Você está na página 1de 35
LIVRO I CONHECIMENTO BASICO E PRATICA "4, Para os Ancitios, seis planetas eram conhecidos, aim do SOL, que eles sjeavam com os plantas, Eles também designavam certos valores planeti~ SNE NODOS Norte e Sul da LUA — isto é, 0s pontos em que a sua érbita toca e da ecliptica. Esses Nodos eram chamados de: Caput Draconis 8,~ Cabega do Dragto PRIMEIRA PRELECAO ‘Cauda Draconis yy ~ Cauda do Dragio DE CONHECIMENTO Com a descoberta de dois planetas mais distantes, Netuno e Urano ou J, esses dois termos foram parcialmente substituidos por eles. nt (© cleito de Caput Draconis & semelhante ao de. ito de Cauda Draconis € semelhante a0 de i. 1. Os Quatro Elementos dos Ancitos slo condigBes dunticadas de: Sep Antigo Pnetas alo: " Calor e Secura F A SAWP MO ooo Sol. oO Calor ¢ Umidade a 4 Siipiter. 4 Vem. rvnmnee @ Frio e Secura Tera V Marte. 3 Meretirio ¥ Frio e Umidade Aga V Luma. DA Lua 2..0s signos do Zodiaco sto doze: 4, 0 alfabeto hebraico & apresentado na pigina seguinte, Cada letra repre- 1. Aries, 0 Carneiro * 2. Taurus, o Touro v ‘Cinco letras tém uma forma diferente quando eseritas ao final de uma pala- 3. Gemini, as Gémeos x também nimeros diferentes. 4. Cancer, 0 Caranguejo ® ‘Mem £5 (final) ~ Dessas letras finais, Mem é distinguida por ser ainica letra 5. Leo, 0 Leao Q 6. Virgo, a Virgem 7 — As outras letras, Kaf, Nun, Pe, Tzade, possuem caudas que pas- 7. Libra, a Balanga = am da linha, como esta demonstrado. 8. Scorpio, o Escorpio ™ ‘As letras hebraicas e caldéias sio escritas da direita para a esquerda. 9, Sagittarius, 0 Arqueiro x Os cabalistas hebraicos remetiam as mais altas e mais abstratas idgias as 10. Capricomus, 0 Bade & anagdes da Divindade ou Sephiroth. Cada uma ¢ Sephirah. Eles as fizeram em AL Argenta’ ocdaudeas ¥ mero de dez e, quando organizadas de certa maneira, elas formam A Arvore da 12. Pisces, os Peies * 100 Esses doze signos sto distribuidos entre as Quatro Triplicidades ou conjur tos de tréssignos, cada um atribuido a um dos Quatro Elements, ¢ eles represe tam a operagdo dos elementos no Zodiaco, sendo que: K-ThR A Coroa on Ch-K-MH Sabedoria noon Compreensdo 3 Ao Fogo pertencem Misericérdia son Aries, Leo, Sagittarius Trias 5. Geburah Severidade mm A Terra pertencem e Tiphareth Beleza xen Taurus, Virgo, Capricomius: &% : TP : : ee Vitoria (J A 3 loria oN Genin Lib Aqmus + 9. Yesod GPandagao BN 1 Agu pede 10. Malkuth © Reino m3 Cancer, Seorpio, Pisces: @:m:% <103> <104> O Dagesh, que representa o som das vogais na eserita heby nio¢indeado, Foi une invensdo posterior pra padtonizae& crito nas gramaticas hebraicas.' ae erat oa O alfabeto hebraico Tetra Poder Valor Final Nome Significado 8 a cf 7 Rertz 7. o eT LS 2 KX tc 5 oM ON ef nies Dd Aa, Neh a RPh “a E Q R w Ssh noth Sincere peor aren eal Tinguas e muitos problemas encontrados pelos estudantes modernos poderiam nf ‘eeu pena qu teen mimes sme Nave eal Soe doctor qual Su diss envem s cponde melo cal ‘Satees do thos de peta cnet Orem eens pone FToor as La ae fms lg Ars encins oa pl lee ech seehels ag Meditagao n® 1 ‘9 Neétito considere um ponto conforme a definigto matematica~ ten- ons nenhuma magnitude ~ e observe as idéias que isso faz emergir. sie do suas faculdades nesse ponto, como um foco, que se esforce part ram imanéncia do Divino por toda a Naturezd, em todos 0s seus as- ce por encontrar uma posigd0 ~ equilibrada, mas suficientemente con GL Respire de modo ritimado, até 0 corpo estar trangtilo, ¢ a mente quicta, Ho, mantenha esse estado durante alguns minutos ~ por mais tempo, & fue acumularprtica em prevenir divagagtes, Pense, agora, no assunto & p flado de maneira geral e, em seguida, selecione um pensamento ou ima- seguir até a conclusio. GO ritmo mais simples para o iniciante & a Respiragdo de Quatro Passos: 4, Esvazie os pulmdes ¢ permanega assim, contando até quatro. {Inspire contando até quatro, de modo a sentit-se cheio dear até a garganta, ‘Segure essa respiragio contando até quatro, Expire contando até quatro, até seus pulmées ficarem yazios, 1 deve ser praticado contando vagarosa ou rapidamente, até conseguir 0 te mais Ihe convier ~ um que seja confortavel e que acalme. indo isso, conte arespiragao dessa maneira por dois ou trés minutos ir quieto, e prossiga com a meditagao. Ritual Menor do Pentagrama ‘uma adaga de ago na mio direita, de frente para o Leste © faga a sua fronte ¢ diga ATEH (tu é) que seu peito c diga MALKUTH (0 Reino) seu ombro direito diga VE-GEBURAH (¢ 0 Poder) seu ombro esquerdo ¢ diga VE-GEDULAH (¢ a Gldria) fe as mos a sua frente e diga LE-OLAM (para sempre) 4 adaga entre os dedos, aponte para cima para o Leste, trace no ar o PENTAGRA- Wocayo, levando a ponta da adaga para o centro. da divindade ~ YOD HE VAU HE -. imagi- or sendo levada para o Leste do Universo. Comese doa adaga i sua frente, dirja-se para 0 Sul, a e, da mesma forma, vibre 0 nome da ADONAL para o Oeste, faga 0 pentagrama ¢ vibre Invocagao, Jase para o Norte, faga o pentagrama e vibre a ~ Livre | Conhecimento isico e Pritica Eu reclamo a minha heranga. Meus pecados foram erradicados, ¢ ‘minhas paixSes, superadas. Eu sou Branco Puro. Eu vivo no tempo. Eu vivo na etemidade, quando os Iniciados apresentam as suas oferendas para os Deuses Eternos. Eu percorri o Caminho. Conhego 6s Pilares Norte e Sul, as duas Colunas no Portal do Recinto da Verdade, Estendei-me as suas mAos, 6 Moradores do centro. Pois me ‘ransformei em um Deus em seu meio, Tornei-me uno com Osiris. Enchi a cavidade do olho no dia da manha quando o Bem e 0 Mal Tutaram juntos. Levantei o véu de nuvens no Céu da Tempestade. Até ver RA nascet novamente das Grandes Aguas. A sua forea é a minha fora e a "minha forga éa dele. Eu os homenageio, Senhores da Verdade, chefes, ‘que Osiris governa. Conferindo a libertago do Pecado, Seguidores dde Ma onde o descanso é Glorioso. Cujo Trono Antibis construiu no dia em que Osiris disse: them! Um homem ganhou sua entrada em Amentet, Eu me apresento 4.v6s para que minhas faltas sejam eliminadas. Assim como fizestes fs Sete Gloriosos que seguiram o Senhor Osiris. Eu sou o Espirito da Terra e do Sol Entre os Dois Pilares de Chama, Eu sou RA quando lutou embaixo da Arvore Ashad, destruindo os inimigos dos Dias Antigos. Sou 0 Habitante do Ovo. Sou aquele que gira no Disco. Eu brilho do “Horizonte como o ouro da mina, Eu flutuo por meio dos Pilares de SHU no éter. Sem par entre os Deuses. O alento de minha boca é ‘Como uma chama, Euitumino a Terra com a minha gloria, Olho nenhum dos. Nenhuma tradugio satisfatoria desses livros esta disponivel; até agora, nem sequer foi tentada por um pesquisador que possuisse qualificaydes, t misticas quanto de egiptologia. De maneira geral, o Ritual dos Mortos é uma coletinea de hinos e or na forma de uma série de rituais cerimoniosos para possibilitar ao homem uni com Osiris, o Redentor. Apés essa unio, ele nio é mais chamado de homem, de Osiris, com o qual ele agora & simbolicamente identificado, “Que ele tam seja Um de nés”, disse Cristo no Novo Testamento. “Eu sou Osiis", homem purificado e justificado, com a alma luminosa e lavada do pecado mortal eineriada, unido a Osiris e, portato, justificado, e filho de Deus; do pelo softimento fortalecido pela oposigao, egenerado pelo auto-sacrifici €o tema do grande Ritual Egipcio. © Capitulo 17 da Revisio Tebana consiste de um texto muito antigo virios comentarios, também extremamente antigos, ¢ algumas oragbes, ‘ma das quais entra no esquema do texto original. Juntamente com o Capita cle foi cuidadosamente traduzido para 0 propésito desta Prelesao de Co 2smento pelo V.H. Frater M.W-T,, sendo que V.H. Soror S.S.D.D. expressou sugestoes valiosas com respeito a interpretagao. O Titulo e Preficio do 17 dizem o seguinte: (Com referéncia i exaltagio dos Glorificados, da ida e vinda na Morada Divina, dos Génios da linda terra de Amentet. Da saida para a luz. do Dia em qualquer forma desejada, do Escutar as Forgas da Natureza por estar entronado como um Bai vivente, Babe Aree wl eae las le iw cian pase pieoas is aes ea Coal hee eee Gragas ao uso complexo de simbolos, a tradugao cerimonial do ‘somente pode ser compreendida pela perpétua referéncia aos antigos com i taeda puieus 4 eguae acl nae har a Bode encarr os mss que aavesam os Cs lanber 0 tes modemas, tanto quanto seja possivel, as idéias concebidas pelos antigos egip merece cot coneis, Fa port fore sobre 8 Io : "rss cn nf lm Hane ona ac ua Bes Enno ono eno um peeks Osis. Ques ain ese eee, sa Eu sou TUM tomnado Um com todas a coisas. Ancifio dos Dias. Eu vibro como o Espirito Divino. Eu me movo na 4 firmeza de minha Forga. Eu ondulo como as Ondas que vibram pela Eu me tomei NU. Eu sou RA em seu nascente, governando por 7 direito de seu Poder. Eu sou o Grande Deus autoconcebido, o proprio ‘NU que pronunciou os Seus Nomes e, assim, o Circulo dos Deuses foi criado, Eu sou o Ontem e conhego 0 Amanhi. Eu nunca mais posso ser superado. Eu conhego os segredos de Osiris, que € perpetuamente reverenciado por RA. Eu terminei a obra que foi planejada no Inicio, Eu sou o Espirito tomado manifesto © armado com duas grandes penas de aguia, Seus nomes sf0 tas, com Oss Nephtis, tomadas unidas, temidade. Osiris foi aclamado com clamores ¢ ordenado a reget (0 Deuses. Entronado no Dominio de Hérus, no qual o Espirito ‘© Corpo sao unidos na presenga do Anciao dos Dias. Apagados lo 0s pecadios de seu corpo em paixto. Ele passou pelo Portal Eterno E recebeu a Festa do Ano Novo com Incenso no casamento da Terra om 0 Céu. ‘construiu a sua CAmara Nupeial. RURURET fundou o seu altar rocissao esté completa. HORUS purificou, SETE consagrou, SHU, do um com OSIRIS, entrou em sua heranga. ‘Como TUM, ele entrou no Reino para completar a unio com Invisivel. Tua esposa, 6 Osiris, ¢ isis, que se enlutou quando) que