Você está na página 1de 3

DIÁRIO OFICIAL DA ASSEMBLEIA LEGISLATIVA Porto Alegre, quarta-feira, 14 de fevereiro de 2018.

PRO 1

PROJETO DE LEI Nº 10/2018


Procuradoria-Geral de Justiça

Altera a Lei n.º 9.504, de 15 de janeiro de 1992, que dispõe


sobre o Quadro de Cargos em Comissão e Funções
Gratificadas da Procuradoria-Geral de Justiça, e dá outras
providências.

Art. 1.º São extintos, no Quadro de Cargos em Comissão e de Funções Gratificadas da


Procuradoria-Geral de Justiça, 05 (cinco) Funções Gratificadas de Assessor de Segurança Institucional III,
Padrão FG 05, e são criados 18 (dezoito) Cargos em Comissão de Assessor de Segurança Institucional IV,
Padrão CC 03, passando o inciso II do art. 2º da Lei n.º 9.504, de 15 de janeiro de 1992, a ter a seguinte
redação:

“Art. 2º ....

I - [....]
II – ASSESSORAMENTO

Nº DENOMINAÇÃO PADRÃO
........ ........... .........
18 Assessor de Segurança Institucional III FG 05
38 Assessor de Segurança Institucional IV CC 03
....... ........... .........

[....]”.

Parágrafo único. A extinção de 05 (cinco) Funções Gratificadas de Assessor de Segurança


Institucional III, Padrão FG-05, bem como a criação de 18 (dezoito) Cargos em Comissão de Assessor de
Segurança Institucional IV, Padrão CC-03, de que trata o caput, ocorrerão no prazo de até 1 (um) ano.

Art. 3º Altera no inciso II – Tabela de Valores de Cargos em Comissão da Procuradoria-Geral de


Justiça – do Anexo Único da Lei 9.504, de 15 de janeiro de 1992, o seguinte padrão de cargo em comissão e
valor:

“ANEXO ÚNICO

I - [....]
II - TABELA DE VALORES DE CARGOS EM COMISSÃO DA PROCURADORIAGERAL DE
JUSTIÇA

CARGO EM COMISSÃO VALOR

[...]

CC-3 R$ 3.069,50”

Art. 2.º Os Cargos em Comissão serão providos, de acordo com as necessidades de serviço, por
ato do Procurador-Geral de Justiça.
DIÁRIO OFICIAL DA ASSEMBLEIA LEGISLATIVA Porto Alegre, quarta-feira, 14 de fevereiro de 2018. PRO 2

Art. 3.º As despesas decorrentes da execução da presente Lei correrão à conta das dotações
orçamentárias próprias.

Art. 6º Esta Lei entrará em vigor na data de sua publicação.

JUSTIFICATIVA

Trata o presente Projeto de Lei da extinção de funções gratificadas de Assessor de Segurança


Institucional III (Padrão FG 05) e da criação de cargos em comissão de Assessor de Segurança Institucional
IV (Padrão CC 03) no Quadro de Cargos em Comissão e Funções Gratificadas da Procuradoria-Geral de
Justiça.

A proposição justifica-se, porquanto objetiva complementar a reestruturação do quadro de Cargos


em Comissão e de Funções Gratificadas destinadas a servidores oriundos da área da Segurança, iniciado com
o envio do PL n.º 88/2016, aprovado em setembro de 2016, e que deu origem à Lei n.º 14.926/2016.

Assim, a extinção de 05 funções gratificadas e a criação de 18 cargos em comissão permitirá à


Procuradoria-Geral de Justiça aumentar o quantitativo de servidores aposentados, que tiveram larga
experiência nas áreas de Segurança Pública (estadual ou federal), ou de órgãos técnicos de controle,
fiscalização e periciais oficiais (estadual ou federal), a fim de ampliar a capacidade investigatória de seus
membros, além de conferir-lhes proteção pessoal.

Salienta-se, por derradeiro, que a repercussão orçamentária do presente Projeto de Lei está
contemplada na Lei de Diretrizes Orçamentárias da Instituição, respeitados os limites estabelecidos no art.
169 da Constituição Federal e na Lei Complementar Federal nº 101, de 04 de maio de 2000.

______________________________________________

Ofício Gab. n. 059/2018 Porto Alegre, 06 de fevereiro de 2018

Excelentíssimo Senhor
Deputado MARLON SANTOS,
Digníssimo Presidente da Assembleia Legislativa do Estado,
Nesta Capital.

Senhor Presidente:

Honra-me cumprimentar Vossa Excelência e, na oportunidade, com fundamento nas


prerrogativas conferidas pelos artigos 59 e 109, inciso III, da Constituição Estadual, submeter à apreciação
desse Parlamento Projeto de Lei que propõe alteração na Lei n. 9.504, de 15 de janeiro de 1992 – Quadro
de Cargos em Comissão e Funções Gratificadas da Procuradoria-Geral de Justiça.

Informo, por oportuno, que a presente proposição segue acompanhada da necessária


justificativa e de declaração do Ordenador de Despesas no sentido da conformidade da despesa com as
diretrizes, objetivos, prioridades e metas do Plano Plurianual e da Lei de Diretrizes Orçamentárias.

Ao ensejo, apresento-lhe minhas respeitosas saudações.


DIÁRIO OFICIAL DA ASSEMBLEIA LEGISLATIVA Porto Alegre, quarta-feira, 14 de fevereiro de 2018. PRO 3

FABIANO DALLAZEN,
Procurador-Geral de Justiça.