Você está na página 1de 45

GOVERNO DO ESTADO DE PERNAMBUCO

SECRETARIA DE TURISMO – SETUR


UNIDADE DE COORDENAÇÃO DO PROGRAMA – UCP/PE

CASA DO ARTESÃO DE IGARASSU


PROJETO EXECUTIVO PARA REFORMA

VOLUME III

PROJETO DE ARQUITETURA,
PAISAGISMO E ILUMINAÇÃO

JANEIRO 2014

Secretaria de
PRODETUR
Turismo
NACIONAL
Projeto Executivo de Reforma
Casa do Artesão de Igarassu - PE

Projeto Executivo
Volume III - Projeto de Arquitetura, Projeto de
Paisagismo e Projeto de Iluminação

Janeiro/2014
Projeto Executivo| Projetos de Arquitetura, Paisagismo e Iluminação
Janeiro | 2014

GOVERNO DO ESTADO DE PERNAMBUCO


Eduardo Campos
Governador

João Lyra Neto


Vice-Governador

Adailton Feitosa
Secretário de Turismo

Eduardo Figueiredo
Secretário Executivo de Turismo

Salo Bortman
Secretário Executivo Prodetur Nacional PE

Ivete Lacerda
Gerente Geral Prodetur Nacional PE

EQUIPE TÉCNICA PRODETUR NACIONAL PE


Tiago Andrade Lima
Superintendente de Meio Ambiente

Simone Jar
Superintendente de Turismo

Carlos Estima
Superintendente de Infraestrutura

Diogo Carvalho
Superintendente de Aquisições Contratos e Convênios

Mariza Jordão
Gestora de Projetos de Arquitetura e Patrimônio Histórico

EQUIPE TÉCNICA CONSÓRCIO PROJETEC/ECOPLAN (GERENCIADORA)


Luís Antônio Rosa
Coordenação Geral

Anamélia Soares
Coordenação de Planejamento e Monitoramento

Elizabeth Domingos
Coordenação de Meio Ambiente

Cristiane Viana
Coordenação de Infraestrutura

Ana Cláudia Fonseca


Especialista em Arquitetura e Patrimônio Histórico

Luciana Sagi
Consultora em Turismo e Fortalecimento Institucional
Projeto Executivo| Projetos de Arquitetura, Paisagismo e Iluminação
Janeiro | 2014

CL ENGENHARIA E URBANISMO
Equipe Técnica

Marcelo Figueiredo
Coordenador Geral

Evelyn Schor
Coordenadora do Projeto

Roque Samudio
Coordenador de Campo

Roque Samudio
André Bezerra Lins
Érica Amorim Costa
Eva Passavante
Mariá Faria
Projeto de Conservação e Restauro
Projeto de Arquitetura

Glena Salgado Vieira


Roberto Carneiro da Silva
Ulisses Pernambucano de Melo Neto
Arqueologia
Andresa Bezerra de Santana
Guilherme Jorge Paes Barretto Neto
História
Edgard Soares de Rocha
Fotografia
Projeto de Monitoramento, Resgate e
Salvaguarda de Achados Arqueológicos

Clarissa Matos
Evelyn Schor
Projeto de Paisagismo

Natália Mesquita
Silas Saulo dos Santos
Projeto de Iluminação

Denillo Candeia de Lima


Projeto Estrutural, de Fundação e Contenção

Silas Saulo dos Santos


Projetos Complementares de Engenharia

André Rocha de Britto Salgueiro


Topografia
Projeto Executivo| Projetos de Arquitetura, Paisagismo e Iluminação
Janeiro | 2014

Sylvio Mamede Torres


Estudos Geotécnicos

Jefferson Wagner
Técnico em Edificações

Carolina Moura
Vitor Ramos
Estagiários de Arquitetura e Urbanismo
Projeto Executivo | Projeto de Arquitetura, Paisagismo e Iluminação
Janeiro | 2014

APRESENTAÇÃO

O presente relatório é parte dos produtos obtidos no contrato nº. 026/2013 Elaboração do
Projeto Executivo para Reforma da Casa do Artesão de Igarassu, firmado entre o Programa
Nacional de Desenvolvimento do Turismo (PRODETUR Nacional Pernambuco) e a Cunha
Lanfermann Engenharia e Urbanismo.

Faz parte deste documento o Projeto de Arquitetura, bem como o detalhamento do mesmo,
além do Projeto Paisagístico e de Iluminação. Ambos consistem nos produtos do Volume III,
de um total de cinco, como parte integrante do Produto I – Projeto Executivo, da fase
homônima do contrato acima citado.

 PRODUTO 1 - PROJETO EXECUTIVO


 VOLUME I – PROJETO DE CONSERVAÇÃO E RESTAURO
ANEXO I – Levantamento Arquitetônico e Planialtimétrico
ANEXO II – Documentação Fotográfica
ANEXO III – Projeto de Restauro
ANEXO IV – Proposta de Intervenção
 VOLUME II – PROJETO DE MONITORAMENTO, RESGATE E SALVAGUARDA DE
ACHADOS ARQUEOLÓGICOS
 VOLUME III – PROJETO DE ARQUITETURA
PROJETO DE PAISAGISMO
PROJETO DE ILUMINAÇÃO
 VOLUME IV – PROJETO ESTRUTURAL DE FUNDAÇÕES E CONTENÇÕES
 VOLUME V – PROJETOS COMPLEMENTARES
Projeto de Instalações Hidrossanitárias
Projeto de Drenagem de Águas Pluviais
Projeto de Instalações Elétricas
Projeto de Instalações de Cabeamento Estruturado (Telefonia e Lógica)
Projeto de Sistema de Proteção Contra Descargas Atmosféricas -
SPDA
Projeto de Instalação de Circuito Fechado de TV - CFTV
Projeto de Detecção, Prevenção e Combate a Incêndio
Projeto Executivo | Projeto de Arquitetura, Paisagismo e Iluminação
Janeiro | 2014

SUMÁRIO

INTRODUÇÃO ...................................................................................................................... 7
1. ARQUITETURA ................................................................................................................. 8
1.1. O Conceito ................................................................................................................ 8
1.2. A Proposta ................................................................................................................ 8
1.3. Recomendações ..................................................................................................... 11

2. PAISAGISMO .................................................................................................................. 12
2.1. Concepção do Projeto ........................................................................................... 12
2.2. Tabela das Espécies Vegetais ............................................................................... 13
2.2.1. Árvores Existentes .......................................................................................... 13
2.2.2. Arbusto + Herbáceas ...................................................................................... 14
2.2.3. Demais Itens................................................................................................... 16
3. ILUMINAÇÃO .................................................................................................................. 17
ANEXO I – PROJETO DE ARQUITETURA
ANEXO II – PROJETO DE PAISAGISMO
ANEXO III – PROJETO DE ILUMINAÇÃO
Projeto Executivo | Projeto de Arquitetura, Paisagismo e Iluminação
Janeiro | 2014

INTRODUÇÃO

A Casa do Artesão de Igarassu constitui um exemplo da arquitetura colonial produzida no


Brasil no século XVII. Faz parte do casario da Rua Barbosa Lima, caracterizada pelo
desenvolvimento e ocupação em torno da Igreja de Santos Cosme e Damião, de 1535,
estando assim diretamente relacionada à história da cidade de Igarassu. Está inserida no
perímetro do Conjunto Arquitetônico e Paisagístico da Cidade de Igarassu, que por sua
excepcionalidade, em 1972 foi incluído no Livro de Tombo Arqueológico, Etnográfico e
Paisagístico do Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (IPHAN), passando a
ser objeto de salvaguarda com objetivo de garantir sua integridade.

Atualmente, esta edificação comporta a Casa do Artesão de Igarassu e demanda um projeto


de reforma visando desenvolver o turismo no Sítio Histórico da cidade. Para tal, este
relatório apresenta os projetos executivos de arquitetura, paisagismo e iluminação.

7
Projeto Executivo | Projeto de Arquitetura, Paisagismo e Iluminação
Janeiro | 2014

1. ARQUITETURA

1.1. O Conceito

O conceito do projeto arquitetônico parte da adaptação das necessidades do programa para


instalação da Casa do Artesão de Igarassu sem comprometimento das estruturas originais
da edificação mais antiga e, reconstrução das áreas anexas a esta edificação, criando-se a
fluidez e continuidade dos espaços, visual e física, de forma a permitir uma renovação e
circulação de ar permanente, mantendo-se um microclima que permita conforto para
permanência no local.

Os novos elementos construtivos, sempre que possível, serão de tecnologia atual, com o
lançamento de concreto armado e estruturas metálicas.

As estruturas existentes deverão ser restauradas conforme tecnologias construtivas


tradicionais seguindo as orientações das cartas internacionais de preservação patrimonial.

