Você está na página 1de 2

1) Trade-off em economia significa “custo de oportunidade”.

Em outras palavras,
seria o que o agente econômico deixa de desfrutar de algo por ter escolhido outro.
A todo momento na vida o ser humano se depara com essa situação. Exemplos:
1- Trabalhar durante o dia lhe garante salario, porém lhe toma o tempo de
ingressar em um curso universitário no mesmo horário. O curso não lhe
garante salario enquanto está estudando, mas no longo prazo existe a
possibilidade de um emprego com melhor remuneração e mais estabilidade.
2- Comprar uma bicicleta para ir ao trabalho lhe garante economia de custos e
uma melhor qualidade de vida, considerando a atividade física que vai fazer
durante o percurso. O ponto negativo seria a exaustão e os atrasos. A compra
de uma motocicleta para o mesmo fim, elimina a exaustão e possibilita mais
agilidade no deslocamento. Porem haverá custos com combustível e
emplacamento.
3- Um carro que é mais pesado tem mais estabilidade e segurança, mas em
princípio perde velocidade e consome mais combustível. Assim, um aspecto
positivo é perdido mas outros são adquiridos.
2) Ao escolher ir ao cinema, o agente sacrificou outra ação que ele poderia fazer
nesse mesmo horário. Como estudar para a prova do dia seguinte. Ou ao comprar
a entrada para o filme, deixou de comprar um ingresso para um show.
3) Vai depender da facilidade para adquiri-la e a necessidade relacionada a seu
consumo. A utilidade marginal de um copo de água para uma pessoa sedenta no
deserto é bem maior quando comparada com o copo de agua consumido por uma
pessoa em uma região bastante provida de recursos hídricos.
4) A “mão invisível” é a auto regularização dos preços dos produtos pelo próprio
mercado. Sem qualquer intervenção estatal. Por exemplo, um produto em
situação de escassez e demanda constante, fará os produtores subirem seus preços.
A alta dos preços atrairá novos produtores em busca de lucratividade, o que
aumentara a oferta deste bem e consequentemente reduzirá seu preço até o ponto
de equilíbrio de mercado.
5) A fronteira de possibilidades de produção mostra as combinações de produtos
(Leite e Biscoitos). A economia pode produzir qualquer combinação que se
encontre na fronteira ou dentro dela. Pontos além da fronteira não são viáveis
dados os recursos da economia. No caso citado, como a morte do rebanho leiteiro,
a curva de possibilidade de produção deslocara para esquerda, reduzindo a
capacidade produtiva da economia.
6) De acordo com uma fronteira de possibilidade qualquer combinação que
esteja na curva torna a economia eficiente, ou seja, utiliza todos os possíveis
insumos para produzir mercadorias. Caso o nível de produção estivesse em
um ponto inferior à curva estaria “sobrando” insumos, ou seja, essa
economia não seria eficiente.
Se a combinação estiver na curva de fronteira de possibilidade de produção
significa que há eficiência nessa economia. Se em um outro momento, a
combinação estiver em um ponto inferior à da curva, estaria ocorrendo um
excedente de insumos sem utilização. Ou seja, ocorre ineficiência na economia.
7) Se divide em Microeconomia e Macroeconomia. A primeira estuda as ações dos
agentes (Famílias e empresas) nos mercados. A segunda estuda os fenômenos
econômicos, tais como inflação, desemprego, crescimento econômico, PIB, PNB,
Recessões.

8) Declarações positivas: Expõe como a economia é de fato. “O aumento de juros


diminui a atividade econômica.”
Declarações Negativas: Procura mostrar como a economia deveria ser. “O Copom
deveria reduzir a taxa de juros.”
9) O seu preço.
10) A escala da demanda exibe a quantidade demandada de um bem conforme o seu
preço. A curva de demanda expõe por meio de gráfico o comportamento da
demanda do bem conforme as alterações de seu preço. A curva de demanda se
inclina para baixo pelo fato de ela ser inversamente proporcional ao nível de
preços.
11) A mudança de gosto por parte do consumidor significa a mudança de sua
demanda, o que faz a curva de demanda deslocar-se. A mudança de preço leva a
mudanças ao longo da curva, sem causar seu deslocamento.
12) Nesse caso, o espinafre é um bem inferior. Pois o Popeye mesmo com a renda
reduzida permanece consumindo o bem.
13) A) O sinal da renda é negativo, o que significa dizer que o bem é inferior. (-5.R)
B) Y É substituto de X, dado que seu valor é positivo. Indica que se py aumentar,
qx também aumentará.
C) e D)