Você está na página 1de 10

05/02/2018 AVA UNINOVE

Rede de dados, linha local e remota,


linha discada, ponto a ponto, critérios
de seleção e sentido da informação
OBJETIVO: O OBJETIVO DO PRESENTE TÓPICO É ESTABELECER AS DEFINIÇÕES FUNDAMENTAIS

RELACIONADAS A COMUNICAÇÃO DE DADOS EM REDE.

AUTOR(A): PROF. FRANCISCO ARAUJO BOMFIM JUNIOR

Introdução a redes de dados


Uma rede de dados é definida como um conjunto de nós (um nó pode ser um computador, roteador, switch,
impressora, etc) capazes de enviar e receber através de um meio de comunicação, como mostrado na Figura

1. Criar redes de dados tem como objetivo permitir o compartilhamento de recursos, tais como programas e
equipamentos, tornando-os ao alcance de todos os usuários. Um ambiente em rede proporciona,
principalmente, o compartilhamento de informações importantes para o funcionamento das corporações

como, por exemplo, o registro de clientes, fornecedores e folhas de pagamento, e em muitos casos, esse
compartilhamento é feito de forma on-line para que possa ser acessada a partir de qualquer dispositivo

conectado a internet.
 

Rede de dados, linha local e remota, linha discada, ponto a ponto, critérios de seleção e sentido da informação
01 / 09

https://ava.uninove.br/seu/AVA/topico/container_impressao.php 1/10
05/02/2018 AVA UNINOVE

Legenda: FIGURA 1 - REDES DE DADOS

Critérios para seleção de redes


Para se criar redes de dados podemos levar em consideração os seguintes critérios. Os mais importantes são
desempenho, confiabilidade e segurança (Forouzan, B. A, 2007):

Rede de dados, linha local e remota, linha discada, ponto a ponto, critérios de seleção e sentido da informação
02 / 09

https://ava.uninove.br/seu/AVA/topico/container_impressao.php 2/10
05/02/2018 AVA UNINOVE

Desempenho: O desempenho de uma rede pode ser medido de várias formas, dentre elas, podemos citar a
largura de banda (taxa de transferência de bits por segundo), também conhecido por throughput. Mesmo
que capacidade da rede, em termos de throughput seja elevada, o desempenho pode ser afetado pelo
congestionamento. Portanto, devemos considerar essas duas variáveis em conjunto a fim de avaliar o
desempenho de uma rede.
Confiabilidade: Este critério está associado, por exemplo, com a capacidade da rede em suportar níveis
elevados de tráfego sem que haja falhas que impeçam o seu funcionamento e também pelo tempo
necessário para que o link volte em operação caso uma falha ocorro. Um bom sinônimo para a
confiabilidade é a robustez. Normalmente nos perguntamos a cerca de quão robusto é um determinar
equipamento, como por exemplo, um celular, uma TV e, principalmente os equipamentos constituintes de
uma rede.
Segurança: Atualmente, a segurança dos dados que trafegam nas redes de computadores é fator de grande
preocupação. Não existe nenhum sistema 100% seguro e, por isso, os métodos de prevenção de incidentes
físicos, de acesso não autorizado e da proteção de dados devem ser levados em consideração durante a
construção de políticas de segurança por parte das corporações. Na Figura 2 é mostrado uma topologia de
rede contendo Sistemas de Detecção de Intrusão (IDS), além do Firewall, que permite interromper o
tráfego com base em regras permissivas, ou seja, permite apenas o tráfego explicitamente declado.

Legenda: FIGURA 2 - SISTEMAS DE DETECçãO DE INTRUSãO.

Rede de dados, linha local e remota, linha discada, ponto a ponto, critérios de seleção e sentido da informação
03 / 09

https://ava.uninove.br/seu/AVA/topico/container_impressao.php 3/10
05/02/2018 AVA UNINOVE

Linha local e Remota


Podemos classificar um link de rede de duas formas: o primeiro deles, chamado de link local, que possui

uma ligação praticamente que direta entre o transmissor e o receptor, não necessitando que a informação

passe pela rede da operadora de telecomunicações, portanto, o tráfego fica restrito a rede local (LAN),
conforme Figura 1. Neste caso, utilizam-se os recursos locais da corporação, sem a necessidade de que o

tráfego vá para fora. Em contrapartida, um link remoto, é utilizado quando desejamos conectar duas redes

ou nós geograficamente separados. Neste caso, normalmente, há a necessidade de se utilizar a


infraestrutura da operadora de telecomunicações, e por esse motivo, o transporte de dados passará por

alguma tarifação. Este tipo de link é muito utilizado quando se deseja interligar a sede de uma empresa

com a sua filial. Na Figura 3 é mostrado um link remoto entre um usuário residencial por meio da internet.

Legenda: FIGURA 3 - ILUSTRAçãO DE UMA CONEXãO REMOTA VIA VPN

Rede de dados, linha local e remota, linha discada, ponto a ponto, critérios de seleção e sentido da informação
04 / 09

https://ava.uninove.br/seu/AVA/topico/container_impressao.php 4/10
05/02/2018 AVA UNINOVE

Ponto-a-ponto e Multiponto
As redes ponto-a-ponto são aqueles que interligam dois nós através do mesmo link de comunicação, como,

por exemplo, a interligação entre uma matriz e filial por meio de duas antenas de rádio frequência, ou até
mesmo, por um link de fibra óptica (dedicado), como mostrado na Figura 4 (a). Por sua vez, quando uma

matriz possui diversas filiais consideramos que essa ligação é do tipo multiponto, como mostrado na Figura

4 (b). Na multiponto a capacidade do link é compartilhada entre os diferentes nós.


