O tear mecanizado é um dos principais símbolos da Revolução Industrial (séc.

XVIII), estando também na origem da história da inteligência artificial. Paradoxalmente, sob esse aspecto inaugural, a história do tear vincula-se a dois fracassos. Edmund Cartwright (1743-1823), inventor inglês do primeiro tear mecânico, fracassou no seu intento de comercializar industrialmente as máquinas que criara. Outros, entretanto, obtiveram sucesso, como o francês JosephMarie Jacquard (1752-1834), que inventou, em 1801, um sistema de automatizar a tecelagem por meio de cartões perfurados que serviam de guia para a máquina tecer os padrões de cores dos brocados de seda produzidos. Foi para fábricas têxteis como esta que Goya criou uma série de tapetes de grande beleza. Inspirado no tear de Jacquard, o matemático inglês Charles Babbage (1792-1871) projetou, em 1822, uma máquina analítica precursora dos primeiros computadores. Esta usava os cartões perfurados como mecanismo de entrada e saída de dados. Porém, o projeto de Babbage, que exigia peças de alta precisão para a época, não foi adiante. Melhor sorte teve o contador norte-americano Herman Hollerith (18601929), fundador da International Business Machine (IBM), que aplicou o sistema Jacquard-Babbage nas máquinas de calcular utilizadas no censo de 1890 dos Estados Unidos, três vezes mais rápidas que as calculadoras existentes até então. A era dos computadores velozes estava apenas dando os primeiros passos.

que acompanharam também todas as ciências e tecnologias. o contexto no qual viveu este cientista. Shitsuka Caleb David Willy Moreira Shitsuka INTRODUÇÃO A evolução da computação se deu por passos lentos que ocorreram durante séculos anteriores a 1800. a partir dos últimos 200 anos para os dias atuais passar por avanços notáveis e céleres. ocorrerem no início dos anos do século XIX. . Algumas das contribuições mais fabulosas para o avanço da computação. o impacto que sua invenção causou e as conseqüências de seu invento para a humanidade e em particular para a computação e tecnologia de informação.Joseph Marie jacquard TEAR DE JACQUARD e o início da automatização do armazenamento da informação Ricardo Shitsuka Dorlivete Moreira Shitsuka Rabbith Ive Carolina M. Mas que contribuições teria trazido Jacquard para a ciência e quais as conseqüências de suas invenções? O objetivo do presente trabalho é apresentar o trabalho de Joseph-Marie Jacquard. como é o caso do tear de Jacquard. para finalmente.

que efetuava combinações de desenhos mais sofisticados do que as feitas manualmente. os teares eram manuais e os detalhes ou desenhos nos mesmos eram feitos pelos artesãos. Com a mecanização dos teares. em 1804. Neste contexto.Nas linhas seguintes serão abordados em ordem e seqüência os itens: O CONTEXTO HISTÓRICO NO QUAL VIVEU JACQUARD.”. entretanto. . Os mesmos se agrupavam em corporações de ofício e se protegiam. A revolução industrial estava acontecendo na Inglaterra e influenciando e se espalhando pela Europa. CONCLUSÕES E REFERÊNCIAS. AS CONSEQUÊNCIAS DA INVENÇÃO DE JACQUARD E DISCUSSÕES. No século XVIII. porém o tear só produzia o tecido e não os desenhos ou bordados nos tecidos. p. 36) afirmou que Jacquard “nas céu na França em 1752 e faleceu em 1834. a revolução francesa (1789-1799) interrompeu os seus esforços. para fazer com que esta máquina funcionasse. Em 1806 introduziu melhorias adicionais àquele que veio a ser chamado de "Tear de Jacquard". só tendo terminado a construção do tear em 1801. A AUTOMAÇÃO DO TEAR MECÂNICO. declarou como propriedade pública o "Tear de Jacquard" e concedeu-lhe somente uma pensão modesta como compensação pelos direitos perdidos. inventou um tear mecânico com um leitor de cartões perfurados. segundo Manzano e Manzano (2003. Também segundo a Infopédia. a produção aumentava. Jacquard fez uma demonstração do tear automático em Paris e. Em 1801. foi-lhe concedida uma patente e uma medalha pelo seu projecto. O governo francês. O CONTEXTO HISTÓRICO NO QUAL VIVEU JACQUARD Anteriormente ao século XVIII. os teares na Europa começaram a ser mecanizados por meio do uso da máquina a vapor.

