Você está na página 1de 36

Nº 482

ANO ■ 40
FEVEREIRO/2015

CIRCULE:
E:
___________
_________
___________
________

VENTILAÇÃO,
___________
_______________

REFRIGERAÇÃO,
EXAUSTÃO E
AQUECIMENTO
INDÚSTRIA & TECNOLOGIA
Reservatório inovador faz
estocagem colossal de água 26 EM DESTAQUE

INTERNACIONAL
Inversor de frequência versátil DAKOL
é econômico e inibe falhas 30 9
IHMs

TA
:
ICA
U N
PA RÔ
M
A
E T IA
Ó X I
E L RG
P R
R O NE
E T EE
.com.br O MAIOR BUSCADOR INDUSTRIAL DO BRASIL EL
 EDITORIAL

Fôlego no meio da crise


setor de HVAC-R (resfria- setor Têxtil, Construção Civil, Cadeia do
mento, ventilação, aqueci- leite e Cadeia da carne. Além disso, a quan-
mento e ar-condicionado) tidade de residências cresceu 2,5% no Bra-
surpreende pois tem conse- sil entre 2012 e 2013, e a estimativa é que
guido manter a sustentação 13% delas tenham ar-condicionado.
de seus negócios em meio E as expectativas de crescimento para esse
ao mar de incertezas que ano perseveram, embora possam não repe-
tem caracterizado a economia brasileira. tir, na totalidade, o desempenho de 2014.
Mais do que resistir diante da tormenta “Esperamos crescer 15% na área residencial
que abateu boa parte da indústria, este se- e 5% na área industrial”, revela Neaime.
tor ainda tem despontado entre as demais Essa edição da revista Indústria & Tecnolo-
áreas pela façanha de crescimento de6% gia PS vai apresentar as maiores inovações
no setor industrial e 17% no residencial. do setor. Na seção Indústria & Tecnologia,
“Além do clima o leitor vai se
do país, que con-
tribui muito para
Mais do que resistir diante deparar com o que
há de mais mo-
os resultados, da tormenta que abateu derno em termos NOTAS TÉCNICAS
ainda ocorreu de compressores
um movimento boa parte da indústria, este ao verificar que já BATERIA TRACIONÁRIA TUBULAR
da área industrial
que partiu para
setor ainda tem despontado é possível se obter A bateria tracionária
até 40% em ter- tubular, da Fulguris,
a renovação ou entre as demais áreas pela mos de economia é montada em vaso
retrofit de seus de energia.
equipamentos. façanha de crescimento Nessa mesma seção
selado e desenvol-
vida para utilização
Para se ter uma de 6% no setor industrial pode ser conferi- em equipamentos
de tração elétrica,
ideia, quando se do um ventilador
renova um siste- e 17% no residencial capaz de suportar como empilhadei-
ma de ar-condi- altas pressões e que ras, paleteiras e
carros elétricos. As placas positivas são do tipo
cionado, pode-se economizar até 50% na também preza pela eficiência energética con-
pluritubular de acordo com padrões internacio-
conta de energia elétrica e passa-se a operar seguindo atingir uma economia de 50%. nais e as negativas, tipo faure, dimensionadas
com menos agressões ao meio ambiente”, A seção Internacional, por sua vez, vai apre- para atender e suportar operações severas e
afirma Wadi Tadeu Neaime, presidente da sentar um inversor de frequência que sur- temperatura elevada. Os separadores são com-
Abrava (Associação Brasileira de Refrigera- preende pela sua versatilidade e que ainda postos de polietileno, elásticos de alta porosida-
ção, Ar Condicionado, Ventilação e Aque- tem a capacidade de inibir falhas. de e borracha, para facilitar a fusão do eletróli-
cimento). to e suportar resistência interna, de modo que
Segundo a Abrava, os shoppings centers, Boa leitura. possa influenciar na vida útil da bateria. Possui
fabricantes de bebidas, varejo, materiais de interligações entre elementos de chumbo que
construção e indústria farmacêutica foram é fundido diretamente aos polos, o que garante
os segmentos que mais se destacaram em conexão entre elementos sem risco de oxidação
temos de aquisições no setor, seguidos do Rosa Symanski | EDITORA-CHEFE ou mau contato. Tem caixa de ferro jateada com
granalhas de aço, pintura eletrostática e revesti-
mento interno contra corrosão.
NEWPOWER Sistema de Energia S.A.
Tel.: (11) 2413-5600. Site: www.fulguris.com.br

CARROS DESLIZANTES
AUTOLUBRIFICANTES
Articulados ou mandíbulas
são componentes críti-
cos, mas, geralmente,
auxiliam para definir,
como fatores limitantes,
a frequência de manu-
tenções dos moldes.
No entanto, os carros
deslizantes reduzem os
esforços de movimentação dos articulados e
eliminam a necessidade de lubrificação, além
de permitir a redução do tempo de fabricação
e tornar simples a manutenção. A empresa re-
comenda, também, a utilização das buchas
esféricas autolubrificantes, tipo MMTG, que
eliminam as usinagens em ângulo, facilitam a
montagem e a manutenção, além de contribuir
para o prolongamento da vida útil de todo o sis-
tema. Possui também, suporte do articulado,
S10, KKOCUF, KKOCUM, RRSUF etc.
CASA DO FERRAMENTEIRO Ltda.
Tel.: (11) 4525-0334. Site: www.casafer.com.br

Indústria & Tecnologia  3


Indústria Nº 482
 SUMÁRIO
Tecnologia
ANO 40
FEVEREIRO/2015

INDÚSTRIA & TECNOLOGIA 15 INDICADORES


ECONÔMICOS
DESEMPENHO
DA INDÚSTRIA NO BRASIL
E NO MUNDO
18 ECONOMIA DE ÁGUA ACIMA
DE TUDO!
20 DRIBLE NA PRESSÃO
Dry Cooler Refrio Desempenho no setor
revoluciona os processos Ventilador da Multi-Wing abordado nessa edição:
de resfriamento gerando tem grande resistência Ventilação, Refrigeração,
uma economia de até à pressão e ganha Exaustão e Aquecimento
100% no consumo de água em eficiência energética
em comparação com as
torres convencionais
16 MELHORES
PRÁTICAS NA
LIMPEZA
MENOS ENERGIA E 24 TROCA DE AR EXATA
DE DUTOS
22 MAIS CONTROLE NA Zip Economizer,
REFRIGERAÇÃO da Belimo, consegue
equilibrar o volume Regras, deter-
de ar entre ambiente minações e pe-
Tecnologia Full Motion, riodicidade são
e pode gerar uma
da Embraco, com algumas das
economia de até 60%
velocidade variável, recomenda-
de energia
reduz em até 40% o ções das
gasto com energia empresas aos
responsáveis
pela manuten-
28 SUBSTITUTO ACIMA ção predial
26 MEGA ESTOCAGEM
DE ÁGUA
DA MÉDIA
Tanque modular da Fortlev
possibilita armazenar
milhões de litros e
ainda pode
ser regulado para Alternativa aos fluidos convencionais,
30 INTERNACIONAL
futuros aumentos na refrigerante de CO2, da Mipal, é
capacidade sustentável e economiza energia
ECONOMIA E ERRADICAÇÃO
DE FALHAS
Weg lança inversor de

12 ACONTECE NA 13 frequência versátil e que evita


ocorrências indesejadas no
INDÚSTRIA sistema

TRUCKVAN NISSAN INVESTE


TERÁ NOVA R$ 100 MI EM SEÇÕES
UNIDADE EM PRODUÇÃO DE
GUARULHOS MOTOR
É a quarta fábrica do grupo Intenção do grupo é deixar
automóveis mais competitivos 6 AGENDA
WAGO COMPLETA 10 ANOS
DE BRASIL E ANUNCIA NOVA PLANTA COMPLETANDO
Empresa planeja dobrar faturamento
até 2020
45 ANOS,
VASTEC QUER 8 ONLINE
CRESCER 10%
Líder em pontes
DESTAQUES
rolantes, empresa também aposta
em talhas elétricas 9 DO MÊS

14 ANÁLISE SETORIAL
10 HOME PAGES
LONGE DA TURBULÊNCIA
Setor de ventilação, refrigeração,
aquecimento e exaustão rema
contra a maré e cresce 6% na área
industrial e 17% no setor residencial
em 2014
11 CATÁLOGOS

4  Indústria & Tecnologia


NOTAS TÉCNICAS

paletes de trena digital alicates de fixação


plástico Medidor de distância a laser, Os elementos
A SB Pallet atua na também conhecido como trena de fixação da
área de logística com digital, é um instrumento capaz Douglas são
a produção de de realizar medições, no caso do produzidos
paletes de plásti- modelo KR70, a partir de 20 cm com material
co, caixas plásticas e até 70 metros com exatidão de termoplástico
racks, com o propósito de garantir eficiência ± 2 mm. Diferentemente dos medi- que oferece
na movimentação e armazenamento de merca- dores de distância por ultrassom, resistência fí-
dorias aos setores alimentícios, farmacêuticos, o KR70 não é afetado por obstá- sico-química,
têxteis etc. Para produzir paletes de plásticos culos ou objetos que se encontrem entre o ins- não sofre corrosão e não conduz energia elétri-
são utilizados o PP, polipropileno ou o PEAD, trumento e o ponto de medição, o que o torna ca. Os alicates são adequados para serem uti-
polietileno de alta densidade. São projetados uma ferramenta muito confiável. Ela calcula área lizados nos processos com banhos eletrolíticos.
em diversas medidas e com capacidade para (m²) e volume (m³) de ambientes e possui me- Possuem cabos anatômicos e a pinça oferece
transportar de 1.000 até 7.500 kg, de acordo mória para armazenar até 99 medições. Realiza abertura de 55 mm, largura de 11 mm, altura de
com os variados modelos oferecidos. A empre- também medições indiretas, em locais de difícil 12 mm e 54 mm até 46 mm de profundidade.
sa dispõe de serviços de locação e de reforma. acesso, baseadas no Teorema de Pitágoras, por Suportam temperatura máxima de 100 ºC.
DOUGLAS Indústria e Comércio de Plástico Ltda.
SB PALLET/Santos Belmino Comércio de Produto exemplo, a altura de um edifício. AKROM Produ-
Tel.: (11) 4996-3559
para Logística Ltda. tos Eletrônicos. Tel.: (51) 3589-4523
Site: www.esferasdouglas.com.br/fixadores.htm
Tel.: (11) 5924-6801. Site: www.sbpallet.com.br E-mail: vendas@akrom.com.br

Módulos seriais para adaptadores teMporizador analógico


Módulos ILX34-MBS232 e ILX34-MBS485 são destinados às aplicações que ne- O temporizador eletrônico da Coel,
cessitam de conectividade serial Modbus RS-232, RS-422 ou RS-485, incluindo modelo TW21, é um instrumento mul-
projetos SCADA e de interfaces de dispositivos de campo. A ProSoft oferece mó- tiescala, multifunção, versátil e de
dulos seriais Modbus para adaptadores L1x e 1734 Point I/O CompactLogix. São fácil utilização com duas saídas re-
desenvolvidos para conectar módulos seriais Modbus a processadores L1x Com- lés SPDT. Possui microchaves fron-
pactLogix da Rockwell Automation e que também funcionam com adaptadores tais do tipo DIP para configurar a
point I/O 1734. Eles podem ser configurados como Modbus mestre ou escravo. base de tempo de um segundo a
Oferecem Add-On-Instructions que podem ser usadas para configurar os módulos dez horas. A função de temporização
e criar TDU, terminal de dados do usuário, com definições lógicas para e/s, estado permite dez modos de funcionamento. Ofe-
e informação de controle. As etiquetas suportam até 30 comandos Modbus e até rece fonte de alimentação de energia de 12
36 palavras por comando. Vcc, 24 Vca/Vcc ou 94 Vca a 242 Vca.
PROSOFT Tecnologia Ltda. COEL/COELMATIC Ltda.
Tel.: (11) 5084-5178 Tel.: (11) 2066-3211
E-mail: brasil@prosoft-technology.com Site: www.coel.com.br

Indústria & Tecnologia ? 5


? AGENDA NOTAS TÉCNICAS

feiras e congressos no Brasil (Março e aBril de 2015) dispositivo de Medição de


evento data local organiZação cores para flexografia
Reed Exhibitions A Starlaser lança
Feicon Batmat – 21º Salão
R. Bela Cintra, 1200 - 7º andar no Brasil o X-Ri-
Nacional da Construção
10 a 14 de março Anhembi – São Paulo CEP 01415-001 | São Paulo, SP | Brasil te eXact Scan,
Tel.: +55 11 3060-5000
info@reedalcantara.com.br um dispositivo de
medição de co-
Reed Exhibitions res que trabalha
Fiee Elétrica – 28º Feira
Internacional da Indústria
R. Bela Cintra, 1200 - 7º andar em conjunto com o software ColorCert X-Rite
23 a 27 de março Anhembi – São Paulo CEP 01415-001 | São Paulo, SP | Brasil
Elétrica, Eletrônica, Energia e Edition para simplificar os fluxos de geren-
Tel.: +55 11 3060-5000
Automação
info@reedalcantara.com.br ciamento de cores entre a pré-impressão e a
impressão, inclusive recursos para separação
Reed Exhibitions de cores e otimização nos níveis de tinta. É
Automec – 12º Feira R. Bela Cintra, 1200 - 7º andar um espectrofotômetro flexível que suporta to-
Internacional de Equipamentos, 7 a 11 de abril Anhembi – São Paulo CEP 01415-001 | São Paulo, SP | Brasil dos os padrões de medição internacionais.
Autopeças e Serviços Tel.: +55 11 3060-5000
info@reedalcantara.com.br Permite leitura de múltiplas barras de cores
impressas em diversos tipos de mídia e apli-
cação precisa para fluxos de impressão em
uma grande variedade de equipamentos e
feiras e congressos no exterior
substratos. O ColorCert X-Rite Edition, por sua
evento data local organiZação vez, é uma solução escalonável para grandes
convertedores ou gráficas que necessitam de
3T 2015 - Int’l Metal Working,
Mould, Automation and Welding 5 a 8 de março
Mecidyekoy Mecidye Cad Cure Ishani NO:16 Kat – uma ferramenta consistente para compartilhar
Istambul – Turquia 2-34387 – Istambul - Turquia
Technologies Fair dados entre várias plantas produtivas.
STARLASER Equipamentos e Sistemas Ltda.
18F No.8 ShengZe Road. Shanghai, China Tel.: (11) 3365-3890. Site: www.starlaser.com.br
Print, Pack and Paper – Feira Shangai New International
200002
Internacional de Impressão, 11 a 14 de março Center
Tel.: 86-21-63288899
Embalagens e Papelaria Shangai - China
Fax: 86-21-63749188
Brocas inteiriças
A MMC fabrica bro-
Deutsche Messe
Messegelände cas inteiriças de
Cebit – Feira Internacional de Parque de Exposições
Tecnologia e Inovação
16 a 20 de março
Deustche Messe Hannover
30521 Hannover metal duro e tam-
Tel: 0511 89-0 bém as intercam-
Fax: 0511 89-32626
báveis. Oferecem
a possibilidade
cursos profissionaliZantes de uso em usina-
local das gem de moldes
Março de 2015 seleção
aulas
organiZação e matrizes (MHS), como soluções para aço
endurecido. São capazes de usinar furos
Lab View Core 1 –
US$ 505 online
National Instruments profundos e com precisão, em moldes para
Curso realizado no idioma inglês Fone: :(11) 3149-3149
injeção, forjamento e fundição. As brocas do
tipo MWS realiza com precisão furação até 30
Lab View Core 2
U$ 680 online
National Instruments XD, desde aço carbono até materiais de difí-
Curso realizado no idioma inglês Fone: :(11) 3149-3149
cil usinabilidade. As MQS possui guia tripla e
proporcionam precisão dimensional e vida útil
Seleção adequada e economia
dos transportadores de cavacos Grátis online Makino maior. As MMS são projetadas com geometria
Lift-Up Chip Conveyor (LUCC) do furo de refrigeração que aumenta a produ-
tividade e prolonga a vida útil da ferramenta.
Para divulgar cursos, seminários e palestras, mande um email com data, local e dados do promotor do evento para redacao@banas.com.br MMC Metal do Brasil Ltda. Tel.: (11) 3506-5600
Site: www.mitsubishicarbide.com

Mangueiras para Materiais de fixação adesivo vedante


A Líder indus- O adesivo vedan-
solda siMples trializa e comer- te é produzido
Indicada para serviços de cializa produtos com silicone acé-
solda simples, a mangueira para instalações tico, que tem a
tipo grade T é de constru- elétricas, mecâ- função de vedar,
ção espiralada e, disponível nicas e hidráuli- selar e calafetar,
na cor verde ou vermelha. cas que podem além de ser um produ-
Possui reforço com fios de ser fornecidos to antifungo e antimofo.
fibras sintéticas. É adequa- com acabamento galvanizado a fogo, em Resiste às variações de
da para uso com gases de- aço inox, alumínio, pintados e pré-zincados. temperatura, aos efeitos
rivados de petróleo e fabricada de acordo Podem ser utilizados no setor de óleo e gás, da água, maresia e de
com a norma RMA/CGA grade T (GLP). O para servir, por exemplo, às instalações da produtos de limpeza. É um
tubo inerno é composto de borracha sinté- Petrobras, assim como nas do Metrô, CPTM produto que não apenas
tica Wingprene® e a cobertura, de borracha etc. A empresa fabrica eletrocalhas para fixa, mas preenche espa-
sintética Chemivic®. A mangueira tipo grade condução de fios e cabos e ter acabamen- ços existentes. Dessa for-
R pode ser aplicada em serviços de solda- to liso e perfurado, com tampa de encaixe, ma, consegue suportar torções, tensões e
gem, atende às RMA/CGA para mangueira de pressão ou parafusadas. Produz perfila- absorver impactos impostos na área afe-
de solda grade R (acetileno), fabricada na dos para condução e derivação de fiação e tada. É indicado para evitar infiltrações de
cor verde ou vermelha, construída na for- sustentação de luminárias. Ela faz leito para água em boxe, esquadrias, calhas, pias,
ma espiralada e reforçada com fios de fibra cabos para condução e distribuição de ca- ralos, sifões, janelas, telhas, automóveis
sintética. O tubo interno e a cobertura são bos que oferecem ventilação, facilidade na etc. Pode ser também utilizado em madei-
compostos de borracha sintética Versigard®. inspeção visual e na manutenção. Além des- ra, fórmica, alumínio, concreto, borracha,
Pode trabalhar com temperatura de -40 ºC a ses produtos, fabrica também eletrodutos uti- vidro, fibra de vidro, papel, papelão etc.
49 ºC. GOODYEAR® Brasil Produtos de Bor- lizados para condução e proteção de fios e Grupo AMAZONAS
racha Ltda. Tel.: (11) 2618-7133 cabos. Perfil LÍDER Ind. Eletromecânica Tel.: (51) 3899-5500
Site: www.goodyearep.com.br Tel.: (11) 2412-7787. Site: www.perfillider.com.br Site: www.amazonas.com.br

