Você está na página 1de 71

E M “GERARDO MÁRIO TORNATORE”

4º ANO A,B,C e D

PROFESSORAS:
MAISA SOZIN MAIA
MICHELA DIS FERRAZ
NILZA APARECIDA SIQUEIRA TROMBINI
ROSANE MINCHIN PESTANA

1
LÍNGUA PORTUGUESA

4º ano

Competências

PRODUÇÃO E COMPREENSÃO ORAL

 Utilização da expressão oral para trocar ideias, experiências e sentimentos, adotando


atitude respeitosa ante as contribuições dos colegas e observando as regras próprias das
situações comunicativas de diálogo, conversação, debate e etc.
 Compreensão da expressão oral, nas diversas modalidades de linguagem, nas
situações de uso em seu cotidiano.
 Compreensão do que ouve, argumentando comparando e tirando conclusões de
situações vivenciadas ou relacionadas a textos lidos.
 Construção de textos orais, a partir de um assunto, em diferentes linguagens,
demonstrando clareza e sequência lógica.
 Leitura fluente respeitando a entonação, pausas e acentuação frasal de diferentes
gêneros de textos.

PRODUÇÃO E COMPREENSÃO DA LEITURA E ESCRITA

 Compreensão da funcionalidade da leitura e da escrita através dos diversos usos da


língua(gem) em seu cotidiano como expressão de ideias, sentimentos e pensamentos.
 Produção de textos com clareza, ordenação lógica do pensamento, com adequada
utilização do papel e disposição gráfica da margem.
 Interpretação de um texto, identificando a ideia principal e a temática a partir da
análise de personagens e situações.

ANÁLISE E REFLEXÃO SOBRE A LÍNGUA

2
 Reconhecimento de textos em diferentes tipologias como unidade significativa da
língua em uso.
 Adequação da linguagem escrita à situações de uso mais formal ou menos formal.
 Utilização de recursos linguísticos expressivos (pontuação e vocabulário) e sua
adequação às situações de uso.
 Recriação de textos a partir de outros lidos, observando as diferentes maneiras de
construí-los.
 Emprego de elementos coesivos, estabelecendo relações entre parágrafos, através
do uso de conectivos apropriados ao tipo de desenvolvimento de texto.
 Percepção de semelhanças e diferenças entre linguagem oral e linguagem escrita.
 Ampliação/reordenação de frases respeitando as regras básicas de concordância
nominal e verbal da norma padrão.
 Utilização do dicionário buscando a ortografia, sinônimos e diferenças de significado,
em diferentes contextos.

Conteúdos

PRODUÇÃO E COMPREENSÃO ORAL

 Textos verbais (orais e escritos) e não-verbais (imagens, gestos, desenhos, pintura,


música, etc.).
 Reordenação e ampliação de textos.
 Modificação de textos (oralmente): narrativos, descritivos, poesias, etc.

PRODUÇÃO E COMPREENSÃO DA LEITURA E ESCRITA

 Textos em prosa e verso:


 Textos narrativos
a) Tipos: literatura infantil, fábulas, biografia, autobiografia, contos,
manchetes, notícias, reportagens, verbetes de dicionário e enciclopédia,
índice e resumo, legenda, artigos de divulgação cientifica
1. Partes (início / desenvolvimento / final)
2. Sequência: temporal e/ou causal
3. Características dos personagens e cenas/ situações.
 Histórias em quadrinhos
 Textos não-verbais: imagens, gestos, pintura, música, desenho, escultura,
mímica, etc
 Uso do dicionário.
3
ANÁLISE E REFLEXÃO SOBRE A LÍNGUA
 Alfabeto
 Antônimo e sinônimo
 Artigo
 Substantivo comum/próprio, masculino/feminino
 Adjetivo
 Encontro vocálico e consonantal
 Uso do M antes de P e B
 Pontuação (tipos de frases)

Habilidades

PRODUÇÃO E COMPREENSÃO ORAL

 Relata/ouve fatos e experiências vivenciados, expressando opinião, através da


narração ou descrição, com clareza e sequencia lógica.
 Resume e amplia histórias ouvidas, mantendo a ideia principal e a sequencia lógica
das ações.
 Cria/recria início, meio e fim para historias e fatos.
 Percebe diferenças na fala de pessoas de outras regiões ou de outras épocas.
 Produz e transmite recados em diferentes situações concretas.
 Reconta histórias lidas/ouvidas.
 Descreve experiências realizadas nas outras áreas de estudo.
 Participa ativamente de produção de textos coletivos.
 Interroga quando não compreende o assunto/tema discutido ou exposto.

PRODUÇÃO E COMPREENSÃO DA LEITURA E ESCRITA

 Lê diversos tipos de textos (individuais, coletivos, literários, quadrinhos, não-verbais,


etc.) identificando os usos dos mesmos em contextos variados, a partir da interpretação
de suas mensagens.
 Produz textos escritos a partir de situações vivenciadas, temas livres ou propostos,
com clareza, coesão e sequencia lógica.
4
 Amplia o vocabulário, através do uso do dicionário na pesquisa sobre o significado de
palavras de texto.
 Utiliza recursos necessários à compreensão global do texto
(paragrafação/pontuação).
 Copia textos escritos em suportes (livros, quadro-de-giz, murais e cartazes) como
forma de registrar as informações a que tem acesso.

ANÁLISE E REFLEXÃO SOBRE A LÍNGUA

 Separa as sílabas da palavra funcionalmente (em texto).


 Faz uso do dicionário em diferentes contextos.
 Utiliza recursos de escrita (pontuação) para representar pausas e entonação.
 Substitui palavras, em contexto, sem alterar o sentido da frase ou texto.

Metodologia

 Leitura diária de diferentes gêneros literários e não literários.


 Leitura dirigida e compartilhada.
 Interpretação oral e escrita.
 Mobilizar procedimentos de leitura.
 Oportunizar discussões orais.
 Produção de texto coletivo, individual ou em grupo.
 Interações verbais: rodas de conversa, de leitura, relatos, exposições orais.
 Ilustração.
 Manuseio de diferentes tipos de suportes de textos: livros, revistas, dicionários dentre
outros.
 Ortografia.
 Reescrita de textos orais e escritos.
 Revisão de textos para adequações necessárias.
 Ditado.
 Respeito pela produção própria e alheia.
 Cruzadinha.
 Recursos audiovisuais.

Avaliação

 Avaliação diagnóstica - aferir conhecimentos, competências e habilidades dos alunos


antes de iniciar o processo ensino e aprendizagem para fornecer subsídios ao professor
em seu trabalho no decorrer do ano letivo.
 Observação diária do progresso dos alunos com foco na aprendizagem (conceitos,
atitudes, procedimentos).

5
 Avaliação formativa – verificar se os objetivos do plano de ensino foram alcançados,
identificando as dificuldades existentes e corrigindo rumos.
 Obter indicadores que permitam aperfeiçoar o processo de ensino e buscar novas
metodologias.
 Avaliação contínua e processual.

LÍNGUA PORTUGUESA

4º ano

2º bimestre

Competências

PRODUÇÃO E COMPREENSÃO ORAL

 Utilização da expressão oral para trocar ideias, experiências e sentimentos, adotando


atitude respeitosa ante as contribuições dos colegas e observando as regras próprias das
situações comunicativas de diálogo, conversação, debate e etc.

6
 Compreensão da expressão oral, nas diversas modalidades de linguagem, nas
situações de uso em seu cotidiano.
 Compreensão do que ouve, argumentando comparando e tirando conclusões de
situações vivenciadas ou relacionadas a textos lidos.
 Construção de textos orais, a partir de um assunto, em diferentes linguagens,
demonstrando clareza e sequência lógica.
 Leitura fluente respeitando a entonação, pausas e acentuação frasal de diferentes
gêneros de textos.

PRODUÇÃO E COMPREENSÃO DA LEITURA E ESCRITA

 Compreensão da funcionalidade da leitura e da escrita através dos diversos usos da


língua(gem) em seu cotidiano como expressão de ideias, sentimentos e pensamentos.
 Produção de textos com clareza, ordenação lógica do pensamento, com adequada
utilização do papel e disposição gráfica da margem.
 Interpretação de um texto, identificando a ideia principal e a temática a partir da
análise de personagens e situações.
 Reconhecimento da organização gráfica e ideativa de textos em suas diversas
tipologias.

ANÁLISE E REFLEXÃO SOBRE A LÍNGUA

 Reconhecimento de textos em diferentes tipologias como unidade significativa da


língua em uso.
 Adequação da linguagem escrita à situações de uso mais formal ou menos formal.
 Utilização de recursos linguísticos expressivos (pontuação e vocabulário) e sua
adequação às situações de uso.
 Recriação de textos a partir de outros lidos, observando as diferentes maneiras de
construí-los.
 Emprego de elementos coesivos, estabelecendo relações entre parágrafos, através
do uso de conectivos apropriados ao tipo de desenvolvimento de texto.
 Percepção de semelhanças e diferenças entre linguagem oral e linguagem escrita.
 Ampliação/reordenação de frases respeitando as regras básicas de concordância
nominal e verbal da norma padrão.

7
 Utilização do dicionário buscando a ortografia, sinônimos e diferenças de significado,
em diferentes contextos.
 Utilização das diferentes flexões das palavras percebendo diversos significados e
adequação ao contexto oracional.

Conteúdos

PRODUÇÃO E COMPREENSÃO ORAL

 Textos verbais (orais e escritos) e não-verbais (imagens, gestos, desenhos, pintura,


música, etc.).
 Reordenação e ampliação de textos.
 Modificação de textos (oralmente): narrativos, descritivos, poesias, etc.
 Criação e caracterização de personagens e cenas/situações (dramatização de
diálogos)
 Entrevistas
 Poesias

PRODUÇÃO E COMPREENSÃO DA LEITURA E ESCRITA

 Textos em prosa e verso:


 Textos narrativos
a) Tipos: literatura infantil, fábulas, lendas, mitos, contos, romances,
notícias, crônicas, reportagens, etc.
1. Partes (início / desenvolvimento / final)
2. Sequência: temporal e/ou causal
3. Características dos personagens e cenas/ situações.
 Textos usados nos meios de comunicação
a) Tipos: conversas (telefone), carta, manchetes, reportagens, anúncios,
legendas, propagandas, desenhos infantis, charges, etc.
 Textos em verso
a) Temática
b) Estrutura (estrofes, rimas, etc.)
 Histórias em quadrinhos
 Textos não-verbais: imagens, gestos, pintura, música, desenho, escultura,
mímica, etc
 Uso do dicionário.
 Projeto Conto de Fadas

ANÁLISE E REFLEXÃO SOBRE A LÍNGUA

8
 Acentuação gráfica
 Verbo: modo indicativo
 Substantivos simples, composto, coletivo, singular e plural
 Pronomes pessoais, caso reto, obliquo e tratamento
 Ortografia (que, quê, uso dos porquês, há, a, sons do x)
 Pontuação (parágrafo, vírgula, travessão)
 Classificação quanto ao número de silaba e sílaba tônica

Habilidades

PRODUÇÃO E COMPREENSÃO ORAL

 Relata/ouve fatos e experiências vivenciados, expressando opinião, através da


narração ou descrição, com clareza e sequencia lógica.
 Resume e amplia histórias ouvidas, mantendo a ideia principal e a sequencia lógica
das ações.
 Cria/recria início, meio e fim para historias e fatos.
 Percebe diferenças na fala de pessoas de outras regiões ou de outras épocas.
 Produz e transmite recados em diferentes situações concretas.
 Descreve, a partir de estímulos, emoções e sensações experimentadas.
 Reconta histórias lidas/ouvidas.
 Expressa impressões a partir da leitura de textos poéticos.
 Participa ativamente de produção de textos coletivos.

