Você está na página 1de 3

História das Instituições Jurídicas

Preâmbulo

Preâmbulo

Preâmbulo
Preâmbulo
História das Instituições Jurídicas Preâmbulo 13/2/2007 PHCJE 1

13/2/2007

PHCJE

1

Referentes da Cultura Primitiva

Referentes da Cultura Primitiva Características: Surgimento da agricultura, organização social, habitações

Características:Referentes da Cultura Primitiva Surgimento da agricultura, organização social, habitações desenvolvidas, formação do

Surgimento da agricultura, organização social, habitações desenvolvidas, formação do EstadoReferentes da Cultura Primitiva Características: Desenvolvimento das escrita pelos Sumérios (Povo da região da

Desenvolvimento das escrita pelos Sumérios (Povo da região da Mesopotâmia)Surgimento da agricultura, organização social, habitações desenvolvidas, formação do Estado 13/2/2007 PHCJE 3

13/2/2007

PHCJE

3

Referentes da Antiguidade Oriental - Babilônios

Localização:Referentes da Antiguidade Oriental - Babilônios Estreita faixa de terá banhada pelos rios Tigre e Eufrates

da Antiguidade Oriental - Babilônios Localização: Estreita faixa de terá banhada pelos rios Tigre e Eufrates

Estreita faixa de terá banhada pelos rios Tigre e Eufrates (Irã, Armênia, Síria, golfo pérsico)da Antiguidade Oriental - Babilônios Localização: Povos da mesopotâmia : sumérios, acádios, amoritas,

Povos da mesopotâmia: :

sumérios, acádios, amoritas, cassitas, assirios e caldeusArmênia, Síria, golfo pérsico) Povos da mesopotâmia : Sumérios: cidades-estado, escrita cuneiforme, religião

Sumérios: cidades-estado, escrita cuneiforme, religião politeísta, desenvolvimento da agricultura, indústria e comércio cidades-estado, escrita cuneiforme, religião politeísta, desenvolvimento da agricultura, indústria e comércio

13/2/2007

PHCJE

5

Panorama histórico da cultura jurídica europeia (guião)

Referentes da Cultura Primitiva

Referentes da Cultura Primitiva Várias teorias de surgimento Cultura primitiva relacionada à Pré-história Época

Várias teorias de surgimentoReferentes da Cultura Primitiva Cultura primitiva relacionada à Pré-história Época compreendida 500.000 aC – 4.000

Cultura primitiva relacionada à Pré-históriaReferentes da Cultura Primitiva Várias teorias de surgimento Época compreendida 500.000 aC – 4.000 aC Subdivisões

Época compreendida 500.000 aC – 4.000 aCsurgimento Cultura primitiva relacionada à Pré-história Subdivisões Paleolítico: 500.000 aC – 10.000 aC

Subdivisões Paleolítico: 500.000 aC – 10.000 aCPré-história Época compreendida 500.000 aC – 4.000 aC Neolítico: 10.000 aC – 4.000 aC Idade dos

4.000 aC Subdivisões Paleolítico: 500.000 aC – 10.000 aC Neolítico: 10.000 aC – 4.000 aC Idade
Neolítico: 10.000 aC – 4.000 aC

Neolítico: 10.000 aC – 4.000 aC

Neolítico: 10.000 aC – 4.000 aC

Idade dos Metais: nestes meandros

13/2/2007

PHCJE

2

Referentes da Antiguidade Oriental - Egípcios

Referentes da Antiguidade Oriental - Egípcios Período pré dinástico, antigo império, médio império, novo império

Período pré dinástico, antigo império, médio império, novo impérioReferentes da Antiguidade Oriental - Egípcios Sociedade: distinção entre classes, maleabilidade, igualdade perante a

Sociedade: distinção entre classes, maleabilidade, igualdade perante a lei, monogamia, concubinagem distinção entre classes, maleabilidade, igualdade perante a lei, monogamia, concubinagem

Religião: politeísmo, imortalidade da alma, juízo final, volta da alma ao mesmo corpo, adoração de animais politeísmo, imortalidade da alma, juízo final, volta da alma ao mesmo corpo, adoração de animais

Economia: agricultura, indústria de tecidos, de vidros, de barcos, de jóias e comércio desenvolvido agricultura, indústria de tecidos, de vidros, de barcos, de jóias e comércio desenvolvido

Ciências: astronomia, matemática, física, hidráulica, química astronomia, matemática, física, hidráulica, química