6 ? Indústria & Tecnologia


? NOTAS TÉCNICAS

manguEiras Extrusora
Utilizadas em sistemas de irrigação, no bombeamento de águas residuais, esgoto, adubos e defen- A extrusora du-
sivos agrícolas, nas enchentes, drenagens, instalações provisórias, as mangueiras, da série Oroflex pla-rosca co-ro-
10, possuem capa de proteção de cabos elétricos e cabos de aços e diâmetro nominal de 38 a 254 tante, modelo
mm. De acordo com o diâmetro, têm limites de tração de 900 kg a 8.800 kg; espessuras da parede de EB-DRC-22, com
2 a 3,5 mm; suportam pressão de serviço de 8 a 10 kg/cm2 etc. diâmetro de 22 e 30 mm,
São construídas de borracha sintética reforçada com tecido de é um equipamento utilizado em laboratórios
poliéster-poliamida. A superfície é estriada com alta resistência para desenvolvimento de novos compostos
à abrasão. Suportam temperaturas de -20 ºC a 80 ºC e possuem com fibras e cargas minerais, masterbatch,
60 m de comprimento. SAMPLA Brasil Indústria e Comércio de tingimentos e granulações em geral. O equi-
Correias Ltda. Tel.: (11) 2144-4500. Site: www.sampla.com.br pamento proporciona mais dispersão e homo-
geneização perfeita em termoplásticos, tanto
em laboratório quanto na produção. Oferece
benefícios, como roscas e cilindros segmen-
sistEma dE gErEnciamEnto tados; L/D 1:40 com rotação de 0 a 600 rpm;
Em lubrificação redutor/caixa transmissão para alto torque;
Para gerenciar e organizar a lubrificação de equipamen- controle realizado por meio de CLP/IHM ou
tos industriais é necessário ter um sistema confiável. Para controladores e indicadores de temperatura;
tanto, o OilXplorer Manager é uma ferramenta de apoio microprocessados (PID); inversor de frequên-
destinada ao profissional de manutenção nas ações de cia; side feeder; alimentador lateral (opcional);
planejamento, programação, controle, análises e elabo- autodesempenho em plásticos de engenharia
ração de relatórios das atividades realizadas. É aplicável e compostos.
nos serviços de lubrificação e manutenção em equipa- EXTRUSÃO BRASIL Máquinas e Equipamentos
Ltda. Tel.: (11) 4056-8069
mentos estacionários ou móveis, instalações prediais ou
Site: www.extrusaobrasil.com.br
veículos. Pode ser integrado em qualquer sistema cor-
porativo para ser executado em relês locais de micros,
armazenando informações em banco de dados Oracle
ou MS SQL Server. COSAN Combustíveis e Lubrificantes Jogo dE fErramEntas
S.A. Tel.: (21) 3433-2000. Site: www.cosan.com.br O jogo de ferramentas,
oficina master 5000R é
composta de 178 fer-
ramentas, organizadas
granalhadora num estojo, que podem
Projetada para atender à indústria petroquímica para ser usada atender às necessidades
em fundos de tanques internos e externos, a granalhadora pode de uma oficina multimar-
ser usada também em navios, plataformas, plataformas de pe- cas. Possui três das princi-
tróleo, pontes das plataformas, convés dos navios, chapas de pais medidas utilizadas pelo
aço e demais pisos em aço. Ela possui 350 mm de largura; ca- mercado que são de 1/4”, 3/8” e 1/2”. Além
pacidade de trabalho acima de 38 m2/h no aço; potência da tur- disso, traz uma grande variedade de chaves,
bina de 11 kW; motor de saída de 3 x 400 V/50 Hz ou 60 Hz etc. O soquetes e acessórios para os diversos perfis
equipamento é modular que permite que alguns de seus elementos de parafusos e porcas do tipo sextavados, es-
sejam desmontados. A granalhadora tem sistema de acionamen- triados, perfil torx® etc., que permitem inúme-
to elétrico que pode ser ligado com equipamento especial para ras aplicações e usos. É uma opção adequa-
trabalha em zonas inclinadas; roda traseira com movimentos inde- da para o profissional poder trabalhar como
pendentes; dispositivo elétrico de segurança; design ergonômico oficina móvel, por exemplo, já que reúne as
do painel de controle etc. principais necessidades num único estojo.
BETOMAQ Industrial Ltda. Ferramentas GEDORE do Brasil S.A.
Tel.: (11) 2117-9988. Site: www.betomaq.com.br Tel.: (51) 3589-9200. Site: www.gedore.com.br

Indústria & Tecnologia ? 7


? ONLINE

DESTAQUES WEB

OS LINKS MAIS ACESSADOS 17/DEZ./2014 A 6/FEV./2015

FEIMAFE 2015: ALtA DO DóLAr Dá âNIMO pArA


INDúStrIA brASILEIrA ApOStAr NO MErCADO
INtErNACIONAL FOrtALEZA CONtrA CIbErAtAquES
Eles estão por todas as partes na rede mundial de computadores e,
mais dia, menos dia, irão infernizar a sua vida e a da sua empresa.
Uma pesquisa recente revela que os ciberataques já tentaram in-
fectar quase 30% dos usuários latino-americanos durante o primeiro
semestre de 2014. Em muitos casos, deixam um rastro de danos
irreparáveis, comprometendo muitas vezes importantes projetos das
empresas, inclusive com danos financeiros.
ONDE ACHAR? http/www.blogindustrial.com.br

ONDE ACHAR?
http://www.blogindustrial.com.br
ENQUETE rESuLtADO
1 AGrONEGóCIOS - brASIL MArCA prESENÇA
NA GuLFOOD 2015 quE tIpO DE INFOrMAÇãO VOCê prOCurA
NOVEMbrO/2014

NO bANAS INFOrMA?
Lançamento de produtos

2 A tEMpErAturA DO pNEu pODE SEr uMA


VANtAGEM COMpEtItIVA
e serviços divulgados
por empresas ...................... 40%
Informações econômicas
sobre o setor industrial ........ 20%

3 FEIpLAStIC 2015 SErá pALCO DE INOVAÇõES Informações sobre desem-


penho das empresas
DA INDúStrIA pLáStICA, CADA VEZ MAIS do setor industrial ................ 20%
pArtE INtEGrANtE DA CONStruÇãO CIVIL Todas as alternativas ante-
riores são pertinentes para

4 brAÇO rOMEr AbSOLutE SE É prOJEtADO


pArA rECEbEr ESCANNEr A LASEr DE ALtO
o setor que atuo .................. 20%
O conteúdo não agrega
DESEMpENHO informações pertinentes
para o setor que atuo ............. 0%

5 rEVENDA DE MErCADOrIAS IMpOrtADAS


COM ALíquOtA ZErO E A MANutENÇãO DOS
CrÉDItOS DE pIS/COFINS PRÓXIMA ENQUETE (FEVEREIRO DE 2015)
ONDE ACHAR? SuA EMprESA EStá prOtEGIDA CONtrA
http/www.ps.com.br CIbErAtAquES? www.radarindustrial.com.br

EXPEDIENTE
FALE COM A rEDAÇãO CIRCULAÇÃO NACIONAL
PERIODICIDADE MENSAL

Indústria
TIRAGEM: 40.000
Em MArÇO de 2015 a revista Capa (foto): www.refrio.com

? Indústria & Tecnologia Tecnologia É permitida a divulgação das informações contidas na


revista desde que citada a fonte.
CANAIS DE COMUNICAÇÃO:
aborda os temas Rua Edward Joseph, 122 - 11º andar/Edifício Passarelli
CEP 05709-020 – São Paulo – SP
ELEtrOELEtrÔNICA/ENErGIA Geraldo Banas (1913 – 1999) - Fundador
Elizabetha Banas (1923 – 2007) - Editora
TEl. PABX: (55 11) 3722-0956 - Fax: (55 11) 3722-0956
• www.ps.com.br
rENOVáVEL/trANSMISSãO. Cristina Banas - Publisher
Vanessa Lopes Mira - Circulação
• www.blogindustrial.com.br
• facebook.com/editorabanas
Luciano Tavares de Lima - Gerente de Produção
Se você tiver sugestões de pauta, Nazaré Baracho - Revisão
• Twitter: @EditoraBanas
• E-mail: redacao@banas.com.br
dúvidas ou necessitar de mais Rosa Symanski - Editora-chefe (MTb 23.622)
esclarecimentos sobre esse assunto, Tatiana Gomes - Jornalista web CIRCULAÇÃO .... (55 11) 3722-0956 Ramais: 1913/1914
Waldemar Terô Sato - Gerente de Edit. Eletrônica e assinaturas@banas.com.br
mande um e-mail para a seção Jornalista técnico (MTb 78.363/SP) COBRANÇA ................... (55 11) 3722-0956 Ramal: 1907
FAlE COM A REDAçãO. ? Indústria & Tecnologia circula junto aos profissionais cobranca@banas.com.br
e executivos envolvidos nos processos de aquisições e FINANCEIRO ................. (55 11) 3722-0956 Ramal: 1907
Participe da seção FAlE COM A especificações de equipamentos, produtos e serviços financeiro@banas.com.br
REDAçãO e encontre as soluções industriais que atuam em empresas, organizações e PRODUÇÃO .............................. Tel.: (55 11) 3722-0956
entidades que façam parte do mercado industrial.
sobre os mais variados temas Assinatura anual: R$ 198,00
producao@banas.com.br
PUBLICIDADE ............... (55 11) 3722-0956 Ramal: 1912
que são abordados na revista Número avulso: R$ 18,00
publicidade@banas.com.br
Assinatura anual no exterior: US$ 250,00
? Indústria & Tecnologia. REDAÇÃO .......... (55 11) 3722-0956 Ramais: 1910/1911
? INDÚSTRIA & TECNOLOGIA redacao@banas.com.br
As perguntas devem ser encaminhadas (ISSN 0103-7481) é uma publicação da Editora Banas Ltda.
CNPJ 60.432.796/0001-83 FEVEREIRO 2015
para redacao@banas.com.br I.E. 104.259.747.116, C.C.M. 1.249.632-4 –
com o título FALE cOm A REdAçãO. Protocolada e matriculada sob o nº 1.487 Filiada à
do livro “A” do Registro Civil de Pessoas Jurídicas.

8 ? Indústria & Tecnologia


 NOTAS TÉCNICAS DESTAQUES DO MÊS

BOMBAS FILTRO LUVA DE MALHA


As bombas filtro, série míni, operam por acionamento magnético monofásico e não so- A Leal, distribuidora da North by Ho-
frem influências nocivas dos agentes químicos. O modelo míni EN tem saída na base da neywell, traz ao mercado brasileiro, a
câmara filtro; tampa de fechamento rápido; interruptor integrante do motor com cabo e Cold Grip, uma luva de malha de náilon
plugue; bloqueio do cartucho independente da altura do cilindro. É ventilado e opera a azul para proteção contra o frio. Com
60 ºC, como temperatura máxima. No outro modelo, o míni Plus, a saída é na base do revestimento isolante e de jun-
filtro e o bloqueio do cartucho, independentemente da altura do cilindro. Possui tampa tas em espuma preta de
de fechamento; válvula de descarga; interruptor à prova d’água. É ventilado e a tempe- PVC, ela proporciona
ratura máxima de trabalho, PP 70 ºC - PVDF 95 ºC. A empresa fornece, também, versão aderência ao molhado
para temperatura máxima de trabalho de 95 ºC. HOLIVERBRASS Indústria de Retifica- e ao seco. O forro
dores Ltda. Tel.: (51) 3599-1060. Site: www.holiverbrass.com.br sintético escovado
isola por comple-
to o frio, mantendo
FITAS ADESIVAS KIT FIXAÇÃO as mãos aquecidas.
A Norton pro- É recomendada para
O kit fixação,
duz fitas ade- temperaturas abaixo de
modelo KDIN,
sivas dire- -26 ºC. Mesmo em tem-
é produzido em
cionadas às peraturas baixas, ela é fle-
aço temperado
diversas fina- xível e confortável, portanto,
e tem acaba-
lidades, apli- permite manter eficiência
mento com oxidação negra. É fornecido
cadas tanto no trabalho. Disponível em
em caixa plástica com 24 prisioneiros,
nas indústrias quatro tamanhos ela é bastante durável.
constituídos por quatro peças cada, em
em geral quanto no comércio e nos lares. O produto é adequado para trabalhos em
75/100/125/150/175/200 mm; seis porcas
Fabrica, por exemplo, fita de demarcação câmara frigorífica, construções, transpor-
T; quatro porcas extensoras; seis porcas
que é usada para sinalização de áreas tes, silvicultura e para uso ao ar livre no
flangeadas; seis presilhas e seis calços
na indústria e que pode ser direcionada inverno. A Cold Grip é fabricada em con-
tipo escada, num total de 52 peças que
para uso geral. É produzida na cor amare- formidade com normas nacionais e inter-
são fabricadas de acordo com a norma
la, azul, verde, vermelha, preta etc. A fita nacionais.
DIN 508. PREVISÃO Ind. e Comércio de Pre- LEAL Indústria e Comércio Ltda.
silver tape é indicada para realizar emen- silhas Ltda. Tel.: (11) 5511-2168
Tel.: (11) 2189-5300
das, reforços, vedações de dutos de ar- Site: www.previsao.ind.br
Site: www.leal.com.br
condicionado, trabalhos de manutenção,
reparos provisórios em materiais náuticos
e uso doméstico em geral. A fita dupla SOLDAS
face de espuma é adequada para fixação A Harris dispõe da revestick®, solda prata e latão, reves-
de cartazes, quadros, objetos de deco- tida de fluxo. A solda prata oferece brasagem de tubos
ração, enfeites etc. A dupla face acrílica de aço, aço galvanizado, aço cobreado e componen-
pode ser utilizada para fixação de espe- tes de latão de sistemas de refrigeração. A solda latão
lhos, placas de sinalização, laminação de é indicada para realizar manutenção em componentes de aço em sistemas de refrigeração. As
vidro, acrílicos, frisos etc. Fita de empaco- soldas oferecem vantagens, por exemplo, a quantidade correta de fluxo; menor tempo da ope-
tamento tem aceitação para empacotar, ração, eliminação da aplicação do fluxo; dedução do risco de resíduos no sistema pela menor
fechar caixas etc. NORTON Comércio Rep. quantidade de fluxo usada; facilidade no manuseio, com menor desperdício e pouca agressão à
Mat. de Construção Ltda./SAINT-GOBAIN.
Tel.: (11) 3482-0350. pele. Além disso, oferece limpeza e segurança ao ambiente de trabalho.
Site: www.norton-abrasivos.com.br HARRIS Soldas Especiais S.A. Tel.: (11) 4993-8111. Site: www.harris-brastak.com.br

FUNDIÇÃO DE LINGOTE GUARD RAIL TUBULAR IHMS


Especializada em fundição de lingotes, a E LAMINADO A Dakol dispõe das IHMs
Wagstaff elabora sistemas para produção O guard rail tubu- mais modernas do mercado
de lingotes e lingote de rolamento em ligas lar, da Travema, é com o lançamento da série
fortes e comuns. Oferece moldes conven- feito em aço DIN eTOP600, que complementa a fa-
cionais para fundição de produto consis- 2424, com pare- mília de IHMs da linha UniOP. Os
tente em muitas configurações diversifi- de de 3,9 mm. O modelos eTOP605, eTOP607 e
cada, além protetor é fixado eTOP610 apresentam certifica-
disso, ela no solo por meio ções CE, DNV, ATEX, UL Class
utiliza de flange long neck, o tubo, introduzido I Div 2, proteção IP66 e operam de
tecnolo- no piso numa profundidade de 100 mm e -20 oC a +50 oC. Os três modelos dispõem
gia EpsilonTM a flange, fixada com parabolts. Todas as de entradas ethernet, USB, serial, para car-
utilizada na curvas e conexões são feitas com material tão SD e operam com o intuitivo software
fundição forjado. Para limitar o curso dos paletes e JMobile. Os displays podem ter tamanho de
de lingote evitar colisões com paredes ou painéis de 5”, 7” e 10,1” e possuem superfície de vidro
de rolamento; câmaras frigoríficas, é utilizado um fim de touchscreen incorporada com tecnologia
tecnologia LHCTM curso para estruturas porta-paletes fixado capacitiva projetada (PCAP), de modo que
para execução no solo. O guard rail laminado é feito em proporcione nitidez e performance superior,
de lingote com especificações mais exi- perfil “U”. Passa por um processo de lami- além de ser bastante preciso. Com o objetivo
gente para planicidade e qualidade da nação a quente na primeira alma com 70 de atender às necessidades do segmento
superfície do produto acabado; tecnolo- mm de largura e abas de 35 m. É composto de automação, industrial e predial, as IHMs
gia de fundição de rolamento VariMoldTM de duas travessas com apoios a cada 1.200 combinam atributos estado da arte e design
para a produção de lingotes em uma va- mm de comprimento e extremidades fixa- arrojado e elegante. Com display widescreen
riedade de larguras com o mesmo molde. das no protetor porta-paletes em 90º. Para de alta resolução, alto brilho, superfície anti-
Os sistemas de lingote da empresa in- o desvio da trajetória das empilhadeiras, o risco e antireflexo, elas garantem performan-
cluem tabela de conversão, moldes, blo- início da estrutura é chanfrado. ce ótica excelente e capacidade para aten-
cos de partida e base de bloco de partida. TRAVEMA Comércio e Indústria Ltda. der aos mais altos níveis de exigência.
WAGSTAFF, Inc. Site: www.wagstaff.com Tel.: (11) 3831-8911 DAKOL Instrumentos e Sistemas Ltda.
E-mail: info@wagstaff.com Site: www.travema.com.br Tel.: (11) 3231-4544. Site: www.dakol.com.br

Indústria & Tecnologia  9


? HOME PAGES
HOME PAGES
equipaMentos para MoviMentação produtos e sisteMas logísticos autoMação industrial
de carga A Jungheinrich oferece uma série de produtos, como
transpaleteiras manuais e elétricas, empilhadeiras,
selecionadoras de pedidos, rebocadores, estruturas
de armazenagem, softwares logísticos, equipamen-
tos industriais automáticos, componentes, além de
uma rede de serviços para locação de empilhadei-
ras, assistência técnica e manutenção. Em se tratan-
do de assistência técnica, a empresa dispõe do full
service, de serviços de reparos, manutenção, bate-
rias e carregadores, troca de óleo e peças originais.
Com relação aos sistemas logísticos, ela oferece o
all-in-one solutions que inclui portfolio, análise, pla-
nejamento, integração do sistema etc.); sistemas de
armazenagem que pode englobar depósito automá- Além de oferecer conhecimento sobre a empresa,
tico de paletes, armazenagem automática de peças, como perfil corporativo, pesquisa e desenvolvimento,
estrutura de prateleira, sistema de depósito etc. responsabilidade social, relacionamento com investi-
JUNGHEINRICH Lift Truck Ltda. dores etc., a Omron disponibiliza ao público, com o
Tel.: (11) 4815-8200. auxílio do seu portal, informações técnicas a respeito
dos produtos que ela distribui. Podem ser encontra-
dos dados sobre produtos relacionados com auto-
A HGS desenvolve e fabrica máquinas e equipa- mação e controles industriais, cuidados com a saúde
mentos destinados à movimentação e elevação de e componentes automotivos, por exemplo, sensores,
cargas. Dentre as dezenas de equipamentos dis- fibras ópticas, posicionadores encoders, CLP, IHM,
poníveis, ela fabrica os da linha indústria, como os redes de comunicação, softwares, componentes,
carros pantográficos simples e os duplos, com ca- contadores digitais, controladores, fontes de alimen-
pacidade de carga desde modelos com 150 kg até tação, indicadores de painéis, relés, switch, tempori-
os de 500 kg; carros-caçamba para empilhadeira zadores, interruptores, painéis, unidade de controle
com capacidade de carga variada, modelos com eletrônico, tecnologia de rádiofrequência, nebuliza-
200 kg até os de 1.000 kg; plataformas de eleva- dores, balanças etc.
ção com capacidade de 1.000 kg e as de 2.500 OMRON Eletrônica do Brasil Ltda.
kg. Além desses equipamentos, a HGS dispõe dos Tel.: (11) 2101-6300.
transportadores e elevadores de paletes; entor- www.jungheinrich.com.br www.omron.com.br
nadores-basculante de caixas; carros- tombado-
res elétricos; carros-plataforma; carros-bandeja;
carros-armazém; carros-depósito; carretas-trans- soluções autoMotivas e para ar coMpriMido
porte; plataforma elevatória; esteira transportado- O site da Shulz oferece a possibilidade de conhecer
ra, paleteiras especiais etc. A empresa oferece, as atividades da empresa compostas pela divisão
também, serviços de torno, plaina, fresa, solda, automotiva que fornece ao mercado de caminhões,
pintura, desenvolvimento e fabricação de projetos ônibus, máquinas agrícolas, tratores e equipamentos
especiais em CAD. de construção, soluções completas em autopeças
HGS Máquinas e Equipamentos Industriais Ltda. de ferro nodular e cinzento, componentes usinados
Tel.: (42) 3232-2317. e conjuntos pintados. A divisão de compressores for-
www.hgsequipamentos.com.br nece soluções para ar comprimido e equipamentos
para uso doméstico, serviços e industrial. É capaz
de produzir compressores de ar de pistão de 1/4 a
sisteMas de corte industrial 30 hp, compressores de diafragma de 1/4 a 1/3 hp
e compressores a parafuso de 5 a 250 hp. Pelo site
é possível também baixar os catálogos de produtos,
por exemplo, acessórios para ferramentas elétricas,
aspiradores, compressores, ferramentas de banca-
da, elétricas e bateria, ferramentas pneumáticas etc.
SCHULZ S/A. Tel.: (11) 2161-1300.
www.schulz.com.br

equipaMentos industriais Máquinas, ferraMentas de precisão


e softwares e instruMentos de Medição
No portal da National Instruments, podem ser encon-
tradas informações sobre a empresa; as indústrias
(automotiva, aeroespacial e defesa, eletrônica, de
energia, engenharia, petróleo e gás, semicondutores
etc.); aplicações (monitoramento de condição, tes-
tes, medicina, física, robótica etc.); suporte e serviços
oferecidos (drivers, manutenção de software, calibra-
ção de hardware, projeto e integração de sistemas
etc.); comunidade, academia, eventos e treinamen-
to. Além disso, podem ser obtidos dados técnicos
A Hypertherm oferece ao mercado soluções de a respeito dos produtos por ela fabricados, como os
cortes industriais a plasma. Por intermédio do site, hardwares (aquisição de dados, teste automatizado,
a empresa disponibiliza uma série de informações, hardware embarcado de controle e monitoramento,
como histórico, alcance e presença global, produ- barramentos de comunicação industrial, hardwares
tos e serviços oferecidos, além de treinamento e educacionais, plataformas de hardware etc.); softwa-
educação. Ao realizar a escolha pela opção Pro- res (ambientes de programação, aplicação etc.).
dutos, é aberta nova possibilidade para poder na- NATIONAL INSTRUMENTS Brazil Ltda.
vegar e obter conhecimento, por exemplo, sobre Tel.: (11) 3149-3149. A Starrett® disponibiliza no site informações a res-
corte manual, corte automatizado, produtos clas- peito de produtos relacionados com o segmento
sificado por ordem de setor, registro de produto e de metrologia; equipamentos e sistemas de me-
o local onde há indicação para realizar a compra, dição (óptica e de perfil em linha); serras e ferra-
aluguel ou conserto dos equipamentos e máqui- mentas manuais; lâminas de serra e acessórios
nas. Em todas as opções escolhidas, há comple- para ferramentas manuais e elétricas portáteis;
mentação técnica detalhada sobre os sistemas ferramentas e acessórios para trabalhos externos.
e produtos, ilustrados com imagens em diversas Além de possibilitar a visualização, pois é ilustra-
situações e aplicações. Outra opção oferecida é o do com imagem, há informações técnicas, refe-
acesso a Xnet, uma maneira rápida para se obter rências, tabelas e descrição do produto escolhido
informações sobre sistema de plasma, atualiza- para a obtenção de outros dados fornecidos com
ções tecnológicas, acessórios, controles numéri- mais detalhes. Por intermédio do portal da empresa
cos computadorizados, softwares etc. www.shopstarrett.com, é possível escolher e realizar
HYPERTHERM Brasil Ltda. a comprar de produtos. STARRETT® Indústria e
Tel.: (11) 2409-2636 Comércio Ltda. Tel.: (11) 2118-8000.
www.hypertherm.com.br www.nationalinstruments.com.br www.starrett.com.br

