Você está na página 1de 2

O Quarteto fantástico de Deus

O Quarteto fantástico de Deus


O anjo do SENHOR acampa-se ao redor dos que o temem, e os livra. (Sl 34:7).
Outras características deste quarteto fantástico de Deus podemos citar:
4)Aqueles jovens tinham unção - A diferença na vida daqueles jovens é que eles tinham a unção
que vem do alto. A amizade que tinham entre si e com Deus atraia a presença do Senhor. Quando
jovens resolvem buscar a presença e Deus não há fornalha que possa impedir o agir de Deus
A palavra do Senhor diz:
Quão bom e agradável é viverm unidos os irmãos, pois é como óleo precioso sobra a cabeça e
desce ate a orla das vestes.(Sl 133).
Quando um convidado especial chegava a certo lugar era derramado sobre sua cabeça um óleo que
descia até suas vestes e que impregnava a casa de bom cheiro . O óleo significa a consagração e
unção de Deus. Quando existe unidade em Deus exalamos o bom cheiro de Cristo a ponto de
inpregnar o mundo com este cheiro. (2 Cor 2:15).
A palavra diz que é como o orvalho de Hermom, e como o que desce sobre os montes de Sião,
porque ali o SENHOR ordena a bênção e a vida para sempre. O Hebrom é o monte mais alto e os
monte de Sião são os mais baixos.. O orvalho significa pequenas gotas do céu, mas que podem
fazer frutificar nos tempos difíceis. O orvalho começava no monte Hebrom, mas descia até os
montes de Sião para regar.
Aquele que tem a unção de Deus frutifica a si mesmo e também aos que estão ao seu derredor.
A unidade daqueles jovens eram agradáveis a Deus, pois eram consagradas em serviço ao Senhor,
por completo. Era por isso que aqueles jovens foram abençoados abundantemente porque tinham a
unção do Senhor.
5) Tinham comunhão entre si e com Deus – Diz as Escrituras que após Daniel ter se comprometido
com o encarregado do rei a revelar e interpretar o sonho do rei Nabucodonozor, foi ter como seus
amigos para que orassem em seua favor diante de Deus(Dn 2:17-18). Através disso, podemos ver
a cumplicidade que tinham entre si e com Deus. Além de amigos,eram amigos de oração. Muitas
vezes temos vários amigos, mas os verdadeiros amigos estão sempre naqueles momentos de
dificuldade e são aqueles que podemos contar nos tempos de tribulação. Aliás, nossas verdadeiras
amizades são colocadas a prova nos momentos de tribulação. Aqueles jovens oravam, por isso o
pedido de Daniel.
Fica a pergunta:
Quantos jovens do nosso meio que podemos “contar” para orar a nosso favor?
Onde estão os “jovens fiéis de oração” dessa geração?
Infelizmente temos visto e convivido com muitos jovens, mas podemos contar nos dedos aqueles
que “conversam com Deus” diariamente e que vivem em unidade, como os amigos de Daniel.
6) tinham convicção e confiança em Deus – Quando somos ameaçados a quem temos recorrido?
Quando estamos entre a vida e a morte será que sabemos quem pode nos livrar ? Pois é, talvez
para algumas pessoas a resposta para tudo isso fosse uma dúvida, mas não para Daniel e seus
amigos. O que vemos na vida destes jovens é o que falta a muitos jovens crentes que é convicção e
confiança em deus. Diz a palavra no Salmos 125 que aqueles que confiam no Senhor são como o
monte Sião que não se abala, mas permanece (firme) para sempre. E como estão os montes ao
redor de Jerusalé, assim está o Senhor ao derredor de seu povo para sempre (Sl 125:1-2). Vemos
literalmente a concretização deste salmo no episódio em que o rei lançou os 3 amigos de Daniel na
fornalha de fogo ardente(Dn 3:1-30).
Diz as Escrituras que o rei Nabucodonozor fez uma imagem de ouro para consagra-la e que aqueles
que não se prostrasse a tal imagem seria lançado na fornalha de fogo ardente.
Na cultura babilônica, bem como, outras culturas gentílicas as estátuas eram adoradas. Não se sabe
se outros judeus na Babilônia se prostraram, mas sabemos que aqueles jovens não se prostram e
isso mostra personalidade e convicção que tinham e Deus.
Aqueles jovens entendiam que o mesmo deus que criam poderia livra-los daquela fornalha.
A declaração deles ao rei foi essa:
Eis que nosso Deus, a quem servimos, é que pode nos livrar; ele nos livrará da fornalha de fogo
ardente, e da tua mão, ó rei”.Mas se não, fica sabendo, ó rei, que não serviremos a teus deuses
nem adoraremos a estátua de ouro que levantaste.” (Dn 3:16-18).
Que confiança !!! Que convicção que tinha aqueles jovens !!!
na verdade aqueles jovens estavam dizendo: Nada vai nos fazer voltar atrás, pois nós sabemos em
quem cremos. E mostraram em atitude o que disse o apóstolo Paulo: “Eu sei em que temos crido,
sei que é poderoso para fazer mais do que pedimos ou pensamos. (2 Tm 1:12;;Ef 3:20). E mesmo
sendo ameaçados de serem jogados na fornalha, aqueles jovens não mudaram de opinião.
O salmista Davi diz: Ainda que passasse pelo vale da sombra da morte, não temerei mal algum,
porque Tu estás comigo(Sl 23:4).
Aqueles jovens não temeram por isso e mesmo sendo jogados na fornalha 7 vezes mais do que o
convencional, eles nada sofreram, nenhum cabelo foi queimado, nem suas capas, nem cheiro de
fogo havia.(Dn 3:27) O que havia mesmo era uma quarto homem passeando com eles na fornalha.
Tudo isso serviu de testemunho ao rei.
Aliás, quando temos convicção e confiança em Deus servimos de testemunho aos outros. Em
contrapartida, quando não possuímos isso, servimos de escárnio e deboche dos outros. Diz em
hebreus 11 que a fé é o firme fundamento(certeza) daquilo que se espera e prova (convicção)
daquilo que não se vêem. E foi pela fé que aqueles jovens apagaram a força do fogo e da fraqueza
tiraram força (Hb 11;34).
No final o rei decretou que todos aquele que blasfemasse contra o Deus daqueles jovens seria
despedaçado, pois não existe outro Deus que possa livrar como o Senhor daqueles jovens. Disse o
rei: “Bendito seja o Deus de Sadraque, Mesaque e Abede-Nego que enviou o seu anjo e livrou os
seus servos que confiam Nele..(Dn 3:28).
Hoje, o mesmo Deus que livrou aqueles jovens, pode livra sua vida !!!
Elé o mesmo, não muda, por isso não somos consumidos (Malaquias 3:6)
Queridos aquele quarteto era fantástico porque cria num DEUS FANTÁSTICO.Creia que Deus é
capaz para fazer acontecer na tua vida e você verá que Ele também te livrará de todo mal, pois
como diz a palavra:
Provai, e vede que o SENHOR é bom; bem-aventurado o homem que nele confia.
Temei ao SENHOR, vós, os seus santos, pois nada falta aos que o temem.(Sl 34:7-9)

Postado há 1st November 2012 por PrDeuzivan PrRosangela