Você está na página 1de 6

Contos lidos:

Allan Poe
O Gato Preto
Coração Delator
O Poço e o Pêndulo
O barril de Amontillado
Ambrose Bierce
Óleo de cão
Artur Azevedo
Um Ingrato
Clarice Lispector
O Amor
Franz Kafka
A Ponte
Diante da lei
Horacio Quiroga
Deriva
João do Rio
O bebê de tarlatana rosa
Dentro da noite
João Simões Lopes Neto
Contrabandista
José de Alencar
Cinco Minutos
Júlia Lopes de Almeida
A Caolha
Lima Barreto
O Filho da Gabriela
Milagre do Natal
A nova Califórnia
O homem que sabia javanês
Machado de Assis
A Cartomante
A Segunda Vida
Pai contra mãe
Pílades e Orestes
Quem Conta um Conto
Maupassant
A Máscara
O Horla
Salinger
Para Esmé, com Amor e Sordidez
Um Dia ideal Para Os Peixes-Banana
Tchekov
O Bilhete Premiado
Cronologia Viva

http://contosbemcontados.blogspot.com/?m=1
Contos para ler:

100 melhores contos brasileiros do século:

Negrinha (Monteiro Lobato)


Galinha cega (João Alphonsus)
Gaetaninho ( Alcântara Machado)
Baleia (Graciliano Ramos)
Uma senhora (Marques Rebelo)
Viagem aos seios de Duília (Aníbal Machado)
O peru de Natal (Mário de Andrade)
Nhola dos Anjos e a cheia do Corumbá (Bernardo Elis)
Presépio (Carlos Drummond de Andrade)
O vitral (Osman Lins)
Um cinturão (Graciliano Ramos)
O pirotécnico Zacarias (Murilo Rubião)
Gringuinho (Samuel Rawet)
O afogado (Rubem Braga)
Tangerine-Girl (Rachel de Queiroz)
Nossa amiga (Carlos Drummond de Andrade)
Um braço de mulher (Rubem Braga)
As mãos de meu filho (Erico Verissimo)
A moralista (Dinah Silveira de Queiroz)
Entre irmãos (José J. Veiga)
A partida (Osman Lins)
A força humana (Rubem Fonseca)
Amor (Clarice Lispector)
Gato gato gato (Otto Lara Resende)
As cores (Orígenes Lessa)
A máquina extraviada (José J. Veiga)
O moço do saxofone (Lygia Fagundes Telles)
Feliz aniversário (Clarice Lispector)
O homem nu (Fernando Sabino)
O vampiro de Curitiba (Dalton Trevisan)
A mulher do vizinho (Fernando Sabino)
Uma galinha (Clarice Lispector)
Menina (Ivan Angelo)
A caçada (Lygia Fagundes Telles)
O burguês e o crime (Carlos Heitor Cony)
Uma vela para Dario (Dalton Trevisan)
Passeio noturno – Parte i e II (Rubem Fonseca)
A morte de D.J. em Paris (Roberto Drummond)
Aí pelas três da tarde (Raduan Nassar)
Felicidade clandestina (Clarice Lispector)
O elo partido (Otto Lara Resende)
A estrutura da bolha de sabão (Lygia Fagundes Telles)
O peixe de ouro (Haroldo Maranhão)
Gestalt (Hilda Hilst)
Feliz ano novo (Rubem Fonseca)
Correspondência completa (Ana Cristina Cesar)
Fazendo a barba (Luiz Vilela)
Sem enfeite nenhum (Adélia Prado)
A balada do falso Messias (Moacyr Scliar)
La Suzanita (Eric Nepomuceno)
Porque Lulu Bergantim não atravessou o Rubicon (José Cândido de Carvalho) –
A maior ponte do mundo (Domingos Pellegrini)
Crítica da razão pura (Wander Piroli)
A porca (Tânia Jamardo Faillace)
O arquivo (Victor Giudice)
Guardador (João Antônio)
O vampiro da Alameda Casabranca (Márcia Denser)
Um discurso sobre o método (Sérgio Santanna)
Alguma coisa urgentemente (João Gilberto Noll)
Idolatria (Sérgio Faraco)
Hell’s Angels (Márcia Denser)
Bar(Ivan Angelo)
Aqueles dois (Caio Fernando Abreu)
Intimidade (Edla Van Steen)
I love my husband (Nélida Pifion)
Toda Lana Turner tem seu Johnny Stompanato (Sonia Coutinho)
King Kong x Mona Lisa (Olga Savary)
Flor de cerrado (Maria Amélia Mello)
Obscenidades para uma dona-de-casa (Ignácio de Loyola Brandão)
O santo que não acreditava em Deus (João Ubaldo Ribeiro)
O japonês dos olhos redondos (Zulmira Ribeiro Tavares)
Vadico (Edilberto Coutinho)
Linda, uma história horrível (Caio Fernando Abreu)
Os mínimos carapinas do nada (Autran Dourado)
Conto (nãoconto) (Sérgio Santanna)
A Confraria dos Espadas (Rubem Fonseca)
Estranhos (Sérgio Santanna)
Nos olhos do intruso (Rubens Figueiredo)
O anti-Natal de 1951 (Carlos Sussekind)
Olho (Miriam Campello)
Zap (Moacyr Scliar)
Days of wine and roses (Silviano Santiago)
A nova dimensão do escritor Jeffrey Curtam (Marina Colasanti)
Jardins suspensos (Antonio Carlos Viana)
O misterioso homem-macaco (Valêncio Xavier)
Dois corpos que caem (João Silvério Trevisan)
Conto de verão n2 2: Bandeira Branca (Luis Fernando Verissimo)
Por um pé de feijão (Antônio Torres)
Viver outra vez (Márcio Barbosa)
Estão apenas ensaiando (Bernardo Carvalho)
O importado vermelho de Noé (André Santanna)
15 Cenas de descobrimento de Brasis (Fernando Bonassi)

