Você está na página 1de 2

QUADRO COMPARATIVO DAS DECLARAÇÕES DE FÉ

PROFISSÃO Confissão Belga Cânones de Dort Confissão de Confissão de Fé Confissão da Declaração de Fé das
DE FÉ Westminster Batista Convenção Batista do Assembleias de Deus
Brasil
Londres - 1689 Brasil - 2016
ASSUNTO

Cremos que Deus, quando o 7. Esta eleição é o imutável propósito de III. Pelo decreto de 3. Pelo decreto, e para Eleição é a escolha feita por 3. Sua eleição. Deus elegeu a
pecado do primeiro homem Deus, pelo qual Ele, antes da fundação do Deus e para manifestação da glória de Deus, em Cristo, desde a Igreja desde a eternidade, antes
lançou Adão e toda a sua mundo, escolheu um número grande e manifestação da sua Deus, alguns homens e eternidade, de pessoas para a da fundação do mundo,26
descendência na perdição definido de pessoas para a salvação, por glória, alguns homens alguns anjos são vida eterna, não por qualquer segundo a sua presciência. 27 O
mostrou-se como Ele é, a graça pura. Estas são escolhidas de acordo e alguns anjos são predestinados (ou mérito, mas segundo a Senhor estabeleceu um plano de
saber: misericordioso e com o soberano bom propósito de sua predestinados para a preordenados) para a vida riqueza da sua graça.1 Antes salvação para toda a humanidade:
justo. Misericordioso, vontade, dentre todo o gênero humano, vida eterna e outros eterna através de Jesus da criação do mundo, Deus, “em esperança da vida eterna, a
porque Ele livra e salva da decaído pela sua própria culpa de sua preordenados para a Cristo, 7 para louvor da sua no exercício da sua soberania qual Deus, que não pode mentir,
perdição aqueles que Ele integridade original para o pecado e a morte eterna. graça gloriosa. 8 Os demais divina e à luz de sua prometeu antes dos tempos dos
em seu eterno e imutável perdição. Os eleitos não são melhores ou são deixados em seu presciência de todas as coisas, séculos”
conselho2, somente pela mais dignos que os outros, porém pecado, agindo para sua elegeu, chamou, predestinou, (Tt 1.2); pois essa é a sua
bondade, elegeu3 em Jesus envolvidos na mesma miséria dos demais. própria e justa condenação; justificou e glorificou aqueles vontade.28 Assim como Deus não
Cristo nosso Senhor4, sem São escolhidos em Cristo, quem Deus e isto para louvor da justiça que, no correr dos tempos, elegeu uma nação já existente,
levar em consideração obra constituiu, desde a eternidade, como gloriosa de Deus. 9 aceitariam livremente o dom mas preferiu criar uma nova a
alguma deles5. Justo, Mediador e Cabeça de todos os eleitos e da salvação.2 Ainda que partir do patriarca Abraão, 29 o
porque Ele deixa os demais fundamento da salvação. E, para salvá-los baseada na soberania de Senhor Jesus Cristo, da mesma
na queda e perdição, em por Cristo, Deus decidiu dá-los a Ele e Deus, essa eleição está em forma, criou
que eles mesmos se efetivamente chamá-los e atraí-los à sua perfeita consonância com o um novo povo formado por
lançaram6. comunhão por meio da sua Palavra e seu livre-arbítrio de cada um e de judeus e gentios: “o qual de
Espírito. Em outras palavras, Ele decidiu todos os homens.3 A salvação ambos os povos fez um” (Ef 2.14);
ELEIÇÃO dar-lhes verdadeira fé em Cristo, justificá- do crente é eterna. Os salvos “Pois todos nós fomos batizados
los, santificá-los, e depois, tendo-os perseveram em Cristo e estão em um Espírito, formando um
guardado poderosamente na comunhão de guardados pelo poder de corpo, quer judeus, quer gregos,
seu Filho, glorificá-los finalmente. Deus fez Deus.4 Nenhuma força ou quer
isto para a demonstração de sua circunstância tem poder para servos, quer livres, e todos temos
misericórdia e para o louvor da riqueza de separar o crente do amor de bebido de um Espírito” (1 Co
sua gloriosa graça. Como está escrito: "... Deus em Cristo Jesus.5 O novo 12.13). A nossa eleição vem de
assim como nos escolheu nele, antes da nascimento, o perdão, a Deus: 69 “sabendo, amados
fundação do mundo, para sermos santos e justificação, a adoção como irmãos, que a vossa eleição é de
irrepreensíveis perante ele; e em amor nos filhos de Deus, a eleição e o Deus” (1 Ts 1.4). Na Igreja de
predestinou para ele, para a adoção de dom do Espírito Santo Cristo, judeus e gentios são
filhos, por meio de Jesus Cristo, segundo o asseguram aos salvos a coerdeiros da salvação em um
beneplácito [bom propósito] de sua permanência na graça da único corpo.30
vontade, para louvor da glória de sua graça, salvação.6
que ele nos concedeu gratuitamente no
Amado...". E em outro lugar: "E aos que
predestinou, a esses também chamou; e
aos que chamou, a esses também justificou;
e aos que justificou, a esses também
glorificou" (Ef 1:4-6; Rom 8:30).
DEPRAVAÇÃO

LIVRE-
ARBÍTRIO