1.2. A Proposta

O programa para desenvolvimento do projeto está baseado nos espaços lançados no


anteprojeto de arquitetura fornecido pelo PRODETUR/PE, mantendo-se nesta proposta
apresentada a mesma nomenclatura utilizada no anteprojeto.

Salão de Exposições:

Ocupa todo o pavimento térreo do imóvel original. A exposição dos produtos artesanais será
feito através de apoio de prateleiras laterais embutidas nos nichos existentes entre os
pilares da estrutura da coberta e ainda numa divisória central, no sentido longitudinal da
edificação.

O guarda-corpo do mezanino será aproveitado também como apoio para exposição


permanente de produtos artesanais.

A estrutura existente, alvenarias frontal e laterais não sofrerão nenhuma alteração e da


mesma forma o piso que sofrerá apenas com a substituição de elementos estragados por
similares em mesmo material e dimensões.

Vendas Economia Criativa:

Este ambiente conceitua-se como área de comercialização de artesanato no varejo e, por


conceito de projeto, não se apresenta como espaço confinado e sim contínuo onde haverá
apenas um apoio para atendimentos dos clientes.

Ficará contíguo ao salão principal com limitações apenas de mobiliário necessário à


atividade ali realizada.

8
Projeto Executivo | Projeto de Arquitetura, Paisagismo e Iluminação
Janeiro | 2014

Sanitários:

São lançadas duas baterias de banheiros separados por um hall de distribuição de usuários,
sendo uma bateria masculina e outra feminina, ambos contando com uma bacia e uma pia,
incluindo-se ainda um banheiro acessível masculino e feminino.

Lateralmente a estes equipamentos são lançados pergolados em concreto que permitirão a


iluminação e ventilação naturais desses espaços e o piso, na projeção deste pergolado será
tratado com cobertura vegetal projetada no projeto específico de paisagismo que
acompanha este volume.

Atelier de Artesanato:

Serão dois os espaços destinados aos ateliers da Casa do Artesão, sendo que neste espaço
está prevista a mostra da rotina de trabalho dos artesões ligados a Casa. Este local
funcionará como oficina permanente em que os artesões ficarão criando as suas peças à
vista dos turistas que por lá compareçam.

Estes ateliers funcionarão abertos, permitindo a ventilação constante, oferecendo um


ambiente salubre para os que venham trabalhar nestes locais, sendo que cada um contará
com escaninhos para guarda de ferramentas.

Sobre estes espaços de trabalho será construído um espaço para guarda da produção e
eventualmente de materiais para produção. A ligação entre os ateliers e este depósito será
através de uma escada helicoidal e sobre a caixa estrutural desta escada será lançada a
caixa d’água que atenderá todas as áreas molhadas da edificação.

Atelier de Culinária:

Em função do tipo de atividade a ser realizado, este espaço contará com divisórias em vidro
de forma a permitir a visão dos que por lá transitem, percebendo o processo de preparo dos
pratos típicos da região, ou a mostra do chamado Patrimônio Imaterial.

Paisagismo:

A área remanescente do terreno será tratada com cobertura vegetal apropriada para a
região, e será definida no Projeto de Paisagismo, mantendo-se em princípio, a vegetação
arbustiva do local.

Ainda neste quintal será lançada a fossa séptica que atenderá os banheiros desta
edificação.

Esta área contará ainda com espaço para lazer e contemplação.

Agência de Economia Criativa:

Esta área será implantada no mezanino a ser construído no espaço da edificação antiga que
será ligada ao pavimento térreo através de uma escada em dois lances.

A agência está dimensionada com duas estações de trabalho individuais com cadeiras para
recepcionar futuros clientes para fechamento de negócios.
9
Projeto Executivo | Projeto de Arquitetura, Paisagismo e Iluminação
Janeiro | 2014

A estrutura deste mezanino será toda em perfis de aço com dimensões determinadas pelo
projeto de estrutura.

Circulação:

Todos os espaços são intercomunicados por uma circulação lateral que, quando necessário
é disposta em rampa alternada por patamares, permitindo a acessibilidade livre e sem
obstáculos para todos atendendo as normas ditadas pela NBR9050.

Esta circulação será revestida em pedra natural Jacobina ou equivalente técnico.

Materiais construtivos:

Os materiais a serem utilizados nas novas construções serão de tecnologia atual.

A primeira construção nova, o mezanino, será instalada no espaço da construção antiga,


que definirá o espaço onde funcionará a Agência de Economia Criativa. Toda a estrutura
deste elemento será em perfis metálicos e não poderão ser embutidos ou terem qualquer
amarração nas alvenarias existentes, devendo ser uma estrutura completamente
independente.

A comunicação entre o mezanino e o térreo será através de uma escada do tipo helicoidal,
também metálica. Estes desenhos são apresentados nas plantas anexas e ainda serão
detalhadas conforme cada caso.

Ao alcançar o final do edifício mais antigo, o grande salão, existirá uma laje de transição
entre o espaço antigo e as novas construções e é sob esta laje de transição que irá
funcionar o espaço de comercialização de artesanato.

Este anexo será desenvolvido lateralmente ao terreno, seguindo a tipologia das edificações
típicas do século XVII e XVIII, onde os anexos eram construídos desta forma sem cobrir
totalmente a largura do terreno, causando desconforto ambiental e escuridão dos cômodos
internos da casa, ou edificação principal.

Desta forma, o anexo, todo ele a ser construído, terá sua coberta em meia água em telha
cerâmica, canal, colonial, artesanal apoiada sobre estrutura em madeira serrada, linhas,
frechal, caibros e ripas.

A faixa de circulação será protegida pela projeção do beiral da nova construção.

A alvenaria lateral esquerda da edificação não deverá ser retirada nem descascada, calvo
trechos sem reboco ou com reboco descolado da alvenaria, uma vez que esta parede é, ou
supõe-se original pela tecnologia construtiva encontrada de “taipa de mão”, melhor
explicada no relatório de prospecções arquitetônicas.

10
Projeto Executivo | Projeto de Arquitetura, Paisagismo e Iluminação
Janeiro | 2014

1.3. Recomendações

Recomenda-se que a restauração evite qualquer tipo de intervenções nos seus elementos,
limitando-se a recompor partes degradadas, substituindo-se por elementos similares e com
sistema construtivo tradicional.

Não deverá ser permitido rasgar alvenarias para instalações de qualquer tipo de elemento
necessário ao novo uso, devendo, estruturas de instalações sejam hidro sanitárias, elétricas
ou de lógica, serem apresentadas aparentes e fixadas apenas por buchas e parafusos sem
quebra de estruturas de alvenaria ou revestimentos.

Sempre que possível, nas instalações elétricas como hidro sanitárias, deverão ser
reaproveitados os conduítes e tubulações já existentes, mesmo que estes estejam
embutidos, não se procedendo à retirada destes.

O piso, salvo documentação que comprove a existência de outro tipo, mesmo que em outro
nível, deverá ser o mesmo, procedendo-se à substituição do existente e com o
assentamento idêntico ao que se encontra atualmente, em junta seca.

A pavimentação, caso encontrados os vestígios de alvenarias pela descoberta de radiers


existentes enterrados dentro do salão, deverão ser locados no piso existente utilizando-se
um revestimento igual porem de dimensões e paginação diferentes de maneira a expor a
antiga existência de uma alvenaria naquele local.

As paredes deverão ser revisadas em toda a sua superfície localizando, se houver, trechos
de reboco descolado ou em processo de desagregação da alvenaria, removendo-se os
trechos que não tenham condições de recuperação e recuperando-se aqueles que ainda
apresentem integridade suficiente através de injeção de argamassa colante a base de cal
sem utilização de cimento.

A pintura das paredes das partes antigas da edificação deverão ser, tanto interna como
externamente, com pintura à base de cal, procedendo-se antes da sua aplicação retirar as
camadas anteriores porém deixando-se uma “janela testemunho” preservando-se a memória
das diferentes camadas de repinturas recebidas por estas superfícies. As alvenarias novas
deverão ser chapiscadas, rebocadas e pintadas com tinta de base PVA com tonalidade
similar ao bloco mais antigo mas sem ser da mesma cor de forma a diferenciar a nova
intervenção.

A coberta deverá ser restaurada com utilização de estrutura similar à existente no local
procedendo-se à retirada dos elementos estruturais deteriorados e em risco de
desabamento (linhas, frechais, caibros e ripas) e substituindo-se por elementos similares, de
mesmas características.

Existindo quaisquer dúvidas no desenvolvimento das obras de restauro, a equipe de


projetistas restauradores devera ser consultada para dirimir quaisquer dúvidas que possam
surgir na restauração do imóvel.

Os desenhos relativos ao Projeto Arquitetônico são apresentados no ANEXO I deste


relatório. Consta neste, os seguintes desenhos: Planta de Situação, Locação, Coberta,
Planta Baixa, Cortes, Fachadas e detalhes.

