Você está na página 1de 35

ANO 7 • N O 25 • MARÇO 2005

Água na Boca
Páscoa, presente
para todos

EQUILÍBRIO ALIMENTAR

saúde e
bem-estar
• pirâmide
alimentar
• cardápios
comentados
Nestlé
conselho editorial
Ivan Zurita, Mário Castelar,
Márcia Abreu, Irene Alves Ribeiro,
faz bem
Maria Lúcia Ortiz
Equilíbrio alimentar, para uma vida saudável e prazerosa. Eis
colaboradores
Andréia Faccio, Fernanda Lopes, Dora Hosokawa, aí, em poucas palavras, o tema central da revista que você tem em
Thais Manzione, Cláudia Yoshida, Camila Guimarães,
Vanessa Moreira, Natalia Miyamoto,
mãos.Um tema que,nem precisa dizer,tem tudo a ver com o maior
Ana Célia Salvadori compromisso da Nestlé – fornecer produtos que garantam “nu-
produção editorial trição, saúde e bem-estar” para todos.
Editora Página Viva
Carlos Tranjan (editor-chefe),
Alessandra Nalio (editora assistente), Neste número, começamos a mostrar o que é equilíbrio alimen-
Sandra Tranjan, José Rodolfo Arantes
de Seixas (assistentes de arte) tar na seção Vida Saudável. Ao acompanhar a história de uma fa-
colaboradores
mília que mantém bons hábitos alimentares, você ficará conhe-
Chico Max (direção de arte),
cendo a pirâmide alimentar, uma representação gráfica que nos
Gabriela Spada (revisão), Éric B. (fotografia),
Paulo Nílson (ilustração), Carol Miranda, ajuda a compor cardápios saudáveis e harmônicos.
Mika Franco (produção), Picture studio & fotolito
(tratamento de imagens)

Em seguida, na Entrevista, conversamos com a doutora Sonia Tu-


Lojas que gentilmente cederam material
para a produção de fotos desta edição: cunduva Philippi, nutricionista que adaptou a pirâmide alimen-
Art Mix (11 3661-1769), Ateliê Rococó (3032-9246),
Beauty Home (3285-4524), Camicado (3266-4146), tar para os hábitos brasileiros e definiu um modelo de porções diá-
Casa Caiada (3062-3488), Home Marché (3168-6477),
Roupa de Mesa (3811-9715), Spicy WMF (0800-168388)
rias ideais, explicado ao final da conversa. Por fim, em Harmonia
e Utilplast (3088-0862). à Mesa, o pessoal da Cozinha Nestlé dá a sugestão de um cardá-
jornalista responsável pio equilibrado e saudável – do café-da-manhã ao jantar, seguin-
Carlos Tranjan (MTb 20.783)
do os preceitos da pirâmide.
impressão
Leograf
tiragem É claro,também reservamos espaço para as comemorações,que tan-
300.000 exemplares
to contribuem para o nosso bem-estar.Na seção Água na Boca,você
Foto da capa: Getty Images
encontrará receitas de bombons variados para não deixar ninguém
NESTLÉ COM VOCÊ é uma publicação de fora da Páscoa. E, em Você e Maggi, verá como preparar uma
trimestral da Nestlé, coordenada pela área
de Serviço ao Consumidor, de distribuição refeição saudável para celebrar com máximo prazer o Dia das Mães.
gratuita, dirigida aos seus consumidores.

Telefone: 0800-770-2411 Que você tenha uma boa leitura. E que o equilíbrio alimentar e
Correspondência:
Serviço Nestlé ao Consumidor o bem-estar sejam uma constante em sua vida!
Caixa Postal 21.144, CEP 04602-970
São Paulo – SP
E-mail: falecom@nestle.com.br Com um carinhoso abraço de toda a equipe do
Portal da Nestlé na Internet:
www.nestle.com.br SERVIÇO NESTLÉ AO CONSUMIDOR
Sumário
4 Vida Saudável
Comer bem é viver bem – os segredos de uma
dieta saudável, com base no equilíbrio alimentar.

9 Entrevista
A nutricionista Sonia Tucunduva Philippi fala sobre
a pirâmide alimentar adaptada para o brasileiro.

12 Equilíbrio Alimentar
O modelo da pirâmide, um guia visual com a
distribuição dos alimentos em níveis e grupos.

13 Harmonia à Mesa
Do café-da-manhã ao jantar, cardápios
equilibrados e comentários nutricionais.

18 Água na Boca
Chocolate para todos os gostos – de bombons
versão diet a gostosuras sem leite.
13
Acervo Instituto Estrada Real

Éric B.

22 Você e Maggi – Dia das Mães


Receitas saudáveis para comemorar em alto
(e equilibrado) astral a data que é só delas.

24 Você e Maggi – Panela de Pressão


Risoto de atum e legumes, lombo com creme de
milho, carne marinada... e num piscar de olhos!

26 Passeio
De Minas ao Rio, os encantos da Estrada Real,
principal rota de transporte no Brasil colônia.

30 Presente
Aprenda a fazer um scrapbook, álbum especial para
guardar todas as lembranças felizes da vida.

32 Da Nestlé pra Você


Os lançamentos do trimestre, com destaque
para a linha de ovos de Páscoa.

34 Espaço do Leitor
Por carta e e-mail, a opinião de quem é a razão
de ser da nossa revista.

26
3
Vida Saudável
Getty Images

EQUILÍBRIO ALIMENTAR

Saúde e
bem-estar
para todos
Desvende os segredos da pirâmide alimentar e faça cardápios
saudáveis e equilibrados, harmonizando os alimentos

domingo à noite na casa da procura colocar um pouco de tu-

É família Souza. Reunidos à


mesa depois do lanche,Luiz
e Gisele, os pais, e Tiago, Patrícia
do: arroz, feijão, carne, salada, e
depois sempre tem uma fruta,
não tem?”
e Marcelo, os filhos, conversam “Isso é equilíbrio? Pra mim, é
sobre as coisas gostosas do fim de aquela menina do circo andan-
semana – o churrasco de sábado do na corda bamba”,diz Patrícia.
na casa dos amigos, a manhã no “Também é equilíbrio. Ela
parque, o almoço de domingo equilibra o corpo pra não cair,eu
com os avós,pais de Gisele.De re- equilibro as refeições aqui em ca-
pente o primogênito Tiago,de 15 sa pra gente ficar saudável, viver
anos, muda de assunto: bem”, completa Gisele.
“Foi muito legal, mas amanhã “Entendi...”, diz Marcelo.
começa tudo de novo, aquela “Nunca tinha pensado nisso”,
semana chata pela frente. Fim de assume Tiago.
semana até que é bom, mas do- “Então vamos combinar uma
O Dicionário Houaiss da mingo à noite...” coisa:esta semana vocês vão pres-
Língua Portuguesa lista
11 sentidos para a palavra
“É mais chato ainda”,comple- tar atenção nas refeições aqui de
equilíbrio. Um deles é o ta Patrícia,de 11 anos.“Lá vou eu casa, e a gente vai conversar so-
de “distribuição, proporção arrumar as coisas pra escola.E pa- bre equilíbrio alimentar.”
harmoniosa; harmonia”; pai já está com cara de trabalho!” “Combinado!”,respondem os Gisele Souza, mãe, 39 anos
outro é o de “moderação Luiz Souza, pai, 40 anos
nas maneiras, gestos,
“Minha gente, todo mundo filhos, em coro.
Tiago, filho mais velho, 15 anos
palavras, sentimentos precisa trabalhar e estudar.Tem “Fechado!”, confirma Luiz, Patrícia, filha do meio, 11 anos
etc.; comedimento, hora pra tudo nessa vida, o im- piscando o olho para Gisele. Marcelo, filho caçula, 8 anos
prudência, meio-termo”. portante é manter o equilíbrio”, Ana, avó (mãe de Gisele), 65 anos
declara Luiz. O exemplo dessa família – que, Jorge, avô (pai de Gisele), 67 anos
“O que é equilíbrio?”,quer sa- não custa lembrar, é fictícia, ou seja,
ber o caçulinha Marcelo, curio- foi criada apenas para compor esta
so nos seus 8 anos. matéria – ilustra algo que todo mun-
“Equilíbrio,filho?Vamos ver... do deveria ter em mente: comer bem
Quando a mamãe faz seu prato, é o primeiro passo para viver bem.

5
Vida Saudável

Criada na década de 1990, a pirâmide nada mais é do


que a representação gráfica do equilíbrio alimentar

Assim como Gisele e Luiz,cada vez fontes de energia, e a gente pre-


mais gente adquire a consciência de cisa dessa energia para movi-
que uma dieta equilibrada é algo es- mentar o corpo,fazer bater o co-
sencial para vivermos melhor. ração, pensar, não precisa?”
De forma balanceada, e adequada “Que mais?”, fala Marcelo.
às necessidades específicas de cada um, “Do leite, queijo, iogurte, a
devemos compor nosso cardápio diá- gente aproveita principalmente o
rio com alimentos nutritivos e sabo- cálcio e as proteínas,que ajudam
O cálcio deve fazer parte da rosos,que ajudam no desenvolvimen- a formar nosso corpo.”
dieta ao longo de toda a vida. to das crianças e dos adolescentes e “Como assim, formar?”, quer
Adolescentes, gestantes,
mulheres em lactação e idosos contribuem para a saúde e o bem-es- saber Patrícia.
precisam consumi-lo em tar na fase adulta. “As proteínas são como os ‘ti-
maiores quantidades. Mas como escolher alimentos sau- jolos’ de uma casa.E o cálcio aju-
dáveis e saber a quantidade em que da a segurar a estrutura da casa”,
devem ser consumidos diariamente? explica Luiz.
Para responder a essas perguntas, os “E essas frutas aí?”, aponta Mar-
especialistas em nutrição criaram um celo.
modelo chamado pirâmide alimentar. “As frutas são ricas em vitami-
Ela nada mais é do que a represen- nas e minerais, que junto com a
tação gráfica do equilíbrio alimentar água regulam o funcionamen-
– o assunto da semana na mesa da to do corpo”, explica Gisele.
família Souza. “Em outras palavras, são as vi-
taminas,os minerais e a água que
Os nutricionistas recomendam
que a gente tome, diariamente, Segunda cedinho, como de controlam e auxiliam o aprovei-
de 6 a 8 copos de líquidos (de costume, Gisele prepara um ge- tamento dos outros nutrientes
preferência, água ou bebidas neroso café-da-manhã – pão, pelo corpo”, completa o pai, le-
não-alcoólicas, a exemplo torradas, leite, queijo, cereais –, vantando da mesa.“E nosso pri-
de sucos de frutas).
enquanto Luiz espreme as la- meiro papo vai ficando por aqui,
ranjas para o suco e ajeita fatias porque eu preciso ir trabalhar e
de mamão em uma travessa.Me- levar o Tiago e a Patrícia para a
DICA DE EQUILÍBRIO sa posta, é hora de chamar a me- escola.”
CRIANÇAS ninada.Até mesmo Marcelo,que
só estuda à tarde,não se incomo- DICA DE EQUILÍBRIO
da de pular da cama, quer ver na ADOLESCENTES
prática como funciona esse negó-
cio de equilíbrio alimentar. Dá
dois bocejos e vai logo dizendo:
“Ué,mas está tudo igual,como
sempre!”
Nos primeiros seis meses,os be-
bês devem ser alimentados
“Também acho”, falam juntos
apenas com o leite materno.Na Patrícia e Tiago.
infância, o principal objetivo “Pois é”,diz Gisele,“tudo equi- Assim como a infância, a ado-
da alimentação é suprir as ne- librado como sempre.” lescência é uma fase vital para
cessidades energéticas e nutri- “Mas como assim?”, pergun- o crescimento e o desenvolvi-
cionais nas diversas etapas do ta Tiago. mento. Os pais devem ficar de
crescimento e desenvolvimen- “Veja só: temos aqui um café- olho nas refeições fora de casa
to.Também se deve aproveitar e praticar juntos a alimen-
da-manhã reforçado, ideal para
essa fase para a formação de tação equilibrada, sempre que
bons hábitos alimentares. começar bem o dia. Pão, biscoi- possível.
tos, torradas e cereais são boas