PRODUÇÃO E COMPREENSÃO DA LEITURA E ESCRITA

 Lê diversos tipos de textos (individuais, coletivos, literários, quadrinhos, não-verbais,


etc.) identificando os usos dos mesmos em contextos variados, a partir da interpretação
de suas mensagens.
 Produz textos escritos a partir de situações vivenciadas, temas livres ou propostos,
com clareza, coesão e sequencia lógica.
 Amplia o vocabulário, através do uso do dicionário na pesquisa sobre o significado de
palavras de texto.
 Planeja e registra entrevistas orientadas.

9
 Utiliza recursos necessários à compreensão global do texto
(paragrafação/pontuação).
 Diferencia parágrafos e estrofe em uso.
 Transcreve diálogos, sob a forma de texto narrativo, utilizando pontuação.
 Copia textos escritos em suportes (livros, quadro-de-giz, murais e cartazes) como
forma de registrar as informações a que tem acesso.

ANÁLISE E REFLEXÃO SOBRE A LÍNGUA

 Utiliza as classes gramaticais em estruturação de textos e frases, nas diversas


modalidades de linguagem, observando o uso da concordância nominal e verbal.
 Separa as sílabas da palavra funcionalmente (em texto).
 Faz uso do dicionário em diferentes contextos.
 Utiliza recursos de escrita (pontuação) para representar pausas e entonação.
 Reescreve, em outro tempo verbal, frases ou textos mantendo clareza e sequencia
lógica.
 Reordena frases modificando ideias de tempo, de forma coerente e coesa.
 Faz autocorreção da ortografia através do uso de dicionários e consulta a outros
suportes de informação.
 Substitui palavras, em contexto, sem alterar o sentido da frase ou texto.

Metodologia

 Leitura diária de diferentes gêneros literários e não literários.


 Interpretação oral e escrita.
 Mobilizar procedimentos de leitura.
 Oportunizar discussões orais.
 Produção de texto coletivo, individual ou em grupo.
 Dramatização.
 Ilustração.
 Leitura dirigida e compartilhada.
 Interações verbais: rodas de conversa, de leitura, relatos, exposições orais.
 Práticas de leitura e escrita.
 Recursos audiovisuais.
 Roda de jornal.
 Manuseio de diferentes tipos de suportes de textos: livros, revistas, dicionários dentre
outros.
 Ortografia.
 Reescrita de textos orais e escritos.
 Ditado.
 Respeito pela produção própria e alheia.
 Cruzadinha.

10
Avaliação

 Avaliação diagnóstica - aferir conhecimentos, competências e habilidades dos alunos


antes de iniciar o processo ensino e aprendizagem para fornecer subsídios ao professor
em seu trabalho no decorrer do ano letivo.
 Observação diária do progresso dos alunos com foco na aprendizagem (conceitos,
atitudes, procedimentos).
 Avaliação formativa – verificar se os objetivos do plano de ensino foram alcançados,
identificando as dificuldades existentes e corrigindo rumos.
 Obter indicadores que permitam aperfeiçoar o processo de ensino e buscar novas
metodologias.
 Avaliação contínua e processual.

11
LÍNGUA PORTUGUESA

4º ano

3º bimestre

Competências

PRODUÇÃO E COMPREENSÃO ORAL

 Utilização da expressão oral para trocar ideias, experiências e sentimentos, adotando


atitude respeitosa ante as contribuições dos colegas e observando as regras próprias das
situações comunicativas de diálogo, conversação, debate e etc.
 Compreensão da expressão oral, nas diversas modalidades de linguagem, nas
situações de uso em seu cotidiano.
 Compreensão do que ouve, argumentando comparando e tirando conclusões de
situações vivenciadas ou relacionadas a textos lidos.
 Construção de textos orais, a partir de um assunto, em diferentes linguagens,
demonstrando clareza e sequência lógica.
 Leitura fluente respeitando a entonação, pausas e acentuação frasal de diferentes
gêneros de textos.
 Emissão de opiniões em debates sobre fatos vivenciados ou veiculados pelos meios
de comunicação.
 Modificação de histórias ou fatos, criando novas situações pela introdução de novos
personagens.

PRODUÇÃO E COMPREENSÃO DA LEITURA E ESCRITA

 Compreensão da funcionalidade da leitura e da escrita através dos diversos usos da


língua(gem) em seu cotidiano como expressão de ideias, sentimentos e pensamentos.
 Produção de textos com clareza, ordenação lógica do pensamento, com adequada
utilização do papel e disposição gráfica da margem.

12
 Interpretação de um texto, identificando a ideia principal e a temática a partir da
análise de personagens e situações.
 Reconhecimento da organização gráfica e ideativa de textos em suas diversas
tipologias.
 Transposição de ideias e situações expressas de uma língua(gem) para outra.

ANÁLISE E REFLEXÃO SOBRE A LÍNGUA

 Reconhecimento de textos em diferentes tipologias como unidade significativa da


língua em uso.
 Adequação da linguagem escrita à situações de uso mais formal ou menos formal.
 Utilização de recursos linguísticos expressivos (pontuação e vocabulário) e sua
adequação às situações de uso.
 Recriação de textos a partir de outros lidos, observando as diferentes maneiras de
construí-los.
 Emprego de elementos coesivos, estabelecendo relações entre parágrafos, através
do uso de conectivos apropriados ao tipo de desenvolvimento de texto.
 Percepção de semelhanças e diferenças entre linguagem oral e linguagem escrita.
 Ampliação/reordenação de frases respeitando as regras básicas de concordância
nominal e verbal da norma padrão.
 Utilização do dicionário buscando a ortografia, sinônimos e diferenças de significado,
em diferentes contextos.
 Utilização das diferentes flexões das palavras percebendo diversos significados e
adequação ao contexto oracional.

Conteúdos

PRODUÇÃO E COMPREENSÃO ORAL

 Textos verbais (orais e escritos) e não-verbais (imagens, gestos, desenhos, pintura,


música, etc.).
 Reordenação e ampliação de textos.
 Modificação de textos (oralmente): narrativos, descritivos, poesias, etc.
 Criação e caracterização de personagens e cenas/situações (dramatização de
diálogos)
13
 Debates: espaços das opiniões
 Entrevistas
 Poesias

PRODUÇÃO E COMPREENSÃO DA LEITURA E ESCRITA

 Textos em prosa e verso:


 Textos descritivos
a) Características de personagens, cenas, objetos, etc.
 Textos práticos
a) Tipos: bilhetes, recados, avisos, anúncios, convites, receitas, etc.
 Textos usados nos meios de comunicação
a) Tipos: conversas (telefone), carta, manchetes, reportagens, anúncios,
legendas, propagandas, desenhos infantis, charges, etc.
 Textos em verso
a) Temática
b) Estrutura (estrofes, rimas, etc.)
 Histórias em quadrinhos
 Textos não-verbais: imagens, gestos, pintura, música, desenho, escultura,
mímica, etc
 Uso do dicionário.

 Projeto Conto de Fadas.


 Projeto: Carta de leitor (sequência didática) e gêneros textuais da esfera
jornalística.

ANÁLISE E REFLEXÃO SOBRE A LÍNGUA

 Tipos de frases: afirmativa, negativa, interrogativa


 Pronome possessivo
 Prefixo e sufixo
 Ortografia (s/ss, traz/trás, s/ç, c/g
 Dígrafos
 Substantivo concreto e abstrato
 Diminutivo/aumentativo
 Acentuação
 Pontuação

Habilidades

14
PRODUÇÃO E COMPREENSÃO ORAL

 Relata/ouve fatos e experiências vivenciados, expressando opinião, através da


narração ou descrição, com clareza e sequencia lógica.
 Resume e amplia histórias ouvidas, mantendo a idéia principal e a sequencia lógica
das ações.
 Cria/recria início, meio e fim para historias e fatos.
 Percebe diferenças na fala de pessoas de outras regiões ou de outras épocas.
 Produz e transmite recados em diferentes situações concretas.
 Descreve, a partir de estímulos, emoções e sensações experimentadas.
 Reconta histórias lidas/ouvidas.
 Expressa impressões a partir da leitura de textos poéticos.
 Participa ativamente de produção de textos coletivos.
 Interroga quando não compreende o assunto/tema discutido ou exposto.

PRODUÇÃO E COMPREENSÃO DA LEITURA E ESCRITA

 Lê diversos tipos de textos (individuais, coletivos, literários, quadrinhos, não-verbais,


etc.) identificando os usos dos mesmos em contextos variados, a partir da interpretação
de suas mensagens.
 Produz textos escritos a partir de situações vivenciadas, temas livres ou propostos,
com clareza, coesão e sequencia lógica.
 Utiliza em textos escritos, vocabulário adequado.
 Amplia o vocabulário, através do uso do dicionário na pesquisa sobre o significado de
palavras de texto.
 Utiliza recursos necessários à compreensão global do texto
(paragrafação/pontuação).
 Diferencia parágrafos e estrofe em uso.
 Transcreve diálogos, sob a forma de texto narrativo, utilizando pontuação.
 Copia textos escritos em suportes (livros, quadro-de-giz, murais e cartazes) como
forma de registrar as informações a que tem acesso.

ANÁLISE E REFLEXÃO SOBRE A LÍNGUA

 Separa as sílabas da palavra funcionalmente (em texto).


15
 Faz uso do dicionário em diferentes contextos.
 Utiliza recursos de escrita (pontuação) para representar pausas e entonação.
 Reescreve, em outro tempo verbal, frases ou textos mantendo clareza e sequencia
lógica.
 Substitui elementos da frase por outros sem alterar as concordâncias.
 Reordena frases modificando idéias de tempo, de forma coerente e coesa.
 Utiliza, em textos e frases, as regras básicas de concordância nominal e verbal.
 Substitui palavras, em contexto, sem alterar o sentido da frase ou texto.

Metodologia

 Leitura diária de diferentes gêneros literários e não literários.


 Interpretação oral e escrita.
 Mobilizar procedimentos de leitura.
 Oportunizar discussões orais.
 Produção de texto coletivo, individual ou em grupo.
 Dramatização.
 Ilustração.
 Leitura dirigida e compartilhada.
 Interações verbais: rodas de conversa, de leitura, relatos, exposições orais.
 Manuseio de diferentes tipos de suportes de textos: livros, revistas, dicionários dentre
outros.
 Ortografia.
 Reescrita de textos orais e escritos.
 Ditado.
 Respeito pela produção própria e alheia.
 Cruzadinha.
 Práticas de leitura e escrita.
 Revisão e reescrita individual ou coletivo de textos próprios ou de outros.
 Recursos audiovisuais.
 Excursão - Cinema

Avaliação
 Avaliação diagnóstica - aferir conhecimentos, competências e habilidades dos alunos
antes de iniciar o processo ensino e aprendizagem para fornecer subsídios ao professor
em seu trabalho no decorrer do ano letivo.
 Observação diária do progresso dos alunos com foco na aprendizagem (conceitos,
atitudes, procedimentos).
 Avaliação formativa – verificar se os objetivos do plano de ensino foram alcançados,
identificando as dificuldades existentes e corrigindo rumos.
 Obter indicadores que permitam aperfeiçoar o processo de ensino e buscar novas
metodologias.
 Avaliação contínua e processual.

