Você está na página 1de 3

causas e conseqüências como mostra o quadro a seguir. importante diminuição de custos.

b) ao atual acréscimo de subsídios governamentais para a produção de álcool, chegando a


Migração Campo-Cidade valores semelhantes aos do Pró-álcool na década de setenta.
c) à diminuição gradativa de áreas de produção da soja transgênica, aparecendo a cana como
Países desenvolvidos alternativa econômica e ambientalmente viável.
Causas de expulsão: d) à recente ampliação da demanda externa por todos os subprodutos da cana devido à
- Liberação de mão-de-obra pela mecanização desvalorização do real nos últimos dois anos.
Causas de atração: e) ao aumento do interesse internacional por fontes renováveis de energia, em função do
SIMULADO DE CIÊNCIAS HUMANAS - Oferta de empregos urbanos Protocolo de Kyoto.
Nunca esqueçam: só aprendemos errando. Não tenham medo de errar, pois o simulado é Conseqüências:
feito para que o aluno erre e aprenda com seus erros, adquirindo prática na resolução de - Urbanização integrada; aumento de população 7. (Unitau) Indique a alternativa incorreta relacionada à questão agrária no Brasil:
exercícios. secundária e terciária a) A maior parte das terras agrícolas encontra-se em mãos de grandes proprietários.
Se estiver com dificuldades, faça em dupla ou peça ajuda a um colega. Não deixe de tirar b) Os grandes latifundiários mantêm a maior parte de suas terras sob índices de
dúvidas com o professor. Mesmo que não tenha ainda visto a matéria, tente resolver com Países subdesenvolvidos produtividade extremamente baixos.
base em suas experiências, pois essas situações acontecerão no vestibular quando sua Causas de expulsão: c) A grande propriedade impede a multiplicação dos pequenos produtores e, portanto, a
memória falhar. - Pressão demográfica no campo própria produção agropecuária do país.
Causas de atração: d) O latifúndio absorve um mínimo de mão-de-obra.
1. (Uel) É uma espécie de movimento de TRANSUMÂNCIA, realizado periodicamente - Fascínio urbano e) Não há terras improdutivas no Brasil, já que os grandes latifúndios têm altíssimos índices
pela população da zona rural que migra conforme a estação do ano, em busca de outras Conseqüências: de aproveitamento do solo.
áreas rurais que lhe ofereçam condições de ocupação. -?
Este movimento é encontrado no Brasil entre os 8. (Puc-rio) Analise a tabela a seguir:
a) povos da floresta que, durante as cheias do Amazonas, dirigem-se aos cinturões verdes Com base no texto anterior, assinale a alternativa que descreve as "conseqüências" para
de Manaus e de Belém, em busca de emprego. os países subdesenvolvidos:
b) peões que trabalham nas fazendas de criação de gado do Mato Grosso e de Tocantins a) Urbanização anômala, cinturão marginal, subemprego no setor terciário.
que se dirigem para o oeste de São Paulo, para a colheita da cana. b) Urbanização integrada provocando um cinturão marginal mesmo com o crescimento
c) pequenos agricultores do Sul de Goiás e do Mato Grosso do Sul que se dirigem para o dos empregos na indústria e nos serviços.
oeste de Santa Catarina, para a colheita da soja. c) Urbanização anômala, depois integrada, devido às políticas econômicas adotadas
d) habitantes do Sertão e do Agreste nordestino que se dirigem à Zona da Mata, para revertendo a situação de fascínio urbano.
trabalharem na atividade canavieira. d) Crescimento lento da população urbana devido ao processo de industrialização
e) posseiros e arrendatários das áreas de conflitos de terras da Amazônia para as áreas recente.
agrícolas do norte e oeste do Paraná, para trabalharem como bóias-frias. e) Absorção do excedente populacional do campo pelo moderno e crescente setor
terciário.
2. (Uel) Considere os itens sobre o contingente de imigrantes que chegou ao Brasil entre
1824 e 1934. 5. (Unaerp) Observe o planisfério e verifique quais são as proposições verdadeiras que
I. Os italianos suplantaram numericamente os alemães e japoneses juntos. caracterizam a distribuição espacial da população.
II. Pela política de imigração, a grande maioria vinha para o Brasil com o título da I - Mais da metade da população mundial; concentra-se no sul e sudeste asiáticos.
propriedade rural. II - Os maiores agrupamentos populacionais ocorrem nas regiões montanhosas.
III. Comparativamente à Argentina e aos Estados Unidos, o volume imigratório no país foi III - As grandes concentrações populacionais localizam-se, sempre, na faixa Ocidental
inferior. dos Continentes. Sobre o espaço rural fluminense podemos afirmar que:
IV. Fixaram-se exclusivamente na região Sul do país. IV - Os grandes vazios demográficos correspondem às áreas desérticas, às zonas a) A estrutura fundiária fluminense é caracterizada pelo predomínio dos latifúndios sobre as
polares, às áreas de florestas equatoriais, e às áreas de grandes altitudes. pequenas e médias propriedades.
São corretos APENAS V - As grandes concentrações populacionais da Europa e do Nordeste dos Estados b) As propriedades com mais de 200 ha correspondem a 10% de todas as unidades agrícolas
a) I e III b) I e IV c) II e III d) II e IV e) III e IV Unidos estão apoiadas nas atividades industriais e urbanas. fluminenses.
c) A distribuição da propriedade da terra no Estado do Rio de Janeiro é uma das mais
3. (Ufes) Analisando a pirâmide etária a seguir, é possível concluir que ela caracteriza uma equilibradas da Federação.
população com índices de d) As pequenas unidades agrícolas dominam a paisagem rural fluminense embora nem todas
tenham elevada produtividade.
e) O número de pessoas empregadas pelo setor agrícola fluminense é diretamente
proporcional ao tamanho das propriedades.