6
A pirâmide alimentar foi criada nos tomate, cenoura, beterraba e pe-
DICA DE EQUILÍBRIO
Estados Unidos no início da década pino.E,como sobremesa,fatias de
de 1990. Como os hábitos de con- melancia. GESTANTES
sumo de lá são diferentes dos de cá, “Tudo como sempre, tudo
pesquisadores brasileiros, liderados igual!”, provoca Tiago.
pela doutora Sonia Tucunduva Phi- “Sim, igual e equilibrado”, di-
lippi, montaram uma pirâmide ali- verte-se a mãe.“Como vocês po-
mentar adaptada para nossa realida- dem perceber, feijão e arroz a
de (veja a entrevista com a nutri- gente sempre tem na mesa.Ver-
cionista na pág. 9). Essa pirâmide duras e legumes também,só mu-
A dieta da gestante deve incluir
brasileira é dividida em oito grupos da o tipo. E carne também: hoje
maiores quantidades de ener-
de alimentos, distribuídos por quatro é frango, amanhã pode ser peixe, gia, ferro (carnes vermelhas, le-
níveis, ou “andares” (veja o mode- depois de amanhã um bife.” guminosas e vegetais verde-
lo na pág. 12). “Pra mim isso não é equilíbrio, escuros), cálcio (leite) e ácido fó-
Na base,o “térreo”,o grupo dos ali- é repetição”, diz Patrícia. lico (folhas verdes e cereais). Na
mentos que devem ser consumidos em “Então vamos chamar de repe- lactação, a idéia é seguir a dieta
maior proporção – os carboidratos,co- tição equilibrada.A base é a mes- dos últimos meses de gravidez.
mo arroz, pão, massa, batata e man- ma, mas eu procuro variar de um
dioca, que fornecem energia de fácil dia pro outro os tipos de alimen-
assimilação pelo organismo. No se- tos.A gente sempre tem o feijão,
gundo “andar”,dois grupos,o das ver- que é fonte de proteína, mistura-
duras e legumes e o das frutas,alimen- do com o arroz,um cereal.Tem sa-
tos que, pela riqueza em água, vita- lada e legumes variados.E tem car-
minas e minerais, também devem ser ne, que possui nutrientes que a
freqüentes em nosso cardápio. O ter- gente não encontra nos alimentos
ceiro “andar”abriga três grupos:o dos de origem vegetal.E reparem que
feijões (feijão,soja,ervilha),o das car- eu evito as frituras, faço a carne
nes e ovos e o do leite, todos ricos em em geral grelhada ou assada,os le- Muito calóricas, as frituras com
proteínas,aqueles “tijolinhos”de que gumes cozidos no vapor ou refo- imersão em óleos e gorduras
animais devem ser evitadas ao
falava Luiz. No quarto “andar”, o gados com pouco óleo...” máximo. Prefira o azeite e outros
topo, os últimos dois grupos, o dos “E isso ajuda?” óleos vegetais (gorduras
óleos e gorduras e o dos açúcares e do- “Ajuda, porque a gente insaturadas).
ces, fontes de energia que devem ser acaba diminuindo a quan-
consumidas com moderação. tidade de gordura na ali-
mentação do dia-a-dia,
O almoço de quarta é sempre e eu sei que de vez em Na pirâmide alimentar adaptada
assim: Luiz dá uma escapada do quando vocês não para o Brasil (veja mais detalhes
trabalho, Marcelo não tem a pri- resistem a uma ba- sobre os grupos e porções na
pág. 12) o princípio é o
meira aula na escola,Tiago e Pa- tatinha frita, não
mesmo: na base ficam os
trícia já chegaram dos estudos – é mesmo?”, é o alimentos que devemos
e a família toda, Gisele à frente, pai que res- consumir diariamente
se reúne para almoçar e conver- ponde. com mais freqüência
e no topo, os que
sar sobre o que já aconteceu ou
devem entrar
ainda vai acontecer na semana. na dieta com
Mais uma vez,o cardápio não traz moderação.
nenhuma novidade para as crian-
ças:arroz,feijão,legumes cozidos,
filés de frango grelhados e uma
salada muito colorida, de alface,

Na adaptação para o Brasil, os pesquisadores incluíram


na pirâmide alimentos como o feijão e a mandioca
7
Vida Saudável

“Me dá mais um filé de fran- sa todo santo dia.Mamãe e papai


go”, pede Marcelo. fazem comida de todos os tipos
“É mesmo,isso eu quero saber: e falam pra gente comer de tu-
quanto posso comer de cada coi- do, mas sem exagerar.”
sa?”, pergunta Tiago. “Mas eu, que vou ser jogador
de futebol, posso comer um
Não precisa ser nenhum A indicação de porções diárias de pouco mais”, fala Tiago.
Ronaldinho, mas todo mundo cada alimento é outro ponto de des- Na hora de se despedir, dona
deve fazer regularmente alguma taque no trabalho dos pesquisadores Ana e seu Jorge lembram da ma-
atividade física. E, claro, planejar
a alimentação considerando o
que adaptaram a pirâmide alimentar carronada com carne assada e
estilo de vida e as atividades para o Brasil. Como você já viu, te- daquela salada italiana bem tem-
mais comuns. mos grupos de alimentos, mas quan- perada que vão fazer no domin-
to consumir de cada grupo a cada dia? go.A criançada, ainda por perto,
Para chegar à resposta, os pesquisa- faz questão de participar.
dores partiram do princípio de que de- “Vó, já estou com água na bo-
vemos consumir diariamente alimen- ca”, Patrícia dá um abraço.
tos de todos os grupos da pirâmide e “Eu também”, brinca a avó.
de que a soma de tudo o que come- “É,mas a gente acaba exageran-

kcal
mos, de todos os grupos, gera um to- do, não é, mãe?”, provoca Tiago.
tal de calorias. “É, a gente come um pouco
Caloria é a unidade-padrão para É óbvio que essa exigência diária mais no fim de semana, mas não
medir a energia. No caso da
nutrição, é a forma de indicar
de calorias (que para os adultos é de tem problema.”
quanto de energia um 2.500 kcal) deve ser satisfeita com ali- “Ué,então não entendi nada...”
organismo recebe de um mentos de todos os grupos,respeitan- “Veja só: se você mantém o
alimento, ou quanto esse do-se as indicações das porções (veja equilíbrio quase sempre,não tem
organismo gasta para realizar
suas atividades. Normalmente
na pág. 12). (Ou seja, se você comer importância se soltar às vezes,cla-
usa-se a medida kcal. só açúcar e bacon vai chegar facilmen- ro que com moderação. Ou se-
te ao total de calorias, mas terá uma ja, até para se soltar a gente pre-
dieta extremamente pobre, com uma cisa ter bom-senso”, ajuda Luiz.
quantidade desprezível de proteínas “É, acho que a chave está aí:
e vitaminas, por exemplo.) bom-senso”, completa Gisele.
É óbvio, também, que a necessida- “O que é bom-senso?”, per-
de de calorias varia de acordo com a gunta Marcelo, com um sorriso
idade e com o tipo de atividade de ca- maroto.
da pessoa. Um esportista, por exem-
plo,precisa de mais calorias do que al- DICA DE EQUILÍBRIO
guém que faz pouca atividade física. IDOSOS
Na sexta-feira à noite, hora de
saborear os planos para o fim de
semana, a família recebe a visita
dos pais de Gisele,dona Ana e seu
Jorge. O jantar, servido na mesa
da sala, traz sopa de legumes e
uma omelete de queijo branco, A perda gradual de cálcio nos
Sempre que possível,
devemos dar preferência
ossos (que afeta particular-
acompanhados de suco de uva.
a alimentos vegetais como mente as mulheres na meno-
“Filha, está uma delícia, como pausa) pode dar origem à os-
verduras, legumes e frutas.
Além de grãos integrais, pelo sempre!”, exclama dona Ana. teoporose, doença que torna
menos uma vez por semana. “Obrigada, mãe.” os ossos mais sujeitos a fratu-
“Vovô,você sabe o que é equi- ras. Assim como os adultos, os
líbrio alimentar?”, Patrícia olha idosos devem seguir dieta o
seu Jorge. mais variada possível,com pro-
teínas de boa qualidade, além
“Não”, finge o avô.“E você?”
de vitaminas e minerais.
“Sei, é o que tem aqui em ca-

8
Entrevista

Doutora em
equilíbrio
A nutricionista Sonia Tucunduva Philippi explica como adaptou
a pirâmide alimentar para a realidade do brasileiro
Éric B.

ngana-se quem pensa que em

E casa de nutricionista o que se


põe à mesa é a dieta da últi-
ma moda. No caso da doutora So-
nia Tucunduva Philippi,pelo menos,
nem pensar. Não tem nem última
nem primeira moda, tem o chama-
do trivial variado – ou, nas palavras
da própria Sonia,“arroz, feijão ou
uma massa, um legume cozido, sa-
lada,frutas”.E tem também o chur-
rasco e a comida das grandes ocasiões,
para agradar a família e os convida-
dos.“Adoro cozinhar,receber pessoas,
compartilhar.Independentemente da
minha formação, curto muito a me-
sa em família”, diz a nutricionista,
casada com um engenheiro ambien-
tal e mãe de dois filhos,um engenhei-
ro civil e uma advogada.
Professora associada de Nutrição da
Faculdade de Saúde Pública da Uni-
versidade de São Paulo (USP), So-
nia foi uma das responsáveis pela
adaptação da pirâmide alimentar
para o Brasil.“Temos sorte de con-
tar com o feijão e o arroz como base
da alimentação.É uma mistura mui-
to boa de proteínas vegetais.”Auto-
ra dos livros Nutrição e Técnica
Dietética (2002) e Transtornos
Alimentares (2003), ela diz que o
Brasil tem plenas condições de cum-
prir as recomendações de boa ali-
mentação recentemente lançadas pe-
la Organização das Nações Unidas,
graças à fartura de frutas, legumes e
verduras em todas as épocas.