16
LÍNGUA PORTUGUESA

4º ano

4º bimestre

Competências

PRODUÇÃO E COMPREENSÃO ORAL

 Utilização da expressão oral para trocar idéias, experiências e sentimentos, adotando


atitude respeitosa ante as contribuições dos colegas e observando as regras próprias das
situações comunicativas de diálogo, conversação, debate e etc.
 Compreensão da expressão oral, nas diversas modalidades de linguagem, nas
situações de uso em seu cotidiano.
 Compreensão do que ouve, argumentando comparando e tirando conclusões de
situações vivenciadas ou relacionadas a textos lidos.
17
 Construção de textos orais, a partir de um assunto, em diferentes linguagens,
demonstrando clareza e sequência lógica.
 Leitura fluente respeitando a entonação, pausas e acentuação frasal de diferentes
gêneros de textos.
 Emissão de opiniões em debates sobre fatos vivenciados ou veiculados pelos meios
de comunicação.
 Modificação de histórias ou fatos, criando novas situações pela introdução de novos
personagens.

PRODUÇÃO E COMPREENSÃO DA LEITURA E ESCRITA

 Compreensão da funcionalidade da leitura e da escrita através dos diversos usos da


língua(gem) em seu cotidiano como expressão de idéias, sentimentos e pensamentos.
 Produção de textos com clareza, ordenação lógica do pensamento, com adequada
utilização do papel e disposição gráfica da margem.
 Interpretação de um texto, identificando a idéia principal e a temática a partir da
análise de personagens e situações.
 Reconhecimento da organização gráfica e ideativa de textos em suas diversas
tipologias.
 Transposição de idéias e situações expressas de uma língua(gem) para outra.

ANÁLISE E REFLEXÃO SOBRE A LÍNGUA

 Reconhecimento de textos em diferentes tipologias como unidade significativa da


língua em uso.
 Adequação da linguagem escrita à situações de uso mais formal ou menos formal.
 Utilização de recursos linguísticos expressivos (pontuação e vocabulário) e sua
adequação às situações de uso.
 Recriação de textos a partir de outros lidos, observando as diferentes maneiras de
construí-los.
 Emprego de elementos coesivos, estabelecendo relações entre parágrafos, através
do uso de conectivos apropriados ao tipo de desenvolvimento de texto.
 Percepção de semelhanças e diferenças entre linguagem oral e linguagem escrita.

18
 Ampliação/reordenação de frases respeitando as regras básicas de concordância
nominal e verbal da norma padrão.
 Utilização do dicionário buscando a ortografia, sinônimos e diferenças de significado,
em diferentes contextos.
 Utilização das diferentes flexões das palavras percebendo diversos significados e
adequação ao contexto oracional.

Conteúdos

PRODUÇÃO E COMPREENSÃO ORAL

 Textos verbais (orais e escritos) e não-verbais (imagens, gestos, desenhos, pintura,


música, etc.).
 Reordenação e ampliação de textos.
 Modificação de textos (oralmente): narrativos, descritivos, poesias, etc.
 Criação e caracterização de personagens e cenas/situações (dramatização de
diálogos)
 Debates: espaços das opiniões
 Entrevistas
 Poesias

PRODUÇÃO E COMPREENSÃO DA LEITURA E ESCRITA

 Textos em prosa e verso:


 Textos narrativos
a) Tipos: literatura infantil, fábulas, lendas, mitos, contos, romances,
notícias, crônicas, reportagens, etc.
1. Partes (início / desenvolvimento / final)
2. Sequência: temporal e/ou causal
3. Características dos personagens e cenas/ situações.
 Textos descritivos
a) Características de personagens, cenas, objetos, etc.
 Textos práticos
a) Tipos: bilhetes, recados, avisos, anúncios, convites, receitas, etc.
 Textos usados nos meios de comunicação
a) Tipos: conversas (telefone), carta, manchetes, reportagens, anúncios,
legendas, propagandas, desenhos infantis, charges, etc.
 Textos em verso
a) Temática
b) Estrutura (estrofes, rimas, etc.)
 Histórias em quadrinhos

19
 Textos não-verbais: imagens, gestos, pintura, música, desenho, escultura,
mímica, etc
 Uso do dicionário.

 Projeto Arte e Manha: Contos de esperteza.


 Projeto: Carta de leitor (sequência didática) e gêneros textuais da esfera
jornalística.

ANÁLISE E REFLEXÃO SOBRE A LÍNGUA

 Verbos, tempos verbais


 Pronome demonstrativo
 Uso do S ou Z; C ou Ç
 Concordância nominal e verbal
 Sob/sobre

Habilidades

PRODUÇÃO E COMPREENSÃO ORAL

 Relata/ouve fatos e experiências vivenciados, expressando opinião, através da


narração ou descrição, com clareza e sequencia lógica.
 Resume e amplia histórias ouvidas, mantendo a ideia principal e a sequencia lógica
das ações.
 Cria/recria início, meio e fim para historias e fatos.
 Dramatiza diálogos a partir de um texto.
 Percebe diferenças na fala de pessoas de outras regiões ou de outras épocas.
 Produz e transmite recados em diferentes situações concretas.
 Descreve, a partir de estímulos, emoções e sensações experimentadas.
 Reconta histórias lidas/ouvidas.
 Descreve experiências realizadas nas outras áreas de estudo.
 Planeja e avalia a sua participação nas atividades e a dos seus colegas.
 Expressa impressões a partir da leitura de textos poéticos.
 Participa ativamente de produção de textos coletivos.
20
 Interroga quando não compreende o assunto/tema discutido ou exposto.

PRODUÇÃO E COMPREENSÃO DA LEITURA E ESCRITA

 Lê diversos tipos de textos (individuais, coletivos, literários, quadrinhos, não-verbais,


etc.) identificando os usos dos mesmos em contextos variados, a partir da interpretação
de suas mensagens.
 Produz textos escritos a partir de situações vivenciadas, temas livres ou propostos,
com clareza, coesão e sequencia lógica.
 Comenta, criticamente, textos lidos analisando os personagens e situações
envolvidas.
 Utiliza em textos escritos, vocabulário adequado.
 Amplia o vocabulário, através do uso do dicionário na pesquisa sobre o significado de
palavras de texto.
 Planeja e registra entrevistas orientadas.
 Utiliza recursos necessários à compreensão global do texto
(paragrafação/pontuação).
 Diferencia parágrafos e estrofe em uso.
 Transcreve diálogos, sob a forma de texto narrativo, utilizando pontuação.
 Copia textos escritos em suportes (livros, quadro-de-giz, murais e cartazes) como
forma de registrar as informações a que tem acesso.

ANÁLISE E REFLEXÃO SOBRE A LÍNGUA

 Utiliza as classes gramaticais em estruturação de textos e frases, nas diversas


modalidades de linguagem, observando o uso da concordância nominal e verbal.
 Separa as sílabas da palavra funcionalmente (em texto).
 Faz uso do dicionário em diferentes contextos.
 Utiliza recursos de escrita (pontuação) para representar pausas e entonação.
 Reescreve, em outro tempo verbal, frases ou textos mantendo clareza e sequencia
lógica.
 Substitui elementos da frase por outros sem alterar as concordâncias.
 Reordena frases modificando idéias de tempo, de forma coerente e coesa.
 Utiliza, em textos e frases, as regras básicas de concordância nominal e verbal.
 Faz autocorreção da ortografia através do uso de dicionários e consulta a outros
suportes de informação.
 Substitui palavras, em contexto, sem alterar o sentido da frase ou texto.

Metodologia

21
 Leitura diária de diferentes gêneros literários e não literários.
 Interpretação oral e escrita.
 Mobilizar procedimentos de leitura.
 Oportunizar discussões orais.
 Produção de texto coletivo, individual ou em grupo.
 Produção de novas versões de textos literários.
 Dramatização.
 Ilustração.
 Leitura dirigida e compartilhada.
 Interações verbais: rodas de conversa, de leitura, relatos, exposições orais.
 Manuseio de diferentes tipos de suportes de textos: livros, revistas, dicionários dentre
outros.
 Ortografia.
 Reescrita de textos orais e escritos.
 Ditado.
 Cruzadinha.
 Práticas de leitura e escrita.
 Revisão e reescrita individual ou coletivo de textos próprios ou de outros.
 Recursos audiovisuais.

Avaliação

 Avaliação diagnóstica - aferir conhecimentos, competências e habilidades dos alunos


antes de iniciar o processo ensino e aprendizagem para fornecer subsídios ao professor
em seu trabalho no decorrer do ano letivo.
 Observação diária do progresso dos alunos com foco na aprendizagem (conceitos,
atitudes, procedimentos).
 Avaliação formativa – verificar se os objetivos do plano de ensino foram alcançados,
identificando as dificuldades existentes e corrigindo rumos.
 Obter indicadores que permitam aperfeiçoar o processo de ensino e buscar novas
metodologias.
 Avaliação contínua e processual.

MATEMÁTICA

4º ano

1º bimestre

22
Competências

Números
 Reconhece números naturais e racionais no contexto diário.

Operações
 Compreende o significado das operações com números naturais como facilitador na
interpretação e resolução de situações-problema.
 Utiliza as operações básicas na resolução de situações-problema.

Espaço e forma
 Identifica semelhanças e diferenças entre poliedros e seus elementos.
 Percebe diferenças e diferenças entre formas espaciais e planas.
 Reconhece as relações geométricas em formas planas.

Grandezas e medidas
 Utiliza o vocabulário específico do sistema monetário brasileiro, em situações do
cotidiano.
 Relaciona cédulas e moedas que circulam no país, aos seus valores, utilizando-as em
resolução de situações-problema.
 Percebe as unidades de medida de tempo.

Tratamento da informação
 Interpretação de dados do cotidiano apresentados sob forma de tabelas e gráficos.

Conteúdos

Números
 Números naturais
 Classificação
 Ordenação
 Sistema de numeração decimal.
 Composição
 Decomposição

Operações
 Operações com números naturais

23
 Adição
 Subtração
 Operações inversas
 Tabuada

Espaço e forma
 Formas geométricas planas
 Quadriláteros, triângulos e círculos.
 Figuras geométricas
 Localização e movimentação

Grandezas e medidas
 Sistema monetário brasileiro.
 Troca de cédulas
 Troco
 Compra e venda
 Noção de tempo (antes, durante e depois).
 Dia, semana, mês e ano.

Tratamento da informação
 Estatística
 Tabelas
 Gráficos.
 EMAI

Habilidades

Números
 Conta em escalas ascendentes e descendentes a partir de qualquer número natural
dado;
 Reconhece números naturais no contexto diário;

Operações
 Interpreta e resolve situações-problema compreendendo diferentes significados das
operações envolvendo números naturais;
 Calcula resultado de operações com os números naturais por meio de estratégias
pessoais e de uso de técnicas operatórias convencionais.