10 ? Indústria & Tecnologia


? CATÁLOGOS

CATÁLOGOS
SoluçõeS de iluminação reSFriadoreS de líquido
Soluções e produ- A Refrio produz evaporadores, condensadores e trocadores de calor aletados,
tos com tecnologia direcionados a todos os tipos de refrigerantes comerciais comuns existentes no
incorporada, desti- mercado. No catálogo fornecido pela empresa, há informações a respeito das
nados à iluminação aplicações de refrigeração e ar-condicionado, das séries VCR-W e VCC-W dos
pública, industrial e resfriadores de líquido a ar. Eles são projetados no formato em V e em dimensões
decorativa, são for- otimizadas, de maneira que o manuseio torna-se simplificado e a área de instala-
necidos pela Naville. ção, reduzida. Na versão standard, os núcleos são produzidos com tubos de co-
Produz painéis elé- bre e aletas de alumínio e testados pneumaticamente a uma pressão de 600 psig.
tricos, luminárias e A carenagem é construída em chapa de alumínio naval para que seja resistente
refletores, caixas e à corrosão. Na versão standard EC, os motoventiladores, com instalação elétrica
conexões, linha de trifásica, são alimentados em 220 V, 380 V ou 440 V e em 50/60 Hz de frequência.
material elétrico blin- Além desses dados, o catálogo é ilustrado com fotos dos produtos e detalhes rele-
dado, material de vantes em close, desenhos técnicos dimensionais, tabelas com dados de acordo
segurança aumen- com os modelos, gráficos de instalações típicas etc. Indústria e Comércio de
tada e iluminação Evaporadores REFRIO Ltda. Tel.: (19) 3897-8500. Site: www.refrio.com
led, longo alcance
etc. Realiza proje-
tos e montagem de equipamentoS elétriCoS e eletrôniCoS
painéis elétricos, de A Mitsubishi fabrica e comercializa equipamentos elétricos e eletrônicos utiliza-
distribuição e de co- dos em comunicações e processamento de informação, desenvolvimento espa-
mando, painéis e in- cial e comunicações por satélites, consumo residencial, tecnologia industrial,
vólucros à prova de explosão para uso em atmosferas energia, transportes e equipamentos prediais. Com relação à energia e a siste-
explosivas etc. mas elétricos, a empresa produz geradores de turbinas, equipamentos de usina
NAVILLE Iluminação Ltda. de energia nuclear, motores, transformadores, disjuntores, interruptores de isola-
Tel.: (11) 2431-4500 mento de gás, sistemas de controle de segurança, dispositivos de exibição, equi-
Site: www.naville.com.br pamentos para locomotivas e material circulante, elevadores, escadas rolantes
etc. No grupo de produtos relacionado a sistemas de automação industrial, ela
FerramentaS rotativaS fabrica, por exemplo, controladores lógicos programáveis, inversores, servomo-
Na edição 2015 do catálogo da Dor- tores, IHMs, chaves magnéticas, disjuntores, UPS, robôs industriais etc. Já os
mer, com 560 páginas e com um dispositivos eletrônicos podem ser encontrados módulos de potência, dispositi-
total superior a 450 famílias de vos de alta frequência, dispositivos ópticos, microcomputadores etc.
produtos, foram incluídas mais MITSUBISHI Indústrias Pesadas Brasil Ltda.
de 40 novas fresas inteiriças Tel.: (11) 3146-2200. Site: www.mitsubishielectric.com/fa/br_pt/
de metal duro, uma linha de
machos de materiais es-
pecíficos da linha Shark inStrumentoS de medição
e uma opção de furo A Durag desenvolve e fabrica produtos com tecnologia ambiental destinados a
profundo, a da família medição e monitoramento da opacidade e concentração de particulado, con-
de furação MP-X. Foram in- centração total de mercúrio, vazão volumétrica de gás em chaminé etc. Oferece,
corporadas também inúmeras ca- também, sistemas de avaliação para o cálculo de emissões. São produtos utili-
racterísticas que ajudam os clientes a terem zados em usinas de geração de eletricidade e na indústria de processamento,
acesso e a utilizarem as informações necessárias da como em plantas de termogeração por combustível fóssil, instalações de queima
forma mais fácil, como ícones que contêm a descri- de resíduos, refinarias, indústrias químicas, de cimento, indústria da cal, side-
ção atualizada do produto, um novo guia de materiais rúrgicas, instalações de filtragens e despoeiramento etc. A empresa dispõe do
e uma seção técnica melhorada. No site da empre- medidor ótico de particulado e opacidade; monitor de opacidade/articulado; mo-
sa, estão disponibilizados também um catálogo digi- nitor para fuligem/concentração de particulado; monitor de particulado; monitor
tal ilustrado e versões no formato pdf para download. de concentração de particulado para gases úmidos; monitor combinado; monitor
Outra novidade é o lançamento de um novo aplicativo de filtro; monitor beta de particulado; dispositivo automático de coleta para medi-
de caixa de ferramentas para uso em smartphones e ções gravimétricas de particulado etc.
tablets. Ele é uma atualização da calculadora de pré- DURAG/AMBICONTROL Comércio, Importação e Exportação Ltda.
furo e possui uma linha de acessórios que auxilia nas Tel.: (11) 3902-3306. Site: www.durag.de
tarefas gerais do escritório ou das oficinas. Dentre os
novos recursos, podem ser encontrados paquímetro,
nível de bolha, decibelímetro, conversor de medidas,
calculadora aperfeiçoada para diâmetro de rosca etc. termometria
DORMER TOOLS S.A. O catálogo da Salvi Casagrande é elaborado com o objetivo de servir ao segmen-
Tel.: (11) 5660-3000 to de instrumentação. Desse modo, é apresentado com riqueza de informações,
Site: www.dormertools.com fotos e desenhos técnicos. Pode-se encontrar dados a respeito de calibração, bi-
tola do fio, cabeçote, bloco de ligação, conexão ao conduite, conexão ao proces-
so, comprimento, material de riple e união, diâmetro do niple etc., evidentemente,
CompreSSoreS, ventiladoreS há variações de informações de acordo os tipos das peças ou instrumentos que
e motoreS estão nele apresentados, por exemplo, termopares, termorresistências, flanges
A Ibram obteve um para poços termométricos, poços termométricos, tubos de proteção, sensores
crescimento signi- flexíveis, sensores multipontos, fornos de calibração etc.
ficativo nos últimos SALVI CASAGRANDE Medição e Automação Ltda.
anos, atribuído ao de- Tel.: (11) 3806-6885
senvolvimento cons- Site: www.salvicasagrande.com.br
tante de novas tec-
nologias, materiais e
produtos e, especial-
mente, investimentos
destinados em recur-
sos humanos. Além inStrumentoS de medição
disso, ela apresen- O portfolio de produto da Wika compreende as soluções em medição de pressão
ta no catálogo uma e temperatura, aplicações especiais, tecnologia de teste e calibração, medição
série de produtos, de nível, medição de vazão, como manômetros, termômetros, selos diafragma,
como compressores, poços de proteção, transmissores e sensores de pressão, temperatura e nível,
ventiladores, moto- transdutores e transmissores, termorresistências, termopares, placas de orifício,
res, motorredutores, venturis, equipamentos de teste e calibração, laboratórios de pressão, tempera-
racks de ventilação, motobomba, motores especiais, tura e dimensional. Todos esses produtos são creditados pela RBC/Inmetro. A
acessórios etc. No decorrer das páginas, os produtos empresa oferece também serviços em calibração de pressão, de temperatura e
são ilustrados com fotos, acompanhados de desenhos dimensional, além de treinamentos e assistência técnica.
técnicos, tabelas de dimensões conforme o modelo, WIKA do Brasil Indústria e Comércio Ltda.
gráficos de curvas de desempenho, informações técni- Tel.: (15) 3459-9700
cas em português, inglês e espanhol etc. Site: www.wika.com.br
IBRAM Indústria Brasileira de Máquinas Ltda.
Tel.: (11) 2919-3966
Site: www.ibram.ind.br

Indústria & Tecnologia ? 11


ACONTECE NA
? INDÚSTRIA mais três pessoas na oficina. Ao final do primeiro
ano, já tínhamos 15 funcionários na oficina e mais
três no escritório”, conta Braga.
TRuCkvAN TERá NOvA uNIDADE Em GuARulhOS Os sócios enfrentaram dificuldades no início, mes-
mo com o aumento nas vendas. Até que, em 1996,
É a quarta fábrica do grupo Segundo Alcides Braga, sócio-diretor da empresa, a com o início da estabilização derivada do Plano
nova planta vai possibilitar a produção de mil uni- Real, muitas empresas fecharam, o que abriu uma
dades mensais de baús por mês, superando a marca oportunidade para a Truckvan finalmente produzir
atual que é de 300 baús. “Com essa nova planta, baús com tecnologia própria e unidades móveis.
temos o objetivo de sermos a maior fabricante de Responsáveis pelo expressivo crescimento de 600%
baús de alumínio do Brasil”, diz o executivo. de faturamento da empresa entre 2008 e 2013, os
Mas a atuação da empresa não se restringirá ao solo veículos feitos sob encomenda variam de R$ 100
brasileiro e a Truckvan já está se preparando para mil a R$ 3 milhões dependendo das solicitações dos
alçar novos voos. A empresa pretende buscar negó- clientes.

Foto: Divulgação
cios no mercado exterior para ampliar sua produ- “Investimos nesse mercado de carretas customizadas
ção de cozinhas móveis, os famosos food trucks, e ao perceber a necessidade que as empresas tinham
investir mais em veículos de luxo para o setor de de ter mais mobilidade e praticidade para desenvol-

A
eventos. ver seus projetos e atender aos anseios da população
A unidade de Guarulhos será a quarta fábrica da Tru- que mora em lugares onde o acesso é restrito a servi-
Truckvan, fabricante de imple- ckvan e terá de 5.700 metros quadrados. A previsão ços, hospitais e escolas de capacitação profissional”,
mentos rodoviários, anunciou é que deverá ser inaugurada em março, no bairro de afirma Santilli.
que deve inaugurar em março a Cumbica, em Guarulhos (SP). Entre os principais clientes da empresa estão o Se-
nova unidade que está erguendo A história da Truckvan começou em um contêiner nai/Senac/Sesi, Centro Paula Souza, Volkswagen
em Guarulhos. A nova fábrica, na Vila Guilherme, zona norte de São Paulo (SP), Automóveis, Scania, Mercedes Benz, MAN Latin
que consumiu investimentos de onde só era possível reformar baús de alumínio - e América, Makro, SOS Mata Atlântica, Projeto Cies,
R$ 10 milhões, vai aumentar a não fabricar novos. “Éramos o Flavio Santilli (sócio Sindipan, prefeituras e governos estaduais e federal,
produção de baús de alumínio. da Truckvan), um funcionário e eu no escritório e entre outros.

WAGO COmplETA 10 ANOS DE BRASIl E ANuNCIA NOvA plANTA


Empresa planeja dobrar faturamento até 2020

P
restes a completar 10 anos de
atividades no Brasil, em 2015,
a WAGO, empresa alemã
especializada em conexões elétricas
e automação, anuncia importante

Foto: Divulgação
passo em direção às crescentes
demandas da empresa nos últimos
anos como a formalização e compra de terreno para
construção de sede própria. Com recursos oriundos
da matriz, a definição da especificação do novo
prédio já está em andamento, com início das obras Localizado às margens da Rodovia Dom Gabriel, no domínio fechado que, além da segurança e infraestru-
previsto para meados do ano que vem e término Condomínio Industrial Multivias II, em Jundiaí (SP), tura para empresa e funcionários, foi projetado consi-
para o primeiro semestre de 2016. o terreno totaliza aproximadamente 16 mil m2. A es- derando princípios de sustentabilidade, fundamentais
“Em função do crescimento obtido no período e as colha do local foi motivada, principalmente, pela pro- dentro da filosofia da WAGO”, pondera Salmi.
excelentes perspectivas para os próximos anos, a matriz ximidade com a atual planta, em Itupeva (SP), a fim O projeto, desenvolvido em conjunto com a Alema-
entendeu que chegou o momento de fixar raízes no de manter o quadro de funcionários. Outros fatores nha e adaptado às necessidades locais, seguirá os rígi-
país. O investimento assegura a capacidade de expan- que contribuíram para a definição foram o fato de ser dos padrões da WAGO, que determinam que tanto a
são da WAGO Brasil, abrindo claras perspectivas para uma região com mão de obra qualificada para apoiar construção quanto o prédio final sejam sustentáveis.
o início de produção local para atender a América La- o crescimento futuro e a questão logística, já que está O edifício contará, ainda, com os produtos da mar-
tina. Esta iniciativa nos permitirá, novamente, dobrar próximo das Rodovias Bandeirantes e Anhanguera e ca desde a instalação elétrica até a automação predial.
nosso faturamento até 2020”, declara Marcos Salmi, no meio do trajeto entre São Paulo e Campinas, onde Estruturalmente, será concebido considerando quatro
diretor geral da WAGO Brasil. estão os principais aeroportos. “Optamos por um con- etapas para acomodar futuras expansões.

NOTAS TÉCNICAS
ContAdor digitAl Filtros
A série Delta®, da Numatics, oferece filtragem de alto desempenho para aplicações
que exigem fluxo em abundância. Possui tampas padrão confeccionadas em alumínio
em cada elemento, dreno manual, vedação em viton® e disponibilidade de pré-filtros
internos em material plissado de três mícrons etc. Pode ser utilizada em muitas aplica-
ções, como industriais, médicas, de processos, além da possibilidade de uso em
compressores. Em filtragem de uso geral pode ser usada na engenharia civil, pe-
dreiras, jateamento com esferas, pré-filtragem para remoção de óleo em secadores
etc. Em aplicações de ar comprimido sem óleo pode ter utilidade na pintura com
spray, modelagem por sopro, pré-filtragem para bombas de vácuo, em transportador
a ar, controle de processo etc. Em aplicações críticas pode ser utilizada em indústria
alimentícia, hospitais, cervejarias etc. ASCOVAL Indústria e Comércio Ltda.
Tel.: (11) 4208-1664. Site: www.ascoval.com.br
A Omron fornece o contador digital, modelo
H7CZ, que tem uma tecla para cada dígito
para simplificar as operações e caracteres AnAlisAdor de umidAde de grãos
de 10 mm para facilitar a leitura. Possui pro- O modelo G650 é um equipamento portátil, capaz de medir a umidade de
teção contra reprogramação indesejável e é grãos, calcular percentuais de impurezas e defeitos, além de determinar
concebido com proteção UL 508 type 4X IP o peso em hectolitro dos grãos. É composto de uma balança eletrônica,
66. Para prevenção de operações inespera- um termômetro digital e um capacímetros, gerenciados por um micropro-
das, causadas por erros de programação, a cessador interno. Com memória para 100 informações, permite, ainda,
função de limite de valor programado é in- que os dados obtidos sejam transferidos para um sistema informatizado
corporada ao aparelho. ou impressora.
OMRON Eletrônica do Brasil Ltda. Indústria e Comércio de Eletroeletrônica GEHAKA Ltda.
Tel.: (11) 2101-6300. Site: www.omron.com.br Tel.: (11) 2165-1100. Site: www.gehaka.com.br

12 ? Indústria & Tecnologia


ACONTECE NA
? INDÚSTRIA

Fotos: Divulgação
NISSAN INvESTE R$ 100 mI Em pRODuçãO
DE mOTOR
Intenção do grupo é deixar automóveis mais competitivos

A
Nissan Motor Co. Ltd., anunciou que a somam aos cerca de 200 funcionários que
empresa começará nos próximos dias a compõem a equipe de produção da unida-
produção de um novo e moderno motor de industrial de motores.
de três cilindros e 1,0 litro na Fábrica de “A produção do novo motor de três cilin-
Motores que integra o Complexo Indus- dros no Brasil demonstra a determinação
trial de Resende, no Estado do Rio de Ja- da Nissan em ampliar sua presença no país, com que começa agora em janeiro a ser produzido no
neiro. Para fabricar o novo propulsor no produtos modernos e inovadores fabricados lo- Complexo Industrial de Resende: o sedã Nissan
país, a empresa está investindo R$ 100 milhões. calmente. Assim, também, aumentamos o índice New Versa – que dividirá as linhas de produção com
O novo motor de três cilindros e 1,0 litro dividirá a mesma de integração local dos componentes e deixamos o Nissan New March e o March Active. Com bloco
linha de montagem do propulsor de quatro cilindros e 1,6 nossos automóveis ainda mais competitivos”, afir- de alumínio, 4 válvulas por cilindro e avançados re-
litro, em produção na fábrica da Nissan em Resende desde ma Ghosn. cursos tecnológicos, este novo motor da Nissan é um
sua inauguração, em abril do ano passado – quando entrou O motor de três cilindros e 1,0 litro desenvolve 77 dos propulsores com melhor eficiência energética de
em operação todo o Complexo Industrial da empresa. Para cv de potência e 10 kgfm de torque, tanto com ga- sua categoria no Brasil, aliando desempenho e baixas
fabricá-lo, já foram contratados mais 25 profissionais, que se solina como com etanol. Ele equipará o novo carro emissões de CO2.

