Você está na página 1de 10

Capa

Folha de Rosto
Indice
Introduçao

O presente trabalho de História das Sociedades I, vai debruçar se sobre os capítulos I a IX, onde
várias questoes estarao em discussao. Todos estes capítulos, tem o mesmo objectivo paralelo, a
aquisição de conhecimentos na área de Historia das Sociedades. Recordar que para o efeito deste
trabalho várias obras foram consultadas na medida em que elas abordam assuntos que são
importantes para solucionar o mesmo, a sociedade e a camada estudantil em particular.

A estrutura textual deste trabalho obdece os termos definidos no manual orientador, cujas regras
sao de uso obrigatorio em trabalhos cientificos. De salientar que o trabalho é constituído por
índice, introdução, desenvolvimento, conclusão e a respectiva bibliografia.
Actividades

1.Estabeleҫa a relaçao entre a Sociedade e a Cultura.

R: Segundo Musica (2010, p.9) afirma sociedade humana so pode exitir dentro duma cultura e
vice inversa dai que cultura é um sistema complexo de codigos e padrões partihados por uma
sociedade ou um grupo social e que manifesta nas normas, crenҫas, valores ,criaҫões e
instituiҫões que fazem parte da vida individual e colectiva dessa sociedade.

2. Formas de Organizaҫăo Social

R: Segundo Musica (2010, p.10) afirma que tem duas formas de organizaҫăo social que săo:
Grupos sociais e agregados sociais.

Na optica do mesmo autor, Moҫambique sendo um pais democratico , ele tem varias formas de
organizaҫăo social :

2.1 Uma organizaҫăo social de um povo é um dos aspecto da sua cultura. Uma sociedade năo
tem condiҫões de sobreviver se năo apresentar certa organizaҫăo e relacionamento entre as
pessoas.

Um aspecto cultural marcante dos povos é organizaҫăo social, que compriende os individuos na
sociedade e as acҫões decorentes do desempenho desses. A organizaҫăo social engloba os
diversos campos de actuaҫăo humana tais como na area economica (actividades produtivas) ,
comércio, serviҫos, politico (Governo), religioso (lideres espirituais e fieis ) .

3. As caracteristicas de grupos sociais

R: Segundo o manual da UCM 2017.pag 12 Hist.Soc. os autores destacam como caracteristica


dos grupos sociais as seguintes : a identificaҫăo a estrutura social, papeis individuais,relaҫões
reciprocas, normas comportamentais,interesses e valores comuns,finalidade social e
permanȇncia.

Ex:
4. A pertenҫa de uma pessoa a uma sociedade ou uma organizaҫăo năo é algo que esteja
assegurado a partida , antes se obtém após processos complexos. Argumente a
afirmaçao.

R: Segundo Musica (2010, p.39) afirma que um ser năo nasce membro de uma sociedadem A
infância, a dolescȇncia e a juventude săo etapas de socializaҫăo e de maturaҫăo do ser humano
que só podem ser compriendidos em referȇncia ao contexto social em que săo vividas.
Tambem afirma que a socializaҫăo e um processso universalmente experimentado com as
particularidades de cada contexto.

5. Caracterize os elementos da cultura.

R: Segundo Musica (2010, p.18) afirma que a cultura tem 03 elementos fundameitais que sao :
Mito, Rituais e Simbolo.

Cultura tem uma série de caracteristicas muito proprias , que revelam a sua grande importancia
no contexto humano e nela caraterizam se em:

-Simbolo é qualquer realidade que pelo seu próprio dinamismo ou forҫa conduz ou guia em
direcҫăo, isto faz a pessoa pensar e imagiar.

-Mito săo simbolos na forma narrativa por ex: Historias de criaҫăo .Estas săo historias ou
tradiҫões que buscam de maneira imaginative e simbolica apresentar uma verdade fundamental
sobre o mundo e a vida humana.

-Rituais săo as maneiras visiveis de representar ou dramatizer o mito e estes săo muitos e
variaveis.

6. Comente a afirmaçao: “A cultura nao e estatica, apresenta um dinamismo”.

R: Segundo Musica (2010, p.) afirma cultura năo é estatica dentro do grupo porque é dinamica
ela sempre sofre mudanҫas. Dai toda cultura podera ser considerada entre dois extremos: um
estado de estabilidade (funcionamento) e outro de mudanҫa (transformaҫăo).
Entretanto nasce um movimento repetitivo que corresponde ao simples funcionamento, por outro
lado, e por outro o funcionamento se transforma, o que vale dizer que a própria unidade mudou
de forma ( a estrutura social, a organizaҫăo social mudou).

