Você está na página 1de 10

1

“Senhor, que quereis que eu faça?


Hospital espiritual, 22.09.2019, 08h30






• “Em que posso te ajudar?”








• Maria não precisou perguntar








“Disse, então, Maria: Eu sou a serva do Senhor, faça-se em
mim segundo tua palavra”.

Lucas, 1:38









• Eliseu deixa o arado


2


“Elias disse a Eliseu: Pede-me o que queres que te faça, antes
que seja arrebatado da sua presença”.

2 Reis, 2:9










• “Como posso servi-lo?”










“Senador, por que me procuras?”

Há dois mil anos, Emmanuel
Cap V O Messias de Nazaré








• O cego na entrada de Jericó







3


“Dizendo: que queres que te faça? E ele disse: Senhor, que eu
veja”.

Lucas, 18:41









• Nem todo doente quer a cura; só livrar-se do incômodo








• Nem todo que pergunta quer ouvir a resposta








• Dar ordens a Deus (reclamar)








• O pedido dos filhos de Zebedeu (João e Tiago)

4



“E ele lhes disse: que quereis que vos faça? – Concede-nos, na
tua glória, sentarmo-nos um à tua direita e outro à tua
esquerda”

Marcos, 10:36








• Sabemos o que pedimos? O Cálice de amargura






• Saulo de Tarso na estrada de Damasco







“E ele, tremendo, atônito, disse: Senhor, que queres que eu
faça? E disse-lhe o Senhor: Levanta-te, entra na cidade, e lá
te será dito o que te convém fazer”.

Atos, 9:6








• “Faço qualquer coisa para me redimir”
5

• A lição da fraternidade e auxílio mútuo









“Aquela alma resoluta, humilhada e ferida, dava mostras de sua
nobreza e lealdade. Saulo não escolhe tarefas para servi-lo.
Entregando-se-lhe de alma e corpo, como se fora ínfimo servo,
interroga com humildade o que desejava o Mestre da sua cooperação”.







• Sou gentil, desde que tenha afinidade








• Trabalho em equipe, desde que minha opinião prevaleça








• Ajudo, desde que seja reconhecido







• Cultivo amigos, desde que só se divirtam comigo


6

A cegueira de Saulo





“Era justo que cessassem as suas percepções visuais, a fim de conservar,
para sempre, a lembrança do glorioso minuto de sua transformação
para uma vida mais sublime”.




Libertação miraculosa de Paulo e Silas (Filipos) / LUCANO






“E tirando-os para fora, disse: Senhores, que é necessário
que eu faça para me salvar? – Crê no Senhor.”

Atos, 16:30










• Rendição à verdade









• Não alimentar o desânimo
7

• Não fugir pela porta falsa do suicídio











• O que PRECISAMOS / MERECEMOS / DESEJAMOS








• Relacionar-se é ferir-se









• Francisco de Assis (São Damião)









“Senhor, que queres que eu faça? – Restaura minha igreja,
que está em ruínas”.






8

• Por melhores que sejamos, às vezes não compreendemos










• E se Judas tivesse feito essa pergunta?








• E nós?







o O que eu faço com esse desânimo que me abate?







§ Espera






o O que eu faço com a tristeza que não passa?
9

§ Renove-se







o O que eu faço quando me sentir sozinho?







§ Serve








o O que eu faço quando tiver medo?








§ Confia







10

EM NOSSA MARCHA (EMMANUEL)




A pergunta “Que queres que eu faça?” deixa perceber que a posição
melindrosa do interessado que se ajustava aos imperativos da Lei.




Nada ocorre à revelia dos Divinos Desígnios.




Quanta gente roga acesso à presença do Salvador e, quando por ele
interpelada, responde em prejuízo próprio?




Lembremo-nos de que, por vezes, perdemos a casa terrestre a fim de
aprendermos o caminho da casa celeste;




Somos abandonados pelos mais agradáveis laços humanos, de
maneira a retornarmos aos vínculos divinos;




Há épocas em que as feridas do corpo são chamadas a curar as chagas
da alma,




Há situações em que a paralisia ensina a preciosidade do movimento.


Sirvamos, já que não sabemos escolher outra condição melhor.