Você está na página 1de 4

unesp UNIVERSIDADE ESTADUAL PAULISTA

CAMPUS UNIVERSITÁRIO DE BAURU


FACULDADE DE CIÊNCIAS

Título da Disciplina: Interdisciplinaridade no Ensino de Ciências

Natureza: Teórica

No de Créditos: 08 No de Semanas: 15

Prof.(a) Responsável: Dra. Ana Carolina Biscalquini Talamoni

Ementa: A disciplina pretende promover estudos, debates, reflexões e a análises críticas acerca
das concepções atuais de Interdisciplinaridade em seus dois níveis de abrangência: o
epistemológico e o pedagógico. Com isto, intenta contribuir para a formação teórica e filosófica
dos pesquisadores da área de Ensino de Ciências e Matemática fazendo avançar as investigações
de cunho interdisciplinar através da elaboração conjunta de métodos e técnicas interdisciplinares
de ensino e pesquisa.

Bibliografia Básica:

BATISTA, I. L.; SALVI, R. F. Perspectiva pós-moderna e interdisciplinaridade educativa:


pensamento complexo e reconciliação integrativa. Ensaio, Belo Horizonte, v. 8, n. 2, p. 147-
159, 2006.

______; LAVAQUI, V. A interdisciplinaridade e o trabalho com projetos no ensino de ciências e


de matemática na Escola Média. In: ENCONTRO NACIONAL DE DIDÁTICA E PRÁTICA
DE ENSINO, 12, 2004, Curitiba. Anais... Curitiba, 2004. Painel aberto, p. 3766-3780.

BORREGO, Mauru.; NEWSWANDER, lynita K. Research toward graduate-level


interdisciplinary learning outcomes. The Review of Higher Education, v. 32, n.1, p. 61-84,
2010.

BUANES, Arild.; JENTOFT, Svein. Building bridges: Institucional perspectives on


interdiscinarity. Futures, v. 41, p. 446-454, 2009. Dsponível em: http://ac.els-
cdn.com/S0016328709000044/1-s2.0-S0016328709000044-main.pdf?_tid=2262a37e-030b-
11e5-adf7-00000aab0f6b&acdnat=1432578386_6715586a51ca5bde368147482461e2d9 Acesso
em: 25 mai 2015.

DEMO, Pedro. Educação & Conhecimento: relação necessária, insuficiente e controversa.


Petópolis: Vozes, 2001.

DERRY, Snaron J.; SCHUNN, Christian D.; GERNSBACHER, Norton Ann. Interdisciplinary
Collaboration. An emerging cognitive science. New York: Psychology Press, 2005.
FAZENDA, Ivani C. Integração e Interdisciplinaridade no ensino brasileiro: efetividade ou
ideologia. São Paulo: Loyola, 1979.

FOUREZ, G. Alfabetización científica y tecnológica: acerca de las finalidades de la enseñanza


de las ciencias. Buenos Aires: Ediciones Colihue, 1997.

______. A construção das ciências: introdução à filosofia e à ética das ciências. São Paulo:
Editora da Unesp, 1995.

FREIRE, Paulo. Pedagogia do Oprimido. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 1987.


FRIGOTTO, Gaudêncio. A interdisciplinaridade como necessidade e como problema nas
ciências sociais. In: JANTSCH, Ari Paulo; BIANCHETTI, Lucidio (Orgs).
Interdisciplinaridade: para além da filosofia do sujeito. Petrópolis: Vozes, 1995.

GADOTTI, Moacir. Interdisciplinaridade: atitude e método. São Paulo: Instituto Paulo Freire.
Disponível em:
<http://siteantigo.paulofreire.org/pub/Institu/SubInstitucional1203023491It003Ps
002/Interdisci_Atitude_Medoto_1999.pdf> Acesso em 10 out. 2013.

JAPIUSSU, Hilton. Interdisciplinaridade e patologia do saber. Rio de janeiro: Imago,


1976.
LABOV, Jay B.; Reid, Ann H.; YAMAMOTO, Keith R. Integrated Biology and new
Biology for the Twenty-First Century? Life Sciences Education, v. 9, p. 10-16,
2010.

LUCK, H. Pedagogia da interdisciplinaridade: fundamentos teórico-metodológicos.


Petrópolis: Vozes, 2001.

MORAES, Maria Cândida. O paradigma educacional emergente. São Paulo: Papirus,


2002.

MORIN, Edgar. Educação e complexidade, os sete saberes e outros ensaios. São


Paulo: Cortez, 2005.

MORIN, E. Ciência com consciência. Rio de Janeiro: Bertrand Brasil, 1996.

2
PIAGET, Jean. Para onde vai a educação? Rio de Janeiro: José Olympio, 1973.

POMBO, Olga. A interdisciplinaridade: reflexão e experiência. Lisboa: Universidade


de Lisboa, 1993.

PONTUSCHKA, N. N. (Org.). Ousadia no diálogo: a interdisciplinaridade na escola


pública. São Paulo: Loyola, 1993.

SANTOMÉ, J. T. Globalização e interdisciplinaridade: o currículo integrado. Porto


Alegre: Artes Médicas, 1998.

SNOW, Charles. A duas culturas e uma segunda leitura. 2 ed. São Paulo: EDUSP, 1995.

THIESEN, Juares da Silva. A interdisciplinaridade como um movimento articulador no


processo ensino-aprendizagem. Revista Brasileira de Educação, v. 13, n. 39,
set./dez. 2008.

VOSNIADOU, Stella. International Handbook of Research on Conceptual Change.


New York: Routledge, 2008.

VYGOTSKY, Lev. Pensamento e linguagem. 3 ed. São Paulo: Martins Fontes, 1991.

WALSH, Catherine. La educación intercultural en la Educación. Peru: Ministerio de


Educación. 2001.

METODOLOGIA
1. Aulas expositivas dialogadas
2. Discussões
3. Estudos individuais
4. Atividades em Grupo/ Seminários
5. Trabalho final

3
CRITÉRIOS DE AVALIAÇÃO

Atividades em Grupo, Seminários, Trabalho Final.

CONTEÚDO PROGRAMÁTICO DA DISCIPLINA

- Introdução ao conceito de Interdisciplinaridade;

- Produção, (re) construção e socialização do conhecimento;

- A Ciência e seus paradigmas;

- Enfoque Interdisciplinar na Educação: movimento histórico;

- Interdisciplinaridade nas teorias curriculares;

- Interdisciplinaridade e as epistemologias pedagógicas;

- O pensamento complexo e a “reforma” do pensamento na direção da contextualização,

articulação e interdisciplinarização do conhecimento;

- O papel da interdisciplinaridade no processo de ensinar e aprender ciências durante a

escolarização básica;

- A interdisciplinaridade enquanto enfoque teórico-metodológico nas pesquisas em Ensino de

Ciências: dialogicidade e integração das ciências e do conhecimento.