9
Entrevista

Mas Sonia também faz questão de mos o grupo dos feijões (legumi-
ressaltar que, mesmo com essa rique- nosas). Nosso discurso se baseia
za, o brasileiro anda comendo mal e no resgate dessa mistura arroz-
que vivemos, sim, a “epidemia da feijão,que são duas proteínas ve-
obesidade” que atinge boa parte dos getais muito boas e gostosas.
países desenvolvidos.“Aqui,as pessoas
passaram de um estado de carência nu- Como foi feita a pesquisa?
Um relatório divulgado pelo tricional para um outro de obesidade. Eu comecei a fazer o trabalho
Instituto Brasileiro de Geografia Uma das razões é a má alimentação. aqui na faculdade,com alunos de
e Estatística (IBGE), em dezembro Outra é a falta de atividade física.Da pós-graduação e iniciação cien-
do ano passado, mostrou
conjunção desses dois fatores nasce es- tífica.Primeiro desenvolvemos só
que pouco mais de 40% da
população adulta do Brasil está se perfil nutricional ruim.” para os adultos, depois fizemos
acima do peso recomendado Nesta entrevista, Sonia conta co- para crianças e adolescentes. A
para a faixa de idade. No geral, mo concebeu a pirâmide brasileira, metodologia é sempre a mesma,
1 em cada 10 adultos (mais
fala sobre o novo conceito de porções os grupos de alimentos os mes-
de 10 milhões de pessoas) é
considerado obeso no país. e afirma que, para mudar os hábitos mos, o que muda são as porções.
alimentares,não tem milagre – a gen- Depois, participamos com o
te precisa mesmo é de disciplina e de Ministério da Saúde da formu-
equilíbrio. lação dos rótulos dos alimentos,
ajudamos a colocar as informa-
Como é o seu trabalho? ções nutricionais de forma que a
Eu trabalho com consumo ali- população pudesse entender.
mentar,no resgate dos hábitos ali-
mentares saudáveis,em pesquisa e Como você estabelece
em sala de aula. Na década de as porções?
1990,os Estados Unidos lançaram Tecnicamente, eu quantifico a
uma pirâmide alimentar que foi porção usual em gramas e depois
muito usada pelo Ministério da coloco a mesma informação me
Agricultura americano. Então, baseando no utensílio doméstico,
resolvi que faria algo semelhante uma colher, por exemplo. Para
aqui, já que trabalhávamos com facilitar, usamos o nome do ali-
uma coisa chamada roda de ali- mento, e não o do nutriente. Por
mentos, difícil de entender. A exemplo, em vez de carboidrato,
Sonia e a pirâmide: um novo conceito para as porções.
adaptação foi por causa da diferen- usamos a palavra arroz. Assim
ça entre os hábitos alimentares chegamos mais perto das pessoas.
A Organização Mundial da Saúde
brasileiros e americanos,e envol-
(OMS), vinculada à Organização veu um conceito novo,de porção Nos restaurantes por
das Nações Unidas (ONU), lançou de alimentos. A palavra porção se quilo, há imensa variedade
em 2002 a chamada “Estratégia propagou de tal forma que até de alimentos. Isso não
Global de Alimentação Saudável,
Atividade Física e Saúde”.
nossos rótulos de alimentos pas- atrapalha?
saram a usá-la.E isso foi muito em Nos restaurantes por quilo, as
função do nosso trabalho. pessoas conseguem ter uma va-
riedade maior do que a que têm
Quais são as principais em casa. Então, é possível se ali-
diferenças nessa adaptação? mentar melhor,desde que não se
Nos Estados Unidos, o feijão es- sirvam de coisas muito gorduro-
tá num ponto mais alto da pirâ- sas. Em 2002 a ONU começou
mide, e junto com o grupo das um movimento internacional
carnes.Então,o separamos e cria- para a diminuição do consumo
de alimentos que são os poten-
ciais causadores da “epidemia da
“Precisamos resgatar essa mistura arroz-feijão. obesidade”no mundo.Os grupos
dos açúcares e das gorduras estão
São proteínas vegetais muito boas e gostosas.” entre os principais.

10
O que mudou no hábito
alimentar brasileiro que
“As pessoas dizem que não têm tempo para
gerou essa “epidemia da almoçar. A questão é: você quer ou não mudar?”
obesidade”?
A inserção da mulher no merca- deve mastigar entre 20 e 30 vezes O que você vê no rosto das
do de trabalho mudou a dinâmi- cada porção,e aí engolir. A men- pessoas que passam por
ca familiar. Hoje quem cozinha sagem do seu cérebro para dizer uma reeducação alimentar e
nem sempre é a mãe. Então, re- “chega,é suficiente”demora en- conseguem o seu objetivo?
corre-se às coisas prontas, à piz- tre 20 e 30 minutos.Já imaginou Eu não uso o termo reeducação,
za, ao lanche, à fast food.Aque- quem tem uma mastigação rápi- porque não tenho como pressu-
le ritual de preparar a refeição, da e come ininterruptamente? posto que a pessoa já teve uma
sentar-se à mesa para tomar café- Em cinco minutos a pessoa ter- educação. Então, é educação,
da-manhã,almoçar e jantar,quase minou, e continua comendo, orientação,intervenção.Primei-
não existe mais. Para mim, hou- porque não tem a resposta da sa- ro, se a pessoa tem como meta
ve uma mudança comportamen- ciedade antes. diminuir o peso, porque não se
tal,mesmo.Desde a aquisição do sente bem perante a sociedade
alimento,do tipo do alimento,do Mas e se a gente tiver pouco (hoje o ideal de beleza feminina
preparo, da forma de servir, da tempo para almoçar? é a mulher alta, magra, bonita e
mudança dos horários, da facili- Tem que mudar.As pessoas sem- loira; e o homem tem de ter o
dade. Antes era preciso caminhar pre colocam algum obstáculo,di- corpo sarado), a gente sempre
para ir ao supermercado, hoje zendo não ter tempo.A questão tenta mostrar que cada pessoa
você chama tudo em casa.Você é:você quer mudar? Tem que ter tem o seu corpo.Eu acho que,se
não anda nem cem passos na rua força de vontade, disciplina. você melhora a auto-estima, o
e tem uma oferta, em geral de resultado aparece. Mas tem que
péssima qualidade. Acaba co- E o intervalo entre as ter disciplina, não tem milagre e
mendo salgadinho, refrigerante, refeições? não tem dieta milagrosa.
e isso tudo contribui para esse Se você fica muito tempo sem
quadro de obesidade. comer, o organismo fica prepa-
rado. Quando o alimento entra,
E os exageros alimentares? é que nem uma esponja, você
A gente pode soltar de vez absorve tudo. Daí a importância
em quando as amarras? de fracionar a alimentação.
Pode e deve. É proibido proibir.
Tudo pode,mas numa quantida- Adianta seguir a pirâmide
de menor. Em festas, por exem- alimentar sem fazer
plo, sempre damos uma dica: atividades físicas? PARA SABER MAIS
coma em casa antes, para comer Adiantar, adianta, mas seria bem Além dos dois livros da própria Sonia Tucun-
menos durante o evento. Mas melhor se a pessoa fizesse junto duva Philippi, ambos editados pela editora pau-
acho que em alguns momentos exercícios físicos. listana Manole, há alguns outros que podem
você tem de se permitir. ajudar quem deseja obter mais informações
A atividade física não sobre alimentação equilibrada.
• Larousse da Dieta e da Nutrição, de Gemma
Muita gente decide mudar aumenta a fome?
Salvador Castell. Editora Larousse do Brasil (São
de dieta drasticamente. Há Não, pelo contrário. Depois de Paulo, 2004).
algum problema nisso? uma atividade física programada • Um, Dois, Feijão com Arroz – A Alimentação no
Há um prejuízo para a saúde. O o seu organismo continua quei- Brasil de Norte a Sul, de Mauro Fisberg, Jamal
corpo da gente é como se fosse mando calorias por um bom Wehba e Sílvia M.F. Cozzolino. Editora Atheneu
um computador, vai armaze- tempo e você não sente fome.Se (São Paulo, 2002).
nando informações, e para você você fica sem comer por esse • Alimentos em Questão: Uma Abordagem Téc-
nica para as Dúvidas Mais Comuns, de Elizabeth
fazer essa mudança e obter resul- período, digamos uma hora de-
Ap. Ferraz da Silva Torres e Flávia Mori Sarti Ma-
tados precisa trabalhá-lo com pois, consegue diminuir o seu chado. Editora Ponto Crítico (São Paulo, 2001).
cuidado,devagar.Veja um exem- peso. Aí, sim, pode comer e re- • Alimentação: Perguntas e Respostas Inquie-
plo de como o organismo demo- por o que perdeu. Hoje não dá tantes, de Ana Maria Cervato Mancuso e outros
ra para processar mudanças brus- para falar de nutrição,apenas,sem autores. Signus Editora (São Paulo, 2003).
cas: quando você se alimenta, considerar a atividade física.

11
Equilíbrio Alimentar

A pirâmide no dia-a-dia
Conheça os grupos de alimentos e as porções diárias indicadas para cada um deles

á três princípios para o equilíbrio alimentar. O pri- mero maior de porções. O terceiro princípio, o da mode-

H meiro é o da variedade, ou seja, devemos consumir


uma ampla gama de alimentos de todos os grupos
da pirâmide. Cada grupo contém diversos alimentos com
ração, diz que devemos ingerir alimentos na quantidade re-
comendada das porções e moderar o consumo de gordu-
ras, óleos e doces, que estão no topo.
características nutricionais semelhantes,fornecendo parte dos Aqui, você tem um guia visual da pirâmide. Em cada gru-
nutrientes de que a gente precisa. po, damos o número de porções diárias recomendadas, o va-
O segundo princípio é o da proporcionalidade: manter lor calórico e exemplos de porções de alimentos. Mas lem-
uma proporção adequada na alimentação diária, conside- bre-se: para compor uma alimentação balanceada – de acor-
rando que os dois primeiros “andares”, na base da pirâmide, do com sexo, idade, peso, altura, atividade física e estado
contêm os alimentos que devem ser consumidos em nú- fisiológico –, peça orientação a um profissional.

ÓLEOS E GORDURAS AÇÚCARES E DOCES


1 a 2 porções diárias 1 a 2 porções diárias
Cada porção: 73 kcal Cada porção: 110 kcal
• 1 colher de sopa (8 g) de azeite de oliva ou • 1 colher de sopa (28 g) de açúcar refinado
óleo • meia colher de sopa (12 g) de maionese • 2 colheres e meia de sopa (37 g) de mel
• meia fatia (7,5 g) de bacon • 4 quadradinhos (24 g) de chocolate

LEITES, QUEIJOS, IOGURTES


3 porções diárias
Cada porção: 120 kcal LEGUMINOSAS (FEIJÕES)
• 1 copo de requeijão (250 ml) de leite 1 porção diária
• 1 colher e meia de sopa (45 g) de Cada porção: 55 kcal
requeijão • 1 fatia (50 g) de queijo • 1 concha (86 g) de
minas frescal feijão cozido
(50% de caldo)
CARNES E OVOS • 1 colher de servir
1 a 2 porções diárias (43 g) de soja
Cada porção: 190 kcal cozida
• 1 unidade (100 g) de filé • 2 colheres de
de frango grelhado sopa (48 g)
• 1 unidade pequena de lentilha
(54 g) de bife grelhado cozida
• 1 unidade (100 g)
de pescada frita
Pirâmide Alimentar Adaptada
Fonte: Philippi ST, Ribeiro LC,

VERDURAS E LEGUMES CEREAIS, RAÍZES E TUBÉRCULOS FRUTAS


Latterza AR, Cruz ATR.

