Você está na página 1de 48

Engenharia de Materiais

Disciplina: Materiais Cerâmicos

Prof. Márcio R. Morelli


Engenharia de Materiais
Disciplina: Materiais Cerâmicos – Planejamento 2018
MARÇO ABRIL
12 - XXX 02 - Laboratório
14 - Teórica 04 - Teórica
19 - Laboratório 09 - Laboratório
21 - Teórica 11 - Teórica / PALESTRA 1
26 - Laboratório 16 - Laboratório
28 - Teórica 18 - PROVA PARCIAL 1
23 - Laboratório
25 - Teórica
30 - XXX
MAIO JUNHO
02 - DISCUSSÃO PROVA PARCIAL 1 04- Laboratório
07 - PROVA 1 06 - Teórica / PALESTRA 3
09 - Teórica / PALESTRA 2 11 - Laboratório
14 - Laboratório 13 - PROVA PARCIAL 2 / DISCUSSÃO
16 - Teórica 18 - PROVA 2
21 - Laboratório 20 - Teórica
23 - VISITA À EMPRESA 25 - PROVA SUB
28 - Laboratório 27 - RESULTADO FINAL
30 - Teórica
Materiais Cerâmicos: Apresentação

 Engenheiro de materiais com competência para resolver


problemas, aperfeiçoar ou desenvolver produtos e processos
de fabricação na área de cerâmica, bem como contribuir na
seleção e aplicação de materiais cerâmicos em projetos
multidisciplinares de engenharia, não pode prescindir dos
conhecimentos da ciência dos materiais.
Materiais Cerâmicos: Apresentação

IDENTIFIQUE OS ITENS QUE SÃO FEITOS DE


(OU CONTÉM) MATERIAIS CERÂMICOS:

1 telhas
15 sonares (de submarinos)
2 automóveis
16 sanitários
3 aviões
17 fibras óticas
4 televisores
18 lâmpadas
5 computadores
19 fontes de raios laser
6 porcelanas
20 equipamentos de ressonância
7 naves espaciais
magnética
8 implantes médicos
21 tijolos
9 pisos e azulejos
22 coletes à prova de bala
10 telefones celulares
23 batom (de passar nos lábios)
11 equipamento de ultra-som
24 fitas cassetes
12 ossos e dentes
25 geladeiras
13 lentes (de óculos, telescópios,
26 alto-falantes
microscópios, ...)
27 ...
14 radares
Materiais Cerâmicos: Introdução

 Cerâmica: da pré-história à era da informação

 Como o homem começou a utilizar cerâmicas?

 Como foi a evolução da utilização de materiais


cerâmicos?

 Em quais aplicações atuais os materiais


cerâmicos são fundamentais?
Materiais Cerâmicos

Cerâmica Marajoara: urna


funerária. Brasil (400-1400 d.C.)
(http://www.ceramicanorio.com)

Venus de Dolní Věstonice,


anterior a 25.000 a.C.
(http://en.wikipedia.org/)
Definições

 História
Definições

 Cerâmica
 “Keramos” (grego antigo): “objeto de argila ou terra queimada”

 Cerâmica (subst.) - “ a arte de trabalhar com o projeto e fabricação


de objetos feitos de argila queimada”. (American Heritage Dictionary,
1978)

 Cerâmica (subst.) - “a fábrica de produtos feitos de materiais


cerâmicos ou cerâmicas”

 Cerâmicas (subst. plural) – “ os objetos ou produtos feitos de


materiais cerâmicos (adjetivo)”

 Cerâmica (subst. plural) – “ os próprios materiais cerâmicos


(adjetivo)”
Definições

“Cerâmica” (área de conhecimento):

“a arte e a ciência de fazer e utilizar artigos sólidos que


têm como seu componente essencial e são compostos em
grande parte de materiais inorgânicos não-metálicos.”
.
Kingery, Bowen e Uhlmann (1976)

Materiais Cerâmicos:

“materiais sólidos que têm como constituintes


majoritários e essenciais para suas propriedades e
aplicações, compostos inorgânicos não metálicos”.
Definições

Materiais cerâmicos são materiais inorgânicos, não-metálicos. A maioria deles é


constituída por átomos de elementos metálicos e não metálicos coesos por
ligações que são fortemente iônicas ou fortemente covalentes ou ainda, uma
mistura das duas.
Materiais Cerâmicos

Tabela: Abundância estimada de elementos na


crosta terrestre, em ordem decrescente (em % em peso
e ppm). (Ahrens – 1965, citado em Evans e De Jonghe)

Elemento % Elemento ppm


Si 28,2 P 1050
Al 8,2 Mn 950
Fe 5,6 F 625
Ca 4,2 Ba 425
Na 2,4 Sr 375
K 2,1 S 260
Mg 1,95 Zr 165
Ti 0,57 V 135
Materiais Cerâmicos

