Você está na página 1de 4

EXCELENTÍSSIMO(A) SENHOR(A) DOUTOR(A) JUIZ(A) DE

DIREITO DO JUIZADO ESPECIAL CÍVEL DA COMARCA DE
____________ .

____________ , inscrito no CPF sob nº ____________ , RG nº
____________ , residente e domiciliado na ____________ , nº
____________ , na cidade de ____________ , ____________ ,
____________ vem à presença de Vossa Excelência, por seu procurador,
propor

AÇÃO INDENIZATÓRIA POR DANOS MORAIS E MATERIAIS

em face de ____________ , inscrito no ____________ , com
endereço na ____________ , nº ____________ , na cidade de
____________ , ____________ , pelas razões de fato e de direito que
passa a expor:

1 PRELIMINAR DE COMPETÊNCIA

O juízo da presente Comarca revela-se competente para a propositura da ação, nos termos do
artigo 101, I, do Código de Defesa do Consumidor.

2 DOS FATOS

Após viajar com a companhia aérea ____________ , em ____________ , o Autor que saiu
de ____________ desembarcou em ____________ às ____________ foi surpreendido

o Autor preencheu o formulário de reclamação. o Autor passou por longos dias à espera de notícias. conforme relação dos bens e notas fiscais em anexo. de forma cristalina. visto que se trata de um fornecedor de produtos que. Ainda. Ao receber a mala o Autor se deu por conta que teve sua mala defasada. presentes e lembranças aos familiares. o que além do stress roubou seu precioso tempo para solucionar o ocorrido. Na tentativa de solucionar o problema. o Réu não pode eximir-se das responsabilidades inerentes à sua atividade. nos termos do art 3º do referido Código. Inconformado. dentre as quais prestar esclarecimentos e retificar sua conduta. o Autor buscou um ressarcimento aos transtornos infundados sofridos sem que houvesse qualquer composição amigável. causou danos efetivos a um de seus . verificando ainda que teve alguns pertences furtados. define. obrigando-o a buscar apelo ao Judiciário. 3 DO ENQUADRAMENTO NO CÓDIGO DE DEFESA DO CONSUMIDOR A norma que rege a proteção dos direitos do consumidor. razão pela qual a perda da mala causou ainda mais transtorno ao Autor. conforme anexo. e ligou diariamente à empresa Ré por mais de ____________ dias. independentemente de culpa. sua bagagem vinha repleta de compras. Por se tratar de retorno de uma viagem a lazer. que o consumidor de produtos e serviços deve ser abrigado das condutas abusivas de todo e qualquer fornecedor. conforme prova fotográfica e registro de reclamação feito ainda no aeroporto. Com esse postulado. recebendo a única informação de que receberia notícias de sua mala em 24h. até que lhe informaram que a mala tinha sido encontrada.com o extravio de sua bagagem.

observados os limites de sua desigualdade. segundo o qual. uma vez que disputa a lide com uma empresa de grande porte. indisponível concessão do direito à inversão do ônus da prova. for verossímil a alegação ou quando for ele hipossuficiente. pelo que reza o inciso VIII do artigo 6º do Código de Defesa do Consumidor. segundo as regras ordinárias de experiências Trata-se da materialização exata do Princípio da Isonomia. quando.. 5 DOS PEDIDOS Ante o exposto. 6º. A citação do réu. São direitos básicos do consumidor: (. que desde já requer. conforme disposição legal: Art. resta configurada a necessária inversão do ônus da prova. . diante da inequívoca e presumida hipossuficiência. 4 DA INVERSÃO DO ÔNUS DA PROVA Demonstrada a relação de consumo.a facilitação da defesa de seus direitos. no processo civil. inclusive com a inversão do ônus da prova. para. requer: 1. tendo em vista que a narrativa dos fatos encontra respaldo nos documentos anexos. querendo responder a presente demanda. na pessoa de seu representante legal. Assim.consumidores. todos devem ser tratados de forma igual perante a lei. a seu favor. a critério do juiz.. que demonstram a verossimilhança do pedido.) VIII .

considerando as condições das partes. 5. 4. Seja o requerido condenado a pagar ao requerente um quantum a título de danos por perda do tempo útil e danos morais a ser arbitrado por este juízo. pede deferimento. a gravidade da lesão. 2. Seja o requerido condenada a pagar ao requerente um quantum a título de danos materiais. 3. sua repercussão e as circunstâncias fáticas. Dá-se à presente o valor de R$ ____________ . no valor de R$ ____________ conforme relação de despesas em anexo. especialmente pelos documentos acostados. principalmente o potencial econômico-social da lesante. ____________ ____________ ____________ OAB/ ____________ ____________ . A condenação do requerido em custas judiciais e honorários advocatícios. Protesta provar o alegado por todos os meios de prova em direito admitidas e cabíveis à espécie. Termos em que. ____________ .