te assassinaram. Em fsis, nasces novamente, De Neftis, ‘eu sustento, Elas te limparam em teu Nascimento Celeste. Aj te aguarda, 0 ardor esté ao aleance de tua mao. E seus b sustentardo durante milhges de anos. Os iniciados te rodeiam, e inimigos sto expulsos. Os Poderes da Escuriddo sio destruidos, C ‘Companheiros de tuas alegrias esto contigo. Tuas Vitoriasna| aguardam recompenss no Pilar. As Forgas da Natureza te obedecem teu Poder & extremamente grande. Os Deuses amaldigoam aquel que te amaldigoa. Tuas Aspiragdes sao realizadas. Tu & a Dona dk splendor. Aqueles que barram 0 teu caminho sdo destruidos. © Capitulo 125 refere-se entrada de um Iniciado no Reeinto d 11S Columas da Justiga € comega com a mais linda e simbdlica descrigto d ‘como uma viagem no deserto arido da Terra para a Gloriosa Terra que tra mais além. A tradugdo literal das primeiras linhas é a seguinte: ‘Venho de muito longe para apreciar a tua beleza. Minhas mas s 9.teu Nome de Justica. Venho de longe, onde ndo cresce a Acé Onde a drvore cheia de fothas nao nasceu, Onde nao ha prod c0isas, 0 Iniciado afirma que foi puriticado quatro vezes, o ro de vezes que o Nebfito épuriicado e consagrado na cerimonis Jo ele faz longa Confissio Negativa, declarando a cada Juiz sdo pecado sobre 0 qual é julgado, Entdo cle invoca os Juizes para justiga e depois descreve como se lavou no lavatbrio do Sul ¢ pNorie no lugar chamado Filho dos Libertadores, tomando-se ¢ Mos da Oliveira da Paz; e como Ihe fi dada uma grande chama de fogo em que ele preservou no tanque de sal no qual as mamas exe ele encontrou um outro etro chamado Doador de Alento,comn 0 tiaa chama e quebrou o ceiro de nuvem, fazendo dele um lago. En para os Pilares deve nomed-los assim como as suas partes dos Pratos de uma Balanga. Ele também deve nomear o Guardiie e impede a sua passagem; e quando tudo for feito de acordo 0 apelo arta contra os seus passos, dizendo: “Porque eu sou silences, Pur, ¢ ela deve saber que as aspiragdes so suficiontomome para que Ihe fosse permitdo pisar nea. Entao¢ permitide o lnciens * que esti limpo de todo mal e que superou a influéncis dos Pergunta: “Quem & Aquele cujos Pérticos so de pura Chane Sio de Uraci Viventes e as chamas de cuja casa slo torrentes de 4 iado responde: “Osiris! de sementes de ervas ou de grama. Eu entrei no Lugar de Mist ‘ Eu me comuniquei com Set. O sono sobreveio e fui envolvido Habre clama: “O teu alimento vird do Ininito tua bebida do ele, curvando-me diante de coisas ocultas. Fui introduzido na Ci lo a ir adiante para as festas sepulcrais da terra, pois de Osiris. Vi as maravilhas que ali estavam. Os Prineipes dos Porta em sua Gléria, J i estes dois capitulos que sio tados por suas iustra- As ilustragdes desse capitulo representam a Sala da Verdade como 8 epresentam o avango ea puifcapio deans coe pelas folhas abertas de sua porta, A Sala é presidida por um Deus que {© Redentor, na Aurora Dourada da Luz Infinita, na qual a alma @ ‘iio direita sobre a gaiola de um gavido e a sua mao esquerda sobre o alim fudo conhece e tudo pode fazer, pois ela se tomou Una com o Deas eternidade. Em cada um dos lados do Deus esti uma comija coroada F ae KHABS AM PEKHT grade ¢ chamada “Possuidora de Verdade controlando os Pés", enquanto KONx om PAX esquetda é “Possuidora da forga que une os animais machos e fémeas”. = luz EM EXTENSA! Juizes dos Mortos sto representados como estando sentados em uma lons cada um deve ser nomeado, e Pecado sobre o qual ele preside foi negado lo desereve a introdugdo do Iniciado na Sala da Verdade por BIS que, havendo questionado o aspirant, recebe dele um relato de sua “HS se contenta como seu direito de entrar. Ele declara que foi levado para a ant do Templo, na qual foi despido e vendado; teve de tatear para encontrar a en da Sala, ¢, ali, foi vestido novamente e ungido na presenga do Iniciado. Fo Perguntado, entio, sobre as Senhas ¢ exigido que sua alma fosse pesada na. de Balanga da Sala da Verdade. E quando ANUBIS 0 interroga a respeit simbolismo da porta da Sala e suas respostas sio consideradas corretas BIS diz: “Vai adiante, tu jé a conheces!”. Seeerimos 3 iiara F Elion, * 8 de Thoth, 0 Aryuiteto do Universo, de Ralph Elis, pbticado pela % ss A Golden Dawn ___ a SEGUNDA PRELEGAO DE CONHECIMENTO Os nomes e 0s simbolos alquimicos dos Trés Principios da Natureza SAL ENXOFRE® MERCURIO® Em Alquimia, os Metais Atribuidos aos Planetas s30: CHUMBO © OURO ESTANHO 2, COBRE ou BRONZE FERRO. Ct % MERCURIO > PRATA + Os seguintes termos sio usados em livros sobre Alquimia ‘Seu significado € dado a seguir. ‘Sol Philosophorum (O puro Espirito Alquimico Vivente do Ouro a Esséncia Refinada do Calor e da Secura Luna Philosophorum (0 Puro Espirito Alquimico Vivente da Prata A Bsséncia Refinada do Calor ¢ da Umidade <1» O Ledo Verde (© Tronco € a Raiz da Esséncia Radical dos Metais © Drago Negro ome Putrefagao ~ Decomposieao ORei Vermelho ~ 0 Microprosopus cabalistico Tiphareth ~ anélogo a0 ouro ¢ a0 Sol A Rainha ‘Branco ~ a esposa do Microprosopus cabalistico ‘Malkah ~ andloga & prata e & Lua + As Quatro Ordens dos Elementais so: 1. Espiritos da Terra Gnomos 2. Espiritos do Ar Silfos 3. Espiritos da Agua Ondinas Salamandras 4. Espiritos do Fogo Benedicite Omnia Opera. Esses sfio os seres espirituais essenciais chamados para 9s querubins s8o os poderes viventes do tetragramaton no plano material € 0s Miemtes dos Quatro Elementos. ica opetam por meio dos signos fixos ou queribicos do Zodlaco, © seus nbolos e atributos sto os seguintes: Querubim do Ar =Homem — Aquarius = Querubim doFogo —Ledo. — Leo a rubim da Tera —Touro. Taurus v Querubim da Agua —Aguia Scorpio ™ ou J -amaton significa “Nome de Quatro Letras” ¢ se refere ao Nome gone] de Devs sinbolzato por Jeova. Mronie de Agua da Purificagdo refere-se ’s Aguas de Binah, © efletido nas Aguas da Criago, i yao tar da Oferenda Queimada para 0 sactificio de animais oth ou Deménios Malignos do plano contiguo e abaixo do Universo Mate- indica que as nossas paixdes devem ser sacrificadas. Dlippoth sio os deménios malignos da matéria e dos eascdes dos mortos. do Incenso no Tabemiculo era recoberto de ouro, O nosso € preto lizar 0 nosso trabalho, que & separar 0 Ouro filosofico do dragio negro grama do altar (pégina seguinte) mostra as dez Sephiroth com todos os que as conectam, numeradas e escritas, e a serpente enroscada em no. Ao redor de cada sephirah esto escrtos os Nomes da Divindade, oe da Hoste Angelical a ela atribuidos. Os vinte e dois caminhos so ps pela Serpente da Sabedoria. Ela liga 0s Caminhos, mas ndo toca ne- ss Sephiroth que so concctadas pela Espada Chamejant. Chamejante é formada pela ordem natural da Arvore da Vida. Ela é om 4 faisca de um raio. go das Sephiroth com os vinte e dois caminhos forma os 32.caminhos ah ou Livro da Formagio. em cada lado do Altar representa Branco ao Lado Sul Passivo: © Pilar Preto o Lado Norte Feminino Eya Pilar de Nuvem Querubim da Esquerda Sandalphon Aoi Dawn <> ‘A Serpente na Arvore da Vida Pilar da Severidade Pilar da Bondade Voll» ~ Livro | Conhecimento Bisico e Pritica A segunda meditagao QUE 0 ZELATOR medite sobre uma linha reta. Que ele tome uma régua ‘um lapis e, movendo o objetivo a uma distincia igual ao seu comprimento, trace aps aquietar a mente com a respiragao ritmica ensinada na pri- Jra meditagio, que ele mentalmente formule um cubo ¢ se esforee em desco- ‘0 significado dessa figura e suas correspondéncias. Observando 0 Universo dessa posigdo, que ele se identifique com os ESPi- {OS DA TERRA com amor e simpatia, lembrando, 0 quanto puder, as oragies ssas no encerramento do Grau de Zelator, ‘Que ele medite sobre a TRIPLICIDADE DA TERRA, visualizando os sim- de um TOURO ~ de uma VIRGEM ~ de um BODE ~ que correspondem & RA QUERUBICA ~ & TERRA MUTAVEL ~ & TERRA CARDEAL, Para os termos acima, consulte um manual comum de Astrologia, Faga s das idéias e figuras que surjrem em sua mente 8 ‘Quatro Mundos da Cabala sao: ATZILUTH, Arquétipo ~ Divindade Pura BRIAH, Criativo ~ Arcangélico YETZIRAH, Formativo ~ Angélico ASSIAH, Aco ~ Matéria, Homem, Cascdes, Deménios Dez. ‘Casas, ou Céus, de Assiah, o Mundo Material, sao: {1 Primam Mobile, Rashith a Gilgalim orosbam myst ‘2. Esfera do Zodiaco, Mazloth ma 4. Bstera de Sotumo, Shabbat o8TD 4. Esfera de Jupiter, Tzedek prs | Esfera de Marte, Madim on . Esfera do Sol, Shemesh ow Esfera de Venus, Nogah ine. Esfera de Mercirio, Kokab 3310 . Esfera de Luna, Levanah mo ). Bsfera dos Elementos, Olam Yesodoth* TNO BAD ‘580 esfira € chamade de Cholem Yesodoth ¢trdurida como : ele que rompe os “Tenhioceteza de que is80¢ um erro de impressto ao reproduze “Ch em ver de "Gh", Sendo entendido como "Ayin”, de acordo com sistemas mals antigo de transiterago. Os Nomes Divinos Atribuidos as Sephiroth nda ‘Nome Divino Nome Areangélico | Coro dos Anjos Sephirah (Atzituth) (Briah) (Yetzirah) 1. Kether Eheieh ‘Metatron | Chayoth ha-Qadesh ae meen wpa avn 2. Chokmah ‘Yah Raziel ‘Auphanim ” on DEIR 3. Binah, Yhvh Elohim Tsaphgie! Aralim psx mn owrpEs DONT 4, Chesed Bl Teadgiel Chashmatim on card own 5. Geburah Elohim Gibor Kamael Serafim 3123 DR own3 mew 6. Tiphareth Yhvh Bloah Vedaath Raphael Melekim ny mee mn ONDT D390 7. Netzach Yhvh Tsabaoth Haniel Elohim minay 7 Span Denon 8. Hod Elohim Tsabaoth Michael Beni Elohim NDS DITIR OND Den?N 123 9. Yesod ‘Shaddai El Chai Gabi! Querubim onde ae on pan 10. Matkuth ‘Adonai ha-Aretz Sandalphon Ashim ie ahi 2. aaa, NB9TIO Des Inteligéncia rit Anjo igé Espirito R Shabbathai Cassiel Agiel Zanel TI ouet u Teedek Sachiel lophie! Hismael oN enon é Madim Zamael Graphiel Bartzabel ow DN ox3373 ° Shemesh Michael Nakhiel Sorath @ oRrD3 no Nogah Hanael Hage! Kedemel y Sean Seon Kokab Raphael Titel Taphthartharath > cee maninan Levanah Gabriel Malkah be Tarshisim | Schad