Você está na página 1de 3

UNIVERSIDADE FEDERAL FLUMINENSE - VR

Curso: DIREITO
Disciplina: ESTÁGIO SUPERVISIONADO IV – CONSTITUCIONAL APLICADO
Professor: ANA ALICE DE CARLI
Período Acadêmico: 2018.1 Carga Horária: 60 horas

EMENTA DO CURSO E PLANO DE AULA

TEORIA E PRÁTICA. Apresentação do conteúdo programático.


AÇÃO POPULAR. ADPF. MANDADO Explicitação da metodologia de ensino e
DE SEGURANÇA. MANDADO DE dos critérios de avaliação. Indicação de
15.03
INJUNÇÃO. RECLAMAÇÃO bibliografia obrigatória e facultativa.

CRONOGRAMA DE AULAS REFERÊNCIAS


22.03 CONGRESSO: FORUM MUNDIAL DA ÁGUA BRASÍLIA

DONIZETTI, Elpídio. Ações


Constitucionais. São Paulo: Atlas, 2012.
FUX, Luiz (coordenador). Processo
29.03 TEORIA E PRÁTICA – AÇÃO Constitucional. Rio de Janeiro: Editora
GEN, 2013.
POPULAR
GRECCO FILHO, Vicente. O novo mandado
de segurança. São Paulo: Saraiva, 2014.
A PARTE FORMAL DA PEÇA JUNIOR, Vidal Serrano Nunes e SCIORILLI,
PROCESSUAL SERÁ REALIZADA EM Marcelo. São Paulo: Ed. Verbatin, 2014.
(PEÇA 1) SALA. KLIPPEL, Rodrigo; NEFFA JR., José A.
A PARTE DOS FUNDAMENTOS SERÁ Comentários à Lei de Mandado de
REALIZADA EM CASA Segurança. São Paulo: Lumen Juris, 2010.
MEIRELLES, Hely Lopes et al. Mandado de
Segurança e Ações Constitucionais. 33ª
TODA PEÇA DEVE SER ENTREGUE, ed. São Paulo: Malheiros, 2014
IMPRETERIVELMENTE, NA AULA NISHIYAMA, Adolfo Mamoru. Prática de
SEGUINTE, SOB PENA DE Direito Processual Constitucional. São
PRECLUSÃO CONSUMATIVA Paulo: Atlas, 2012.
RODRIGUES, Geisa. Ações Constitucionais.
PONTUAÇÃO: ATÉ 2,0 Série Carreiras Federais. São Paulo: GEN,
2014.
MEIRELLES, Hely Lopes et al. Mandado de
Segurança e Ações Constitucionais. 33ª
ed. São Paulo: Malheiros, 2010.
05.04 PESQUISA DE  Usar doutrina sugerida e outras
CONTEÚDO.FUNDAMENTAÇÃO.  Lembrar de numerar as páginas
JURISPRUDÊNCIA. PEDIDOS. e rubricar cada uma delas delas
FORMATAÇÃO. e assinar ao final

TEORIA E PRÁTICA – RECLAMAÇÃO


CONSTITUCIONAL
11.04 A PARTE FORMAL DA PEÇA
PROCESSUAL SERÁ REALIZADA EM
(PEÇA 2) SALA. PONTUAÇÃO: ATÉ 2,0
A PARTE DOS FUNDAMENTOS SERÁ
REALIZADA EM CASA

TODA PEÇA DEVE SER ENTREGUE,


IMPRETERIVELMENTE, NA AULA
SEGUINTE, SOB PENA DE PRECLUSÃO
CONSUMATIVA

1
18.04 PESQUISA DE  Usar doutrina sugerida e outras
CONTEÚDO.FUNDAMENTAÇÃO.  Lembrar de numerar as páginas
JURISPRUDÊNCIA. PEDIDOS. e rubricar cada uma delas e
FORMATAÇÃO. assinar ao final

25.04 TEORIA E PRÁTICA – -ADPF

A PARTE FORMAL DA PEÇA


PROCESSUAL SERÁ REALIZADA EM PONTUAÇÃO: ATÉ 2,0
SALA.
(PEÇA 3)
A PARTE DOS FUNDAMENTOS SERÁ
REALIZADA EM CASA

TODA PEÇA DEVE SER ENTREGUE,


IMPRETERIVELMENTE, NA AULA
SEGUINTE, SOB PENA DE PRECLUSÃO
CONSUMATIVA

03.05 PESQUISA DE  Usar doutrina sugerida e outras


CONTEÚDO.FUNDAMENTAÇÃO.  Lembrar de numerar as páginas
JURISPRUDÊNCIA. PEDIDOS. e rubricar cada uma delas delas
FORMATAÇÃO. e assinar ao final