Espaço e forma
 Interpreta no plano a posição de uma pessoa ou objeto;

24
 Representa no plano a movimentação de um objeto ou pessoa;
 Reconhece semelhanças e diferenças entre as formas geométricas.

Grandezas e medidas
 Utiliza medidas de tempo (dias e semanas, horas e dias, semanas e meses);
 Utiliza o sistema monetário brasileiro em situações-problema.

Tratamento da informação
 Resolve situações-problema com dados apresentados da maneira organizada por
meio de tabelas simples e gráficos de colunas;
 Interpreta gráficos e tabelas com base em informações contidas em textos
jornalísticos, científicos ou outros.

Metodologia

 Realizar atividades com números nos diferentes contextos


 Brincadeiras, jogos e materiais concretos e material dourado
 Contagem e representação dos numerais
 Explorar diferentes procedimentos para comparar grandezas e medidas
 Descrição e representação de percursos e trajetos, observando pontos de referencia.
 Pesquisa e coleta de dados
 Calendário
 Cartaz, valor, lugar
 Ábaco
 Sólidos geométrico
 Recursos audiovisuais.

Avaliação

 Avaliação diagnóstica - aferir conhecimentos, competências e habilidades dos alunos


antes de iniciar o processo ensino e aprendizagem para fornecer subsídios ao professor
em seu trabalho no decorrer do ano letivo.
 Observação diária do progresso dos alunos com foco na aprendizagem (conceitos,
atitudes, procedimentos).
 Avaliação formativa – verificar se os objetivos do plano de ensino foram alcançados,
identificando as dificuldades existentes e corrigindo rumos.
 Obter indicadores que permitam aperfeiçoar o processo de ensino e buscar novas
metodologias.
 Avaliação contínua e processual.

25
MATEMÁTICA

4º ano

2º bimestre

Competências

Números
 Reconhece números naturais e racionais no contexto diário.

Operações
 Compreende o significado das operações com números naturais como facilitador na
interpretação e resolução de situações-problema.
 Utiliza as operações básicas na resolução de situações-problema.

Espaço e forma
 Identifica semelhanças e diferenças entre poliedros e seus elementos.
 Percebe diferenças e diferenças entre formas espaciais e planas.
 Desloca-se em diferentes espaços, estabelecendo relações espaciais.
 Reconhece as relações geométricas em formas planas.

26
Grandezas e medidas
 Utiliza o vocabulário específico do sistema monetário brasileiro, em situações do
cotidiano.
 Relaciona cédulas e moedas que circulam no país, aos seus valores, utilizando-as em
resolução de situações-problema.
 Percebe as unidades de medida de tempo.

Tratamento da informação
 Interpretação de dados do cotidiano apresentados sob forma de tabelas e gráficos.

Conteúdos

Números
 Números naturais
 Classificação
 Ordenação
 Sistema de numeração decimal.
 Composição
 Decomposição

Operações
 Operações com números naturais
 Adição
 Subtração
 Multiplicação
 Operações inversas
 Tabuada

Espaço e forma
 Sólidos geométricos
 Vértice, face e aresta
 Formas geométricas planas
 Quadriláteros, triângulos e círculos.
 Figuras geométricas
 Localização e movimentação

Grandezas e medidas
 Sistema monetário brasileiro.
 Troca de cédulas
 Troco
 Compra e venda
 Noção de tempo (antes, durante e depois).
 Dia, semana, mês e ano.
27
 Bimestre, semestre
 Décadas, século e milênio
 Horas, minutos e segundos.

Tratamento da informação
 Estatística
 Tabelas
 Gráficos.
 EMAI

Habilidades

Números
 Conta em escalas ascendentes e descendentes a partir de qualquer número natural
dado;
 Reconhece números naturais e números racionais no contexto diário;

Operações
 Interpreta e resolve situações-problema compreendendo diferentes significados das
operações envolvendo números naturais;
 Constrói fatos básicos da adição e subtração a partir de situações-problema;
 Utiliza a decomposição das escritas numéricas para a realização de cálculos que
envolvem a multiplicação;
 Calcula resultado de operações com os números naturais por meio de estratégias
pessoais e de uso de técnicas operatórias convencionais.

Espaço e forma
 Interpreta no plano a posição de uma pessoa ou objeto;
 Representa no plano a movimentação de um objeto ou pessoa;
 Reconhece semelhanças e diferenças entre corpos redondos (esfera, cone e cilindro);
 Reconhece semelhanças e diferenças entre poliedros (prismas e pirâmides) e
identificar elementos como faces, vértices e arestas;

Grandezas e medidas
 Utiliza medidas de tempo (dias e semanas, horas e dias, semanas e meses);

28
 Utiliza o sistema monetário brasileiro em situações-problema;

Tratamento da informação
 Resolve situações-problema com dados apresentados da maneira organizada por
meio de tabelas simples e gráficos de colunas;
 Interpreta gráficos e tabelas com base em informações contidas em textos
jornalísticos, científicos ou outros.

Metodologia

 Marcação do tempo por meio de calendários


 Realizar atividades com números nos diferentes contextos
 Contagem e representação dos numerais
 Explorar diferentes procedimentos para comparar grandezas e medidas
 Brincadeiras, jogos e materiais concretos e material dourado
 Descrição e representação de percursos e trajetos, observando pontos de referencia.
 Pesquisa e coleta de dados
 Cartaz, valor, lugar
 Ábaco
 Sólidos geométrico
 Recursos audiovisuais.

Avaliação

 Avaliação diagnóstica - aferir conhecimentos, competências e habilidades dos alunos


antes de iniciar o processo ensino e aprendizagem para fornecer subsídios ao professor
em seu trabalho no decorrer do ano letivo.
 Observação diária do progresso dos alunos com foco na aprendizagem (conceitos,
atitudes, procedimentos).
 Avaliação formativa – verificar se os objetivos do plano de ensino foram alcançados,
identificando as dificuldades existentes e corrigindo rumos.
 Obter indicadores que permitam aperfeiçoar o processo de ensino e buscar novas
metodologias.
 Avaliação contínua e processual.

MATEMÁTICA

4º ano

29
3º bimestre

Competências

Números
 Reconhece números naturais e racionais no contexto diário.

Operações
 Compreende o significado das operações com números naturais como facilitador na
interpretação e resolução de situações-problema.
 Utiliza as operações básicas na resolução de situações-problema.
 Usa o conceito de fração em situações-problema.

Espaço e forma
 Identifica semelhanças e diferenças entre poliedros e seus elementos.
 Percebe diferenças e diferenças entre formas espaciais e planas.
 Identifica objetos no espaço, com base em diferentes pontos de referência.
 Reconhece as relações geométricas em formas planas.

Grandezas e medidas
 Utiliza o vocabulário específico do sistema monetário brasileiro, em situações do
cotidiano.
 Relaciona cédulas e moedas que circulam no país, aos seus valores, utilizando-as em
resolução de situações-problema.
 Percebe as unidades de medida de tempo.
 Utiliza e relaciona as unidades padronizadas de medidas de comprimento em
situações contextualizadas.
 Identifica as unidades de medida de tempo estabelecendo noções de duração.

Tratamento da informação
 Interpretação de dados do cotidiano apresentados sob forma de tabelas e gráficos.

Conteúdos

Números
 Números naturais
 Classificação
 Ordenação
30
 Sistema de numeração decimal.
 Composição
 Decomposição
 Números racionais – frações

Operações
 Operações com números naturais
 Adição
 Subtração
 Multiplicação
 Divisão
 Operações inversas
 Tabuada
 Adição e subtração de frações

Espaço e forma
 Sólidos geométricos
 Vértice, face e aresta
 Formas geométricas planas
 Quadriláteros, triângulos e círculos.
 Figuras geométricas
 Formas espaciais: cubo, bloco retangular, prisma, pirâmide.
 Formas espaciais redondas: esfera, cilindro e cone.
 Localização e movimentação

Grandezas e medidas
 Sistema monetário brasileiro.
 Troca de cédulas
 Troco
 Compra e venda
 Noção de tempo (antes, durante e depois).
 Dia, semana, mês e ano.
 Bimestre, semestre
 Décadas, século e milênio
 Horas, minutos e segundos.
 Medidas de comprimento
 Perímetro
 Área

Tratamento da informação
 Estatística
 Tabelas
 Gráficos.
 EMAI

Habilidades
31
Números
 Conta em escalas ascendentes e descendentes a partir de qualquer número natural
dado;
 Reconhece números naturais e números racionais no contexto diário;
 Lê números racionais de uso frequente na representação fracionária;

Operações
 Interpreta e resolve situações-problema compreendendo diferentes significados das
operações envolvendo números naturais;
 Constrói fatos básicos da multiplicação a partir de situações-problema;
 Utiliza a decomposição das escritas numéricas para a realização de cálculos que
envolvem a multiplicação e a divisão;
 Calcula resultado de operações com os números naturais por meio de estratégias
pessoais e de uso de técnicas operatórias convencionais.

Espaço e forma
 Interpreta no plano a posição de uma pessoa ou objeto;
 Representa no plano a movimentação de um objeto ou pessoa;
 Reconhece semelhanças e diferenças entre corpos redondos (esfera, cone e cilindro);
 Reconhece semelhanças e diferenças entre poliedros (prismas e pirâmides) e
identificar elementos como faces, vértices e arestas;

Grandezas e medidas
 Utiliza medidas de tempo (dias e semanas, horas e dias, semanas e meses);
 Utiliza o sistema monetário brasileiro em situações-problema;
 Calcula o perímetro e a área de figuras planas.

Tratamento da informação
 Resolve situações-problema com dados apresentados da maneira organizada por
meio de tabelas simples e gráficos de colunas;
 Interpreta gráficos e tabelas com base em informações contidas em textos
jornalísticos, científicos ou outros.

32
Metodologia

 Marcação do tempo por meio de calendários


 Realizar atividades com números nos diferentes contextos
 Contagem e representação dos numerais
 Explorar diferentes procedimentos para comparar grandezas e medidas
 Brincadeiras, jogos e materiais concretos e material dourado
 Descrição e representação de percursos e trajetos, observando pontos de referencia.
 Pesquisa e coleta de dados
 Cartaz, valor, lugar
 Calculo mental
 Situações-problema com e sem desenhos.
 Ábaco
 Sólidos geométrico
 Recursos audiovisuais.

Avaliação

 Avaliação diagnóstica - aferir conhecimentos, competências e habilidades dos alunos


antes de iniciar o processo ensino e aprendizagem para fornecer subsídios ao professor
em seu trabalho no decorrer do ano letivo.
 Observação diária do progresso dos alunos com foco na aprendizagem (conceitos,
atitudes, procedimentos).
 Avaliação formativa – verificar se os objetivos do plano de ensino foram alcançados,
identificando as dificuldades existentes e corrigindo rumos.
 Obter indicadores que permitam aperfeiçoar o processo de ensino e buscar novas
metodologias.
 Avaliação contínua e processual.

33
MATEMÁTICA

4º ano

4º bimestre

Competências

Números
 Reconhece números naturais e racionais no contexto diário.

