Você está na página 1de 3

Música e Linguagem

1. A Arte e seus domínios:


a) Processos de conhecimento:
 Processo seletivo: Feita uma escolha, as outras
possibilidades são descartadas. Ex. religião, filosofia, política.
 Processo acumulativo: Cada nova escolha, se junta com
as anteriores. Ex. arte.
b) Estética e Poética:
 Estética (do grego aisthesis = sensação, sensibilidade): É
a reflexão filosófica em torno da arte. Teoria geral da arte.
 Poética (do grego poiéin = fazer): É o caminho escolhido
do “fazer” artístico.
 Estilo (do grego stilum = o ponteiro com que os antigos
incidiam as palavras nas tabuinhas enceradas). É o conjunto
dos modos de expressão, formas de comunicação, veículos
de informação na obra de arte.
c) Os domínios da Arte:
 Arte Lúdica: A arte como forma de jogo, diversão. O
objetivo é o lazer, recreação, entretenimento, curtição. Ex.
música na mídia (rádio e televisão), as grandes gravadoras.
 Arte Aplicada: A arte como forma de artesanato. Arte
funcional. Oferece auxílio complementar às exigências de fim
prático. Ex. Trilha sonora no cinema, música incidental no
teatro, música na igreja.
 Arte Pura: A arte como forma de expressão. A busca pela
Obra de Arte. Imaginação, criatividade, originalidade. Ex. o
meio acadêmico (escolas e universidades), arte independente
(gravadoras independentes).
2. A Música como mensagem:
a) A mensagem musical:
 A linguagem universal da música: A música está presente
em todas as culturas e em todas as civilizações. Sua
linguagem é universal assim como a da matemática e da
química.
 A variedade de gostos: Depende do hábito
(condicionamento), da cultura (experiência) e do
conhecimento (capacidade de análise).
b) Categorias Musicais:
 Música folclórica: A criação é coletiva e sem um autor
definido.
 Música popular: O artista é conhecido e sua linguagem é
comum a todos.
 Música erudita: O artista é conhecido e sua linguagem é
especializada.
c) A criação artístico-musical:
 O processo do criador: Emoção (alta explosão de
sentimentos), inspiração (idéia musical), criação (gestação
da obra), notação musical (registrar a música).
 Os agentes transmissores da mensagem. O Intérprete:
Interpretar (compreender a obra), expressar (converter a
obra em sons).
 O receptor ou ouvinte. Como escutar a mensagem
musical: Impressão (o som excita o órgão auditivo),
percepção (por entendimento), sensação (a alma presta
atenção), sentimentos (comoção anímica ante a sensação),
emoção (alta explosão de sentimentos).
3. Música e Linguagem:
a) Tipos de linguagem:
 Linguagens sonoras: Linguagem verbal e linguagem
musical.
 Outras Linguagens: Linguagem gráfica, linguagem
pictórica, linguagem cinematográfica, etc.
b) Os sistemas musicais na Antiguidade:
 Pré-história (paleolítico e neolítico).
 Índia.
 Mesopotâmia.
 China.
 Egito.
 Os hebreus.
 Civilização greco-latina.
c) Os sistemas musicais no mundo:
 A música chinesa.
 Civilizações musicais de tradição chinesa (Japão, Vietnã).
 A música da Índia.
 A música do Sudeste Asiático.
 A música dos povos do Islã e a herança helênica.
 A linguagem musical da África negra.
 Os povos indígenas.
 O sistema ocidental.
d) A música ocidental:
 Grande Sistema Perfeito: Grécia clássica.
 Sistema Modal: Idade Média e Renascimento.
 Sistema Tonal: Barroco, clássico, romântico e séc. XX.
 Sistema Atonal: Moderno e pós-moderno.