11
Projeto Executivo | Projeto de Arquitetura, Paisagismo e Iluminação
Janeiro | 2014

2. PAISAGISMO

2.1. Concepção do Projeto

A concepção para o paisagismo do projeto da Casa do Artesão se deu a partir do desenho


com traçado orgânico criando um espaço com vários pontos de contemplação, quebrando a
perspectiva comprida d terreno através do passeio e da vegetação.

Foram utilizados materiais permeáveis, como os pedriscos tipo cascalho de quartzo. Além
de um espaço com diversas texturas e vegetação com várias alturas, criando diversidade
visual. A vegetação especificada é nativa e de boa resistência, sem maiores necessidades
de poda ou manutenção periódicas.

Além do passeio, foi criado um espaço de exposição/ apresentações, locais de estar e


contemplação com bancos em concreto para apreciar a vista.

Os desenhos relativos ao Projeto Paisagístico são apresentados no ANEXO II deste


relatório.

12
Projeto Executivo | Projeto de Arquitetura, Paisagismo e Iluminação
Janeiro | 2014

2.2. Tabela das Espécies Vegetais

2.2.1. Árvores Existentes

A1
Árvore não identificada

A2
Árvore não identificada

A1 A2

13
Projeto Executivo | Projeto de Arquitetura, Paisagismo e Iluminação
Janeiro | 2014

2.2.2. Arbusto + Herbáceas

Nome popular: Caetê vermelho


Nome científico: Heliconia pendula Wawra
Tipo: Herbácea (1,50 – 2,50m de altura)
Cultivo: Meia sombra

Nome popular: Alamanda mini


Nome científico: Allamanda schottii ‘compacta’
Tipo: Herbácea (até 1,00m de altura)
Cultivo: Pleno sol / meia sombra

Nome popular: Maranta verde


Nome científico: Calathea neoviedii Petersen
Tipo: Herbácea (0,40 – 0,60m de altura)
Cultivo: Meia sombra

14
Projeto Executivo | Projeto de Arquitetura, Paisagismo e Iluminação
Janeiro | 2014

Nome popular: Maranta bicolor


Nome científico: Maranta bicolor Ker Gawl.
Tipo: Herbácea (0,20 - 030m de altura)
Cultivo: Meia sombra

Nome popular: Calatéia zebrina


Nome científico: Calathea zebrina (Sims) Lindl.
Tipo: Herbácea (0,80 – 1,20m de altura)
Cultivo: Sombra / meia sombra

Nome popular: Helicônia papagaio


Nome científico: Heliconia psittacorum
Tipo: Herbácea (1,50 – 2,00m de altura)
Cultivo: Pleno sol

15
Projeto Executivo | Projeto de Arquitetura, Paisagismo e Iluminação
Janeiro | 2014

2.2.3. Demais Itens

Descrição: Separador de canteiro flexível


em PVC com borda passante, rolo com
100m de comprimento

Obs.:
Produto com proteção UV (não resseca
em exposição ao sol)
Cor: Verde escuro
Altura: 12cm

Descrição: Pedrisco tipo cascalho de


quartzo, dimensões 4 a 6 mm, de
tonalidade clara nas cores bege ou branca
para jardim, ou equivalente técnico.

16
Projeto Executivo | Projeto de Arquitetura, Paisagismo e Iluminação
Janeiro | 2014

3. ILUMINAÇÃO

A concepção para o projeto de iluminação da Casa do Artesão de Igarassu se deu a partir


de sua arquitetura, optando-se por luminárias especificas, na parte interna da edificação,
que tem um bom desempenho obedecendo às normas da ABNT 5413.

No salão, onde o pé direito é alto, foram especificadas luminárias tipo industrial. Para os
demais ambientes, optou-se por luminárias para lâmpadas fluorescentes compactas, que
são de fácil manutenção. E na circulação lateral descoberta, arandelas iluminam o passeio
que interliga a edificação e o jardim posterior.

Já na parte externa, juntamente ao paisagismo foi desenvolvida uma iluminação para que
durante a noite possa-se criar cenários de aconchego e contemplação. Luminárias tipo spot
com foco orientável geram uma iluminação direcional no palco, as mesmas luminárias criam
efeito nas helicônias. Para as árvores foram especificadas luminárias circulares de embutir
no solo. Já para iluminação geral especificou-se postes tipo pétala.

17
Projeto Executivo | Projeto de Arquitetura, Paisagismo e Iluminação
Janeiro | 2014

ANEXO I – PROJETO DE ARQUITETURA


1 2 3 4 5

QUADRO GERAL DOS ACABAMENTOS QUADRO GERAL DE ESQUADRIAS


PISO PAREDE TETO PORTAS

MATERIAL
TIPO MATERIAL ACABAMENTO PAVIMENTO LOCAL QUANT. OBS.

paviflex Chroma Concept Ref:

Lux Neve 10x10 Elizabeth, ou


Piso em concreto polido na cor natural, 80x80

Everest White 34x34 cm,

de madeira. Madeiramento envernizado e


assentado com
(uso interno).

Forro em gesso liso, montado em placas (60x60),


Piso em pedra Jacobina com duas
(50x5cm e 25x25cm), de acordo

Telha canal colonial artesanal sobre estrutura


assentado

emassado com massa PVA e pintado com tinta PVA


P01 1.23X2.30 De Giro Madeira Pintura 01 A restaurar

Pintura a base de Cal na cor natural


Pintura com
WC Masc.

na cor branco neve para interiores.

estruturado conforme projeto.


P02 0.70x2.10 De Giro Madeira branco WC Fem. 02

Piso existente em Tijoleira


cm, com junta seca 5mm.

9201609 ou equivalente
em painel wall, cor OAK.
Pintura com Com puxador

argamassa colante para


Elizabeth ou equivalente
WC Masc. Acess. horizontal e
P03 0.80X2.10 De Giro Madeira branco WC Fem. Acess. 02 chapa inox 40cm
Com

com projeto.
Pintura com stain
P04 3.10X2.10 De Correr Madeira e Vidro acetinado incolor Atelier 01, 02 e 03 03 venezianas

Piso em

PEI=5
Com

Piso
COMPARTIMENTO Pintura com stain
P05 0.64X2.10 Pivotante Madeira acetinado incolor Loja 05 venezianas

JANELAS
Loja TIPO MATERIAL ACABAMENTO PAVIMENTO LOCAL QUANT. OBS.

J01 1.25X1.40
0.89 De Giro Madeira Pintura 01 A restaurar
WC Masc.
WC Masculino WC Fem.
J02 1.50X0.40 Com
WC Masc. Acess.
WC Feminino 1.80 venezianas
Fixa Madeira Pintura WC Fem. Acess. 05
Atelier 01 Com
J03 3.10X1.20
0.90 De Correr Madeira e Vidro Pintura 02 venezianas
Atelier 02
Atelier 03
TIPO MATERIAL ACABAMENTO PAVIMENTO LOCAL QUANT. OBS.
Granito com porta WC Masc.
D01 1.49X1.80 porta de giro em compensado Resinado WC Fem. 02
0

GRADES
4.8

Mezanino
TIPO MATERIAL ACABAMENTO PAVIMENTO LOCAL QUANT. OBS.
18 Udinese gradinese
.86 angra Quintal 01
G01 5.08X0.90 Fixa
19
.03
1
4.9

2.1
9

8.9
6

A 5.3
8 A

01 ESCALA 1:1000

C D E
03/21 03/21 03/21
55.49

2.01 .61 5.23 .20 6.53 2.52 1.50 5.60 1.50 11.74 1.50 16.56

.30
ALGEROZ ALGEROZ

.30
A A
DE IGARASSU/PE
Secretaria de
03/21 03/21 Turismo
TELHA CANAL PERGOLADO TELHA CANAL
LAJE PERGOLADO i=30%

3.16
i=30%

4.15
2.83

5.09
IMPERMEABILZIADA

4.97
5.63

PROJETO EXECUTIVO DE ARQUITETURA


5.53
5.62

5.24

5.06
5.07
i = 14%
TELHA CANAL
CALHA
B B

.20
.20
CALHA
TELHA CANAL
03/21 TELHA CANAL i=30% 03/21

.83
.83
i=30%
PRINCIPAL
ACESSO

.74
CUMEEIRA

QUINTAL
A LIMA

ACESSO
.86
.90
RUA BARBOS

2.00 .61 5.45 .20 6.11 2.13 1.50 5.60 1.50 11.88 1.53 15.64
RCA_IGARASSU_PE_ARQ.dwg

54.14

C D E
02 ESCALA 1:100
03/21 03/21 03/21

1 2 3 4 5
1 2 3 4 5
QUADRO GERAL DOS ACABAMENTOS
PISO PAREDE TETO

MATERIAL

paviflex Chroma Concept Ref:

Lux Neve 10x10 Elizabeth, ou


Piso em concreto polido na cor natural, 80x80

Everest White 34x34 cm,

de madeira. Madeiramento envernizado e


assentado com
(uso interno).