Barschemoth vveead Ruachoth hha-Shartathan, ‘Schechajim DD WIAS NI nyowna Ww pene man wy inmen ou Tie TSIOD W BEAL 8 ORT OMIDUNBITUOD = 1 OFT = TVOA> w <128+ 0 Taro* tradicional consiste de cconsiste de um baralho de 78 cartas dividid taipes de 14 caras cada, englobando conta ai nips cada, englobando 22 Arcanos Maiores que contam a Cada naipe consiste de dee cartas m lez cartas numeradas, como em nas em quatro em verdes figuras: Re ou Cava a Rath Pg Impero, Prnss ou Pj. i Quatro Naipes so: is : abotisas dividem a alma em trés partes principals: 1; Bate of Cos, comparvl ao nie de Pau pees ae eer ae xt Cice, comparivel com 0 naipe de Co i Fi pare ; tee coe pe Ci ACH, 1 parte do meio, que corresponds seis Sephiroth, de CHESED “entdculo o4 Moedas, comparivel com 0 naipe de Penticulos. ee SSCH, a parte mais baixa, que corresponde a MALKUTH. eshamah refere-se as aspiragbes superiores da alma tach refere-se & mente e aos poderes de raciocinio. sch refere-se aos instintos animais. eoresponde a Chokinab, de Yechidah até Kether, enquanto Neshamah dea Binah. Mae -Yetzirah divide as letras hebraicas em trés classes de trés, sete e doze TERCEIRA PRELECAO DE CONHECIMENTO “Tres Mies een “Sete Letras Duplas ; Letras Simples PYEI™BNNT gar Sagrado abraga o simbolismo das 22 letras. gsa do Pio da Proposicao, as Letras Simples. a do Incenso, as Tres Mics. ; “Astrais sio aqucles que pertencem 20 plano astral. Esses espiritos ilusorias,cascbes dos mortos, ¢ fantasmas © assombragoes. Elementais sio aqueles que pertencem natureza dos elementos; ms, € outros, maligno pirto clevado e puro, de boa fungio ¢ obra, ‘numeradas de cada naipe referem-se és Sephiroth. Os quatro = letras de Tetragramaton da seguinte maneira: Yod He ‘Vau He (final) SNIEs Supeimon asi de Crs de Tard e Sou U aad, “Marsch, Se Vera Marin, an a Maas Evora, Paes Vs (Os quatro naipes também se referem aos quatro mundos dos seguinte maneira: Cetros Tagas Espadas a Penticulos a De certa forma, as figuras do baralho de Tard sto as de Nome, no mundo cabalistico a0 qual cada naipe se refere. Também ‘zam: pai, mie, filho, filha, nascimento, vida, morte, ressurreigdo, A Golden Dawn Avzilth Briah Yetzirah Assiah ~ Livro 1 Conhecimento Basico e Pritica 87 “os NOMEROS E FIGURAS LINEARES apropos aos plantas so ‘ Saturno ____ Tringulo Sipiter —— Quadrado Marte Pentagrama yp Hexagrama Venus Heptagrama Merciirio — Octagrama Bers Aieono a Eneagrama JADRADOS MAGICOS DOS PLANETAS so formads pelos usd JADRADOS Tanta, colocados de manera que, de qualguet ito que mutado sea sempre igual, Onimero da soma de cada coluna eo nime- Oe todos os numeros do quadrado também so nimeros especialmente po planela, Portanto, o nimero do planeta SATURNO é 3,0 quadrado ¢ sa todas as colunas verticais, horizontais e diagonais € 15; a soma total fos njimeros € 45. Mimeros sio formados em Nomes Divinos e Espirituais, como ¢ de- do na segao deste livro que trata dos Sigilos. DA CRUZ CUBICA GREGA, 0 Dis- Admissfio para 0 Caminho do Tau, & jde 2 quadrados que crrespondem fs do afabeto hebric. Era TRIANGULO OU TETRAE- irimide de Fogo, o Distintivo de ara 0 Caminho de Shin, represen- simples da Natureza e 0 Fogo La- gulos superiores se referem a0 me [EP Puella amiso | Rubeus ats | 2 Acquisitio o tke |S Carver eS Tia Fortuna Pee et hd $ Fortuna, Minor | 3t ‘Cauda Conjunsion ee af, Vulednico ¢ Astral -, enquanto jor ou bisico representa 0 ca 1A de 13 Quadrados, o Distint para o Caminho de Resh, re- {nos 12 Signos do Zodiaco e tam- 0 dos Quatro Elementos. Plaroleks) ¥ealOlal«(s (© Eremita = A Misericdrdia da Beleza, a Magnificéncia da Soberania, agindo por meio de Virgo sobre o Sol ‘A Roda da Fortuna = A Misericordia e a Magnificéncia da Vitoria, agindo por meio de Jupiter diretamente sobre Vénus. A Justiga = A Severidade da Beleza e da Soberania, Marte agindo por, de Libra sobre o Sol. 7 (O Enforeado = A Severidade do Esplendor, Execueio do Juizo. Marte por meio da Agua sobre Meret. , ‘A Morte = A Soberania e o resultado da Vit6ria. O Sol agindo por Scorpio sobre Venus ou Osiris sob o poder destruidor de Tifon isis ‘A Temperanga = A Beleza de uma Base firme, A Soberania do Pe Fundamental. 0 Sol agindo por meio de Sagittarius sobre Luna, © Diabo = A Soberania c a Beleza do Esplendor Material (e portant i 0 Sol agindo por meio de Capricomnus sobre Mereirio. A Torre = A Vitdria sobre o Esplendor. Venus agindo por meio de J sobre Mercirio. Forga Vingadora. ‘A Estrela = A Vitoria da Forga Fundamental. Vénus agindo por m Aquarius sobre Luna. Esperanga. ‘A_Lua = A Vit6ria do Material. Venus agindo por meio de Pisces Elementos Césmicos, efeito enganador do poder aparente das Fi Materiais, (© Esplendor do Mundo Material, Mercirio agindo por meio da i ‘0 Esplendor do Mundo Material. Mereirio agindo por m Fogo sobre os Elementos Cosmicos (© Universo = A Fundagao dos Elementos Césmicos ¢ do Mundo Luna agindo por meio de Satumo sobre os Elementos. O Jardim do Eden antes da Queda Esse diagrama é descrito no Ritual do Practicus. Em uma imagem, € © ensinamento ao Practicus, que entra na Sephirah HOD, que ele alcangou ‘Caminhos de SHIN e RESH, a partir de MALKUTH e YESOD respecti ‘No topo esto as TRES SEPHIROTH SUPERNAIS reunidas em AIMA ELOHIM, a Mae Suprema —A Mulher do Apocalipse (Cap. 12)¥ (0 SOL, a LUA sob os seus pés € a Coroa de Doze Estrelas sobre sua cabes Estd escrito: “Assim, o Nome JEOVA ¢ unido a0 Nome ELOHI JEOVA plantou um Jardim ao Leste, no Eden’ Das Ties Supemais, seguem a¢ ouras Sephiroth da ARVORE DA Embaixo da ARVORE, procedendo de MALKUTH, esti A ARVORE Dt NHECIMENTO DO BEM E DO MAL, que se encontra ene a Avore 10 Mundo de Assiah ou dos Cascdes)na figura do enrolado Dragie d Cabegas e Dez Chiffes ~ representando os Sete Palacios Inferais € ephiroth Adversas, (Estas so descitas no texto dos Rituais, mas n30 ‘em seu Grau. Ao estudar esse diagrama, essas deserigdes devem imas nao sio exigidas na prova). lui do Eden Supremo ¢ em DAATH divide-se em Quatro, Fogo fluindo para BEBURAH, onde hi Ouro. FRaua~ as Aguas de Misericérdia, fluindo para CHESED. Ar = fluindo para TIPHARETH. (uffates): Terra ~ fuindo para MALKUTH. “Em DAATH rompem-se as profundezas ¢ as Nuvens derra- Naher significa “rio perene” ~ “aguas incessantes”, em oposigao {ue significariam Torrente ou Riacho. {lui do Eden ¢ o Rio do Apocalipse, as Aguas da Vida, claras m, 05 Rios formam uma Cruz e sobre ela O GRANDE ADAQ, 0 fe governat as Nages, foi estendido a partir de TIPHARETH, ¢ éstendem até GEBURAH ¢ GEDULAH; e em MALKUTH esti ‘05 DOIS PILARES com as suas mios. Da Orientacao Geral e da Purificagéo da Alma tious de nossa Antiga Ordem, aprenda primeiro que o verdadeiro ‘base da Alma. Se vocé mesmo nio tem um fundamento seguro, para dirigir as forcas da Natureza? €nt20, que assim como o Homem nasce neste mundo em meio /Natureza e & luta de foreas contundentes, assim também deve ser 0 jesforgo empreendido na busca da Luz por meio dessa reconcliasio. e@ que tem provas dificuldade nesta vida, alegre-se com isso, pois & t/a forga e por meio delas se abre o caminho para a Luz Divina. 40 isso poderia ser diferente, 6 Homem, cuja vida é apenas um dia na Juma gota no Oceano do Tempo? E se as suas provas no fossem © voo8 podria purgar a sua alma da impureza da Terra? somente agora é que a vida superior foi cercada de perigos € Nao foi assim com os Salbios e com os Hierofantes do passado? guidos ¢ ultrajados; foram atormentados pelos homens e, N0 en smaneira que a sua gloria foi maior. Portanto, alegre-se, 6 Iniciado, maior for a prova, tanto mais brilhante seré o seu triunfo. Quando 0s m € 0 caluniaram, nko disse o Mestre: “Bendito seja"? Porém, ‘No deixe que as vitérias estimulem a sua vaidade, pois 0 conheci- esulta em maior sabedoria. Aquele que pouco MAS aquele que muito sabe descobriu a sua propria ignorancia. Voce Nao se apresse em condenar © pecado do outro. Como pode sab seu lugar, vocé teria resistido & tentago? E, mesmo que assim fosse, menosprezar alguém mais fraco que voc8? Tena certeza de que 6 pee ‘na maledicéncia e na falsa moral Portanto, perdoe o pecador, mas no © pecado. O Mestre nio condenou a mulher adiltera, tampouco a cometer 0 pecado. Por conseguinte voe@, que almeja os dons da magia, tenha certeza da za da constincia de sua alma, pois elogiando a sua fraqueza & que 0 Mal {gird ter poder sobre voce. Humilhe-se diante de seu Deus, mas nl ten hhomem tampouco espirto. Medo & fracasso ¢ o precursor do fracasso, coragem ¢ o inicio da virtude. Portanto, no tema os Espiritos, mas seja cortés com eles, pois voce iio tem o direito de menosprezi-los ou injure isso também pode levé-lo ao pecado, Ordene e expulse os maus esprit ¢0e-05 por meio dos Grandes Nomes de Deus, se for necessério, mas nao nem 0s injurie, uma vez que seguramente isso 0 conduziré a erro Um homem é 0 que ele faz de si mesmo dentro dos limites Fixados destino herdado; ele & uma parte da humanidade. As suas agdes nfo SO afetam, como também afetam aqueles que 0 ceream, tanto para o bem para o mal io deve adorar nem negligenciar o corpo fisico, que & a sua conexd0t Poriria com o mundo externo e material. Portanto, faga com que 0 seu equ ‘mental esteja acima das perturbagies de eventos mateiais, Reprima as p animais e alimente as aspiragBes superiores; as emogdes s4o purifiead sofrimento Faca 0 bem aos outros por amor a Deus ¢ no por recompensa, nel _gratidlo, tampouco por simpatia. Se vocé for generoso, que seus ouvida * fiquem no aguardo de expressdes de gratidao. Lembre-se de que a forga des librada 60 mal; aquela severidade sem equilbro éto-somente cruldadee opm como também a Misericdrdia desequlibrada nfo & senfo uma fraqueza ‘margem e permite 0 mal. ‘A verdadeira oragdo € tanto ago quanto palavra: & Vontade. Os D nada fario para o homem cujos Poderes Superiores podem se