4 a 5 porções diárias 5 a 9 porções diárias 3 a 5 porções diárias


Cada porção: 15 kcal Cada porção: 150 kcal Cada porção: 35 kcal
• 15 folhas (120 g) de alface • 1 unidade (50 g) de pão francês • meio copo americano (80 ml)
• 4 fatias (80 g) de tomate • 4 colheres de sopa (124 g) de suco de laranja puro • meia
• 1 colher e meia de sopa (53 g) de arroz branco cozido • 2 colheres unidade (43 g) de banana nanica
de abóbora cozida de servir (135 g) de purê de batatas • 1 fatia (115 g) de melancia

12
Harmonia
à mesa
Do café-da-manhã ao jantar, cardápios
em que o equilíbrio alimentar
é o ingrediente principal

13
Harmonia à Mesa

Café-da-manhã • NESCAFÉ com leite • Mamão papaia picado


• Panquecas delícia da manhã

Panquecas delícia da manhã


Esta panqueca substitui Rendimento: 8 porções
de maneira deliciosa o
pãozinho do café-da-manhã, INGREDIENTES MODO DE PREPARAR
contribuindo ainda com • 1 xícara (chá) de Nesfit Nestlé
a quantidade de fibras Triture o Nesfit no liqüidificador forman-
• meia xícara (chá) do uma farinha. Misture com a farinha de
da alimentação diária.
de farinha de trigo trigo e o fermento e reserve. Bata no liqüidi-
• 1 colher (sopa) de ficador os ovos com o Iogurte, a manteiga,
fermento em pó o açúcar e o sal até ficar homogêneo. Des-
• 2 ovos peje sobre a mistura seca reservada e mis-
• 1 pote de Iogurte ture bem.
Os iogurtes são uma Natural Nestlé Aqueça uma frigideira antiaderente un-
forma prática e saborosa • 3 colheres (sopa) de manteiga tada com um pouco de manteiga e coloque
de colocar mais cálcio na • 1 colher (sopa) de açúcar uma porção de massa no centro (cerca de
alimentação diária. Podem • 1 pitada de sal meia concha). Deixe fritar até dourar dos
ser consumidos a qualquer hora • manteiga para untar dois lados. Repita o processo até acabar a
e são ótimos no preparo de bolos,
pães e receitas salgadas. Confira
massa, untando levemente a frigideira a ca-
mais receitas com iogurte no portal da porção. Sirva com Especialidade Láctea
da Cozinha Nestlé na Internet com Requeijão Nestlé, mel ou com calda de
(www.nestle.com.br/cozinha). laranja.

14
Almoço
• Salada de escarola, beterraba ralada e pepino • Arroz • Feijão
• Filés de frango ao forno • Suco de acerola • Mini Flan Moça

Filés de frango ao forno


Rendimento: 6 porções

INGREDIENTES
• 2 colheres (sopa)
de azeite
Como todo óleo • 6 filés de frango
vegetal, o azeite (cerca de 900 g)
não contém • 2 sticks de Caldo Maggi
colesterol, que Bem Estar Galinha
só está presente • 2 colheres (sopa) de molho de
nas gorduras de soja (shoyu)
origem animal.
• 1 colher (chá) de orégano
As gorduras
• 1 pimentão verde grande
devem ser
consumidas com cortado em tiras finas
moderação, mas • 1 cebola grande cortada em
nunca excluídas rodelas
da dieta. • 2 tomates sem pele, cortados
Têm papel em rodelas
fundamental
no organismo, MODO DE PREPARAR
como por Unte uma assadeira com metade
exemplo o do azeite e reserve. Tempere os
de fornecer
filés com o Caldo Maggi, o shoyu
as vitaminas
e o orégano e acrescente meia xí-
lipossolúveis A, D,
E e K, necessárias cara (chá) de água. Espalhe os filés
ao metabolismo. na assadeira, reservando o tem-
pero. Sobre cada filé coloque uma
camada de pimentão, uma de ce-
bola e uma de tomate. Despeje
cuidadosamente o tempero reser-
vado sobre os filés e regue com o
restante do azeite. Cubra com pa-
pel de alumínio e leve ao forno mé-
dio-alto (200 °C) por cerca de 15 mi-
nutos. Retire o papel de alumínio
e deixe assar até dourar e secar o
Além de terem excesso de líquido. Sirva a seguir.
menos gordura
do que os DICA
alimentos fritos, Para dar um toque especial, subs-
os assados podem titua a água pela mesma quan-
ficar mais tidade de vinho branco seco ou
saborosos graças
Néctar de Laranja Nestlé.
à combinação
de ingredientes
especiais como
ervas frescas
e secas.

15
Harmonia à Mesa

Lanche da tarde
• Torta levíssima • Chá gelado batido com abacaxi

Torta levíssima
Rendimento: 8 porções Devemos evitar
os longos períodos
de jejum entre
INGREDIENTES as refeições. Uma
Massa fruta ou suco no
• 1 pacote de Biscoito Aveia e intervalo da manhã
Mel Nestlé (200 g), triturado e um lanche à tarde
favorecem o bom
• 1 pitada de canela em pó
rendimento no
• 4 colheres (sopa) de manteiga trabalho e nos
estudos.
Recheio
• 1 maçã grande com casca,
picada em pedaços pequenos Frutas como maçã,
• 1 envelope de gelatina em pó pêra, pêssego ou
sem sabor (12 g) goiaba podem
• 1 xícara (chá) de suco de ser consumidas
abacaxi concentrado com casca. Assim,
• 2 potes de Iogurte você preserva
os nutrientes
Natural Molico
e aumenta
• manteiga para untar
a quantidade de
fibras consumidas
MODO DE PREPARAR diariamente.
Massa
Em um recipiente misture o Bis-

Roupa de Mesa • Objetos: Beauty Home e Utilplast), Pág. 16 (Toalha e guardanapo: Roupa de Mesa • Objetos: Camicado) e Pág 17
(Jogo americano e prato: Casa Caiada • Guardanapo: Roupa de Mesa • Saladeira: Home Marché • Demais objetos: Camicado)
Pág. 14 (Toalha e guardanapo: Roupa de Mesa • Objetos: Camicado e Home Marché), Pág. 15 (Jogo americano e guardanapo:
coito, a canela e a manteiga até
formar uma massa úmida e ho-
mogênea. Forre com essa massa o
fundo e as laterais de uma fôrma
de aro removível (22 cm de diâ-
metro) untada e reserve.

Recheio
Afervente a maçã em água para
que amoleça levemente,sem des-
manchar. Escorra e espalhe sobre
a massa. Reserve.
Junte à gelatina cinco colheres
(sopa) de água e leve ao fogo, em
banho-maria, até dissolver. Co-
loque-a no liqüidificador, junte o
suco de abacaxi e bata bem.Trans-
fira para um recipiente, acres-
cente os Iogurtes e misture até
ficar homogêneo. Despeje sobre a
massa reservada e leve à geladeira
até endurecer (cerca de 3 horas).
Sirva gelada.

16
Jantar
• Arroz • Lentilha cozida • Supermix de vegetais • Bife grelhado • Salada de frutas

Supermix de vegetais Conhecendo a


tabela das safras
Sirva as Rendimento: 6 porções das hortaliças, é
hortaliças possível adquiri-
não apenas las mais frescas,
INGREDIENTES MODO DE PREPARAR
em saladas. saborosas e a
Apresente-as de
• 1 colher (sopa) de óleo Em uma panela aqueça o óleo e doure o alho. Jun-
• 1 dente de alho amassado te a cenoura e a berinjela e refogue. Acrescente a preços mais
maneira colorida baixos. Confira
e saborosa, sem • 1 cenoura média abobrinha e as ervilhas e junte o Tomagic dissol-
no endereço
escondê-las ou cortada em rodelas vido em meia xícara (chá) de água. Cozinhe até que www.nestle.
disfarçá-las, • 1 berinjela média os vegetais estejam levemente macios. Junte a acel- com.br/cozinha a
principalmente cortada em cubos ga e tampe a panela rapidamente para que amo- “tabela de safras”
para crianças • 1 abobrinha média leça. Acrescente a cebolinha e sirva a seguir. de frutas e
e adolescentes. cortada em cubos hortaliças – e faça
• meia xícara (chá) DICA boas escolhas
de ervilhas frescas Você pode utilizar as hortaliças que mais gostar, para sua família!
• 1 tablete de Tomagic prestando atenção na variedade para que a recei-
• 3 folhas de acelga fatiadas ta fique nutritiva, além de colorida e saborosa.
• 2 colheres (sopa) de cebolinha
verde picada

17
Água na Boca

18
Páscoa
para todos
Você pode curtir muito mais (e sem culpa) a Páscoa e outras datas
festivas se tiver como hábito uma alimentação equilibrada

áscoa é aquela festa: a brin-


Bombom diet com
P cadeira das crianças, a reu-
nião de toda a família e,
claro, os pequenos e inevitáveis
mousse gianduia Rendimento: cerca de 30 unidades
sem
açúcar
• 1 barra de Cobertura de bombons de sua preferência
excessos que cometemos sabo-
de Chocolate ao Leite e preencha-a com o Chocolate.
reando as delícias de chocolate Nestlé Diet (500 g) Vire a fôrma com as cavidades
típicas da ocasião. • 1 caixinha de Creme para baixo e retire o excesso de
Mas quando o equilíbrio ali- de Leite Nestlé Chocolate, deixando apenas o
mentar guia os nossos hábitos de • 1 colher (chá) de gelatina revestimento das cavidades.
nutrição, podemos tirar de letra em pó sem sabor (3 g) Mantenha a fôrma virada e leve-
esses pequenos excessos das fes- • meia xícara (chá) de avelã a à geladeira para secar. Quan-
tas – e saborear tudo sem culpa, torrada e triturada do estiver seco, recheie com a
Cesta: Camicado • Cortinas: Ateliê Rococó e Espaço Zen • Pratos: Casa Caiada e Home Marché

mousse e feche os bombons, co-


desde que com moderação.É co- MODO DE PREPARAR brindo-os com o Chocolate der-
mo se diz: o problema não é o Corte o Chocolate em tabletes. retido restante. Nivele com uma
que se come entre o Natal e o Reserve três tabletes para a mous- espátula e leve à geladeira para
Ano-Novo, e sim o que se come se (150 g) e os restantes para os secar completamente. Desen-
entre o Ano-Novo e o Natal! bombons (350 g). forme os bombons quando esti-
Nesta Páscoa pensamos em re- verem secos, embrulhe-os em
ceitas que contemplem também PARA A MOUSSE: derreta o Chocola- papel-chumbo e conserve-os em
te em banho-maria, junte o Cre- geladeira.
as pessoas que têm restrições pa-
me de Leite e misture bem. Dis-
ra o consumo de açúcar e leite. solva a gelatina em cinco colhe-
Afinal, ninguém quer ficar de res (sopa) de água e leve ao fogo, DICAS
fora da festa, não é? em banho-maria, até derreter. 1. A fôrma dos bombons não deve ser muito rasa,
Não deixe de conferir, ainda, Junte ao creme de Chocolate e para permitir que fique uma boa quantidade de
as sugestões de coberturas e bata tudo no liqüidificador por recheio. 2. Para facilitar no momento de fechar
recheios. Para não falar, é claro, cerca de 5 minutos, ou até que es- os bombons, não os recheie demais. 3. Para sa-
teja bem aerado. ber se os bombons estão secos, verifique se o fun-
dos ovos de Páscoa Nestlé, em
do da fôrma está opaco. 4. Por serem recheados
versões light, diet e tradicional. PARA OS BOMBONS: derreta o restan- com mousse, estes bombons têm durabilidade
Então, é isso: uma saudável e te do Chocolate conforme as ins- de 1 dia e devem ser conservados em geladeira,
feliz Páscoa para você – e para truções da embalagem, fazendo bem embalados.
todos! a temperagem. Escolha a fôrma