9. (Ufrrj) Leia os textos a seguir, reflita e responda.


Após a Independência política do Brasil, em 1822, era necessário organizar o novo Estado,
fazendo leis e regulamentando a administração por meio de uma Constituição. Para tanto,
reuniu-se em maio de 1823, uma Assembléia Constituinte composta por 90 deputados
pertencentes à aristocracia rural.(...) Na abertura dos trabalhos, o Imperador D. Pedro I
revelou sua posição autoritária, comprometendo-se a defender a futura Constituição desde
que ela fosse digna do Brasil e dele próprio.
VICENTINO, C; DORIGO, G. "História Geral do Brasil." São Paulo: Scipione, 2001.

A Independência política do Brasil, em 1822, foi cercada de divergências, entre elas, o


desagrado do Imperador com a possibilidade, prevista no projeto constitucional, de o seu
a) alta taxa de natalidade e baixa expectativa de vida. poder vir a ser limitado, o que resultou no fechamento da Constituinte em novembro de
b) alta taxa de natalidade e alta expectativa de vida. São verdadeiras 1823. Uma comissão, então, foi nomeada por D. Pedro I para elaborar um novo projeto
c) alta taxa de natalidade e média expectativa de vida. a) I, II e IV. b) II, III e V. c) I, II e III. d) I, IV e V. e) I, III e V. constitucional, outorgado por este imperador, em 25 de março de 1824.
d) baixa taxa de natalidade e baixa expectativa de vida. Em relação à Constituição Imperial, de 1824, é correto afirmar que nela
e) baixa taxa de natalidade e alta expectativa de vida. 6. (Fuvest) No Brasil, o setor agroindustrial prevê aumento significativo da produção de a) foi consagrada a extinção do tráfico de escravos, devido à pressão da sociedade liberal do
cana-de-açúcar para os próximos anos. Isso pode ser atribuído Rio de Janeiro.
4. (Ufv) Nos países subdesenvolvidos a migração campo-cidade apresenta determinadas a) à maior flexibilidade da nova regulamentação ambiental, que implicará uma b) foi introduzido o sufrágio universal, somente para os homens maiores de 18 anos e
alfabetizados, mantendo a exigência do voto secreto. e) o socialismo e a revolução russa. b) a ocupação militar norte-americana anulava outras formas de luta contra a elite política
c) foi abolido o padroado, assegurando ampla liberdade religiosa a todos os brasileiros c) a ditadura instalada no país eliminava a possibilidade de uma oposição ao regime por via
natos, limitando os cultos religiosos aos seus templos. 15. (Puccamp) Dentre as conseqüências sociais forjadas pela Revolução Industrial pode- legal
d) o poder moderador era atribuição exclusiva do Imperador, conferindo a ele, se mencionar: d) o nacionalismo pequeno-burguês impedia a presença das camadas populares nos partidos
proeminência sobre os demais poderes. a) o desenvolvimento de uma camada social de trabalhadores, que destituídos dos meios de oposição à ditadura
e) o poder executivo seria exercido pelos ministros de Estado, tendo estes total controle de produção, passaram a sobreviver apenas da venda de sua força de trabalho.
sobre o poder moderador. b) a melhoria das condições de habitação e sobrevivência para o operariado, 21. (Uff) O filme "Diários de motocicleta" colocou em evidência a figura de Ernesto
proporcionada pelo surto de desenvolvimento econômico. Guevara, médico argentino, líder revolucionário, na década de 1960. Ao lado do
10. (Unesp) No início dos trabalhos da primeira Assembléia Constituinte da história do c) a ascensão social dos artesãos que reuniram seus capitais e suas ferramentas em romantismo que envolve a figura de "CHE" há um processo histórico sangrento e dotado de
Brasil, o imperador afirmou "esperar da Assembléia uma constituição digna dele e do oficinas ou domicílios rurais dispersos, aumentando os núcleos domésticos de produção. um sentido de busca da identidade da América Latina, incluído aí o Brasil. Esse sentimento