7. Estabeleça a diferença entre a enculturaçao e aculturaçao.

R: Segundo Musica (2010, p.21 ) afirma que a diferenҫa entre enculturaҫăo e aculturaҫăo é:
Enculturaҫăo é o processo pelo qual um individuo ensina a si próprio o processo adaptativo da
aprendizagem de regras que săo dadas por uma sociedade, enquando que aculturaҫăo é um
processo que esta ligado a própria cultura ,os seres humanos possuem a liberdade colectiva de
modificar sua tradiҫăo particular atravȇs de contactos com pessoas de outras cultura, (modulo
UCM, hist.Soc.2017.pag 21.

8.A cultura variabilidade da cultura é influenciada por dois elementos fundamentais: o


pensamento humano e o meio ambiente. Explique como o meio ambiente influencia na
cvariabilidade da cultura.

R: O ambiente influencia na variabilidade da cultura na medida em que forҫa do homem a


pensar e agir de acordo com as condiҫões do meio ambiente em que se encontra, de modo a que
se possa adequa-lo. O modo de se vestir, sentir depended a questăo ambiental em que o homen se
insere e que o forma diferente do outro.

9. Tema da pesquisa: Factores de Mobilidade Social

R: Mobilidade social entende se que é toda a passagem de um individuo ou de um grupo de uma


posiҫăo social para outra,dentro de uma constelaҫăo de grupos e de estados sociais.

Factores da mobilidade social săo uma alteraҫăo de posiҫăo provocada por factores geraconais
ou profissionais mas năo implica uma mudanҫa de classe social. E um dos factores muito
predominante seria a falta de chance para construer tradiҫões e instituiҫões sociais.Pouca
mobilidade leva a estagnaҫăo social,com poucas oportunidades de inovaҫăo e muitas vezes, de
classes inteiras de pessoas que se sentem marginalizados do beneficio da participaҫăo social.
10. Há cem mil anos a.n.e as mudanҫas de certas condiҫões naturais estimularam a
migraҫăo de animais e de forma particular dos homens surgidos em África. Indica trȇs
dessas condiçoes?

R: Segundo Musica (2010, p.33) afirma que as trȇs dessas condiҫões foram: Alteraҫões
climaticas e ambientais, ateraões anatomicas:

a) Alterações climáticas-
b) Alterações ambientais-
c) Alterações anatómicas-

11. Quais sao as razoes que permitram a permanencia dos Khoisam fora do dominio dos
Bantus nas regiões onde abundam hoje?

12. Com um exemplo concreto da sociedade onde vive, refira-se a um facto social
demonstrando nele a exteriordade, coercitividade e generalidade.

R: Nas forҫas de Defesa e Seguranҫa quando aparece um chefe superior tem que se levantar e dar
continȇncia que significa saudaҫăo militar.

13. Quais as implicaçoes da sociabilidade do homem.

R: Para o mesmo autor (2010) afirma que as implicaҫões da sociabilidade do homem săo: O
fenómeno da sociabilidade, A sociabilidade nos distingue dos animais, pela sociabilidade o ser
humano se enriquece e o fenómeno da sociabilidade torna evidente autotranscendȇncia.

14. De que forma se encontravam organizados socio culturalmente as comunidades de


caçadores e recolectores.

R: Segundo Musica (2010, p.51) afirma que encontravam-se organizada de forma paleolítico.
Conclusao

Depois do estudo feito espera se uma visão ampla sobre os órgãos autárquicos visto que dispõem
de um poder de decisão autónomo que o exercem sob o controlo da autoridade tutelar. «Lei
6/2007, de 9 de Fevereiro – Art.3 -. A tutela administrativa do Estado sobre as autarquias locais
consiste na verificação da legalidade dos actos administrativos autárquicos (…) bem como no
estabelecimento de medidas sancionatórias nos casos expressamente previstos na Lei».
Bibliografia

MUSICA, Jacinto.Introduçao ao Estudo d Historia das Sociedades. Rua Correia de Britos N˚


613–Ponta–Gea. Moçambique - Beira, 2010.