19
Água na Boca

Cenourinhas uma calda encorpada. Acrescen-


te o Chocolate, misture e cozinhe
DICAS
sem do coelho em fogo baixo, mexendo sempre,
1. Mantenha o fondant em ba-
leite Rendimento: 35 unidades
até formar uma massa e despren-
nho-maria enquanto banha as
cenourinhas, para que não fi-
der do fundo da panela (cerca de
que muito espesso. 2. Esta mas-
15 minutos).
sa serve para modelar ovinhos
INGREDIENTES Despeje em um prato untado
de Páscoa ou outros docinhos.
DOCINHO com óleo e espere esfriar. Com as
3. Deixe as cenourinhas mais di-
• 4 cenouras pequenas raladas mãos untadas pegue pequenas
vertidas: recorte papel lami-
no ralo fino porções da massa e modele em
nado verde em filetes e grude
• 1 xícara (chá) de açúcar formato de cenourinhas (cones).
na extremidade maior quando
• 1 xícara (chá) de Chocolate Reserve.
estiverem quase secas.
em Pó Solúvel Nestlé
• óleo para untar COBERTURA
Prepare o fondant de acordo com COBERTURA DE CHOCOLATE
COBERTURA as orientações da embalagem, Para usar em bolos, biscoitos,
• meio quilo de fondant deixando-o bem fluido.Tinja com docinhos... Além de gostosa,
pronto o corante no tom desejado, mis- depois de seca forma uma
• corante comestível líquido turando bem para que fique uni- casquinha!
laranja forme. Com auxílio de um garfo, Em um recipiente peneire 1 xí-
banhe as cenourinhas uma a cara (chá) de açúcar de confei-
MODO DE PREPARAR uma, cobrindo-as com o fondant. teiro e 4 colheres (sopa) de Cho-
D OCINHO Escorra bem o excesso e coloque colate em Pó Solúvel Nestlé.
Em uma panela misture a cenou- para secar sobre papel de alumí- Acrescente 1 colher (chá) de
ra, o açúcar, uma xícara (chá) de nio untado. Espere secar e embru- gordura vegetal hidrogenada e
água e leve ao fogo médio deixan- lhe como gostar ou coloque em junte aos poucos 3 colheres (so-
do cozinhar até começar a formar forminhas para docinhos. pa) de água quente, mexendo
bem, formando uma cobertu-
ra homogênea e brilhante.

20
Bombom
feliz Páscoa
Rendimento: cerca de 60 unidades

INGREDIENTES
BOMBONS
• 2 tabletes de Cobertura de
Chocolate com Leite Nestlé
(500 g cada)

DECORAÇÃO
• 1 tablete grande
de Chocolate Galak
• corantes coloridos para
chocolate (em pasta ou gel)

MODO DE PREPARAR
B OMBONS
Derreta o Chocolate conforme as
instruções da embalagem.Escolha
fôrmas de bombom médias de
sua preferência e preencha-as
com o Chocolate. Vire as fôrmas
com as cavidades para baixo e re-
tire o excesso de Chocolate,deixan-
do apenas o revestimento das
cavidades. Mantenha-as viradas e
leve à geladeira para secar.
Quando o Chocolate estiver seco, co perlé fino ou palitos. Espere
RECHEIO
coloque uma porção de recheio secar e embale cada um com fil-
Se quiser, faça este delicioso re-
e feche os bombons, cobrindo-os me plástico ou papel celofane
cheio. Ferva 100 g de damascos
com o Chocolate restante. Nivele transparente.
secos até amolecerem, escorra a
com uma espátula e leve à ge- água e passe pelo processador
ladeira para secar completa- ou liqüidificador, formando uma
DICA
mente. Retire da geladeira, de- pasta. Em um recipiente, mis-
Você também pode preparar os
senforme e decore. ture 1 lata de Doce de Leite Moça
bombons com a Cobertura de
Chocolate Branco (lançamento para Corte com 4 colheres (sopa)
D ECORAÇÃO de castanhas de caju picadas. Na
da Nestlé, em edição limitada).
Derreta o Galak em banho-maria hora de rechear os bombons, co-
Derreta o chocolate conforme as
e faça a temperagem. Separe loque uma camada da pasta de
instruções da embalagem e
porções e utilize os corantes para damasco e uma da pasta de Do-
prossiga seguindo a receita,
obter os tons desejados. Decore ce de Leite. Feche conforme as
decorando-os com o Chocolate Confira na
a superfície dos bombons uti- instruções da receita.
Galak tingido. página 32 os
lizando saco de confeitar com bi-
lançamentos
da Nestlé para
a sua Páscoa.
Temperagem?
Tem na internet
e na embalagem.
Temperar o chocolate é o primeiro passo para fazer parar, confira o passo-a-passo no verso das emba-
bombons.É fazer com que o chocolate derreta e atin- lagens das Coberturas de Chocolate Nestlé. Ou en-
ja todas as temperaturas necessárias à cristalização tão acesse www.nestle.com.br/cozinha:além de to-
da manteiga de cacau. Isso vai garantir o brilho e a dos os detalhes para a temperagem, você vai en-
textura característicos de uma boa receita. contrar uma série de dicas e outras receitas para
Para acertar em cheio as delícias que você irá pre- tornar a sua Páscoa ainda mais deliciosa.

21
Um cardápio pra
mamãe
Receitas para comemorar o Dia das Mães com um cardápio
saudável. E com carinho – muito carinho.

ia das Mães é o momento de ce- mo tempo prática e saborosa. Por isso, su-

D lebrar todo o carinho que elas nos


proporcionam ao longo do ano.
Para que a festa seja perfeita, nada me-
gerimos receitas de salada, massa e peixe
que juntam toda a praticidade da linha de
produtos Maggi a um paladar inigualável.
lhor que uma refeição saudável e ao mes- Inigualável como amor de mãe.

22
Salada dia Sofiolli de abóbora com
de festa molho natural Rendimento: 6 porções
Rendimento: 6 porções
INGREDIENTES MODO DE PREPARAR
INGREDIENTES MOLHO MOLHO
MOLHO • 1 colher (sopa) de azeite Em uma panela aqueça o azeite
• 4 colheres (sopa) • 1 cebola pequena ralada e refogue a cebola e o alho-poró.
de suco de maracujá • 1 alho-poró pequeno Junte os tomates, o Caldo Maggi,
concentrado fatiado (só a parte branca) a polpa e meia xícara (chá) de
• 2 colheres (sopa) • 5 tomates médios, sem pele água e refogue por cerca de 5 mi-
de azeite e sem sementes, cortados nutos. Com metade desse molho
• 2 colheres (sopa) em cubos forre um recipiente refratário
de vinagre balsâmico • 1 tablete de Caldo médio e reserve o restante.
• 1 colher (sopa) de Legumes e
de Fondor Maggi Verduras Maggi MASSA
• meia xícara (chá) de Cozinhe a abóbora em água fer-
SALADA polpa de tomate vente até ficar macia. Escorra a
• 1 copo de Especialidade água e passe pelo espremedor de
Láctea com Requeijão Nestlé MASSA batatas, formando um purê. Jun-
• 2 colheres (sopa) • meio quilo de abóbora te o queijo, o Caldo Maggi dissol-
de salsa picada japonesa descascada vido em uma colher (sopa) de
• 2 colheres (sopa) • 4 colheres (sopa) de água quente e misture bem.
de gergelim torrado queijo parmesão ralado Coloque um pouco do recheio de
• 1 colher (sopa) • 1 tablete de Caldo abóbora no centro de cada massa
de queijo parmesão de Legumes e para lasanha.Dobre as pontas,co-
ralado Verduras Maggi brindo o recheio e formando paco-
• meia colher (chá) • meio quilo de massa tes.Acomode-os no refratário com
de Fondor Maggi fresca para lasanha, molho, com a dobra para baixo.
• 4 colheres (sopa) levemente aferventada Cubra com o molho restante, pol-
de Aveia Neston (ou a mesma quantidade vilhe com queijo ralado se desejar
em Flocos Finos de massa seca, cozida e leve ao forno médio (180 °C) por
• 1 pé de alface em água e sal) cerca de 15 minutos.Sirva a seguir.
lisa pequeno
Toalha, sousplat e travessa: Home Marché • Pratos: Camicado • Talheres: Art Mix • Guardanapos: Roupa de Mesa

• meio maço de rúcula


• 4 figos maduros
sem casca, cortados
Peixe em crosta aromática Rendimento:
6 porções

em quatro
INGREDIENTES MODO DE PREPARAR
• 6 filés de peixe de carne firme Tempere os filés com o suco de
MODO DE PREPARAR
(cerca de 900 g de badejo, limão e um stick de Meu Segre-
MOLHO
garoupa ou namorado) do e deixe tomar gosto por cerca
Misture o suco com duas colheres
• suco de 1 limão de 30 minutos.
(sopa) de água. Junte os demais
• 2 sticks de Meu Segredo Maggi Em um recipiente misture as er-
ingredientes e misture bem.
• 1 colher (sopa) de alecrim vas, metade do azeite, o outro
• 2 colheres (sopa) de stick de Meu Segredo, as amên-
SALADA
manjericão fresco picado doas e a farinha. Passe um dos la-
Misture a Especialidade Láctea,
• 2 colheres (sopa) de dos de cada filé de peixe por es-
a salsa, o gergelim, o queijo, o
hortelã fresca picada sa mistura, pressionando bem
Fondor e a Aveia formando uma
• 2 colheres (sopa) para formar a crosta. Unte uma
pasta. Cubra e deixe descansar
de orégano fresco picado assadeira com o azeite restante,
em geladeira por cerca de 30
• 3 colheres (sopa) de azeite despeje o vinho e disponha os
minutos (ou até que fique con-
• 4 colheres (sopa) de filés, com a crosta de ervas volta-
sistente para enrolar). Unte as
amêndoas trituradas da para cima. Cubra com papel de
mãos levemente com azeite e
• 4 colheres (sopa) de farinha alumínio e leve ao forno médio
enrole bolinhas. Coloque em um
de rosca (grossa) (180 °C) por cerca de 20 minutos.
prato, cubra e reserve em gela-
• meia xícara (chá) de vinho Retire o papel de alumínio e deixe
deira.
branco seco dourar. Sirva a seguir.
Arrume a alface e a rúcula em um
prato grande, distribua o figo e as O portal da Cozinha Nestlé (www.nestle.com.br/cozinha)
bolinhas de queijo, regue com o
tem mais receitas para o Dia das Mães e outras festas.
molho e sirva.

23
Receitas na
pressão
Ingredientes comuns e uma boa
panela de pressão resolvem o
problema num instante

orre-corre, trabalho, compromissos, ufa!