Brasil". Na sua resposta, a Assembléia declara "que fará uma constituição digna da nação d) a criação do Banco da Inglaterra, com o objetivo de financiar a monarquia e ser decorreu da exploração imperialista que conduziu o mundo latino-americano ao
brasileira, de si e do Imperador." também, uma instituição geradora de empregos. subdesenvolvimento. ("Época", 09/08/2004)
Essa troca de palavras entre D. Pedro I e os constituintes refletia e) o desenvolvimento de indústrias petroquímicas favorecendo a organização do A partir das referências contidas no texto, assinale a opção que reúne fatos ilustrativos da
a) a oposição dos proprietários rurais do nordeste ao poder político instalado no Rio de mercado de trabalho, de maneira a assegurar emprego a todos os assalariados. repressão aos movimentos sociais de oposição à política americana para a América Latina.
Janeiro. a) A vitória de Pinochet no Chile, a intervenção do exército argentino no Uruguai, a morte
b) a tendência republicana dos grandes senhores territoriais brasileiros. 16. (Mackenzie) Assinale a alternativa INCORRETA relativa à Revolução Francesa. de Che Guevara e a Revolução de 1964 no Brasil.
c) o clima político de insegurança provocado pelo retorno da família real portuguesa à a) A convocação dos Estados Gerais, primeiro passo para a Revolução Francesa, foi b) A morte de Anastácio Somoza, a intervenção americana na Nicarágua, a Revolução
Lisboa. decorrente de uma crise financeira que afligia o Estado francês. Cubana de 1958 e a formação das FARCS na Colômbia.
d) uma indisposição da Assembléia para com os princípios políticos liberais. b) A Assembléia Constituinte aprovou a Declaração dos Direitos do Homem e do c) A morte de Che Guevara, a repressão política pós o golpe de 1964 no Brasil, a oposição
e) uma disputa sobre a distribuição dos poderes políticos no novo Estado. Cidadão, que estabeleceu o direito à igualdade de todos perante a lei. ao governo de Salvador Allende no Chile e a invasão da Baía dos Porcos pelo exército
c) Foi característica do Período do Terror o radicalismo político centrado na figura de americano.
11. (Cesgranrio) O período regencial brasileiro (1831/1840) foi marcado por revoltas em Robespierre. d) A ditadura militar implantada no Brasil em 1964, a Revolução Cubana de Fidel Castro e a
quase todas as províncias do Império, em meio às lutas políticas entre os membros da d) A sociedade francesa era estratificada em três ordens, respectivamente: Clero, vitória inglesa na Guerra das Malvinas.
classe dominante. Uma das tentativas de superação desses conflitos foi a aprovação, pelo Nobreza e Burguesia. e) A vitória inglesa na Guerra das Malvinas, a Revolução Cubana de Fidel Castro, a morte
Parlamento, do Ato Adicional de 1834, que se caracterizava por: e) A fim de garantir os direitos individuais, foram mantidas as Corporações de Ofício e de Che Guevara e a Revolução de 1964 no Brasil.
a) substituir a Regência Una pela Regência Trina. Guildas mercantis ou artesanais existentes.
b) fortalecer o Legislativo e o Judiciário. 22. (Ufpe) A história dos países latino-americanos, apesar de distinta, tem muito em
c) conceder menor autonomia às Províncias. 17. (Pucmg) No século XVIII, os homens de princípios liberais que dirigem o processo comum. Assinale a alternativa que confirma este enunciado:
d) extinguir os Conselhos Provinciais. revolucionário na França desejam, EXCETO: a) O atraso na industrialização tornou essa região dependente do fornecedores externos de
e) estimular o desenvolvimento econômico regional. a) destruir o absolutismo monárquico, instaurando um governo representativo e bens de produção, o que conduziu a um crescente endividamento externo.