Forro em gesso liso, montado em placas (60x60),


Piso em pedra Jacobina com duas
(50x5cm e 25x25cm), de acordo

Telha canal colonial artesanal sobre estrutura


assentado

emassado com massa PVA e pintado com tinta PVA


C D E
Escada helicoidal
03/21 moldada em concreto 03/21 03/21

Pintura a base de Cal na cor natural


com r = 1m. (Ver

na cor branco neve para interiores.

estruturado conforme projeto.


detalhe do 55.48

Piso existente em Tijoleira


na prancha 10/21 )

cm, com junta seca 5mm.

9201609 ou equivalente
em painel wall, cor OAK.
argamassa colante para
2.01 1.00 .57 9.77 .25 3.48 1.50 .15 2.57 .15 2.57 .15 1.50 .15 3.10 .14 1.80 .14 3.10 .15 3.15 1.50 16.36 .20

Elizabeth ou equivalente
com projeto.
CAP.:4500L

Piso em
.35
11 10

PEI=5
1.20 .15 .15 .15 .15 .15 .15 .15 .15 .15 .15

Piso
3 4
COMPARTIMENTO

.19 .20 .20 .20 .20 .20 .20 .20 .20

.99
5

O
2

MEZANIN
1 6
A 12 9
A

1.50
1.49
WC MASC. WC FEM.

1.57
15 Sobe 7 J02 J02 J02 G01

.29 .29 .29 .29 .29 .29 .29 .29


13 8

PROJ. DO
03/21 J01 03/21
07/21 Loja
14 8 LOJA D01 J02 D01
P02 ASN ATELIER 01
14 7 ATELIER 02 ATELIER 03
P04

3.19
9

4.90
13
P06 P02
15 6

.15
12 11 10 ASN P06
16 5

4.97
.54 9.76 .25 3.23 1.50 .15 1.70 .15 1.60 .15 1.70 .15 1.50 .15 3.10 .14 .90 .97 4
3.10 3.30 1.50 16.05
P04 WC Masculino
5.62

1.18

1.50

1.80
5.08
P03 J02 WC MASC. ACESS. J02 P04 3 P04
WC FEM. ACESS. 2 WC Feminino

.15
P03 P03
P02

.15
1 Atelier 01
B P05
SOBE B

SOBE
1.25
-0,35 Atelier 02
1.57
03/21 P01
RAMPA 03/21
07/21

1.22

1.26
i = 10%

SOBE
0.00 G01 -0,91 -1,44 Atelier 03

SOBE

1.19
RAMPA RAMPA
PRINCIPAL
ACESSO

i = 10%
0.00 i = 10%

.30
.30

.24
.42

.30
.28
Mezanino
2.00 1.00 .52 9.99 .25 2.72 3.50 1.60 5.70 4.23 5.46 1.50 15.47 .20

54.13

C D E
01 ESCALA 1:100
03/21 03/21 03/21 QUADRO GERAL DE ESQUADRIAS
PORTAS
TIPO MATERIAL ACABAMENTO PAVIMENTO LOCAL QUANT. OBS.

P01 1.23X2.30 De Giro Madeira Pintura 01 A restaurar


Pintura com
WC Masc.
A P02 0.70x2.10 De Giro Madeira branco
Pintura com
WC Fem. 02
Com puxador
A
WC Masc. Acess. horizontal e
C D E P03 0.80X2.10 De Giro Madeira branco WC Fem. Acess. 02 chapa inox 40cm

03/19 03/19 03/19 Pintura com stain Com


P04 3.10X2.10 De Correr Madeira e Vidro acetinado incolor Atelier 01, 02 e 03 03 venezianas

Guarda corpo em 55.49 Pintura com stain Com


inox 35mm. (Ver P05 0.64X2.10 Pivotante Madeira acetinado incolor Loja 05 venezianas
2.01 1.00 .57 4.28 4.66 detalhe na .83
prancha.25 3.47 1.50 5.60 1.50 .15 3.10 .14 1.80 .15 6.25 .15 1.50 16.37 .20 JANELAS
15/21)
TIPO MATERIAL ACABAMENTO PAVIMENTO LOCAL QUANT. OBS.

J01 1.25X1.40
0.89 De Giro Madeira Pintura 01 A restaurar
ALGEROZ 11 10
4 WC Masc.
OR

5
WC Fem.
EXPOSIT

6 J02 1.50X0.40 Com


CAP:. 1000L WC Masc. Acess.
A 7
12 9
A 1.80 Fixa Madeira Pintura WC Fem. Acess. 05
venezianas
13 VAZIO 8 G01
03/19 14 8 TELHA CANAL DEPOSITO 01 DEPOSITO 02 07/21
03/19 Com
14 7 J03 3.10X1.20
9 i=30% De Correr Madeira e Vidro Pintura 02 venezianas

3.02
13 0.90
15 6

3.30
12 11 10 + 2.04 + 2.04
16 PROJ. GUARDA CORPO 5

MEZANINO 4 TIPO MATERIAL ACABAMENTO PAVIMENTO LOCAL QUANT. OBS.


DE IGARASSU/PE
4.56

4.73
J03 P02 3 P02 J03 Granito com porta WC Masc.
em compensado Secretaria de
2
D01 1.49X1.80 porta de giro Resinado WC Fem. 02
Turismo
1
GRADES

.15
B TELHA CANAL
CALHA
B
TIPO MATERIAL ACABAMENTO PAVIMENTO LOCAL QUANT. OBS.
03/19 i=30% 03/19
07/21

.80
-1,44 Udinese gradinese

1.63
0.00 +2.60 0.00 -0,91 G01 5.08X0.90 Fixa angra Quintal 01
PROJETO EXECUTIVO DE ARQUITETURA

.29 .41
2.00 1.00 .52 4.39 5.56 3.01 1.50 5.60 1.50 11.89 1.51 15.47 .20

54.16

C D E
02 03/19 03/19 03/19
RCA_IGARASSU_PE_ARQ.dwg

ESCALA 1:100

1 2 3 4 5
1 2 3 4 5

Guarda corpo com


de madeira. (Ver detalhe
C D E indicado na prancha
03/21
07/21 03/21
07/21 03/21
07/21 15/21)

.58
.58

.05 .53
1.20

1.20
Guarda corpo em

2.31
inox 35mm.
(Ver detalhe na
Forro em gesso liso, montado

1.11
prancha 15/21)

.17

2.04

3.56
em placas (60x60), emassado

.15
com massa PVA e pintado com

3.20

3.20
1.18
tinta PVA na cor branco neve

1.59

.57
1.43 para interiores.

.20.02 1.00

1.00
Forro em gesso liso, montado em

5.93

1.85
.15
MEZANINO
A A
+2,60
placas (60x60), emassado com

.02
massa PVA e pintado com tinta

.17 .17 .17 .17 .17 .17 .17 .18

6.73
1.25
.17
.23

.17 .17 .17 .17 .17 .17 .17

7.08
+2,04 +2,04 PVA na cor branco neve para

7.26
.15
4.22

4.13

.20.15
interiores.

.20.15
3.90

.17 .17 .17 .17 .17 .17 .17 .17 .17


.17 .17 .17 .17 .17 .17 .17 .17
1.32

3.92
1.27

.40
2.80
2.40

1.03
.23

.36

alvenaria Gradil udinese gradinese

1.72

3.36

2.60
.75

por pilares de concreto angra de


.62

0,00 0,00
-0,10
expandido, liga 6063, com
-0,35 acabamento em pintura
WC MASC. WC FEM.

2.10
bronze de
Escada helicoidal moldada
ATELIER 01 -0,91
ATELIER 02 -0,91 acordo com fabricante.
em concreto armado
CORTE AA r=1m
01 ESCALA 1:100 C 10/21)
ver detalhe prancha
D E
ATELIER 03 -1,44

Muro de arrimo a ser


03/21
07/21 03/21
07/21 03/21
07/21 restaurado

Proj. do Res. Inferior


cap.:4500l

C D E
03/21
07/21 03/21
07/21 03/21
07/21

1.32

1.32
Guarda corpo em
2.31

inox 35mm. (Ver


detalhe na prancha

.40 .25.10

.10
15/21)
.17

5.93

.80
1.53

.15 .55 .15 .62


1.43

.20.02 1.00

1.32
MEZANINO

6.73
.17
.23

1.45

7.26
.15
4.17
3.90

3.57

5.84
2.40
2.30
2.24

2.10

2.70
alvenaria Gradil udinese gradinese
por pilares de concreto angra de

2.40
0,00
expandido, liga 6063, com
-0,35 acabamento em pintura
bronze de
-0,91 acordo com fabricante.

