Você está na página 1de 3

Pergunta: "O que significam as sete igrejas do Apocalipse?

"

Resposta: As sete igrejas descritas em Apocalipse 2-3 são sete igrejas literais no
momento em que João, o apóstolo, estava escrevendo Apocalipse. Embora fossem
igrejas literais naquele tempo, há também um significado espiritual para as igrejas e
os crentes de hoje. O primeiro objetivo das cartas era de se comunicar com as igrejas
literais e satisfazer as suas necessidades naquele momento. O segundo propósito era
de revelar sete tipos diferentes de indivíduos/igrejas ao longo da história e instruí-los
na verdade de Deus.

Um possível terceiro propósito é usar as sete igrejas para prenunciar sete diferentes
períodos da história da Igreja. O problema com essa visão é que cada uma das sete
igrejas descreve problemas que poderiam existir na Igreja em qualquer momento de
sua história. Assim, embora possa haver alguma verdade com as sete igrejas
representando sete eras, há especulação demais a esse respeito. Nosso foco deve
estar na mensagem que Deus está nos dando através das sete igrejas. As sete igrejas
são

(1) Éfeso (Apocalipse 2:1-7) - a igreja que havia abandonado o seu primeiro amor
(2:4).

(2) Esmirna (Apocalipse 2:8-11) - a igreja que sofreria perseguição (2:10).

(3) Pérgamo (Apocalipse 2:12-17) - a igreja que precisava se arrepender (2:16).

(4) Tiatira (Apocalipse 2:18-29) - a igreja que tinha uma falsa profetisa (2:20).

(5) Sardes (Apocalipse 3:1-6) - a igreja que tinha adormecido (3:2).

(6) Filadélfia (Apocalipse 3:7-13) - a igreja que tinha sofrido pacientemente (3:10).

(7) Laodiceia (Apocalipse 3:14-22) - a igreja com a fé morna (3:16).

Os mensageiros quem são:


Olhemos o texto do apocalipse, para podermos entender:
8"Eu sou o Alfa e o Ômega, diz o Senhor Deus, “Aquele-que-é, Aquele-que-era e
Aquele-que-vem” o Todo poderoso. (Apocalipse 1,8)
“Escreve o que vês num livro, e envia-o às sete igrejas que estão na Ásia: a Éfeso,
e a Esmirna, e a Pérgamo, e a Tiatira, e a Sardes, e a Filadélfia e a Laodicéia.”
(Apocalipse 1,11)
“Ao Anjo da Igreja de Éfeso, escreve:”(apocalipse 2,1)
A melhor compreensão para designar os mensageiros destas comunidades, passa pela
compreensão da literatura judaica. Os judeus entendemm que não somente o mundo
material que habitamos esta governado por anjos, (conforme Apocalipse 7,1;14,18 etc)
mas também seu governo se estende para as pessoas e comunidades (conforme Ex
23,20). Assim podemos afirmar que cada Igreja esta governada por um anjo que é
responsável por ela e a cada um desses anjos será enviada uma carta.
Portanto os mensageiros (os anjos) podem ser considerados como os lideres responsáveis
pelas Igrejas, ou mais ainda se pode entender como a própria Igreja formada por
membros.
Com esta interpretação, entendemos a imagem do Cristo em Apocalipse 1,16, tendo as
comunidades em sua mão direita. Isto é aos seus cuidados a sua proteção.
Sei que existem outras interpretações para mensageiros que estudiosos e evangelizadores
dão, mas prefiro está por está abalizada por muitos estudiosos.
Consulta;
RICHARD, PABLO, Apocalipse, reconstrução da Esperança, Vozes Petrópolis, 1996, pág.
95ss
MESTERS, Carlos,Esperança de um povo que luta o apocalipse de São João uma chave
de leitura, Paulinas, São Paulo, 1982, pag. 18-24
As mensagens as sete Igrejas
As cartas reveladas a João no Apocalipse, no dia de domingo na ilha de Patmos ele
direciona aos mensageiros das sete igrejas da Ásia, com conteúdo e mensagens próprias
a cada Igreja e com peculiaridades próprias.
1. Éfeso - Apocalipse 2,1-7.
Começa aparecer sinal de esfriamento e distanciamento da igreja. O amor e o entusiasmo
inicial estão se perdendo. Muitos que aceitaram a Cristo se tornaram orgulhosos e
abandonaram o entusiasmo.
Tornaram-se desobedientes a Deus, passando acreditar em outras pessoas.
Mas devemos dizer que parte da comunidade é perseverante, pois seus membros
sofreram por causa do meu nome. suportando as lutas.
2. Esmirna - Apocalipse 2,8-11.
Jesus consola a comunidade e não acusa de nenhuma infidelidade.
Achamos também a luta diária e a rica postura espiritual, apesar de pouca riqueza
material. Por causa dessa postura no Espírito, o Senhor aconselha Esmirna a suportar a
prova que aproxima por causas dos infiéis.
3. Pérgamo - Apocalipse 2,12-17.
Existem seguidores da pornografia no meio do povo santo, e os que praticam a idolatria do
Império Romano.
Achamos também parte da comunidade que não negaram o nome de Deus mesmo
habitando em lugar idólatra.
4. Tiatira - Apocalipse 2,18-29.
Não perdeu o primeiro entusiasmo, mas ainda encontramos a insistência na pratica do
pecado por certo grupo de membros, estes seguem os falsos profetas (Jezabel), com
pratica da magia e influenciados por práticas sexuais descontroladas, do ensino
equivocado, justificando a corrupção pessoal, familiar e social.
Não há qualquer tipo de reação para se livrar.
Mas na comunidade existem também a pratica do amor, fé, trabalho e perseverança.
Sardes - Apocalipse 3,1-6.
Tinha a fama buscar o sucesso espiritual, mas Aquele que sonda os corações e
esquadrinha a vida do homem, Jesus Cristo, enxergou a profunda morte. Encontramos a
negligência, que é pecado. Poucas pessoas mantiveram santas e receberam de Cristo
privilégio de poderem vestir-se de branco juntamente com Ele.
6. Filadélfia - Apocalipse 3,7-13.
Jesus disse sei que éreis débeis (v.8), mas permanecestes perseverante e obediente a
sua palavra.(v.10) Os participantes da igreja de Deus eram também membros da igreja de
Satanás. Estes seriam postos a conhecer a glória de Deus pela dor.
Achamos também, apesar das últimas forças, a façanha de terem guardado a Palavra e,
por conseguinte, não negaram o nome de Jesus.
7. Laodicéia - Apocalipse 3,14-22.
Encontramos a dúvida na comunidade. Conservam-se no meio termo, ora aqui, ora ali.
Deus não abre mão da insegurança dos que a Ele seguem. Não se pode beber de dois
cálices. Achamos também o amor de Deus por Laodicéia e a chance do arrependimento
mútuo.
Assim, entendemos que toda a igreja de Deus hoje tem as qualidades e os defeitos aqui
descritos. Nós, como representantes desse Deus vivo, precisamos tomar como lição essa
Palavra.