C Esse é o dia-a-dia de muita gente que,


ao chegar em casa, quer mais é sossego
e uma boa refeição – pouco tempo na cozinha,
muito sabor e equilíbrio à mesa.
Então, pensamos nas duas coisas: de um lado,
receitas gostosas e práticas,como sempre acon-
tece com os produtos da linha Maggi; de ou-
tro, uma preparação facilitada pela panela de
pressão, uma aliada e tanto na cozinha.
A panela de pressão facilita as coisas porque
cozinha mais rapidamente os alimentos devi-
do ao efeito da combinação entre a temperatura
alta e a pressão interna.
Então, aproveite. Boa refeição, bom sossego!

CARNE

LOMBO
Risoto expresso Rendimento: 6 porções Lombo ao
INGREDIENTES MODO DE PREPARAR
creme de milho
• 1 xícara e meia (chá) de arroz Coloque o arroz em uma panela de Rendimento: 5 porções
lavado e escorrido pressão.Acrescente o atum,a sele-
• 1 lata de atum ta de legumes, o palmito, o Toma- INGREDIENTES
• 1 lata de seleta de legumes, gic e quatro xícaras (chá) de água • meio quilo de lombo de
escorrida quente,mexendo bem para dissol- porco cortado em cubos
• 1 xícara (chá) de palmito ver. Tampe a panela, leve ao fogo • suco de 1 limão
picado médio e cozinhe por cerca de 4 • 1 colher (sopa) de Gril Maggi
• 2 tabletes de Tomagic minutos após pegar pressão.Apa- • 1 colher (chá) de orégano
• 2 colheres (sopa) gue o fogo, aguarde sair toda a • 2 colheres (sopa) de manteiga
de queijo parmesão ralado pressão e coloque o risoto em uma • 1 cebola média picada
• 2 colheres (sopa) travessa. Polvilhe com o queijo e a • 1 xícara (chá) de leite
de salsa picada salsa e sirva imediatamente. • 1 lata de milho verde em
conserva, escorrido

Carne marinada aperitivo • 1 pacote de Molho Branco


Variando o Cardápio Maggi
Rendimento: 10 porções
MODO DE PREPARAR
INGREDIENTES Maggi, o louro e três xícaras (chá) Tempere o lombo com o suco de
CARNE de água.Tampe a panela e deixe co- limão, o Gril e o orégano e deixe
• 1 colher (sopa) de óleo zinhar por cerca de 40 minutos tomar gosto por cerca de 15 minu-
• 1 kg de carne limpa em pedaços após pegar pressão. Apague o fo- tos. Aqueça a manteiga na panela
(braço, peito ou lagarto) go, espere sair a pressão, retire os de pressão e doure o lombo. Junte
• 1 xícara (chá) de vinagre pedaços de carne,desfie e reserve. a cebola e deixe refogar. Acres-
• 2 tabletes de Caldo Prepare o molho com o caldo do co- cente duas xícaras (chá) de água
de Picanha Maggi zimento. fervente,tampe a panela e cozinhe
• 1 folha de louro em fogo baixo até que a carne es-
MOLHO teja macia (cerca de 20 minutos
MOLHO Aqueça o caldo do cozimento da após pegar pressão). Apague o fo-
• 2 cebolas cortadas em rodelas carne,junte as cebolas,o pimentão go e espere sair a pressão. En-
• 1 pimentão vermelho e as azeitonas e deixe ferver até que quanto isso bata no liqüidificador
pequeno, cortado em tiras estejam levemente macios.Acres- o leite, metade do milho e o con-
• 1 xícara (chá) de azeitonas cente a salsa e o vinagre, mexa teúdo do pacote de Molho Branco.
verdes sem caroço picadas bem e deixe esfriar. Em um reci- Abra a panela,acrescente a mistura
• meia xícara (chá) de salsa piente vá alternando camadas de do liqüidificador e o restante do
picada carne desfiada e de molho,até ter- milho. Misture bem e cozinhe em
• 2 colheres (sopa) de vinagre minar. Regue com azeite a gosto, fogo baixo até formar um molho
• azeite para regar cubra com papel de alumínio ou fil- encorpado (cerca de 5 minutos).Sir-
me plástico e leve à geladeira por va a seguir.
MODO DE PREPARAR no mínimo 2 horas para tomar
CARNE gosto. Sirva frio, como recheio de
Em uma panela de pressão aque-
ça o óleo e doure a carne. Junte
sanduíches,com torradinhas ape-
ritivo ou como salada, acompa-
Recomendações
As panelas de pressão possuem uma válvula de es-
o vinagre, os tabletes de Caldo nhado de folhas verdes.
cape para o vapor e uma válvula de segurança.Co-
mo existem vários modelos à disposição no mer-
cado,é essencial seguir corretamente as instruções
do fabricante.
Ao preparar receitas, é necessário fechar corre-
tamente a panela, com a borracha da tampa bem
Panela: Spicy WMF • Travessas: Home Marché

ajustada, e levá-la ao fogo alto. O controle do tem-


po deve começar tão logo se forme a pressão, in-
dicada pelo ruído sibilante ou pelo movimento da
válvula de escape. A partir desse ponto, abaixe o
fogo. Ao final, não abra a panela ainda quente ou
enquanto houver pressão. Espere esfriar à tempe-
RISOTO ratura ambiente ou sob um fio de água corrente.

21
25
Nas trilhas do
Aberta há
trezentos anos
para escoar o ouro
de Minas Gerais, a
Estrada Real reúne
história, cultura e
Brasil DIAMANTINA

belezas naturais
Serro

o final do século XVII o bandeirante Fernão Dias,a man-

N do da Coroa portuguesa, deixou o planalto de Piratinin-


ga, em São Paulo, rumo ao interior do Brasil, à procura de
minerais preciosos. A expedição abriu uma trilha que chegou ao
Conceição do
Mato Dentro

rio das Velhas, em Minas Gerais, onde foram fundados arraiais que
originaram as cidades de Sabará, Mariana e Vila Rica (atual Ouro
Preto). Fernão Dias morreu sete anos após sua partida, sem nada Ipoema
encontrar, mas os que o seguiram logo descobriram grandes ja-
zidas de ouro em toda a região. Começava o “ciclo do ouro”.
Todo o metal extraído de Minas Gerais seguia pelo caminho
desbravado pelos sucessores do bandeirante até o litoral de
Parati, de onde viajava de barco até o Rio de Janeiro para
OURO PRETO
depois ser levado a Portugal. Única rota existente, a es- Congonhas
trada também era usada para a circulação de pessoas,ani-
Conselheiro
mais, mercadores e produtos que chegavam de São Lafaiete
Paulo para abastecer os novos povoados formados
ao longo do caminho até Diamantina.
Dada sua importância, o caminho foi batiza- São João
del Rei Barbacena

Ilustração: Paulo Nílson


do de Estrada Real. Muitos desses caminhos
foram criados no país, mas o que liga Dia- Santos
MG Dumont
mantina ao litoral é o mais famoso.
Hoje, poucos trechos dos cerca de Carrancas
Juiz de Fora
1.400 quilômetros continuam originais.
Muitas extensões foram tomadas pela
mata, asfaltadas ou simplesmente desa- São Lourenço
Petrópolis
pareceram depois da ocupação popula-
cional. Mas os 177 municípios que se Passa Quatro
formaram às suas margens ainda guardam RJ
SP
tesouros e histórias daquela época – além Cachoeira Paulista
de grande riqueza natural, que mistura Lorena
a beleza do Cerrado brasileiro à exube- RIO DE JANEIRO
rância da Mata Atlântica. Cunha
PARATI ATLÂNTIC
O
OCEANO
Passeio
DE OURO PRETO A DIAMANTINA
O brilho dos diamantes
Ao sul de Ouro Preto está a cidade histórica de Ouro Branco, divisor na-
tural entre a Mata Atlântica e o Cerrado. A partir desse ponto começa a
Serra do Espinhaço,imponente cadeia de serras que,com 1.200 quilôme-
tros de extensão, se estende de Minas à divisa com o Piauí.
Não à toa o trecho da Estrada Real de Ouro Preto a Diamantina, além
de mais de uma dúzia de cidades históricas, concentra a maior varieda-
de de atrações para os ecoturistas: trilhas, picos para escalada, grutas e
cachoeiras,dezenas delas,algumas com quedas de mais de 200 metros.
A Reserva do Caraça,entre as cidades de Catas Altas e Barão de Cocais,
tem 11 mil hectares e mescla vegetação típica de Mata Atlântica aos cam-
pos do Cerrado.Há inúmeras trilhas,grutas,cachoeiras,poços e lagos na-
turais para banho, além de picos com mais de 2.000 metros.
Entre os municípios de Morro do Pilar, Itambé do Mato Dentro e San-
tana do Riacho, situa-se o Parque Nacional da Serra do Cipó. Em seus 34
mil alqueires,ele abriga inúmeras cachoeiras,rios e um dos pontos mais
famosos do lugar,o Cânion das Bandeirinhas,com 4 quilômetros. Na ci-
dade de Conceição do Mato Dentro, você não pode perder a Cachoeira
do Tabuleiro, a maior do estado de Minas, com 273 metros de queda.
Um pouco mais acima, próximo ao rio Jequitinhonha, a mais de 400
quilômetros da divisa com a Bahia, finalmente estão as cidades de Ser-
ro e Diamantina,ambas fundadas no início do século XVIII para a explo-
ração das minas de ouro encontradas nas suas proximidades. Mas Dia-
mantina, antigo Arraial do Tijuco, ganhou fama e maior importância
depois que as primeiras jazidas diamantíferas foram encontradas na re-
gião. Ainda conserva belo casario histórico,além de outros atrativos da-
quele tempo, como o Caminho dos Escravos, rota construída com gran-
des pedaços de pedras para o acesso às minas de ouro e diamantes.

Fotos> Eduardo Feijó


No casario colonial de Diamantina,
as marcas do passado de riqueza
da região. Acima, a cachoeira da
Andorinha, no Parque Nacional
da Serra do Cipó.

27
Passeio

DE OURO PRETO AO RIO DE JANEIRO

Acervo Instituto Estrada Real


Riquezas naturais
O percurso entre a cidade de Vila Rica e Parati pela Estrada Real era lon-
go e cansativo: além da dura travessia da Serra do Mar, havia ainda a
viagem de barco até o Rio. Por isso, em 1698 a Coroa portuguesa con-
tratou o experiente sertanista Garcia Rodrigues, filho do bandeiran-
te Fernão Dias, para construir uma nova trilha. Foram anos de traba-
lho árduo até que o Caminho Novo ficasse pronto. Então, a viagem, que
pelo Caminho Velho levava noventa dias, passou a ser cumprida em
apenas dez dias.
No início do século XVIII o Caminho Novo já era a principal rota do
litoral carioca às zonas mineradoras. Por isso, ao longo de todo o tre-
cho foram se formando novas vilas e povoados, em meio à exuberan-
te vegetação desse outro lado da Serra da Mantiqueira.
A 65 quilômetros de Juiz de Fora, ainda em Minas, entre os municí-
pios de Lima Duarte e Conceição do Ibitipoca, fica o Parque Estadual
do Ibitipoca, com uma concentração de mais de vinte cachoeiras e qua-
renta grutas.
Já no estado do Rio de Janeiro, o Parque Nacional da Serra dos Órgãos,
na Serra do Mar, é outro belo atrativo natural nesse trecho da Estrada
Real. Com 11 mil hectares, abrange dez picos com mais de 2.000 metros
cada um e outros seis com mais de 1.500. A Pedra do Sino, com 2.263
metros, é o ponto mais alto do lugar, mas somente os mais bem pre-
parados se arriscam nos seus doze quilômetros de subida – e de lá de
cima são premiados com uma bela visão do Rio de Janeiro. O Dedo de
Deus, um dos mais famosos picos brasileiros, com 1.692 metros, é ou-
tra atração do lugar.
Porta de entrada da Serra dos Órgãos e antepenúltima cidade do Ca-
minho Novo da Estrada Real, Petrópolis é repleta de casarões, museus,
igrejas e palácios da época do Império, prato cheio para quem gosta
de história. Reserve um ou dois dias para conhecer cada um deles.
Opção Brasil

Trecho do Caminho
Novo aberto pelos
portugueses.
Ao lado, o Museu
Imperial, em
Petrópolis.

