Você está na página 1de 9

1

Conteúdo
Introdução ....................................................................................................................... 2
Histórial do Andebol ........................................................................................................ 3
Datas Importantes .......................................................................................................... 3
Duração do Jogo e contagem do tempo de jogo ............................................................. 4
Resultado .......................................................................................................................... 4
Constituição das Equipas .................................................................................................... 4
Início e Recomeço do Jogo ............................................................................................. 5
Desmarcação .................................................................................................................. 6
Bloco................................................................................................................................ 6
Ataque ............................................................................................................................. 7
Central: ......................................................................................................................... 7
Laterais ......................................................................................................................... 7
Extremos (Pontas): ......................................................................................................... 7
Pivot: ............................................................................................................................ 7
Guarda-redes: ................................................................................................................ 7
Linhas de jogo: .............................................................................................................. 8
Bibliografia ...................................................................................................................... 9
2

Introdução
Este trabalho conte informações sobre andebol datas marcantes historial.
3

Histórial do Andebol

Nem sempre é fácil determinar com precisão a origem dos vários desportos que hoje em
dia atraem muitos praticantes e espectadores. Este é o caso do Andebol, considerado um dos
desportos mais jovens, se bem que tenha as suas origens na mais remota antiguidade.
Nos finais do século dezanove, em 1890, o professor de ginástica Konrad Kech criou um
jogo com características muito semelhante às do Andebol..
Também muito antes de ser divulgado o Andebol, em Portugal, existia na cidade do Porto um
jogo muito semelhante, conhecido por “malheiral”, nome que lhe adveio do facto do seu criador
ter sido o professor de Educação Física Porfírio Malheiro.
O grande incremento a nível do Andebol mundial deve-se ao aparecimento da variante do
Andebol de sete, em vez do Andebol de onze praticado originalmente. Esta variedade foi criada
nos países nórdicos (Suécia e a Dinamarca), onde, devido ao rigor dos Invernos, se tornava
impossível praticar este desporto nos campos ao ar livre, tendo este ser substituídos por salas
fechadas, o que obrigou à diminuição do número de jogadores em campo.
O Andebol de sete foi introduzido em Portugal em 1949, por outro alemão, Henrique
Feist, residente no nosso país. O primeiro torneio oficial da nova modalidade foi organizado por
Feist na vila de Cascais no Verão de 1949.
.

Datas Importantes
1928 – Fundação da Federação Internacional de Andebol Amador (FIHA).

1936 – O andebol foi modalidade de demonstração nos Jogos Olímpicos.

1946 – Dissolução da FIHA e criação da Federação Internacional de Andebol (IFH).

1949 – Introduzido o Andebol de 7 em Portugal pelo alemão Henrique Feist.

1972 – Primeira participação do andebol como modalidade olímpica nos Jogos Olímpicos de
Munique. Sagrou-se campeã masculina a equipa da Jugoslávia.
4

Duração do Jogo e contagem do tempo de jogo


O tempo de jogo normal para todas as equipas com jogadores de idade superior a 16
anos (inclusive) é de 2 partes de 30 minutos cada. O intervalo entre ambas é normalmente de 10
minutos.
O tempo de jogo normal para as equipas mais jovens é 2 x 25 minutos para as idades
entre os 12 e os 16 anos e de 2 x 20 minutos para as idades entre os 8 e os 12 anos. Em ambos os
casos o intervalo entre as duas partes é normalmente de 10 minutos.
O prolongamento é jogado, após um intervalo de 5 minutos, caso o jogo se encontre
empatado até ao final do tempo regulamentar e seja imprescindível determinar um vencedor. O
período de prolongamento consiste em 2 partes de 5 minutos cada, com um minuto de intervalo
entre ambas.
Caso o jogo continue empatado após este período suplementar, deverá ser determinado
um segundo prolongamento, antecedido de um intervalo de 5 minutos. Este período suplementar
terá igualmente 2 partes de 5 minutos, com um minuto de intervalo entre ambas.
Caso o jogo continue empatado, o vencedor será determinado de acordo com as regras
particulares para a competição em curso. No caso da decisão de desempate ser através de
lançamentos de 7 metros, proceder-se-á como a seguir se indica:

Resultado
Uma equipa vence o encontro quando, no final o tempo regulamentar, obteve o maior
número de golos. Também pode haver uma igualdade (empate) quando o numero de golos obtido
por ambas as equipas é igual ou quando nenhum foi marcado – zero a zero.