COmplETANDO 45 ANOS, vASTEC quER CRESCER 10%


Líder em pontes rolantes, empresa também aposta em talhas elétricas

C
om 45 anos de mercado, data tancial para este ano. “Nos mantivemos
que será celebrada em feve- estáveis nos últimos anos, o que já é um
reiro, a Vastec se consolidou grande feito considerando a turbulência
como uma das mais renoma- em que se encontra a economia. Mas, para
das empresas de movimenta- este ano, pretendemos crescer 10% em re-
ção de cargas do país. A com- lação a 2014”, afirma Leal.
panhia, que foi idealizada por Por trás desse plano de crescimento, segundo
Vasco Massafeli, nasceu da carência de empresas ele, há a intenção de melhorar os processos
de prestação de serviços, notada pelo seu fundador. de fabricação e controles estratégicos. “Va-
“Massafeli vislumbrou que o mercado carecia de ser- mos focar muito em um modelo de gestão
viços, especialmente de equipamentos importados, e moderno, focado no mercado de produtos e
resolveu abrir a empresa. Só que logo, em 1974, já serviços”, revela o executivo.
estávamos desenvolvendo projetos próprios”, afirma Outra estratégia para deslanchar os ne-
Célio Leal, gerente comercial da empresa. gócios foi o lançamento linha de talhas
Em 1977, a empresa já contava com 50 funcionários. elétricas de cabo de aço N em 2014. “É
“Massafeli já entendia muito do setor industrial por a única linha de talhas do Brasil que se
ter sido proprietário de uma fábrica de brinquedos e por ter pou o mesmo terreno no município de Cotia, SP. pode dizer que é completa, pois tem robustez, qua-
trabalhado na Munck, empresa multinacional do segmento de Atualmente, a empresa, que tem em seu portfólio lidade e modernidade, sendo 100% Nacional. Só
movimentação de cargas”, explica Leal. pontes e pórticos rolantes, talhas elétricas e guindastes. se encontra essas características em talhas importa-
O crescimento nas vendas fez com que a Vastec apostasse Mantém representantes no Rio de Janeiro (RJ), Minas das”, descreve Leal.
em outros mercados e aí nasceu o escritório do Rio de Ja- Gerais (MG), Rio Grande do Sul (RS), Santa Catarina Atualmente, a Vastec , que conta com cerca de 110
neiro, em 1985. “De 1986 a 1990, partimos para a expan- (SC), Paraná (PR) e Pernambuco (PE). funcionários, está situada em uma área de 12.086 me-
são das instalações, com a construção de novo escritório Em termos de desempenho, a companhia tem con- tros quadrados, onde possui dois edifícios administra-
e galpão produtivo. O número de funcionários chegou a seguido manter a estabilidade de seus negócios nos tivos, e dois galpões para produção, totalizando 6 mil
150”, revela Leal acrescentando que a empresa sempre ocu- últimos três anos, mas projeta um crescimento subs- metros quadrados de área construída.

tocha dE solda ElEtrodo


No modelo MB 36 A Elbras fornece o eletrodo BR H4R que dispensa
KD da Binzel®, tec- a ressecagem e manutenção em estufas, o que ga-
nologias adequadas rante economia de tempo, de energia e de descartes. O eletrodo segue a norma de construção
foram incorporadas AWS 5.1; possui classificação E7018/E7018-1 H4R; 678 Mpa de resistência à tração; 554 Mpa de
no processo de fa- limite de escoamento; 0,8 a 1,8 ml de hidrogênio difusível em 100 g de solda; revestimento flexível
bricação de solda e com alta resistência ao impacto etc. O eletrodo é embalado em maleta de plástico para facilitar
mig/mag refrigerada o manuseio, a estocagem e, além disso, permite a reutilização da embalagem vazia.
a gás, para que qualquer trabalho final de ELBRAS Eletrodos do Brasil Ltda.
soldagem pudesse ter um resultado de alta Tels.: (31) 3244-3244/(11) 2631-7501. Site: www.elbras.com.br
qualidade. Oferece excelente refrigeração,
causando o prolongamento da vida útil da to-
cha. Diversos tipos de punhos ergonômicos Fixação para concrEto
asseguram conforto em todas as posições de O D-Fix é um sistema de fixação dotado de haste roscada
uso. Os conjuntos de cabos, leves e flexíveis, que permite a fixação direta em concreto/pedra e outros
contribuem para reduzir a fadiga. A capacida- substratos semelhantes, de maneira que não seja necessá-
de está entre 300 A CO2 e 270 A com mistura rio utilizar quaisquer tipos de bucha de expansão. No de-
M21 (DIN EN 439). Oferece ciclo de trabalho correr da aplicação do produto, é possível realizar a fixação
em 60%. Permite a utilização de arame com ø livre de tensões, devido ao perfil especial de rosca da extre-
0,8-1,2. O sistema Binzel® de adaptador cen- midade de penetração que permite fixações próximas das
tral é adaptável em todas as máquinas de sol- bordas sem que ocorram quebras. Além disso, entre as ancoragens, consegue-se uma relação
da, tornando rápida e fácil a substituição de melhor de distâncias entre centros. Na extremidade, o D-Fix tem um perfil universal de mandril
tochas. BINZEL do Brasil Industrial Ltda. que facilita a aplicação. Em conjunto com um comprimento de rosca métrica e o comprimento
Tel.: (24) 2222-9750 com perfil especial de rosca torna-o apropriado para fixações em alvenaria/concreto.
Site: www.binzel-abicor.com.br CISER Parafusos e Porcas. Tel.: (47) 3441-3585. Site: www.ciser.com.br

Indústria & Tecnologia ? 13


 ANÁLISE SETORIAL

Longe da turbulência
Setor de ventilação, refrigeração,
aquecimento e exaustão rema contra a maré
e cresce 6% na área industrial e 17% no setor
residencial em 2014
Por Rosa Symanski Reginaldo Medeiros é presidente da Abraceel


egistrando crescimento importância à racionalização. “Hoje, Zusammenarbeit (GIZ) GmbH que
de 6% na área indus- o mundo inteiro está atrás de alterna- pretendem trazer conhecimento ale-
trial e de 17% na área tivas para diminuir o preço e aumen- mão para desenvolver projetos de
residencial no ano que tar o lucro”, explica. energia solar no mercado livre de
passou, o setor de ven- No âmbito macroeconômico, eletricidade do Brasil. “A Alemanha é
tilação, refrigeração, Neaime teceu severas críticas ao um dos países que mais utiliza energia
aquecimento e exaustão governo que podem ter forte impacto solar, com 30% da capacidade insta-
é daquelas áreas que está passando ao na indústria. “Mal o ano começou e já lada no mundo”, explica Reginaldo
largo da crise econômica que abateu a estamos com um aumento de impos- Medeiros, presidente da Abraceel.
indústria. “Além do clima do país que tos”, observou se referindo à nova Segundo ele, a grande questão para
contribui muito para os resultados, carga tributária proposta pelo governo a energia solar ser amplamente uti-
ainda teve um movimento da área que deve resultar e uma arrecadação lizada em território nacional ainda
de R$ 20 bilhões este ano. esbarra na questão regulatória. “O
Com as preocupações se acirrando grande foco seria o consumidor resi-
em torno do futuro da matriz ener- dencial que teria a oportunidade de
gética, as soluções pipocam por todo vender a energia excedente. Se criaria
o lado. Uma grande alternativa para um mercado de compras e vendas de
a alta das tarifas de energia elétrica, energia”, explica.
por exemplo, está no aquecimento Em reunião realizada na sede da
solar da água. De acordo com dados entidade em Brasília, em janeiro deste
da Abrava, este sistema chega a ser ano, os técnicos alemães decidiram
quatro vezes mais barato do que chu- estabelecer uma cooperação para
veiros elétricos. Para se ter uma ideia, levantar regras gerais, oportunidades
cada kWh equivalente produzido por e barreiras para a criação de usinas
um sistema de aquecimento solar fotovoltaicas, diminuindo os custos
custa R$ 0,13, considerando investi- para a implantação da energia solar
mento inicial de R$ 2 mil e uma vida no Brasil. Atualmente, o custo da
Tadeu Wadi Neaime é presidente da Abrava
útil de 20 anos. Já a tarifa da energia energia solar varia entre R$330 e
elétrica no Brasil está custando R$ R$550 por MW/hora, enquanto o
0,55, em média, incluindo impostos. custo da hidrelétrica é entre R$80 e
industrial que partiu para a renovação No afã de afastar o colapso que R$150 MW/hora.
ou retrofit de seus equipamentos. Para ronda o setor elétrico, tem se tomado Foram discutidas também a venda
se ter uma ideia, quando se renova um iniciativas como, por exemplo, a apro- de excedentes da micro e minigera-
sistema de ar-condicionado, pode-se vação recorde de projetos de energia ção fotovoltaica, o prolongamento do
economizar até 50% na conta de ener- eólica pelo BNDES que destinou R$ desconto da TUSD (Tarifas de Uso
gia elétrica e passa-se a operar com 6,6 bilhões a este setor, equivalentes do Sistema de Distribuição) de 80%
menos agressões ao meio ambiente”, a 2.585,8 MW de potência instalada. para energia solar, a isenção da pena-
afirma Tadeu Wadi Neaime, presiden- A cifra coloca o Brasil entre os cinco lidade por insuficiência de lastro de
te da Abrava (Associação Brasileira maiores investidores globais, tanto potência para a fonte solar e as possi-
de Refrigeração, Ar Condicionado, em energia eólica quanto em energia bilidades de financiamento de proje-
Ventilação e Aquecimento). renovável de maneira geral. tos voltados para o mercado livre.
E as expectativas de crescimento Outras iniciativas como parce- O Brasil, devido aos altos índices
para esse ano perseveram, embora rias com grupos estrangeiros para de radiação solar, poderia chegar a ter
possam não repetir, na totalidade, o desenvolver projetos de energia solar uma capacidade 40% maior do que
desempenho de 2014. “Esperamos no mercado livre de eletricidade do a Alemanha, o que equivaleria a uma
crescer 15% na área residencial e 5% Brasil também estão sendo vistas região do tamanho de Brasília pode-
na área industrial”, revela Neaime. como soluções. Um exemplo está ria suprir todo o consumo energético
Ele observa, no entanto, a impor- partindo da Associação Brasileira nacional. Isso porque, no país europeu, a
tância do surgimento de novas tec- dos Comercializadores de Energia taxa de insolação é de aproximadamente
nologias que prezam pela economia (Abraceel) e da germânica Deutsche 3.500 Wh/m², enquanto no Brasil essa
em um mundo que dá cada vez mais Gesellschaft für Internationale taxa varia de 4.500 a 6.000 Wh/m².

14  Indústria & Tecnologia


INDÚSTRIA
? &MANUTENÇÃO
TECNOLOGIA um equipamento, que aumenta em ordem
diretamente proporcional ao tamanho do
ambiente e ao número de pessoas que estão
presentes; neste caso equivale à refrigeração
de um ambiente de mais de 100 m²) são

Melhores práticas
responsáveis pela qualidade do ar respirado
por seus ocupantes. O Eng° Leonardo Co-
zac, da Conforto Engenharia, informa que

na limpeza de dutos
hoje as melhores práticas a serem seguidas
estão descritas na NBR 14.679 da ABNT
recém revisada. “Importante para o sucesso
do serviço, independente do tipo de insta-
lação é o conhecimento técnico da equipe,
Regras, determinações e periodicidade são para ter acesso a todo o sistema a ser limpo”,
reforça. De acordo com Cozac, o serviço
algumas das recomendações das empresas deve ser realizado por empresa detentora de
aos responsáveis pela manutenção predial Atestados de Capacidade Técnica acerva-
dos no CREA de sua região. Fundamental
possuir corpo técnico especializado a fim de
as características técnicas e garantir a integridade do sistema de climati-
operacionais de cada local. zação do edifício. Os equipamentos devem
O primeiro conjunto de re- ser checados no momento de início dos tra-
gras voltado para garantir a balhos e estar de acordo com o apresentado
qualidade do ar em ambien- na proposta técnica do prestador de serviço.
tes climatizados foi a Portaria O equipamento de coleta de pó, o aspirador
3.523/98, do Ministério da com filtragem absoluta, deve ter certificado
Saúde, que estabelece uma de teste de eficiência.
rotina de procedimentos de
limpeza em sistemas de re- Avanços
frigeração de grande porte. A A limpeza de dutos no Brasil iniciou na dé-
orientação é para que empre- cada de 90 com a importação das primeiras
sas e condomínios contra- tecnologias vindas dos EUA, eram os pri-
tem técnicos ou um estabe- meiros robôs e escovas rotativas, com a pos-
lecimento especializado para sibilidade de limpeza interna dos dutos sem
realizar limpezas periódicas. removê-los e com filmagem e gravação si-
Em outubro de 2000, a multânea. De lá para cá muita coisa se modi-
Agência Nacional de Vigi- ficou no setor. Um dos marcos históricos foi
lância Sanitária (Anvisa) pu- a morte do Ministro Sérgio Motta, em 1997,
blicou a Resolução 176/00, provocado pela Legionella, microrganismo
definindo padrões referen- altamente patogênico. Em 1998, com a
ciais de qualidade do ar inte- Portaria baixada pelo Ministro da Saúde,
rior em ambientes climatiza- começaram a demandar mais serviços e a
dos de uso público e coletivo importação maior de novas tecnologias,

A
e os procedimentos a serem como o sueco Sistema de Sondas Pneumáti-
utilizados pelas vigilâncias cas, com maior eficiência e alcance em lon-
sanitárias no que compete à gas tubulações de ar. Paralelamente iniciou-
limpeza dos dutos de ar- fiscalização da qualidade do ar. Esta análise se uma nacionalização de componentes e
condicionado em edifí- é feita com base na coleta de amostras do ar ferramentas de limpeza, como os coletores
cios comerciais deve se- absorvidas por aparelho que contenha fil- de ar (aspiradores de grande porte), robôs
guir normas específicas tros com meio de cultura, para identificar de filmagem e escovas rotativas.
para manter a qualida- os microrganismos existentes. Os filtros são Atualmente, a limpeza de dutos de ar possui
de do ar respirado pelas colocados em incubadoras e, se o laudo de- uma série de técnicas e tecnologias capazes
pessoas que frequentam terminar contagem de microrganismos aci- de efetivar o trabalho através de equipa-
esses ambientes. A correta manutenção dos ma de 750 unidades formadoras de colônia mentos nacionais, robôs menores e telas de
sistemas de climatização previne, entre ou- (UFC) – padrão estipulado pela Organiza- LCD dos equipamentos de filmagem, com
tras, a doença do legionário, uma pneumo- ção Mundial de Saúde – por metro cúbico gravação dos serviços em sistema digital e
nia atípica causada por uma bactéria que de ar, o ambiente é considerado impróprio acesso via web pelos clientes. Os cabos de
pode ser encontrada em sistemas de ar-con- para a saúde. Em janeiro de 2003, a Anvi- escovação também são maiores e mais resis-
dicionado central e torres de refrigeração de sa revisou e atualizou o documento – sob a tentes, o que acelera o processo.
água. Importante ressaltar que a limpeza de denominação de Resolução 9/03. A norma É recomendável o uso de sistema de escova-
dutos é um processo de manutenção e deve estabelece que proprietários, locatários e ad- ção mecânica através de cabos de escovação e
ser previsto pelos responsáveis técnicos pelo ministradores de imóveis climatizados por coleta de resíduos por sucção por equipamen-
PMOC – Plano de Manutenção, Operação sistemas acima de 60.000 BTU/H (unida- to dotado de filtragem absoluta. Produtos
e Controle de sistemas de ar-condicionado de térmica britânica por hora, medida uti- químicos líquidos não devem ser utilizados.
em suas instalações –, respeitando sempre lizada para definir a capacidade térmica de “O robô é uma ferramenta capaz de per-
16 ? Indústria & Tecnologia
Orientações
correr e limpar os dutos de ar-refrigerado e • Siga as regras e orientações do PMOC (Plano necessárias, tais como limpeza de dutos, mo-
também higienizá-los. Com visualização por de Manutenção, Operação e Controle de siste- dificação ou ampliação do sistema de distri-
mas de ar-condicionado em suas instalações). buição de ar, manutenções preventivas e cor-
monitor, ou tela de LCD, gravação por HD.
• Quem descumprir as normas estabelecidas na retivas e, nisto, o arquiteto é peça importante.
Essa ferramenta possui iluminação e câmera Portaria 3523/98 está sujeito a multas, que de • Hoje dispomos de tecnologias bastante avan-
com imagens de alta definição do local (in- acordo com a graduação da infração, devem çadas para limpeza de duto, inclusive sistemas
terior de duto) e o operador controla duto à variar de R$ 2.000,00 (dois mil reais) até R$ robotizados.
200.000,00 (duzentos mil reais). • Entretanto, nos sistemas bem concebidos
longa distância com controle remoto.
• As medidas contidas na Portaria aplicam-se aos e projetados, com instalação e manutenção
Também utilizamos sondas para limpeza ambientes climatizados de uso coletivo já exis- dentro das especificações, reduz-se a frequ-
de dutos de ar-condicionado, manutenção tentes e aqueles a serem construídos. ênciana utilização de tais procedimentos.
e conserto em todo tipo de máquinas para • Os controles microbiológicos periódicos da • A filtragem do ar é um item fundamental. A
rede de dutos e do ar circulante são necessários instalação de filtros corretos e de maneira ade-
limpeza de dutos”, aponta Renne Marszo-
segundo a Portaria. quada pode garantir a consistência do sistema
lek Bueno, da área de Refrigeração e Clima- • Os sistemas devem ser concebidos de maneira e minimizar as interrupções para troca deste
tização da A&M Engenharia. a permitir o acesso fácil para as intervenções ou para limpeza dos dutos.
Para Daniel Gamez, da SuperSAN, o sis- Fonte: Portaria 3523/98 – Anvisa
tema de escovação desenvolvido pela Tech
Cleaner garante uma limpeza interna do
duto mais rápida e funcional, com o grau Além dessas recomendações, é importan- ção microbiológica dos sistemas. “Somente
de dureza das escovas específico para o tipo te lembrar que a empresa prestadora deve estas providências não podem garantir a
de sujidade encontrada. possuir corpo técnico especializado com boa qualidade do ar de interiores.
Os produtos recomendados pela Anvisa devido registro no CREA de sua região, a Infelizmente muitos administradores e
são os biodegradáveis. Portanto, não deve fim de garantir a integridade do sistema de responsáveis por manutenção consideram
ser utilizado nenhum produto úmido para climatização do edifício. os valores destas análises como único pa-
estes serviços no interior das redes de dutos “Os equipamentos devem ser checados no râmetro para definição da qualidade do ar
e quaisquer materiais indicados como sani- momento de início dos trabalhos e estar de de interiores e possíveis providências para
tizantes para redes de dutos que funcionam acordo com o apresentado na proposta téc- realização de limpeza e higienização dos sis-
somente como mascaradores de limpeza e nica do prestador de serviço”, reforça Ga- temas climatizados”, comenta Botana.
higienização por curtos períodos de tempo. mez, da SuperSAN. Contaminação por sujeira de poeiras e ma-
Deve-se salientar que, com exceção de pro- Para Adriano Brito, diretor Industrial da terial fuliginoso sempre se depositam no in-
dutos detergentes para limpeza das unida- ARCODUTO, outra recomendação é que a terior das redes de dutos.
des condicionadoras (serpentinas, bandejas, análise da qualidade do ar é algo que avan- Estas não são acusadas nas análises micro-
rotores e volutas), grelhas e difusores, não çou em sua periodicidade e precisa até em biológicas de qualidade do ar de interiores,
existe nenhum produto grandes ambientes constar mas sua presença é prejudicial à saúde de
devidamente licenciado dos contratos de manuten- pessoas com maior sensibilidade.
e registrado pela Anvisa Quem ção com relatórios trimes- “Por esta razão, os administradores e mante-
– MS para a finalidade trais, semestrais, anuais nedores de prédios e empresas devem, pelo
de limpeza e higienização descumprir dependendo de cada caso menos anualmente, fazer verificação visual
ou sanitização de redes
de dutos.
as normas e esta deve ser o ponto de-
finitivo de fazer ou não a
das condições de seus sistemas de redes de
dutos. Além disso, a aplicação do teste de
“Em qualquer edificação estabelecidas na limpeza dos dutos, até por sujidade de acordo com a NBR-15.848 per-
mite um acompanhamento mais adequado
deve ser feita inspeção
anual para verificação do
Portaria 3523/98 que a grande maioria estão
sob forros. e correto das condições das redes de dutos
nível de sujidade, con- está sujeito Segundo Brito, existem e, consequentemente, da qualidade do ar de
forme preconiza a NBR muitos projetos de dutos interiores”, diz Botana.
15.848 da ABNT que a multas, que que possuem isolamentos “Atualmente, o Brasil detém uma boa tec-
define a necessidade de
limpeza de dutos, visual-
de acordo com internos e estes merecem
um pouco mais de aten-
nologia. Contudo, ainda não é realizado
nem 5% da limpeza adequada nas insta-
mente ou através de análi- a graduação ção. “Na ARCODUTO lações de dutos e ares-condicionados exis-
tentes. Fato este que mostra a necessidade
se laboratorial de material
particulado. Em municí-
da infração, desenvolvemos inclusi-
ve adesivos especiais para de atualização das legislações, com mais
pios com legislação especi- devem variar evitar o descolamento dos técnica e a fiscalização por parte da Anvisa
ficada, como Rio de Janei- isolantes devido à grande ser mais ampla e intensificada”, comenta o
ro e Santos, por exemplo, de R$ 2.000,00 procura por dutos espirais Eng° Rodrigo Lopes Cardim, sócio-diretor
é obrigatória a limpeza dos
dutos anualmente. O tipo
até R$ 200.000,00 com isolamento interno, e
nestes casos os produtos a
da Sondar Serviços e Sistemas Ltda.
“Acredito que deveríamos ter uma fiscaliza-
de limpeza está previsto na serem utilizados devem es- ção mais ampla dos órgãos públicos. Sem
NBR 14.679 da ABNT”, explica Cozac. tar preparados a não danificar este isolamen- isso, quem sofre com as más condições de
“O responsável pela manutenção predial deve to, não temos histórico de limpeza de dutos manutenção são os ocupantes desses am-
ficar atento à correta aplicação do PMOC isolados internamente”, comenta. bientes. Além disso, devem ser efetuadas
(Plano de Manutenção Operação e Contro- parcerias em outros setores com a participa-
le) para os equipamentos e sistemas de ar- Além da amostragem ção em feiras e eventos para divulgar a lei e
condicionado. O PMOC deve ser aplicado Os administradores e a manutenção predial os perigos a que os usuários ficam expostos”,
de acordo com a NBR 13.971 da ABNT e realizam anualmente as coletas de amostras analisa Bueno, da A&M Engenharia.
também a RE-09 da Anvisa”, observa o Eng° para análises de qualidade do ar de interio-
Guilherme Francisco Botana, responsável res de acordo com a RE-09 da Anvisa. Estas fonte:
Extraído da revista Abrava
técnico da Ductbusters Engenharia Ltda. análises verificam a condição de contamina-
Indústria & Tecnologia ? 17
? CASE IndúsTrIa E ComérCIo dE EvaporadorEs rEfrIo LTda.

