Você está na página 1de 7

PROF.

VÍTOR MENEZES

Apresento a seguir alguns comentários sobre a prova de estatística do concurso da


Sefaz/SP, realizado domingo passado (dia 29/03).
Aproveito a oportunidade para relembrar que estou com um curso de estatística em
andamento, para o cargo de Fiscal do ICMS/SP. O curso tem 9 aulas, já estando todas
elas disponíveis para download. Tomei como base o edital do último concurso.
O curso é de teoria e exercícios. E tome exercícios resolvidos! Foram mais de 280
exercícios de concursos resolvidos, com destaque para ESAF e FCC. Isto sem falar nos
exercícios propostos, que eu mesmo elaborei, com o intuito de introduzir diversos
tópicos.

Vamos à prova! Vou tomar como base a prova de gabarito 1.

Questão 36
Determine a mediana das seguintes observações:
17, 12, 9, 23, 14, 6, 3, 18, 42, 25, 18, 12, 34, 5, 17, 20, 7, 8, 21, 13, 31, 24, 9.
a) 13,5
b) 14
c) 17
d) 15,5
e) 14,5

Comentários
Este assunto é abordado na aula 3 do nosso curso de estatística para o ICMS/SP.
A mediana é o termo central. Então o trabalho é ordenar o conjunto de dados fornecidos
(obtendo o ROL), e depois identificar quem é o termo do meio.

ROL: 3, 5, 6, 7, 8, 9, 9, 12, 12, 13, 14, 17, 17, 18, 18, 20, 21, 23, 24, 25, 31, 34, 42

São 23 termos. O do meio é o 12°.


ROL: 3, 5, 6, 7, 8, 9, 9, 12, 12, 13, 14, 17, 17, 18, 18, 20, 21, 23, 24, 25, 31, 34, 42
A mediana é igual a 17.
D = 17
Resposta: C.

Questão 37
Considerando que as observações apresentadas na questão anterior constituem uma
amostra aleatória simples X1, X2, ..., Xn de uma variável aleatória X, determine o valor

www.pontodosconcursos.com.br
PROF. VÍTOR MENEZES

mais próximo da variância amostral, usando um estimador não tendencioso da variância


de X.
Considere que:
23

∑x
i =1
i = 388

23

∑x = 8676
2
i
i =1

a) 90,57
b) 96,85
c) 94,45
d) 92,64
e) 98,73

Lá na aula 7 do nosso curso de estatística, vimos que há diversos tipos de estimadores


(não tendenciosos, de máxima verossimilhança, de mínimos quadrados, entre outros). E,
quando estudamos estimadores para a variância, vimos as fórmulas do estimador não
tendencioso e do estimador de máxima verossimilhança.
O estimador não tendencioso da variância é:

∑ (X )
2
−X
=
2 i
s
n −1
E a fórmula alternativa para o cálculo acima, dada na aula 3, é a que segue:
  n  
2

 ∑ i  
X
1 n
s2 = ∑ ( X i ) −  i =1  
2

n − 1 i =1 n 
 
 
E o exercício quer que a gente use esta fórmula aí de cima, uma vez que forneceu todas
as suas parcelas. Substituindo os valores fornecidos:
1  388 2 
s2 = ×  8676 − 
23 − 1  23 
E o trabalho agora é fazer estas contas. Fatorando o 388:
1  388 × 4 × 97 
s2 = ×  8676 − 
23 − 1  23 
1  97 
s2 = ×  8676 − 388 × 4 × 
23 − 1  23 

× (8676 − 388 × 4 × 4,21) ≅


1 1
s2 ≅ × 2130,61
23 − 1 22
2130,61
s2 ≅
22

www.pontodosconcursos.com.br
PROF. VÍTOR MENEZES

s 2 ≅ 96,85
Resposta: B.

Questão 38
Dados os relativos de preços do ano 1 em relação ao ano 0 de quatro produtos e os
pesos relativos dos valores de cada produto no ano 0, obtenha o valor mais próximo da
variação percentual do Índice de Preços de Laspeyres do ano 1 em relação ao ano 0.

Relativo de preços 1,10 1,05 1,08 1,15


Pesos no ano 0 0,10 0,20 0,30 0,40
a) 9,9%
b) 12,0%
c) 10,8%
d) 11,3%
e) 10,4%

Comentários
Esta matéria não foi abordada no curso para o ICMS SP porque não fez parte do último
edital. Mas quem fez o curso de estatística para AFRFB do ano passado viu, lá na aula
5, que o índice de preços de Laspeyres pode ser entendido como uma média ponderada
dos preços relativos de cada mercadoria. Este assunto será novamente abordado no
curso de estatística para AFRFB que estamos lançando agora.
Pois bem. A questão forneceu os pesos e os preços relativos. Nosso trabalho é calcular a
média ponderada.

1,10 × 0,10 + 1,05 × 0,20 + 1,08 × 0,30 + 1,15 × 0,40


IL = = 1,104
0,10 + 0,20 + 0,30 + 0,40
Ou seja, o índice de Laspeyres indica um aumento de 10,4% nos preços.
Resposta: E.

Questão 39
Seja Z uma variável aleatória Normal Padrão. Dados os valores de z e de P(Z < z) a
seguir, obtenha o valor mais próximo de P(-2,58 < Z < 1,96).
z 1,96 2,17 2,33 2,41 2,58
P( Z < z ) 0,975 0,985 0,99 0,992 0,995
a) 0,99
b) 0,97
c) 0,98
d) 0,985
e) 0,95

www.pontodosconcursos.com.br
PROF. VÍTOR MENEZES

Tipo de questão bastante abordado em nosso curso. A questão só exigiu que o candidato
soubesse consultar a tabela de áreas para a variável aleatória normal padrão.