CORTE BB
02 ESCALA 1:100
-1,44

Muro de arrimo a ser


restaurado
C D E
03/21
07/21 03/21
07/21 03/21
07/21

B B

na prancha 15/21)
.35

.35
1.16
2.17

1.78

1.78
.10 .30 .34
1.14
.64

.64

2.25

.20

.15

.15
.55
1.24
1.39

DE IGARASSU/PE
1.00

2.20

Secretaria de
1.85

Turismo
7.07

7.07
.80
1.00

1.37

6.17

.25.10.29.30

MEZANINO
.40 .15

.17 .17 .17 .17 .17 .17 .17 .17 .17


.17 .17 .17 .17 .17 .17 .17 .17
.10 .22

PRATELEIRA DE PROJETO EXECUTIVO DE ARQUITETURA


4.80
.11
5.65

4.35

VIDRO 20 MM
3.92
1.40
2.30

SUPORTE TUCANO
2.40
2.10
.27
.62

WC MASC. WC MASC. ACESS.

CORTE CC CORTE DD CORTE EE


03 04 05
RCA_IGARASSU_PE_ARQ.dwg

ESCALA 1:100 ESCALA 1:100 ESCALA 1:100

1 2 3 4 5
1 2 3

Vermelho Goya (374)

Retirada da pintura
Retirada da pintura
"Pedra Natural"
"Pedra Natural"

FACHADA FRONTAL RUA BARBOSA LIMA


01 ESCALA 1:100

A A

DE IGARASSU/PE
Secretaria de
Turismo

FACHADA POSTERIOR
02 ESCALA 1:100 PROJETO EXECUTIVO DE ARQUITETURA
RCA_IGARASSU_PE_ARQ.dwg

1 2 3
1 2 3 4 5

QUADRO GERAL DOS ACABAMENTOS QUADRO GERAL DE ESQUADRIAS


PISO PAREDE TETO PORTAS

MATERIAL
TIPO MATERIAL ACABAMENTO PAVIMENTO LOCAL QUANT. OBS.

paviflex Chroma Concept Ref:

Lux Neve 10x10 Elizabeth, ou


Piso em concreto polido na cor natural, 80x80

Everest White 34x34 cm,

de madeira. Madeiramento envernizado e


assentado com
(uso interno).

Forro em gesso liso, montado em placas (60x60),


Piso em pedra Jacobina com duas
(50x5cm e 25x25cm), de acordo

Telha canal colonial artesanal sobre estrutura


assentado

emassado com massa PVA e pintado com tinta PVA


P01 1.23X2.30 De Giro Madeira Pintura 01 A restaurar

Pintura a base de Cal na cor natural


Pintura com
WC Masc.

na cor branco neve para interiores.

estruturado conforme projeto.


P02 0.70x2.10 De Giro Madeira branco WC Fem. 02

Piso existente em Tijoleira


cm, com junta seca 5mm.

9201609 ou equivalente
em painel wall, cor OAK.
Pintura com Com puxador

argamassa colante para


Elizabeth ou equivalente
WC Masc. Acess. horizontal e
P03 0.80X2.10 De Giro Madeira branco WC Fem. Acess. 02 chapa inox 40cm
Com

com projeto.
Pintura com stain
P04 3.10X2.10 De Correr Madeira e Vidro acetinado incolor Atelier 01, 02 e 03 03 venezianas

Piso em

PEI=5
Com

Piso
COMPARTIMENTO Pintura com stain
P05 0.64X2.10 Pivotante Madeira acetinado incolor Loja 05 venezianas

JANELAS
Loja TIPO MATERIAL ACABAMENTO PAVIMENTO LOCAL QUANT. OBS.

J01 1.25X1.40
0.89 De Giro Madeira Pintura 01 A restaurar
WC Masc.
WC Masculino WC Fem.
J02 1.50X0.40 Com
WC Masc. Acess.
WC Feminino 1.80 venezianas
Fixa Madeira Pintura WC Fem. Acess. 05
Atelier 01 Com
J03 3.10X1.20
0.90 De Correr Madeira e Vidro Pintura 02 venezianas
Atelier 02
Atelier 03
TIPO MATERIAL ACABAMENTO PAVIMENTO LOCAL QUANT. OBS.
Granito com porta WC Masc.
D01 1.49X1.80 porta de giro em compensado Resinado WC Fem. 02
Mezanino GRADES
0
4.8

TIPO MATERIAL ACABAMENTO PAVIMENTO LOCAL QUANT. OBS.

18 Udinese gradinese
.86 G01 5.08X0.90 Fixa angra Quintal 01

19
.0 3
1
4.9

2.1
9

8.9
6

A 5.3
8
A

01 ESCALA 1:1000

C D E
07/21 07/21 07/21
55.49

2.01 .61 5.23 .20 6.53 2.52 1.50 5.60 1.50 11.74 1.50 16.56

.30
ALGEROZ ALGEROZ

.30
A A
07/21
DE IGARASSU/PE
07/21 Secretaria de
TELHA CANAL PERGOLADO TELHA CANAL
LAJE PERGOLADO i=30% Turismo

3.16
i=30%

4.15
2.83

5.09
IMPERMEABILZIADA

4.97
5.63

5.53
5.62

5.24

5.06
5.07
PROJETO EXECUTIVO DE ARQUITETURA
CALHA
B B

.20
.20
CALHA
TELHA CANAL
07/21 TELHA CANAL i=30% 07/21

.83
.83
i=30%
PRINCIPAL
ACESSO

.74
CUMEEIRA
A LIMA

.86
.90
RUA BARBOS

2.00 .61 5.45 .20 6.11 2.13 1.50 5.60 1.50 11.88 1.53 15.64

54.14
RCA_IGARASSU_PE_ARQ.dwg

C D E
02 ESCALA 1:100
07/21 07/21 07/21

1 2 3 4 5
1 2 3 4 5

QUADRO GERAL DOS ACABAMENTOS


PISO PAREDE TETO
C D E

MATERIAL

paviflex Chroma Concept Ref:

Lux Neve 10x10 Elizabeth, ou


Piso em concreto polido na cor natural, 80x80

Everest White 34x34 cm,

de madeira. Madeiramento envernizado e


assentado com
(uso interno).

Forro em gesso liso, montado em placas (60x60),


Piso em pedra Jacobina com duas
(50x5cm e 25x25cm), de acordo

Telha canal colonial artesanal sobre estrutura


assentado

emassado com massa PVA e pintado com tinta PVA


Escada helicoidal
07/21 moldada em concreto 07/21 DET. 03 07/21 DET. 01 DET. 05
com r = 1m. (Ver 12/21 14/21
10/21

Pintura a base de Cal na cor natural


detalhe do 55.48
na prancha 10/21 )

na cor branco neve para interiores.

estruturado conforme projeto.


2.01 1.00 .57 9.77 .25 3.48 1.50 .15 2.57 .15 2.57 .15 1.50 .15 3.10 .14 1.80 .14 3.10 .15 3.15 1.50 16.36 .20

Piso existente em Tijoleira


cm, com junta seca 5mm.

9201609 ou equivalente
em painel wall, cor OAK.
argamassa colante para
Elizabeth ou equivalente
CAP.:4500L

.35
10

com projeto.
11

1.20 .15 .15 .15 .15 .15 .15 .15 .15 .15 .15
3 4

Piso em
.19 .20 .20 .20 .20 .20 .20 .20 .20

.99
5

O
2

MEZANIN

PEI=5

Piso
1 6
A 12 9
A COMPARTIMENTO

1.50
1.49
WC MASC. WC FEM.

1.57
15 Sobe 7 J02 J02 J02 G01

.29 .29 .29 .29 .29 .29 .29 .29


PROJ. DO
13 8
07/21 J01 07/21
14 8 LOJA D01 D01
P02 P02 ASN ATELIER 01
14 7 ATELIER 02 ATELIER 03
P04

3.19
9

4.90
13
15 6 Loja

.15
12 11 10 ASN
16 5

4.97
.54 9.76 .25 3.23 P05 1.50 1.70 .15 1.60 1.70 .15 1.50 3.10 .90 .97 3.10 3.30 1.50 16.05
.15 .15 .15 .14 4
5.62

1.18

1.50

1.80
5.08
J02 WC MASC. ACESS. J02 P04 3 P04
WC FEM. ACESS. 2 WC Masculino

.15
P03 P03

.15
1 WC Feminino
B SOBE B

1.25
SOBE
-0,35 Atelier 01
1.57
07/21 P01
RAMPA 07/21

1.22

1.26
i = 10%

SOBE
0.00 RAMPA -0,91 -1,44 Atelier 02

SOBE

1.19
RAMPA
PRINCIPAL
ACESSO

i = 10%
0.00 i = 10%
Atelier 03

.30
.30

.24
.42

.30
.28
2.00 1.00 .52 9.99 .25 2.72 3.50 1.60 5.70 4.23 5.46 1.50 15.47 .20 Mezanino

54.13

DET. 02
DET. 04
11/21
13/21
C D E
01 ESCALA 1:100
07/21 07/21 07/21
QUADRO GERAL DE ESQUADRIAS
PORTAS
TIPO MATERIAL ACABAMENTO PAVIMENTO LOCAL QUANT. OBS.