Operações
 Compreende o significado das operações com números naturais como facilitador na
interpretação e resolução de situações-problema.
 Utiliza as operações básicas na resolução de situações-problema.
 Usa o conceito de fração em situações-problema.
 Identifica décimos e centésimos relacionando-os ao sistema de medidas.

Espaço e forma
 Identifica semelhanças e diferenças entre poliedros e seus elementos.
 Percebe diferenças e diferenças entre formas espaciais e planas.
 Identifica objetos no espaço, com base em diferentes pontos de referência.
 Desloca-se em diferentes espaços, estabelecendo relações espaciais.
 Reconhece as relações geométricas em formas planas.

Grandezas e medidas
 Utiliza o vocabulário específico do sistema monetário brasileiro, em situações do
cotidiano.
 Relaciona cédulas e moedas que circulam no país, aos seus valores, utilizando-as em
resolução de situações-problema.

34
 Percebe as unidades de medida de tempo.
 Utiliza e relaciona as unidades padronizadas de medidas de comprimento, massa e
capacidade em situações contextualizadas.
 Identifica as unidades de medida de tempo estabelecendo noções de duração.

Tratamento da informação
 Interpretação de dados do cotidiano apresentados sob forma de tabelas e gráficos.

Conteúdos

Números
 Números naturais
 Sistema de numeração decimal.
 Números racionais – frações
 Números decimais

Operações
 Operações com números naturais
 Adição
 Subtração
 Multiplicação
 Divisão
 Operações inversas
 Tabuada
 Adição e subtração de frações
 Adição e subtração de números com vírgula.

Espaço e forma
 Sólidos geométricos
 Vértice, face e aresta
 Formas geométricas planas
 Quadriláteros, triângulos e círculos.
 Figuras geométricas
 Segmento de reta
 Figuras bidimensionais e tridimensionais
 Formas espaciais: cubo, bloco retangular, prisma, pirâmide.
 Formas espaciais redondas: esfera, cilindro e cone.
 Localização e movimentação

Grandezas e medidas
 Sistema monetário brasileiro.
 Troca de cédulas
 Troco
35
 Compra e venda
 Noção de tempo (antes, durante e depois).
 Dia, semana, mês e ano.
 Bimestre, semestre
 Décadas, século e milênio
 Horas, minutos e segundos.
 Medidas de comprimento
 Metro, quilômetro
 Perímetro
 Área
 Medidas de massa
 Grama
 Medidas de capacidade
 Litro
Tratamento da informação
 Estatística
 Tabelas
 Gráficos.
 EMAI

Habilidades

Números
 Conta em escalas ascendentes e descendentes a partir de qualquer número natural
dado;
 Reconhece números naturais e números racionais no contexto diário;
 Lê números racionais de uso frequente na representação fracionária e decimal;
 Reconhece as regras do sistema de numeração decimal.

Operações
 Interpreta e resolve situações-problema compreendendo diferentes significados das
operações envolvendo números naturais;
 Constrói fatos básicos da multiplicação a partir de situações-problema;
 Utiliza a decomposição das escritas numéricas para a realização de cálculos que
envolvem a multiplicação e a divisão;
 Calcula resultado de operações com os números naturais por meio de estratégias
pessoais e de uso de técnicas operatórias convencionais.

36
Espaço e forma
 Interpreta no plano a posição de uma pessoa ou objeto;
 Representa no plano a movimentação de um objeto ou pessoa;
 Reconhece semelhanças e diferenças entre corpos redondos (esfera, cone e cilindro);
 Reconhece semelhanças e diferenças entre poliedros (prismas e pirâmides) e
identificar elementos como faces, vértices e arestas;

Grandezas e medidas
 Reconhece as unidades usuais de medida
 Utiliza em situações-problema unidades usuais de medida
 Utiliza medidas usuais de temperatura em situações-problema;
 Utiliza medidas de tempo
 Utiliza o sistema monetário brasileiro em situações-problema;
 Calcula o perímetro e a área de figuras planas.

Tratamento da informação
 Resolve situações-problema com dados apresentados da maneira organizada por
meio de tabelas simples e gráficos de colunas;
 Interpreta gráficos e tabelas com base em informações contidas em textos
jornalísticos, científicos ou outros.

Metodologia

 Marcação do tempo por meio de calendários


 Realizar atividades com números nos diferentes contextos
 Contagem e representação dos numerais
 Explorar diferentes procedimentos para comparar grandezas e medidas
 Brincadeiras, jogos e materiais concretos e material dourado
 Descrição e representação de percursos e trajetos, observando pontos de referencia.
 Pesquisa e coleta de dados
 Cartaz, valor, lugar
 Calculo mental
 Situações-problema com e sem desenhos.
 Ábaco
 Sólidos geométrico
 Recursos audiovisuais.

Avaliação

37
 Avaliação diagnóstica - aferir conhecimentos, competências e habilidades dos alunos
antes de iniciar o processo ensino e aprendizagem para fornecer subsídios ao professor
em seu trabalho no decorrer do ano letivo.
 Observação diária do progresso dos alunos com foco na aprendizagem (conceitos,
atitudes, procedimentos).
 Avaliação formativa – verificar se os objetivos do plano de ensino foram alcançados,
identificando as dificuldades existentes e corrigindo rumos.
 Obter indicadores que permitam aperfeiçoar o processo de ensino e buscar novas
metodologias.
 Avaliação contínua e processual.

CIÊNCIAS NATURAIS

4º ano

1º bimestre

Competências

Ambiente:

 Observa, registra e comunica algumas semelhanças e diferenças entre diversos


ambientes, identificando a presença comum de água, seres vivos, ar, luz, calor, solo e
características específicas de ambientes diferentes.
 Organiza e registra informações por meio de desenhos, quadros, esquemas, listas e
pequenos textos sob orientação do professor.

38
 Comunica de modo oral, escrito e por meio de desenhos, perguntas, suposições,
dados e conclusões, respeitando as diferentes opiniões e utilizando as informações
obtidas para justificar suas idéias.

Recursos tecnológicos:

 Reconhece processos e etapas de transformação de materiais em objetos.


 Realiza experimentos simples sobre os materiais e objetos do ambiente para
investigar características e propriedades dos materiais e de algumas formas de energia.
 Utiliza características e propriedades de materiais, objetos, seres vivos para elaborar
classificações.
 Organiza e registra informações por meio de desenhos, quadros, esquemas, listas e
pequenos textos sob orientação do professor.
 Comunica de modo oral, escrito e por meio de desenhos, perguntas, suposições,
dados e conclusões, respeitando as diferentes opiniões e utilizando as informações
obtidas para justificar suas ideias.
 Valoriza atitudes e comportamentos favoráveis à saúde, em relação à alimentação e à
higiene pessoal, desenvolvendo a responsabilidade no cuidado com o próprio corpo e
com os espaços que habita.

Conteúdos

 Ambiente (noções de ambiente natural ou construído e as relações entre seus


elementos)
 Água
 Ar

 Recursos Tecnológicos (técnicas para obtenção e transformação de algum


componente do ambiente em produtos para o uso humano).
 Processos artesanais ou industriais

Habilidades

Ambiente:

39
 Compara diferentes ambientes naturais e construídos, investigando características
comuns e diferentes, para verificar que todos os ambientes apresentam seres vivos, água,
luz, calor, solo e outros componentes e fatos que se apresentam de modo distinto em
cada ambiente.

Recursos tecnológicos:

 Investiga os processos artesanais ou industriais da produção de objetos e alimentos,


reconhecendo a matéria-prima, algumas etapas e característica de determinados
processos.
 Conhece as origens e algumas propriedades de determinados materiais e formas de
energia, para relacioná-las aos seus usos.

Metodologia

40
 Maquete  Receitas
 Pesquisa  Fotos
 Entrevista  Mapas
 Textos informativos  Documentos
 Experiência  Recursos audiovisuais.
 Confecção de cartazes  Exposições.
 Filmes
 Músicas

Avaliação

 Avaliação diagnóstica - aferir conhecimentos, competências e habilidades dos


alunos antes de iniciar o processo ensino e aprendizagem para fornecer subsídios
ao professor em seu trabalho no decorrer do ano letivo.
 Observação diária do progresso dos alunos com foco na aprendizagem
(conceitos, atitudes, procedimentos).
 Avaliação formativa – verificar se os objetivos do plano de ensino foram
alcançados, identificando as dificuldades existentes e corrigindo rumos.
 Obter indicadores que permitam aperfeiçoar o processo de ensino e buscar
novas metodologias.
 Avaliação contínua e processual.

CIÊNCIAS NATURAIS

41
4º ano

2º bimestre

Competências

Ambiente:

 Observa, registra e comunica algumas semelhanças e diferenças entre diversos


ambientes, identificando a presença comum de água, seres vivos, ar, luz, calor, solo
e características específicas de ambientes diferentes.
 Estabelece relações entre as características e comportamentos dos seres vivos
e condições do ambiente em que vivem, valorizando a diversidade da vida.
 Organiza e registra informações por meio de desenhos, quadros, esquemas,
listas e pequenos textos sob orientação do professor.
 Comunica de modo oral, escrito e por meio de desenhos, perguntas, suposições,
dados e conclusões, respeitando as diferentes opiniões e utilizando as informações
obtidas para justificar suas idéias.
 Valoriza atitudes e comportamentos favoráveis a saúde, em relação à
alimentação e à higiene pessoal, desenvolvendo a responsabilidade no cuidado com
o próprio corpo e com os espaços que habita.

Conteúdos

 Ambiente (noções de ambiente natural ou construído e as relações entre seus


elementos)
 Seres vivos
 Alimentação
 Ciclo vital
 As relações entre os seres vivos e o ambiente
 Sustentação
 Locomoção

42
 Educação Ambiental

Habilidades

 Compara os modos com que diferentes seres vivos, no espaço e no tempo,


realizam funções de alimentação, sustentação, locomoção e reprodução, em relação
às condições do ambiente em que vivem.
 Compara o desenvolvimento e a reprodução de diferentes seres vivos para
compreender o ciclo vital como característica comum a todos os seres vivos.
 Formula perguntas e faz suposições sobre os ambientes e os modos de vida dos
seres vivos.

Metodologia

 Maquete  Músicas
 Pesquisa  Receitas
 Entrevista  Fotos
 Textos informativos  Mapas
 Experiência  Documentos
 Confecção de cartazes  Exposições.
 Filmes  Recursos audiovisuais.

Avaliação

 Avaliação diagnóstica - aferir conhecimentos, competências e habilidades dos


alunos antes de iniciar o processo ensino e aprendizagem para fornecer subsídios
ao professor em seu trabalho no decorrer do ano letivo.
 Observação diária do progresso dos alunos com foco na aprendizagem
(conceitos, atitudes, procedimentos).
 Avaliação formativa – verificar se os objetivos do plano de ensino foram
alcançados, identificando as dificuldades existentes e corrigindo rumos.
 Obter indicadores que permitam aperfeiçoar o processo de ensino e buscar
novas metodologias.
 Avaliação contínua e processual.

