Você está na página 1de 1

Umuarama, domingo,

28 de março de 2010 15

Microcosmo
por Tiago Lobão
A XÍCARA Por Ângela Russi

Foto por Thiago Casoni


Quando o milagre nasceu nos teus olhos
e um tremendo brilho infestou o recinto,
esperaram todos para que Ela falasse.
Não, não éramos mais alguém,
eramos nós, absolutos.

Dolentes e ensimesmados,
na letargia que a tarde emanava,
criávamos algo novo e milagroso
e esperávamos, piamente, que o milagre nos tocasse
e o medo por tudo que não era nosso desaparecesse.

Do coração às tripas
por Jair Junior Monteiro Solin
 
O homem que eu tenho e que é meu
Saiu neste sábado de noite Eu nunca havia pensado que um objeto pudesse retratar uma pessoa as xícaras era o principio da realização desse sonho, mas o ideal
até um dia em que fui visitar uma amiga que há muito tempo eu não via. quebrou-se e sobrou o real.
Mesmo com febre e tossindo Depois de colocarmos a conversa em dia ela me convidou para tomar O real era uma família comum, três filhos ao invés de um casal,
Pra tomar cerveja, café. Arrumou uma bonita mesa com um jogo de porcelana com 4 xícaras um marido que não tinha escritório mas que provia a eles com um
Mas é a mim que ele vai engolindo. maravilhosas. A quinta xícara era comum, dessas quase inquebráveis que trabalho bem remunerado. A esposa, no caso ela, não era a rainha
  todo mundo tem em casa. Éramos cinco pessoas, além de nós duas, os três do lar. Era uma batalhadora dentro e fora de casa. Tinha zelo pela
Colocou a camisa branca filhos dela. Nenhum deles quis a xícara comum. Começou um impasse. família, principalmente pelos filhos. É difícil ver uma mulher que não
Para acabar com a disputa minha amiga, envergonhada, cedeu sua própria tenha os filhos como prioridade, não é? E seu cabelo vivia pedindo
E o tênis sujo, xícara e a paz foi restaurada. Por causa desse episódio conheci a história uma boa escova ou uma chapinha. Tudo diferente da família ideal
Botou 20 paus no bolso da xícara quebrada. que seu sonho cultivou. Porém como é difícil sair do ideal para o
E sumiu por esse mundo. Ela contou-me que quis aquelas xícaras desde criança real, pois o ideal é sempre mais bonito, ela ainda não tinha se dado
  quando brincava de casinha e sonhava ser uma dona de casa per- conta de que sua família era feliz do jeito que era.
Não sou de ferro, não sou de aço feita. Quando pôde comprou um jogo completo e guardou no armário. Não dá para o real competir com o ideal. Tudo que é idealizado
Bastava olhar, usá-las nem era necessário, mas sempre ouvia alguém parece melhor. É o inalcançável. Entretanto, quando ele se vai resta
Não sou de madeira. da família cobrando o seu uso. Convencida tirou-as do armário e o o real que é verdadeiro e possível.
Quando ele voltar, soldado sedento, indesejado aconteceu: uma xícara foi derrubada por ela mesma e Aquela xícara retratou muito bem como era a minha amiga, uma
Com a boca cheirando cerveja e abandono, espatifou-se no chão. Ninguém entendeu sua desolação exagerada, mulher fina e elegante, feita para a família. Acredito, que como ela cada
Eu direi: venha. Eu agüento. porém o que era apenas uma xícara para os outros para ela era pessoa tenha algo que a retrate também, afinal quem não tem apego a
Eu sou o teu dono. muito mais. Era um ideal. algum objeto? Quem sabe um livro, um instrumento musical, um diário?
Os livros didáticos antigos traziam um modelo de família que os Sabe aquele que lhe é tão precioso que você tem desejo de guardar? Pense,
  filmes americanos das décadas de 50 e 60 reforçavam como modelo por quê? Seja pela memória que carrega ou por tradição, a afetividade
Todo dia a luz acende. de perfeição. Era a família ideal. Muita gente foi alfabetizada por que se tem por ele deve ser investigada antes de perdê-lo. O tamanho
Todo dia a luz apaga. esses livros e suspirava pelo modelo americano ao assistir aos da dor pode ser menor assim.
Todo dia você mente filmes. Na família ideal o pai sempre trabalhava no escritório, a mãe Depois daquela tarde na casa da minha amiga sempre que arrumo a
E eu fingindo que sou ingrata. era a rainha do lar que cozinhava, lavava e passava sem que um fio mesa pratico o exercício do autoconhecimento. É como se me visitasse
do cabelo saísse do lugar e os filhos, geralmente um menino e uma interiormente e desse uma pausa na correria do dia a dia para um
  menina, eram educados e não faziam nada que desagradasse aos café. Entre uma xícara e outra, ando observando em minha casa o
Eis? pais. Essa família ‘feliz’ tomava café em xícaras de porcelana. Ter que pode me retratar. O que será? Realmente, é de se pensar.
Tem carinho pra quem me vê.
Há carinho, creia, para quem me quer.
Você não vai ser o privilegiado
De me comer.
 
