Você está na página 1de 19

DIREITO

 TRABALHISTA  E  
PREVIDENCIÁRIO  
(Aula  04)  
Prof.  Ingrid  Neves  
 
Contrato  Individual  de  
Trabalho  

•  Conceito;  
•  Caracterís6cas;  
•  Requisitos;  
•  Classificação;  
 “O  mundo  moderno  é  o  mundo  do  contrato”  
 
 
 
 
•  Conceito  dos  contratos  em  geral:  
“  Acordo  tácito  ou  expresso  mediante  o  qual  as  partes  
pactuantes  ajustam  direitos  e  obrigações  recíprocas”    
 
Conceito  Contrato  Ind.  Trabalho  

•  Definição  legal  do  art.  442,  CLT:  “Acordo  tácito  


ou   expresso,   correspondente   à   relação   de  
emprego”.  

  CríKca:   definição   muito   simples,   visto   que  


pres6gia,  apenas,  as  noções  de  contrato  e  de  
relação   de   emprego,   sem   associá-­‐las   de  
maneira  correta.  
Contrato  de  trabalho  -­‐  relação  de  trabalho:    
(autônomo,  eventual,  avulso,  estágio,  voluntário  etc)  

Contrato  de  trabalho  -­‐  relação  de  emprego  


(empregado, doméstico, rural, aprendiz)
•  Conceito  de  “contrato  de  emprego”:  
 “Acordo  de  vontades,  tácito  ou  expresso,  escrito  ou  
verbal,   firmado   entre   uma   pessoa   Msica  
(empregado)   que   coloca   seus   serviços   à   disposição  
de   outra   pessoa   Ssica,   jurídica   ou   en6dade  
(empregador)   de   maneira   pessoal,   não   eventual,  
onerosa  e  com  subordinação”  
•  Sujeitos  do  contrato  =  empregado  e  empregador  
 (é,  portanto,  negócio  jurídico  bilateral)  
   
Contrato  de  Trabalho   Contrato  de  Emprego  
1.  Pessoa  Física/Natural     1.  Empregado  (pessoa  Ssica)  
     (contratado)                                 2.  Empregador  (pessoa  Ssica  ou  
2.  Tomador  dos  serviços   jurídica;  en6dade)  
       (contratante)     3.  Prestação  de  serviços  
3.  Prestação  de  serviços     4.  Elementos  caracterís6cos:    
       (objeto  do  contrato)   -­‐  Pessoalidade    
-­‐  Não  eventualidade  
 
-­‐  Onerosidade    
*Leis  específicas  
-­‐  Subordinação  
                                                                                      -­‐  Alteridade  
*  CLT,  arts.  442-­‐456  
 
CaracterísKcas  
  privado;  
•  Contrato  de  direito  
•  Consensual;    
•  Sinalagmá6co/Bilateral;  
•  Execução  con6nuada/Trato  sucessivo;  
•  “Intuitu  personae”(personalíssimo)  para  o  
empregado  
•   Oneroso  
•  Subordina6vo  (subordinação  jurídica)  
Requisitos    
 
•  Capacidade  das  partes    
•  Licitude  do  objeto  contratual    
•  Consen6mento    
 *Forma  prevista  em  lei,  para  alguns  contratos  
de    trabalho  especiais  
•  Principal  prova  do  contrato,  nos  termos  do  
art.  13  da  CLT:  CTPS                  até  48h  para  
anotação  da  data  de  admissão,  remuneração  
e  condições  especiais,  caso  existam  
Classificação  
•  Quanto  à  forma  de  celebração:  escrito  ou  verbal;  
•  Quanto  ao  consen6mento:  expresso  ou  tácito;  
•  Quanto  à  regulamentação:  comuns  e  especiais;  
•  Quanto   ao   local   da   prestação   de   serviços:   no  
estabelecimento  do  empregado,  externamente  e  no  
domicílio  do  empregado;  
•  Quanto   à   qualidade   do   trabalho:   manual,   técnico   e  
intelectual;  
•  Quanto   aos   sujeitos:   contrato   individual   e   contrato  
de  equipe  (plúrimo,  cole6vo)  
  *Não   confundir   contrato   plúrimo   com  
“contrato   cole6vo   do   trabalho”,   decorrente  
de  negociação  cole6va.  
•  Quanto  à  duração:  determinado  ou  indeterminado  
*A  regra  são  contratos  de  duração  indeterminada  
 