Direito: monarquias absolutas monarquias absolutas

13/2/2007

PHCJE

4

Referentes da Antiguidade Oriental - Babilônios

Governo

Religião:

politeísmo

Monarquia absoluta, não teocrática

Economia:

agricultura

Primeiro império babilônico: capital, Babilônia, Hamurábi, o maior soberano , autor do Código de Hamurabi

Código de Hamurabi é de + ou – 1400 aCimpério babilônico : capital, Babilônia, Hamurábi, o maior soberano , autor do Código de Hamurabi 13/2/2007

13/2/2007

PHCJE

Hamurábi, o maior soberano , autor do Código de Hamurabi Código de Hamurabi é de +

6

1

Referentes da Antiguidade Oriental - Palestina

Referentes da Antiguidade Oriental - Palestina Também chamada de Canaã População formada por Cananeus e Filisteus

Também chamada de CanaãReferentes da Antiguidade Oriental - Palestina População formada por Cananeus e Filisteus além de Hebreus, que

População formada por Cananeus e Filisteus além de Hebreus, que antes nômades, se fixaram na região e contribuíram para a formação do Direito.Antiguidade Oriental - Palestina Também chamada de Canaã Legislação Mosaica: autor Moisés Base da legislação era

Legislação Mosaica: autor Moisésna região e contribuíram para a formação do Direito. Base da legislação era o Pentateuco, 5

Base da legislação era o Pentateuco, 5 primeiros livros da bíbliaa formação do Direito. Legislação Mosaica: autor Moisés 13/2/2007 Gênese, Êxodo, Levítico, Números e

legislação era o Pentateuco, 5 primeiros livros da bíblia 13/2/2007 Gênese, Êxodo, Levítico, Números e

13/2/2007

Gênese, Êxodo, Levítico, Números e Deuteronômio (principal)

PHCJE

7

Referentes da Antiguidade Clássica - Gregos

Referentes da Antiguidade Clássica - Gregos Localização : País da Europa oriental, solo montanhoso e pobre,

Localização: País da Europa oriental, solo montanhoso e pobre, banhado pelos mares Jônio, Egeu e : País da Europa oriental, solo montanhoso e pobre, banhado pelos mares Jônio, Egeu e Mediterrâneo

Origem: jônios, eólios, dórios e aqueus : jônios, eólios, dórios e aqueus

Polis principais: Esparta e Atenas : Esparta e Atenas

Características de Esparta: militarista, autocrata, aristocrata, provinciana, conservadora, atrasada. Legislador: Licurgo, tido por muitos como : militarista, autocrata, aristocrata, provinciana, conservadora, atrasada. Legislador: Licurgo, tido por muitos como lenda ou ser mitológico

13/2/2007

PHCJE

9

Referentes da Antiguidade Clássica - Romanos

Referentes da Antiguidade Clássica - Romanos Origem : lendária, advinda de Rômulo e Remo, em 754

Origem: lendária, advinda de Rômulo e Remo, em 754 aC : lendária, advinda de Rômulo e Remo, em 754 aC

Direito Romano:Origem : lendária, advinda de Rômulo e Remo, em 754 aC Lei das XII Tábuas, na

Lei das XII Tábuas, na época de 462/452 aC, estando no seu bojo a pena de Taliãoadvinda de Rômulo e Remo, em 754 aC Direito Romano: Justiniano : Corpus júris civiles da

Justiniano: Corpus júris civiles da época de 527/565 dC, dividido em quatro livros: Codex, Digesto : Corpus júris civiles da época de 527/565 dC, dividido em quatro livros: Codex, Digesto ou Pandectas, Institutas e Novelas

Principais jurisconsultos: Sálvio Juliano, Emilio Papiniano, Ulpiano e Gaio : Sálvio Juliano, Emilio Papiniano, Ulpiano e Gaio

13/2/2007

PHCJE

11

Panorama histórico da cultura jurídica europeia (guião)

Referentes da Antiguidade Oriental - Hindus

Referentes da Antiguidade Oriental - Hindus Localização : Vasta península do sul da ásica, com exuberante

Localização: :

Vasta península do sul da ásica, com exuberante vegetação, férteis vales, banhados pelos rios Ganges, Indo e BramaputraReferentes da Antiguidade Oriental - Hindus Localização : Código de Manu Data de aproximadamente 1000 aC,

Código de Manuvales, banhados pelos rios Ganges, Indo e Bramaputra Data de aproximadamente 1000 aC, era um dos

Data de aproximadamente 1000 aC, era um dos 4 livros sagrados denominados VEDAS, era o mais antigo, com 746 artigos, e três divisões: religião, moral e leis civilexuberante vegetação, férteis vales, banhados pelos rios Ganges, Indo e Bramaputra Código de Manu 13/2/2007 PHCJE

13/2/2007

PHCJE

8

Referentes da Antiguidade Clássica - Gregos

Referentes da Antiguidade Clássica - Gregos Características de Atena s: marítima, comerciante, imperialista adiantada.

