Você está na página 1de 14

Manual Operacional da APAC

Dados técnicos do sistema

1)Linguagem de programação : Clipper, ambiente DOS


2)Memória utilizada : 640 Kb (menos que 1 Megabyte)
3)Não é compatível com nomes de arquivos e pastas extensos, ou seja, com mais de 8
posições.
4)Não é compatível com impressoras de rede Windows ou USB.
5)Monousuário.
6)Arquivos formato DBF.
Não é permitido a abertura dos arquivos DBF pelo programa EXCEL da Microsoft. Pois
o mesmo não é totalmente compatível com este formato de arquivo.

Instalação do sistema.

1) abrir o arquivo config.nt na pasta c:\windows\system32 com o bloco de notas, alterar


a linha “files = nnn”, onde nnn = valor, para “files = 140”, manter o valor de nnn se
este for maior que 140.

2) criar uma pasta em c:, por exemplo : c:\APAC

3) Baixar na BBS ou no Site a ultima versão do sistema, no formato APACXXXX.EXE,


onde XXXX = versão, na pasta criada para o sistema.

4) Baixar na BBS ou no Site a versão do banco de dados, contendo as características dos


procedimentos,CBO,CID etc., no formato bdsiaAAAAMML.EXE, onde AAAA = ano,
MM = mês e L = letra na pasta criada para o sistema.

OBS : a versão do banco de dados é muito importante para a digitação da produção,


pois ela contem as regras criticadas pelo SIA e VERSIA na secretaria de saúde.

OBS2 : um banco de dados pode possuir atualizações em um mesmo mês, a cada


atualização é criada um novo banco com uma nova letra, em ordem crescente, então a
letra “A” é a primeira versão do banco no mês, a letra “B” é a segunda versão no
mesmo mês, utilize sempre a ultima versão do mês que vc deseja digitar a produção,
assim o sistema estará atualizado.

OBS3 : em caso de um novo mês e que ainda não exista um banco de dados para este
mês, pode-se iniciar a digitação com o banco de dados do mês anterior e após a
publicação do novo banco de dados no site, deve-se atualizar e verificar se não houve
mudanças nas características dos procedimentos já digitados.

5) executar o aplicativo APAC, se tudo estiver correto, o sistema vai solicitar os dados
locais do prestador e a competência que será utilizada.

1
Atualização do sistema

Baixar na BBS ou no Site a ultima versão do sistema, no formato APACXXXX.EXE,


onde XXXX = versão, na pasta onde se encontra o sistema APAC

Executar o aplicativo baixado, e teclar Y para todas as perguntas para sobrepor arquivo.

Atualização do sistema :

Atualização do banco de dados

Baixar na BBS ou no Site a versão do banco de dados, contendo as características dos


procedimentos,CBO,CID etc., no formato bdsiaAAAAMML.EXE, onde AAAA = ano,
MM = mês e L = letra na pasta criada para o sistema.
Executar o aplicativo baixado, e teclar Y para todas as perguntas para sobrepor arquivo.

Atualização do banco de dados :

2
Inclusão de APAC

Entre no sistema e escolha a opção APAC

É apresentado todas as APAC´s já digitadas, podendo posicionar com as setas para cima
e para baixo em uma APAC e altera-la ou teclar INS para inserir nova APAC.

Ao teclar INS, o sistema solicita o numero da APAC.

Este numero é definido pela “PT/SAS N.567 DE 13 DE OUTUBRO DE 2005” e possui


o seu controle para secretaria de saúde.

3
Após a digitação do numero da APAC, deve-se informar CNES e inicio e fim de
validade da APAC.
Nesta tela devemos informar os dados do usuário da APAC.

A próxima tela devemos informar os procedimentos executados na APAC.


Sendo que o primeiro procedimento deve ser o procedimento principal.

O procedimento principal define como será a próxima tela apresentada pelo sistema.

Após a digitação do procedimento, devemos informar o CBO e a quantidade executada.


O sistema verifica se o CBO e a quantidade informada é compatível com o
procedimento.

Se o procedimento for do grupo de medicamentos, o sistema vai solicitar a digitação do


CID principal e secundário deste procedimento, o CID principal é obrigatório e o
secundário é opcional.

4
Se o procedimento permitir a cessão de credito, o sistema solicita o CNPJ do prestador
(Baxter ou Fresenius), se informado, este CNPJ deve estar presente no arquivo de
fornecedores da ANVISA. A cessão de credito não é obrigatória. Podendo ficar em
branco.

Após a digitação do procedimento principal e dos campos descritos acima, o sistema


permite que se inclua os procedimentos secundários, bastando teclar a tecla INS ou caso
não exista outros procedimentos, deve-se teclar ESC para sair da tela de procedimentos.

