Você está na página 1de 1

MINAS GERAIS www.iof.mg.gov.

br
CIRCULA EM TODOS OS MUNICÍPIOS E DISTRITOS DO ESTADO ANO 126 - Nº 62 BELO HORIZONTE, QUINTA-FEIRA, 5 DE ABRIL DE 2018

ENSINO PÚBLICO SOCIAL


FRANCIELE XAVIER
Defensoria Pública
de Minas Gerais
abre inscrições para
o Casamento
Comunitário
No mês das noivas, 500 casais terão a
oportunidade de oficializar a união durante o
Casamento Comunitário que a Defensoria
Pública de Minas Gerais (DPMG) e os cartórios
de registro civil do Estado promoverão em 18
de maio. O evento é voltado para casais
residentes em Belo Horizonte e que não têm
condições de arcar com as taxas devidas aos
cartórios. A iniciativa é uma das ações
extrajudiciais e de alcance social que a DPMG
tem realizado e que busca tornar possível ao
A intérprete de Libras, Suelen Pinheiro, presta apoio na E.E. São Bento, em Belo Horizonte cidadão vulnerável o pleno exercício da
cidadania. Seu objetivo é promover a

Estado garante educação especial regularização jurídica de casais, que ainda não
têm a união oficializada, legitimando a sua

inclusiva em escolas regulares


vida conjugal, promovendo a inclusão social e
resgatando, entre outros, a autoestima. As
pessoas que desejarem realizar o sonho de se

a alunos com deficiência


casarem, mesmo aquelas que já vivem em
união estável, deverão fazer o cadastro até o
próximo dia 13, na sede da DPMG na Capital,
Inclusão é uma palavra que caracteriza as diretrizes assistência especializada. Em 2018, mais de 43 mil na Rua dos Guajajaras, nº 1.707, Barro Preto,
do Governo de Minas Gerais, por meio da Secretaria de matrículas foram feitas na Educação Especial da rede de segunda à sexta-feira, de 12 às 17 horas.  
Estado de Educação (SEE), na execução de ações estadual, sendo que 95% delas estão em classes comuns do A coordenadora Regional das Famílias e
relacionadas à Educação Especial. Com a proposta de inserir ensino regular. Os dados indicam que cada vez mais alunos Sucessões da Capital, Michelle Lopes
os estudantes que necessitam de atendimento diferenciado com algum tipo de deficiência ou transtorno global de Mascarenhas Glaeser, explica que o
nas classes comuns de escolas de ensino regular, a intenção desenvolvimento fazem valer o direito de qualquer Casamento Comunitário tem cunho
do Estado, neste contexto, é a de reforçar o conceito de uma estudante da Educação Básica: ter sua formação em escolas eminentemente social e busca o
sala de aula como ambiente de diversidade, respeito e públicas regulares próximas de sua residência. (Página 3) fortalecimento dos núcleos familiares e dos
vínculos afetivos. Segundo a coordenadora,
em sua rotina diária, a Defensoria Pública de
JUDICIÁRIO Minas Gerais se depara com muitos casais que
desejam se unir ou regularizar uma união já
Termo de cooperação é renovado para atendimento existente e não possuem condições financeiras

às vítimas do rompimento da Barragem de Fundão


para arcar com os custos do casamento.
“Assim, é notória a importância dessa ação,
A parceria firmada, em agosto de 2017, RENATA CALDEIRA que contribui não somente para a
estruturação da família, mas também, para a
entre o Tribunal de Justiça (TJMG) e a formação do indivíduo. A celebração do
Fundação Renova (constituída pela casamento opera importantes efeitos
Samarco Mineração S.A. e suas psicológicos no casal, que firma, perante a
controladoras, Vale S.A. e BHP Billiton sociedade, compromisso de lealdade, respeito,
Brasil Ltda), foi renovada até 31 de maio. assistência mútua, cooperação e
A medida, instituída por meio de termo compartilhamento na educação e manutenção
da prole, sem contar os efeitos civis, ou seja, a
de cooperação assinado na terça-feira
garantia de direitos advindos da formalização
(3), visa dar suporte às vítimas do da união”, completou Michelle Glaeser.
rompimento da Barragem de Fundão, em A ação conta com o apoio do Governo do
Bento Rodrigues, no Distrito de Mariana/ Estado, Poder Judiciário, Corregedoria de
MG, em 5 de novembro de 2015. Em Justiça de Minas Gerais, Servas, Polícia Militar,
Governador Valadares, os atingidos pela cartórios de Registro Civil do Estado e
tragédia poderão optar em aderir à Associação dos Defensores Públicos (Adep-
MG), além de entidades de classes e empresas
proposta de indenização. (Página 4) Parceria busca dar alternativas à comunidade que ficou sem água privadas.