P01 1.23X2.30 De Giro Madeira Pintura 01 A restaurar


Pintura com

A P02 0.70x2.10 De Giro Madeira branco


WC Masc.
WC Fem. 02 A
Pintura com Com puxador
C D E branco
WC Masc. Acess. horizontal e
chapa inox 40cm
P03 0.80X2.10 De Giro Madeira WC Fem. Acess. 02
07/21 07/21 07/21
Pintura com stain Com
P04 3.10X2.10 De Correr Madeira e Vidro acetinado incolor Atelier 01, 02 e 03 03 venezianas
Guarda corpo em 55.49
Pintura com stain Com
inox 35mm. (Ver
P05 0.64X2.10 Pivotante Madeira acetinado incolor Loja 05 venezianas
2.01 1.00 .57 4.28 4.66 detalhe na .83
prancha.25 3.47 1.50 5.60 1.50 .15 3.10 .14 1.80 .15 6.25 .15 1.50 16.37 .20
15/21) JANELAS
TIPO MATERIAL ACABAMENTO PAVIMENTO LOCAL QUANT. OBS.

ALGEROZ 10
J01 1.25X1.40
11
0.89 De Giro Madeira Pintura 01 A restaurar
4
OR

5 WC Masc.
EXPOSIT

6 CAP:. 1000L WC Fem.


A 7
12 9
A J02 1.50X0.40 WC Masc. Acess.
Com
13 VAZIO 8 G01 1.80 venezianas
07/21 14 8 TELHA CANAL DEPOSITO 01
14 7
DEPOSITO 02 07/21 Fixa Madeira Pintura WC Fem. Acess. 05
9 i=30% J03 3.10X1.20 Com

3.02
13
15 6

3.30
12 11 10 + 2.04 + 2.04 0.90 De Correr Madeira e Vidro Pintura 02 venezianas
16 PROJ. GUARDA CORPO 5

MEZANINO 4
DE IGARASSU/PE
4.56

TIPO MATERIAL ACABAMENTO PAVIMENTO LOCAL QUANT. OBS.

4.73
J03 P02 3 P02 J03
2 Granito com porta WC Masc. Secretaria de
porta de giro em compensado Turismo
1 D01 1.49X1.80 Resinado WC Fem. 02

.15
B TELHA CANAL
CALHA
B GRADES
07/21 i=30% 07/21 TIPO MATERIAL ACABAMENTO PAVIMENTO LOCAL QUANT. OBS.

.80
-1,44

1.63
0.00 +2.60 0.00 -0,91
G01 5.08X0.90 Fixa
Udinese gradinese
angra Quintal 01 PROJETO EXECUTIVO DE ARQUITETURA

.29 .41
2.00 1.00 .52 4.39 5.56 3.01 1.50 5.60 1.50 11.89 1.51 15.47 .20

54.16

C D E
02 07/21 07/21 07/21
RCA_IGARASSU_PE_ARQ.dwg

ESCALA 1:100

1 2 3 4 5
1 2 3 4 5

Guarda corpo com


de madeira. (Ver detalhe
C D E indicado na prancha
07/21 07/21 07/21 15/21)

.58
.58

.05 .53
1.20

1.20
Guarda corpo em

2.31
inox 35mm.
(Ver detalhe na
Forro em gesso liso, montado

1.11
prancha 15/21)

.17

2.04

3.56
em placas (60x60), emassado

.15
com massa PVA e pintado com

3.20

3.20
1.18
tinta PVA na cor branco neve

1.59

.57
para interiores.
1.43

.20.02 1.00

1.00
Forro em gesso liso, montado em

5.93

1.85
A A

.15
MEZANINO +2,60
placas (60x60), emassado com

.02
massa PVA e pintado com tinta

.17 .17 .17 .17 .17 .17 .17 .18

6.73
1.25
.17
.23

.17 .17 .17 .17 .17 .17 .17

7.08
+2,04 +2,04 PVA na cor branco neve para

7.26
.15
4.22

4.13

.20.15
interiores.

.20.15
3.90

.17 .17 .17 .17 .17 .17 .17 .17 .17


.17 .17 .17 .17 .17 .17 .17 .17
1.32

3.92
1.27

.40
2.80
2.40

1.03
.23

.36

alvenaria Gradil udinese gradinese

1.72

3.36

2.60
.75

por pilares de concreto angra de


.62

0,00 0,00
-0,10
expandido, liga 6063, com
-0,35 acabamento em pintura
WC MASC. WC FEM.

2.10
bronze de
Escada helicoidal moldada
ATELIER 01 -0,91
ATELIER 02 -0,91 acordo com fabricante.
em concreto armado
CORTE AA r=1m
01 ESCALA 1:100 C 10/21)
ver detalhe prancha
D E
ATELIER 03 -1,44

Muro de arrimo a ser


07/21 07/21 07/21 restaurado

Proj. do Res. Inferior


cap.:4500l

C D E
07/21 07/21 07/21

1.32

1.32
Guarda corpo em
2.31

inox 35mm. (Ver


detalhe na prancha

.40 .25.10

.10
15/21)
.17

5.93

.80
1.53

.15 .55 .15 .62


1.43

.20.02 1.00

1.32
MEZANINO

6.73
.17
.23

1.45

7.26
.15
4.17
3.90

3.57

5.84
2.40
2.30
2.24

2.10

2.70
alvenaria Gradil udinese gradinese
por pilares de concreto angra de

2.40
0,00
expandido, liga 6063, com
-0,35 acabamento em pintura
bronze de
-0,91 acordo com fabricante.

CORTE BB
02 ESCALA 1:100
-1,44

Muro de arrimo a ser


restaurado
C D E
07/21 07/21 07/21

B B

Guarda corpo com de


madeira. (Ver detalhe indicado
na prancha 15/21)
.35

.35
1.16
2.17

1.78

1.78
.10 .30 .34
1.14
.64

.64

2.25

.20

.15

.15
.55

DE IGARASSU/PE
1.24
1.39

1.00

2.20

Secretaria de
1.85

Turismo
7.07

7.07
.80
1.00

1.37

6.17

.25.10.29.30

.40 .15

.17 .17 .17 .17 .17 .17 .17 .17 .17

MEZANINO
.17 .17 .17 .17 .17 .17 .17 .17

PROJETO EXECUTIVO DE ARQUITETURA


.10 .22

4.80

PRATELEIRA DE
4.35
.11
5.65

VIDRO 20 MM
3.92
1.40

SUPORTE TUCANO
2.30

2.40
2.10
.27
.62

WC MASC. WC MASC. ACESS.

CORTE CC CORTE DD CORTE EE


05
RCA_IGARASSU_PE_ARQ.dwg

03 ESCALA 1:100
04 ESCALA 1:100 ESCALA 1:100

1 2 3 4 5
1 2 3

Vermelho Goya (374)

Retirada da pintura
Retirada da pintura
"Pedra Natural"
"Pedra Natural"

FACHADA FRONTAL RUA BARBOSA LIMA


01 ESCALA 1:100

A A

DE IGARASSU/PE
Secretaria de
Turismo

FACHADA POSTERIOR
02 ESCALA 1:100
PROJETO EXECUTIVO DE ARQUITETURA
RCA_IGARASSU_PE_ARQ.dwg

1 2 3
1 2 3 4 5

LOCAL QUANT.
CENTRAL - ACABAMENTO EM CHAPA DE CARBONO TRATADAS QUIMICAMENTE
Escada helicoidal GC1 CONTRA PINTADO ELETROSTATICAMENTE COM PINTURA EM NA COR 5 und.
moldada em concreto
com r = 1m. (Ver
detalhe do PRATELEIRA DE VIDRO 20MM, FIXADA COM SUPORTE TUCANO CROMADO (VER DETALHE DE
na prancha 10/21 ) PRAT 24 und.

MESA RETANGULAR - ETM 2007, ACABAMENTO PARA LAMINADO BRANCO, ACABAMENTO PARA
CAP.:4500L LOJA MT1 1 und.
11 10
PRAT PRAT PRAT
PRAT
3 4
5

O
2 GM1 C3 C3
CADEIRA PARA - CCIC.ALGSI, ACABAMENTO CREPE DE T18, ACABAMENTO

MEZANIN
6
1
GM1
C3 C3 12 9 LOJA C1 1 und.
15 Sobe 7 WC MASC. WC FEM.