Características de Atenas: marítima, comerciante, imperialista adiantada. Legisladores: Drácon, Sólon, Clístentes. s: marítima, comerciante, imperialista adiantada. Legisladores: Drácon, Sólon, Clístentes.

Leis de Drácon: (Séc. VII aC) extremamente severas, baseadas na vingança familiar. : (Séc. VII aC) extremamente severas, baseadas na vingança familiar.

Leis de Sólon: (638/558 aC) estabeleceu democracia em Atenas, abrandamento das Leis Draconianas, criação do Areópago – : (638/558 aC) estabeleceu democracia em Atenas, abrandamento das Leis Draconianas, criação do Areópago – responsáveis pela leis e constituições

13/2/2007

PHCJE

10

Referentes da Antiguidade Clássica - Roma

Referentes da Antiguidade Clássica - Roma Divisão do Império Roman o: Teodósio (379 a 395), em

Divisão do Império Romano: Teodósio (379 a 395), em o: Teodósio (379 a 395), em

Império Romano do Ocidente: capital Roma, Honório, com 11 anos de idade : capital Roma, Honório, com 11 anos de idade

Império Romano do Oriente: capital Constantinopla, Teodósio, com 19 anos de idade : capital Constantinopla, Teodósio, com 19 anos de idade

Queda do império romano do ocidente: 47611 anos de idade Império Romano do Oriente : capital Constantinopla, Teodósio, com 19 anos de

13/2/2007

PHCJE

12

2

Referentes da História Moderna (476 até 1789)

Idade Média

Referentes da História Moderna (476 até 1789) Idade Média 476 até 1453 queda de Constantinopla, no

476 até 1453 queda de Constantinopla, no Império Romano Oriental, hoje Istambul

Idade Moderna

1453 até 1789 Revolução Francesa

13/2/2007

PHCJE

13

Referentes da Idade Média – DIREITO CANÔNICO

Referentes da Idade Média – DIREITO CANÔNICO Noções : Igreja Católica reconhecida pelo Estado e organizada,

Noções:

Igreja Católica reconhecida pelo Estado e organizada, procurou criar suas próprias normas de direito.Referentes da Idade Média – DIREITO CANÔNICO Noções : Principais codificações: Corpus júris canonici e o

Principais codificações:

Corpus júris canonici e o Codex júris canonicipelo Estado e organizada, procurou criar suas próprias normas de direito. Principais codificações: 13/2/2007 PHCJE 15

13/2/2007

PHCJE

15

IDADE MODERNA e CONTEMPORÂNEA Idade Moderna: 1453 – 1789 Idade Contemporânea: 1789 - atualidade Codificações
IDADE MODERNA e
CONTEMPORÂNEA
Idade Moderna: 1453 – 1789
Idade Contemporânea: 1789 - atualidade
Codificações
Commow Law
Direito Português
Direito Brasileiro
13/2/2007
PHCJE
17

Panorama histórico da cultura jurídica europeia (guião)

Referentes da Idade Média - DIREITO GERMÂNICO

Referentes da Idade Média - DIREITO GERMÂNICO Bárbaros: povos que viviam fora do império Romano, germanos,

Bárbaros: povos que viviam fora do império Romano, germanos, esclavos, tártaro- mongóis povos que viviam fora do império Romano, germanos, esclavos, tártaro- mongóis

Características: falta de unidade política, belicosidade, patriarcalismo, casamento monogâmico, politeísmo : falta de unidade política, belicosidade, patriarcalismo, casamento monogâmico, politeísmo

Direito: predominava o indivíduo e o grupo a que pertencia, não existindo no direito germânico : predominava o indivíduo e o grupo a que pertencia, não existindo no direito germânico um ponto de cristalização

13/2/2007

PHCJE

14

Referentes da Idade Média – DIREITO MEDIEVAL

Referentes da Idade Média – DIREITO MEDIEVAL Pluralismo jurídico: cada feudo com suas próprias leis 13/2/2007

Pluralismo jurídico: cada feudo com suas próprias leisReferentes da Idade Média – DIREITO MEDIEVAL 13/2/2007 PHCJE 16

13/2/2007

PHCJE

16

3