•  Os   efeitos   do   contrato   determinado   dependem   de  
um  termo  futuro.  Tanto  o  tempo  como  o  evento  são  
certos.   Pode   ocorrer,   entretanto,   que   o   trabalhador  
saiba   que   o   contrato   se   ex6nguirá,   porém   não   se  
possa  precisar  quando  (exemplo:  contratados  para  a  
construção   de   um   ediScio;   serviços   executados   em  
uma  safra)  
•  Contratos  por  tempo  determinado  (art.  443,  CLT):  
  -­‐   Serviços   cuja   natureza   ou   transitoriedade  
jus6fiquem   a   predeterminação   do   prazo   (exemplo:  
safra,  construção  de  obra)  
 
  -­‐   A6vidades   empresariais   de   caráter   transitório  
(exemplo:  períodos  de  Natal,  São  João)  
 
 -­‐  Contrato  de  Experiência  
•  Requisitos  do  contrato  por  prazo  
DETERMINADO  (Art.  445,  CLT):  
ü até  2  anos;  
ü até  90  dias,  no  contrato  de  experiência.  
ü É  possível  prorrogar,  em  qualquer  caso,  1  única  vez.    
ü A   soma   do   contrato   inicial   +   a   prorrogação   não   pode  
superar  os  prazos  mencionados.    
ü Não  se  pode  prorrogar  após  o  término  do  contrato.  
 ATENÇÃO:    a  não  observância  dos  prazos  de  contrato  
determinado,   faz   com   ele   seja   conver6do   em  
contrato  por  prazo  indeterminado.  
 
•  Outra   hipótese   de   conversão,   é   a   sucessão   de  
contratos   determinados   dentro   de   um   período   de   6  
meses,   exceto   quando   a   expiração   dependeu   da  
execução   de   serviços   especializados   ou   da  
realização   de   certos   acontecimentos   (art.   452   da  
CLT).  
 
Determinado                                                                  Indeterminado  
•   Ultrapassar  2  anos  ou  90  dias;  
 •   Mais  de  uma  prorrogação;  
•   Contratações  seguidas  com  menos  de  6  meses  (salvo  exceções)  

•  Cláusula   do   direito   recíproco   de   rescisão  


antecipada   (art.481,   CLT):   se   for   u6lizada,   o  
contrato   passa   a   ser   regido   pelas   normas   de  
contrato  indeterminado  
•  Em   contratos   por   prazo   determinado,   não   se   pode  
seguir   exclusivamente   a   CLT,   porque   existem   várias  
outras  leis  que  prevêm  este  6po  de  contratação  em  
hipóteses  específicas.  Exemplos:    
ü Temporário  (Lei  6.019/1974);  
ü Safrista  (Lei  5.889/1973);  
ü Jogador   de   futebol;   Atletas   profissionais   (Leis  
6.354/1976,    9.615/1998  e  outras)  
ü Ar6sta  (Lei  6.533/1978)  
ü Aprendizagem  (CLT,  art.  428)  
•  Trabalhador   Temporário   (Lei   6.019/1974):  
atender   uma   necessidade   transitória   de  
subsKtuição  de  pessoal  regular  e  permanente  ou  
acréscimo  extraordinário  de  serviço  até  90  dias.  
 
•  Terceirização   lícita   e   ilícita:   observar   se   as  
a6vidades  desenvolvidas  são  “a6vidades  fim”  ou  
“a6vidades  meio”  
•  Contrato   de   Experiência:   propicia   às   partes  
uma   avaliação   subje6va   recíproca   (“contrato  
de  prova”).  
•  Contratação  até  90  dias.  
•  Nos   ternos   do   art.   442-­‐A   da   CLT,   o  
empregador   não   poderá   exigir   do   candidato  
ao   emprego   comprovação   prévia   por   tempo  
superior  a  6  meses  no  mesmo  6po  e  a6vidade.