Grande variedade de composições: diferentes propriedades

Características típicas dos Materiais Cerâmicos

(a) alta resistência mecânica sob compressão;


(b) baixa tenacidade e fratura frágil;
(c) alta resistência à deformação e alta dureza;
(d) isolação ou semicondutividade elétrica, com varias
propriedades dielétricas;
(e) alta estabilidade química e resistência à corrosão;
(f) alta resistência ao calor (manutenção das propriedades
a temperaturas elevadas).
Materiais Cerâmicos

Tipo de ligação
Materiais Cerâmicos

Tensão Deformação: Exemplo de deformação dos materiais


(esquematização genérica)
(a) Cerâmica
(b) Metais
(c) Vidros
(d) Polímeros
Materiais Cerâmicos

A Indústria Cerâmica
Produtos como suprimento de outras indústrias e como
componente de muitos produtos

 Cerâmica Tradicional: construção civil, siderurgia e


outros processos de altas temperaturas, mecânica,
elétrica

 Hoje a cerâmica desempenha papel crítico em


eletrônica, comunicação, automação industrial,
mecânica de alto desempenho, geração de energia,
controle de poluição, medicina, exploração
espacial...
Materiais Cerâmicos

produtos da cerâmica indústrias em que são


tradicional empregados
 Tijolos, telhas, lages, manilhas Indústria da construção civil.
 Revestimentos (azulejos e
pisos)
 Sanitários
 Porcelanas (elétrica, dentária, Indústria elétrica/eletrônica,
laboratório) transmissão energia
 Refratários Indústria siderúrgica, de fundição,
de vidros, de cimento.
 Abrasivos Indústria mecânica
 Vidros Indústria da construção civil,
indústria automobilística, elétrica
e eletrônica
 Cimentos Indústria da construção civil
Materiais Cerâmicos

Indústria Cerâmica

Cerâmica Tradicional Cerâmica Avançada


 Cerâmica Vermelha /Estrutural  Eletrica – Eletrônica -
 Porcelanas e cerâmica branca Magnética
em geral  Mecânica / Termo-mecânica
 Vidros e vidrados (Cerâmica Estrutural)
 Refratários  Optica
 Abrasivos  Biológica (Bio-cerâmicas)
 Cimentos, gessos e cal  Nuclear
 Produtos de carbono
Materiais Cerâmicos

Indústria Cerâmica
Materiais Cerâmicos

Indústria Cerâmica
Materiais Cerâmicos

Cerâmica Tradicional

 Quase totalidade do volume de produção da indústria


cerâmica.

 Utiliza matérias primas naturais e abundantes,


particularmente por argilas submetidas a nenhum ou
pouco processamento prévio de preparação.

 Produtos relativamente de menor custo.


Materiais Cerâmicos: Introdução

Tabela: Minerais mais comumente presentes nas argilas e em outras matérias


primas cerâmicas naturais.

Mineral Formula Ideal


Caulinita Al2(Si2O5)(OH)4
Mica Al2K(Si1,5 Al0,5 O5)2 (OH)2
Mica Ilita Al2-x Mgx K1-x-y (Si1,5-y Al0,5+y O5)2 (OH)2
Esmectita - Montimorilonita Na0,33 (Al1,67 Mg0,33)(Si2O5)2 (OH)2
Feldspatos M+(Al Si3)O8 ou M2+(Al2 Si2)O8 (M=Na, K, Ca)
Quartzo SiO2
Talco Mg3Si4O10(OH)2
Materiais Cerâmicos

Jazidas naturais
Materiais Cerâmicos

Produtos e matérias-primas das indústrias cerâmicas tradicionais


(Adaptado e modificado a partir de Grimshaw)

Indústria Produtos Matérias Primas


Cerâmica Tijolos, elementos Argila
Vermelha ou vazados, Telhas, manilhas,
Estrutural vasos
Argilas, vidrados,
Revestimentos Cerâmicos quartzo, carbonato
de cálcio, talco,
feldspato.
Cimento Argila, calcário,
gesso.
Materiais Cerâmicos

Cerâmica Vermelha ou Estrutural


Materiais Cerâmicos

Revestimentos Cerâmicos
Materiais Cerâmicos

Cimentos
Materiais Cerâmicos

Produtos e matérias-primas das indústrias cerâmicas tradicionais


(continuação)

Sílico-aluminosos Argilas
Aluminosos e de Argilas refratárias, bauxito, alumina
alta alumina do processo Bayer e eletro fundida.