28
Acervo Instituto Estrada Real
A igreja de Santa Rita, em Parati, cidade que guarda
os trechos mais preservados da Estrada Real. Abaixo,
passeio de trem entre Tiradentes e São João del Rei.

DE OURO PRETO A PARATI


Eduardo Feijó
Arquitetura histórica
A mineração propiciou o surgimento de uma classe abastada em Minas Gerais.
Os simples arraiais logo deram lugar a vilas com uma rica arquitetura colonial.
Esse trecho da Estrada Real reúne algumas das mais famosas cidades históricas
mineiras – Ouro Preto, Congonhas do Campo, Tiradentes e São João Del Rei –,
repletas de belas obras do barroco e do rococó brasileiro, assinadas por artistas
como Aleijadinho e mestre Athayde. Reserve pelo menos um ou dois dias para
conhecer com calma toda a beleza cultural de cada uma delas.
A partir de São João del Rei,as cidades e municípios que ladeiam a Estrada Real
assumem maior vocação para o ecoturismo. Um dos exemplos é Carrancas, lo-
calidade que possui piscinas naturais, lagoas e dezoito cachoeiras.
No caminho para Parati você ainda vai encontrar o Parque Estadual do Papa-
gaio, na cidade de Aiuruoca, o Parque Nacional do Itatiaia, na divisa entre o Rio
e Minas Gerais, e o Parque Nacional da Serra da Bocaina, entre São Paulo e Rio.
Localizados na Serra da Mantiqueira,cobertos pela exuberante vegetação da Ma-
ta Atlântica, cada um deles merece visita exclusiva.
Parati dispensa apresentações. Fundada no século XVII, em torno da Igreja de
Nossa Senhora dos Remédios, foi importante ponto de escoamento do ouro que
chegava de Minas. Guarda o pedaço mais conservado da Estrada Real, além de
prédios e casario de arquitetura colonial. Depois de dar uma volta pela cidade,
muita gente opta por um passeio de barco pela Baía de Angra dos Reis.

Éric B.
Pastel de angu MODO DE PREPARAR
R ECHEIO
Rendimento: 40 unidades Em uma panela, aqueça o óleo e doure
levemente a carne, até secar o excesso
INGREDIENTES de líquido. Junte o Caldo Maggi e meia
RECHEIO xícara (chá) de água.Misture bem e dei-
• 1 colher (sopa) de óleo xe cozinhar. Acrescente a salsa e reser-
• 300 g de carne moída ve, enquanto prepara a massa.
• 1 tablete de Caldo de Costela Maggi
• 2 colheres (sopa) de salsa picada MASSA
Cesta: Camicado • Guardanapo: Roupa de Mesa

• 150 g de queijo meia cura ralado Ferva quatro xícaras (chá) de água. Dis- deixando-a fina. Coloque um pouco do
solva aí o Caldo Maggi e adicione o fu- recheio de carne, um pouco do queijo,
MASSA bá em chuva, mexendo bem com uma feche bem as bordas e frite aos poucos
• 1 tablete de Caldo de Costela Maggi colher.Cozinhe em fogo baixo até obter em óleo quente.Escorra em papel absor-
• 2 xícaras (chá) de fubá um angu consistente e aparecer o fun- vente e sirva a seguir.
• 1 xícara (chá) de farinha de trigo do da panela (cerca de 20 minutos). Es-
• 2 ovos pere o angu esfriar,acrescente a farinha, No www.nestle.com.br/cozinha
• 1 colher (sopa) de fermento em pó os ovos e o fermento e amasse bem.Pol- você encontra a receita de Feijão
• farinha de trigo para polvilhar vilhe as mãos com farinha de trigo e abra tropeiro, típica da Estrada Real.
• óleo para fritar porções da massa em formato redondo,

29
Presente
SCRAPBOOK

Doces
recordações
Papéis coloridos, botões e laços de fita podem dar uma
cara nova ao seu álbum de fotografias

Confira no portal
www.nestle.com. br
mais dicas para de-
corar lindamente o
seu scrapbook.

30
ada de guardar suas fotos dentro de caixas ou naqueles por-

N
MATERIAIS
ta-fotos que chegam do laboratório – elas merecem tra-
tamento melhor. Que tal fazer um charmoso álbum de papel color plus cola para papel
recordações usando a técnica do scrapbooking, uma febre que co- gramatura 150 g
de várias cores
meçou nos Estados Unidos e já chegou ao Brasil? A idéia é jun-
fitas
tar fotos, bilhetes, mapas e outras lembranças num mesmo lugar,
só que de maneira criativa e organizada. Dá para separar por te-
papel vegetal
mas (viagem, família, bebê, amigos…), por datas (Aniversário, Na- tesoura e caneta
tal, Páscoa…) ou juntar tudo num único álbum. hidrográfica
Pegue cola, papéis coloridos, miçangas, botões, fitas e o que vier para escrever
envelopes
à sua cabeça e aprenda a fazer molduras, cantoneiras, letras e la- bilhetes
plásticos de
ços, que serão a base para o trabalho. Mas atenção: use o bom- polipropileno
senso na hora de escolher as cores e os adereços, afinal o foco para fotos
são as fotos. No mais, solte a criatividade e dê uma repaginada
nas suas lembranças! botões
régua
coloridos
CANTONEIRAS
Para fazer as cantoneiras,
recorte tiras de papel lapiseira
color plus com 1 cm de
largura. Em seguida,
dobre as pontas,
juntando-as para formar
um triângulo. Depois, é
só encaixar nos quatro
cantos da foto. Para fixar
no álbum, use uma gota
de cola no verso (parte
em que estão as dobras) base para corte (vidro,
de cada uma das estilete
fórmica ou granito)
cantoneiras.
Criação de Juliane Rangel (Vila do
Papel) – (11) 3045-7965, São Paulo, SP

MOLDURAS
Usar uma moldura
para prender a
foto também fica
bonito. Basta colar
a imagem numa
folha de papel
color plus e depois
recortar ao redor,
deixando 1 cm
em cada uma
das laterais.

LETRAS E FLORES
Desenhe a mão livre as letras correspondentes
às palavras que você quiser. Faça versões
da mesma letra em dois tamanhos (com cerca
de 2 mm de diferença cada um). Em seguida,
cole as menores sobre as maiores. Isso dará
um efeito de sombra nas letrinhas. Desenhe
também florezinhas no papel color plus
e recorte-as. Para o miolo do álbum, use o
papel de outra cor ou cole botões coloridos.

31
Da Nestlé pra Você

Mini ovos
Se você está pensando em um presente diferente Light inédito
para a garotada, temos uma deliciosa sugestão: Grande novidade da
os Mini Ovos Especialidades. São 20 mini ovos com Nestlé para esta Páscoa,
recheios cremosos nos sabores dos tradicionais o ovo de chocolate ao
Sensação, Prestígio, Charge, Chandelle e Galak, leite Classic Light vai
em embalagens de 230 g. agradar em cheio quem
não quer perder a linha.
É o primeiro ovo light
do mercado, com 25%
menos calorias, em
unidades de 220 g.

PRESENTEIE COM MUITO


SABOR E PRAZER
Como você viu nesta edição, manter o equilíbrio alimentar pode permitir que a gente
se solte um pouco mais nas festas, aproveitando tudo o que elas nos oferecem em
termos de sabor e bem-estar.
Nesta Páscoa não é pra ser diferente. Confira nossos lançamentos, entre os quais
destacamos as divertidas versões de ovos infantis e o exclusivo ovo Classic Light,
menos calórico que o tradicional. Para quem não pode consumir açúcar, o já tradicional
Classic Diet é a grande pedida. Tem presentes para todos, com muito sabor e prazer!

Surpresa
A linha Surpresa traz três lançamentos – todos
com brindes incríveis, em versões de 180 g
de puro chocolate ao leite Nestlé.
• Surpresa Homem-Aranha oferece um
brinde interativo muito especial: um
“prédio” para montar, com 20 cm de altura,
no qual o grande barato é fazer o herói escalar
para derrubar o vilão, Dr. OKC.
• Depois do sucesso no ano passado, Surpresa Batman
chega com novo visual. E traz como brinde um Batman-
Voador que plana por alguns segundos com as asas abertas.
• Outro grande barato é o Surpresa As Meninas
Superpoderosas, com Docinho, Florzinha e Lindinha
num visual mais teen e um recheio superpoderoso: uma
pulseira com porta-trecos, em formato de coração, e dez
tatuagens para unha.

32
Maravilhas
ainda mais
E tem mais delícias! fáceis!
É isso mesmo. Com
a nova embalagem
Moça Serve Fácil, vai
ser moleza preparar
aquelas maravilhas com
Chandelle o tradicional Leite Moça.
Ovo trufado dupla A nova embalagem,
camada, com Moça em formato de
chocolate Nestlé Também em versão bisnaga, oferece mais
por fora e toda a de 375 g, de chocolate praticidade, economia
cremosidade do branco com gostinho e higiene para toda
Chandelle por do tradicional Leite a família. Além disso,
dentro, em versão Moça, traz bombons mesmo depois de
de 240 g. De recheio, recheados com Leite aberta, pode ser
bombons sortidos. Moça. É “mais uma guardada na geladeira
forma de amar você”! por até duas semanas.
Você encontra esse novo
produto em São Paulo,
Rio de Janeiro e demais
Sem Parar estados do sul do país.
O lançamento de Nescau Ball/
maior sucesso em Galak Ball Toque refrescante
2004 virou ovo de Meio chocolate ao
Chega ao mercado mais uma sensacional
Páscoa, junto com leite com o crocante
novidade para quem adora biscoitos.
o tradicional Nescau Ball, meio
É Negresco Ice Mint, que acrescenta ao sabor
chocolate Nestlé. chocolate branco
marcante de Negresco um toque refrescante
A distribuição com o delicioso
de menta, em combinação inédita para o
será exclusiva Galak Ball, em
público mais jovem. E as novidades não
para os estados unidades de 375 g.
param por aí: agora você encontra também
de São Paulo No recheio, um
o Negresco Coberto e o Bono Pão de Mel em
e da região Sul. sachê exclusivo.
versão para consumo individual, com cinco
unidades embaladas uma a uma.

