Você está na página 1de 21

PCN DCN BNCC

A Base Nacional Comum Curricular (BNCC) é um documento


de caráter normativo que define o conjunto orgânico e
progressivo de aprendizagens essenciais que todos os alunos
devem desenvolver ao longo das etapas e modalidades da
Educação Básica.
A BNCC aplica-se exclusivamente à educação escolar, tal
como a define o § 1º do Artigo 1º da Lei de Diretrizes e Bases
da Educação Nacional (LDB, Lei nº 9.394/1996)1 , e está
orientado pelos princípios éticos, políticos e estéticos que
visam à formação humana integral e à construção de uma
sociedade justa, democrática e inclusiva, como fundamentado
nas Diretrizes Curriculares Nacionais da Educação Básica.
A BNCC integra a política nacional da Educação Básica e vai
contribuir para o alinhamento de outras políticas e ações, em
âmbito federal, estadual e municipal, referentes à

- formação de professores;
- à avaliação;
- elaboração de conteúdos educacionais;
- aos critérios para a oferta de infraestrutura adequada para o
pleno desenvolvimento da educação.
Expectativas da BNCC

Superação da fragmentação das políticas educacionais

Fortalecimento do regime de colaboração entre os entes federados

Garantia de patamar comum de aprendizagens a todos os estudantes


COMPETÊNCIAS

Competência é definida como a mobilização de conhecimentos


(conceitos e procedimentos), habilidades (práticas, cognitivas e
socioemocionais), atitudes e valores para resolver demandas
complexas da vida cotidiana, do pleno exercício da cidadania e
do mundo do trabalho.
A BNCC afirma, de maneira explícita, o seu compromisso com
a educação integral. Reconhece, assim, que a Educação
Básica deve visar à formação e ao desenvolvimento humano
global, o que implica compreender a complexidade e a não
linearidade desse desenvolvimento, rompendo com visões
reducionistas que privilegiam ou a dimensão intelectual
(cognitiva) ou a dimensão afetiva.
IGUALDADE deve valer também para as oportunidades de
ingresso e permanência em uma escola de Educação Básica,
sem o que o direito de aprender não se concretiza.

EQUIDADE os sistemas e redes de ensino e as instituições


escolares devem se planejar reconhecendo que as
necessidades dos estudantes são diferentes.
1) Ao longo da Educação Básica, as aprendizagens essenciais
definidas na BNCC devem concorrer para assegurar aos
estudantes o desenvolvimento de dez competências gerais,
que consubstanciam, no âmbito pedagógico, os direitos de
aprendizagem e desenvolvimento.
1) O artigo 26 da Lei nº 9.394/96, LDB em vigor, afirma que os currículos
da educação infantil devem contemplar a Base Nacional Comum
Curricular – BNCC. Em dezembro de 2017, o Conselho Nacional de
Educação a aprovou. Sobre esse tema, é correto afirmar que a BNCC é
um documento de caráter:
A) reflexivo, que define o conjunto normativo orgânico e progressivo de
aprendizagens essenciais como direito das crianças, jovens e adultos
B) normativo, que define o conjunto normativo orgânico e progressivo de
aprendizagens essenciais como direito das crianças, jovens e adultos
C) opcional, que defende o conjunto normativo orgânico e progressivo de
aprendizagens essenciais como direito das crianças, jovens e adultos
D) sugestivo, que defende o conjunto normativo orgânico e progressivo de
aprendizagens essenciais como direito das crianças, jovens e adultos
2) Considerando os Parâmetros Curriculares Nacionais (PCNs) no
quadro das mudanças provocadas pela Base Nacional Comum
Curricular (BNCC), é correto afirmar que os PCNs:

