Você está na página 1de 11

15 Alimentos que você compra uma vez e replanta

para sempre

Quando for usar a cebolinha, separe toda a parte branca e mais um pedacinho
da parte verde. Coloque dentro de um copo com água, cobrindo cerca de 2,5 cm
(a parte branca). Deixe num local ensolarado e dentro de poucos dias, terá
cebolinhas novas para usar e não precisará mais comprar. Troque a água todos
os dias. Se tiver um quintal, também poderá replantar e terá mais cebolinhas
que qualquer Mônica poderia aguentar, até para dividir com amigos, vizinhos
e família.

Manjericão

Acho o mais saboroso e o mais cheiroso dos temperos. Separe mais ou menos
três pares de hastes, corte-as com uns 10 a 15 cm, escolha as mais bonitas,
retire as folhas da parte de baixo, também as flores, deixando apenas
algumas folhas na parte superior. Coloque num copo de vidro com água até a
metade e deixe num lugar ensolarado, trocando a água de dois em dois dias.
Depois, quando as raízes estiverem com o tamanho de 2 cm é hora de
replantar num vaso médio, grande ou numa floreira, pois ele precisa de
espaço e de sol. Assim terá manjericão por um ano sem problemas, para molhos
pesto, pizzas marguerita e qualquer outro prato #delícia.
Hortelã

domestocrat

Funciona da mesma forma que o manjericão. Depois precisa ser plantada também
em um vaso maior e com furos em baixo, pois necessita de solo drenado e de
muita água. Em nenhum momento a terra poderá ficar seca. Então cuidado com o
sol da tarde. Você também viu, passou o protetor hoje?!

Alecrim

17apart

Faça o mesmo processo inicial do Manjericão e da Hortelã. Depois plante os


galhinhos em um vaso com furos em baixo para drenar a água, numa mistura de
2/3 de areia grossa e 1/3 de terra musgo. Pela composição da terra, já se
percebe que ele não curte muita água, então não regue demais, mantenha-o num
local ensolarado. Vá cortando os galhinhos quando precisar, depois replante
de novo. Essa técnica pode ser usada com outros temperos, como o coentro.
Alho

Aqui vamos aproveitar as folhas do bulbo. Não precisa ser replantado, se


colocado os dentes numa vasilha de vidro com água, crescerá brotos que
ficarão ótimos com batatas assadas, húmus, guacamole e qualquer tipo de
salada por exemplo, mas use apenas as extremidades, que são mais saborosas.
Para replantar o alho propriamente dito, é bem mais trabalhoso, veja o passo
a passo.

Como coltivar alho em Casa


Alho exige pelo menos 7-8 meses para o desenvolvimento de bulbos saudáveis. Você pode
plantar alho como uma cultura de inverno, é o momento ideal para o cultivo de mais
variedades de alho. Os adeptos são da opinião de cultura do alho plantadas durante essa
epoca por produzir bulbos maiores e mais saudáveis. Se você plantar alho no outono, você
será capaz de colher bulbos de alho para o próximo verão. Para o cultivo de alho em casa,
você pode consultar as seguintes dicas úteis:
Etapa 1
Primeiro de tudo, escolha um local de plantação que recebe a luz solar abundante. Além disso,
a planta de alho realiza melhor em solos bem drenados, que tem um pouco ácidas à faixa de
pH neutro (de preferência 6.5-7). Se você está cultivando alho em vasos e recipientes,
preparar o solo, tomando nota dos requisitos. Para a exposição ao sol, você pode colocar os
recipientes nas áreas iluminadas.
Etapa 2
Assim que você já tem planejado a área de plantio de alho. O próximo passo crucial é a
escolha da variedade correta de alho para os seus tipos de solo e condições climáticas. Caso
você não tiver certeza de qual tipo de alho que melhor desempenho em sua área, tendo em
conta o conselho de seu horticultor local.
Etapa 3
Supondo que você comprou as lâmpadas correta e alho saudável, agora separar os dentes de
cada indivíduo. De um bulbo de alho, você pode escolher o cravinho 8-10 de maior tamanho
para crescer em seu jardim (ou vaso). Assegure-se que não existem pontos fracos ou prejuízo
para os dentes que você selecionou. Caso contrário, podem apodrecer os dentes depois de
inseri-los no solo.
Etapa 4
Cavar o solo com a ajuda de uma pá na área do jardim que você tem planejado para cultivar
alho. No caso de, o solo é pesado e viscoso, não há chances de a água ficar marcado no solo.
Para evitar tal situação, o que não é preferível para a cultura do alho, você pode misturar o
solo com uma quantidade adequada de areia e um punhado de composto orgânico.
Etapa 5
Para o plantio do alho, você pode empurrar o solo com sua mão (profundidade de cerca de 1
½ polegada) e queda de um dente de alho de forma a que a parte sem corte é voltada para
baixo e a outra parte é apontado para cima. Em seguida, cobrir o dente de alho com o solo e
pressionar ligeiramente. Medida de um espaço de cerca de 4 polegadas e siga o mesmo
procedimento para plantar outro. Continue a fazer o mesmo até que tenha coberto a área de
plantio.
Etapa 6
Depois de ter plantado dentes de alho, água-los levemente. Molhar regular todos os dias ou
em dias alternados é necessário para o desenvolvimento rápido das folhas. Você pode
adicionar cobertura morta sobre o solo superior para reter a umidade e proteger os dentes de
invasão de plantas daninhas. Adicione uma nova camada de cobertura morta durante a
temporada de primavera. Controle de ervas daninhas é um fator muito importante para a
formação de bulbos saudáveis.
Etapa 7
Se você observar o desenvolvimento hastes de flores no meio, cortá-los na base, sem ferir as
folhas. Para a formação do bulbo maior, você pode complementar o solo com composto de
capoeira. Regue as plantas de alho uma vez em uma semana, até a folhagem fica amarela.
Quando as folhas caem, você pode cortar as folhas mais baixas, para que não haja mais
nutrientes para a ajuda ao desenvolvimento do bulbo.
Etapa 8
Com a chegada do verão, as folhas de alho vai secar completamente. Esta é uma indicação de
que os alhos estão maduras e prontos para a colheita. Delicadamente, retire os bulbos de alho
sem danificá-los. Para o armazenamento de bulbos de alho, você pode seca-los em uma área
bem ventilada.
Cenoura