Mudanças no Centro Cultural Schubert
Mas hoje só, Umuarama/Redação necessita de mudanças. Segundo efetivação dos projetos, o olhar a cerca dos professores que ali
cidade@ilustrado.com.br Dias, uma delas é a construção deverá estar sempre voltado lecionavam. Nesta gestão, a
Pode comer: tudinho, tudinho. de passarelas ou elevadores para para o futuro. “Muitas vezes fundação está procurando profes-
Com feijão e arroz A Fundação Cultural de deficientes físicos, o prédio não a questão nem chega a ser a sores para ministrar as aulas, mas
E não deixa comida no prato Umuarama está em processo oferece acessibilidade para tais falta dinheiro, pois o temos, de forma concreta quanto ao acerto
Que senão Deus te castiga depois. de reforma, tanto física quanto freqüentadores, todavia, não há mas uma previsão orçamentária com os profissionais.
administrativa. As instalações previsão para essa reforma. para projetos que possam ser A seleção de currículos para
  do prédio, especialmente o Outra melhoria levantada desenvolvidos posteriormente.”, professores e arte-educadores já
Mata a fome mas deixa o desejo entre os dentes; teatro, vem já há alguns anos pelo diretor de ação cultural, comenta ao salientar o demorado está sendo feita, os interessados
Judia da saudade, mas não aniquila a dependência; decrescendo na qualidade das foram os dez computadores processo burocrático para que as não precisam ter necessariamente
suas condições técnicas e de adquiridos para pesquisa que idéias sejam sancionadas. formação acadêmica, mas conheci-
Barra o coração, mas deixa o amor entrar; planejamento. Porém, a emenda ficam durante todo o período de Além da parte artística mento de sua área com um histórico
Despreza a tua loucura, mas dê uma colher de chá que prevê a reforma interna funcionamento da Fundação, e cultural, a Fundação de de trabalho desenvolvido.
para o teu ciúme. da sala de auditório, já está das 8 às 18 horas, à disposição Umuarama vai reativar algumas Os cursos oferecidos são de
protocolada. da comunidade para estudos cul- funções descritas na história violão, teclado, balé, pinturas em
Minta para mim, me engane, O diretor de ação cultural, turais, artísticos ou científicos. da fundação, tais como esporte, tela e tecido, e teatro. Segundo
Mas me deixe a tua censura. Sebastião Dias, argumentou que A biblioteca da fundação pos- lazer e turismo. Sebastião Dias, mais de 360 pes-
  no teatro há medidas que devem sui muitos livros e está franqueada A Acesf e o Centro Cultural soas já estão sendo atendidas e
ser tomadas com urgência, tal ao público durante todo o dia sem são autarquias, logo, os fun- a fundação tem atenção especial
É assim que uma mulher fica grávida. como forração, reforma geral fechamento para almoço, porém, cionários dessas instituições não em atividades voltadas para
do palco, dos camarins e ilumi- Dias ressalta que ela necessita são secretários da prefeitura. No crianças. Além desses cursos,
nação. Muitas das coisas ad- também de cuidados. “Precisamos entanto, assim como a Câmara há ainda o projeto de uma fan-
quiridas para o Centro Cultural reformular e ampliar a Biblioteca Municipal e a própria prefeitura, farra e de um coral com apoio da
ao longo dos anos, não existem Municipal, conseguir mais títulos têm de prestar esclarecimentos ao Caixa Econômica que já possui
mais, pois os bens do local não e estar cada vez mais enrique- Tribunal de Contas e também ao maestrina contratada.
foram patrimoniados. Porém, cendo o acervo, para isso estare- prefeito. O diretor assinala que nos “A Fundação ainda enviou re-
ainda com a emenda de 165 mil mos sempre buscando parcerias” últimos anos estava havendo uma centemente para o Ministério da
reais, ficarão pendentes outras complementa. espécie de terceirização dentro do Cultura em Brasília um projeto
questões estruturais. O edifício Sebastião Dias explica que se próprio instituto de cultura, ou de 172 mil reais para formação
foi inaugurado em 1988, e hoje, querem obter bons resultados na seja, não havia uma legislação de um museu”, finaliza.