Economia de água
pequena quantidade externa de água, que
evapora, resfria o ar que, por sua vez, vai
resfriar o fluido dentro do tubo.

acima de tudo!
Ele acrescenta que nos sistemas convencio-
nais, como a torres à água, o resfriamento
ocorre fazendo-se uma grande quantidade
do fluido do próprio processo se evaporar, e
Dry Cooler Refrio revoluciona os processos de é exatamente aí que acontece muito desper-
dício de água.
resfriamento gerando uma economia de até Além disso, com esta evaporação que ocor-
re nas torres convencionais, o fluido do
100% no consumo de água em comparação processo concentra sais minerais como os
com as torres convencionais

U
carbonatos de cálcio e magnésio respon-
sáveis pela incrustação do sistema. Trata-
m dos caminhos para se ler cujo resfriamento ocorre pelo ar com o mento químico e gastos com manutenção
alcançar economia de mínimo de evaporação e arraste de água”, são necessários, além das inevitáveis perdas
água é evitar o seu des- explica Paulo Afonso, gerente da Refrio, de eficiência do sistema. No caso dos Dry
perdício. Atualmente, empresa responsável pelo desenvolvimento Coolers Refrio,
no Brasil, poucas tec- e fabricação.
nologias se preocupam “Há casos de instalações como shoppings
com essa premissa, que centers, frigoríficose indústrias em
é uma necessidade consolidada em países geral, onde o consumo de água
da Europa, por exemplo, onde usar a água com o resfriamento pode chegar
eficientemente está na ordem do dia. Uma a 500.000 litros por dia. Enquan-
forma revolucionária de cessar as perdas des- to temos registros de empresas que
se líquido vital e indispensável está na utiliza- usam o Dry Cooler onde a economia
ção do DryCooler. O equipamento possibi- pode até ultrapassar 95%, chegando a
lita a substituição da Torre de Resfriamento 100%”, relata Afonso.
convencional tradicionalmente utilizada em Segundo ele, a tecnologia tem como
sistemas de resfriamento nas indústrias, sho- princípio a aspersão e evaporação de pe-
ppings, entre outros estabelecimentos. queno fluxo de água que reduz a tem-
“O Dry Cooler é revolucionário por sua ca- peratura do ar que passa pelo núcleo
pacidade de economizar até 100% da água aletado.A técnica se baseia no efeito
consumida no processo de resfriamento. adiabático da evaporação da água sobre
Essa capacidade de superar desperdícios o ar, resfriando as aletas e tubos por onde
vem da tecnologia utilizada no Dry Coo- passa o fluido do processo. Ou seja, uma

RecupeRação de caloR
Para realizar a re-
cuperação e dis-
tribuição de calor
residual, a Kuttner
desenvolve o sis-
tema denominado
de Ecoflow que
distribui o calor
recuperado para
diversos consumidores. O calor pode ser trans-
mitido por longas distâncias com o mínimo de
perda. Os elementos de trocadores de calor são
modulares, de maneira que permite a implanta-
ção do sistema com espaço limitado mesmo em
plantas existentes, a redução do investimento e
a diminuição dos custos com a manutenção. Em
aplicações de recuperação de calor, o sistema
pode ser utilizado nos fornos, secadores, nas
caldeiras, termoelétricas, plantas de cogeração
de energia etc. e, em aplicações de remoção
de calor, nas torres de refrigeração, plantas de
resfriamento, nos sistemas resfriadores etc.
KÜTTNER Brasil Equipamentos Siderúrgicos Ltda.
Tel.: (31) 3399-7200. Site: www.kuttner.com.br

18 ? Indústria & Tecnologia


a demanda de capacidade necessária, sem condicionado. Graças ao seu formato em V
APLICAÇÃO variadores de frequência ou tensão. Esta- as dimensões são otimizadas para facilidade
NA bilidade da temperatura do fluido de arre- de movimentação e compactação de ins-
INDÚSTRIA fecimento do sistema, menor consumo de talações. O VCR é destinado a instalações
• Setor de
plástico energia e baixo nível de ruído facilitando as menores, enquanto o VCC, por sua vez, é
• Setor ali
mentício instalações na área urbana, são outros dife- voltado às de grande porte podendo chegar à
• Setor de
bebidas renciais do equipamento”, observa Afonso. capacidade de780.000 kcal/h de dissipação
• Setor su
croalcoole “As séries VCR-W e VCC-W foram especifi-
• Setor de iro de calor em um único equipamento.Mas sua
papel e ce
• Setor Q lulose camente desenvolvidas para atender a todas característica modular atende à toda gama
uímico e P
• Indústria e troquímic as aplicações de refrigeração industrial e ar denecessidades”, relata Afonso.
Metal Me o
Geral cânica em

CARACTERÍSTICAS PRINCIPAIS

1 6
a água do processo fica confinada em um
sistema fechado, o que assegura a manuten- ÁREAS DE INSTALAÇÃO TEMPERATURA
ção de suas características no ponto ótimo
o tempo todo.
E CAPACIDADES DO FLUIDO
Desde 1,4 x 1,4 m – 52.000 Kcal/h
Estudos e verificações também evidenciam a 2,2 x 8,3 m – 780.000 Kcal/h DE ARREFECIMENTO

2
que nas torres de resfriamento convencio- (ENTRADA/SAÍDA)
nais há a possibilidade de desenvolvimen- 40/35 °C
CONDIÇÕES

7
to da legionela, um protozoário que pode
causar pneumonia em seres humanos. A
DE REFERÊNCIA:
água à temperatura de 30 a 35°C em am-
Temperatura de bulbo úmido 24°C MATERIAIS

3
biente aberto permite esta proliferação, o
que não ocorre nos Dry Coolers, pois a CONSTRUTIVOS
• Tubos de cobre ou inox e aletas
circulação está em um sistema completa- FLUIDO de alumínio
mente fechado. Água 100% • Carenagem construída
“Outra característica está no fato doDry completamente em chapa de

4
alumínio naval, com máxima
Cooler ser muito mais leve que a torre resistência à corrosão.

8
convencional, podendo compartilhar áreas
como telhados, por exemplo, enquanto a ALTITUDE
750 metros
torre necessita de áreas exclusivas e infra- CAPACIDADE

5
estrutura em alvenaria”, descreve Marcos DE ECONOMIA
Burin, diretor comercial da Refrio.
Uma vantagem do equipamento está no MOTOVENTILADORES DE ÁGUA
De 95% a 100% em comparação
tipo de ventilador utilizado. “Hélices de Com Alto rendimento do tipo EC,
a uma Torre de resfriamento
trifásicos com alimentação
alta performance e motores EC (Eletroni- 220V/380V ou 440V (50 / 60Hz),
convencional
camente Comutados), permitem a variação classificação “F” IP54.
da velocidade de rotação de acordo com www.refrio.com.br

NOTAS TÉCNICAS Ventilação, Refrigeração, Exaustão e Aquecimento


LIMPEZA INDUSTRIAL, MANUTENÇÃO E RETUBAGEM SISTEMA DE REFRIGERAÇÃO
A Tecnofink utiliza tecnologia avançada para realizar a lim- A Mayekawa de-
peza industrial, manutenção e retubagem em tubos de tro- senvolve a uni-
cadores de calor, condensadores, caldeiras, resfriadores dade satélite,
etc. Para a execução da limpeza, a Tecnofink usa o pro- USAT, um siste-
cesso mecânico rotativo, auxiliado por vários tipos de fer- ma de refrigera-
ramentas, de modo que o trabalho termine com economia ção compacto,
de água, mobilização rápida e melhora na logística da parada, além de oferecer garantia qualificada mas completo e
para ensaios IRIS e correntes parasitas. A empresa tem tecnologia e ferramental necessários para com tecnologia
limpeza leve, média e pesada, mesmo que os tubos estejam obstruídos por completo. O serviço avançada, com gabinete resistente capaz de su-
pode ser realizado em tubos retos, curvos, feixes em U, na vertical, horizontal, no entanto, o diâmetro portar severas condições de intempéries, além
precisa ter medida a partir de 1/4”. TECNOFINK Ltda. Tel.: (31) 2112-4000. Site: www. tecnofink.com de conter isolamento termoacústico. Oferece a
possibilidade de substituir a sala de máquinas
convencional de alvenaria e de ter a facilidade da
TERMOCHILLER transferência a lugares onde houver mais neces-
Uma solução para resfriamento e aquecimento controlados, de- sidade. A unidade é desenvolvida com estruturas
nominada termochiller, é composta por um sistema completo de metálicas, com pintura de fundo e com acaba-
refrigeração realizado por ciclo frigorífico e de aquecimento exe- mento prime e o gabinete de aço carbono com
cutado por resistências elétricas em conjunto com bombas e tu- pintura eletrostática. É equipada com compres-
bulações instalados no mesmo gabinete. O termochiller oferece sores parafuso ou outras opções, com acessó-
água ou solução refrigerada a temperatura controlada de 5 a 90 ºC. A empresa oferece diversos rios de sistema de refrigeração, como vasos de
modelos, desde os que têm capacidade de refrigeração de 15.000 kcal/h aos de 60.000 kcal/h e com pressão, trocadores, válvulas de bloqueio e con-
potência de aquecimento de 6 kW e outros com 25 kW. Pode ser aplicada em sistema de flexografia, trole, bombas, painéis elétricos e interface IHM.
processamento de plástico etc. ABC TRANSCALOR Refrigeração Ltda. MAYEKAWA do Brasil Equipamentos Indls. Ltda.
Tel.: (11) 4351-4089. Site: www.transcalor.com.br Tel.: (11) 4654-8000. Site: www.mayekawa.com.br

Indústria & Tecnologia  19


INDÚSTRIA
? & TECNOLOGIA MuLTI-WING DO BRASIL IND. E COM. DE HéLICES E VENT. AxIAIS LTDA.

Drible na pressão
Ventilador da Multi-Wing tem grande
resistência à pressão e ganha em eficiência
energética

U
ma hélice capaz de su- 37º e 43º. Com uma profundidade axial
portar pressões mais estreita, de 3,5 a 5 centímetros, o MX-
altas do que os siste- FLO foi projetado para espaços limitados
mas convencionais está que normalmente se encontra em com-
sendo apresentada pela partimentos de motores.
Multi-Wing. A empre- Seu design se destaca por ser de um per-
sa desenvolveu o MX- fil modular, permitindo 12 diferentes ân-
FLO, ventilador projetado para conferir gulos de inclinação coincidindo com os
refrigeração em motores. diferentes pontos de trabalho na curva
“A grande vantagem do MXFLO está na característica da hélice. “Ou seja, em di-
sua capacidade de oferecer 50% a mais de ferentes pontos de pressão e fluxo. Com
pressão e 50% mais de eficiência energética. vários ângulos de inclinação, é possível
“O fluxo de ar combinado axial combinado alcançar mais fluxo e pressão com um
com o fluxo de ar radial resfria o motor, re- mesmo perfil de pá”, explica Suzan.
duzindo a turbulência e aumentando a efi- Construído para atender os requisitos de
ciência”, explica Suzan Lach, coordenadora emissão rigorosos do Tier 4 e Fase III B
administrativa da Multi-Wing. – normas europeias para motores não ro-
Concebido em lâminas de poliamida re- doviários - a MXFLO oferece seu desem-
forçadas com fibra de vidro, o MXFlO penho máximo nas condições mais difí-
pode ser configurado para seis ou nove lâ- ceis. Projetado para poder receber garras,
minas e está disponível em uma variedade o ventilador tem uma faixa de diâmetro
de ângulos de pitch: 22º, 26º, 30º, 33º, disponível dos 550 a 735 milímetros.

NOTAS TÉCNICAS Ventilação, Refrigeração, Exaustão e Aquecimento


Drycooler cortina De ar
Com o objetivo de atender às necessidades das indústrias que preci- O modelo industrial de cor-
sam de água industrial limpa, mas sem a necessidade de tratamento tina de ar da CSV
constante, a Mecalor concebe e projeta o drycooler modular. Ele possui motor tri-
opera em circuito fechado com água, consegue manter a uma fásico e produz
temperatura constante de 30 a 35 ºC, com consumo de água re- índice de ruído
duzido, mas com um nível elevado na eficiência energética. A entre 64 dB a 82
empresa dispõe de diversos modelos, desde os que oferecem dB. É fabricada em chapas de aço galvani-
120 kW aos que têm 1.200 kW de capacidade nominal. MECALOR Soluções Em Engenharia. zado e escamada com pintura eletrostática a
Tel.: (11) 2188-1700. Site: www.mecalor.com.br pó para oferecer mais resistência à corrosão.
Pode ser fabricada também em aço inox e
com ar ionizado. A cortina é utilizada com o
SiStema De reSfriamento De água inDuStrial objetivo de isolar dois ambientes diferentes,
A Apema oferece tecnologia de ponta no sistema de resfriamento de como um ambiente aquecido, refrigerado ou o
água industrial e de fluidos, aplicada no sistema hydro-cooler® que que impede que partículas, gases ou insertos
não utiliza o resfriador evaporativo, porém oferece qualidade, produti- ultrapassem de um ambiente ao outro livre de
vidade e eficiência. O hydro-cooler® opera com baixo consumo anual barreiras, visual ou física, de forma que permi-
de água. Quando operado adequadamente, ele dispensa a troca da ta o tráfego de pessoas ou empilhadeiras sem
água em circulação. Devido ao gerenciamento operacional dos ventiladores, exercido pelo touch-con- nenhum impedimento. Ela cria uma barreira
trol®, proporciona economia de energia elétrica. Com a torre evaporativa, em substituição ao processo de ar laminar e constante, gerado pelo rotor
tradicional de resfriamento da água industrial, a precipitação é eliminada e, consequentemente, a in- tangencial de alumínio que evita a formação
crustação interna das tubulações. O sistema reduz a necessidade de manutenção dos trocadores de de turbulências na saída do ar, ocasionando o
calor, não requer tratamento químico da água, oferece estabilização das características físico-químicas isolamento entre ambientes.
dos fluidos em circulação, evita a contaminação do fluido por algas, bactérias e fungos etc. CSV Refrigeração Industrial Ltda.
APEMA Equipamentos Industriais. Tel.: (11) 4128-2184. Site: www.apema.com.br Tel.: (11) 4163-6366. Site: www. csvrefri.com.br

20 ? Indústria & Tecnologia


NOTAS TÉCNICAS

VENTILADORES CENTRÍFUGOS
Projetados para operar
silenciosamente e com
CARACTERÍSTICAS rendimento de até 90%,
ventiladores da linha
PRINCIPAIS RF possuem rotores de
pás em perfil aerofólio

1
voltados para trás. São
equipamentos utilizados
DIÂMETRO em muitas aplicações em
550 a 755 mm que se deseja obter economia de energia,
Profundidade Axial como em sistemas de ventilação, exaustão e
3,5 a 5 cm ar-condicionado, equipamentos de secagem
e armazenagem de grãos etc. Eles podem

2
trabalhar tanto com ar quanto com gases lim-
pos; atingem vazões de 1.000 m3/h a 600.000
ÂNGULOS DE m3/h e pressões estáticas de 20 mmca a 450
mmca; oferecem níveis de velocidade de vi-
AFASTAMENTO bração inferiores a 6 mm/s durante o funcio-
22º, 26º, 30º, 33º, 37º & 40º namento. A carcaça é construída em chapa
de aço reforçada com perfis para oferecer

3
mais rigidez ao conjunto. Rotores são constru-
ídos com ø 315 mm a ø 2.000 mm em chapa
de aço pintada com primer alquídica óxido de
MATERIAL ferro etc. OTAM Ventiladores Industriais Ltda.
Poliamida reforçada com fibra de vidro Tel.: (51) 3349-6300. Site: www.otam.com.br

MANTA ISOLANTE TÉRMICO

4
Indicada para
efetuar o iso-
TEMPERATURAS lamento térmi-
co de dutos de
SUPORTADAS maior área interna ou diâmetro maior, trechos
APLICAÇÃO -40C a +120C de geometria complexa, tanques entre ou-
NA tros tipos, a manta tubex AC utiliza espuma
INDÚSTRIA de poliolefina elastomérica. Em dutos de ar-
condicionado, ela pode ser instalada tanto no
• Indústria lado interno quanto no externo. Na aplicação
de tratore
• Indústria s interna, pode ser utilizada, por exemplo, para
de gerado
• Indústria res o isolamento do trecho de casa de máquinas
de máquin
• Indústria as ou de piso elevado, sujeito à manutenção
de motore
radiadore s e de constante e à operação com escadas. Pode
s
ser usada também para o isolamento acústi-
co no trecho de saída do insuflador. A manta
possui superfície lisa, higiênica e inerte. Não
propicia a proliferação de microorganismos,
http://br.multi-wing.com como fungos e bactérias.
EPEX Indústria e Comércio de Plásticos Ltda.
Tel.: (47) 3331-1300. Site: www.epexind.com.br

CHILLERS COM COMPRESSOR CENTRÍFUGO


A Tosi possui chillers com compressor centrífugo de mancais mag-
néticos, compostos por VFD, acionador de frequência variável, em-
butido como padrão; motor com ímã permanente de tamanho e peso
reduzidos; computador que controla, monitora e diagnostica; com-
pressor centrífugo hermético de dois estágios, com acionamento di-
reto; rolamentos magnéticos sem óleo que operam silenciosamente.
A empresa dispõe de vários modelos de chillers de condensação
a água que oferece desde 90 t e outros com 1.200 t de capacidade. Chillers de condensação a
ar têm modelos com capacidade para 80 t e outros com 330 t. De acordo com a empresa, para
cada kW/h evitado, há redução de 1,30 lbs de emissão de CO2. Portanto, os chillers fornecidos
pela Tosi com tecnologia turbocor têm reduzido emissões de CO2 acima de 1M t/ano.
TOSI Indústria e Comércio Ltda. Tel.: (11) 4529-8900. Site: www.industriastosi.com.br

ISOLAMENTO TÉRMICO
Com o isolamento térmico da Delker, é possível aumentar o
conforto ambiental, reduzir em até 87,4% do calor produzido
pela cobertura, reduzir o investimento em equipamentos de
ar-condicionado e diminuir os gastos de operação e manu-
tenção. É feito com EPS (isopor) de 50 mm de espessura que
produz uma barreira contra a entrada de calor, produzido nas
telhas W de concreto do estabelecimento.
DELKER Plásticos Técnicos Ltda.
Tel.: (11) 4023-1078. Site: www.delker.com.br

Indústria & Tecnologia  21


INDÚSTRIA
 & TECNOLOGIA EMPRESA BRASILEIRA DE COMPRESSORES S/A

Menos energia e ver um resfriamento mais rápido e um


melhor controle da temperatura no in-

mais controle na
terior do refrigerador, o que garante a
segurança dos alimentos e uma conser-
vação mais eficiente, a tecnologia Full
Motion também produz baixo ruído,

refrigeração
o que é um grande diferencial neste

NA
APLICAÇÃO
Tecnologia Full Motion, da Embraco, INDÚSTRIA
com velocidade variável, reduz

O
ercados
em até 40% o gasto com energia • Superm
• Lojas de
conveniên
cia
rados
res refrige
• Exposito
s
sistema Fullmo- A tecnologia Full Motion tem como • Padaria e porte
s ta b e le c imentos d
tion é o apelo da princípio a rotação. “Assim que atinge • E
e médio
Embraco em ter- determinada tem- pequeno

mos de economia peratura, a rotação


de energia em baixa, tendo o con-
compressores. A trole da refrigeração
empresa aprimo- e do compressor.
rou a tecnologia que está capacitada a re- Isso acontece por-
duzir o consumo de energia em 40% em que esta tecnologia
relação aos equipamentos convencionais. permite que o refri-
“Concebemos compressores com velocida- gerador - comercial
de variável, que consomem menos energia ou residencial –
elétrica, pois eles têm capacidade de adap- “perceba” automati-
tação ao sistema, enfim, só consumindo o camente a demanda
que se necessita. Já o sistema convencional do sistema, funcio-
ainda usa sistema de velocidade constan- nando de acordo
te, portanto, não têm eficiência energética com as necessidades
por não ser capaz de reduzir a temperatura do consumidor”, ex-
rapidamente”, afirma Márcio Schissati, di- plica Schissati.
retor de Marketing da Embraco. Além de promo-