 

Legenda: FIGURA 4 - (A) LIGAçãO PONTO-A-PONTO E (B) MULTIPONTO

Rede de dados, linha local e remota, linha discada, ponto a ponto, critérios de seleção e sentido da informação
05 / 09

https://ava.uninove.br/seu/AVA/topico/container_impressao.php 5/10
05/02/2018 AVA UNINOVE

Linha discada
Popular, por volta dos anos 2000, o acesso à internet via conexão discada, atualmente, é pouco utilizada

devido a sua baixa taxa de transferência de dados, em torno de 56 Kbps (Kilobits por segundo). Apesar

disso, a conexão discada, também conhecida como dial-up, tem importância histórica para a comunicação

de dados. A conexão dial-up proporciona a conexão de acesso à Internet por meio de linhas telefônicas
entre a conexão do usuário e o provedor de telecomunicações.

Para estabelecer essa comunicação o computador do usuário necessita de um modem interno ou externo. O

modem tem a função de modular (converter os dados em sinal de áudio) e demodular (converte o sinal de

áudio para dados). Justamente por utilizar todo o canal de voz, em uma conexão discada não é possível

utilizar a mesma conexão para transportar dados e realizar uma chamada telefônica e, além disso, como a

banda utilizada para transmissão de voz é baixa (de 4KHz), a taxa de transferência dados também é baixa,

de 56 Kbps, como comentado anteriormente. Na Figura 5(a) é mostrado um modem interno para
computador e na Figura 5 (b) um modem externo.

Legenda: FIGURA 5 (A) MODEM INTERNO E (B) MODEM EXTERNO

Fluxo de dados
O sentido de troca de informações entre dois nós pode de forma simplex, half-duplex e full-duplex,

conforme descrito a seguir tendo como base a Figura 6.

Rede de dados, linha local e remota, linha discada, ponto a ponto, critérios de seleção e sentido da informação
06 / 09

https://ava.uninove.br/seu/AVA/topico/container_impressao.php 6/10
05/02/2018 AVA UNINOVE

Simplex: No modo simplex, a comunicação é feita em uma única direção (unidirecional). Controle-remotos
e os teclados são exemplos de uma comunicação em modo simplex. Neste modo de transmissão toda a
banda é utilizada para enviar dados em uma única direção.
Half-duplex: Uma transmissão em modo half-duplex ocorre de forma bidirecional, mas não de forma
simultânea. Na transmissão entre dois nós, apenas um deles pode transmitir, enquanto que outro nó fica
no aguardo. As antigas redes Ethernet do tipo 10base-2 e 10base-5 (redes com cabo coaxial) são exemplos
de redes half-duplex. Em tais redes, toda a capacidade do meio de transmissão é utilizada por apenas um
nó, caso dois nós enviassem simultaneamente ocorria o que é conhecido como colisão de dados. Em
virtude destes problemas, tais redes foram substituídas por redes do tipo full-duplex.
Full-duplex: diferentemente do modo half-duplex, o modo full-duplex permite que dois nós enviem dados
de forma simultânea. Como analogia, podemos imaginar esse modo de transmissão como rodovia de mão
dupla fluindo em ambas as direções. As de computadores do tipo 100base-T e telefônicas são exemplos
deste tipo de rede. No sistema telefônico tradicional ou por meio de uma chamada via Internet são
exemplos de full-duplex, já que permitem que duas possam ouvir e conversar simultaneamente.

Rede de dados, linha local e remota, linha discada, ponto a ponto, critérios de seleção e sentido da informação
07 / 09

https://ava.uninove.br/seu/AVA/topico/container_impressao.php 7/10
05/02/2018 AVA UNINOVE

Legenda: FIGURA 6 - SENTIDOS DE TRANSMISSãO.

ATIVIDADE

Uma conexão remota é caracterizada por uma:

Rede de dados, linha local e remota, linha discada, ponto a ponto, critérios de seleção e sentido da informação
08 / 09

https://ava.uninove.br/seu/AVA/topico/container_impressao.php 8/10
05/02/2018 AVA UNINOVE

A. conexão através da rede local, entre cliente e servidor


B. conexão entre uma rede local e outra rede local atraves da infraestrutura de uma operadora de

telecomunicação

C. conexão ponto-a-ponto

D. conexão multiponto

ATIVIDADE

Uma conexão discada utiliza:

A. a infraestrutura de telefonia para transportar dados.

B. uma conexão da rede local


C. um link multiponto.

D. uma comunicação do tipo simplex

ATIVIDADE

Uma comunicação de dados que é estabelecidade de forma bidirecional


e simultâneo é definida como:

A. Simplex

B. Half-duplex

C. Full-duplex

D. unicast

REFERÊNCIA
Forouzan, Behrouz A. Comunicação de Dados e Redes de Computadores. 4ª Edição. MCGraw-Hill, 2007.
KUROSE, J. F. e ROSS, K. - Redes de Computadores e a Internet. 5ª Ed., Pearson, 2010.

TANENBAUM, Andrew S. Redes de Computadores - 5. ed. São Paulo:Elsevier. 2011.

Rede de dados, linha local e remota, linha discada, ponto a ponto, critérios de seleção e sentido da informação
09 / 09

https://ava.uninove.br/seu/AVA/topico/container_impressao.php 9/10
05/02/2018 AVA UNINOVE

https://ava.uninove.br/seu/AVA/topico/container_impressao.php 10/10