Você está na página 1de 4

PSICOLOGIA

Genética  objecto – homem

O que é o homem?

É um ser complexo; ser racional; ser emocional; ser vivo; animal; animal que fala;
adaptativo; social; sexual; poético \ criativo; político; organizacional; ser estético;
ser ético; ser económico; ser cultural.

Sapiens - demuns

Saber· Demência

- Não se consegue definir por identidade isolada;

- O Homem não consegue viver sem o meio (natureza)

- Realidade complexa

 O Homem e uma identidade sistémica, aberta, biológica, social e cultural. Neste


sentido o Homem deve ser entendido como um ser diferente de todos os outros
animais, que se foi autonomizando em função das suas características perculiares.

A psicologia debruça-se então sob o comportamento e mais especificamente sob a


genética do comportamento.

? O que é a genética?

Estudo dos mecanismos através dos quais os caracteres dos progenitores se


transmitem aos seus descendentes.

W. BATSESON

- Pela 1ª vez definiu a genética

- Ciência da hereditariedade (genética)


GREGOR MENDEL

- Fez estudos de hereditariedade

- Apoiante da estrutura fixista

- O cruzamento entre raças puras fica marcado na 1ª geração e na 2ª numa


proporção de 3 para 1

- Foi e é o suporte de todas as teorias da genética

KAROLINSKA

Puseram em causa a lei de Mendel, porque conseguiram identificar o


gene responsável por certas doenças

Alteração / manipulação do gene

○ HEREDITARIEDADE

Mecanismo biológico através do qual cada indivíduo herda as características do seu


género e espécie e também as múltiplas características que o tornam num ser
único.

- No Homem, há 46 cromossomas, sendo que o cromossoma par 23 é aquele que


determina o sexo do indivíduo.

Os cromossomas são constituídos por uma substância que explica o porquê da nossa
existência e de sermos diferentes – DNA

Cromossomas – estruturas que comandam e coordenam toda a actividade celular e


são responsáveis pela transmissão das características hereditárias. Os
cromossomas localizam-se no núcleo das células, sendo formados por uma cadeia
única do DNA enrolada à volta de um suporte de proteínas (histonas).

Estrutura do DNA
○ Universal no mundo vivo (a mesma em todas as espécies)
○ É o número e a estrutura que forma as características das espécies
○ É o suporte de toda a informação genética e o controlador de todos
os mecanismos vitais dos organismos

O DNA apresenta uma característica fundamental:

• Copia-se a si próprio.

Quando uma célula se divide, recebe em cada célula, uma cópia do DNA da célula
inicial.

A–T

C–G

- Enrolada em forma de hélice, dupla, formada por nucleótidos, decomposta em


fosfato, açúcar, ou bases azotadas em número de 4.

As bases são sempre ligadas duas a duas.

As paredes laterais são constituídas por desoxirribose

- As informações do DNA são enviados para o citoplasma da célula através do RNA.

• O número e forma dos cromossomas são característicos de todas as


espécies – CARIOTIPO.

GENES · permitem transmitir as características genéticas de cada indivíduo.

• São unidades invisíveis dos cromossomas. Como unidade funcional do


material genético, os genes condicionam as moléculas do RNA e as proteínas
utilizadas na constituição, no metabolismo e na reprodução celular.
• Trabalham aos pares. Cada um dos pares provém de cada um dos
progenitores.
• Os genes situados no mesmo locus (mesma zona) são designados por genes
alelos.

Em cada célula do nosso corpo existe uma cópia do nosso gene alelo, excepto
nos espermatozóides e nos oócitos II.

É em função destes genes alelos que nos podemos depois designar de


homozigóticos ou heterozigóticos.
Homozigóticos – quando os genes alelos têm a mesma informação genética para
uma determinada característica

Heterozigóticos – quando os genes têm diferentes informações para uma


mesma característica.

- Os genes ainda podem ser designados por recessivos ou dominantes,


dependendo do efeito que estes possam ter na transmissão genética.

• A separação aleatória dos cromossomas leva a uma separação dos seus


elementos constitutivos, ou seja, os genes. E ao processo biológico de
divisão celular dos cromossomas designa-se por MEIOSE.

GENES – genes de desenvolvimento