Você está na página 1de 4

Autodisciplina

Muitos pensam que é melhor para "evitar" problemas.

Isso é falso.

Primeiro, porque não enfrentam uma dificuldade, você está apenas pensando sobre o
momento presente. Mas eles não levam em conta as consequências.

Em última instância, os conflitos são maiores.

Aqui está um exemplo: sabe-se que as pessoas obesas têm dificuldade em perder peso,
porque o corpo tende a manter certas quilogramas.

Muitos escolhem "o caminho mais fácil" e ainda desfrutar a comida, a duração da ingestão.
Mas o que vai se sentir igualmente satisfeito se eles continuam engordando?, Vai ser feliz
quando você quer ir para a praia ou piscina e não se atreveu a usar um maiô?

Alguém pode dizer: "Não é o meu caso."

De acordo. Veja outro exemplo: um estudante que não prepara um exame no tempo,
provavelmente dedicar seu tempo livre para ouvir música ou jogar horas. Mas o que
acontecerá mais tarde, quando você precisa dar o seu teste? É quase certo a falhar, uma vez
que não conhecem o assunto.

Não há estradas fáceis

Além disso uma tende a exagerar o problema que produz dificuldades.

Suponha que um jovem quer pololear com uma garota e não se atrevem a dizer. "Imagine"
vai experimentar uma grande dor se ela diz: "Não".

Com essa expectativa, não vai mesmo tentar uma abordagem. E os danos causados a si
mesmo, evitando a dificuldade vai ser pior do que enfrentá-lo.

Por quê?

Porque ele pode realmente falhar. Mas, ainda assim, algo aprender com o que aconteceu. E
que "a experiência" servirá para uma segunda tentativa, talvez com outra pessoa.
E por último, mas continuo recebendo rejeição após rejeição, de acordo com o cálculo de
probabilidades, alguém vai triunfar. Mas, considerando-se antes de tentar qualquer coisa, ele
está condenado a viver sem um parceiro. E clássico exemplo será un delosque dizer: "Não me
he arriscado, mas não ganhou."
energia extra

Muitas vezes vê-se na consulta a jovens universitários, que incluem: "Eu estou fazendo
péssimo". Dizem nas escolas básicas e secundárias tiveram bom desempenho. Eles acharam
fácil de aprender, e não cultivada a autodisciplina.

Agora, no entanto, eles devem se esforçar mais, mas não o fazem.

Assim, eles são minar a satisfação derivada do estudo. E, o que é mais grave, eles estão
destruindo a confiança em si mesmos. Há um axioma claro em tudo isso: a aceitação plena do
caminho "mais fácil" é o único procedimento inteligente e racional.

Se a pessoa afirma que seus objetivos são, a única maneira de alcançá-los está agindo: se
você não quer ter cáries ou doenças da gengiva, você deve escovar os dentes após cada
refeição.

Para alcançar a autodisciplina, sem dúvida, vai enfrentar tentações e dificuldades. Estes são
mais elevados no início. E, portanto, temos de ter uma "energia extra" para superar a inércia.

No entanto, quando um já foi usado para escovar os dentes após cada refeição, já não é tão
difícil. Pode até ser agradável.

O mesmo se aplica para aqueles que desejam enviar o seu desempenho escolar ou no
trabalho, ou perder peso ou alcançar qualquer outro objetivo.

Não há nenhuma maneira que a disciplina. Mas tem enormes vantagens. Uma advertência:
não exagere.

Porque, na maioria dos casos, a adesão rígida para as regras muitas vezes é tão prejudicial
quanto a falta de organização. Isso não deve ser uma desculpa.

A verdade é que "nós podemos" alcançar muitos objetivos.

E, em vez de dizer: "Eu sou melhor como eu sou", repete. "Eu sou um ser humano. E eu sou
capaz de me autodisciplinar apesar de eu achar que é difícil".

Como adquirir auto-disciplina

Vimos que é inútil para evitar dificuldades. enfrentam problemas mais prático.

E para isso, é necessário disciplina.

Como alcançá-lo, especificamente?


O primeiro é determinar o que objetivo ou meta perseguida.

Em segundo lugar, a pessoa para ver quantas desculpas para não realizar a tarefa é dada: Eu
não posso fazê-lo; Estou muito cansado; não será; é másfácil não fazer nada.

Então você precisa para propor um projeto simples. Isto é para verificar quantas fasos surgem
argumentos "antes" para fazer um trabalho.

Em seguida, é necessário analisar esses "argumentos" procurando maneiras de derrotá-los


(geralmente com uma ação específica).

juro deve estimular no projeto (pode-se pensar na felicidade ou o dinheiro a ser recebido;
demonstrações de afeto por outras pessoas para ver um dos nossa tarefa bem feito).

Em seguida, você deve executar este projeto simples, para provar a si mesmo que, na verdade
um "pode fazer".

exemplos práticos

Cada pessoa, de acordo com os seus interesses, serão propostas diferentes tarefas. Por
exemplo, o estudo diário; seguir uma dieta para perder peso; aumentar a quantidade de
amigos.

Isso parece "tão difícil", pode ser simplificado se um programa de pós-graduação é


desenvolvido, com menores sub-metas.

Se um aluno quer melhorar suas notas em matemática, você pode definir metas mais baixas
como faz diariamente dez anos no notebook, tal hora a tal hora.

Outro indivíduo que quer escrever um livro, pode ser definido o sub-objetivo de escrever um
determinado número de páginas a cada dia.

Quem deseja ter mais amigos, para acabar com o isolamento social, pode ser proposto para
chamar três pessoas na segunda-feira, três outros na terça-feira e continuar com este sistema.

E se alguém quiser perder peso, você pode reduzir calorias progressivamente "Hoje só
comem manhã chocolate, nenhum depois de amanhã, ou chocolates ou bolos ..". (O plano não
deve ser muito drástica, mas de pós-graduação).

recompensas

Outra técnica importante é auto-recompensa.

Isto significa que a pessoa, como está a cumprir o seu programa, "prêmio é dado".
Considere o caso de uma dona de casa que considera "um pode" manter a roupa de inverno e
começar o verão. A tarefa parece assustador.

Mas você pode dividir o processo em várias etapas: a) abrir os armários, e determinar quais
devem ser transferidos. Neste ponto, você já pode ser uma recompensa; b) retirar a roupa e
deixar em outro lugar; c) abrir as malas, tirar as roupas de verão; d) salvar inverno Io
corretamente; e) fazer o verão ... e assim por diante.

Em cada ponto do programa pode ser recompensado com algo que corresponde ao esforço.
Naturalmente, "prêmios" pode variar de comer algo especial (se não em uma dieta), os filmes,
ou outra atividade que é atraente.

Esta maneira de fazer processo de trabalho de pós-graduação muito mais fácil. E isso é válido
para qualquer tarefa que você propõe. Porque se é para fazer "tudo" de uma vez, o objetivo
parece impossível de alcançar.

Sem dúvida, existem problemas de passividade e evitar que estão enraizadas em distúrbios
psicológicos e requerem a ajuda de um terapeuta.

Mas na maioria dos casos, as pessoas passam por períodos de depressão para ser considerado
"incapaz", sem qualquer distúrbio grave.

Fundamentalmente, é "iniciar" uma tarefa.

E, normalmente, ele logo descobriu que não era tão difícil ou tão longo como um tinha
imaginado.