43
CIÊNCIAS NATURAIS

4º ano

3º bimestre
44
Competências

Ser humano e saúde:

 Observa e identifica algumas características do corpo humano


 Formula perguntas e suposições sobre o assunto estudado.
 Organiza e registra informações por meio de desenhos, quadros, esquemas,
listas e pequenos textos sob orientação do professor.
 Valoriza atitudes e comportamentos favoráveis à saúde, em relação à
alimentação e à higiene pessoal, desenvolvendo a responsabilidade no cuidado com
o próprio corpo e com os espaços que habita.

Conteúdos

 Ser Humano e Saúde (noção do corpo em seu todo integrado e cuja saúde
depende de um conjunto de atitudes e interação com o meio)
 Corpo humano
 Alimentação
 Higiene ambiental e corporal
 Comportamento
 Higiene e saúde

Habilidades

Ser humano e saúde:

 Compara o corpo e alguns comportamentos de homens e mulheres nas


diferentes fases da vida – ao nascer, na infância, na juventude, na idade adulta e na
velhice – para compreender algumas transformações, valorizar e respeitar as
diferenças individuais.
 Conhece as condições imprescindíveis para o desenvolvimento e preservação
da saúde: atitudes e comportamentos favoráveis à saúde em relação à alimentação,

45
higiene ambiental e asseio corporal; modos de transmissão e prevenção de doenças
contagiosas.
 Compara o corpo e os comportamentos do ser humano e de outros animais para
estabelecer semelhanças e diferenças.
 Elabora perguntas e suposições acerca das características das diferentes fases
da vida e dos hábitos de alimentação e de higiene para a manutenção da saúde em
cada uma das fases da vida.
 Observa, representa, compara as condições de higiene para manutenção da
saúde e cada uma das fases da vida.
 Observa, compara, representa as condições de higiene dos diferentes espaços
habitados, desenvolvendo cuidados e responsabilidades para com esses espaços.

Metodologia

 Maquete  Músicas
 Pesquisa  Receitas
 Entrevista  Fotos
 Textos informativos  Mapas
 Experiência  Documentos
 Confecção de cartazes  Exposições.
 Filmes  Recursos audiovisuais.

Avaliação

 Avaliação diagnóstica - aferir conhecimentos, competências e habilidades dos


alunos antes de iniciar o processo ensino e aprendizagem para fornecer subsídios
ao professor em seu trabalho no decorrer do ano letivo.
 Observação diária do progresso dos alunos com foco na aprendizagem
(conceitos, atitudes, procedimentos).
 Avaliação formativa – verificar se os objetivos do plano de ensino foram
alcançados, identificando as dificuldades existentes e corrigindo rumos.
 Obter indicadores que permitam aperfeiçoar o processo de ensino e buscar
novas metodologias.
 Avaliação contínua e processual.

46
CIÊNCIAS NATURAIS

4º ano
4º bimestre

Competências

Ambiente:

47
 Observa, registra e comunica algumas semelhanças e diferenças entre diversos
ambientes, identificando a presença comum de água, seres vivos, ar, luz, calor, solo
e características específicas de ambientes diferentes.
 Estabelece relações entre as características e comportamentos dos seres vivos
e condições do ambiente em que vivem, valorizando a diversidade da vida.
 Valoriza atitudes e comportamentos favoráveis à saúde, em relação à
alimentação e à higiene pessoal, desenvolvendo a responsabilidade no cuidado com
o próprio corpo e com os espaços que habita.

Ser humano e saúde:

 Observa e identifica algumas características do corpo humano e alguns


comportamentos nas diferentes fases da vida, no homem e na mulher, aproximando-
se à noção do ciclo vital do ser humano e respeitando as diferenças individuais.
 Organiza e registra informações por meio de desenhos, quadros, esquemas,
listas e pequenos textos sob orientação do professor.
 Comunica de modo oral, escrito e por meio de desenhos, perguntas, suposições,
dados e conclusões, respeitando as diferentes opiniões e utilizando as informações
obtidas para justificar suas ideias.
 Valoriza atitudes e comportamentos favoráveis à saúde, em relação à
alimentação e à higiene pessoal, desenvolvendo a responsabilidade no cuidado com
o próprio corpo e com os espaços que habita.

Conteúdos

 Ser Humano e Saúde (noção do corpo em seu todo integrado e cuja saúde
depende de um conjunto de atitudes e interação com o meio)
 Corpo humano
 Fases da vida
 Alimentação
 Higiene ambiental e corporal
 Doenças
 Comportamento
 Dengue

48
Habilidades

Ambiente:

 Compara diferentes ambientes naturais e construídos, investigando


características comuns e diferentes, para verificar que todos os ambientes
apresentam seres vivos, água, luz, calor, solo e outros componentes e fatos que se
apresentam de modo distinto em cada ambiente.
 Compara os modos com que diferentes seres vivos, no espaço e no tempo,
realizam funções de alimentação, sustentação, locomoção e reprodução, em relação
às condições do ambiente em que vivem.
 Compara o desenvolvimento e a reprodução de diferentes seres vivos para
compreender o ciclo vital como característica comum a todos os seres vivos.

Ser humano e saúde:

 Compara o corpo e alguns comportamentos de homens e mulheres nas


diferentes fases da vida – ao nascer, na infância, na juventude, na idade adulta e na
velhice – para compreender algumas transformações, valorizar e respeitar as
diferenças individuais.
 Conhece as condições imprescindíveis para o desenvolvimento e preservação
da saúde: atitudes e comportamentos favoráveis à saúde em relação à alimentação,
higiene ambiental e asseio corporal; modos de transmissão e prevenção de doenças
contagiosas.
 Compara o corpo e os comportamentos do ser humano e de outros animais para
estabelecer semelhanças e diferenças.
 Elabora perguntas e suposições acerca das características das diferentes fases
da vida e dos hábitos de alimentação e de higiene para a manutenção da saúde em
cada uma das fases da vida.
 Observa, representa, compara as condições de higiene para manutenção da
saúde e cada uma das fases da vida.
 Observa, compara, representa as condições de higiene dos diferentes espaços
habitados, desenvolvendo cuidados e responsabilidades para com esses espaços.

49
Metodologia

 Maquete  Músicas
 Pesquisa  Receitas
 Entrevista  Fotos
 Textos informativos  Mapas
 Experiência  Documentos
 Confecção de cartazes  Exposições.
 Filmes  Recursos audiovisuais.

Avaliação

 Avaliação diagnóstica - aferir conhecimentos, competências e habilidades dos


alunos antes de iniciar o processo ensino e aprendizagem para fornecer subsídios
ao professor em seu trabalho no decorrer do ano letivo.
 Observação diária do progresso dos alunos com foco na aprendizagem
(conceitos, atitudes, procedimentos).
 Avaliação formativa – verificar se os objetivos do plano de ensino foram
alcançados, identificando as dificuldades existentes e corrigindo rumos.
 Obter indicadores que permitam aperfeiçoar o processo de ensino e buscar
novas metodologias.
 Avaliação contínua e processual.

HISTÓRIA

4º ano

1º bimestre

Competências

 Compara acontecimentos no tempo, tendo como referência anterioridade,


posterioridade e simultaneidade.
 Reconhece algumas semelhanças e diferenças sociais, econômicas e culturais,
de dimensão cotidiana, existentes no seu grupo de convívio escolar e na sua
localidade.

50
 Reconhece algumas permanências e transformações sociais, econômicas e
culturais nas vivências cotidianas das famílias, da escola e da coletividade, no
tempo, no mesmo espaço de convivência.
 Estabelece relações entre o presente e o passado.

Conteúdos

 Localidade (semelhanças e diferenças individuais, sociais, econômicas e


culturais)
 Projeto: ECA
 Cultura indígena
 Projeto: Evasão

Habilidades

Localidade

 Levanta semelhanças e diferenças individuais, sociais, econômicas e culturais


entre alunos da classe e entre eles e as demais pessoas que convivem e trabalham
na escola:
 Idade, sexo, origem, costumes, trabalho, religião, etnia, organização
familiar, lazer, jogos interação com meios de comunicação (televisão,
rádio, jornal), atividade dos pais, participação ou conhecimento artístico,
preferência em relação à música, à dança ou à arte em geral, acesso a
serviços públicos de água e esgoto, hábitos de higiene e de alimentação.
 Identificação de transformações e permanência dos costumes das famílias das
crianças (pais, avós e bisavós) e nas instituições escolares:
 Número de filhos, divisão de trabalhos entre sexo e idade, costumes
alimentares, vestimentas, tipos de moradia, meios de transporte e
comunicação, hábitos de higiene, preservação da saúde, lazer, músicas,
danças, lendas, brincadeiras de infância, jogos, os antigos espaços
escolares, os materiais didáticos de outros tempos, antigos professores e
alunos.
 Levantamento de semelhanças e diferenças entre as pessoas e os grupos
sociais que convivem na coletividade, nos aspectos sociais, econômicos e culturais:

51
 Diferentes profissões, divisão de trabalhos e atividades em geral entre
idades e sexos, origem, religião, alimentação, vestimenta, habitação,
diferentes bairros e suas populações, locais públicos (igrejas, prefeitura,
hospitais, praças, mercados, feiras, etc), locais privados (residências,
lojas, fábricas), higiene, atendimento médico, acesso a sistemas públicos
de água e esgoto, usos e aproveitamento dos recursos naturais e fontes
de energia (água, terra e fogo), locais e atividades de lazer, museus,
espaços de arte, diferentes músicas e danças.
 Identificação de transformações e permanências nas vivencias culturais
(materiais e artísticas), da coletividade no tempo:
 Diferentes tipos de habitações antigas que ainda existem, observações
de mudanças no espaço, como reformas de prédios, construções de
estradas, pontes, viadutos, diferenciação entre produtos manufaturados e
industrializados, mecanização da agricultura, ampliação dos meios de
comunicação de massa, sobrevivência de profissões artesanais (ferreiros,
costureiras, sapateiros, oleiros, etc), mudanças e permanências de
instrumentos de trabalho, manifestações artísticas, mudanças nas
vestimentas, sistema de abastecimento de alimentos, técnicas de
construção de casas e suas divisões de trabalho, as músicas e as danças
de antigamente, as formas de lazer de outros tempos.

Metodologia

52
 Maquete  Receitas
 Pesquisa  Fotos
 Entrevista  Mapas
 Textos informativos  Objetos antigos
 Experiência  Documentos
 Confecção de cartazes  Exposições.
 Filmes  Recursos audiovisuais.
 Músicas
Avaliação

 Avaliação diagnóstica - aferir conhecimentos, competências e habilidades dos


alunos antes de iniciar o processo ensino e aprendizagem para fornecer subsídios
ao professor em seu trabalho no decorrer do ano letivo.
 Observação diária do progresso dos alunos com foco na aprendizagem
(conceitos, atitudes, procedimentos).
 Avaliação formativa – verificar se os objetivos do plano de ensino foram
alcançados, identificando as dificuldades existentes e corrigindo rumos.
 Obter indicadores que permitam aperfeiçoar o processo de ensino e buscar
novas metodologias.
 Avaliação contínua e processual.

