Você está na página 1de 5

Escola/Agrupamento de Escolas | Teste de avaliação 3 – CienTIC 7 Versão1

Ciências Naturais
7.º ano de Escolaridade
Duração do Teste: 90 minutos |

Grupo I

04.06.2018

NOTÍCIA

Vulcão de Fogo na Guatemala mata dezenas


de pessoas e faz desaparecer aldeias inteiras

A erupção, que se iniciou no domingo, no vulcão de Fogo, está a provocar espessas colunas de
cinzas que sobem até cerca de 10 mil metros de altura e caem depois num raio alargado. Já
provocou pelo menos 30 mortos, 30 feridos e um número indeterminado de desaparecidos. De
acordo com as autoridades, mais de 3000 pessoas das comunidades próximas foram retiradas
das habitações devido à queda das cinzas. Os especialistas dizem que a atividade vulcânica pode
ser explicada pela localização da Guatemala no chamado Anel de Fogo do Pacífico.

Placa Norte-americana
Vulcões

Rifte Placa das


Caraíbas

Vulcão de Fogo

Placa do Placa
Placa Fossa oceânica
Pacífico Sul-americana
de Cocos

Figura 1. Enquadramento tectónico do vulcão de Fogo.

1
Na resposta a cada um dos itens de 1. a 6., seleciona a única opção que permite obter uma
afirmação correta.

1. A atividade vulcânica verificada na região da Guatemala, resulta da existência de um


(A) limite divergente, evidenciado pela presença de uma dorsal oceânica.
(B) limite divergente, evidenciado pela presença de uma fossa oceânica.
(C) limite convergente, evidenciado pela presença de uma dorsal oceânica.
(D) limite convergente, evidenciado pela presença de uma fossa oceânica.

2. O vulcão de Fogo situa-se numa zona tectónica onde


(A) a crosta oceânica sofre subducção sob a crosta continental.
(B) a crosta continental sofre subducção sob a crosta oceânica.
(C) existe um rifte que origina nova crosta oceânica.
(D) as duas placas se deslocam horizontalmente uma à outra.

3. O vulcão de Fogo formou-se


(A) por magma que ascende numa zona de rifte.
(B) por magma resultante da colisão de duas placas continentais.
(C) sobre uma coluna de magma que ascende no interior de uma placa tectónica.
(D) por magma resultante da fusão das rochas da placa que mergulha por baixo de outra.

4. O magma que originou a erupção de Fogo é caracterizado por uma


(A) elevada viscosidade e elevada retenção de gases.
(B) elevada viscosidade e baixa retenção de gases.
(C) baixa viscosidade e elevada retenção de gases.
(D) baixa viscosidade e baixa retenção de gases.

5. As cinzas vulcânicas emitidas pelo vulcão do Fogo são partículas


(A) sólidas com dimensões superiores a 60 mm.
(B) sólidas com dimensões inferiores a 2 mm.
(C) líquidas com dimensões superiores a 60 mm.
(D) líquidas com dimensões inferiores a 2 mm.

6. As rochas magmáticas de cor escura formam-se a partir de um magma


(A) riolítico, pobre em sílica. (C) basáltico, pobre em sílica.
(B) riolítico, rico em sílica. (D) basáltico, rico em sílica.

7. Classifica a atividade vulcânica descrita no último parágrafo do texto.

8. Ordena as seguintes ocorrências, de modo a obteres uma sequência correta dos


acontecimentos que originam os vulcões da Guatemala.
A. Ascensão de magma ao longo da litosfera.
B. Colisão de duas placas litosféricas.
C. Formação de um vulcão.
D. Subducção de uma placa sob a outra.
E. Fusão dos materiais da placa oceânica.

9. Os terrenos em torno do vulcão apresentam uma elevada fertilidade.


Explica a importância da emissão de cinzas para a atividade agrícola.

2
10. Faz corresponder cada um dos elementos relativos à atividade vulcânica, expressos na
coluna A, à respetiva designação, que consta da coluna B. Utiliza cada letra e cada número
apenas uma vez.
Coluna A Coluna B
(a) Fragmentos de rocha expelidos durante uma atividade (1) Câmara magmática
vulcânica. (2) Chaminé
(b) Abertura situada na parte superior do vulcão. (3) Cone vulcânico
(c) Elevação causada pela acumulação de materiais em torno da (4) Cratera
conduta central. (5) Lavas
(d) Reservatório onde se acumula magma no interior da Terra. (6) Gases
(e) Conduta por onde ascende o magma. (7) Nuvem ardente
(8) Piroclastos

Grupo II

Na figura 2 está representado um mapa onde estão assinalados dois pontos referentes ao trajeto
de uma visita de estudo, bem como alguma informação recolhida pelos alunos.

