Você está na página 1de 27
PRODUÇÃO DE ENERGIA

PRODUÇÃO DE ENERGIA

Produção de Energia

Aula 2

Prof. Breno Jacó

brenojaco@gmail.com

PRODUÇÃO DE ENERGIA

PRODUÇÃO DE ENERGIA

Conteúdo

Introdução

Fundamentos

Estrutura de um Sistema Elétrico de Potência

Confiabilidade x Disponibilidade x Manutenção

Sistema de transmissão

Rede Básica

Rede de Sub-Transmissão e DITs (Demais Instalações da Transmissão)

Rede de Distribuição

PRODUÇÃO DE ENERGIA

PRODUÇÃO DE ENERGIA

Introdução

Aula 2

PRODUÇÃO DE ENERGIA

PRODUÇÃO DE ENERGIA

Introdução Fundamentos

Vídeo

Na Trilha da Energia Episódio 1 - P1 - Princípio da Energia Elétrica Junho/2013

PRODUÇÃO DE ENERGIA

PRODUÇÃO DE ENERGIA

Fonte: Boletim de Informações Gerenciais - 1º trimestre de 2016 Produção de Energia - Prof. Breno Jacó

5

PRODUÇÃO DE ENERGIA

PRODUÇÃO DE ENERGIA

Fonte: Boletim de Informações Gerenciais - 1º trimestre de 2016

PRODUÇÃO DE ENERGIA

PRODUÇÃO DE ENERGIA

Fonte: Boletim de Informações Gerenciais - 1º trimestre de 2016 Produção de Energia - Prof. Breno Jacó

7

PRODUÇÃO DE ENERGIA

PRODUÇÃO DE ENERGIA

PRODUÇÃO DE ENERGIA Produção de Energia - Prof. Breno Jacó 8
PRODUÇÃO DE ENERGIA

PRODUÇÃO DE ENERGIA

Fonte: Boletim de Informações Gerenciais - 1º trimestre de 2016 Produção de Energia - Prof. Breno Jacó

9

PRODUÇÃO DE ENERGIA

PRODUÇÃO DE ENERGIA

PRODUÇÃO DE ENERGIA Fonte: Boletim mensal de geração eólica – ONS – Dez/2014 Produção de Energia

Fonte: Boletim mensal de geração eólica ONS Dez/2014

PRODUÇÃO DE ENERGIA

PRODUÇÃO DE ENERGIA

Introdução Fundamentos

Energia Primária? Recursos naturais de energia:

combustíveis fósseis (petróleo; gás natural),

Combustíveis radioativos,

o vento,

o movimento da água,

o calor do sol.

PRODUÇÃO DE ENERGIA

PRODUÇÃO DE ENERGIA

Introdução Fundamentos

Energia Secundária?

energia obtida a partir de fontes primárias:

Gasóleo,

Gasolina,

Eletricidade.

Energia Útil?

Energia Efetivamente demandada pelo usuário;

Depende da eficiência do equipamento

PRODUÇÃO DE ENERGIA

PRODUÇÃO DE ENERGIA

Introdução Fundamentos

Classificação das Fontes Primárias? Não Renováveis

Derivados de Petróleo,

Combustíveis radioativos (Urânio, Plutônio, etc),

Gás Natural,

Geotérmica (link).

Renováveis

Água dos Rios,

Marés,

Sol,

Vento

PRODUÇÃO DE ENERGIA

PRODUÇÃO DE ENERGIA

Estrutura de um

SEP

Aula 2

PRODUÇÃO DE ENERGIA

PRODUÇÃO DE ENERGIA

Estrutura de um SEP

Vídeo

Na Trilha da Energia Episódio 2 - P1 - Geração e Usina Termica com Cogeração

PRODUÇÃO DE ENERGIA

PRODUÇÃO DE ENERGIA

Estrutura de um SEP

Sistema Elétrico de Potência SEP

Gerar, transmitir e distribuir energia elétrica atendendo

a determinados padrões de confiabilidade,

disponibilidade, qualidade, segurança e custos, com o mínimo impacto ambiental e o máximo de segurança

pessoal

PRODUÇÃO DE ENERGIA

PRODUÇÃO DE ENERGIA

Estrutura de um SEP

Confiabilidade

Probabilidade de um sistema ou componente realizar suas funções previstas de forma contínua, adequada e segura, por um período de tempo preestabelecido, sob condições operativas predefinidas. [Procedimentos de Rede

Submódulo 20.1]

é um termo amplo que foca na habilidade de um produto desempenhar determinada função.