Refratários Silicosos Quartzitos


Magnesianos, de Minérios de Magnesita, de
dolomita e de dolomita, cromita.
Magnesita-cromita
Carbeto de silício Carbeto de silício (sintético)
Materiais Cerâmicos

Refratários

Refratários

Engenheiros de Materiais
Materiais Cerâmicos

Produtos e matérias-primas das indústrias cerâmicas tradicionais


(continuação)

Azulejos, pisos Argilas, vidrados, filito,


Cerâmicas pirofilita, talco.
Brancas Sanitários, porcelanas, Argilas, caulins, feldspato,
louças domésticas e de filito, quartzo, vidrados.
laboratório
Materiais Cerâmicos

Cerâmicas Brancas
Produtos e matérias-primas das indústrias cerâmicas tradicionais
(continuação)

Vidros Vidros planos, recipientes, Quartzito, areia, calcário,


lã de vidro, carbonato de sódio
“Cristais” de mesa, de (barrilha), nitrato de sódio,
decoração e artísticos óxido de arsênio, feldspato,
Vidrados e esmaltes óxido de chumbo, barita,
bórax, Ac. Bórico, zirconita,
caulim.
Outros Sílica fundida Quartzo de alta pureza
Refratários especiais Óxidos puros (de Al, Zr, Mg),
carbetos, nitretos.

Cerâmica elétrica Argila, quartzo, óxidos, talco,


titanato de bário, ferrita.
Vidros
Cerâmica Elétrica
Materiais Cerâmicos

Composições da Cerâmica Tradicional


Tabela: Minerais mais comumente presentes nas argilas e em outras matérias
primas cerâmicas naturais.

Mineral Formula Ideal


Caulinita Al2(Si2O5)(OH)4
Mica Al2K(Si1,5 Al0,5 O5)2 (OH)2
Mica Ilita Al2-x Mgx K1-x-y (Si1,5-y Al0,5+y O5)2 (OH)2
Esmectita - Montimorilonita Na0,33 (Al1,67 Mg0,33)(Si2O5)2 (OH)2
Feldspatos M+(Al Si3)O8 ou M2+(Al2 Si2)O8 (M=Na, K, Ca)
Quartzo SiO2
Talco Mg3Si4O10(OH)2
Triaxial Cerâmico
Materiais Cerâmicos

Cerâmicas Avançadas

 Se caracterizam pelo emprego de matérias primas com


especificações restritas de composição química e de
estrutura, partículas finas e distribuição de tamanho e
forma de partículas definidas, obtidas por processos sob
controle rigoroso.

 São produtos dos esforços de obter propriedades


excepcionais.
Materiais Cerâmicos: Introdução

Cerâmicas
Avançadas
Materiais Cerâmicos: Introdução

Cerâmicas
Avançadas
Materiais Cerâmicos

Funções e aplicações das cerâmicas avançadas

Grupos Funções Aplicações


de funções
Isolantes (Al2O3, BeO, MgO, Substrato de circuito
Elétricas, BN) integrado
eletrônicas Ferroeletricos (BaTiO3, Condensadores
SrTiO3) Filtro de ondas
Piezo-elétricos (BaTiO3, Transformador, detector de
Pb(Zr2, Ti)O3, ZnO2) som e ultrasom, gerador de
faíscas
Condutores elétricos (MoSi2, Elementos de aquecimento
SiC, LaCrO3)
Semi-condutores (ZnO, ZnO- Varistores, termistores,
Bi2O3, SiC, TiO2) elementos de aquecimeto,
gerador de laser
Condutores iônicos (β-Al2O3, Sensores de oxigênio,
ZrO2) eletrólitos de bateria Na/S.
Materiais Cerâmicos: Introdução

Funções e aplicações das cerâmicas avançadas


(continuação)

Grupos de Funções Aplicações


funções
Magnéticas Ferritas Moles, Ferritas Cabeça de gravador
Duras magnético, sensor de
Óxidos (Zn - Ni, Mn, Fe, Sr, temperatura, magnetos.
Mg, Cr)
Ópticos Translúcidos (Al2O3, MgO) Tubo de lâmpada de sódio,
Luminescentes janela de memória não-
volátil, janela de
transmissão de
infravermelho.
Materiais Cerâmicos:

Componentes automotivos: além da vela de ignição.....


 sensor de oxigênio (condutor iônico)
 sensor de temperatura (termistores)
 sensor de pressão, de vibração (piezoelétricos)
 suportes de catalisadores
 circuito integrado (controle de todo o sistema elétrico-injeção, ignição, freios)
 selos mecânicos – reduz manutenção em bombas e compressores
Materiais Cerâmicos: Introdução

Componentes aeroespaciais
Materiais Cerâmicos:

Cerâmicas Magnésticas, eletro-eletrônicas, ópticas, ....


Materiais Cerâmicos:

Abrasivos
Materiais Cerâmicos: Introdução

Biocerâmicas
Materiais Cerâmicos:

Comportamento e Desempenho dos Materiais Cerâmicos


Materiais Cerâmicos:
Materiais Cerâmicos:

Composição: exemplo Al2O3 – Alumina α

Estrutura: exemplo tetraédrica

Microestrutura: exemplo homogênea