Você está na página 1de 2
Ministério da Educação UNIVERSIDADE TECNOLÓGICA FEDERAL DO PARANÁ Câmpus Londrina

Ministério da Educação

UNIVERSIDADE TECNOLÓGICA FEDERAL DO PARANÁ

Câmpus Londrina

Ministério da Educação UNIVERSIDADE TECNOLÓGICA FEDERAL DO PARANÁ Câmpus Londrina

PLANO DE ENSINO

CURSO

ENGENHARIA AMBIENTAL

MATRIZ

1

FUNDAMENTAÇÃO LEGAL

Resolução n o 92/2007 – COEP de 19 de outubro de 2007

DISCIPLINA/UNIDADE CURRICULAR

CÓDIGO

PERÍODO

CARGA HORÁRIA (horas) Total

Economia do Meio Ambiente

30

PRÉ-REQUISITO

Estar pelo menos no 7º período

EQUIVALÊNCIA

 

OBJETIVOS Demonstrar como os conceitos da economia podem interferir no meio ambiente, visando também a análise de projetos sob o prima econômico e ambiental. Capacitando-os a realizar tais aferições.

EMENTA Economia dos recursos naturais. Relação entre economia e ecologia. Desenvolvimento sustentável. Análise de empreendimentos e do meio ambiente. Valor econômico do meio ambiente. Custo da proteção ambiental. Economia dos recursos naturais. Valoração econômica dos recursos ambientais.

CONTEÚDO PROGRAMÁTICO

 

ITEM

EMENTA

CONTEÚDO

1

Economia dos recursos naturais. Relação entre economia e ecologia. Desenvolvimento sustentável.

Teorias econômicas e sua interface com a ecologia e o desenvolvimento sustentável.

2

Análise de empreendimentos e do meio ambiente.

Analise econômica financeira de empreendimentos e tecnologias limpas.

3

Valor econômico do meio ambiente. Custo da proteção ambiental. Economia dos recursos naturais.

Técnicas para a formação de custos e valoração econômica do meio ambiente.

4

Valoração econômica dos recursos ambientais.

Valor econômico total .

5

   

PROFESSOR

TURMA

Marco Antonio Ferreira

ANO/SEMESTRE

CARGA HORÁRIA (aulas) APS

2011/02

AT

30

AP

AD

Total

2

32

AT: Atividades Teóricas, AP: Atividades Práticas, APS: Atividades Práticas Supervisionadas, AD: Atividades a Distância.

DIAS DAS AULAS PRESENCIAIS

 

Dia da semana

Segunda

Terça

Quarta

Quinta

Sexta

Sábado

Número de aulas no semestre

       

30

 

PROCEDIMENTOS DE ENSINO

AULAS TEÓRICAS

Aulas expositivas e trabalhos monitorados a serem realizados pelos alunos.

As aulas expositivas servirão para fornecer dados e conceitos para que os alunos realizem o trabalho. Visando dessa forma, aliar teoria a prática.

AULAS PRÁTICAS

dessa forma, aliar teoria a prática. AULAS PRÁTICAS ATIVIDADES PRÁTICAS SUPERVISIONADAS Estudos de casos e
dessa forma, aliar teoria a prática. AULAS PRÁTICAS ATIVIDADES PRÁTICAS SUPERVISIONADAS Estudos de casos e

ATIVIDADES PRÁTICAS SUPERVISIONADAS

Estudos de casos e trabalhos sob a orientação do professor.

ATIVIDADES A DISTÂNCIA

PROCEDIMENTOS DE AVALIAÇÃO Serão realizadas duas avaliações com valor 10 e a nota da disciplina

PROCEDIMENTOS DE AVALIAÇÃO

Serão realizadas duas avaliações com valor 10 e a nota da disciplina será a média das duas avaliações

Será realizada uma avaliação sob forma de trabalho com valor 10 e peso 2. Serão realizadas duas avaliações sob forma de prova com valor 10 e peso 3,5 e 4,5. A nota da disciplina será a média das três avaliações.

REFERÊNCIAS

Referencias Básicas:

MAY, PETER H. ; LUSTOSA, MARIA C; VINHA, VALERIA. ECONOMIA DO MEIO AMBIENTE : TEORIA E PRÁTICA. EDITORA CAMPUS, 2003. MOURA, LUIS ANTÔNIO ABDALLA. ECONOMIA AMBIENTAL: GESTÃO DE CUSTOS E INVESTIMENTOS. SÃO PAULO:

EDITORA JUAREZ DE OLIVEIRA, 2000. THOMAS, JANET M.; CALLAN, SCOTT J. ECONOMIA AMBIENTAL: APLICAÇÕES, POLÍTICAS E TEORIA. ED. CENGAGE,

2009.

ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE NORMAS TÉCNICAS. Sistemas de gestão da qualidade - diretrizes para melhorias de desempenho. Rio de Janeiro: ABNT, 2000. 48 p.

Referências Complementares:

Artigos e revistas.

ORIENTAÇÕES GERAIS

ORIENTAÇÕES GERAIS

Assinatura do Professor

Assinatura do Coordenador do Curso