Você está na página 1de 16

Defesa sanitária animal e ensino

da medicina veterinária
Programa Nacional de Erradicação da
Sistema de defesa sanitária animal Febre Aftosa - PNEFA

Responsabilidades Compartilhadas

Governo Federal Serviço Veterinário Setor Privado


DSA/ SDA/ MAPA Oficial Estadual

Principais atribuições / responsabilidades

• Coordenação e supervisão nacional do • Cadastramento de propriedades rurais; • Aquisição e aplicação da


PNEFA; • Promoção e fiscalização da vacinação vacina contra a febre aftosa, de
• Elaboração de estratégias de combate à de bovinos e bubalinos; acordo com as diretrizes
doença; • Supervisão da vacinação em áreas ou definidas pelo serviço
• Estabelecimento dos regulamentos e propriedades de risco; veterinário;
diretrizes nacionais; • Controle do trânsito de animais e de • Declaração de informações
• Controle do trânsito internacional de seus produtos e subprodutos (intra e cadastrais atualizadas;
animais e de seus produtos e interestadual); • Cumprimento dos
subprodutos; • Fiscalização da distribuição e do regulamentos estabelecidos,
• Controle da qualidade da vacina comércio de vacinas contra a febre com destaque para as normas
empregada; aftosa; de movimentação de animais;
• Diagnóstico laboratorial • Atendimento a focos da doença, bem • Comunicação ao serviço
• Sistema de informação e vigilância no como às notificações de suspeita de veterinário de suspeitas de
âmbito nacional e internacional; doença vesicular e erradicação dos ocorrência de qualquer doença
• Atividades de auditoria nos serviços focos; vesicular;
veterinários estaduais; • Educação sanitária, organização e • Mobilização e oferta de
• Apoio às atividades de educação estímulo à participação da comunidade; recursos financeiros e de
sanitária e de capacitação dos recursos • Desenvolvimento do sistema de influências políticas para a
humanos; informação e vigilância sanitária animal sustentação do Programa.
• Inspeção de animais e de seus produtos no âmbito estadual;
e subprodutos previamente à importação • Fiscalização de eventos pecuários
e junto aos abatedouros com serviço de (feiras, exposições, leilões e outras
inspeção federal; aglomerações);
• Apoio financeiro através de convênios • Inspeção de animais e de seus produtos
com as secretarias estaduais de e subprodutos
agricultura e outras instituições. • Capacitação de recursos humanos.
Sistema de atenção implantado

Nível Estadual
• 5.565 municípios
• 1.563 unidades locais veterinárias
• 3.940 escritórios municipais
• 3.400 veterinários
• 6.121 assitentes técnicos
• 4.941 assistentes administrativos

Nível Federal (SFA)


• 1.629 veterinários
• 2.037 assitentes técnicos
• 358 assistentes administrativos

TOTAL
5.029 veterinários
8.158 assitentes técnicos
5.299 assistentes administrativos
Programas sanitários do DSA
• Programa Nacional de Erradicação da Febre Aftosa

• Programa Nacional de Controle e Erradicação da Brucelose e


Tuberculose Bovina

• Programa Nacional de Controle da Raiva dos Herbívoros e


Outras Encefalopatias

• Programa Nacional de Sanidade Suídea

• Programa Nacional de Sanidade Avícola

• Programa Nacional de Sanidade dos Eqüídeos

• Programa Nacional de Sanidade dos Caprinos e Ovinos

• Programa Nacional de Sanidade Apícola


Ambiente de atuação da defesa sanitária animal
5. Insumos
Pecuários: registro e
1. Propriedade rural: controle
Cadastro • Medicamentos
Programas sanitários veterinários
Emergências • Imunógenos
sanitárias • Reagentes para
diagnóstico
•Alimentos para animais

4.
Laboratórios
Oficiais e
Credenciados:
• Diagnóstico
Movimentação de • Análise fiscal
Animais e produtos
de origem animal
(GTA) 3. Vigilância
2. Indústria: Trânsito de agropecuária em
Inspeção de produtos de portos, aeroportos,
produtos de origem animal postos de fronteira e
origem animal (certificação EADIs
sanitária)
Parcerias MAPA /Universidades

• Participação de docentes nos Comitês


Científicos dos Programas Sanitários e
grupos de trabalho.

• Laboratórios credenciados para


diagnóstico

• Elaboração de material técnico-científico

• Cooperação Técnica com Universidades

• Projetos CNPQ
Defesa sanitária animal

Tem como objetivo a prevenção, controle e erradicação de doenças de


impacto econômico e de importância zoonótica, visando à valorização
do patrimônio pecuário nacional e à saúde pública
Com o objetivo de garantir que os veterinários respondam às diversas
expectativas da sociedade e que possuam os conhecimentos mínimos sobre
os temas que a sociedade lhes exige (por exemplo, inocuidade de alimentos,
bem estar animal) é fundamental contar com as competências necessárias,
cuja aquisição depende da qualidade da formação veterinária, tanto inicial
como contínua

OIE
Os cursos de formação em medicina veterinária geralmente não contam com
uma disciplina específica de defesa sanitária animal em sua grade curricular,
de modo que seu conteúdo encontra-se pulverizado em diversas disciplinas,
não fornecendo ao aluno visão geral sobre o assunto
É altamente relevante que os médicos veterinários brasileiros tenham
conhecimento da legislação na área de saúde animal, bem como dos
programas sanitários de controle e erradicação de doenças e suas estratégias

Torna-se essencial que a disciplina de Defesa Sanitária Animal figure entre as


obrigatórias do curso de medicina veterinária
Objetivo

Inserir nos cursos de medicina veterinária disciplina de Saúde Animal,


destinada à obtenção de visão geral sobre prevenção, controle e
erradicação de doenças de impacto econômico e de importância em
saúde pública, bem como conhecimento das normas sanitárias
Termo de Colaboração CFMV/MAPA

- Treinamento de docentes em medicina veterinária


- 30 participantes por evento
- Divulgação conjunta CFMV/MAPA
- Definição de conteúdo, datas dos treinamentos e ministrantes em
conjunto CFMV/MAPA
- Treinamento inicial na Estação Quarentenária de Cananéia
Termo de Colaboração CFMV/MAPA

Ainda sendo definidos

- Conteúdo básico
- Metodologia
- Ministrantes
- Data de inscrição e do evento
- Custos
Estação Quarentenária de Cananéia
Muito Obrigado
www.agricultura.gov.br
dsa.gab@agricultura.gov.br