30 melhores contos da Literatura Universal:

Bola de sebo – Guy de Mauppassant


Casa tomada – Julio Cortázar
Continuidade dos parques – Julio Cortázar
Corações solitarios – Rubem Fonseca
Diga que não me matem – Juan Rulfo
O afogado mais bonito do mundo – Gabriel García Márquez
O travesseiro de penas – Horacio Quiroga
Um artista no trapézio – Franz Kafka
O capote – Nikolai Gogol
O aniversário da infanta – Oscar Wilde
O escaravelho de Ouro – Edgar Allan Poe
O fantasma de Canterville – Oscar Wilde
O gigante egoísta – Oscar Wilde
O imortal – Jorge Luis Borges
O presente dos reis magos – O. Henry
Um som de trovão – Ray Bradbury
Acender uma fogueira – Jack London
A dama do cachorrinho – Anton Tchekhov
A última pergunta – Isaac Asimov
Os assassinos – Ernest Hemingway
Os mortos – James Joyce
Os nove bilhões de nomes de deus – Arthur C. Clarke
Missa do Galo – Machado de Assis
Nenhum caminho para o paraíso – Charles Bukowski

100 Contos Essenciais da Literatura Mundial:

A Dama do Cachorrinho, Anton Tchekhov


Bola de Sebo, Guy de Maupassant
O Capote, Nikolai Gógol
Colinas como Elefantes Brancos, Ernest Hemingway
Os Mortos, James Joyce
O Prado de Bezhin, Ivan Turguêniev
Bartleby, o Escrivão, Hermann Melville
Tlön, Uqbar, Orbis Tertius, Jorge Luis Borges
A Tragédia de Um Personagem, Luigi Pirandello
Três Mortes, Liev Tolstói
Um Homem Bom É Difícil Encontrar, Flannery O’Connor
Angústia, Anton Tchekov
Bobók, Fiódor Dostoiévski
O Horla, Guy de Maupassant
As Irmãs Vane, Vladimir Nabokov
Felicidade, Katherine Mansfield
Estudo de Mulher, Honoré de Balzac
Um Artista da Fome, Franz Kafka
O Homem de Areia, E.T.A. Hoffmann
O Beijo, Anton Tchekhov
Um Relatório Municipal, O. Henry
A Casa Tomada, Julio Cortázar
As Neves do Kilimanjaro, Ernest Hemingway
Um Coração Simples, Gustave Flaubert
Uma Carta, Isaac Bábel
O Fantasma de Canterville, Oscar Wilde
Gimpel, o Bobo, Isaac B. Singer
A Máscara da Morte Rubra, Edgar Allan Poe
O Boa-Vida, F. Scott Fitzgerald
As Joias, Guy de Maupassant
O Espelho, Machado de Assis
Pierre Menard, Autor de Quixote, Jorge Luis Borges
O Nariz, Nikolai Gógol
Uma Casa Assombrada, Virginia Woolf
A Pane, Friedrich Dürrenmatt
Olhos de Cão Azul, Gabriel García Márquez
