Você está na página 1de 15

1

História

● Fonte Judith é uma fonte de água natural


localizada no bairro do Alto, em Teresópolis,
interior do Rio de Janeiro. Construída em
1920, seu nome tem origem em Judith, filha
de Luiz de Oliveira, antigo proprietário das
terras, que teria sido curada de uma grave
enfermidade através das propriedades
medicinais da água da fonte. Anos depois,
Luiz vendeu as terras para Arnaldo Guinle,
que remodelou totalmente o local em julho
de 1967
2 / 15
● onde ganhou a forma atual: uma obra
arquitetônica em estilo colonial, revestida
com azulejos portugueses de Jorge Colaço,
onde tem cinco saídas d’água em forma de
faunos. Em sua fachada se destacam duas
trovas em homenagem ao monumento: uma
é de autoria do trovador Manoel de Araújo
Peres, outra da trovadora Ilda Correia Leite.
Situada no bairro com maior potencial
turístico de Teresópolis, a Fonte Judith é um
dos locais mais visitados, tornando-se um
cartão postal do município.

3 / 15
Fonte antes da reforma

4 / 15
Ramos de água

5 / 15
Trovas
● Existem 3 frases nos azulejos da fonte:
● 1 - “Bendita fonte a correr! Numa sagrada
missão, a todos dás de beber na concha de
cada mão.” M. de araújo Peres - 1967
● 2 - “São dois destinos irmãos a fonte e o
altar: Quem vai beber, junta as mãos, junta
as mãos quem vai rezar.” Ilda Correia Leite –
1967
● “Contendo um teor em rondônia suficiente
classificá-la segundo o código de águas
mineiras. Como água mineral rádio ativa.” Na
fonte – M.A D.N.P.M laboratório de produção
mineral 6 / 15
Trovas (Frases)

7 / 15
8 / 15
Pesquisa de nossa autoria

● Fizemos uma pesquisa com 60 pessoas em


toda Teresópolis, com três perguntas básicas
sobre a Fonte Judith, foram elas:
● 1 – Você vai com que frequência na Fonte?
(Pouco/Razoável/Muito)
● 2 – Você a denominaria como lugar religioso?
(Sim/Não)
● 3 – Você acha que a Fonte é um lugar de paz?
(Sim/Não)

9 / 15
Respostas/Porcentagens

● 95% das pessoas questionadas vão POUCO a


Fonte Judith. Outros 5% vão razoavelmente.
● 75% das pessoas NÃO consideram a Fonte
um lugar religioso. Outros 25% consideram a
fonte como um lugar religioso.
● 93% das pessoas DENOMINAM a Fonte como
um lugar de paz. Outros 7% NÃO a
denominam como um lugar de paz.

10 / 15
Detalhes da fonte
● Os moradores ao redor aparentemente
respeitam a fonte;
● Muitas pessoas vão na fonte reabastecer a
sua água residencial;
● Além da fonte existe uma pequena praça em
frente revestida em 2 bancos antigos;
● Revitalizada em 2017;
● Tem uma imagem de Maria
● Foi vandalizada

11 / 15
Pessoas reabastecem a
água residencial

12 / 15
Vandalismo

13 / 15
Notas finais

● Trabalho e pesquisa feitos por:


● Emily
● Cecília

14 / 15
15 / 15

Avaliar