limitado. b) A industrialização da América Latina deu-se de forma homogênea, acompanhando as
12. (Unesp) "Mais importante, o país é abalado por choques de extrema gravidade; não b) abolir o direito à propriedade, assegurando o livre exercício da democracia popular. conjunturas de crescimento econômico dos Estados Unidos.
mais os motins... mas verdadeiros movimentos revolucionários, com intensa participação c) romper os controles da polícia mercantilista, estabelecendo uma economia de livre c) As migrações internas entre países da América Latina têm contribuído para uma história
popular, põem em jogo a ordem interna e ameaçam a unidade nacional. Em nenhum outro mercado. comum de desenvolvimento tecnológico.
momento há tantos episódios, em vários pontos do país, contando com a presença da d) acabar com as ordens sociais privilegiadas, reconhecendo a igualdade civil dos d) As guerras de independência na América Latina foram simultâneas contra as metrópoles
massa no que ela tem de mais humilde, desfavorecido. Daí as notáveis conflagrações homens. e, na metade do século XIX, todas as nações haviam se transformado em repúblicas livres
verificadas no Pará, no Maranhão, em Pernambuco, na Bahia, no Rio Grande do Sul." e) opor-se ao domínio do religioso na cultura, fundando uma sociedade baseada na da escravidão.
(Francisco Iglésias, "BRASIL, SOCIEDADE DEMOCRÁTICA".) racionalidade. e) A economia dos países da América Latina está voltada para o seu próprio mercado
Este texto refere-se ao período: interno.
a) da Guerra da Independência. b) da Revolução de 1930. 18. (Puccamp) A implantação do socialismo em Cuba abalou a influência dos EUA na
c) agitado da Regência. d) das Revoltas Tenentistas. América Central. Enquanto o regime de Fidel Castro exibe muitos êxitos no campo 23. (Unirio) Em 11 de setembro de 1973, o Chile sofreu um golpe militar que derrubou o
e) da Proclamação da República. social, constata-se, porém, uma crise no campo econômico. Considerando o recente governo do presidente Salvador Allende, iniciando um período de exceção que provocou o
contexto internacional, essa crise tornou-se ainda mais grave devido desaparecimento e a morte de milhares de pessoas no país.
13. (Fuvest) Identifique, entre as afirmativas a seguir, a que se refere a conseqüências da a) ao fim do socialismo na ex-União Soviética e à manutenção do bloqueio econômico Dentre os diversos antecedentes, aquele que contribuiu para o golpe militar é
Revolução Industrial: imposto pelos Estados Unidos da América. a) a insatisfação popular com as reformas liberalizantes que privatizaram ricos setores da
a) redução do processo de urbanização, aumento da população dos campos e sensível b) à queda do Muro de Berlim e à abertura da economia cubana ao processo de economia chilena, tais como as indústrias siderúrgica e petrolífera.
êxodo urbano. globalização. b) a entrega à exploração internacional do sistema bancário e da exploração de cobre,
b) maior divisão técnica do trabalho, utilização constante de máquinas e afirmação do c) ao bloqueio econômico imposto pela Organização dos Estados Americanos e à símbolos do capitalismo chileno.
capitalismo como modo de produção dominante. expulsão de Cuba da ALCA e do Nafta. c) o rompimento do compromisso político do governo Allende com a democracia expresso
c) declínio do proletariado como classe na nova estrutura social, valorização das d) à abertura da economia cubana ao capital especulativo e ao fim do socialismo real e na supressão da constituição ao assumir a presidência do país.
corporações e manufaturas. desmembramento da União Soviética. d) o agravamento da crise gerada pela interrupção da política de reforma agrária que