A Força de Deus, Sherwood Anderson
A Distância da Lua, Italo Calvino
Os Três Anéis, Giovanni Boccaccio
O Homem que Queria ser Rei, Rudyard Kipling
A Mão, Colette
Gladius Dei, Thomas Mann
A Honra de Israel Gow, G. K. Chesterton
O Altar dos Mortos, Henry James
Bilhete Premiado, Anton Tchekhov
Balas Sortidas, Tenneessee Williams
Rumo ao Ocidente, Primo Levi
O Muro, Jean-Paul Sartre
O Hussardo Melancólico da Legião Alemã, Thomas Hardy
O Expermento do Dr. Heidegger, Nathaniel Hawthorne
A Amável Senhora, D.H. Lawrence
Meia Folha de Papel, August Strindberg
Mêmnon ou a Sabedoria Humana, Voltaire
A Imitação da Rosa, Clarice Lispector
O Camundongo, Saki
Vinte e Seis e Uma, Máximo Gorki
O Guarda-Chuva, Yasunari Kawabata
O Elixir do Reverendo Padre Gaucher, Alphonse Daudet
O Fantasma Inexperiente, H.G. Wells
Judas Iscariotes, Leonid Andreiév
A Ponte Thor, Arthur Conan Doyle
O Homem que Corrompeu Hadleyburg, Mark Twain
A Cruzada das Crianças, Marcel Schwob
Aventuras de uma Negrinha que Procurava Deus, George Bernard Shaw
O Possível Baldi, Juan Carlos Onetti
O Homem que Sabia Javanês, Lima Barreto
Conto Azul, Marguerite Yourcenar
A Tortura da Esperança, Villier de l’Isle-Adam
O Leproso da Cidade de Aosta, Xavier de Maistre
O Sinaleiro, Charles Dickens
O Tiro, Aleksander Pushkin
A Terceira Margem do Rio, Guimarães Rosa
A Pedra que Cresce, Albert Camus
O Marido Padre, Marquês de Sade
O Diabo e o Relojoeiro, Daniel Defoe
Nas Montanhas da Loucura, H. P. Lovecraft
O Tenente Gustl, Arthur Schnitzler
Juventude, Joseph Conrad
O Mendigo e a Donzela Orgulhosa, Rainer Marie Rilke
Um Natal, Truman Capote
Rinconete e Cortadillo, Miguel de Cervantes
A Mão Encantada, Gérard de Nerval
Belfagor, O Arquidiabo, Maquiavel
A Matrona de Éfeso, Petrônio
A Greve, Jack London
A Gata Borralheira, irmãos Grimm
Barba-Azul, Charles Perrault
A Loba, Giovanni Verga
Amor e Pedagogia, Miguel de Unamuno
A Vênus de Ille, Prosper Merimée
Amor e Psiquê, Apuleio
A Raposa e as Uvas, Esopo
O Aumento, Dino Buzzatti
O Corcunda Recalcitrante Rip Van Winkle, Washington Irving
Um Dia Perfeito para os Peixes-Banana, J. D. Salinger
O Dente Quebrado, Pedro Emilio Coll
O Cair da Noite, Isaac Asimov