m.br
trad o.co
www.ilus

R$ 2,50
- Preço:
de 2009
agosto
o, 2 de
ma, doming 00
- Umuara Tel. (44) 3621-25
- Nº 8.645 - Pr. -
- Ano 36 - Umuarama
da Silva 90
Nunes
Respons
ável: Osmar s, 2.680 - CEP
87.505-0
Tigrão faz eia
- Editor o: Av. Tiradente
te: Ilídio
Coelho
Sobrinho
Adminis
tração e
Impressã hoje a estr
eirona
or e Presiden na Terc -
Fundad profissio
do futebol mais
e O reinício a tem
Cielo voa nal em Umuaram a partir de
hoje,
um capítulo, do Tigrão na
ganha mais com a estreia nse.
do Paranae às
um ouro Terceirona no Lúcio Pipino
Cesar Cielo 50 Jogo será o Pato Branco.
O nadadorouro ontem nos
ganhou o o primeiro brasilei- 15h15 contra vivem
equipes
metros e
é
olímpico
e As duas lembranças dos
ro a ser campeão ira ele apenas de
Na quinta-feo ouro bons tempos.
mundial. com velhos e 8
já havia ficado PÁGINA
nos 100 metros. 7
PÁGINA

os e
obstácul ntro
s driblam ce
Motorista contramão no pela Prefeitu o acesso
impedir
ma para à Praça Santos
veículos em algumas vias
dos
los construí -
Os obstácu ra de Umuara
de

andam na Dumont alguns moto-


está levando m pela con-
ristas a desviare
No começo
, eles
,
tramão. sobre a elevação
m fize-
passara e faixas s
mas as placas
que os infratore
ram com o caminho. O ris-e
mudass em u
s aumento
co de acidente
Municipa
l promete
a Guarda rigor.
agir com 9
PÁGINA

s
pulinho
nas
Os risco o
Dê um os
dos classificad de usar
páginas

Tamiflu ita
sem rece 6
PÁGINA
à rotatória
ão rumo

Leia e assine
pela contram
saindo
Monza
este do
tas como
motoris
para flagrar ini e
na praça
Basta alguns
minutos Gianecch ão
Governo estar
tar Bozena arama
Amamen ar autoriza de em Umu mês , a
23 deste
aber tura s dias 21 e receber
a
pode salvão Entre os Umuarama vai sucesso
concurso cidade de Deleite” , um globais
1,3 milh 6 peça “Doce com atores o
passa, Reynald
de crianças PÁGINA por onde entre eles: i,
no elenco,Alessandra Maestrinca.
13 hini e lá dá
PÁGINA Gianecc Bozena, de Toma
a
ÍTALO
COLUNA
ÇA
SEGURAN

dos pres
diminui
r o cust
Poço paraos em Umuaram
o
a
ar mostra
que cada
preso de
apenas em
ento prelimintorno de R$ 300,00,o gasto com
Um levantamconsome em incluir s, por
o Jornal
Umuarama Ilustrado
Umuara
ma ção, sem mais salgada
das
ção e manuten era uma poço artesi-
alimenta A conta de água ão de um
. construç
policiais optou pela
isso, a direção
diminuir
os custos.
ano para
3
PÁGINA

44 3621-2500
15:30
cmyk

Interesses relacionados