NOTAS TÉCNICAS Manutenção

CLIMATIZADORES EVAPORATIVOS COMPRESSOR RADIAL DUPLO


Para atender Dentre os diversos modelos de equipamentos, a Ibram possui o
à crescente compressor radial duplo, projetado com carcaça de alumínio; mo-
demanda da tor trifásico com quatro tensões e classificado como IP-55; isola-
linha de cli- mento classe F; filtro e supressor de ruído etc. O modelo CR-20,
matizadores por exemplo, oferece, em 60 Hz, 11 m3/h de capacidade máxima
evaporativos, a Rotoplast lança modelos de de vazão; 7.000 de pressão máxima; nível de ruído de 95 dB a um me-
uso industrial, comercial e residencial. São to- tro de distância da entrada de ar com o ventilador em plena carga etc.
dos fabricados com matéria-prima reutilizável, IBRAM Indústria Brasileira de Máquinas Ltda.
de acordo com as normas do meio ambiente, Tel.: (11) 2919-3966. Site: www.ibram.ind.br
portanto, são produtos ecologicamente cor-
retos. A empresa dispõe de aparelhos com
variadas dimensões e com capacidade de FORNO DE CALIBRAÇÃO A SECO
vazão desde 7.000 m3/h a modelos com até O Salvdry 1200 é um calibrador de banho térmico seco, desenvolvi-
45.000 m3/h. Além desses, dispõe de unida- do com a finalidade de realizar calibrações de termopares, sondas
des portáteis desde 50 m3/h a modelos com e termômetros até 1.200 ºC. O aparelho oferece estabilização
até 18.000 m3/h de capacidade de vazão. A e precisão, de forma que isola perfeitamente a temperatura
Rotoplast oferece também central evaporativa do poço. É um instrumento de uso tanto em laboratórios quan-
com capacidade de vazão de 150.000 m3/h, to em campo. Dentre as características técnicas, ele dispõe do
dimensões externas de 2.300 mm de altura x bloco tipo A com um furo de ø 6 mm, três furos com ø 8 mm e 120
2.970 mm de largura e de 2.970 mm de pro- mm de profundidade; opera na faixa de temperatura entre 150 a
fundidade; com opções de saídas dos dutos 1.200 ºC; resolução de 1 ºC; potência de 2.300 W etc.
para cima ou lateral etc. SALVI CASAGRANDE Medições e Automatização Ltda.
ROTOPLAST Indústria de Climatizadores Ltda. Tel.: (11) 3806-6885. Site: www.salvicasagrande.com.br
Tel.: (49) 3664.8300. Site: www.rotoplast.com.br

22  Indústria & Tecnologia


INdÚsTrIa & TECNoloGIa

mercado. “É possível reduzir até 2 de-


cibéis o ruído que vem do refrigera-
dor, o que faz uma grande diferença
para quem escuta”, atesta João Schrei-
ner, gerente de tecnologia e inovação.
Outra vantagem está na ampla faixa de
tensão alcançada pela tecnologia Full
Motion que garante o funcionamento
do equipamento mesmo com flutuação
de tensão.

CARACTERÍSTICAS
PRINCIPAIS

1 CapaCidade
35 - 4400 btu

2 efiCiênCia
4,31 - 6,75 btu / w.h

3 Rotação
1200 - 4500 rpm

4 Gases
RefRiGeRantes
R134a / R600a / R404A / R290 /
R1234YF

* Condição de teste: Ashrae LBP32

www.embraco.com

LubRifiCantes paRa sistemas


de RefRiGeRação
Formulados com a consciência
ambiental para sistemas de
refrigeração, os lubrificantes
da Cosan operam com a má-
xima produtividade, mas não
provocam danos na camada
de ozônio por não utilizarem o
cloro. São produtos que ajudam a proporcionar
mais limpeza do evaporador, maior duração do
óleo, oferece menor tempo de interrupções não
programadas e redução dos custos de manu-
tenção etc. Os óleos de refrigeração são de-
senvolvidos a partir de óleos básicos de poliol
éster e possuem um sistema de aditivos que
oferece, além de lubrificação, proteção contra
o desgaste, estabilidade química, térmica e
hidrolítica. Podem ser misturados com fluidos
refrigerantes HFC e oferecem uma relação de
viscosidade/temperatura/pressão bastante de-
finida com os HFC mais utilizados.
COSAN Combustíveis e Lubrificantes S/A
Tel.: (21) 3433-2000. Site: www.cosan.com.br

Indústria & Tecnologia ? 23


INDÚSTRIA
 & TECNOLOGIA BELIMO BRASIL - COMÉRCIO DE AUTOMAÇÃO LTDA.

Troca de ar exata APLICAÇÃO


NA
Zip Economizer, da Belimo, consegue equilibrar INDÚSTRIA
o volume de ar entre ambiente e pode gerar uma • Galpões
industriais

U
• Superm
ercados
economia de até 60% de energia • Cinema
s

m economizador
de ar capacitado

Foto: Divulgação
a fazer a relação
correta entre o vo-
lume de ar exterior
e o ar de retorno
para equilibrar
a qualidade de ar do ambiente interno é
aposta da Belimo para o mercado brasilei-
ro. A empresa está lançando o Zip Econo-
mizer, equipamento que preza a economia
de energia acima garantindo a qualidade
do ar de estabelecimentos.
O Zip Economizer foi projetado para
obter economia com ar-condicionado e
reduzir custos operacionais. Os economi-
zadores de ar também preenchem outro
importante requisito para edifícios ao pro-
porcionar a relação correta entre ar exte-
rior e o ar de retorno para entregar a quali-
dade de ar interior adequada, que atende a suficiente para entrar no
legislação, e não ultrapasse o nível de CO² ambiente. “Por exemplo,
do ambiente condicionado. quando a concentração de CO² começa a
Para realizar o processo economizador, o aumentar dentro da sala, o damper abre na exemplo, em que se a
Zip Economizer conta com um damper. proporção ideal e captura o ar externo até temperatura do ambiente externo for 32oC
Esse damper modula automaticamente atingir a quantidade considerada adequada e o setpoint estiver para 24oC no ambien-
conseguindo calcular a quantidade de ar para o controle do ambiente. Há casos, por te, o Zip Economizer vai introduzir ape-

NOTAS TÉCNICAS Ventilação, Refrigeração, Exaustão e Aquecimento


CHILLER VENTILADORES HELICOIDAIS
É um equipa- Os Silent 100 design, da Otam, são ventiladores helicoidais, projetados na ver-
mento pro- são standard e silver. Possuem nível sonoro de 26,5 dB(A), consumo de 8 W
jetado para de potência e IP 45. Há versões com temporizador eletrônico (CRZ) ou com
realizar o res- higrostato regulável. Possuem obturador antirretorno, luz piloto, rolamentos de
friamento de água ou uma solução realizada esferas, tensão de 230 V/50 Hz, caudal com descarga livre de 85 m3/h etc.
por ciclo frigorífico, composta por compo- OTAM Ventiladores Industriais Ltda.
nentes para executar a troca de calor e a Tel.: (51) 3349-6300. Site: www.otam.com.br
movimentação dos fluidos. Permite o con-
trole da temperatura no processo. Pode ser
instalado no interior de um gabinete metáli- INSUFLADOR DE AR FRIO
co. O fluido resfriado pode ser direcionado Com o objetivo de complementar ou substituir entra-
para pontos diferentes. Um controlador com das de ar naturais deficientes, o insuflador de ar frio
display IHM, interface homem máquina, per- externo, acompanhado de filtro, pode ser instalado
mite a comunicação visual com o usuário. em situações em que o processo industrial requer,
Ele emite dados operacionais, capacidade por exemplo, ambiente interno livre de moscas, per-
e alarmes de funcionamento pleno ou fa- nilongos, bichos e luz, cinzas da queimada de cana,
lhas. O equipamento é utilizado nos seg- poeira grossa etc. Pode também ser construído com
mentos de processamento de plásticos, em geometrias especiais em áreas com espaço restrito. É
equipamentos hospitalares, na indústria me- um equipamento silencioso devido à baixa rotação da
talmecânica, em sistema de climatização, hélice e com ausência de vibrações. Oferece vida útil
na indústria alimentícia, química, farmacêu- longa, com pouca manutenção e baixo consumo de
tica etc. energia elétrica. Opera em 220 V/380 V e proporciona 1 hp de potência, rotação de 180/365 rpm e
ABC TRANSCALOR Refrigeração Ltda. 31.500 m3/h de vazão. DELKER Plásticos Técnicos Ltda.
Tel.: (11) 4351-4089. Site: www.transcalor.com.br Tel.: (11) 4023-1078. Site: www.delker.com.br

24  Indústria & Tecnologia


NOTAS TÉCNICAS

CARACTERÍSTICAS PRINCIPAIS

1 5
chiller
tela de lcd tecnologia de código A série S Cen-
TraVac possui
Fácil leitura Zip patenteada compressor de

2
Com a simples digitação de seu transmissão direta que
Código de Endereçamento Postal (ZIP),o utiliza um design de impulsor de
sistema reconhecerá automaticamente a zona fluxo misto com velocidade otimiza-
plug and play climática e definirá a alteração correta de limite da; motor magnético permanente; unidade
Grande capacidade de superior sobre a temperatura, proporcionando de terceira geração AFD3, adaptive frequen-
autoconfiguração conformidade automática. cyTM. Com essa fusão de tecnologias e inte-

3 6
grada num só equipamento, obtêm-se, como
resultado, um chiller com baixo nível de ruído.
testes de aceitação inFormações A série S utiliza a tecnologia AdaptiSpeed que
aumenta o desempenho em carga parcial e
Sequência de teste integrado
onboard que garante a conformidade onBoard total; minimiza a infraestrutura elétrica neces-
Primeiro e único controle economizador a sária; reduz o impacto de cargas baseadas
sem esforço com o California Title 24 e verifi
integrar ajuda onboard para configuração na demanda e preços em tempo real durante
cação de funcionamento adequado.
ou resolução de problemas. os períodos de pico; reduz as cargas elétricas

4 7
de consumo geral etc. INGERSOLL RAND do
Brasil Ltda. Tel.: (11) 2109-8900
Site: www.ingersollrand.com.br
detecção e diagnós- projeto modular
Design flexível capaz de adicionar
tico de Falhas (Fdd) comunicação remota e ou estratégias caixa de passagem para split
Resolve problemas de falhas, inicia alarmes e de economia de energia na mesma Dentre os diversos
reconfigura para uma melhor operação. intervenção. tipos de caixa de
passagem para split
nas o ar externo necessário para manter o a 40% de energia”, exemplifica Medea. Hi-wall, a Polar dis-
ponibiliza os mode-
nível adequado de CO² , fazendo com que Atualmente, o grande desafio está no ajus-
los indicados para
o equipamento de refrigeração da empre- te dos controles para corresponder aos instalação acima
sa trabalhe menos ”, explica Leandro Me- perfis climáticos específicos e requisitos da de portas e janelas,
dea, engenheiro de aplicações da Belimo. legislação de diferentes regiões. O Zip Eco- com opção de ter o dreno utilizado na po-
sição horizontal ou na posição horizontal à
Capacitado também a fazer a análise en- nomizer torna essa tarefa mais fácil. “Nós direita predefinido em projeto ou na posição
talpia (avaliação da quantidade de energia já incorporamos todos os dados relevantes vertical para paredes de blocos com 39 cm
em uma reação), o Zip Economizer pode de zona climática e de código de energia. de comprimento. Há também os direciona-
dos para instalação acima de portas e jane-
gerar economia de até 60% no estabele- O cliente só precisa apenas digitar o seu
las com dreno horizontal à esquerda predefi-
cimento. “Temos um cliente, uma rede código de endereçamento postal, que, au- nido em projeto e modelos com dreno único
de cinema, que obteve esse percentual tomaticamente, maximiza a economia de vertical, mas para instalação no meio da pa-
de economia ao aderir à tecnologia. Mas energia para sua localização geográfi ca rede. Além desses, a empresa oferece caixa
de passagem com dreno vertical à esquer-
em um cenário mais conservador, pode- para configurar automaticamente a opera- da, porém para ser utilizada em paredes com
mos garantir uma economia entre 30% ção do economizador”, diz Silva. blocos de 29 cm de comprimento. A polar
possui também com dreno único vertical que
permite regular a altura da tubulação, mas
www.belimo.com.br sem a necessidade de quebrar a parede.
POLAR Indústria de Plásticos
Tel.: (47) 3434-5119. Site: www.polar.com.br

BomBa de vácuo compressores semi-herméticos


Indicada para gran- A série Ecoline é o re-
des equipamentos sultado do desenvolvi-
de engenharia, re- mento dos compresso-
frigeração e outras res semi-herméticos da
aplicações de vá- Bitzer. Oferecem uma
cuo, a bomba de grande variedade de
alta velocidade, sé- aplicações, com possibilidades alternativas na
rie EOS VP 2120, da escolha do refrigerante, operação silenciosa,
Frigelar, possui estrutura integrada para vácuo construção sólida etc. São projetados de modo
máximo, válvula anticontrasucção automática, que haja o balanceamento mecânico dos com-
sistema de ciclo de óleo, seis entradas de ar ponentes internos e os motores sejam eficien-
para atender aos equipamentos ligados si- tes para atender a uma grande variedade de
multaneamente. O modelo oferece 14 CFM de aplicação, com fluxo de gás otimizado duran-
velocidade de deslocamento, 4 x 10-2 Pa de te o processo de sucção e compressão, com
pressão máxima parcial sem lastro de gás, 4 perdas mínimas de fluxo e com transmissão de
x 10-1 Pa de pressão máxima total sem lastro calor reduzida entre o lado de alta e baixa pres-
de gás e 8 x 10-1 Pa de pressão máxima total são. No sistema de cabeçote, as placas de vál-
com lastro de gás. Com alimentação mono/ vulas otimizadas operam silenciosamente, com
trifásica, ela dispõe de 0,9 a 1,5 litro de capa- a aplicação do conceito geométrico desenvol-
cidade de óleo, motor de 1.720 rpm de veloci- vido nas válvulas de descarga para reexpan-
dade, entrada e exaustão KF25 e oferece nível são mínima, em conjunto com canais de fluxo
de ruído de ≤ 58 dB. implementados e volumes acoplados.
FRIGELAR. BITZER Compressores Ltda.
Tel.: (11) 3363-2400. Site: www.frigelar.com.br Tel.: (11) 4617-9100. Site: www.bitzer.com.br

Indústria & Tecnologia ? 25


INDÚSTRIA
 & TECNOLOGIA FORTLEV INDÚSTRIA & COMÉRCIO LTDA.

Mega estocagem apresenta em relação aos reservatórios


de concreto armado comumente encon-
trados no mercado. Isto porque, estes

de água
além de apresentarem enorme peso, que
é um inconveniente quando trata-se de
reservatórios instalados em coberturas,
também necessitam de uma estrutura de
suporte muito mais dispendiosa. Outro
Tanque modular da Fortlev possibilita diferencial está no tempo de instalação
armazenar milhões de litros e ainda pode ser da solução. “Se leva apenas um mês para

U
se instalar a solução”, explica Santana.
regulado para futuros aumentos na capacidade Para cuidar e manter a qualidade da

m tanque com grandes volume de água devido à sua mo-


APLICAÇÃO
capacidade de dularidade. Quando o usuário precisar de NA
armazenamento mais volumes de água, ele apenas aumen- INDÚSTRIA
• Setor de
para milhões de tará a base do tanque”, descreve Evandro bebidas
• Setor de
litros de água é Santana, diretor comercial e marketing da alimentos
• Setor de
aposta da Fortlev Fortlev. papel e ce
lulose
• Setor tê
para o mercado Essa modularidade é uma das grandes xtil
industrial brasileiro. A empresa está apre- vantagens que o Tanque Modular Fortlev
sentando o Tanque Modular Fortlev
concebido com a tecnologia SMC
(Sheet Moulding Compound) - Mol-
dagem de Composto em Lâmina),
que atende todos os critérios técnicos
e de qualidade exigidos pelos reserva-
tórios destinados ao armazenamento
de grandes volumes de água potável e
é montado em módulos.
“Esse produto nasceu a partir de uma
joint-venture que a Fortlev fez com a
escocesa Balmoral Group. É a solução
da Fortlv para quem precisa armaze-
nar milhões de litros. É uma solução
que não tem restrições de abrigar

NOTAS TÉCNICAS Ventilação, Refrigeração, Exaustão e Aquecimento


SISTEMAS DE DESPOEIRAMENTO UNIDADE DE REMOÇÃO DE CO2
A Kuttner utiliza componentes otimizados e específicos, por exem- A Capmetal ofe-
plo, na placa de bocal, projetada para realizar a captação do flu- rece a unidade
xo de ar de forma eficiente. Usa também coifas baseadas em um de remoção de
sistema de aspiração em depressão que funciona como um ciclo- CO2 que tra-
ne. É adequado para fazer a captação de fluxos turbulentos com balha por meio de carbonatação e depuração
substâncias poluentes pulsantes. Outra aplicação é na utilização físico-química-biológica ou por intermédio de
do corte de sucata com tocha de oxigênio em que a coifa ciclonada centrifugação com líquido refrigerado do ar, uti-
realiza a captação uniforme de fumos. Têm utilização em coqueria, sinterização, alto forno, baixo lizado em sistemas de climatização. É uma solu-
forno para a produção de ferro gusa; na aciaria para dessulfuração do gusa, adição de ferro-ligas ção para a obtenção da qualidade do ar em bol-
e fundentes, limpeza de carro-torpedo etc.; na fundição para o carregamento e fusão em forno de sões carbônicos urbanos que se formam devido
indução e cubilô, vazamento no molde de areia, preparação de areia, resfriamento de moldes etc. à densidade demográfica elevada existente em
KÜTTNER Brasil Equipamentos Siderúrgicos Ltda. Tel.: (31) 3399-7200. Site: www.kuttner.com.br ambiente interno climatizado e, principalmen-
te, pelo fato de milhares de veículos movidos a
combustíveis fósseis estarem presentes no am-
VENTILADORES HELICOCENTRÍFUGOS biente externo. Esses dois fatores promovem a
O TD Silent é o resultado da tecnologia aplicada na poluição do ar, com formação elevada de CO2 e
fabricação dos silenciosos ventiladores helicocentrífu- demais poluentes. Pode ser aplicável em insta-
gos. São construídos em material plástico, com caixa lações existentes ou em novas para estabilizar
de bornes externa, corpo ativo, desmontável e equipados com motor regulável de 127 V/220 V/60 Hz. a concentração de dióxido de carbono em am-
Além disso, nas bocas dos equipamentos é utilizada a técnica de injeção em bimaterial, incorporadas biente interno, reduzir a vazão do ar e o consu-
com anilha flexível para facilitar a instalação e o amortecimento das vibrações. Abraçadeiras de aper- mo de energia, com maior ciclo de uso do ar
to simplificam a instalação e permitem selar a junta de união. As ondas sonoras, produzidas no interior climatizado.
do TD, são direcionadas através do corpo envolvente perfurado e absorvidas pela capa de material CAPMETAL Indústria e Comércio Ltda.
fono-absorvente. OTAM Ventiladores Industriais Ltda. Tel.: (51) 3349-6300. Site: www.otam.com.br Tel.: (21) 3860-1261. Site: www.capmetal.com.br

26  Indústria & Tecnologia


NOTAS TÉCNICAS
água e do ambiente, a Fortlev ofere-
ce soluções exclusivas em polietileno CARACTERÍSTICAS
(Rotomoldagem), e fi¬bra de vidro PRINCIPAIS condensadores tipo casco
e tubos

1
(Spray-up e SMC). “Nossas soluções
Com base no princípio de cons-
cumprem rigorosos padrões de qua- trução casco e tubos,
lidade mundial e estão qualifi¬cadas Versatilidade de projeto shell and tube, os
junto ao Programa de Garantia da Os tanques podem ser montados com condensadores da
painéis nos formatos de 1 x 1m, 1,5 x 1m Apema são resfriados
Qualidade para o Uso Racional da e 2 x 1m, permitindo ilimitadas configurações a água e empregados
Água – Módulo Reservatórios Polio- de dimensionamento em sistemas de refrigeração e ar condicionado,