PROJ. DO
GM1
13 8 C3 C3

14 8 LOJA C3 C3
GM1 ASN ATELIER 01
14 7 ATELIER 02 ATELIER 03
13 9
15 6 C3 C3 GAVETEIRO - GAM4365, ACABAMENTO PARA LAMINADO BRANCO, 430 x 502 x 644, LINHA
12 11 10 ASN MR
LOJA GM1 6 und.
C3 C3
MR 16 5

C1 WC MASC. ACESS. 3
PRATELEIRA DE VIDRO 20MM, FIXADA COM SUPORTE TUCANO CROMADO (VER DETALHE DE
GC1 GC1 GC1 GC1
WC FEM. ACESS. 2 LOJA PRAT 4 und.
1
GM1 GM1 MT1 SOBE
MESA DE - MR 3206, ACABAMENTO EM LAMINADO CARVALHO PRATA,

SOBE
RAMPA
i = 10% ATELIER 1 MR ACABAMENTO PARA METAIS EM CROMADO, ACABAMENTO PARA BASE EM 1 und.

SOBE
RAMPA

SOBE
RAMPA
PRINCIPAL
ACESSO

i = 10% i = 10%

PRAT PRAT
CADEIRA PARA - CCIC.STF4P, ACABAMENTO CREPE DE T18, ACABAMENTO
PRAT
ATELIER 1 C3 6 und.

MESA DE - MR 3206, ACABAMENTO EM LAMINADO CARVALHO PRATA,


ATELIER 2 MR ACABAMENTO PARA METAIS EM CROMADO, ACABAMENTO PARA BASE EM 1 und.

CADEIRA PARA - CCIC.STF4P, ACABAMENTO CREPE DE T18, ACABAMENTO


ATELIER 2 C3 6 und.
PLANTA BAIXA TERREO LAYOUT
01 ESCALA 1:100 CADEIRA PARA - CCIC.ALGSI, ACABAMENTO CREPE DE T18, ACABAMENTO
MEZANINO C1 2 und.

CADEIRA PARA - CCIC.MAFCO, ACABAMENTO CREPE DE T18, ACABAMENTO


MEZANINO C2 2 und.

A MEZANINO
MESA RETANGULAR - ETM 2007, ACABAMENTO PARA LAMINADO BRANCO, ACABAMENTO PARA A
MT1 2 und.

DE 08 PORTAS SOBREPOSTAS - ACABAMENTO EM CHAPA CINZA CLARO, 1990


ARM 1 und.
Guarda corpo em
inox 35mm. (Ver
detalhe na prancha DE 08 PORTAS SOBREPOSTAS - ACABAMENTO EM CHAPA CINZA CLARO, 1990
15/21) ARM 1 und.

ALGEROZ 11 10
ARM
4
OR

5 ARM
EXPOSIT

C1
6 CAP:. 1000L
12 9
7
13 VAZIO 8
DEPOSITO 01 DEPOSITO 02
MT1 14 8 TELHA CANAL 14 7
C2 13 9 i=30% 15 6
12 11 10
16 PROJ. GUARDA CORPO 5

MEZANINO 4

3
DE IGARASSU/PE
2 Secretaria de
C2
Turismo
CALHA 1

TELHA CANAL
MT1
i=30%
C1

PROJETO EXECUTIVO DE ARQUITETURA


RCA_IGARASSU_PE_ARQ.dwg

02 ESCALA 1:100

1 2 3 4 5
1 2 3 4 5

4
3

5
2

1 6

A Sob
e
A
7
15

8
14

9
13

12 10
11

PLANTA BAIXA ESCADA HELICOIDAL


04 ESCALA 1:25
A
10/21

2.10

.15 1.80 .15

.09
11 10
.90

.92
9

.17
12

.17

.18 .02
.29

.92
13

.17

.22

.82
h=0,92m em inox
polido 1 1/2", fixado na

.17

.17
parede com suporte para
.29

7
14

.17

.17
3.22
.29

h=0,92m em inox

.17

.17
6
15 polido 1 1/2", fixado no piso
com flange em inox de
para montante de 1

.17

.17
1/2", conforme detalhe
.29

.17

.17
16
h=0,92m em
inox polido 1 1/2", fixado no

2.95
.17

.17
h=0,92m em piso com flange em inox
.29

.02
inox polido 1 1/2", fixado 4
na parede com suporte para 1 1/2", conforme detalhe

2.60
.17

.17

.10
.29

.17

.17
3
h=0,92m em inox
polido 1 1/2", fixado no piso

.17

.17
B com flange em inox de B
.29

para montante de 1

.17
2

.17
1/2", conforme detalhe
06 ESCALA 1:10

.17

.17
.29

.17

.17
SOBE

.17

.17
.17

.17
A
.90 .90
10/21
1.80

DE IGARASSU/PE
Secretaria de

PLANTA BAIXA ESCADA CORTE A Turismo

01 ESCALA 1:25
02 ESCALA 1:25
03 ESCALA 1:25
05 ESCALA 1:25

OBS: Escada helicoidal PROJETO EXECUTIVO DE ARQUITETURA


moldada em concreto armado, com
.
RCA_IGARASSU_PE_DET01 ESCADA.dwg

1 2 3 4 5
1 2 3 4 5

.075

.02
RAMPA

SOBE
i=10%

duplo h=0,92m e h=0,70m


para rampa em inox polido 1
1/2", fixado no piso com flange em
inox de para montante

DETALHE 1
ESCALA___1/5

.30 .30 .30 .30

PLANTA BAIXA
01 ESCALA 1:25
A A

duplo h=0,92m e h=0,70m para


rampa em inox polido 1 1/2", fixado no
piso com flange em inox de para

.05

.05
.22
DE IGARASSU/PE

.92
Secretaria de
Turismo

.70
.35

i = 0,05%
DET.01
PROJETO EXECUTIVO DE ARQUITETURA
1.50

.30 3.50 .30


RCA_IGARASSU_PE_DET02-RAMPA.dwg

CORTE LOGITUDINAL CORTE TRANSVERSAL


02 ESCALA 1:25
03 ESCALA 1:25

1 2 3 4 5
1 2 3

A A

1.49

1.49

1.49

1.49
1.50

1.49
FORRO DE GESSO, COLOCADO EM FORRO DE GESSO, COLOCADO EM
PLACAS, EMASSADO COM MASSA PLACAS, EMASSADO COM MASSA PVA E
PVA E PINTADO COM TINTA NA PINTADO COM TINTA NA COR
COR BRANCO PARA INTERIORES BRANCO PARA INTERIORES COM JUNTA

.03

.03

.03

.03
.03

.02
.30
EM PEDRA CINZA

.60

.60
.64

ANDORINHA h=1,80m, COM PORTA

3.92

3.92
(0,70x1,60m) EM COMPENSADO

.40
REVESTIDAS COM LAMINADO, FOSCO,
NA COR BRANCA

ESPELHO CRISTAL 04mm COLADO


.60

SOBRE COMPENSADO 10mm


ESPELHO CRISTAL 04mm COLADO EM PEDRA CINZA TORNEIRA MESA 1197 C37,
SOBRE COMPENSADO 10mm ANDORINHA h=1,80m, COM PORTA IZY, DECA OU EQUIVALENTE

2.40
(0,70x1,60m) EM COMPENSADO
2.40

REVESTIDAS COM LAMINADO FOSCO,

1.60
.30

CUBA DE SEMI-ENCAIXE CILINDRICA 1.80 NA COR BRANCA


L903, NA COR BRANCA, DECA OU CUBA DE SEMI-ENCAIXE CILINDRICA

1.70
L903, NA COR BRANCA, DECA OU
.16

BACIA COM CAIXA


BANCADA, RESPALDO E TESTEIRA EM ACOPLADA P111, IZY, ACIONAMENTO
.08

PEDRA GRANITICA CINZA DUAL FLUX, IZY, NA COR BRANCA (DECA BANCADA, RESPALDO E TESTEIRA EM
ANDORINHA PEDRA GRANITICA CINZA ANDORINHA

PAREDE REVESTIDA COM PAREDE REVESTIDA COM


.62

LUX NEVE 10X10 ELIZABETH OU LUX NEVE 10X10 ELIZABETH OU

.20
PRIMEIRA PEDRA

Obs. A primeira pedra da parede sempre

CORTE AA CORTE BB
02 ESCALA 1:25
03 ESCALA 1:25

B
12/21

B TORNEIRA MESA 1197


B
C37, IZY, DECA OU EQUIVALENTE
ABERTURA
ESPELHO CRISTAL 04mm
COLADO SOBRE COMPENSADO 1.74 .03 .80 .15

10mm
CUBA DE SEMI-ENCAIXE BACIA COM CAIXA ACOPLADA P111, IZY,
CILINDRICA L903, NA COR ACIONAMENTO DUAL FLUX, IZY, NA COR BRANCA (DECA
.86 1.31 .40
BRANCA, DECA OU

EM PEDRA CINZA ANDORINHA


BANCADA, RESPALDO E
h=1,80m, COM PORTA (0,70x1,60m) EM COMPENSADO
TESTEIRA EM PEDRA GRANITICA
REVESTIDAS COM LAMINADO FOSCO, NA COR BRANCA
CINZA ANDORINHA
1.50
1.48

.15 2.57 .15


1.63

A A
12/21 12/21
PISO REVESTIDO POR
.15 .73 1.02 .03 .80 .15 DE IGARASSU/PE
Secretaria de
EVEREST WHITE Turismo
34X34 PEI 5 ELIZABETH, OU

PRIMEIRA PEDRA
PROJETO EXECUTIVO DE ARQUITETURA
.15

.15

B
12/21
RCA_IGARASSU_PE_DET03-WC.dwg

DETALHE 03 WC MASC. | FEM.