HISTÓRIA

4º ano

2º bimestre

Competências

 Reconhece algumas semelhanças e diferenças sociais, econômicas e culturais,


de dimensão cotidiana, existentes no seu grupo de convívio e na comunidade
indígena
 Caracteriza o modo de vida de uma coletividade indígena distinguindo suas
dimensões econômicas, sociais, culturais, artísticas e religiosas.
 Identifica diferenças culturais entre o modo de vida de sua localidade e o da
comunidade indígena estudada.
 Estabelece relações entre o presente e o passado.
 Identifica alguns documentos históricos e fontes de informação discernindo
algumas de suas funções.

Conteúdos

 Cultura indígena (modo de vida social, econômico, cultural, político, religioso e


artístico)

Habilidades

Comunidades indígena

 Estudo do modo de vida social, econômico, cultural, político, religioso e artístico:


dos índios
 O território que habitam ou já habitaram, organização das famílias e
parentesco, a produção e distribuição de alimentos, a divisão de trabalho
entre os sexos e as idades, as moradias e a organização do espaço, os
rituais culturais e religiosos, as relações materiais e simbólicas com a
natureza (animais e flora), a língua falada, as vestimentas, os hábitos
cotidianos de higiene, a medicina, as técnicas de produção de artefatos,
as técnicas de produção ou coleta de alimentos, a delimitação do território
geográfico e de domínio da comunidade, as brincadeiras e as rotinas das
mulheres, dos homens, das crianças e dos velhos, a mediação do tempo,
o contar histórias, as crenças, lendas e os mitos de origem, as
manifestações artísticas, as músicas, desenhos, artesanato, danças.
 Identificação de semelhanças e diferenças entre o modo de vida da localidade
dos alunos e da comunidade indígena
 Existem vários aspectos da coletividade dos alunos que são diferentes
do modo de vida das comunidades estudadas: na ocupação do território,
no relacionamento com a natureza (produção de alimentos, uso da água,
do solo e da vegetação, mitos, medicina, preservação), nas construções
de moradias (materiais, técnicas, construtores, distribuição e uso do
espaço interno), na divisão de tarefas entre as pessoas na realização de
trabalhos, nos tipos e confecção de vestimentas, nos tipos de lazer, na
religiosidade, nos mitos de origem, nas técnicas de fabricação e uso de
instrumentos nas mais diversas atividades de trabalho, no uso do espaço
geográfico, nos hábitos de higiene, nos meios de comunicação, nos meios
de transporte, nos diferentes modos de medir o tempo.

Metodologia

 Maquete  Receitas
 Pesquisa  Fotos
 Entrevista  Mapas
 Textos informativos  Objetos antigos
 Experiência  Documentos
 Confecção de cartazes  Exposições.
 Filmes  Recursos audiovisuais.
 Músicas

Avaliação

 Avaliação diagnóstica - aferir conhecimentos, competências e habilidades dos


alunos antes de iniciar o processo ensino e aprendizagem para fornecer subsídios
ao professor em seu trabalho no decorrer do ano letivo.
 Observação diária do progresso dos alunos com foco na aprendizagem
(conceitos, atitudes, procedimentos).
 Avaliação formativa – verificar se os objetivos do plano de ensino foram
alcançados, identificando as dificuldades existentes e corrigindo rumos.
 Obter indicadores que permitam aperfeiçoar o processo de ensino e buscar
novas metodologias.
 Avaliação contínua e processual.
HISTÓRIA

4º ano

3º bimestre

Competências

 Reconhece algumas semelhanças e diferenças sociais, econômicas e culturais,


de dimensão cotidiana, existentes no seu grupo de convívio e na comunidade afro
descendente.
 Reconhece algumas permanências e transformações sociais, econômicas e
culturais nas vivências cotidianas das famílias, da escola e da coletividade, no
tempo, no mesmo espaço de convivência.
 Caracteriza o modo de vida de uma coletividade afro descendente, distinguindo
suas dimensões econômicas, sociais, culturais, artísticas e religiosas.
 Identifica diferenças culturais entre o modo de vida de sua localidade e o da
comunidade afro descendente estudada.
 Estabelece relações entre o presente e o passado.
 Identifica alguns documentos históricos e fontes de informação discernindo
algumas de suas funções.
Conteúdos

 Cultura Afrodescendente (modo de vida social, econômico, cultural, político,


religioso e artístico)
 Projeto Afrodescendente

Habilidades

Comunidades afro descendentes

 Estudo do modo de vida social, econômico, cultural, político, religioso e artístico:


dos negros:
 O território que habitam ou já habitaram, organização das famílias e
parentesco, a produção e distribuição de alimentos, a divisão de trabalho
entre os sexos e as idades, as moradias e a organização do espaço, os
rituais culturais e religiosos, as relações materiais e simbólicas com a
natureza (animais e flora), a língua falada, as vestimentas, os hábitos
cotidianos de higiene, a medicina, as técnicas de produção de artefatos,
as técnicas de produção ou coleta de alimentos, a delimitação do território
geográfico e de domínio da comunidade, as brincadeiras e as rotinas das
mulheres, dos homens, das crianças e dos velhos, a mediação do tempo,
o contar histórias, as crenças, lendas e os mitos de origem, as
manifestações artísticas, as músicas, desenhos, artesanato, danças.
 Identificação de semelhanças e diferenças entre o modo de vida da localidade
dos alunos da comunidade afro descendente:
 Existem vários aspectos da coletividade dos alunos que são diferentes
do modo de vida das comunidades estudadas: na ocupação do território,
no relacionamento com a natureza (produção de alimentos, uso da água,
do solo e da vegetação, mitos, medicina, preservação), nas construções
de moradias (materiais, técnicas, construtores, distribuição e uso do
espaço interno), na divisão de tarefas entre as pessoas na realização de
trabalhos, nos tipos e confecção de vestimentas, nos tipos de lazer, na
religiosidade, nos mitos de origem, nas técnicas de fabricação e uso de
instrumentos nas mais diversas atividades de trabalho, no uso do espaço
geográfico, nos hábitos de higiene, nos meios de comunicação, nos meios
de transporte, nos diferentes modos de medir o tempo.

Metodologia

 Maquete  Receitas
 Pesquisa  Fotos
 Entrevista  Mapas
 Textos informativos  Objetos antigos
 Experiência  Documentos
 Confecção de cartazes  Exposições.
 Filmes  Recursos audiovisuais.
 Músicas

Avaliação

 Avaliação diagnóstica - aferir conhecimentos, competências e habilidades dos


alunos antes de iniciar o processo ensino e aprendizagem para fornecer subsídios
ao professor em seu trabalho no decorrer do ano letivo.
 Observação diária do progresso dos alunos com foco na aprendizagem
(conceitos, atitudes, procedimentos).
 Avaliação formativa – verificar se os objetivos do plano de ensino foram
alcançados, identificando as dificuldades existentes e corrigindo rumos.
 Obter indicadores que permitam aperfeiçoar o processo de ensino e buscar
novas metodologias.
 Avaliação contínua e processual.
HISTÓRIA

4º ano

4º bimestre

Competências

 Compara acontecimentos no tempo, tendo como referência anterioridade,


posterioridade e simultaneidade.
 Reconhece algumas semelhanças e diferenças sociais, econômicas e culturais,
de dimensão cotidiana, existentes no seu grupo de convívio escolar e na sua
localidade.
 Reconhece algumas permanências e transformações sociais, econômicas e
culturais nas vivências cotidianas das famílias, da escola e da coletividade, no
tempo, no mesmo espaço de convivência.
 Caracteriza o modo de vida de uma coletividade indígena e afro descendente,
distinguindo suas dimensões econômicas, sociais, culturais, artísticas e religiosas.
 Identifica diferenças culturais entre o modo de vida de sua localidade e o da
comunidade indígena e afro descendente estudada.
 Estabelece relações entre o presente e o passado.
 Identifica alguns documentos históricos e fontes de informação discernindo
algumas de suas funções.

Conteúdos

 Localidade
 Projeto: ECA
 Cultura indígena
 Cultura Afrodescendente
 Imigrantes

Habilidades

Localidade

 Levanta semelhanças e diferenças individuais, sociais, econômicas e culturais


entre alunos da classe e entre eles e as demais pessoas que convivem e trabalham
na escola:
 Idade, sexo, origem, costumes, trabalho, religião, etnia, organização
familiar, lazer, jogos interação com meios de comunicação (televisão,
rádio, jornal), atividade dos pais, participação ou conhecimento artístico,
preferência em relação à música, à dança ou à arte em geral, acesso a
serviços públicos de água e esgoto, hábitos de higiene e de alimentação.
 Identificação de transformações e permanência dos costumes das famílias das
crianças (pais, avós e bisavós) e nas instituições escolares:
 Número de filhos, divisão de trabalhos entre sexo e idade, costumes
alimentares, vestimentas, tipos de moradia, meios de transporte e
comunicação, hábitos de higiene, preservação da saúde, lazer, músicas,
danças, lendas, brincadeiras de infância, jogos, os antigos espaços
escolares, os materiais didáticos de outros tempos, antigos professores e
alunos.
 Levantamento de semelhanças e diferenças entre as pessoas e os grupos
sociais que convivem na coletividade, nos aspectos sociais, econômicos e culturais:
 Diferentes profissões, divisão de trabalhos e atividades em geral entre
idades e sexos, origem, religião, alimentação, vestimenta, habitação,
diferentes bairros e suas populações, locais públicos (igrejas, prefeitura,
hospitais, praças, mercados, feiras, etc), locais privados (residências,
lojas, fábricas), higiene, atendimento médico, acesso a sistemas públicos
de água e esgoto, usos e aproveitamento dos recursos naturais e fontes
de energia (água, terra e fogo), locais e atividades de lazer, museus,
espaços de arte, diferentes músicas e danças.
 Identificação de transformações e permanências nas vivencias culturais
(materiais e artísticas), da coletividade no tempo:
 Diferentes tipos de habitações antigas que ainda existem, observações
de mudanças no espaço, como reformas de prédios, construções de
estradas, pontes, viadutos, diferenciação entre produtos manufaturados e
industrializados, mecanização da agricultura, ampliação dos meios de
comunicação de massa, sobrevivência de profissões artesanais (ferreiros,
costureiras, sapateiros, oleiros, etc), mudanças e permanências de
instrumentos de trabalho, manifestações artísticas, mudanças nas
vestimentas, sistema de abastecimento de alimentos, técnicas de
construção de casas e suas divisões de trabalho, as músicas e as danças
de antigamente, as formas de lazer de outros tempos.

Comunidades indígenas, afro descendentes e imigrantes:

 Estudo do modo de vida social, econômico, cultural, político, religioso e artístico:


dos índios, negros e imigrantes:
 O território que habitam ou já habitaram, organização das famílias e
parentesco, a produção e distribuição de alimentos, a divisão de trabalho
entre os sexos e as idades, as moradias e a organização do espaço, os
rituais culturais e religiosos, as relações materiais e simbólicas com a
natureza (animais e flora), a língua falada, as vestimentas, os hábitos
cotidianos de higiene, a medicina, as técnicas de produção de artefatos,
as técnicas de produção ou coleta de alimentos, a delimitação do território
geográfico e de domínio da comunidade, as brincadeiras e as rotinas das
mulheres, dos homens, das crianças e dos velhos, a mediação do tempo,
o contar histórias, as crenças, lendas e os mitos de origem, as
manifestações artísticas, as músicas, desenhos, artesanato, danças.
 Identificação de semelhanças e diferenças entre o modo de vida da localidade
dos alunos e da comunidade indígena e afro descendente:
 Existem vários aspectos da coletividade dos alunos que são diferentes
do modo de vida das comunidades estudadas: na ocupação do território,
no relacionamento com a natureza (produção de alimentos, uso da água,
do solo e da vegetação, mitos, medicina, preservação), nas construções
de moradias (materiais, técnicas, construtores, distribuição e uso do
espaço interno), na divisão de tarefas entre as pessoas na realização de
trabalhos, nos tipos e confecção de vestimentas, nos tipos de lazer, na
religiosidade, nos mitos de origem, nas técnicas de fabricação e uso de
instrumentos nas mais diversas atividades de trabalho, no uso do espaço
geográfico, nos hábitos de higiene, nos meios de comunicação, nos meios
de transporte, nos diferentes modos de medir o tempo.