TEORIA E PRÁTICA – MANDADO


10.05 DE INJUNÇÃO – MI
PONTUAÇÃO: 2,0
(PEÇA 4) A PARTE FORMAL DA PEÇA
PROCESSUAL SERÁ REALIZADA EM
SALA.
A PARTE DOS FUNDAMENTOS SERÁ
REALIZADA EM CASA

TODA PEÇA DEVE SER ENTREGUE,


IMPRETERIVELMENTE, NA AULA
SEGUINTE, SOB PENA DE PRECLUSÃO
CONSUMATIVA

PESQUISA DE  Usar doutrina sugerida e outras


17.05 CONTEÚDO.FUNDAMENTAÇÃO.  Lembrar de numerar as páginas
JURISPRUDÊNCIA. PEDIDOS. e rubricar cada uma delas delas
FORMATAÇÃO. e assinar ao final

TEORIA E PRÁTICA – MANDADO DE


24.05 SEGURANÇA - MS
A PARTE FORMAL DA PEÇA
(PEÇA 5) PROCESSUAL SERÁ REALIZADA EM PONTUAÇÃO: 2,0
SALA.
A PARTE DOS FUNDAMENTOS SERÁ
REALIZADA EM CASA

TODA PEÇA DEVE SER ENTREGUE,


IMPRETERIVELMENTE, NA AULA
SEGUINTE, SOB PENA DE PRECLUSÃO
CONSUMATIVA

31.05 FERIADO

07.06 EVENTO SEMANA DO MEIO


AMBIENTE
2
14.06 2ª CHAMADA – FAZER UMA ADI EM SALA
21.06 Vista 2ª chamada
28.06 VS – FAZER UMA ADO EM SALA
05.07 Vista VS

METODOLOGIA DE ENSINO

A metodologia adotada, considerando o escopo eminentemente prático da disciplina,


associará teoria e realização de peças processuais, cujo desenvolvimento das mesmas
iniciará, obrigatoriamente em sala.
Cada peça terá um valor que será somado com as demais a titulo de avaliação final.
As peças serão finalizadas com os fundamentos como atividade extra classe.
Sendo que na aula seguinte as mesmas deverão ser entregues à professora que dará o
ok, para fins de avaliação e para arquivamento da pasta do NPJ.

ATENÇÃO: somente serão consideradas as peças que começaram a ser desenvolvidas em


sala, não podendo ser acrescentado nome de autor posteriormente, sob pena de anulação
da peça e consequente perda da nota.

CRITÉRIOS DE AVALIAÇÃO
1. REALIZAÇÃO DAS PEÇAS EM SALA – MÁXIMO DE 2 ALUNOS POR PEÇA
2. 2ª CHAMADA E VS PROVA EM SALA SEM CONSULTA

BIBLIOGRAFIA
Básica:
.
DONIZETTI, Elpídio. Ações Constitucionais. São Paulo: Atlas, 2012.
FUX, Luiz (coordenador). Processo Constitucional. Rio de Janeiro: Editora GEN, 2013.
GRECCO FILHO, Vicente. O novo mandado de segurança. São Paulo: Saraiva, 2014.
JUNIOR, Vidal Serrano Nunes e SCIORILLI, Marcelo. São Paulo: Ed. Verbatin, 2014.
KLIPPEL, Rodrigo; NEFFA JR., José A. Comentários à Lei de Mandado de Segurança. São Paulo:
Lumen Juris, 2010.
MEIRELLES, Hely Lopes et al. Mandado de Segurança e Ações Constitucionais. 33ª ed. São
Paulo: Malheiros, 2014
NISHIYAMA, Adolfo Mamoru. Prática de Direito Processual Constitucional. São Paulo: Atlas,
2012.
RODRIGUES, Geisa. Ações Constitucionais. Série Carreiras Federais. São Paulo: GEN, 2014.

II.Complementar:
ALEXY, Robert. Teoria dos Direitos Fundamentais. São Paulo: Malheiros, 2008.
BACHOF, Otto. Normas constitucionais inconstitucionais? Coimbra: Almedina, 1994.
BARROSO, Luís Roberto. Interpretação e aplicação da Constituição. 7.ed. São Paulo: Saraiva, 2010.
BONAVIDES, Paulo. Curso de Direito Constitucional. 26.ed. São Paulo: Malheiros, 2011.
CANOTILHO, José Joaquim Gomes. Estudos sobre direitos fundamentais. São Paulo: RT e Coimbra,
2008.
CARLI, Ana Alice De. Material Didático (slides).
SILVA, José Afonso Da. Aplicabilidade das normas constitucionais. 6.ed. São Paulo: Malheiros, 2004.