poderia automatizar a elaboração de desenhos nos tecidos. Após a junção da máquina a vapor e o uso dos cartões perfurados de Jacquard.A AUTOMAÇÃO DO TEAR MECANICO Jacquard que era mecânico e trabalha em tecelagens enxergou que pelo uso de cartões perfurados contendo uma seqüência de passos. Os tamancos dos tecelões franceses eram chamados de “sabot” donde surgiu o termo “sabotagem” como indicativo de uma tentativa de destruir ou prejudicar o trabalho de outros. jogavam seus tamancos de madeira nas máquinas em funcionamento de modo que engripavam e paralizavam as máquinas. pois com a automação se produziu mercadorias em maior quantidade. estima-se que cerca de 11 000 "Teares de Jacquard" estavam a ser usados em França em 1812 (Infopédia). os inconformados tecelões franceses tentavam boicotar o trabalho de Jacquard e para tanto. O avanço da sociedade ocorreu. . Apesar da oposição. os teares automatizados aumentaram a produção e as indústrias começaram a demitir os tecelões. com melhor qualidade e a preços menores. Movidos pela raiva. que era tarefa realizada artesanalmente. A ciência e a tecnologia caminharam no passado e continuam a caminhar como a caravana que passa enquanto os cães ladram. ódio e incompreensão de que uma nova época estava surgindo e que o tear de Jacquard era o prenúncio dessa era de automação.

Para muitos programadores de computador. O sistema dos cartões perfurados usados na sua operação tornou-se um protótipo para os primeiros computadores mecânicos (Infopédia). . Holerich trabalhava com duas máquinas: uma era a perfuradora de cartões e outra era a tabuladora (Manzano e Manzano. como é o caso da antiga IBM-029 e as leitoras faziam parte da era dos computadores de grande porte. Também a idéia da automação criada com o uso de cartões perfurados foi. inventados por Jacquard tiveram um papel importante nesses processos. 2008). conforme a perfuração ou programação que se impusesse à mesma. A tabuladora de Hollerich foi o prenúncio de uma era de aumento de produtividade e velocidade na realização das tarefas relacionadas à informação e os cartões perfurados.AS CONSEQUÊNCIAS DA INVENÇÃO DE JACQUARD E DISCUSSÕES A tecnologia dos cartões perfurados seria usada anos mais tarde para as idéias de Charles Babbage para entrada de dados para sua máquina diferencial analítica (SHITSUKA et al. A máquina tabuladora de Hollerich foi usada no censo americano e ajudou a reduzir o tempo necessário para se realizar o tratamento de dados coletados pelo censo no final do século XIX. como afirma Manzano e Manzano (2003. as máquinas perfuradoras de cartões. p.41) utilizado no final do século XIX e início do século XX por Herman Hollerich que criou a máquina tabuladora que era uma máquina que fazia a contagem dos carteões perfurados. nos EUA. Também nas décadas de 50. 2003). 60 e 70 havia o uso de computadores cuja entrada de programas e dados ocorriam por meio de cartões perfurados.

Os teares de Jacquard modernos são ainda usados. também é verdade que cria outros mais especializados e além disso. CONCLUSÕES No presente estudo se apresentou o trabalho de Joseph-Marie Jacquard. o impacto que sua invenção causou e as conseqüências de seu invento para a humanidade e em particular para a computação e tecnologia de informação. Outro ponto importante de ser mencionado é que a automação possui pontos favoráveis e desfavoráveis. a era dos cartões perfurados foi substituída pela entrada de dados por meio do teclado. dos leitores de códigos de barras e dos leitores de cartões magnéticos. permite que se tenha serviços por mais horas e de boa qualidade produzindo mercadorias e serviços bons. Falou-se sobre as contribuições da automação de Jacquard e do cartão perfurado para as máquinas que surgiriam anos depois. Se de um lado ela tira alguns empregos. Estes dois últimos ainda trazem alguma lembrança em relação aos cartões por utilizarem alguns conceitos ou semelhanças com os cartões perfurados. . A sociedade passou por um marco evolutivo quando surgiu a automação do tear mecânico criada por Jacquard. o contexto no qual viveu este cientista. A invenção de Jacquard ainda é útil nas máquinas de tecelagem e de fabricação de malhas nas quais os cartões perfurados ainda permitem a construção de desenhos e figuras nos tecidos.Posteriormente.

MANZANO. Charles Babbage: o criador da máquina diferencial analítica. MANZANO. Disponível em: www. Ricardo et al.N. 5. com melhor qualidade e a preços menores. 2003. Enciclopédia eletrônica. criam-se outros. Maria I. São Paulo: Érica.G. REFERÊNCIAS Infopédia. pois com a automação se produziu mercadorias em maior quantidade. André L.ed. visitado em 02 de novembro de 2008.br.Mostrou-se aspectos interessantes da tecnologia e que a sociedade é a beneficiaria dos avanços tecnológicos muito embora possa ocorrer a perda de alguns empregos.pt/pesquisa?pagina=6&qsFiltro=1&rc=15&fct_parentId=x&fct_tema.N.infopedia. O avanço da sociedade ocorreu.facsp. disponível em: www. SHITSUKA. Informática básica.com. visitada em 02 de novembro de 2008.G. .

Sign up to vote on this title
UsefulNot useful