Você está na página 1de 9

1

PROJECT DOCUMENTATION

BUSINESS CASE

Project: O aumento da diligência da auditoria e


na confiabilidade das demonstrações
financeiras publicadas em razão da
obrigatoriedade do parágrafo de KAM

Release: 08/12/2017

Date: 08/12/2017

PRINCE2

Author: Augusto Teixeira Modesto

Owner: Augusto Teixeira Modesto

Client: Usuário das Demonstrações Contábeis

Document Ref: 01

Version No: 01
2

1 Business Case History

Document Location
This document is only valid on the day it was printed.
The source of the document will be found on the project’s PC in location.

Revision History
Date of this revision: 08/12/2017
Date of Next revision: 16/12/2017

Revision Previous Summary of Changes Changes


date revision marked
date
08/12/17 06/12/17 First issue

Approvals
This document requires the following approvals.
Signed approval forms are filed in the Management/Specialist/Quality section of
the project files.

Name Signature Title Date of Version


Issue
Orlando Cattini
Junior
Ricardo Lopes
Cardoso

Distribution
This document has been distributed to:

Name Title Date of Issue Version


Orlando Cattini Junior
3

2 Table of Contents
Page

1 Business Case History 1

2 Contents 4

3 Purpose 4

4 Reasons 5

5 Options 5

6 Benefits Expected 5

7 Risks 6

8 Cost 6

9 Timescales 6

10 Investment Appraisal 6
4

Business Case

3 Purpose

A partir de 2016 a NBC TA 701 criou a obrigatoriedade da auditoria incluir o


parágrafo de KAM (Key Auditing Matters, em português Principais Assuntos de
Auditoria) nas auditorias realizadas nas empresas de capital aberto no Brasil,
seguindo a tendência internacional de maior transparência nas demonstrações
financeiras.

O Objetivo do presente business case é atestar se com a introdução desse novo


parágrafo, a auditoria se viu obrigada a despender mais horas no KAM, a ser
mais diligente em determinados assuntos, e é possível inferir se tais
procedimentos resultaram em melhor qualidade no relatório da auditoria e
consequentemente representou maiores investimentos ou propensão a
investimentos às empresas de capital aberto.

Nessa esteira preparamos o seguinte PBS (Product Breakdown Structure):


5

4 Reasons

Este projeto é necessário justamente para comprovar se esta novidade no


âmbito da auditoria das demonstrações financeiras (DF’s) realmente atingiu o
impacto idealizado pelos criadores do KAM, de aumento do zelo dos
procedimentos dos auditores, resultando numa maior confiabilidade das DF’s e
melhora na propensão dos stakeholders em investir.

Acerca do KAM, o auditor deve determinar quais assuntos, entre aqueles


comunicados aos responsáveis pela governança, exigiram atenção significativa
na realização da auditoria. Para fazer tal determinação, o auditor deve levar em
consideração o seguinte (NBC TA 701):

(a) Áreas avaliadas como de maior risco de distorção relevante ou riscos


significativos identificados, de acordo com a NBC TA 315 – Identificação e
Avaliação dos Riscos de Distorção Relevante por meio do Entendimento da
Entidade e do seu Ambiente;

(b) Julgamentos significativos do auditor relativos às áreas das demonstrações


contábeis (DC’s) que também envolveram julgamento significativo por parte
da administração, inclusive estimativas contábeis identificadas que
apresentam alta incerteza de estimativa;

(c) Efeito sobre a auditoria de fatos ou transações significativas ocorridas


durante o período.

O auditor deve determinar quais assuntos, entre aqueles determinados de


acordo com o item 9, foram mais significativos na auditoria das demonstrações
contábeis do período corrente e, portanto, são os principais assuntos de
auditoria.
6

5 Options

Quanto às diferentes opções consideradas para o Projeto, tem-se que:

5.1. Não realizar o projeto, o que implica no desconhecimento sobre a influência


do KAM sobre as Demonstrações Financeiras (DF’s).

5.2. Realizar o projeto parcialmente, limitando-nos a uma análise somente


externa dos dados contábeis, verificando, por exemplo, o movimento das ações
entre 2015 e 2016, e tentar auferir com um grau de confiança o quanto eventual
valorização de uma determinada ação se deveu ao KAM.

5.3. Realizar o projeto completo, ou seja, além das informações externas, buscar
informações internas das empresas de auditoria no processo de revisão das
DF’s, avaliando pelos trabalhos empreendidos se foi investido mais tempo em
certas análises em decorrência do surgimento do KAM.

6 Benefits Expected

Até 2015 quando não existia o parágrafo de KAM, os investidores no Brasil foram
telespectadores de relevantes falcatruas contábeis, sendo a recente e mais
perigosa, os investidores viram atônitos o balanço auditado da Petrobras
apresentar de um lucro de 30 billhões de reais para um prejuízo de 22 bilhões
de reais.

Com a introdução do parágrafo de KAM, o que se busca no mercado de capitais


brasileiro é ainda mais transparência para uma adequada aferição de risco por
parte dos investidores e credores, e um fortalecimento do mercado de capitais
via aumento na credibilidade das demonstrações contábeis e investimentos.

Tal pesquisa surtiu efeito em outros países conforme demonstramos a seguir:


7

7 Risks

Os riscos do projeto envolvem principalmente não conseguir as informações


internas privilegiadas das firmas de auditoria necessárias para que se possa
chegar numa conclusão confiável sobre a influência do KAM no mercado de
capital nacional e no zelo da auditoria.

Adicionalmente, dado o ineditismo do tema, a presença dos atuais realizadores


do projeto também é condição sine qua non para avanço na pesquisa.
8

8 Cost

O custo do projeto envolve essencialmente tempo, tanto do responsável pela


realização do projeto, quanto dos profissionais envolvidos para compartilhar as
informações que servirão de base para conclusão da importância do parágrafo
de KAM.

Como a participação dos profissionais que compartilharão as informações se


dará na fase inicial do projeto, podemos converter em custo financeiro o valor da
hora gasta pelo profissional da firma de auditoria investida no processo de
geração das informações.

9 Timescales
9

10 Investment Appraisal

Novamente o valor do investimento só pode ser medido pelo tempo


empregado pelas pessoas envolvidas no projeto e eventualmente,
numa escala mais holística, eventuais retornos de capital de pessoas
que passaram a investir em ações por conta da criação do KAM ou
que dele absorveram vantagens por conta de já deter tais ações.