realiza mesmo, se ele cultivar a Voniade ¢ a Sabedoria. Lembre-se de que esta Te to-somente um étomo no Universo € que voce mesmo é somente um sobre ela. E mesmo que vocé se tomasse o Deus desta Terra sobre a qual se humitha, ainda assim vocé seria apenas um étomo, ¢ um entre muitos tanto, tenha © maior auto-respeto e, com essa finalidade, no peque €0 ‘mesmo. O pecado imperdoaivel intencionalmente,rejetara de espiritual, ¢ cada pecado e ago deixam seus tragos e efeitos Para adquirir Poder magico, aprenda a controlar o pensamento. Ad ins verdadeiras que estejam em harmonia com 0 objetivo dese qualquer idéiaaleatéria e contraditéria que se apresente. O pensament| €o meio para um fim, portanto presteateng0 ao poder do pensamento sileng terial é o-somente a expressio extema do pensamento eC tisscram que "o pensamento Lolo é pecado”. Por conseguint, © dp inicio do alo materiale, se um pensamento ocasional pode produ- feito, imagine © que um pensamento fixo poderia fazer. Entfo, Mito, esiabeleca-se firmemente no Equilibrio das Forgas, no centro da pnios, aquela Cruz de cujo centro foi pronunciada a palavra criativa {oi dito no Grau do Teoricus: “Portanto, estejas tu t20 pronto 105 Silfos, mas evita afrivolidade e capricho. Sé energético¢ forte ras, mas evita a irritabilidade ea ferocidade. Séflexivel eaten- feomo as Ondinas, mas evita a ociosidade e a volubilidade. $8 labo- mie coino os Gnomos, mas evita a grosseria e a avareza’. E, dessa jvamente vocé desenvolveri os poderes de sua Alma e se prepa dat os espiritos dos elementos, ‘yoe® fosse convocar os Gnomos para incentivar a avareza, nlo os mais, mas eles a vos. Vocé seria capaz de abusar das puras cria- para encher os seus cofres e para satisfazer a sua cobiga por aria os Espiritos do Fogo dindmico para servir a sua raiva e ao violariaa pureza das Almas da Agua para saciara sua luxiia e 1? Voe8 obrigaria os Espiritos da brisa noturna a se submete- ae capricho? que com esses desejos vocé somente poder atrairo mal e no 6 bem, (© mal tera poder sobre voc®. dadeirareliido nio existe seta. Portanto, tome 0 cuidado para nfo ‘© nome pelo qual outros conhecem o seu Deus, pois, a0 blasfe- Japiter, vocé staré blasfemando contra YHVIH; e, ao blasfemar con- estar blasfemando contra Yeheshuah. ga.a Deus ¢ voce ter f encontrar he serd aberto.” O Jardim do Eden depois da Queda lagrama é descrito no Ritual do Philosophus. Em um glifo, ele mostra ento préprio de um Philosophus ao entrar na Sephirah NETZACH, que BOU pelos Trés Caminhos de QOF, TZADE e PE, desde as Sephiroth de LYESOD ¢ HOD, respectivamente. ade Deusa Eva, tentada pelos frutos da ARVORE DO CONHECI- Ds Gties ramos tendem para cima, para as sete Sephiroth inferores, mas Para baixo, para o Reino dos Casctes, inclinou-se para cles ¢ deixou os ®$ Sem suporte at Arvore Sephirstica caiu, rompendo-se. Eva caiu ¢ com ela 0 BAO. E 0 Grande Dragio Vermelho ergueu-se com as suas sete cabe- pifes, eo EDEN ficou desolado ¢ as dobras do Dragio envolveram © ligaram a0 Reino dos Cascdes Wot - Livro J Conhectmento Bisico e Prética DAATE seus Pa Oe Ait eetlaeamines «ool QUINTA PRELEGAO DE as AgineInfermals om DAATH = ete € LEVIATA, a Serpe CONHECIMENTO astuta, Mas TETRAGRAMATON ELOHIM colocou as Quatros Le do NOME ¢ a Espada Chamejante das Dez Sephiroth entre o Jardim 1 Eden supremo, para que este nao fosse envolvido com a Queda de — E tomou-se necessirio que um Segundo Adio surgisse para ‘Sistema; ¢ assim, da mesma forma que ADAO havia sido estendido Quatro Rios, assim também o Segundo ADAO devia ser cruci Infernais na Cruz dos quatro bragos da MORTE. Entretanto, para faz deve descer até 0 mais inferior, até MALKUTH, a Tetra, € nascerd 74: “Tu esmagaste as eabeas do Leviat2"). E nas Cabegas do Dragao estavam escritos os nomes dos oito R intes constam dos escritos cabal ‘oNegativo = PW (Nada Ht ID PX _limitado) SOPH AUR “NN ND PR (ALuzilimitada) ppalavra formada pela inicial ¢ as letras finais dos alfabetos, febraico da seguinte forma: Ae Z; Alef e Tav; Alfa e Omega. Ela varios significados por diferentes autores, mas geralmente significa cos: Nao) ‘© em seus chifres, os nomes dos Onze Duques de EDOM, pois DAA ‘Veus da Existéncia Negativa que dependem de Kether. desenvolvido no Drago uma nova Cabega, 0 Drago de Sete Cabegas' Chitres, tomou-se 0 Dragiio de Oito Cabegas e Onze Chifres. (Gn, 363 Cr 1:43 ~ 54), E Nora: Os edomitas eram os descendentes de Esai, que v primogenitura. Seus Reis vieram a simbolizar forgas cadticas e sem “Gai pix TIN - MACROPROSOPUS ou A Vasta Contingéncia, € Kether e outro de seus titulos é Anciao dos Dias, AATIK YOMIN OSX, 0 Pai Supremo, refere-se a YOD do Tetragramaton, DW. @ Mle Suprema, refere-se a HE. Yn & 0 nome dado a essas duas Pessoas unidas. | Elohim, eles se tornaram os pais do FILHO ZAUIR ANPIN fambém chamado MICROPROSOPUS ou CONTINGENCIA ME- a0 YOD e A Sephirah CHOKMAH, a0 HE e & Sephirah BINAH. IN refere-ses seis Sephiroth — Chesed, Geburah, Tiphareth, Metzach, = © destas, especialmente a TIPHARETH. [n2%B, a Rainha, e KALAH N93, a Exposa, si titulos de MALKUTH, 4 Esposa de Zauir Anpin, 0 Microprosopus. © Nome YHVH englobam os seguintes significados: fere-se a ABBA HE refere-se a AIMA @seaZAUIR —ANPINHE (final) refere-se a MALKAH Tetras também se referem aos Quatro Mundos e aos Quatro Naipes Seguinte mancira: ATZILUTH BRIAH YETZIRAH ASSIAH BASTOES, PAUS ESPADAS, PENTACULOS A Golden Dawn Holl» ~ Livro I~ Conhecimento Biisico e Pritica + Em cada um dos Quatro Mundos estiio as dez Sephiroth de cada Mundo ‘¢ Rainha do naipe so colocados a0 lado de Chokmah e de Binah, Sephirah possui as suas proprias Sephiroth, perfazendo um total de 400 S ites Cavaleiro e 0 Pajem, a0 lado de Tiphareth e de Malkuth 6 mimero da letra TAV, A Cruz, O Universo, a Integrago de Todas ‘os Arcanos Maiores recebem o equilibrio das Sephiroth que <158> O Tetragramaton na Arvore do Calvario de Doze Quadrados, que admite ao Caminho de Qof, 0 Tefere-se a0 Zodiaco e a0 Rio Eterno do Eden dividido em Quatro ee 89 fy Rio on s °pan (Esha gene non 3 Phrath mp mide dos Quatro Elementos ¢ 0 Dis- Ly dimissio no Caminho de Trade, 0 28° Tados, esto escritos os nomes he- ‘Quatro Elementos. No apice estiia = | oy | a = Esséncia - e, na base, a palavra znifica By w do Calvirio de Dez Quadrados ad- [sifsbtnl rx} tinho de Peh, Marte — 0 27? Caminho. drados referem-se as Dez Sephiroth : equilibrada. Também ¢ a forma = 0 duplo do Altar do Incenso. [Ye Distintivo de Hegemon admite 20 Essa cruz engloba Tiphare- Yesod, ¢ esté sobre Malkuth lvario de Seis Quadrados também Sephiroth de Microprosopus e é 0 cubo. + O Tard refere-se assim a Arvore da Vida: lo de Venus na Arvore da Vida en- “iso Os Qual Ases sto colocados no Trono de Kether —as our & Dez Sephiroth. [um emblemaapro- radas do naipe desejado sfo colocadas nas respectivas Sephiroth: 2 em Cl 3 em Binah, ete, Os 22 Arcanos Maiores ficam, entio, dispostos fentre elas, de acordo com as letras que thes correspondam. is da Natureza, Como ele contém + NOMES especialmente ligados aos Quatro Elementos: TERRA: ‘Nome Hebraico Grande Nome Ponto Cardeal Arcanjo Anjo Regente Rei Elementais AR: Nome Hebraico Grande Nome Ponto Cardeal Arcanjo Anjo Regente Rei Elementais <159> AGUA: ‘Nome Hebraico Grande Nome Ponto Cardeal Arcanjo ‘Anjo Regente Rei lementais FOGO: Nome Hebraico Grande Nome Ponto Cardeal Arcanjo Anjo Regente Rei Elementais — Livro | Conhecimento Biisico ¢ Pritica Meditagao ad A Golden Dawn TEXTOS RETIRADOS DAS PRELECOES* 1. Kether 2. Chokma 3. Binah one Os Diagramas 4 Chesed 2 5. Geburah Como existe confusdo a respeito dos Pilares Direito e Fsquerdo das 6. Tiphareth. roth na Arvore da Vida com relago aos lados direito ¢ esquerdo de um 7. Netzach assim como quanto as fases da Lua, é preciso observar 0 seguinte: 8. Hod Em cada diagrama e imagem, 0 lado direito do observador encont 9. Yesod a0 Pilar da Miserieérdia — Chokmah, Chesed ¢ Netzach; enquanto o Pi 10, Malkuth Severidade esté do lado esquerdo do observador, Entretanto, quando vocé. a Arvore da Vida a si mesmo,
    ~ Livro I~ Conhecimento Basico e Pritica 101 Duas atribuigdes alquimicas adicionais a Arvore da Vida & ee Enxofre | Estanho_ Ouro Ouro - = ee ee Estanho| Latao Chumbo Mercirrio Mercirio Philosophorum Medicina Metallorum. da Fora eda Sveridade, Bina Geouah's Hod ee soa ea AS QLIPPOTH NA ARVORE DA VIDA ao Pilar da Misericérdia. Entdo, quando vocé olha para o diagram, deve i Ketter hhomem a sua frente com o lado esquerdo dele de frente para o seu lado dt 2. Chokmah. Como se vocé se olhasse em um espelho, 3 Binah Da mesma forma que esse homem esti a sua frente, @ mesmo Be cheget a Lua, de maneira que voc® diz que a fase crescente dela esti do lado da 5 Geburah cordia, o pilar do lado direito das Sephiroth; e na fase minguante estard 6 Tiphareth esquerdo, no Pilar da Severidade. 