Você está na página 1de 1

1) A relação entre filosofia, academia e ciência, é uma ação complexa,

porém é algo que deve ser sempre debatido nas universidades pois tanto
a ciência quanto a filosofia visa a ampliação do conhecimento tanto no
campo dos pensamentos filosóficos quanto dentro dos conhecimento que
vão surgindo ao longo do tempo, na ciência o pensamento critico é o cerne
da busca pelo conhecimento já na filosofia seria as ações que fazem do
sujeito ser um sujeito pleno que busca na concepção de mundo entender
o comportamento que se tem em sociedade através dos conceitos da
filosofia.

2) Quando se compara amor, verdade e beleza com base em Platão, se faz


uma mistura de concepções que vão além do senso o amor oara
Platão seria uma busca de se entender qual o tipo de amor se aplica a a
cada situação, por isso teria três tipos de amor: o amor terreno, do corpo;
o amor da alma, o amor teria origem do bem, e isso faria com que este se
relacionasse com harmonia as concepções externas de beleza. Desta
forma com base nesta análise, este seria o caminhos para chegar ate a
verdade, pois o amor seria um sentimento que só pode atrair coisas boas
e nesse caso a noção de beleza existiria porque nós sabemos que ela é
originaria de um um mundo superior e assim a verdade seria o encontro
do amor com base na beleza verdadeira, que não seria a de corpo, e sim
que trazemos na alma.

3) Sócrates e a ética dentro das necessidades humanas, fez com que


entendêssemos que as virtudes seriam a essência da sobrevivência do
seres humanos em sociedade, visto que, busca-se entender o
comportamento do outro observando sua conduta, contudo sempre dentro
de indagações que para ele era importante o que era realmente positivo,
o que realmente era uma virtude, pois a reflexão é o ponto chave para o
entendimento da visão de Sócrates quanto a ética, que não é somente
querer entender o sujeito e sim a sociedade sobre o que se sabe sobre
ética. Sócrates conduz a busca pelo entendimento dos conceitos éticos,
de onde realmente surgi a ética, para ele o sujeito que tem ética busca
sempre a essência da moral dentro dos valores éticos.

4) Para Aristóteles conceitua a virtude é vista de duas formas: virtude


intelectual e virtude moral. Virtude intelectual seria a que se fundamenta
dentro dos conceitos de conhecimento/ educação, e a moral seria uma
influência externa que nos leva a seguir ações positivas, logo não existiria
virtudes que nascem com o indivíduo e sim essas seriam adquiridas com
a convivência em sociedade.