Você está na página 1de 6

PRESTAÇÃO

BENEFÍCIO
SERVIÇO/RGPS FATOR GERADOR CARÊNCIA RMI

Será devida ao segurado Em regra { 12 contribuições/mês 100% do Salário Benefício


incapaz e insusceptível
 Independe de carência  Obs.: acréscimo
de reabilitação para o
- acidente de qualquer de 25% p/
exercício de atividade
natureza ou causa - aposentados que
que lhe garanta a
doença profissional precisam de uma
subsistência, e será paga (peculiar ao trabalho)ou ajuda “extra”
enquanto permanecer de trabalho (que  Os 25% não
nesta condição. adquiriu com o tempo). incorporam a
pensão por morte
 Obs.: pode ser
 Em caso de
cedida c/ou não Lista Doenças Profissionais
Aposentadoria acréscimo pode
auxílio doença I - tuberculose ativa;
por invalidez ser desrespeitado
II - hanseníase; o teto;
III- alienação mental;
Lista das hipóteses do acréscimo 25%
IV- neoplasia maligna;
I - Cegueira total.
V - cegueira
II - Perda de nove dedos das mãos ou
VI - paralisia irreversível e incapacitante; superior a esta.
VII- cardiopatia grave; III- Paralisia dos dois membros
VIII - doença de Parkinson; superiores ou inferiores.

IX - espondiloartrose anquilosante; IV- Perda dos membros inferiores, acima


dos pés, quando a prótese for
X - nefropatia grave; impossível.
XI - estado avançado da doença de Paget V - Perda de uma das mãos e de dois
(osteíte deformante); pés, ainda que a prótese seja possível.
XII - síndrome da deficiência imunológica VI - Perda de um membro superior e
adquirida - Aids; outro inferior, quando a prótese for
impossível.
XIII - contaminação por radiação, com
base em conclusão da medicina VII- Alteração das faculdades mentais
especializada; e com grave perturbação da vida orgânica
e social.
XIV - hepatopatia grave.
VIII - Doença que exija permanência
contínua no leito.
IX - Incapacidade permanente para as
atividades da vida diária.

Atingir a idade exigida Em regra {180 contribuições 70% do Sal. Benef. + 1% (a cada
grupo de 12 contrib mensais)
Regra Geral: H:65 e M 60  Obs.: Para segurados
inscritos até 24/07/1991, a  Fica Limitada a 100% do
Aposentadoria Trab. Rural H: 60 carência das
Pesc. Artesanal M: 55 Sal Benefício;
por idade aposentadorias por idade,
Garimpeiro por tempo de contribuição
Compulsória H: 70 e especial, obedecerá a
M:65 seguinte tabela. (lei 8213,
Art. 142;)
O segurado completar o Em regra {180 contribuições 100% do SB.
tempo de contribuição.
 Para segurados inscritos (SB = M * Fator Previdenciário;
Regra geral: H:35 e M:30 até 24/07/1991, a carência USO OBRIGATÓRIO DO FP)
das aposentadorias por
Aposentadoria Professores da educação idade, por tempo de REGRA 85/95 – Fator
por tempo de Básica: H: 30 M: 25 contribuição e especial,
Previdenciário facultativo
contribuição obedecerá a seguinte
tabela. (lei 8213, Art. 142;)

Aposentadoria É o segurado trabalhar Em regra {180 contribuições


100% do SB.
Especial durante 15, 20 ou 25
 Para segurados inscritos
anos expostos a agente
até 24/07/1991, a carência
nocivos: químicos, físicos
das aposentadorias por
ou biológicos,
idade, por tempo de
prejudiciais a sua saúde contribuição e especial,
ou integridade física. obedecerá a seguinte
tabela. (lei 8213, Art. 142;)
15 anos: Trabalhadores
em minas subterrâneas e
trab. diretamente na
frente de produção

20 anos: Trabalhadores
em minas subterrâneas

25 anos: O restante que


estão expostos a agentes
nocivos.
Tempo de Contribuição

Grave: H 25 M 20 Em Regra {180 contrib. Tempo de Contrib. 100% do SB


Moderara: H 29 M 24
Leve: H 33 M 28

Aposentadoria Por idade


da pessoa com Por idade: 70% do SB + 1% (a
Independe de Grau Por idade {15 anos de contrib.
deficiência cada 12 contrib.)
H 60 M 55
 Obs.:Fator
Previdenciário é
Facultativo.

Fica incapacitado para o Em regra { 12 contribuições/mês


seu trabalho ou para sua
atividade habitual por  Independe de carência
mais de 15 dias - acidente de qualquer
consecutivos. natureza ou causa
- doença profissional
O segurado empregado, (peculiar ao trabalho)
durante os primeiros 15 ou de trabalho (que 91% do SB
dias incumbirá à empresa
adquiriu com o tempo).
pagar ao segurado Art.29 §10 Lei 8213/91
empregado o seu salário
(§ 3 – D3048) Lista Doenças Profissionais O Auxílio doença não poderá
I - tuberculose ativa; exceder a media aritmética simples
Se ele voltar a se afastar dos 12 últimos SC, inclusive no caso
dentro de 60 dias desse II - hanseníase;
de remuneração variável, caso não
retorno, em decorrência III- alienação mental;
haja 12 SC o cálculo será feito dos
da mesma doença, fará IV- neoplasia maligna;
Auxílio Doença SC existentes.
jus ao auxílio doença a V - cegueira
partir da data do novo VI - paralisia irreversível e incapacitante;
afastamento. VII- cardiopatia grave;
(§4- D3048)
VIII - doença de Parkinson;
Se o retorno à atividade IX - espondiloartrose anquilosante;
tiver ocorrido antes dos X - nefropatia grave;
30 dias do afastamento, XI - estado avançado da doença de Paget
o segurado fará jus ao (osteíte deformante);
auxilio a partir do dia XII - síndrome da deficiência imunológica
seguinte ao que adquirida - Aids;

completar o período de + XIII - contaminação por radiação, com


base em conclusão da medicina
de 15 dias. especializada; e
(§5- D3048) XIV - hepatopatia grave.
Devem acontecer os 4
subitamente.