7 Netzach Portanto, um Diagrama é a figura de um homem ou da Lua oll voe8. Isso também ocorre com os Pilares do Templo: Pilar Preto Severidade Esquerda Norte Pilar Branco Misericérdia Direita Sul Pilar Preto Boaz Stolistes Pilar Branco Jachin Dadouchos “1G Isto, Pilar Branco da Misericdrdia ou Jachin est do seu lado diteito do voes se aproxima do Altar do Oeste ¢ de Hiereus. (Veja 2 er 3, 17). "Ci colunas na entrada do Templo, uma a esquerda e outra a direita. A colina dew o nome de Firme (Jachin), ¢ & da esquerda, o nome de Forte (Boaz). E assim: Boaz = Forca, Severidade, Binah, Pilar Preto; Jachin = Branco da Misericérdia, Por conseguinte, ao fazer a Cruz Cabalistica sobre seu peito, €or 4 Fronte e dizer Atel; © Coragiio e dizer Malkuth; 9 Ombro Direito ¢ di Geburah; 0 Ombro Esquerdo ¢ dizer ve-Gedulah, e com suas maos jt dedos cruzados, dizer Le-olahm, amém! 4: 0s textos a seguir sto aqueles que foram eliminados anteriormente das chamadas Conhecimentoe Rituis Fora aguireunidos € arezadon como um apéndice, poser ‘mais adequada do que reinsei-los nas prelegdes de conhecimenta, (Lik) Thaumiel — As duas Forgas contundentes Ghogiel ~ Os Estorvadores Satariel — Os Ocultadores Agshekeloh — Os Fraturadores em Pedagos Golohab ~ Os Queimadores Tagiriton — Os Disputadores Gharab Tzerek — Os Corvos da Morte Samael ~ O Mentiroso ou Veneno de Deus Gamaliel — Os Obscenos Lilith - Rainha da Noite e dos Deménios OO Os Sete Palicios atribuidos as Dez Sephiroth at Os simbolos astrolégicos dos planetas Esses simbolos derivam das trés formas primarias da Cruz, da (Crescente) ¢ do Circulo, seja isoladamente ou em combinagao, © Cireulo representa o Sol e 0 Ouro; a Meia-Lua, a Lua ¢ a P vamente andlogos as naturezas alquimicas Vermelha ¢ Branca ‘A Cruz € 0 simbolo da corrosio. A corrostio dos metais em complementar daquela a qual eles se aproximam naturalmente, Portanto que & avermelhado, forma o verde-claro em sua corrosio, Mereiiio € 0 nico planeta que combina essas trés formas pri Linico simbolo. Saturno € composto da Cruz e da Meia-Lua, mostran Chumbo € corrosivo intemamente, e a Lua, extemamente, Venus € 0 inverso. O Cobre é, externamente, da natureza do Ou intemamente é corrosivo, Dai o nome da Esfera de Venus ser Nogah tando o Esplendor Extemo e a Corrupgao Interna, A Serpente Nehushtan que Moisés produziu quando os Filhos foram picados por Serpentes de Fogo no deserto é a Serpente dos) Arvore, E ele a colocou em um poste — isto é, ele enrolou a serpente ao Pilar do Meio das Sephiroth. E a palavra usada na passagem da Biblia, e +05 21, para Serpentes Ardentes, & equivalente ao Nome dos Anjos de escrito da mesma forma e com a mesma pontuagdo, Serafim, E ela esti do Pilar do Meio das Sephiroth, porque esse ¢ o lugar do Reconeiliador, Fogos de Geburah ou da Severidade e as Aguas de Chesed ou da Mis © € por isso que dizem no Novo Testamento que ela é uma espécie de © Reconciliador. E a Serpente é de lato, o Metal de Vénus, cuja Esfera € 0 Nogah ou Esplendor Exterior, conforme é mostrado no Simbolo Alquimico ‘em que o Circulo do Sol é exaltado acima da Cruz da Corrosio, E por is Zohar cita, “E somente entre os Cascdes que a Santidade ¢ encontrada Pente Nogah”; e ela é chamada de Balanga da Justiga. Por que, chamada de Esplendor Exterior ou Falso? Porque ela, de fato, liga os ‘mas nio entende as Sephiroth, Entretanto, ela também é a Serpente Cel Sabedoria. Mas a Serpente da Tentagio ¢ a Serpente da Arvore do Conhec to do Bem e do Mal, e no aquela da Arvore da Vida, Agui esti um método para eserever palavras hebraicas pela Yetsiritica do Alfabeto, pela qual resulta um curioso simbolismo hiero assim, Tetragramaton pode ser escrito por Virgo, Aries, Taurus ¢ Arie Por Ar, Aries, Virgo ¢ Aries. Para Yeheshua, 0’ modo cabalistico de Jesus, que é simplesmente 0 Tetragramaton com a letra Shin inserida m seguimos uma combinago muito peculiar: Virgo, Aries, Fogo, Taurus € Virgo, nascido de uma virgem:; Aries, o Cordeiro do Sacrificio: Fogo, o FO Espirito Santo; Taurus, o Touro da Terra em cuja manjedoura ele fo dei Por ultimo Aries, os Pastores de, Ovelhas que vieram para adori-Lo, confere Ar, Libra, Aries, Virgo © Agua~o Firmamento, as Forgas Eiquilib 16> 108 «to Espirito (pois Aries € um Signo de Fogo), agindono Zodiaco;a Deusa go c as Aguas da Criagdo. %bs termos Corvo, Ledo ¢ Aguia tém virios significados alquimicos. Demodo stermos Corvo, & a inicio aravés desu: $a so Calor a ago sulurss, ‘Aauia é « Sublimacao. k uimicose alquimicos é que as grands ifrensas ene os process guiicon e alauinico vin es ent utliza um eal gradtivo, mas continuo e cuidadosamente tao iniia com um calor violent. i Se oa um fraco usado a pat inferior dos alambiques. Bao sci tubo, uma eabega e um receptor agregado ao alambique para efit zi um calor gradativo you Forno Fp sere pu prim lor gaat Gtaincum Marae €o modemo banho-maria um rciiente de gua psc colocado o recipient sr aqui, an © Bah arenac ou banho de arcia¢ um respiente com are no qual oo recipient que deve reober elo seo es © Ovonic um recent ova eto no quale soca aa jo que devia ser reagido, podendo ser hermeticamente fec! ee stermina em Tiphareth, pela qual, por assim dizer, o Trian- $ s Pilares deg © 9 © Hexagrama de Tiphareth ¢ formado pelos Pi do, Em Chesed esto triangulo de Agua, eem Geburah, 9 gulo de Fogo. E Tiphareth os conecta e 0s reconcilia de a formar uma reconciliagio entre eles na forma do he- i o> © Simbolo do Sal na Arvore da Vida engloba todss as /@° O ‘com excecdo de Malkuth e é, por assim dizer, o indor ene o Envote eo Merri A inna dvisria CAG implica o preceito de Hermes “como esta em cima, Nomes Divinos e Angélicos Esse desenho representa @ Trindade agindo por meio das ‘Sephiroth e refletida para baixo nos quatro tringulos dos Ele- mentos, Ar é refletido de Kether através de Tiphareth para Yesod, Agua é refletida de Binah através de Chesed para Hod; Fogo é refletido de Chokmah através de Geburah para Netza- chy ¢ Terra é Malkuth, 0 recepticulo dos outros tres, Nota: Os Nomes do quacro a seguir foram reunidos e tabula- dos sistematicamente de um manuscrito do Philosophus intitulado The Lecture on the Shemhamphoresch [A Prelegao ‘Shemhamphoresch], Esse documento trata principalmente dos modos t de formar Nomes Angélicos. Descreve como virios versos so tomados do Exodo e, por meio de métodos de permutagao, formados em 72 nom letras cada. A cada um desses nomes é adicionado o sufixo Yeh ou Bl resulta em nomes angélicos e formulas. Os 72 Anjos so designados a cad ou divisto de 5 graus no céu celestial, formando, com os outros nomes, Farguia bastante completa. E assim, cada Signo do Zodiaco tem um A Anjo, o Anjo correspondente de sua casa, ¢ uma imensa sub-hierarquia, Muito espago seria necessério para detalhar os métodos pelos qu nnomes sto formados. Por isso, contentei-me em relacionar todos 0s Arcanjos e Anjos dos 12 Signos Zodiacais, e afirmar que so nomes mt tantes e que sua organizagdo deve ser cuidadosamente estudada. Os sobre o Taré atribuem dois desses Anjos a cada uma das 36 cartas numeral ‘tradugdo de seus nomes seré ali encontrada. Entretanto, achei aconselhd\ sentar, neste livro, as letras e a escrita hebraicas, para que o estudar acessi-las facilmente ao tratar dos assuntos sobre Sigilos e Imagens as, que so formados pela escrita hebraica, (ILR.) wos exon | Asa an | A | em |e asi ebaeo [Divino daCase Desi | Quinao se ° on | Se er Spear aera fot ‘|= Sees = ° cleo) es >| ee eee ce 2 | ne | BB 5 |e ae sel esate eal | ale [eset ware [pee a et me eee = i aie eae mf were | me | | 2 lolene | ae tied i tas [20 sw ce ae i tee eee = almpees eae ers me 2 | eel ee yo) he | as te | oe es ape fr vce ron ie emilee | fe ae saws | ee mm] orermpese | mere a x hee eo fe) ana | > | t=| colle ace al ag eset) a ae Boies ess ma] escre recs | mom : e me | ee Seema ee i lisse cee re onan | om & e mes | SeS O Trabalho do Portal © trabatho a ser realizado entre Portal eo grau @)-[o]ensloba ses tt conforme segue: 1 Encerramento dos virios Graus. O! Elemental — e observe onde ocorrem as difereneas. 1. Uma Tese sobre os Rituas. IL, Uma meditaglo sobre as cruzes que foram usadas como distintivos fadmissao aos Graus. Essa € uma preparaco para a meditagdo que prec © Grau G@)-[Ble devert ser feta quando voce é um Membro do Portal sete meses. II. Um diagrama completo da Arvore da Vida. IV. A pritica do controle da Aura. V.Acolocagao da Arvore da Vida na Aura. Vi. Tattwas ~ Astrologia ~ Adivinhagao. A Tese Leia os Rituais. Construa-os na imaginagao. Compare a Abertura bserve 0 esquema bisico todo de cada G Siga as carreiras dos Dirigentes. Observe em que Grau um Dirigente desaparece. aga um resumo de cada Ritual para que o esquema geral se terme te, Serirde grande ajuda quando for chamado para assumir um Oficio, tentdo ndo precisari seguir tudo 0 que esté no Ritual, mas simplesmente cow ane! ‘Oficio ¢ mencionado e, a0 terminar a sua parte, ot do o Ritual até ele ser necessirio m no Templo pro a pagina em que esse 6 Encerramento, colocando de la monte. A habilidale em fazer isso e de mover-se corretamentén ‘ona harmonia e tranqUilidade & Cerim@nia toda. ‘Obuerve as posigbes dos virios Dirigentes — quais formas geométri assumem periodicamente entre si mesmos a0 tomarem os seus lugares 00 plo. Pode ser um triéngulo, uma cruz, um pentagram, et Leia os discursos com atengfo €, is vezes,leia-os em vor alta para se Iiarizar com o som de sua propria voz. ao pronunciar as palavras. Obse sera mediante sua forma alguns discursos so destinados a criar atmos! eis se dos ritmica e sonoramente, enquanto outros so informativos ¢d ser lidos de maneira a tomar os pontos claros. | ‘Eremplos de passagens arcaicas sio desafios dos Deuses: “Tu ni passat pelo Portal do Céu Ocidental se nlo puderes dizer 0 meu Nome aassaysos Jo Kabiri nos Graus do Practicus e do Philosophus. Informase fan's dada nos discursos sobre as Chaves do Tard e sobre os diagramas, ‘Omeetve a téenica para atravessar 08 varios Caminhos — as palavras distintees com os quais'o Caminho & acessado, 0 comprimento do pere simbolismo especial nele descrito.