Dependendo do código de motivo de saída, o sistema solicita a data de encerramento da


APAC, esta data deve ser informada em caso de alta, óbito, transferência ou mudança de
procedimento principal. Os códigos do motivo de saída estão definidos na PT/SAS 719
de 28/dez/2007

A terceira tela pode ser diferente para cada procedimento principal. Existem 6 tipos de
telas até a versão 01.10 do APAC, que são

LAUDO GERAL
MEDICAMENTOS
NEFROLOGIA
QUIMIOTERAPIA
RADIOTERAPIA
CIRURGIA BARIATRICA

Estas telas são referentes a 2ª folha da APAC, definidas nas portarias :

PORTARIA SAS/MS N° 493, DE 31/08/2007 (apenas a Bariátrica)


PORTARIA SAS/MS Nº 768, DE 26/10/2006

5
A seguir um exemplo de cada tela apresentada pelo sistema :

Laudo Geral

Medicamentos

6
NEFROLOGIA

QUIMIOTERAPIA

7
RADIOTERAPIA

CIRURGIA BARIATRICA

8
A quarta e ultima tela, é solicitado o caráter de atendimento, que é definido na PT/SAS
719 de 28/dez/2007 e o tipo de APAC, que pode ser Inicial, Continuidade ou Única.

Após a informação do tipo de APAC, informa-se os dados do medico responsável,


autorizador e qual foi o órgão emissor.

Maiores informações sobre o código do órgão emissor podem ser obtidas na


PORTARIA No- 637, DE 11 DE NOVEMBRO DE 2005.

9
Exportação para o SIA

Após o termino da digitação da produção, deve-se encaminhar o arquivo em meio


magnético para a secretaria de saúde.
A opção EXPORTAÇÃO no menu principal do APAC, realiza esta operação.
O sistema exige que se realize o backup antes do processo, aconselhamos que utilize o
drive “C” e após o termino do processo, copie o conteúdo da sub-pasta backup para
outra pasta ou mídia externa como CD, DVD ou fita.

Após a rotina de backup, o sistema solicita o destino do arquivo de remessa. Este


destino pode ser no drive “A” ou “C”, se a escolha for no drive “C”, será necessário
informar a pasta de destino, lembrando que o nome da pasta não pode passar de 8
posições.

Exportação de APAC.

Escolha da pasta

10
A seguir o sistema solicita que se complete o nome do arquivo e onde será gerado o
relatório da remessa, em arquivo ou diretamente na impressora.

Para os usuários que utilizam impressoras não suportadas pelo sistema, como
impressoras de rede ou USB, pode-se gerar o relatório em arquivo e depois abrir com o
bloco de notas para a impressão. O nome do arquivo gerado é sempre “RELEXP.PRN”,
que será gerado na pasta do APAC.

OBS : em caso de digitação de mais de mil APAC´s, é aconselhável gerar o arquivo no


drive “C”, pois o limite de espaço no drive “A” pode ser insuficiente.

Após a exportação, o sistema exclui todas as APAC´s, assim pode-se iniciar novo
processo de digitação.

11
Importação de arquivo de APAC.

O sistema permite que se importe o arquivo gerado pelo próprio APAC. Desta forma o
arquivo gerado pelo sistema tambem pode ser utilizado como backup.

A forma é análoga a exportação, mas neste caso devemos informar onde se encontra o
arquivo, drive e/ou pasta, e depois o complemento com o nome do arquivo.

Regras para a importação :

1) A competência do arquivo deve ser a mesma competência do sistema.


2) O numero da APAC não pode existir no sistema (duplicidade)

A utilização desta opção pode ser aplicada em unidades com grande volume de APAC´s,
como o sistema é monousuário, pode-se dividir a digitação em varias maquinas e depois
juntar toda produção em apenas uma maquina.

Outra aplicação é para o acerto da produção, em caso de problemas encontrados na


secretaria pelo SIA.

12
Nova competencia

Após o envio da remessa a secretaria, pode-se mudar a competência de produção, basta


utilizar a opção Operador -> Controle de Competência.

Se já possuir alguma produção digitada no sistema, o sistema solicita que se confirme a


mudança, excluindo esta produção.

13
Fontes :

Arquivo LERNOTAS.TXT, contido no kit do APAC.

Internet
http://forum.datasus.gov.br/
http://sia.datasus.gov.br
http://dtr2001.saude.gov.br/sas/

Portarias úteis

- PT/SAS N.567 DE 13 DE OUTUBRO DE 2005


-Define regras da numeracao da APAC.

- PT SAS 768 OUT/06


- Define novo layout da parte variavel (laudo) dos procedimentos

- PORTARIA No. 493, DE 31 DE AGOSTO DE 2007.


- define campos de procedimentos de CIRURGIA BARIÁTRICA

- PORTARIA N. 719, DE 28 DE DEZEMBRO DE 2007


- Incluir os campos Raça/Cor e Carater de atendimento.

- Portaria GM/MS nº. 2.848 DE 06 de Novembro de 2007


- Publica a Tabela de Procedimentos, Medicamentos,Órteses, Próteses e Materiais
Especiais - OPM do Sistema Único de Saúde.

- PT N. 637 DE 11 DE NOVEMBRO DE 2005


- define a característica do campo código do órgão emissor.

14