2
lefínicos para Água Potável, cadas- com o objetivo de rejeitar o calor obtido no siste-
trado no PBQP-H,Programa Brasi- ma evaporador. Possuem casco, construído em
leiro da Qualidade e Produtividade rapidez na instalação chapa de aço carbono com costura longitudinal,
soldada eletricamente por meio do processo
Velocidade de instalação de 7 a 8 m²/dia
do Habitat do Ministério das Cida- arco submerso. Os espelhos são executados em
(por instalador)
des”, observa o executivo. chapas de aço carbono e usinados em máqui-

3
nas operatrizes CNC. O feixe tubular, em cobre
A versatilidade do tanque modular
com aletas integrais, oferece alto rendimento ter-
permite a sua adequação às neces- modinâmico. Fabricadas em ferro fundido ou em
sidades específicas de cada projeto. Facilidade para aço carbono, as tampas garantem a distribuição
Assim, a fixação dos painéis da base limpeza e manutenção da água de resfriamento na velocidade adequa-
da, em seus diversos passes. Os condensadores
pode ser interna, aproveitando a al- Divisões internas permitem a limpeza e
são testados no casco pneumaticamente com ar
manutenção dos reservatórios por seções,
tura total disponível para otimização seco a 20 bar e a 6 bar, nos tubos.
garantindo o abastecimento APEMA Equipamentos Industriais
dos volumes de armazenamento. Ou

4
Tel.: (11) 4128-2184. Site: www.apema.com.br
externa, onde há disponibilidade de
altura para acesso à base, facilitando a
tecnologia inoVadora reciclagem de alumínio
limpeza e otimizando o volume útil. SMC (Sheet Moulding Compound) –
Desenvolvidos com tecnologia britâ- Moldagem de Composto em lâminas A Insertec, além de
atuar no setor de re-

5
nica, os tanques Fortlev são aprova- ciclagem de alumínio,
dos pela WRAS (Water Regulations projeta e fabrica uma
Advisory Scheme) para armazena- sustentabilidade ampla variedade de
Tecnologia limpa e sem resíduos no fornos e refratários.
mento de água potável. A Fortlev, Recicla materiais de
processo de fabricação
através do convênio com a Balmoral alumínio, como suca-

6
Group Ltda, oferece respaldo tecno- tas, empacotados, perfis, latas UBC, cavacos,
lógico e técnico para garantir a exce- escórias brancas e pretas etc. Produz vários

lência da solução. “É uma tecnologia garantia de potabilidade tipos de fornos e processos, por exemplo, o
As matérias-primas usadas para a Aluswirler® para fusão de cavacos em proces-
que pode ser usada por indústrias de fabricação e montagem são so de vórtice de imersão; o Hiraro® Reverbero
qualquer setor, além de condomí- rigorosamente testadas para garantir a com poço lateral aberto; o Farb®, forno rotativo
potabilidade da água, oferecendo total basculante para fusão de sucatas e escórias;
nios, shoppings, entre outros estabe- Reverberos multicâmara com solera seca de
segurança no armazenamento
lecimentos”, explica o executivo. até 100 t etc. Fabrica máquinas de carregar;
prensas para escórias quentes; equipamentos
para secagem de cavaco e remoção de tinta;
www.fortlev.com.br panelas de transporte de metal líquido; linhas
de lingotamento automático etc.
INSERTEC Fornos Industriais do Brasil
Tel.: (19) 3421-2823. Site: www.insertec.biz

unidade resFriadora de líquido termorregulador


A Mayekawa possui unidade resfriadora de líquido plate and A Transcalor dispõe do termorregula-
shell em diversos modelos, com capacidade de refrigeração dor projetado para realizar o controle
que varia de 130 a 936 kW; potência instalada de 40 a 225 cv; preciso de temperatura média e alta.
água gelada de 22,4 m3/h a 161 m3/h; temperatura de entrada e Ele trabalha em circuitos alterna-
saída de água gelada de +7 ºC/+2 ºC; água de torre de 29,7 m3/h dos de aquecimento e resfria-
a 210,7 m3/h; carga de NH3 de 19 kg a 60 kg etc. mento de acordo com o valor
MAYEKAWA do Brasil Equipamentos Industriais Ltda. ajustado no CLP, controlador
Tel.: (11) 4654-8000. Site: www.mayekawa.com.br lógico programável. Pode-se
optar tanto pela água quanto
pelo óleo térmico como fluidos
circulantes. O equipamento ofe-
sopradores/exaustores rece limites de controle da tem-
Em diferentes aplicações, que utilizam os sopradores/exaustores, podem ser encontra-
peratura de 130 ºC para água
das em funcionamento nos diversos sistemas implantados. É o que ocorre no trata-
pressurizada e até 250 ºC para
mento de água em que o ar é fornecido aos sistemas de aeração e para tanques de
óleo. Para obtenção do controle ne-
aeração/retrolavagem de filtros; em sistemas de difusão de bolhas grossas/finas; no
cessário, há a necessidade de uma fonte ex-
fornecimento de ar suplementar para reatores; em reforçadores de gases diges-
terna de água fria fornecida ininterruptamen-
tores; em aplicações de digestão de lodo; nos reforçadores de gases de
te, que pode ser uma unidade de água gelada
processo; em ventilação de minas de carvão; em sistemas de combustão
ou uma torre de resfriamento da empresa. Há
de leito fluidizado; na extração de vapor e de gases; na compostagem;
modelos de termorregulador da Transcalor
em sistemas de impressão e de incineração de lodo etc. A empresa
que têm a capacidade de fornecer 3 kW e ou-
fornece também acessórios, como motores, turbinas, válvulas, filtros,
tros, 50 kW de potência de aquecimento.
silenciadores, juntas de expansão etc. ABC TRANSCALOR Refrigeração Ltda.
HOFFMANN & LAMSON. Site: www.gardnerdenver.com
Tel.: (11) 4351-4089. Site: www.transcalor.com

Indústria & Tecnologia ? 27


INDÚSTRIA
 & TECNOLOGIA MIPAL INDÚSTRIA DE EVAPORADORES LTDA.

Substituto
acima da média
Alternativa aos fluidos convencionais,
refrigerante de CO2, da Mipal, é

E
sustentável e economiza energia

vaporadores de ar e HFCs (Hidrofluorocarbonetos) nocivos APLICAÇÃO


condensadores, que ao meio ambiente nos automóveis, indús- NA
utilizam CO2 como trias, supermercados e em aquecimentos INDÚSTRIA
• Setor de
refrigerante, são as do tipo bombas de calor, entre outras. “O alumínio
• Setor de
bebidas
novidades da Mipal dióxido de carbono é incolor. Em con- • Frigorífi
cos
para as indústrias centrações baixas, o gás é inodoro. Outra • Process
amento d
e alimento
nacionais. Além do vantagem é que ele está no ar, portanto, s
poder de refrigeração natural em siste- em caso de acidentes não causa nenhum
mas, a empresa defende o fluido como desequilíbrio”, atesta Palma.
um importante aliado à preservação do
meio ambiente.
“As novas tecnologias permitiram a utili-
zação do CO2 como refrigerante. O que
significou um grande passo. Antigamen-
te, a aplicação do CO2 era muito cara,
o que o inviabilizava”, explica Antonio
Claudio Montiani Palma, diretor geral
da Mipal.
Suas vantagens ambientais - GWP de 1,
não agressivo à camada de ozônio, não tó-
xico e não inflamável - podem torná-lo o
refrigerante ideal para substituir os atuais

NOTAS TÉCNICAS Ventilação, Refrigeração, Exaustão e Aquecimento


FORNOS E REFRATÁRIOS TROCADOR DE CALOR
A Insertec, atuante do setor de fundição de alumínio, projeta e fabrica O modelo TST é
uma grande diversidade de fornos e refratários. Produz fornos do tipo tor- um trocador de
re fusora, como o Meltower® para fusão central em torre; Melholder® para calor que tem a
fusão e tratamento em célula de vazamento; processo em linha para fun- funcionalidade
dir e tratar o alumínio fundido de forma contínua; Aluswirler® para inversão de aquecer ou
em vórtice; Meltower® Combinado para processo de fusão em torre e resfriar fluidos
poço aberto; Alumap® para distribuição por canais aquecidos; RMAE é ou gases. A linha
um tipo de forno de espera com abóboda radiante; IMAE é um forno de normal do equipa-
espera com tubos horizontais imersos etc. Além disso, produz equipa- mento é composta de vá-
mentos auxiliares de carga, panelas para transporte de alumínio, revestimentos refratários; peças etc. rios modelos com superfície de 0,10 m2 até 10,6
INSERTEC Fornos Industriais do Brasil. Tel.: (19) 3421-2823. Site: www.insertec.biz m2 para troca de calor entre óleo/água, água/
água, água/vapor, valor/líquido etc. Tem possi-
bilidade de aplicações em prensas hidráulicas,
VENTILADORES E SISTEMAS DE EXAUSTÃO máquinas injetoras, motores marítimos, motores
A Euroair fabrica ventiladores industriais, sistemas de exaustão e retenção de estacionários, máquinas de combustão interna,
substâncias poluentes. Desenvolve também projetos personalizados com tec- máquinas operatrizes etc. É construído com fei-
nologias em sistemas para aspiração e filtragem industrial, tratamento de gases, xe tubular em cobre ou aço carbono, tampas
ventiladores etc. Dispõe de filtro a carvão ativado para utilização em ETEs e em FoFo, espelhos aço carbono, corpo em tubo
em lugares onde exista odores e gases para serem retidos. A empresa fabrica DIN 2440, tubos mandrilhados nos espelhos, 1,
e instala filtro a cartucho em sistemas de exaustão e retenção de fumos em processo de solda, corta 2 ou 4 passes etc. Os trocadores, por amostra-
laser e plasma. A Euroair oferece filtros manga pulse jet que, pelo fato de serem modolares, permitem gem, são testados hidrostaticamente no casco
ampliação na medida da necessidade, de modo a incorporar no fornecimento, os economizadores à pressão de 25 bar e no feixe tubular, 10 bar.
para controle do sistema de limpeza, iluminação no processo de manutenção, isolamento térmico e em APEMA Equipamentos Industriais.
sistema de aquecimento do filtro. EUROAIR Brasil Ltda. Tel.: (54) 3227-2753. Site: www.euroairbrasil.com.br Tel.: (11) 4128-2184. Site: www.apema.com.br

28  Indústria & Tecnologia


NOTAS TÉCNICAS

chiller
A Yanmar oferece o
modelo GHP, movido
por motor a gás, que
pode fornecer água
gelada e quente di-
retamente da própria
unidade. O aparelho
funciona com baixo
nível de consumo de energia elétrica. Há pos-
sibilidade de expansão para até oito unidades.
Mudança nos modos aquecimento/resfriamen-
to pode ser executada de forma remota. A ca-
pacidade de saída para resfriamento é de 71
CARACTERÍSTICAS kW e para aquecimento, 80 kW. O consumo de
energia elétrica para resfriamento é 1.66 kW
PRINCIPAIS

1
A economia de energia que os evaporado- e para aquecimento, 1.51 kW. Já o consumo
de gás para resfriamento é de 66.1 kW e para
res e condensadores de ar atingiram a partir
aquecimento 63.6 kW. A temperatura de água
do emprego do CO2 é um capítulo à par- economia de energia na saída varia entre 5 ºC a 15 ºC para resfria-
te. Dados indicam que o gás pode atingir 15% a 40% mento, sendo que, para aquecimento, atinge

2
entre 15% a 40% de economia de energia. de 35 ºC a 55 ºC.
YANMAR South A. Indústria de Máquinas Ltda.
“Os processos foram muito aperfeiçoados Tel.: (19) 3801-9200
nas últimas décadas. E isso se deve à uma densidade Site: www.yanmar.com.br
1.98 kg/m3
somatória de melhores conhecimentos so-

3
bre o ciclo de refrigeração que consiste em unidade de água gelada
compressão, condensação, expansão e eva- As séries KRA/KRW
poração”, aponta o executivo. sustentável de unidade de água
gelada, da Körper,
Na temperatura e na pressão padrão, a den- Classificação GWP-1 não
permitem ajustar a
agressivo à camada de ozônio

4
sidade do dióxido de carbono é ao redor temperatura de 5 a
25 ºC, com opção
1.98 kg/m3, aproximadamente 1.5 vezes que
a do ar. A molécula do dióxido de carbono Pressão para -30 ºC. Nos
equipamentos a
O CO2 assume a forma líquida
(O=C=O) contém duas ligações duplas e apenas com pressões acima de
ar possui con-
tem uma forma linear. Não conta com di- densador mi-

5
5.1 bar
crocanal e nos
polo elétrico, e enquanto é oxidado inteira- equipamentos a
mente, é moderadamente reativo e não infla-
temPeratura água, trocador a pla-
cas ou shell and tube. O ga-
mável, mas servirá de comburente (supridor
de oxigênio) a metais como o magnésio. de evaPoração binete pode ser aberto ou fechado, projetado
-40 a -25C em aço carbono e com pintura eletrostática
ou aço inoxidável. No CLP, é possível obter o
diagnóstico de operação e histórico de falhas.
Utiliza fluido ecológico R410a. A unidade tem
www.mipal.com.br capacidade de resfriamento de 5.000 kcal/h a
540.000 kcal/h.
KÖRPER Equipamentis Industriais Ltda.
Tel.: (11) 4525-2122. Site: www.korper.com.br

Portas de insPeção Para dutos controladores Para


Para facilitar o acesso aos dutos ou equipamentos nos processos refrigeração
de inspeção e limpeza, necessários à manutenção da qualidade A Danfoss oferece uma
do ar em ambientes condicionados, a Refrin desenvolve as portas série de produtos para
de inspeção, modelo Piper, que são compatíveis com a classe de aplicações com CO2,
vazamentos de dutos de ar. Para atender à norma NBR-14.679, as como sistemas transcrí-
portas são instaladas nas redes de dutos de distribuição e retorno ticos e em cascata e a li-
de ar a cada 12 metros lineares, antes e depois de curvas, dampers, banco de resistências, caixas nha dedicada de controladores para garantir
VAV e quaisquer obstruções. REFRIN Refrigeração Industrial Ltda. desempenho de sistemas de refrigeração. O
Tel.: (11) 3941-1263. Site: www.refrin.com.br
detector de vazamento de gás garante que
o sistema funcione de acordo com as regu-
lamentações de gases fluorados, disponível
secadores de ar comPrimido para uma grande variedade de refrigerantes
Os secadores de ar comprimido por refrigeração são projetados para ins- naturais, inclusive o CO2. Os módulos de e/s
talações em que a temperatura da tubulação não atinge valores inferiores a podem ser usados para construir uma grande
3 ºC. Eles reduzem a temperatura do ar comprimido por meio da refrigeração variedade de sistemas de controle para refrige-
mecânica, removem a mistura e provocam a ausência de ar condensado. A ração, HVAC e iluminação. Controladores EKC
empresa oferece diversos modelos, com pressão do ar comprimido na entra- são projetados para sistemas transcríticos de
da do secador desde 4 a 50; fator de correção de pressão desde 0,86 a 1,28; refrigeração com CO2 para garantir que a pres-
temperatura do ar comprimido na entrada desde 35 a 60; com fator de corre- são adequada seja mantida no resfriador de
ção de temperatura desde 0,45 a 1,11; fonte de alimentação elétrica de 220 gás ou para controle em cascata dos trocado-
V e/ou 380 V, frequência de 60 Hz e circuito elétrico monofásico ou trifásico; res de calor capazes de lidar com diferenças
condensação a ar e água etc. extremas de temperatura.
SULLAIR do Brasil Ltda. DANFOSS do Brasil Indústria e Comércio Ltda.
Tel.: (11) 5635-9932. Site: www.sullair.com.br Tel.: (11) 2135-5400. Site: www.danfoss.com.br

Indústria & Tecnologia ? 29


 INTERNACIONAL WEG EQUIPAMENTOS ELÉTRICOS S/A

Economia e erradicação
de falhas lgaç
ão
ivu
Weg lança inversor de frequência versátil e
D
to:
Fo

que evita ocorrências indesejadas no sistema

U
m inversor de para minimizar as perdas visando
frequência com sempre os mais altos níveis de ren-
tecnologia de dimento possíveis para aquele pon-
última geração to de operação do motor”, explica
para motores de Pedro Havranek Nascimento, en-
indução trifásicos genheiro do Departamento de Ven-
é a tacada da Weg das Automação – HVAC, da Weg.
para as indústrias brasileiras. A empresa Inibir a ocorrência de possíveis falhas
está colocando no mercado o inversor de também é uma grande habilidade do
freqüência CFW 701 HVAC com diversas inversor de frequência. “Por meio da
funções de softwares para bombas centrí- monitoração de uma entrada digital,
fugas, ventiladores, fancoils, exaustores e programada para modo incêndio, o in-
compressores de refrigeração tornando-se versor de frequência entra no modo de
assim pronto para o uso nestes sistemas. incêndio. Neste modo, as falhas e prote-
Uma das principais vantagens desse inver- ções do inversor são desabilitadas, quan-
sor está na economia de energia. do ocorre um incêndio a prioridade é
“O CFW701 HVAC possui um sofisti- fazer com que a carga sempre trabalhe.
cado algoritmo de economia de energia, No modo incêndio também é determinado APLICAÇÃO
que melhora sensivelmente o rendimento o comportamento do funcionamento. Por NA
INDÚSTRIA
do motor, nas regiões onde o rendimen- exemplo, se estivermos usando em um venti- • Aeroport
os
to é baixo, em média, abaixo de 65% da lador de pressurização de escada de incêndio, • Shoppin
gs Centers
potência nominal. Através do monitora- pode ser programado um setpoint de pres- • Setor m
eta
• Setor de lmecânico
mento da potência consumida, fator de são para a escada para o modo ventilação e • Setor de
bebidas
papel e ce
potência, rotação e corrente, o algorit- outro setpoint para o caso de incêndio”, des- lulose
mo faz um controle de fluxo magnético creve o engenheiro.

