Você está na página 1de 1

Explosão informacional: explosão da quantidade de informações: um crescimento Atualmente, muitas pessoas consideram a informação uma mercadoria;

do volume de informações que obedece a uma lei do tipo exponencial;


O desenvolvimento da produção de informações (informações gerais, científicas e técnicas) tornou necessária
Implosão do tempo: Não há mais distância que seja obstáculo à velocidade, uma ciência que tivesse por objeto de estudo a informação, e assim surgiu a Ciência da Informação;

nenhuma fronteira detém a informação; De origem anglo-saxônica, a informação nasceu da biblioteconomia, tomando portanto como objeto de estudo as
informações fornecidas pelas bibliotecas. Então, a leitura pública e a história do livro foi matéria dos primeiros
O fluxo de informação é a conjunção de dois fenômenos: a explosão da informação e estudos realizados. Hoje, com o advento da tecnologia da informação, a ciência da informação se fundamenta sobre
essa base informacional;
a implosão do tempo;
O objetivo da informação permanece sendo a apreensão de sentidos ou seres em sua significação;
O fluxo de informação é a circulação de consideráveis quantidades de informação por
unidade de tempo;
Equação fundamental da Ciência da Informação: exprime a passagem de um
De prática de organização, a ciência da informação torna-se, então, estado de conhecimento para um novo estado de conhecimento, pela contribuição
uma ciência social rigorosa, sob o efeito tanto de uma demanda A comunidade científica é o de um conhecimento extraído de uma informação;
social crescente quanto de novos objetos sociais e importantes grupo que tem como profissão a A comunicação é, portanto, o processo intermediário que permite a troca de
avanços econômicos. Os estudos científicos realizados inicialmente pesquisa científica e informações entre as pessoas. Nela, a informação é um produto, ou uma
por pesquisadores de fora da área contribuíram muito para essa tecnológica. Na comunidade matéria;
cientifização científica ocorre a A Sociedade da Informação necessita de uma ciência que estude as propriedades
A ciência da informação é uma ciência interdisciplinar, um comunicação científica; da informação e os processos de sua construção, comunicação e uso;
campo de conhecimento onde colaboram várias disciplinas Atualmente, o objeto da Ciência da Informação não é mais o mesmo
entre si, para o enriquecimento mútuo; da biblioteconomia e de suas disciplinas co-irmãs. Não é mais o livro, o
A CIÊNCIA DA INFORMAÇÃO (LE COADIC, 2004)
O objeto de estudo da ciência da informação são as propriedades gerais da documento, o objeto, mas sim a informação;
informação, como: a análise dos processos de construção, comunicação e uso da
informação; e a concepção dos produtos e sistemas que permitem sua construção, Usar a informação é trabalhar com
A ciência da Informação, com a preocupação de esclarecer um problema
comunicação, armazenamento e uso a matéria informação para obter um Uma necessidade de informação social concreto, o da informação, e voltada para o ser social que procura
é a constatação de um estado informação, coloca-se no campo das ciências sociais (ciências do homem e
efeito que satisfaça a uma
Na sociedade atual, a ciência é totalmente integrada com o anômalo de conhecimento
necessidade de informação;
insuficiente para executar uma
da sociedade) que são o meio principal de acesso a uma compreensão do
sistema de produção. A industrialização passa pela tarefa. É originado de uma social e do cultural;
Na ciência da informação,
ciência, assim como a ciência passa pela em matéria de comunicação, necessidade maior, ou seja, é uma
industrialização; necessidade derivada; A pesquisa em ciência da informação, pesquisa orientada, desenvolveu-se em
a prática sempre precedeu função dessa necessidade e foi, de certa forma, dirigida e até mesmo
A explosão da informação, também surgiu, por um lado, da profissionalização a teoria. A teoria corre Dentre as técnicas tradicionais financiada por ela (ELA: é a necessidade de esclarecer o problema da
generalizada da pesquisa. Com isso, ocorre que a publicação de um artigo deixa de atrás dos fatos para de informação, destaca-se, entre informação);
ser a confirmação da competência para ser a garantia de um emprego; compreendê-los; os meios não-orais, o periódico.
Este é o meio privilegiado de
Dentre as técnicas orais, destacam-se as reuniões (congressos, conferências, comunicação da informação. A
simpósios), geralmente pouco frequentes e de duração limitada da comunidade revista científica, desde sua
científica. É uma grande oportunidade para a troca de informação entre criação, permaneceu praticamente
pesquisadores. imutável;
A ciência da informação é ciência, produção consciente da espécie humana com origens bem precisas, um objeto e um
conteúdo bem definidos e especialistas facilmente identificáveis; Por profissionais da informação , entendemos as pessoas que adquirem informação registrada em diferentes
Suas origens são recentes (aprox. 1968). Mesmo com pouco tempo de vida, esta ciência conseguiu atingir a maturidade, suportes, organizam, descrevem, indexam, armazenam, recuperam e distribuem essa informação em sua forma
enquanto outras ciências transpassaram séculos para atingir a vida adulta; original ou como produtos elaborados a partir dela; (minha versão: os profissionais da informação são aqueles que
gerem, organizam e disponibilizam a informação nas suas diferentes formas);
Seu objeto de estudo é uma matéria – a informação – que permeia o espaço das profissões;
Seu conteúdo, marcado pelo selo de interdisciplinaridade, é uma sábia dosagem de ciências matemáticas, Os profissionais da informação estão em 3 grupos de profissões: especialistas da informação,
físicas, sociais e humanas. empresários da informação e cientistas da informação.