PRODUÇÃO DE ENERGIA

PRODUÇÃO DE ENERGIA

Estrutura de um SEP

Disponibilidade

Porção ou porcentagem do tempo em que os equipamentos componentes da função estiveram em operação ou aptos a operar durante o período de observação, com ou sem restrições. [Procedimentos de

Rede Submódulo 20.1]

D = MTef / (Mtef + Mtr)

Mtef = Média de Tempo entre Falhas [Soma(Tef)/(tempo Total)]

Mtr = Média de Tempo de reparo [Soma(Tr)/(tempo Total)]

PRODUÇÃO DE ENERGIA

PRODUÇÃO DE ENERGIA

Estrutura de um SEP

Composição de um SEP:

Geração

Transmissão

Subtransmissão

Distribuição

Consumidores

PRODUÇÃO DE ENERGIA

PRODUÇÃO DE ENERGIA

Estrutura de um SEP

PRODUÇÃO DE ENERGIA Estrutura de um SEP Produção de Energia - Prof. Breno Jacó 22
PRODUÇÃO DE ENERGIA

PRODUÇÃO DE ENERGIA

Estrutura de um SEP

Geração de Energia Elétrica

É a capacidade de transformar uma Energia Primária

na Energia Secundária denominada Energia Elétrica,

capaz de realizar trabalho através de um deslocamento de carga (corrente) entre dois pontos

devido à produção de diferença de potencial entre

dois pontos (tensão), criado ,geralmente, em forma

de onda senoidal, com frequência fixa e amplitude

que varia conforme o nível de tensão do atendimento.

PRODUÇÃO DE ENERGIA

PRODUÇÃO DE ENERGIA

Estrutura de um SEP

Rede de Transmissão (Rede Básica)

A rede de transmissão liga as grandes usinas de

geração às áreas de grande consumo.

Em geral apenas poucos consumidores com um alto consumo de energia elétrica são conectados às

redes de transmissão onde predomina a estrutura de

linhas aéreas.

No Brasil o nível de tensão estabelecido está entre 230 kV e 750 kV.

PRODUÇÃO DE ENERGIA

PRODUÇÃO DE ENERGIA

Estrutura de um SEP

Rede de Sub-Transmissão e DIT A rede de sub-transmissão recebe energia da rede

de transmissão com objetivo de transportar energia

elétrica a pequenas cidades ou importantes consumidores industriais. (Propriedade das Distribuidoras*)

O nível de tensão está entre 35 kV e 160 kV.

*Quando

propriedade

das

Transmissoras:

Instalações da Transmissão)

DIT

(Demais

PRODUÇÃO DE ENERGIA

PRODUÇÃO DE ENERGIA

Estrutura de um SEP

Rede de Distribuição As redes de distribuição alimentam consumidores industriais de médio e pequeno porte, consumidores

comerciais e de serviços e consumidores residenciais.

Os níveis de tensão de distribuição são assim classificados segundo o Procedimentos de Distribuição

de Energia Elétrica no Sistema Elétrico Nacional

PRODIST:

AT: tensão entre fases cujo valor eficaz é igual ou superior a 69kV e inferior a 230kV.

MT: tensão entre fases cujo valor eficaz é superior a 1kV e inferior a 69kV.

BT: tensão entre fases cujo valor eficaz é igual ou inferior a 1kV.

PRODUÇÃO DE ENERGIA

PRODUÇÃO DE ENERGIA

Estrutura de um SEP

Consumidores

Consumidores Cativos

vinculados à concessionária que atende seu endereço.

Consumidores Livres

aquele que tem o direito de escolher o seu fornecedor

Consumidores Potencialmente Livres

tem as mesmas características do consumidor livre, porém ainda não exerceu seu direito de comprar energia no mercado livre e continua a comprar a energia da distribuidora, como se fosse consumidor cativo

PRODUÇÃO DE ENERGIA

PRODUÇÃO DE ENERGIA

Estrutura de um SEP

PRODUÇÃO DE ENERGIA Estrutura de um SEP Produção de Energia - Prof. Breno Jacó 28

Produção de Energia - Prof. Breno Jacó

28

PRODUÇÃO DE ENERGIA

PRODUÇÃO DE ENERGIA

Produção de Energia

Prof. Breno Jacó

brenojaco@gmail.com