A) deixam de ser obrigatórios por conflitarem com a Base, sendo


substituídos pela BNCC.
B) tiveram as expectativas de aprendizagem substituídas por
direitos de aprendizagem na BNCC.
C) perderam sua função no momento da edição das Diretrizes
Curriculares Nacionais.
D) não são tornados inválidos pela BNCC, permanecendo
documentos orientadores.
E) foram automaticamente revogados pela Portaria MEC no 1.570
que aprova a BNCC.
3) Em regime de colaboração, as responsabilidades dos entes
federados serão diferentes e complementares, e a União
continuará a exercer seu papel de coordenação do processo e
de correção das desigualdades.
4) A BNCC contraria o Plano Nacional de Educação, visto não
prever o estabelecimento e implantação, mediante pactuação
interfederativa, diretrizes pedagógicas para a educação básica
e a base nacional comum dos currículos, com direitos e
objetivos de aprendizagem e desenvolvimento dos (as) alunos
(as) para cada ano do ensino fundamental e médio, respeitada
a diversidade regional, estadual e local.
5) Sobre a Base Nacional Comum Curricular (BNCC), homologada em
dezembro de 2017 pelo Ministério da Educação, NÃO é correto afirmar:
A) A contribuição mais significativa da BNCC é o de substituir os currículos das
disciplinas escolares das redes públicas federal, estaduais e municipais, na
medida em que determina o que deve ser ensinado em cada escola.
B) Determina os conhecimentos e as competências que os estudantes devem
desenvolver ao longo da escolaridade, sendo orientada por princípios éticos,
políticos e estéticos.
C) Fruto de amplo debate com diferentes atores do campo educacional e com a
sociedade brasileira, a BNCC tem o propósito de contribuir com construção de
uma sociedade justa, democrática e inclusiva.
D) Trata-se de um documento de referência, de caráter normativo, que define o
conjunto de aprendizagens essenciais que todos os alunos brasileiros devem
desenvolver ao longo das etapas e modalidades da Educação Básica.
E) Uma das finalidades da BNCC é contribuir com a superação da
fragmentação das políticas educacionais, com o fortalecimento do regime de
colaboração entre as três esferas de governo.
6) A Base Nacional Comum Curricular (BNCC) é um documento que determina os conhecimentos e habilidades
essenciais que devem garantir o direito à aprendizagem e o desenvolvimento pleno de todos os estudantes. A
respeito do assunto, conforme a última versão desse documento, considere as seguintes afirmativas:
1. A BNCC tem como um de seus marcos legais o Artigo 205 da Constituição Federal de 1988, que reconhece a
educação como um direito fundamental de todos e um dever compartilhado entre o Estado, a sociedade e a
família.
2. Conforme a BNCC, as decisões pedagógicas devem considerar o desenvolvimento de competências, com
indicações claras sobre o que os alunos devem “saber”, e sobre o que eles devem “saber fazer”.
3. A implementação da BNCC deve levar em conta a diversidade cultural, social e econômica dos estados
brasileiros, possibilitando que cada instituição de ensino construa o seu currículo de forma independente, e
autônoma usando como base somente as necessidades da comunidade local a qual atende.
4. Considerando que a Educação Básica deve propender à formação e ao desenvolvimento humano, a BNCC
defende explicitamente o compromisso com a educação integral.
Assinale a alternativa correta.
A) Somente a afirmativa 2 é verdadeira.
B) Somente as afirmativas 1 e 3 são verdadeiras.
C) Somente as afirmativas 3 e 4 são verdadeiras.
D) Somente as afirmativas 1, 2 e 4 são verdadeiras.
E) As afirmativas 1, 2, 3 e 4 são verdadeiras.
7) Faz parte das competências gerais da educação básica a valorização
e utilização dos conhecimentos historicamente construídos sobre o
mundo físico, social, cultural e digital para entender e explicar a
realidade, continuar aprendendo e colaborar para a construção de uma
sociedade justa, democrática e inclusiva.
Bônus para o Clube de Questões
Toda sexta-feira
Prova da SEDF

Clube de Questões
Atualização diária:
Questões de Conhecimentos Pedagógicos
ECA
Língua Portuguesa
Comunidade exclusiva
Ambiente virtual de interação com Os Pedagógicos