Se P ( Z < 1,96) = 0,975 , isto significa que a área verde da figura abaixo (que traz um
esboço da função densidade de probabilidade para a normal padrão) é igual a 97,5%.

Figura 1
Aliás, este valor de 1,96 é tão comum em questões deste tipo que muita gente acaba
decorando o percentual a ele correspondente.

Se P ( Z < 2,58) = 99,5% , isto significa que a área verde da figura abaixo é igual a
99,5%.

Figura 2
Como a área inteira é igual a 1, concluímos que a área amarela é igual a 0,5%.
Considerando que o gráfico é simétrico, então cada uma das duas áreas amarelas abaixo
vale 0,5%.

www.pontodosconcursos.com.br
PROF. VÍTOR MENEZES

Figura 3
A probabilidade P (−2,58 < Z < 1,96) é igual à área entre -2,58 e 1,96. Comparando as
figuras 1 e 3, temos que esta área é igual a:
P (−2,58 < Z < 1,96) = 97,5% − 0,5% = 97%
Resposta: B.

Questão 40
Uma amostra aleatória simples (X1 ,Y1), (X2 ,Y2), ..., (Xn,Yn) de duas variáveis
aleatórias X e Y forneceu as seguintes quantidades:

∑(X
i =1
i − X ) 2 = 414
n

∑ (Y
i =1
i − Y ) 2 = 359
n

∑(X
i =1
i − X )Yi = 345

Calcule o valor mais próximo do coeficiente de determinação da regressão linear de Y


em X.

Comentários
Assunto abordado na última aula do curso de estatística para o ICMS-SP. Dentro do
modelo padrão de regressão linear, o coeficiente de determinação é igual ao quadrado
do coeficiente de correlação linear.

A fórmula do coeficiente de correlação linear é dada por:

∑ [(X ) ( )]
n

i − X × Yi − Y
r= i =1

∑ (X ) × ∑ (Y − Y )
n n
2 2
i −X i
i =1 i =1

Aí vem um pequeno detalhe. O candidato tinha que saber que:

www.pontodosconcursos.com.br
PROF. VÍTOR MENEZES

n n

∑ ( X i − X ) × (Yi − Y ) = ∑ ( X i − X )Yi
i =1 i =1

Esta igualdade não é difícil de ser checada. Basta fazer assim:


n n n

∑(X
i =1
i − X ) × (Yi − Y ) = ∑ ( X i − X ) × Yi − ∑ ( X i − X ) × Y
i =1 i =1

Como Y é constante, ele pode sair do somatório:


n n n

∑ ( X i − X ) × (Yi − Y ) = ∑ ( X i − X ) × Yi − Y × ∑ ( X i − X )
i =1 i =1 i =1
Lembrando que a soma dos desvios em relação à média é sempre zero, temos:
n n

∑ ( X i − X ) × (Yi − Y ) = ∑ ( X i − X ) × Yi − Y × 0
i =1 i =1

E chegamos à igualdade que queríamos:

n n

∑ ( X i − X ) × (Yi − Y ) = ∑ ( X i − X ) × Yi
i =1 i =1

No nosso curso, vimos diversas igualdades envolvendo somatórios, resumidas no


quadro 1 da aula 9. Nós vimos justamente aquelas mais cobradas.
Esta aí de cima nós não vimos. Então recomendo que vocês a acrescentem lá no citado
quadro.
E, em relação às demais igualdades, vistas durante a aula, esta aí de cima é até mais
tranqüila, conforme o passo a passo mostrado.

Agora sim podemos aplicar a fórmula do coeficiente de correlação:

∑ [(X ) ( )]
n

i − X × Yi − Y
r= i =1

∑ (X ) × ∑ (Y − Y )
n n
2 2
i −X i
i =1 i =1

∑ [(X ) ]
n

i − X × (Yi )
r= i =1

∑ (X ) × ∑ (Y − Y )
n n
2 2
i −X i
i =1 i =1

Substituindo os valores informados no enunciado:

345
r=
414 × 359

Só que o exercício não pediu o coeficiente de correlação, sim o coeficiente de


determinação.
345 2
r2 =
414 × 359

www.pontodosconcursos.com.br
PROF. VÍTOR MENEZES

345 × 345 345 345


r2 = = ×
414 × 359 414 359

Fatorando:

3 × 5 × 23 3 × 5 × 23
r2 = ×
2 × 9 × 23 359

Como 359 é um denominador bem grande, vamos aproximá-lo para 360, que a fração
praticamente não se altera.
3 × 5 × 23 3 × 5 × 23
r2 ≅ ×
2 × 9 × 23 360
3 × 5 × 23 3 × 5 × 23
r2 ≅ ×
2 × 9 × 23 9 × 8 × 5
Simplificando:
5 23 5 23
r2 ≅ × = × ≅ 0,798
2 × 3 3 × 8 6 24
Quando nós trocamos o denominador 359 por 360, nós diminuímos um pouco o valor
do coeficiente de determinação. O coeficiente de determinação, na verdade, é um
pouquinho maior que 0,798.
Resposta: D

E ficamos por aqui.


Nunca é demais lembrar: no ponto anterior (Ponto 27), fiz comentários à questão 25 da
prova de RLQ deste mesmo concurso. A questão possui mais de uma alternativa correta
e deve ser anulada.

Abraços

Vítor

www.pontodosconcursos.com.br