Crocante
de Amendoim
Em unidades de 375 g,
recheadas com
bombons crocantes
de amendoim,
desenvolvido A nova água
especialmente para A Nestlé Waters traz
o paladar brasileiro. para o Brasil sua nova
marca de água mineral
da fonte. Garantia de
pureza e qualidade,
Passatempo Aquarel vem em
O tradicional biscoito se espalha em pedacinhos embalagens de
pelo tradicional ovo de chocolate Nestlé de 220 g. 510 mililitros,
Dentro, outro belo presente: um relógio digital 1,5 litro e 5 litros
exclusivo e ilustrado com a “Turma do Macaco”. e é ideal para
Para comer... e não perder a hora de brincar! toda a família.

33
Espaço do Leitor

ELOGIOS ceitas, as dicas de passeio, os cartões feitos


Estou adorando receber a revista,pois mi-
nha alimentação mudou graças a vocês. Me
reeduquei na alimentação diária, o que me
rendeu a cura de minha anemia e uma gra-
videz segura. O meu bebê está forte e de-
“ Percebo um ponto muito po-
sitivo na Nestlé: ela ouve seus
leitores e consumidores, e é por is-
so que a revista e seus produtos me-
lhoram a cada dia.
com flores secas.Até eu (que não tenho mui-
ta habilidade com artesanato) consegui fa-
zer, e ficou lindo.
Sandra Tognetti – Bragança Paulista, SP

pois de nascer vai continuar, com as dicas e Adriana Rodrigues dos Santos SUGESTÕES
receitas desta revista maravilhosa!
Isabel Cristina S. Vieira dos Santos
– Valinhos, SP
Cara Isabel, ficamos contentes de saber que de
alguma forma a ajudamos a mudar os hábitos ali-
– Janaúba, MG


mim, visto que na minha cidade não exis-
te banca de revista.
Gostaria de receber receitas sobre bolos
de casamento, vou me casar em 2005 e gos-
taria de algumas sugestões para servir aos
convidados. A recepção será bem simples,
só para a família e amigos íntimos.
mentares. Muito sucesso para você – e para o seu Cleide de Almeida Cordeira Neiva Rosana Ferreira Barbosa – Uberlândia, MG
bebê! – Mata Verde, MG
Estou investindo na arte de fazer bombons
Adoro cozinhar para a família e os ami- Agradeço o envio da revista número 24. e trufas.As receitas que encontrei no site me
gos, gosto de experimentar e de dar o meu Está recheada de maravilhas: receitas, maté- ajudaram bastante, ou melhor, me fizeram
toque especial.Aí vai uma dica: acrescente ria sobre a bela Florianópolis, dicas para um dar o primeiro passo. Gostaria muito de re-
sempre, em qualquer receita, uma boa pi- verão saudável e uma ótima entrevista com ceber novas receitas com chocolate, de
tada de Amor e Carinho, e então verás co- a atriz Cristina Mullins. bombons, trufas e ovos de Páscoa.
mo o resultado será muito mais delicioso! Maria Thereza Lopes Gouveia – São Paulo, SP Fabiana Figueiredo Silva – Contagem, MG
Maria Bernadete Nunes Oliveira
– Sobradinho, DF Fico orgulhosa de receber a revista Nes- Sugiro que publiquem receitas muito
tlé com Você. Aliás, a reportagem de Floripa gostosas de sobremesas e docinhos diet pa-
Quero parabenizar pelas receitas, muitas está impecável, já estou indo passar as férias ra quem tem diabetes, para que possamos,
delas bem práticas, que vocês colocaram no lá e, claro, vou me deliciar com os produ- nas nossas reuniões familiares, agradar a to-
site e colocam nas revistas. Estou para me tos da minha Nestlé. dos os formiguinhas.
casar e com o site fica fácil fazer algo sim- Simone Garcia Perez Gamarra Pilar Dominguez – Campinas, SP
ples e especial para quem eu amo tanto. – Foz de Iguaçu, PR Caras Fabiana e Pilar, vocês não podem per-
Elaine Cristina Alves da Rocha – Limeira, SP der o Água na Boca desta edição!
Adorei a sugestão de férias com o “rocam-
Gostaria de agradecer-lhes pela nova bole de filé de frango com farofa” e também Adoro receitas para fazendas – do tipo fo-
edição da revista e o lindo calendário.A ca- a “taça moça de frutas”. Cada vez que che- gão de lenha, forno de lenha. Que tal uma
da revista que recebo fico muito contente, ga um novo exemplar de Nestlé com Você já revista Nestlé no Campo?
pois estou sempre pronta para receber vi- procuro testar as receitas, e sempre são Karina de Jesus Pereira – Cáceres, MT
sitas, e servir as deliciosas receitas da Nes- muito bem aprovadas. Na seção Presente,
tlé, dos pratos principais às sobremesas. adorei os cartões, são muito bons. Gostaria de pedir que mostrassem um
Rosemery Freyre Jardim Vitor – Palmares, PE Rosa Maria O. M. Souza pouco mais da beleza do Nordeste, princi-
– Santa Bárbara do Oeste, SP palmente da capital do Rio Grande do Nor-
Tenho recebido regularmente a revista e te, Natal. Fiz uma excursão por lá e fiquei
sou muito grata, pois ela tem me ajudado Da última vez que escrevi estava desem- simplesmente encantada.
muito em meus projetos de festas e come- pregada. Agora, trabalho como cozinheira Aparecida Santos Oliveira – Petrolina, PE
morações familiares. em um restaurante. Bom demais.Agradeço
Hilda Barbosa de Oliveira – Campinas, SP pela Nestlé contribuir para o meu sucesso, Sugiro uma reportagem com a cidade de
pois aprendo mais a cada dia com vocês. Manaus, o Teatro Amazonas, o encontro das
Gostei da entrevista com a Cristina Mul- Rita de Cássia F. Dias – Três Corações, MG águas e toda a gastronomia que existe em
lins, só assim fiquei sabendo que o livro A Rita, felicidades no novo emprego. E podemos minha terra.Também gosto de música eru-
Cozinha de Dona Clementina não ficou ape- dizer o mesmo: todos os leitores contribuem pa- dita (meu marido toca violino) e sugiro uma
nas na novela. ra o nosso sucesso e nos fazem aprender mais a
José Roberto de Oliveira Barbosa cada dia.
converse conosco
– Jaboatão dos Guararapes, PE
revista nestlé com você
A revista de Natal está simplesmente Caixa Postal 21.144, CEP 04602-970,
Muitíssimo obrigada por ter me enviado maravilhosa, desde a primeira até a última São Paulo-SP, e-mail:
a revista. Ela será de grande valor para página.Vocês capricharam em tudo, as re- falecom@nestle.com.br

34
cimento, alimentação, higiene, vacinas e o
que devemos fazer para que se sintam bem.
Sandra Aparecida Fonseca
– Ribas do Rio Pardo, MS

Sugiro uma matéria sobre plantas, como


rosas, bromélias, orquídeas, entre outras. E
também sobre organização de noivados,
chás de panela e casamento.
Margarida Cardoso Oliveira – Ataléia, MG

Gostaria de uma matéria sobre festas pa-


ra meninas adolescentes: decoração, lem-
brancinhas e receitas com produtos Nestlé.
CASA DO CONSUMIDOR Carmem Fiorda – São Paulo, SP

matéria sobre as orquestras sinfônicas e to- Gostaria que vocês fizessem uma maté- Sugiro uma seção “ídolos” onde os can-
da a magia que envolve a vida dos músicos. ria sobre obesidade infantil. tores divulgassem suas receitas preferidas.
Aldenora Bastos Siqueira Toffolo – Itajaí, SC Natalina Jardim – Araçatuba, SP Cristiani da S. Macedo – Ouro Verde, SP
Agradecemos a todos os que fizeram sugestões.
Gostaria de pedir matérias sobre comidas Gostaria de sugerir para a próxima edi- Boa parte delas já está em nossa pauta para os
típicas nordestinas, que são deliciosas. ção uma matéria falando sobre a pirâmide próximos números.Aguardem!
Samara M. de S. Freitas alimentar: como usá-la, as referências diá-
– São Francisco do Oeste, RN rias e uma idéia de cardápio. errata
Katia David da Costa – Natal, RN Algumas leitoras registraram um erro no
Sugiro uma matéria sobre o Rio Gran- Querida Katia,você certamente leu nossos pen- modo de preparar da Terrine Passion, recei-
de do Sul, pois meu maior sonho é conhe- samentos! Tudo, absolutamente tudo o que você ta publicada na seção Água na Boca da úl-
cer os pontos turísticos desse estado. pediu é destaque neste número! tima edição. Logo no início, no item “Gela-
Iolanda Lopes Gomes – Varginha, MG Natalina,enquanto a matéria da obesidade não tina”, onde se lê “Em uma panela misture
sai, confira a seção Vida Saudável, toda dedi- a gelatina, o açúcar, o suco e duas xícaras
Gostaria que vocês publicassem uma ma- cada ao equilíbrio alimentar. (chá) de água e leve ao fogo para ferver”,
leia-se “Em uma panela misture o açúcar,
téria sobre a bela cidade de Bonito, no Ma-
o suco e duas xícaras (chá) de água e leve
to Grosso do Sul. Gostaria muito de uma reportagem so-
ao fogo para ferver”.
Luzia Almeida Silva – Caiapônia, GO bre recém-nascidos.Os cuidados após o nas-

mural
Gostaria de trocar receitas doces ou sal- Adoraria me corresponder com pessoas que Quero receitas de comidas internacionais.
gadas por e-mail. Tenho uma receita de sa- gostem de artesanato e que gostem de fa- Tânia Soares Gérico – São Paulo, SP
lada de macarrão que é uma delícia! zer bolos e doces. taniasgerico@yahoo.com.br
Mara Isabel Ambrosio – Cotia, SP Cristiane da Fátima Correa – Tanabi, SP
mara.ambrosio@ig.com.br criscm5@yahoo.com.br Gostaria muito de receber sugestões e mo-
delos de biscuit de geladeira, pois pretendo
Quero receber receitas de todo o Brasil e fa- Procuro receitas para bebês, como sucos, pa- fazê-los para vender.
zer amizades. Quem tiver gráficos de pon- pinhas, sopinhas etc. Tenho receitas varia- Celeste Virgínia Ferreira Santos de Jesus
to cruz, por favor me mande. das para trocar. Rua João Bispo Cardoso, 364, Inhambupe, BA
Helen Meira de Sousa – São Paulo, SP Silvia Ise – Curitiba, PR – CEP 48490-000
helenmss@hotmail.com silviaise@yahoo.com.br
Tenho 16 anos e quero me corresponder com
Gostaria de receber receitas de tortas, mous- Trabalho na área de alimentação e gostaria pessoas que gostem muito de chocolate.
ses e todos os tipos de doces gelados. de me corresponder com pessoas que curtem Andressa Silvano da Costa
Adriana Violante Ptasznik – Campinas, SP culinária. Tenho muitas receitas de baixo Rua Benjamin Constant, 817, Quintão, RS
adriana@karcher.com.br custo e com reaproveitamento de alimentos. – CEP 95548-000

Lembrete: mantenha seu endereço sempre atualizado. Se houver qualquer alteração, por favor nos comunique.

35