1 Acidente de Não exige carência


qualquer natureza
Auxílio 2 Consolidação das Obs.: Não é mais vitalício. É
50% do SB
Acidente lesões de natureza indenizatória,
3 Sequelas definitivas podendo ser menor que um
4 Redução da sal. mín.
capacidade
laborativa p/ o
trabalho

1 Parto Empregado e Trab. Avulso:


2 Aborto não crim. Remuneração integral (limitado
3 Adoção ou guarda ao subsídio Min. STF;
judicial para fins de
teto= 29.462,25)
adoção.

120 dias = Parto Empregada Doméstica:


(podendo ser aumentado O último salário de contribuição;
em até 2 semanas - Independe de Carência:
antes/depois do parto em Empregado, Trabalhador avulso, Segurado Especial:
situações excepcionais) e Empregado Doméstico; Valor do salário mínimo (se ele
Salário adoção ou guarda para recolher a mais, ele receberá o
fins de adoção. - 10 meses de contribuição: mesmo que o facultativo e o
Maternidade
Contrib. Individual, Facultativo; indiv.)
90 dias = Aborto não
criminoso. - 10 meses efetivo: Contrib. Individual, Facultativo
Segurado Especial; e Empregado:
 A partir da 23º
semana é 1/12 * a soma dos últimos 12
considerado SC, apurados em período não
parto, mesmo
que a criança superior a 15 meses.
nasça morta. [1/12* soma dos 12 últimos SC]
Criança até 12
anos.

Segurado de baixa renda Uma cota a cada filho (ou


(SC até R$ 1089,72) e ter equiparado) até os 14 anos de
filho (ou equiparado) até idade ou inválido. O valor da
14 anos ou inválido.
cota é:
Segurado Empregado e Não exige carência
trabalhador avulso 1: R$37,18, p/ cada segurado
Salário Família
 Obs.: pode acumular com com remuneração não superior
Aposentado por invalidez outros auxílios a R$752,02
ou idade, demais
aposentados a partir dos 2: R$26.20 para segurado com
H:65 M 60 remuneração superior a 752,02
e igual ou inferior a R$1089,72
- Morte de um segurado. Não exige carência
- Morte presumida
(ausência do segurado REQUISITO CÔNJUGE/COMPANHEIRO
por mais de Seis meses) – 18 CONTRIBUIÇÕES DO SEGURADO + 2
o juiz tem que sentenciar ANOS DE UNIÃO ESTÁVEL
- Morte presumida (caso não cumpra estes requisito
(quando se está presente
o benefício para este dependente
em uma catástrofe) –
não precisa de decisão –cônjuge/companheiro- é de
100% do valor da aposentadoria
judicial, apenas de prova apenas 4 meses)
que o segurado recebia ou
hábil.
Pensão por  Requisito suspenso se daquela a que teria direito se
Morte decorrer de acidente de estivesse aposentado por
qualquer natureza ou de invalidez
doença profissional ou
de trabalho

 Se cumprido os requisitos
seguir tabela de duração
cota para
cônjuge/companheiro

Segurado de Baixa renda,


ser recolhido à prisão,
em regime prisional, Não exige carência
fechado ou semi –
aberto. REQUISITO CÔNJUGE/COMPANHEIRO
18 CONTRIBUIÇÕES DO SEGURADO + 2
 Obs. Se tiver em ANOS DE UNIÃO ESTÁVEL
gozo de:
aposentadoria,
(caso não cumpra estes requisito
auxílio-doença ou o benefício para este dependente
abono –cônjuge/companheiro- é de 100% do valor da aposentadoria
permanência em apenas 4 meses)
serviço – não terá que o segurado recebia ou
Auxílio
direito ao auxílio daquela a que teria direito se
Reclusão
reclusão. estivesse aposentado por
 Requisito suspenso se
invalidez
decorrer de acidente de
qualquer natureza ou de
doença profissional ou
de trabalho

 Se cumprido os requisitos
seguir tabela de duração
cota para
cônjuge/companheiro
Proporciona ao
beneficiário incapacitado
parcial ou totalmente
para o trabalho, e as
pessoas portadoras de
Habilitação e deficiência, os meios
para a (re)educação e de Não exige carência Serviço não pecuniário
da Reabilitação
(re)adaptação
profissional e social
indicados para participar
do mercado de trabalho
e do contexto em que
vive.
Compete ao serviço Social
esclarecer junto ao beneficiário
seus direitos sociais e os meios de
exercê-lo, e estabelecer
conjuntamente com eles o
Serviço Social processo de soluções dos Não exige carência Serviço não pecuniário
problemas que emergirem da sua
relação com a previdência social,
tanto no âmbito interno da
instituição como na dinâmica da
sociedade.