      ~ Livro [~ Conhectmento Bisico e Pritica com que todas essas coisas sejam absorvidas ida que idéias the ocorram ¢ logo a sua anata ase fe voce ser capaz de redigi a sua tese. state ‘uma lista e desenhos das eruzes que the fe 2 1¢ foram daudas nos sucessiv. Distintivos de Admissa, desde « Sustica do Zeltor até a cruz de roe vee pity no Al 0 segundo poto do Grau do Parl ‘mencionado a respeito nos Rituais e nas Prelecdes de Conhecimento, esr razonvelnente jane yaa que srt eos sino fiqsem ne mostrar os Noms das Divndades, os Nomes dos Arca ae eis ar Sept romero Cami aoa oats », a Arvore deve ser a sua si ‘ssoal i felase aplicatArvore da Vida, Cores podem ser lander da Aura + vou! Bees eg tives familiarizado com as partes de seu prdprio corpo, o espriri edgextivo, consign um livo semelhante atin dz pines soon pape dm cso me “ a Sing trrfe senna tion sp teens por um coo sto au, ean rp sk my un vod Agr, ose dee cost race zr ou Es de Sra, ls sie ate pm deve cc ientemente as suns teapdes emmocionas,E canenle gos do una coisa ou dengosr dee we Une Pleo mecanno quel ma as ess sent: Par a me Hee Peace, ‘Ha muitos livros sobre o assun- 2 s de entender ¢ claramente ese fF, de Wn NeDovzl ome Ces Tee HH vrmal People [Psicanalise para Pessoas Normais), de ss [Pscossntese, do Re se}, do Retor da Chester Catheda Of the Mind [A Maquina da Mente], de Violet ie : desenvolvic pe ie alguma idéia do mecanismo de seus processos men- ie ee ce eee ge een En iscorde, para ensina-lo nao tat rope A Golden Dawn Livro I~ Conhecimento Bisico e Prética maneira, voc chega a descobrir sea sua discérdia & por causa de p da Severidade 20 nosso lado direito,o Pilar da Misericérdia ao lado esquerdo fatores pessoais, © © quanto isso se relaciona com 0 seu conceito de: {da Beneficéncia ao meio. Mais é melhor construir primeiro o Pilar do abstrata. Portanto, procure as vezes abrir a sua aura a pessoas ou ide esforgo de enxergar as coisas de um ponto de vista alheio. ; Exercicio do Pilar do Meio ‘A pritica da respiragdo profunda também ajuda a estabelecer uma p a controlar o nervosismo. E bom expandir o peite ao maximo e,entiay ieee rnasinact, eevee ees o's ethene ti js briana Quando voce se sentir nervoso, observa que sua respiragio esti sup p qual irradia para as outras Sephiroth. De Tiphareth, a luz se dirige para «seus misculos sio tensos. A tendéncia é cerrar as maos ¢ tensionar ina regido dos quadris, e dali para Malkuth, no qual os seus pés estdo los, do abdomen, Para sair desse estado, inspire profundamente até ; pacidade total, segure a respiragdo enquanto tensiona e relaxa alte cconseguido uma imagem clara do Pilar do Meio, voeé pode, entio, iisculos abdominais. Faga isso trés vezes e depois relaxe compl eras outras Sephiroth, vibrando os Nomes das Divindades. Isso pode set uuma cadeira no alterativa ao Ritual do Pentagrama ¢ um preparo para a mediagio, -se no Templo e olhando para 0 Oeste. O Pilar Preto da Severidade <> 9 py A ao seu lado direito ~ 0 Pilar Branco da Misericérdia, a sua esquerda, 0 Pilar do Meio e @extatino Pilar do Meio a0 fica ete as das o Corpo Humano gine, agora, que o Pilar Preto sea refletido em seu lado dircito, eo Pilar co, em seu lado esquerdo. Deixe os seus misculos profundamente e cleve a sua consciéncia para Kether, acima de frouxos expirando profunda- teabega, e vibre o Nome EHEIEH, que significa “Eu Sou”. Imagine a mente. Se for necessirio, faga fluindo para Daath (para baixo, na base de seu pescogo) e dali para © processo todo trés vezes. Essa eth. € uma pritica destinada a esti- ‘mesma forma, estabelega Yesod no nome SHADDAI EL CHAI, ¢ ular 0 plexo solar, que & 0 co- ee HACARETZ » aga esa eT a Cruz Cabalistica para indicar que vocé invocou a Luz de seu Kether rece ans ibrou-a em sua aura. Em seguida, deixe a sua imaginagao ficar por Gerba bath asaeseth empo em sua aura e veja-a oval ¢ clara, pulsando eom o brilho de repetir em vor alta os Nomes das Divindades, Respite profun- for cl lo visitar algum te ou uma. rim damente diga-os suave e va- chamado para visitaralgum doente ou uma pessoa dprimida ou iu depressivo sobre vocé, faga antes esse exercicio. No caso da ‘garosamente, imaginando que a ‘causa um efeito depressivo, vocé pode também imaginar a sua sua voz é levada para os con- ada nas bordas para que ninguém possa penetrar nela e atingit a fins do Universo. Isso pode ser e (que ¢ 0 que essas sensagies em geral significa). feito combinado com o Ritual do ‘essas priticas, é bom lembrar que “a Forca est no Siléncio”. Se Pentagrama. Peto com outas pessos,exceto 0 seu Chef os tena o ‘nao conseguiré nenhum beneficio. Experimente-as com ape- V.A Arvore da Vida na d Héncio, durante um ano, antes de racionalizé-las. Ke Aura q Primeiro manter a sua aura para voc® proprio em vez de tentar Na aura que interpenetra Sutras pessoas. A menos que esteja particularmente vigoroso e € envolve 0s nossos corpos #0, apenas gastari energia desnecessariamente. Os chamados mé- fisicos, temos de construir uma 1 de “fazer o bem para os outros" devem ser evitados por um réplica da Arvore da Vida, O dos possuem uma técnica prépria e exigem mentes e corpos 1 A Golden Dawn Microcosmo: O Homem Toda a Esfera de Sensago que envolve o corpo fisico do homem & d da “Espelho Mégico do Universo”, pois nela estdo representadas todas as ‘cultas do Universo como se fossem projetadas sobre uma esfera, convex namente, mas cdncava para © homem. Essa esfera envolve 0 compo hhomem assim como o Firmamento Celestial envolve o corpo de uma ‘um Planeta com as suas forgas espelhadas em sua atmosfera. Portanto, a sigo ou organizagio dela é a c6pia desse Mundo Maior ou Macrocosmo, “Espelho Magico do Universo” estio as Dez. Sephiroth projetadas na fom Arvore da Vida como em uma esfera sélida, (Veja também a visio astra 0 Tard no Livro. © corpo fsico do homem esti dentro da projesio das dez Sephiroth em esfera, As divisdes e as partes do corpo sto formadas a partir das Sephi Arvore da Vida da seguinte mancira: Kether esta acima da Coroa da Cabeca e representa uma coroa realmente poderosa, mas ¢ preciso ser digno para porti-la. Na coroa da 6 encontra-se a faculdade de Neshamah, que ¢ 0 poder de Aspiragdo para ‘esti além, Esse poder de Neshamah é especialmente atribuido & Triade Su em ssiah, da qual ha trés manifestagdes incluidas no conceito geral de Nesh Em Chokmah e Binah, sio formados os lados do cérebro e da cat encontram as faculdades intelectuais da Sabedoria e da Compreensio, ¢ ifuminando o seu inferior, a Ruach. Elas so as mansGes da administ tica do intelecto, cuja manifestagao fisica ¢ realizada por reflexo em Ri Espelho Magico do Universo ou na Esfera de Sensagio, o Homem € enire os quatro pilares da Arvore da Vida como se fosse projetado em ra, Esses pilares mantém o seu lugar e ndo se movem.Mas 0 préprio coloca em sua Esfera de Sensagio aquele ponto do Zodiaco que ‘momento de seu nascimento e de sua concepeao (pois ponto do Zodia aise treinados equilibrados para poder reali pessoas de maneira decente e correta, antes € preciso estar bem consigo Depois de ter praticado 0 exervicio do Pilar do Meio durante um. podendo visualizi-lo com facilidade, voce pode estabelecer as outras VI. Tattwas ~ Astrologia ~ Adivinhaga0 Tatas. So destinados a ajudé-lo em suas pesqusas da Alma da Primeta so prticados com um membro superior e, mais tarde, podem soviosou com um colega do proprio grau. Nunea deve ser permitida se cor tjumor dexconotades, © metodo ensinado deve St ane serum hordro reservado para isso, de preferéncia pela mani Gece ser patcado se voce estvercansado ov com a mente muito Oc ders Coles que ndo permitam a concentrago necessria. Nao pode Sr] arrest Heqeneia — uma vez a cada ts semanas ou Uma Vez B no podem ser realizadas. A palavra Ruach, Espirito, também significa Ap ‘como uma coisa que vai sem que vocé saiba para onde, e que vem sem, saber de onde. “O vento sopra como queira e vocé ouve o seu som, mas no pode dizer de onde vem e tampouco para onde vai. Assim também é aquele ‘que nasce do Espirito.” Esse Ar, a Ruach, permeia todo 0 corpo fisico, mas a sua influéncia ¢om trada esté a0 tedor do coracio. No entanto, se nio fosse pela fora li ‘Chokmah ¢ de Binah acima dele, da esfera de sensagao que o cerca e de Mal abaixo dele, a Ruach ndo poderia concentrar-se sob a regéncia do Nome e@ do corpo cessaria E isso € 0 que diz respeito Ruach como um todo, ou seja, a Vontade em Tiphareth, Em Netzach e Hod, sto formadas as coxas e as pernas, ¢ elas termi simbolos de cinco, assim como os bragos; mas elas nfo sfo tio méveis por ea efeito de Malkuth. Nelas esto as faculdades de apoio, de firmeza e de equilib elas demonstram as qualidades mais fisicas de Ruach. Elas sto a afin Pilares das Sephiroth que correspondem ao Passivo, enquanto os bragos: «dem aos dois Pilares Ativos. Elas sio as colunas do Templo Humano. ‘A partir de Yesod, sto formados os érgios generativos e excretores, 1 sede dos desejos inferiores que mais se apoiam na dupla natureza da “26 das Qlippoth, por um lado, e do simulacro das forgas vitais de Tiphareth, po Trata-se da sede especial da consciéncia automatica. Ou seja, ndo se Vontade propriamente dita, mas do simulacrum (uma representagio) da ‘em Tiphareth, Yesod & a mais inferior das Sephi “Agdo Fundamental” ‘atic é para Nephesh 0 que a ago de Daath é para Ruach. Por con Por existir um simulacro ou reflexo do coragdo ¢ dos drgios vitais regidas por Yesod, se a consciéncia de Tiphareth fosse entregue (ol Yesod, seria uma forma de favorecer o caminho para a doenga e para Pois isso seria a retirada das forgas vitais do Nome que se encontram na 6 de Tiphareth para serem colocadas em Yesod, uma posigo muito mais ao ataque, Porque a consciéncia automética & 0 tradutor da Ruach para Em Malkuth, é formado todo o corpo fisico sob o comando ¢ re Nephesh. Nephesh ¢ 0 corpo sutil de refinada Luz astral sobre o qual fisico ¢ estendido como em um padrio invisivel. O corpo fisico & toda parte pelos raios da Ruach, dos quais ele &a integraglo material A britha através do corpo Materia e forma o Espelho Magico ou a Esferad so. Esse Espelho Mégico ou Esfera de Sensagio € uma imitagdo ou. Esfera do Universo. O espaco entre 0 corpo fisico ¢ os limites da ~ Livro I~ Conhecimento isico e Pritica jroth so apaixonadas, expressando um dominio apaixonado. Dessa for: trés Sephiroth Supemais - Kether, Chokmah e Binah ~ esto ligadas de impresses de sentimento e de compreensio. O seu Chesed se pela debilidade