Constituição das Equipas


Uma equipa é constituída até um máximo de 14 jogadores. Somente 7 jogadores, no
máximo, poderão estar no terreno de jogo ao mesmo tempo. Os restantes jogadores são os
suplentes.
Durante todo o tempo de jogo, a equipa deverá ter um dos jogadores no terreno de jogo
designado como guarda-redes. Um jogador designado como guarda-redes poderá tornar-se um
5

jogador de campo a qualquer momento. De forma semelhante, um jogador de campo pode


tornar-se guarda-redes a qualquer momento.
Uma equipa tem de ter no mínimo 5 jogadores no terreno de jogo no inicio do jogo.
O jogo pode continuar, mesmo que uma equipa seja reduzida a menos que 5 jogadores no
terreno de jogo. Caberá aos árbitros decidir se e quando o jogo deve ser definitivamente
terminado
O jogo é dirigido por 2 árbitros, 1 árbitro central e 1 árbitro de baliza, ambos com os
mesmos direitos.

Início e Recomeço do Jogo


A posse da bola ou escolha do campo faz-se por sorteio do árbitro entre os dois capitães
de equipa. O início do jogo é dado após o apito do árbitro, com o jogador possuidor da bola a
pisar a linha de meio-campo. Cada equipa está situada no seu meio-campo, com o jogador
adversário mais próximo a uma distância mínima de 3 metros. Após o intervalo o recomeço do
jogo é efectuado pela equipa que não o fez no início do encontro.
6

Desmarcação
 Ganhar uma posição de vantagem que permita receber a bola;
 Ocupação dos espaços livres;
 Colocação à frente do adversário;
 Braços em extensão acima da cabeça e próximos um do outro;
 Palmas das mãos abertas e viradas para a bola;
 Salto na vertical sempre que o adversário salte em suspensão, deve efectuar-se
imediatamente depois do salto do atacante

Bloco
7

Ataque
No ataque, a equipa é dividido em: Pontas (Extremos) Direito e Esquerdo, Laterais
Direito e Esquerdo, Central, Pivot e Guarda-redes.

Central: É a "locomotiva" da equipa no ataque. Este jogador está no centro do ataque e


comanda o curso e o tempo do mesmo. Este é geralmente o jogador mais experiente da equipa,
ter um grande repertório de passes e remates. Deve possuir grande visão de jogo para se adaptar
às mudanças na defesa adversária. Força, concentração, tempo de jogo e passes certos são o que
destacam um bom Central.

Laterais: O "combustível" da equipa no ataque. Os laterais geralmente possuem os mais


remates mais fortes e são, geralmente, os jogadores mais altos da equipa. (No masculino variam
de 180cm a 210cm e no feminino variam de 175cm a 190cm). Entretanto existem jogadores
excepcionais que são de estatura inferior à média, mas possuem grande capacidades de remate e
uma técnica muito apurada. Estes são geralmente os jogadores mais perigosos durante o ataque,
pois os remates costumam partir deles ou de outro jogador o qual tenha recebido um passe dele.

Extremos (Pontas): Geralmente são eles que começam as jogadas de ataque. Os pontas
são velozes e ágeis; e devem possuir a capacidade de rematar em ângulos fechados. O destaque
no remate não é a força, mas a habilidade e a direcção dos mesmos, podendo mudar o destino da
bola apenas momentos antes de soltá-la em direcção à baliza. Estes jogadores também são muito
importantes nos contra-ataques, apoiados na sua velocidade e posicionamento.

Pivot: Posicionam-se entre as linhas de 6m e a de 9m. Seu objectivo é abrir espaço na


defesa adversária para que seus companheiros possam rematar de uma distância menor, ou
posicionar-se estrategicamente para que ele mesmo possa receber a bola e rematar. O pivot
possui o maior repertório de remates da equipa, pois ele deve marcar golo geralmente sem muita
força, impulsão ou velocidade, e em jogadas geralmente rápidas.

Guarda-redes: Se o guarda-redes defender um remate, ele deve ter a habilidade e o


raciocínio rápido para observar se algum jogador se encontra em uma posição de contra-ataque,
8

fazendo assim o lançamento que deve ser rápido e certeiro. O guarda-redes não é apenas um
jogador de defesa, mas um importante armador de contra-ataques.

Linhas de jogo: Quando as equipas em jogo estabelecem um determinado sistema de jogo,


tanto no ataque como na defesa, a posição, estática ou dinâmica, dos jogadores, é representada
no seu conjunto mediante duas linhas denominadas “Primeira” e “ Segunda”, de acordo com a
seguinte lógica:
- No ataque, a primeira linha é composta pelos jogadores que se colocam mais próximos
da linha central, enquanto que a segunda linha é formada pelos jogadores que se situam mais
próximos da área de baliza.
- Na defesa este princípio é invertido, pelo que, a primeira linha é composta pelos
jogadores que se situam mais próximos da área de baliza, enquanto que a segunda linha é
formada pelos jogadores que se colocam mais próximos da linha central.
9

Bibliografia
www.yahoo.com
www.dropeoffialblogspot.com