01 ESCALA 1:25

1 2 3
1 2 3

B
13/21

2.00
PAPELEIRA ALINHADA COM A BORDA FRONTAL DA BACIA
DE CANTO L101, IZY, NA COR .15 1.70 .15

BRANCA, DECA OU EQUIVALENTE COM


TORNEIRA MESA, DE ALAVANCA,

.15

.15
1196 CLNK, LINK CONFORTO, DECA OU
BACIA VOGUE PLUS CONFORTO,
A SEM ABERTURA FRONTAL, LINHA A

.40
CONFORTO, P510, DECA OU

.64
ESPELHO CRISTAL 04mm COLADO SOBRE
COMPENSADO 18mm. DUCHA LINK, 1984 C
ACT LNK, DECA OU OU

1.50

1.80
BARRA DE APOIO 2310 C 080 POL,

1.10
.86
A A
11/21 11/21

PRIMEIRA PEDRA

.15

.15
B
13/21

01 ESCALA 1:25
1.49

1.49
1.82

FORRO EM GESSO, COLOCADO


FORRO EM GESSO, COLOCADO EM PLACAS, EM PLACAS, EMASSADO COM
EMASSADO COM MASSA PVA E PINTADO COM MASSA PVA E PINTADO COM
TINTA NA COR BRANCO PARA TINTA NA COR BRANCO

.20
PARA INTERIORES COM JUNTA DE
INTERIORES COM JUNTA DE 5cm x

.03
.03

5cm
.03

.10
PAREDE REVESTIDA COM
B B

.30
LUX NEVE 10 X 10
.30

PAREDE REVESTIDA COM


ELIZABETH OU EQUIVALENTE LUX NEVE 10X 10

.03
ELIZABETH OU EQUIVALENTE
3.92

.34
.40

ESPELHO CRISTAL 60x90cm, ESPESSURA 04mm


1.20

COLADO SOBRE COMPENSADO 18mm.

.03
CAIXA DE DESCARGA DE EMBUTIR, OS DEVEM TER SUA
M9000A, COM TUBO DE ESGOTO DE DENTRO DA
OS DEVEM TER SUA DE DE 50mm E ESPELHO DE FAIXA DE ALCANCE
ACIONAMENTO TIPO MONTREAL CONFORME
DENTRO DA FAIXA DE ALCANCE

PAPELEIRA ALINHADA COM A


BORDA FRONTAL DA BACIA

2.35
DE CANTO L101, IZY, NA COR BARRA DE APOIO 2310 C 080 POL, BARRA DE APOIO 2310 C 080 POL,
INOX, DECA OU EQUIVALENTE INOX, DECA OU
2.10

BRANCA, DECA OU EQUIVALENTE COM


.40

TORNEIRA MESA, DE ALAVANCA,


1.70

1196 CLNK, LINK CONFORTO, DECA OU


DE IGARASSU/PE
.04

DUCHA LINK, 1984 C


.04

DUCHA LINK, 1984 C Secretaria de


ACT LNK, DECA OU OU ACT LNK, DECA OU OU Turismo
1.70
.80

BACIA VOGUE PLUS CONFORTO,


.73

BACIA VOGUE PLUS CONFORTO,


.73

SEM ABERTURA FRONTAL, LINHA SEM ABERTURA FRONTAL, LINHA PROJETO EXECUTIVO DE ARQUITETURA
CONFORTO, P510, DECA OU CONFORTO, P510, DECA OU
PRIMEIRA PEDRA PRIMEIRA PEDRA

CORTE AA CORTE BB
02 ESCALA 1:25
03 ESCALA 1:25

1 2 3
1 2 3 4 5

A A

B B

DE IGARASSU/PE
Secretaria de
Turismo

PROJETO EXECUTIVO DE ARQUITETURA


RCA_IGARASSU_PE_DET05-ATELIER 03.dwg

1 2 3 4 5
1 2 3 4 5 6 7

GUIA DESLIZANTE "E" 5mm, ACABAMENTO

15/21
OBS: 3 1/2"x2 1/2 " OBS: 3 1/2"x2 1/2 " GUIA DESLIZANTE "E" 5mm, ACABAMENTO

01

15/21
POLIDO COM VERNIZ -

01
15/21
15/21
PINO RETO, ACABAMENTO PINO RETO, ACABAMENTO POLIDO COM VERNIZ -

01
01
CROMADO PAPAIZ OU SIMILAR CROMADO PAPAIZ OU SIMILAR VENEZIANA DE MADEIRA
VENEZIANA DE MADEIRA

.05
REVESTIDA COM

.05
.03

.04
REVESTIDA COM
STAIN ACETINADO INCOLOR
STAIN ACETINADO INCOLOR

.30
PORTA SEMI-OCA PINTADA COM PORTA SEMI-OCA PINTADA COM

.05
1.09
A FECHADURA TIPO ALAVANCA FECHADURA TIPO ALAVANCA
A
SEM ESPELHO PARA BANHEIRO, SEM ESPELHO PARA BANHEIRO, VIDRO PLANO INCOLOR 6mm

1.05
MODELO STANDARD 270, MODELO STANDARD 270,

2.00

2.10
2.10
ACABAMENTO CROMADO - ACABAMENTO CROMADO -

2.13
2.13

2.13
2.10
PAPAIZ OU SIMILAR PAPAIZ OU SIMILAR TRINCOS DE EMBUTIR
TRINCOS DE EMBUTIR 12mm
180mm REF.516
BARRA HORIZONTAL REF.515 ACABAMENTO
ACABAMENTO
POLIDO COM VERNIZ
POLIDO COM VERNIZ -
- MUNDIAL OU

.05
MUNDIAL OU EQUIVALENTE

.50

1.00

.55
.40

.05
INTERIOR EXTERIOR INTERIOR EXTERIOR

.05
P5- CORTE 1

15/21
P4- CORTE 1

01
15/21

15/21
P2 - CORTE 1 P3 - CORTE 1

15/21
01

01

01
ESCALA___1/25 ESCALA___1/25
ESCALA___1/25 ESCALA___1/25
ESCALA___1/25 ESCALA___1/25

ESCALA___1/25 ESCALA___1/25
.70

.03 .64 .03

15/21
01
15/21
3.10
15/21

01

15/21
01

EXTERIOR

01
.05 .22 .05.05 .72 .05.05 .72 .05.05 .72 .05.05 .22 .05 EXTERIOR
.80
EXTERIOR
.02 .02 EXTERIOR

.10 .40
INTERIOR INTERIOR

15/21
01
INTERIOR INTERIOR

15/21
15/21

01

15/21
01

01
P4 - PLANTA BAIXA CORRE P5- PLANTA BAIXA
P2- PLANTA BAIXA P3 - PLANTA BAIXA ESCALA___1/25 ESCALA___1/25
ESCALA___1/25 ESCALA___1/25

15/21
GUARDA-CORPO COM GUARDA CORPO DE

01
GUARDA-CORPO COM MADEIRA
15/21
01

CANTONEIRA GRADIL UDINESE GRADINESE


DET.01 DET.02
ANGRA DE
EXPANDIDO, LIGA 6063, COM
.04 .13 .05

.05

GUIA DESLIZANTE "E" 5mm, ACABAMENTO


15/21 15/21 DET.03

.02.08

.02.08
15/21
ACABAMENTO EM PINTURA DET.01

01
POLIDO COM VERNIZ -
02 02 .03 .01
BRONZE DE
VENEZIANA DE MADEIRA ACORDO COM FABRICANTE.
.04

.05
REVESTIDA COM
.76
.44

STAIN ACETINADO INCOLOR


.98

.98

BAGUETE DE MADEIRA PISO COM FLANGE

.30

1.05

1.05
.88

.86
PARA MONTANTE
MONTANTE EM
.12 .05 .11 .04

15/21
CONFORME DETALHE

.05
01
PERFIL "U" DET.02 COM ACABAMENTO EM

.25
DETALHE 3
.12 .05

VIDRO PLANO INCOLOR 6mm PINTURA


B B

.05

1.20
interior exterior REVESTIDA COM STAIN BRONZE PARAFUSADO
ESCALA___1/5 TRINCOS DE EMBUTIR
NO MURO DE ARRIMO.

.28
.07.02

.07.02
ACETINADO INCOLOR 120mm REF.515
15/21

GUARDA-CORPO DE

.30