2) = 2

3. Resolva a equação de Bernoulli y 2xy = 4x y .

4. Determine a curva plana que passa pelo ponto (1, 1 + e) cujo coeficiente angular da

reta tangente em cada ponto (x, y) é dado por 2

y

x + e x

x .

5. Resolver utilizando fator integrante apropriado.

(x cos y y sen y)dx + (x sen y + y cos y)dy = 0

Palmas, 29 de janeiro de 2014

2

 

UNIVERSIDADE FEDERAL DO TOCANTINS

Campus de Palmas

Campus de Palmas

Curso de Engenharia Civil

Séries e Equações Diferenciais

Primeira Prova

Questão 1.

Desenvolver em séries de potências de x a fração f (x) =

Solução.

Podemos escrever:

x + 2

x 2 + x + 1 .

f(x) =

x + 2

+ 1 = 2 x x 2

1 x 3

x 2 + x

=

2

1 x 3

x

1 x 3

x

2

1 x 3

(x 3 ) n x

n=0

n=0

n=0

2x 3n

2x m +

n=0

f(x) = 2

f(x) =

(x 3 ) n x 2

x 3n+1

n=0

(x 3 ) n

se

(1)x m

n=0

x 3n+2

∞ ∞

(1)x m +

f(x) =

se

m=3k

m=3k+1

m=3k+2

k0

k0

k0

|x| < 1

|x| < 1

se

|x| < 1

Portanto, f (x) =

+

a n x n onde a n = 2 se n = 3k , a n = 1 se n = 3k +1

n=0

onde k Z + ,

|x| < 1 .

Questão 2.

e

Resolva o seguinte problema de valores iniciais.

n = 3k +2

Solução.

Da solução do sistema {

Consideremos x = s + 1

equqação homogênea

dx = 2x + y 4

dy

x y + 1

, y(2) = 2

2x + y 4 x y + 1

=

=

0

0

resulta x = 1, y = 2 .

e

y = t + 2 , substituindo na equação original, resulta numa

3

ds = 2s + t

dt

s t

(2.1)

Consideremos a mudança t = us , então dt = sdu + uds , na igualdade (2.1) temos.

s · du + u = 2 + u

1 u

ds

separando as variáveis desta equação

1 + u 2 · du = ds

2 + u

s

2 arctan 2 = Ln

u

Cs 2

2 + u 2

Retornando à variável original obtemos a solução geral da equação proposta.

2 arctan

y 2

2(x 1) = Ln

Da condição inicial y(2) = 2 segue

C(x 1) 4

2(x 1) 2 + (y 2) 2

2 arctan 0 = Ln C

0 = Ln C

C = 2

2

2

Portanto, a solução do problema de valores iniciais proposto é

2 arctan

y 2

2(x 1) = Ln

2(x 1) 4

2(x 1) 2 + (y 2) 2

Questão 3.

Resolva a equação de Bernoulli y 2xy = 4x y .

Solução.

Multipliçando por y 1/2 obtemos y 1/2 y 2x x y = 4x .

Fazendo a mudança u = y

du

dx

dy

dx , de onde substituindo obtemos

= y 1/2

du

dx

xu = 2x

u(x) = e x 2 /2 [ 2e x 2 /2

+ C ]

Portanto a solução geral da equação proposta é y(x) = [ Ce x 2 /2 2 ] 2 .

Questão 4.

Determine a curva plana que passa pelo ponto (1, 1 + e) cujo coeficiente angular da

reta tangente em cada ponto (x, y) é dado por 2

Solução.

y

x + e x

x .

4

A questão se traduz a resolver o problema de valores iniciais

  2

dy

dx

y(1)

=

1 + e

=

y

x + e x

x

esta equação podemos escrever na forma

1

é e x dx = x , logo temos

xy

dx

= 2x + e x

dy

dx +

y

x = 2 + e x , observe que o fator integrante

x

y = x + e x

x

+ C

x

onde C é constante arbitrária.

Substituindo a condição inicial dada, temos que a solução particular procurada é

= 2x + e x

xy

y = x + e x

x .

dx

Questão 5.

Resolver utilizando fator integrante apropriado.

(x cos y y sen y)dy + (x sen y + y cos y)dx = 0

Solução.

Temos

∂M

∂y

Seja u(x) =

= x cos y y sen y + cos y

1

·

N

[ M

∂y

∂N

∂x

]

N

∂x

= cos y

u(x) = x cos y y sen y + cos y cos y

x

cos y y sen y

logo o fator integrante é e x .

= 1

M

∂y

̸= N ∂x

Temos que resolver e x (x cos y y sen y)dy + e x (x sen y + y cos y)dx = 0

Portanto, xe x sen y e x sen y + ye x cos y = C é a solução geral da equação dada.

5

1. Resolver as seguintes equações por qualquer método.

dy

x + y 3 .Espinosa 124

1.1. x 2 y

dx =

1.2. (x 4y 9)dx + (4x + y 2)dy = 0 . Espinosa 55

1.3.

(

x

1

1

y ) dx + (

x 2 + y 2 +

x +

1.4. 3y (iv) + y = 2 .

y

1

x 2 + y 2 +

y

x 2 ) dy = 0

y

Espinosa 72