O penedo do Lexim representa uma porção do preenchimento da


conduta vulcânica que provavelmente alimentaria um pequeno
vulcão à superfície, a partir de uma câmara magmática (local onde
ocorre a acumulação do magma) localizada em profundidade.
Esta conduta, equivalente a uma chaminé vulcânica, integra o
Complexo Vulcânico de Lisboa e deverá ter uma idade de 72 M.a.
É constituído por uma rocha basáltica. Os prismas poligonais
(geralmente hexagonais) são consequência da contração da rocha
durante o arrefecimento, formando, assim, as colunas típicas em
forma de prisma visíveis no penedo do Lexim.
Baseado em http://geossitios.progeo.pt/ [Consult. janeiro 2019]

Os caos de blocos são o resultado da erosão do granito durante milhões de anos.


As variações de temperatura a que as rochas e a água nelas infiltrada estão sujeitas
com o passar do tempo e das estações vão provocando alterações de volume que
acabam por causar fraturas e fendas. A essas fraturas chamam-se diáclases. Com
o tempo, as diáclases transformam um bloco de granito num aglomerado de
blocos menores, o caos de blocos. A vertente que se desenvolve do Castelo dos
Mouros até à Vila Velha de Sintra é um bom exemplo de caos de blocos. As rochas
formaram-se há cerca de 80 a 75 M.a.
Baseado em http://www.cienciaviva.pt/veraocv/logotipos/
geomorfologia.pdf [Consult. janeiro 2019]
Figura 2.

3
Na resposta a cada um dos itens de 1. a 5., seleciona a única opção que permite obter uma
afirmação correta.

1. Os granitos do maciço eruptivo de Sintra são rochas magmáticas _____ e apresentam uma
textura _____.
(A) extrusivas … fanerítica (C) intrusivas … fanerítica
(B) extrusivas … afanítica (D) intrusivas … afanítica

2. No penedo de Lexim podemos encontrar formas geológicas como


(A) o caos de blocos, resultantes do desgaste da rocha.
(B) o caos de blocos, resultantes da solidificação da lava.
(C) as disjunções prismáticas, resultantes do desgaste da rocha.
(D) as disjunções prismáticas, resultantes da solidificação da lava.

3. As diáclases são
(A) prismas poligonais e foram observadas no penedo do Lexim.
(B) prismas poligonais e foram observadas na vertente do Castelo dos Mouros.
(C) fraturas na rocha e foram observadas no penedo do Lexim.
(D) fraturas na rocha e foram observadas na vertente do Castelo dos Mouros.

4. Uma das tarefas dos alunos era recolher amostras de rochas dos dois locais. A forma
correta de o fazer é
(A) partir uma amostra de grandes dimensões da rocha intacta e depois dividi-la em
exemplares mais pequenos.
(B) partir uma amostra da rocha intacta com as dimensões que pretendemos.
(C) recolher amostras desagregadas da rocha que estejam em bom estado.
(D) recolher o máximo de exemplares possíveis e depois selecionar na escola os melhores.

5. A intrusão de magma nas rochas encaixantes origina formação de rochas por metamorfismo
(A) de contacto, sendo o principal fator de metamorfismo a pressão elevada.
(B) De contacto, sendo o principal fator de metamorfismo a temperatura elevada.
(C) regional, sendo o principal fator de metamorfismo a pressão elevada.
(D) regional, sendo o principal fator de metamorfismo a temperatura elevada.

6. Após a visita de estudo, os alunos tentaram perceber como é que se formou o caos de
blocos que eles viram na paragem de Castelo dos Mouros (figura 3).
Ordena as figuras para obteres uma sequência correta dos acontecimentos.

B C
A

Figura 3.

4
7. Ordena as afirmações seguintes, para obteres uma sequência lógica da transformação de um
calcário numa rocha metamórfica.
A. Aquecimento da rocha encaixante por ação dos fluidos do magma.
B. Recristalização dos cristais de calcite.
C. Formação da rocha sedimentar.
D. Formação da rocha metamórfica.
E. Instalação de uma intrusão magmática.

8. Faz corresponder a cada uma das letras da coluna A, que identificam características de rochas,
um número da coluna B, que assinala o nome da rocha respetiva.
Coluna A Coluna B
(a) Rocha sem textura foliada que faz efervescência com o ácido. (1) Granito
(b) Rocha escura com textura foliada que se separa facilmente em (2) Riólito
lâminas. (3) Basalto
(c) Rocha compacta, com textura bandada, que apresenta bandas (4) Ardósia
claras, alternando com bandas escuras. (5) Xisto
(d) Rocha de cor escura com cristais de olivina no meio de uma massa (6) Mármore
com textura afanítica. (7) Gnaisse
(e) Rocha de cor clara, com cristais bem visíveis de quartzo, (8) Gabro
feldspatos e micas.

9. Explica o processo de formação do granito, tendo em conta o magma que o originou e as


condições de formação.