de ago; 0 seu Geburah, pela violéncia de agao; 0 seu jpela contemplagio mais ou menos sensual da beleza e pelo amor da ivital: O seu Hod © Netzach, pela saiide ¢ bem-estar fisicos. O seu jcagdes e desejos fisicos. O seu Malkuth, pelo absoluto aumen- io da matéria no corpo material sh é 0 real © verdadeito corpo do qual 0 corpo material é to- resultado por meio da ago de Ruach que, com a ajuda da Nephesh, ‘material pelos raios de Ruach que, normalmente, ndo prosseguem limites do corpo fisico. Ou seja, no homem comum os raios de Ruach ppenetram na Esfera de Sensacao, através de mundos infinitos ¢irradiando seus raios até os confins do Esfera de Sensag3o é colocada uma faculdade tal como uma eolocada em uma lanterna. Essa faculdade é um certo sentido coloca bertura na parte superior da Ruach a partir da qual agem os raios de Binal que regem a razilo ~ Daath, Ela pode ser levada a descer até li pode ser irradiada para dentro da Nephesh. Ela consiste de sete fem resposta ao Hexagrama e ¢ como a Alma do Microprosopus ou etragramaton humano. Portanto, na cabeca, que 6a sua sede principal das as sete aberturas da cabera. Essa é a Consciéneia Espii- ente da consciéncia humana, Ela tem, como ja foi dito, sete manifes- e2so Daath seja incluida. O Pai ¢ 0 Sol (Chokmah); a mie é a Lua fo a eamrega em seu peito (Ruach); a sua Ama é a Terra (Nephesh). estado quando ela pode ser vibrada por meio da Terra, Atributos das sete aberturas da cabega sio os seguintes: vv Saturno Ouvido Esquerdo. Siipiter Sol Otho Esquetdo...ernnkuna Merciirio (0 mensageiro dos deuses) Marte Naina Esquerda..........Vénus epresentam, aqui, o sentido sonorifero, Os olhos direito ¢ at 9 sentido luminoso, visto que o Sole a Lua 880 as lamin AS narinas direita © esquerda, por meio das quais passa a orga a0 corpo fisico,estio sob Marte e Vé isco, estio sob Marte e Venus. A boc © € 0 Orador sae Spiritual é um foco da ag40 de Neshamah. A forca d feshamah. A forga de Controlara descida dela dentro da Ruach e dali para de Henge comsciéncia deve descer dentro de Nephesh antes traler de Sensac2o possam ser percebidas. Pois somente os meaft ave Permeiam a Ruach & que podem tomar conheci= le da consciéncia espirtual é a sede do Pensamento, Sue procedle da radiacao dessa consciéncia espiritual, a Luz atravessa 0 Ar e logo encontrando os simbolos A Golden Dawn refletidos na Esfera de Sensago ou o Espelho Magico do Universo. Pela: irradiagio (a do Pensamento), esses simbolos so refletidos novamente dent da Consciéncia Espiritual, onde sio submetidos & ago da Mente que Raci na e da Vontade Inferior. Ou seja, no homem natural comum em estado vigilia, © pensamento age por meio da Ruach, sujeito ali 4 agdo da Von Inferior e submetido ao poder de raciocinio que deriva de Chokmah e de Bin ‘Mas no homem que esti dormindo, no louco, no deficiente mental ou nob do, processo ndo é bem igual. No homem que dorme, a concentragig\ Ruach em seu coragao, enquanto acordado, produziu uma debilidade na da Ruach em suas Sephiroth subsididrias no Corpo Fisico, Para preserve conjungao salutar da Ruach com a Nephesh no corpo fisico (cujos limites determinados pelas Sephiroth da Ruach), € preciso nele enfraquecer a 6 centragio em Tiphareth para recuperar 0 esforgo produzido pela concen 0 da Ruach durante o estado de vigilia. Orefluxo da Ruach em suas Sephiroth subsididrias produ naturalment ‘enfraquecimento da Vontade Inferior e, portanto, a Ruach no reflete tio ela ‘mente a Faculdade do Raciocinio. Por conseguinte, o pensamento da co spiritual reflete a imagem em uma série confusa que s6 é realizada pau pela vontade inferior. (E isso & 0 que diz respeito ao homem natural comumd te 0 sono). i No louco, desconsiderando 0 caso de obsessao (o pensamento obses freqiientemente o acompanhante de uma mania e ainda mais freqdent sua causa), pensamento e a vontade inferior sio fortemente exercidos em mento da faculdade do raciocinio. Isso quer dizer que ha uma alianga entre primeiros, a qual domina a agdo de Chokmah e de Binah, na cltima. ‘A monomania aparece na consideragio de somente um certo si atrativo demais para @ Vontade. Portanto, uma corrente de pensamentos: plesmente uma vibrago graduada que surge do contato de um raio de pens to com um simbolo, Se forem controladas pelo poder do raciocinio e auton pela Vontade, essas vibragdes serdo equiibradas e de comprimento igual, Ma no forem controladas pela Vontade inferior e pela Razdo, elas sera bradas e desarménicas, ou seja, de comprimento desigual 'No caso do bébado, o equilibrio da Esfera de Sensagao, e consequent te da Nephesh, é perturbado. E isso faz. com que os raios de pensat abalados em cada vibragao, de maneira que a esfera de sensagdo da oscile e estremeca nas extremidades do Corpo Fisico em que a ago d -ars:$sté confinada. Portanto, o pensamento ofuscado pelos simbolos da 'Sensagdo, da mesma maneira que os olhos so ofuscados na frente de um que treme e oscila. E a sensagao transmitida pelos pensamentos & Esfera de Sensagio oscilando e quase revolvendo ao redor do corpo fisiedy cando tonturas, néuseas, vertigens e a perda de posicionamento e de loc Quase © mesmo pode ser dito do enjéo do mar e da ago de certas dro ‘Apés esse efeito, a recuperagio do equilibrio da Esfera de Sensaga naturalmente um abrandamento da concentraco da Ruach em Tiphareth com que o sono seja uma necessidade absoluta para o bébado. Iso 6 180i sno pode Iutar contra essa necessidade, Mas, se conseguir, ou no caso de digdo se repetirconstantemente, 0s raios do pensamento sao langados atra- Hsfera de Sensacio tio irregular ¢ violentamente a ponto de atravessarem Js sem que a Vontade inferior ou a Razao e nem mesmo o proprio Pensa- sam intervir. Nesse caso, 0 Pensamento esté sem a protecao da Vontade, fis condigdes do delirium tremens e uma abertura totalmente desprotegi ina Esfera de Sensacio, por meio da qual influéncias hostis podem pene- essas influéncias dizem mais respeito & obsessio. st agio de pensar na consciéncia espiritual é originada na irradiago, ¢ ago € 180 inseparavel da consciéncia espiritual quanto o € a Luz Espiritual é 0 foco da aco de Neshamah, Por sua vez, 9 ou Veiculo da Vida do Espirito, que € Chiah; e os dois combinados 0 Carro dessa Vontade Superior que esté em Kether. Também & a faculdade de Neshamah que aspira a0 que esta além. A Vontade Supe- festa por meio de Yechidah. Chiah & 0 verdadeiro Principio Vital, 4a Vida mais ilus6ria do Corpo Fisico. A Chama Brilhante do Fogo @ Kether do Corpo, & 0 Eu Real da Encamagao. Entretanto, poucos ns 0 conhecem ou sentem a sua presenga. E ainda menos acredi- iS Poténcias Superiores nem tampouco as compreendem ~ Poténcias “Arcangélicas ou Divinas, das quais a manifestagZo que toca direta- lah & 9 Génio Superior. Yechidah no homem comum raramente pode agi por meio da cons- tual, pois para fazer isso 0 Rei do Corpo Fisico, a Vontade Inferior, Se de seu Trono em reconhecimento ao seu superior. Essa ¢ razio alguns casos, a Vontade Superior se manifesta ao homem comum trae 0 sono. As vezes ela se manifesta por meio da pritica sincera de (ou quando ocorre a oportunidade de um auto-sacrificio, Em todos @ Vontade Inferior reconheceu, por um momento, uma forma supe- assim como o YHVH do homem é 0 reflexo do Senhor Eterno liperior. Esse Yechidah & a tinica parte do homem que pode realmente IEIEH, Eu sou, Entdo, esse & tao-somente o Kether do Assiah do , ou seja, no Homem, essa é a sua parte superior. E a que toca ou é a juma classe maior e superior de Ser. Essa Yechidah é, 20 mesmo ior do Homem e o Génio Inferior, Deus do Homem, o Atziluth omo Chiah e Neshamah formam o seu Briah, ¢ Ruach, 0 Vontade Superior e a Consciéncia Divina, da mesma forma Consciéncia Espiritual; Tiphareth, a Consciéncia Humana, e Yesod, Automatica, “ia Divina ¢ a nica parte do homem que pode tocar as forcas tris de Yechidah, sto as forgas Angelica © Arcangélcas é a manifestagao, Portanto, é 0 Génio Inferior ou Vice-Rei {ue se encontra além, um Anjo Poderoso e Terrivel. Esse Grande Superior além do qual esto os Arcanjos e o Divino. nao @ cliusula de Tiphareth de um Adeptus Minor: “Eu ainda prometo fe que, com a permissio divina, a partir deste dia me dedicarei & 126 minha natureza espiritual © que Grande Obra a fim de purificar ¢ exaltar 9 ‘objetivo de ser mais do que Hi ‘Ajuda Divina, €u poss fe, gradativamente, ™ nessa ocasido eu N30 Observe que & Inferior que deve apl 5 Seres Brilhantes Yetzirah, ass das as formas aqientemente, ‘tzifuth. Portanto, considere esse ape preparagao do Camino para ‘ona de um homem esta nia Este ae Amé pers slo os Microcosmos mics e suas divisbes, ¢ dela, a parte que Kether, Por conseguinte, sua md persona. E tras formas Angélicas, assim tat formas horriveis € are Entdo esta & ‘Sephiroth da Nephe: ddas Sephiroth da Ruach naquelas ‘a Consciéncia Humans ¢: tomar o Rei do C ccomandos da Vontade Supe! do Alto, tampouco um déspota sens tungido, o viee-re fem seu proprio reino que € © ‘Superior, isto & Yontade Superior Kether do Homem E o Homem se desapareceu, Pr ssa clausula correspon icar-se a essa obra, porau rorque Deus 0 are depois, isso também tu sabe Génio da "Ma Per finalmente alcangar st lewar e unig-me a0 meu Genio Superior < DIE © cewrel do grande poder que me foi confiado vie a Tiphareth, visto que é a VO fe €0 Rei do Homem Fisica, ira cnamamos jos) sto microcosmos do, Mass mae srnicroeosmo do Macrocosmo de ASsi isemos do Macrocosmo de Brial G6 ‘Mictocosmos do Macroea neigoamento da Natureza Espirit a Luz Brilhante, a Luz Divina. ra das Qlippoth, ¢ 08 d i MMtacrogosmo das Qlippoth. Essa ma person i Toca 9 Malkuth do Nephesh dele ante das Torgas do mal que se encom nine, Mepmo acim. do Kether do Homem esto ai «een abaixo do Malkuth da “Ma Personal m até de serem expressas ou de Se Pensa perigosas ‘A tarefa do Adeptus Minor a tarefaa ser empreendida pelo Adeptus Minot Sf arefa a rpagio das Sephiroth do mal; equilea aja Nephesh; impedir que a Vontade © lugar da Conscigncia AMO iam ¢ usurpem ie € ansioso por orpo, a Vontade Inferior, obedient. ora para que nfo sejum usurpador ds 1 vei, mas um Governante Iniiado € dese te da Vontade Superior por Se POT Tiamem. Deverd, entio, acontecer que 8 ‘Morada Real, a fim d ‘co Génio Superior & je rep ‘0 Génio Inferior, despa para wre a Vontade Inferior se unam, sc shonthe a imensa iluminaglo de soa Naiwnee evo ne ae diz de Enoch:® “Henoc endeulgia ‘patou”. (Gn 5:24). is, a Nephesh so a’, de manera que a propria “mi esta citado no Salm do Divino nas Qlippoth, pois é come rei, lnnge da Tua preseng as TRE Syesrines LE Sue anibos da Madras Eto Portanto, até pois se trata do inicio d Tonge do Teu sopro? Para onde fu Twa estas; © ope deito no abismo, ai Te encontro deito po Sona” no & to mé. quando CUMPTE © $4 md Persone comego da Luz nas Qlippoth ©8069 ciara de O Livo de Enoch, de Enoch, ¢ Moaia Enochian, eitagio que diz que “Tifon & 0 irmio RN ciadsca One OC ee iajuda 0 avanco do Bem’. Omar [6] do Adeptus Minor diz que a ee ei dae im sr Bilge persone pode toma estlo, de cera forma, al 9 homem possa m« Eee auc eneoe eran Sos non oar a e, mas treinado SE racing coer ten scum pe en Exterior, ou sea, como uma for a omc ened fase“ deseo ae Inf” pare cs oa, omevan a iia a nevesidade do mal na ia Poy fds om doen sd alo sa Bi iinee = 1m deve a cumpr sto que conse 0 Gris de aMas estas atento sus usurpago ¢ fora-as de volta par ane Biieais as ofendas por amaldigoa-as, se for necessario, a abet teas ee Deal ie sum ge mistro qo Apts Minor deve snhenalan ira a conscéncia epirital pode agir ao redor @ ‘lim da Boer OE triacetin eee cee se panna Superior. Por isso, no trabalho oculto,é aconselhav a Deeccccnan Je Superior, que também & o Geni Inferior por sa ost ss io Inferior por , 88a € a forma migie Begun esa «frm mga de opera do Incado em a Bosra Por meiode ua sabeova arcana, clconece ae anes ds Fores do Macroosmo, Sleonando aoauee smo cquibrando- om on es cosaivos, © i on tne ere a aie cis Esp a Sree os écommanin om gun Hy cmo cn um esp, el perce a suas propriedades Metdas to ariand no Init Abin dos Ces. Em seis ear ae eed 0 concentra asa consi unica Renee stole pd rceberoreflexo dco doraio do M ener rae enn © fo deo que é refed em seu apse’ ede seu Pensanto deans conseguir um ete Baa Macrocosmo até o cent de sua Teer. ma patamele ero pont a sera de pahvernprsert aka erecta 9 fflexo do Raio do ekecen eek des Contin spondendo press Se reflexo misao com gran Bore rss Sm scien unin Visas Diaconis G ses espintuisnlo trinades, Piso crvidcne a Mo, dente no trinado, ‘mesmo supondo-o livre das ilusdes da obsessio, nio sabe ou no como unir as suas consciéncias e as harmonias entre a sua propria sensagio e 0 Universo, Macrocosmo. Por conseguinte, & muito iny ‘0 Adeptus Minor compreenda corretamente 0s principios e os axiomas, cimento secreto contido em nossos Rituais ¢ Prelegdes, Do viajar na visio espiritual ‘Uma vez que se decid o simbolo, o lugar, a direeao ou 0 Plano sobre a. <éesejaagir, um raio-pensamento, conforme indicado anteriormente, & 2 parte correspondente da Esfera de Sensagao da Nephesh. O Raio- enviado como uma flecha que, langada por um arco, atravessa a. cit da Esfera de Sensagao e dirige-se diretamente para o lugar desejado,. cesfera de Luz astral € formada por intermédio da Vontade Inferior e iui Vontade Superior, eae por meio da consciéncia espiritual e pelo reflexo Raio-Pensamento, Em parte, essa esfera de Luz Astral é extraida da redo. Uma vez formada essa esfea, um simulacro da pessoa do Vidente € refletido por meio do raio-pensamento e nela é projetada a sua consciénei cada. Essa Esfera, entdo, converte-se, por reflexo, em uma réplica da Entretanto, nessa Projegdo Astral, uma certa parte da consciéncia ‘manecer no corpo para proteger 0 Raio-Pensamento além da Esfera de S (assim como a prépria Esfera naquele ponto de partida do Raio-Pens ataque de qualquer forga hostil, de maneira que a consciéneia nessa pro seja tdo intensa quanto a conscincia ao estar concentrada no corpo vida comum. A volta ocorre revertendo 0 processo e, exceto para as pes ‘Nephesh e corpo fisico sejam excepeionalmente fortes e saudéveis, fo de skrying e de viagem na Visio do Espirito é, com certeza, Ca “Também existe um outro tipo de projeso astral que pode ser usado) tos priticos e mais adiantados. Coneiste em primeiro formar uma esferaal sua propria Esfera de Sensagfo, langar nela o seu reflexo e, em seg ssa esfera toda para o lugar desejado, tal como no método anterior. Masi facile somente pode ser feito por um operador experiente. ‘Até aqui € 0 que se tem a respeito de Skrying e Viagem na Visto d Essas instrugdes so consideravelmente ampliadas com exemplos pi Livro VIII, que trata da Visio Astral e da Clarividéncia (LR.) au TNE, Shyer €a pessoa que pratca a are do shy. A cdesory qu significa "vr" 0 “observar"- Ela se refere uma forma de clarvidéncia qUegem ‘mpregaespeos, its, ot outos objets de observa, para ajuda na concentra {weinar sua habilidades piguicas e permitr que as visOes es rhormal desperta, E 0 alo consciente de perceber, por meiossubconscicnts, eventos qUE {do aleance dos sentidos norms. Skryng envolve enxergar, no com os ols fisicos, ‘thar da mente, o mundo astral a matrzinvisivel subjacent a toda manifestato ise Sanda Cleeto, O Essencal da Golden Dawn wad. Marcos e Martha Malvez7l, S80 Pi ‘as Editor, 2008), No lvro VII hi um capitulo sobre a prtica do shying Sobre os Microcosmos do Macrocosmo 1 se sabe, no Macrocosmo existem muitos ¢ intimeros outros habitantes ‘Homem, dos Anjos e dos Deménios. Em um certo sentido, os animais so cosmos, Mas no to completos quanto o homem. Neles ha muitos ¢ gran- ios. Eles também t&m o seu espetho magico ou esfera de sensaeao. ppolarizagio é geralmente horizontal em vez de vertical, ¢iss0 se deve ode que neles as Sephiroth no sfo indicadas. Portanto, essa Esfera no da pelas colunas sephinGticas, mas é especialmente regida pelo Sistema sem a participacao das Sephiroth. Conseqdentemente, os animais sao re- ‘pelos Caminhos € nao pelas Sephiroth, sendo cada um classificado sob um enio, um Planeta ou um Signo, Assim, cada um segue uma formula que pode ida em letras que, por sua vez, formam um nome vibratério, E como escrito; “O homem deu entio nome a todos os animais, is aves do o&u e a feras®. (Gn. 2:20). Mesmo assim, eles so regidos pelo nome YHVH, de que podem ser classificados por uma ou mais letras peixes, et., esto sob a influéncia da Agua; pssaros esto sob a influéncia do Ar, quadripedes estio sob a influéncia do Fogo; coisas restantes e insetos estio sob a influéncia da Terra ixistem alguns que participam de dois elementos, mas neles geralmente mento é dominante e, além dos Elementos, cada um esta sob um Planeta O Reino Mineral esta somente sob Signos. Os Vegetais possuem uma Esfe- ‘que corresponde unicamente aos Planctas ¢ aos Signos Zodia- Os Minerais também tém uma Esfera que corresponde unicamente 20s Signos § Metais estio unicamente sob Planetas ¢ essa € a diferenga entre eles ¢ 0s .fazendo com que também sejam mais fortes. As Pedras Brilhantes es- mente sob a Luz-¢ elas si, por assim dizer, centros de sua ago na oda matéria, conforme esti escrito: “A minha luz esta escondida em tudo 3”. (Acredita-se que essa frase conste do “Zen-Avesta’.). Portanto, elas ob a rexéncia dos trés elementos ativos com base terreste. 5 Taios do Macrocosmo brilham em todas as coisas como um todo. Além ‘lasses de vida, ha inumeriveis existéncias que representam as Forgas do ino, cada uma com o seu mierocosmo. S20 0s Espiritos Elementais, os os Planetiios, os Espiritos Olimpicos, as Fadas, os Arqui-Duendes, os G&- Imuitas outras poténcias que nio podem ser classificadas, E assim o Uni- Hacrocésmico é uma imensa esfera infinita que contém muitas e diversas infintas microcdsmicas, cujo conhecimento perfeito & somente possuido >to avangado. <2 Aqui também sera suficiente dizer que o Iniciante fard uma dis ‘Quadrimana (os macacos), que esti a meio caminho entre © homem ¢ 0 porque o macaco ndo é nem um nem outro, mas o resultado degen {feito magico antiqiissimo, que tentava formular um vinculo material e tntre os microcosmos humano e animal. Esse assunto seré tratado mais, faqui basta dizer que essa raga nao & uma linha ascendente do animal § hhomem, mas uma queda mégica errdnea do homem para o animal. Anti representava um poder ferivel neste planeta, quando havia mais homens fnimais, enguanto que agora hii mais animais do que homens. Cons hhoje as antigas tradigBes de sua condigio primal nas lendas de Ogros ¢ repistros de canibalismo e seus rituais. ‘No que diz respeito aos animais, eles so, em sua maioria, facilmen cados e nfo possuem a responsabilidade espiritual do homem. A sua nat mA, porém, seguindo uma lei natural - visto que o homem é 0 cabeya day ‘Assiatica* — 0 animal é superior aos vegetais e aos minerais. F preci mente que a raga dos transformadores é dada a crueldade. Essa especialmente propria dos animais rastejantes. Assim como o homem Ruach, que é vertical na Arvore da Vida, assim também o animal tema {que & horizontal; e isso é como foi dito que “a Ruach de um homem & o para cima, e a Ruach do animal é orientada para baixo (ou transversal) TTerra”. O animal nao possui. Neshamah; o animal consiste de uma ‘uma Nephesh com uma Daath rudimentar ou Consciéncia Espiritual fest sempre em busca do que esta além dela ¢ ¢ por isso que os animais responsiveis, mas sujeitos & obsessao, e € nisso que reside um grande t Como conseqiéncia, 0 Homem ¢ colocado acima dos animais. Maldito seja aquele que ensina a sua Daath elementar a crueldade e a injustigay