NOTAS TÉCNICAS
ADESIVOS FURADEIRA PNEUMÁTICA REVERSÍVEL
A HKW produz adesivos para di-
A furadeira pneumática reversível com mandril de 3/8”, da Stanley, possui gatilho hori-
versas aplicações. O Electrolube
zontal com ação suave para permitir um controle mais preciso, mandril de troca rápida, saída
ES807, fornecido em seringa de
de ar no punho que direciona o ar para longe da ferramenta e do operador, empunhadeira
30 ml, é designado para fixação de
ergonômica etc. Funciona com rotação de 10.000 rpm e a pressão de trabalho é de 25 cfm
componentes SMD em placas de cir-
@ 90 psi. DUTRA MÁQUINAS Comercial e Técnicas Ltda.
cuitos impressos antes do processo Tel.: (11) 2795-8800. Site: www.dutramaquinas.com.br
de soldagem por onda. É adequado
para aplicações ponto a ponto para garantir po-
sicionamento correto do SMD e impedir o deslo- CONEXÕES E VÁLVULAS PARA ALTA PRESSÃO
camento durante a montagem dos demais com- A série IPT Swagelok® de válvulas, conexões e dispositivos de
ponentes e cura. Já o ES808, para aplicações controle de fluidos, com precisão de média e alta
semelhantes ao ES807, com a diferença de ser pressão. Contém válvulas, acessórios e dispositi-
adequado para utilização em processo por sten- vos de controle de fluidos, produzidos com padrão
cil em médias e altas velocidades, é fornecido em a frio, em aço inoxidável 316 etc. São utilizados ma-
cartucho de 300 ml. Oferece, também, o ES501 teriais para atender à norma NACE MR0175/ISO
que é uma resina underfill designada para melho- 15156. Esses produtos são projetados para o seg-
rar a resistência dos dispositivos durante o esfor- mento de petróleo e gás, química, petroquímica,
ço mecânico. Além desses, dispõe do ESLE-10, máquinas de corte por jato de água e indústrias
resina epóxi monocomponente de prata utilizada aeroespaciais. Têm aplicações submarinhas e de
para fixação condutiva de componentes, durante superfície, em instrumentação de processos e con-
o processo de reparos e manutenção. troles, em injeções químicas e amostragem, duplo bloqueio e purga, máquina de corte a jato de água,
HK WENTWORTH Brasil Import. Distrib. de
Produtos Químicos Ltda. teste de equipamento etc. Os equipamentos suportam pressão de até 60.000 psig (4136 bar).
Tel.: (11) 3621-6800. Site: www.hkw.com.br SWAGELOK Brasil/TECFLUX Ltda.
Tel. (11) 5080-8888. Site: www.swagelok.com.br

30  Indústria & Tecnologia


noTas TécnIcas
CARACTERÍSTICAS PRINCIPAIS

1 5
PerFuratriz
A perfuratriz pneumá-
Filtro rFi incorPorado alarMe Para a troca
tica, modelo Grundo-
mat, fornecida pela
Reduz sinais de interferência
eletromagnética de alta frequência de Filtro Sondeq, é indicada
para instalação não-destrutiva de

2
Sinaliza a necessidade da troca do filtro
tubos de PEAD e PVC. Os tubos, em lances

6
de 20 metros, podem ter de 20 a 75 mm de
Função econoMia diâmetro e em lances de até 30 metros, de 80

de energia (energy Funções esPeciais g a 160 mm de diâmetro. É adequada para ins-


talação de ramais domiciliares de água e gás,

saVing) ByPass redes de pequenos diâmetros, travessias sob


vias públicas, linhas férreas, jardins etc. O prin-
Reduz o consumo de energia elétrica do Permite que o motor seja acionado
diretamente da rede de alimentação cípio de funcionamento é, basicamente, perfu-
motor e melhora o seu rendimento rar, avançar terreno adentro, de modo autopro-

3 7
pelido, compactar e criar túneis pelos quais é
introduzida a tubulação que é arrastada logo

Proteção e Monito- Fire Mode atrás da perfuratriz. Empresas concessioná-


rias, como a Comgás, Sabesp e Gás Natural,
Ideal para aplicações com extratores adotam esse método como padrão nos ser-
ração de BoMBas e de fumaça e exaustores de sistemas viços públicos que realizam. A velocidade de
de aquecimento
Ventiladores perfuração é de 10 m/h. É possível utilizá-la em

8
quaisquer tipos de solos, desde que possam
Funções de Bomba Seca e Correia Partida
ser compactados, com exceção rocha sã e so-
identificam anomalias na carga
sleeP Mode los de argila orgânica. SONDEQ Indústrias de

4
Sondas e Equipamentos Ltda.
otimiza o uso do motor por Tel.: (11) 3621-5025. Site: www.sondeq.com.br
minimizar o consumo de energia
Proteção contra quando este não estiver em uso. Esta
reVestiMentos técnicos
entrada desativa o circuito interno,
ciclos curtos incluindo o FETs de saída, regulador de A Techniques
aumenta a vida útil de compressores corrente, e encargos bomba utiliza o Tegliss
para realizar
revestimentos
Outro diferencial da tecnologia está na sua se em consideração as condições climáticas do técnico superfi-
capacidade de evitar que a bomba funcione Brasil, e é o único inversor de frequência do ciais por meio
da pintura, com resinas termofixáveis de flu-
vazia (sem o líquido que está bombeado). mercado a operar com 50 ºC sem “derating”
orpolímeros. É um revestimento que pode ter
“Por meio do monitoramento do torque (diminuição de capacidade) de corrente. contato com alimentos ou incorporar lubrifi-
consumido pelo motor e rotação é feita uma Além das funções dedicadas para bombas, cantes a seco, como bissulfeto de molibdênio
comparação com a curva da bomba. Caso o ventiladores e compressores, possui um CLP ou grafite. Esse tratamento de superfície per-
mite solucionar problemas de engripamento,
valor esteja abaixo da curva padrão, é gera- (Controlador Lógico Programável) integrado aderência, lubricidade, corrosão, abrasão e
da a falha protegendo a bomba de trabalhar ao produto, trazendo flexibilidade para o usuá- isolamento térmico sob diversas condições e
numa condição adversa”, afirma Nascimento. rio e, muitas vezes, reduzindo sensivelmente os ambientes. É empregado na indústria química,
de extração e prospecção de petróleo, no be-
O CFW701 HVAC foi desenvolvido levando- custo com automação.
neficiamento de borrachas e de plásticos, na
indústria alimentícia, têxtil, de eletrodomésti-
www.weg.com.br cos, autopeças, embalagens etc.
TECHNIQUES SURFACES do Brasil Ltda.
Tel.: (11) 4056-4433. Site: www.tsbrasil.srv.br

certiFicador de caBeaMento
O Versiv é desenvolvido para realizar a certificação de cabeamento de forma correta, se-
gura e em menor tempo. Proporciona uma plataforma única para certificação em cobre,
perda de fibra e teste de OTDR. Certifica as exigências de precisão level V para Cat 6,
Cat 6A ou class FA e realiza medições indisponíveis no campo de testadores. É possível
realizar teste de fibras com medição compatível com Encircled Flux e resultados integra-
dos de nível 1 (básico) e 2 (estendido). O design moderno indica que não há necessida-
de de obter-se um novo testador para atualizações futuras. O sistema de gerenciamento
ProjX do versiv facilita o controle de tarefas complexas. GRUPO POLICOM/POLICOM SP
Comercial Ltda. Tel.: (11) 2065-0800. Site: www.grupopolicom.com.br

Broca Para Furos ProFundos


Adequada para usinar vários materiais, como aços, aços inoxidáveis, fer-
ros fundidos, cobre, alumínio etc., a R459 é uma broca inteiriça de metal
duro para aplicações de até 8 xD, desenvolvida pela Dormer com o objeti-
vo de realizar usinagem de furos profundos. A geometria CTW, continuou-
sly thinned web, promove aumento do volume do canal e da resistência
da seção transversal. Com essas características, as forças uniformes são
garantidas durante todo o ciclo da furação, com baixo consumo de ener-
gia, velocidades mais altas e confiabilidade no desempenho, sem com-
prometer, no entanto, a vida útil da ferramenta. A broca R459 é fornecida
em diâmetros de 3 mm – 16 mm, com incrementos de 0,1 mm a 10 mm.
Apresenta uma cobertura de nitreto de titânio e alumínio (TiAlN).
DORMER TOOLS S.A. Tel.: (11) 5660-3000. Site: www.dormertools.com

Indústria & Tecnologia ? 31


? ÍNDICE

Indústria
Tecnologia
ÍNDICE DE EMPRESAS • Anunciantes • Notas técnicas
Empresa Pág. Empresa Pág. Empresa Pág.

A h P
Fotos: Divulgação

ABC TRANSCALOR ...................... 24/27/19 HARRIS ...................................................... 9 PALETRANS ....................................2ª capa


AKROM ...................................................... 5 HGS .......................................................... 10 PANAMBRA ZWICK ................................ 25
ALCANTARA MACHADO ................3ª capa HK WENTWORTH.................................... 30 PEDRO NEUENHAUS ............................. 18
AMAZONAS ............................................... 6 HOFFMANN & LAMSON ......................... 27 POLAR ..................................................... 25
APEMA........................................... 20/27/28 HOLIVERBRASS ....................................... 9 POLICOM/Grupo POLICOM ................... 31
ASCOVAL ................................................ 12 HYPERTHERM ........................................ 10 PREVISÃO ................................................. 9
PROSOFT .................................................. 5
b I
R
BETOMAQ ................................................. 7 IBRAM ................................................. 11/22
BINZEL..................................................... 13 INGERSOLL RAND ................................. 25 REED EXHIBITIONS........................3ª capa
BITZER..................................................... 25 INSERTEC .......................................... 27/28 REFRIN .................................................... 29
REFRIO ................................................. 5/11
C j ROTOPLAST ............................................ 22

CAPMETAL .............................................. 26 JUNGHEINRICH ...................................... 10 S


CASA DO FERRAMENTEIRO .................. 3
CISER....................................................... 13 SAINT-GOBAIN/ NORTON ........................ 9
COEL/COELMATIC ................................... 5 k SALVI CASAGRANDE ........................ 11/22
COSAN.................................................. 7/23 SAMPLA .................................................... 7
KÖRPER .................................................. 29
CSV .......................................................... 20 SB PALLET ................................................ 5
KÜTTNER ........................................... 18/26
SCHULZ ................................................... 10
D l
SONDEQ .................................................. 31
STARLASER .............................................. 6
DAKOL ....................................................... 9 STARRETT® ............................................. 10
LEAL .......................................................... 9
DANFOSS ................................................ 29 SULLAIR .................................................. 29
LÍDER ......................................................... 6
DELKER .............................................. 21/24 SUPERFINISHING ..................................... 7
DORMER TOOLS ................................ 11/31 SWAGELOK ............................................. 30
DOUGLAS.................................................. 5 M
DURAG/AMBICONTROL......................... 11
MARVITUBOS.......................................... 21 t
DUTRA MÁQUINAS ............................... 30
MAYEKAWA ........................................ 19/27 TECFLUX ................................................ 30
MECALOR ............................................... 20
E MITSUBISHI ............................................. 11
TECHNIQUES SURFACES...................... 31
TECNOFINK............................................. 19
ELBRAS ................................................... 13 MMC Metal ................................................ 6 TOSI ......................................................... 21
EPEX ........................................................ 21 TRAVEMA .................................................. 9
EUROAIR ................................................. 28 N
EXTRUSÃO................................................ 7
NATIONAL INSTRUMENTS .................... 10
v
f NAVILLE .................................................. 11
NEWELL RUBBERMAID .................4ª capa
VASTEC ..................................................... 3

FORMEQ .................................................. 31 NEWPOWER .............................................. 3


NORTON/SAINT-GOBAIN ......................... 9
w
FRIGELAR ............................................... 25
NVCOM ...................................................... 3 WAGSTAFF ................................................ 9
g WIKA ........................................................ 11
o
GEDORE .................................................... 7 y
GEHAKA .................................................. 12 OMRON ............................................... 10/12
GOODYEAR® ............................................. 6 OTAM ............................................. 21/24/26 YANMAR .................................................. 29

ÍNDICE DE SERvIÇoS

Balanceamentos dinâmicos de ventiladores ........................................ 18 ..... em equipamentos ......................................................................2ª capa


Ensaios Metalografia ............................................................................................. 25
..... de materiais (tração e compressão) ................................................. 25 Metrologia ................................................................................................ 25
..... destrutivos .......................................................................................... 25
Modernização ........................................................................................... 25
Funilarias .................................................................................................. 18
Reformas
Instalações e treinamentos .................................................................... 25
Locações de equipamentos ................................................................... 31 ..... de equipamentos .......................................................................2ª capa
Manutenções ..... de ventiladores ................................................................................... 18
..... corretiva e preventiva ........................................................................ 25 Retrofit ...................................................................................................... 25

Indústria & Tecnologia ? 33


ÍNDICE DE PRODUTOS • Anunciantes • Notas técnicas
Cortina de ar ..........................................20 Isolamento térmico ................................21 Portas de inspeção para dutos ..............29 ... de ventilação .......................................25
A Pórticos rolantes ......................................3 ... VSM .......................................................3
Adesivos ..................................................30 Produtos e sistemas logísticos ...............10 Soldas ........................................................9
... vedante ..................................................6
Alicates de fixação ...................................5
D J Projetores de perfil ................................25 Soluções
Dispositivo de medição de cores para Jogo de ferramentas ................................7 ... automotivas e para ar
Analisadores de umidade de grãos ......12 flexografia ..............................................6 comprimido .........................................10
Atenuadores de ruído ............................18 Dry cooler ........................................... 5/20 R ... de iluminação ......................................11
Automação industrial ............................10 Durômetros digitais e analógicos .........25 K Reciclagem de alumínio ........................27 ... de tratamento de superfície a base
Kit Recuperação de calor ............................18 de diamante ..........................................7
... fixação ....................................................9 Redutores banhados a óleo .....................3 ... para trabalhos de limpeza ........ 4ª capa
B E ... de peças componentes Resfriadores de líquido .........................11 Sopradores/exaustores ..........................27
Balanceamentos .....................................18 Eletrodo ..................................................13 para cilindros ......................................21 Revestimentos
Baldes-espremedores .................... 4ª capa Empilhadeiras ............................... 2ª capa ... de peças p/cilindros ............................21 ... de níquel químico .................................7
Barras ... manuais p/tambor ..................... 2ª capa ... de prata .................................................7 T
... de aço cromadas .................................21 Equipamentos ... técnicos ................................................31 Talhas ........................................................3
... de aço para hastes ..............................21 ... elétricos e eletrônicos .........................11 L Rodas .............................................. 2ª capa ... elétricas .................................................3
Bateria tracionária tubular ....................3 ... industriais e softwares .......................10 Limpeza industrial, manutenção Rodízios .......................................... 2ª capa ... elétricas de cabo ...................................3
Betoneiras ...............................................31 ... para movimentação de carga ...........10 e retubagem ........................................19 Rodos .............................................. 4ª capa ... elétricas de corrente .............................3
Bombas Exaustores axiais e centrífugos ............18 Lubrificantes para sistemas de Rotores p/ventiladores ..........................18 Temporizador analógico .........................5
... a diesel .................................................31 Extrusora ..................................................7 refrigeração ........................................23 Rótulas ....................................................21 Terminais para hastes e para camisas .21
... de drenagem .......................................31 Luva de malha .........................................9 Termochiller ...........................................19
... de vácuo ...............................................25 Termometria ...........................................11
... filtro .......................................................9 F S Termorregulador ...................................27
Brocas Feiras Internacional da Indústria M Secadores de ar comprimido ................29 Tocha de solda ........................................13
... inteiriças ................................................6 Elétrica, Eletrônica, Energia e Mangueiras ...............................................7 Serviços Torquímetros motorizados ...................25
... para furos profundos .........................31 Automação ................................. 3ª capa ... para solda simples ................................6 ... Balanceamentos dinâmicos Transpaletes .................................. 2ª capa
Ferramentas Manta isolante térmico .........................21 de ventiladores ....................................18 ... manuais ...................................... 2ª capa
... elétricas ...............................................31 Máquinas de medição ótica ..................25 ... Ensaios de materiais (tração ... manuais c/balança digital ......... 2ª capa
C ... rotativas ...............................................11 Máquinas, ferramentas de precisão e compressão) .....................................25 Tratamentos de superfícies .....................7
Cabines de pintura ................................18 Filtros ................................................ 12/18 e instrumentos de medição ................10 ... Ensaios destrutivos ............................25 Trena digital .............................................5
Cabos .............................................. 4ª capa ... de cartuchos ........................................18 Materiais de fixação ................................6 ... Funilarias ............................................18 Trocador de calor ...................................28
Caixa de passagem para split ...............25 ... de mangas ...........................................18 Módulos seriais para adaptadores .........5 ... Instalações e treinamentos ................25 Tubos .......................................................21
Camisas e hastes hidráulicas ................21 Fitas adesivas ...........................................9 Monovias ...................................................3 ... Locações de equipamentos ................31 ... de aço ...................................................21
Carrinhos ....................................... 2ª capa Fixação para concreto ...........................13 Mops ............................................... 4ª capa ... Manutenções corretiva ... de aço brunidos ..................................21
Carros Fornos Motorredutores ........................................3 e preventiva .........................................25 ... e perfis anodizados em alu~inio .......21
... de limpeza .................................. 4ª capa ... de calibração a seco ...........................22 ... Manutenções
... deslizantes autolubrificantes ...............3 ... e refratários ........................................28 em equipamentos .....................2ª capa
Certificador de cabeamento .................31 Fundição de lingote .................................9 O ... Metalografia .......................................25 U
Chiller .......................................... 24/25/29 Furadeira pneumática reversível .........30 Olhais ......................................................21 ... Metrologia ...........................................25 Unidade
... com compressor centrífugo ...............21 ... Modernização .....................................25 ... de água gelada ....................................29
Ciclones ...................................................18 ... Reformas de equipamentos ...... 2ª capa ... de remoção de CO2 ............................26
Cilindros .................................................21 g P ... Reformas de ventiladores ..................18 ... resfriadora de líquido ........................27
Climatizadores evaporativos ................22 Granalhadora ...........................................7 Paletes de plástico ....................................5 ... Retrofit ................................................25
Compressores Guard rail tubular e laminado ...............9 Pêndulos de impacto ..............................25 ... Soluções em equipamentos
... radial duplo .........................................22 Guinchos de laje .....................................31 Perfis para controle de qualidade ...............25 V
... semi-herméticos ..................................25 Guindastes ................................................3 ... de Alumínio .........................................21 Sistemas Vedações para camisas, hastes,
Compressores, ventiladores ... de alumínio anodizado ......................21 ... de corte industrial ..............................10 êmbolos-cabeçotes, buchas guia .......21
e motores .............................................11 Perfuratriz ..............................................31 ... de despoeiramento .............................26 Ventiladores
Condensadores tipo casco e tubos .......27 I Pinturas ... de exaustão ..........................................18 ... axiais ....................................................18
Conexões e válvulas para alta IHMs .........................................................9 ... com bissulfeto de molibdênio ..............7 ... de gerenciamento em lubrificação .....7 ... centrífugos .................................... 18/21
pressão .................................................30 Instrumentos ... especiais de PTFE ................................7 ... de pesagem com células de carga .......3 ... e sistemas de exaustão .......................28
Contador digital .....................................12 ... de medição ..........................................11 Placas sinalizadoras ...................... 4ª capa ... de refrigeração .............................. 5 /19 ... helicocentrífugos ................................26
Controladores para refrigeração .........29 ... de medições dimensionais .................25 Plataformas elevatórias .........................31 ... de resfriamento de água ... helicoidais ............................................24
Controles ambientais .............................18 Insuflador de ar frio ..............................24 Pontes rolantes .........................................3 industrial .............................................20 Ventiladores axiais .................................18

DEPARTAMENTO COMERCIAL VISITE NOSSO SITE: www.ps.com.br

Indústria Rua Edward Joseph, 122 – 11º andar – Edifício Passarelli


Vila Suzana – CEP 05709-020 – São Paulo – SP
REPRESENTANTES INTERNACIONAIS
Tecnologia Tel.: (11) 3722-0956 – Fax: (11) 3722-0956 AMÉRICA DO SUL
ARgENTINA: Tel.: (54-11) 4943-8500
15 de Noviembre 2547 – C1261 AAO Fax y Mensajes: (54-11) 4943-8540
Capital Federal – Republica Argentina
REPRESENTANTES NACIONAIS grupo Editor / Publishing group
www.edigarnet.com

Diretor Comercial:
Cristina Banas
cristina.banas@banas.com.br

APOIO E COMUNICAçãO: REPRESENTANTE – BRASÍLIA AMÉRICA DO NORTE EUROPA


publicidade@banas.com.br CIN – CENTRO DE IDÉIAS E NEgóCIOS Campbell, CA ENgLAND: gERMANy:
apoio@banas.com.br Huson International Media London Munich
End.: SRTV/Sul, quadra 701, bloco O, nº. 110, Edifício 1999 South Bascom Avenue New york, Ny: Huson European Media Huson European Media
ExECUTIVOS DE NEgóCIOS – gRANDE SãO PAULO: Multiempresarial, sl. 429, CEP 70340-000 Suite 450 Huson International Media Cambridge House Agilolfingerstr. 2a
DORA BANDELLI Campbell, CA 95008 350 Fifth Avenue gogmore Lane, Chertsey D-85609 Aschheim bei München
Asa Sul - Brasília - DF
Tel.: (11) 3722-0956 ramal 1904 - Cel.: (11) 98249-9162 Tel (408) 879-6666 Suite 4610 Surrey, KT16 9AP germany
Contato: Paulo Tamanaha - Tels.: (61) 3034-3704/3038 Fax (408) 879-6669 New york, Ny 10118
dorabandelli@ps.com.br England Tel: +49 (0) 89 95002778
Tel: (212) 268-3344 Tel: +44 (0) 1932 564999 Fax: +49 (0) 89 95002779
MôNICA DIEgUES REPRESENTANTE – PARANá/SANTA CATARINA Fax: (212) 268-3355 Fax: +44 (0) 1932 564998
Tel.: (11) 98868-9696 Rua 212, nº 54, apto. 702 – CEP 88220-000 – Itapema – SC
monica@banas.com.br
Contato: Claudio Rozenbaum
ExECUTIVO DE NEgóCIOS – SãO PAULO - INTERIOR:
Tel.: (41) 9192-5382 – rozenba@uol.com.br
DANIELLE DI gIAIMO
Tel.: (11) 97322-8206 REPRESENTANTE – RIO DE JANEIRO
danielle.giaimo@banas.com.br
FRANCISCO NEVES
ExECUTIVOS DE NEgóCIOS – SãO PAULO: R. Des. João Claudino Oliveira e Cruz, 50 cj.607
ANA CAROLINA yAMADA
CEP 22793-071 – Rio de Janeiro – RJ
Tel.: (11) 99215-1266
comercial2@banas.com.br Contato: Francisco Neves – banasrj@uol.com.br

JOãO DOMINgUES Tels.: (21) 2269-7760/Cel.: (21) 99943-5530


Tels.: (11) 96121-5711/3722-0956
REPRESENTANTE – RIO gRANDE DO SUL
joao.domingues@ps.com.br
INTERFACE COMUNICAçãO E PROPAgANDA LTDA.
ROSã gESTãO DE NEgóCIOS S/C LTDA.
Av. Taquara 193 – Cj. 406 – CEP 90460-210 – Porto Alegre – RS
Contato: Wilson Ferreira de Araújo
Tel.: (11) 9570-2768 Contato: Vera Anjos – banassul@terra.com.br
wilsonfa@uol.com.br Tels.: (51) 3377-2878/Cel.: (51) 9969-0727

34 ? Indústria & Tecnologia