d) formação, nos grandes centros de produção, das associações de operários denominadas e) ao fim da política de subsídios soviéticos e ao bloqueio econômico imposto pelos difundiu a violência no campo e justificou institucionalmente a intervenção militar.
"trade unions", que promoveram a conciliação entre patrões e empregados. países latino-americanos a Cuba, inclusive o Brasil. e) a interferência estrangeira, destacadamente dos Estados Unidos, insatisfeitos com a opção
e) manutenção da estrutura das grandes propriedades, com as terras comunais, e da ideológica em andamento no país expressa na via chilena para o socialismo.
garantia plena dos direitos dos arrendatários agrícolas. 19. (Uel) "O movimento guerrilheiro zapatista, desencadeado em 1994, utilizou-se do
emprego da luta armada para a obtenção de fins políticos e conjugou reivindicações 24. (Unirio) "A liberdade é preciso garanti-la com o trabalho, dando ao homem primeiro
14. (Fuvest) "O fato relevante do período entre 1790 e 1830 é a formação da classe econômicas e sociais com a defesa de valores culturais das populações indígenas." liberdade econômica, que é fundamental. Nós não somos partidários da liberdade unilateral
operária". O movimento, ao qual o texto se refere, tem alcançado grande repercussão e está que se tem há muito tempo, dentro da qual o rico tem liberdade para fazer tudo o que quiser
"Os vinte e cinco anos após 1795 podem ser considerados como os anos da contra- localizado no a) Peru. b) Haiti. c) Panamá. d) Equador. e) México. e o pobre uma única liberdade: a de morrer de fome." (Discurso de Juan Perón em 9.7.1947,
revolução". in: Doutrina Peronista, 1952.) O peronismo argentino exemplifica uma das expressões mais
[Durante esse período] "o povo foi submetido, simultaneamente, à intensificação de duas 20. (Uerj) O caminho para a revolução pela longa guerra de guerrilha foi descoberto um duradouras do fenômeno populista surgido na América Latina em meados do século XX.
formas intoleráveis de relação: a exploração econômica e a opressão política." tanto tardiamente pelos revolucionários sociais do século XX (...). A própria palavra Sua ação política valorizava a imagem de seus líderes carismáticos, Juan e Eva Perón,
Essas frases, extraídas de A FORMAÇÃO DA CLASSE OPERÁRIA INGLESA do "guerrilha" não fazia parte do vocabulário marxista até depois da Revolução Cubana de símbolos centrais da Nova Argentina. A doutrina peronista, de forte apelo popular,
historiador E. P. Thompson, relacionam-se ao quadro histórico decisivo na formação do 1959. (HOBSBAWM, Eric J. Era dos Extremos: o breve século XX: 1914-1991. São caracterizava-se por defender
mundo contemporâneo, no qual se situam Paulo: Companhia das Letras, 1995.) a) a hegemonia política dos grupos agrários.
a) a revolução comercial e a reforma protestante. A guerrilha foi fundamental para a vitória, em Cuba, no ano de 1959, do Movimento 26 b) o nacionalismo econômico desvinculado do dirigismo estatal.
b) o feudalismo e o liberalismo. de Julho, liderado por Fidel Castro e Che Guevara. O grupo revolucionário cubano fez a c) o respeito à liberdade individual frente aos interesses do Estado.
c) a revolução industrial e a revolução francesa. opção por essa estratégia por acreditar que: d) a justiça social e a ajuda social como fundamentos político-ecônomicos.
d) o capitalismo e a contra-reforma. a) a adesão ao comunismo impunha a luta direta contra o poder estabelecido e) a aproximação com o ideário socialista e com o ateísmo.
GABARITO

1. [D]

2. [A]

3. [C]

4. [A]

5. [D]

6. [E]

7. [E]

8. [D]

9. [D]

10. [E]

11. [B]

12. [C]

13. [B]

14. [C]

15. [A]

16. [E]

17. [B]

18. [A]

19. [E]

20. [C]

21. [C]

22. [A]

23. [E]

24. [D]