Metodologia

 Maquete  Receitas
 Pesquisa  Fotos
 Entrevista  Mapas
 Textos informativos  Objetos antigos
 Experiência  Documentos
 Confecção de cartazes  Exposições.
 Filmes  Recursos audiovisuais.
 Músicas

Avaliação

 Avaliação diagnóstica - aferir conhecimentos, competências e habilidades dos


alunos antes de iniciar o processo ensino e aprendizagem para fornecer subsídios
ao professor em seu trabalho no decorrer do ano letivo.
 Observação diária do progresso dos alunos com foco na aprendizagem
(conceitos, atitudes, procedimentos).
 Avaliação formativa – verificar se os objetivos do plano de ensino foram
alcançados, identificando as dificuldades existentes e corrigindo rumos.
 Obter indicadores que permitam aperfeiçoar o processo de ensino e buscar
novas metodologias.
 Avaliação contínua e processual.
GEOGRAFIA

4º ano

1º bimestre

Competências

 Reconhece, na paisagem local e no local em que se encontram inseridos, as


diferentes manifestações da natureza e a apropriação e transformação dela pela
ação de sua coletividade, de seu grupo social.
 Conhece e compara a presença da natureza, expressa na paisagem local, com
as manifestações da natureza presentes em outras paisagens.
 Reconhece semelhanças e diferenças nos modos que diferentes grupos se
apropriam da natureza e a transformam, identificando suas determinações nas
relações de trabalho, nos hábitos cotidianos, nas formas de se expressar e no lazer.
 Conhece e começa a utilizar fontes de informação escritas e de imagens
 Utiliza a observação e a descrição na leitura direta ou indireta da paisagem,
sobretudo por meio de ilustrações e da linguagem oral.
 Reconhece, no seu cotidiano, os referenciais espaciais de localização,
orientação e distância de modo a deslocar-se com autonomia e representa os
lugares onde vivem e se relacionam.

Conteúdos

 O estudo da paisagem local


 Tudo é natureza

Habilidades

 Observação e descrição de diferentes formas pelas quais a natureza se


apresenta na paisagem local: nas construções e moradias, na distribuição da
população, na organização dos bairros, nos modos de vida, nas formas de lazer, nas
artes plásticas.
 Conhecimento das relações entre as pessoas e o lugar: as condições de vida, as
histórias, as relações afetivas e de identidade com o lugar onde vivem.
 Organização, com o auxílio do professor, de suas pesquisas e das conquistas de
seus conhecimentos em obras individuais ou coletivas: textos, exposições,
desenhos, dramatizações entre outras.

Metodologia

 Maquete  Músicas
 Pesquisa  Receitas
 Entrevista  Fotos
 Textos informativos  Mapas
 Experiência  Documentos
 Confecção de cartazes  Exposições.
 Filmes  Recursos audiovisuais.

Avaliação

 Avaliação diagnóstica - aferir conhecimentos, competências e habilidades dos


alunos antes de iniciar o processo ensino e aprendizagem para fornecer subsídios
ao professor em seu trabalho no decorrer do ano letivo.
 Observação diária do progresso dos alunos com foco na aprendizagem
(conceitos, atitudes, procedimentos).
 Avaliação formativa – verificar se os objetivos do plano de ensino foram
alcançados, identificando as dificuldades existentes e corrigindo rumos.
 Obter indicadores que permitam aperfeiçoar o processo de ensino e buscar
novas metodologias.
 Avaliação contínua e processual.

GEOGRAFIA

4º ano
2º bimestre

Competências

 Reconhece semelhanças e diferenças nos modos que diferentes grupos se


apropriam da natureza e a transformam, identificando suas determinações nas
relações de trabalho, nos hábitos cotidianos, nas formas de se expressar e no lazer.
 Conhece e começa a utilizar fontes de informação escritas e de imagens
 Reconhece a importância de uma atitude responsável de cuidado com o meio
em que vivem, evitando o desperdício e percebendo os cuidados que se deve ter na
preservação e na manutenção da natureza.

Conteúdos

 O estudo da paisagem local


 Conservando o ambiente

Habilidades

 Identificação de motivos e técnicas pelos quais sua coletividade e a sociedade


de forma geral transforma a natureza: por meio do trabalho, da tecnologia, da cultura
e da política, no passado e no presente.
 Identificação da situação ambiental da sua localidade: proteção e preservação
do ambiente e sua relação com a qualidade de vida e saúde.
 Valorização de formas não predatórias de exploração, transformação e uso de
recursos naturais.
 Organização, com o auxílio do professor, de suas pesquisas e das conquistas de
seus conhecimentos em obras individuais ou coletivas: textos, exposições,
desenhos, dramatizações entre outras.

Metodologia

 Maquete  Textos informativos


 Pesquisa  Experiência
 Entrevista  Confecção de cartazes
 Filmes  Mapas
 Músicas  Documentos
 Receitas  Exposições.
 Fotos  Recursos audiovisuais.

Avaliação

 Avaliação diagnóstica - aferir conhecimentos, competências e habilidades dos


alunos antes de iniciar o processo ensino e aprendizagem para fornecer subsídios
ao professor em seu trabalho no decorrer do ano letivo.
 Observação diária do progresso dos alunos com foco na aprendizagem
(conceitos, atitudes, procedimentos).
 Avaliação formativa – verificar se os objetivos do plano de ensino foram
alcançados, identificando as dificuldades existentes e corrigindo rumos.
 Obter indicadores que permitam aperfeiçoar o processo de ensino e buscar
novas metodologias.
 Avaliação contínua e processual.

GEOGRAFIA

4º ano

3º bimestre

Competências
 Reconhece semelhanças e diferenças nos modos que diferentes grupos se
apropriam da natureza e a transformam, identificando suas determinações nas
relações de trabalho, nos hábitos cotidianos, nas formas de se expressar e no lazer.
 Conhece e começa a utilizar fontes de informação escritas e de imagens
 Utiliza a observação e a descrição na leitura direta ou indireta da paisagem,
sobretudo por meio de ilustrações e da linguagem oral.

Conteúdos

 O estudo da paisagem local


 Transformando a natureza (diferentes paisagens)

Habilidades

 Identificação de motivos e técnicas pelos quais sua coletividade e a sociedade


de forma geral transforma a natureza: por meio do trabalho, da tecnologia, da cultura
e da política, no passado e no presente.
 Caracterização da paisagem local: suas origens e organização, as
manifestações da natureza em seus aspectos biofísicos, as transformações sofridas
ao longo do tempo.
 Valorização de formas não predatórias de exploração, transformação e uso de
recursos naturais.
 Organização, com o auxílio do professor, de suas pesquisas e das conquistas de
seus conhecimentos em obras individuais ou coletivas: textos, exposições,
desenhos, dramatizações entre outras.

Metodologia

 Maquete  Músicas
 Pesquisa  Receitas
 Entrevista  Fotos
 Textos informativos  Mapas
 Experiência  Documentos
 Confecção de cartazes  Exposições.
 Filmes  Recursos audiovisuais.

Avaliação
 Avaliação diagnóstica - aferir conhecimentos, competências e habilidades dos
alunos antes de iniciar o processo ensino e aprendizagem para fornecer subsídios
ao professor em seu trabalho no decorrer do ano letivo.
 Observação diária do progresso dos alunos com foco na aprendizagem
(conceitos, atitudes, procedimentos).
 Avaliação formativa – verificar se os objetivos do plano de ensino foram
alcançados, identificando as dificuldades existentes e corrigindo rumos.
 Obter indicadores que permitam aperfeiçoar o processo de ensino e buscar
novas metodologias.
 Avaliação contínua e processual.

GEOGRAFIA

4º ano

4º bimestre

Competências

 Reconhece, na paisagem local e no local em que se encontram inseridos, as


diferentes manifestações da natureza e a apropriação e transformação dela pela
ação de sua coletividade, de seu grupo social.
 Conhece e compara a presença da natureza, expressa na paisagem local, com
as manifestações da natureza presentes em outras paisagens.
 Reconhece semelhanças e diferenças nos modos que diferentes grupos se
apropriam da natureza e a transformam, identificando suas determinações nas
relações de trabalho, nos hábitos cotidianos, nas formas de se expressar e no lazer.
 Conhece e começa a utilizar fontes de informação escritas e de imagens
 Utiliza a observação e a descrição na leitura direta ou indireta da paisagem,
sobretudo por meio de ilustrações e da linguagem oral.
 Reconhece, no seu cotidiano, os referenciais espaciais de localização,
orientação e distância de modo a deslocar-se com autonomia e representa os
lugares onde vivem e se relacionam.

Conteúdos

 O estudo da paisagem local


 O lugar e a paisagem

Habilidades

 Observação e descrição de diferentes formas pelas quais a natureza se


apresenta na paisagem local: nas construções e moradias, na distribuição da
população, na organização dos bairros, nos modos de vida, nas formas de lazer, nas
artes plásticas.
 Caracterização da paisagem local: suas origens e organização, as
manifestações da natureza em seus aspectos biofísicos, as transformações sofridas
ao longo do tempo.
 Produção de mapas ou roteiros simples considerando características da
linguagem cartográfica com as relações de distância e direção e o sistema de cores
e legendas.
 Valorização de formas não predatórias de exploração, transformação e uso de
recursos naturais.
 Organização, com o auxílio do professor, de suas pesquisas e das conquistas de
seus conhecimentos em obras individuais ou coletivas: textos, exposições,
desenhos, dramatizações entre outras.
 Leitura inicial de mapas políticos, Atlas e globo terrestre.

Metodologia
 Maquete  Músicas
 Pesquisa  Receitas
 Entrevista  Fotos
 Textos informativos  Mapas
 Experiência  Documentos
 Confecção de cartazes  Exposições.
 Filmes  Recursos audiovisuais.

Avaliação

 Avaliação diagnóstica - aferir conhecimentos, competências e habilidades dos


alunos antes de iniciar o processo ensino e aprendizagem para fornecer subsídios
ao professor em seu trabalho no decorrer do ano letivo.
 Observação diária do progresso dos alunos com foco na aprendizagem
(conceitos, atitudes, procedimentos).
 Avaliação formativa – verificar se os objetivos do plano de ensino foram
alcançados, identificando as dificuldades existentes e corrigindo rumos.
 Obter indicadores que permitam aperfeiçoar o processo de ensino e buscar
novas metodologias.
 Avaliação contínua e processual.