Você está na página 1de 2

® Educação e Cidadania de Afrodescendentes e Carentes

Pré-Vestibular Comunitário – Sede Nacional

São Paulo, 26 de setembro de 2018.

CARTA ABERTA À SOCIEDADE

ADVOGADA ALGEMADA:
EDUCAFRO RECORRE AO CONSELHO FEDERAL DA
OAB E CNJ

A EDUCAFRO, logo após a divulgação do ato falho da


Comissão Judiciária de Articulação dos Juizados Especiais,
presidida pelo desembargador Joaquim Domingos de Almeida
Neto, chamou para o Conselho Federal da OAB e falou com o
vice-presidente Luís Claudio Chaves. Ele atendeu prontamente e
garantiu que vai colocar em pauta, no Conselho Federal que
acontecerá nesta segunda, dia 1º de outubro. A EDUCAFRO
solicitou que o Conselho Federal, além de fazer uma firme
moção ao CNJ contra o racismo institucional deste
desembargador e comissão, que também recorra ao Conselho
Nacional de Justiça, referente à violência institucional
representada pela atitude da juíza leiga, Ethel de Vasconcelos e
dos policiais do 3º Juizado Especial Cível de Duque de Caxias,
que algemaram injustamente a advogada negra Valéria dos
Santos, deixando escancarado o racismo institucional que, até
então, era silencioso nos tribunais do Brasil. Grande parte das
advogadas e advogados negros sofrem situações de racismo, nos
mais variados níveis, ao prestar seus serviços nos tribunais
brasileiros. Isto não pode continuar! Estamos nos articulando
para não deixar mais nenhum racismo sem processo, punição e
indenização.

E-mail: educafro@franciscanos.org.br Sites: www.educafro.org.br


Sede Nacional – São Paulo: Rua Riachuelo, 342, Centro, CEP 01007-000,São Paulo, SP - Fone/fax: (11) 3106-2790/ 3106-3411
Regional Rio de Janeiro : Igreja do Rosário dos Homens Pretos R. Uruguaiana, 77 - Centro, Rio de Janeiro -RJ, CEP 20.050-094
Fone: (21) 96015-3202/ 2509-3141
® Educação e Cidadania de Afrodescendentes e Carentes

Pré-Vestibular Comunitário – Sede Nacional

“Segundo a Súmula Vinculante 11 do Supremo Tribunal


Federal, ela não poderia ter sido algemada. Existe legislação
federal que veda a prisão do advogado no exercício da sua
profissão, salvo em caso de crime inafiançável, o que não
poderia ser o caso”.
O desembargador Joaquim Neto transgride ao insinuar que a
Advogada Valéria foi algema só por pouco tempo para protege-
la, como que se a violência do uso das algemas se mede por
tempo. Se ficou um dia é abuso de autoridade e se ficou por
alguns minutos não é abuso. Não é isto o que está em afronta à
sumula vinculante 11. Aguardamos da OAB uma firme defesa e
do CNJ punições exemplares.

Frei David Santos OFM


Diretor Executivo
Tel (11) 9 6173 3341

E-mail: educafro@franciscanos.org.br Sites: www.educafro.org.br


Sede Nacional – São Paulo: Rua Riachuelo, 342, Centro, CEP 01007-000,São Paulo, SP - Fone/fax: (11) 3106-2790/ 3106-3411
Regional Rio de Janeiro : Igreja do Rosário dos Homens Pretos R. Uruguaiana, 77 - Centro, Rio de Janeiro -RJ, CEP 20.050-094
Fone: (21) 96015-3202/ 2509-3141