facilisimo

Igual ao alho, vamos aproveitar as folhinhas. Também não precisa plantar,


poderá usar as folhas para complementar sopas, saladas e até drinks de
frutas, pois são muito nutritivas. Usará exatamente aquela parte da cabeça
da cenoura que todos jogam fora. Assim como na imagem, o ideal é colocar
várias numa vasilha com água pela metade, em 15 dias começam a brotar.

Alface Romana

threepsandq

Poderá partir também para o cultivo hidropônico. Basta pegar a cabeça da


alface, aquela que ia jogar fora, e colocar numa vasilha com água, troque
sempre que necessário. Não terá aquelealfação, mas será o teu alfacinho
#tibunitinho.
Aipo (Salsão)

highdesertchronicles

Muito usado hoje nas sopas de regime, então melhor replantar para não ficar
gastando dinheiro. É só cortar lá no talo, uns 5 cm, e deixar numa vasilha
como um pires mais fundo com água, trocando sempre (ou use um copo cheio de
água). Umedeça também a parte de cima da planta para não ressecar. Deixe num
local ensolarado. Vai ver que folhinhas amarelinhas brotarão no centro,
depois ficarão verdes. Após 5 a 7 dias de completo brotamento das folhas,
passe para um vaso com uma boa mistura de terra e furos para drenar a água e
em breve terá talos de salsão para seus pratos e sopas.
Acelga

hydroponicworkshop

Da mesma forma que o Aipo, reutilizar a parte inferior (raiz), “inútil”, da


verdura. Tudo muito fácil.
Alho-poró

veganana

Da família da cebolinha e tal qual, também brota fácil na água. Corte o talo
com a parte da raiz, uns 5 cm, e coloque num recipiente não muito fundo ou
apoie com dois palitos, um de cada lado, com água até o começo da raiz e vá
cuidando para que não evapore e seque. Se for época de temperatura baixa,
poderá manter na água mesmo, mas se for verão, replante num vaso com terra
preparada, após criar as raízes. E as folhinhas brotarão e brotarão…

Erva Cidreira

gardenbetty
Não é preciso ter aquela moita enorme. Consiga cinco ou seis talos, deixe na
água até criar as raízes e passe para o vaso com a terra já preparada. Ela
suporta bem o sol, deve ser regada normalmente, assim terá sua erva cidreira
para aquele chá quando estiver sem sono… #amomuitotudoisso.

Cebola

learningthesimplelife

Com a extremindade da raiz descartada da cebola, faça a mesma técnica da


água que a cebolinha, e tantas outras que citamos. Então, após aparecer as
raizes, coloque ao sol em um vaso com terra de qualidade ou diretamente no
solo do lado de fora.
Essa são os mais fáceis e mais aproveitáveis no nosso dia a dia. Mas é claro
que tem muita coisa interessante e bem mais complicada, por exemplo:

 Batata doce e Abacaxi - Nesse site, além dos que já ensinamos, detalham como
reaproveitar essas duas delícias, ótimas para saúde.
 Gengibre – Nesse outro site, existem várias dicas de replantio. A flor do
gengibre é muito bonitinha, acho que vou fazer pra deixar de decoração.
 Abacate – Embora use a semente, é um clássico. Até meus filhos fizeram isso
na escola, só não tinha onde plantar depois. Passo a passo aqui.
Boa saúde e boa colheita!!!

Batata doce:
Nível: difícil
Tempo até ficar pronto para consumo: dez meses
Como fazer? Esqueça a teoria de que mais vale um pássaro na mão do que dois voando. Aqui,
em nome da subsistência futura de batatas doces, você terá que sacrificar a mãe de todas elas.
Compre uma batata doce no mercado, fure-a com palitos de espeto e deixe-a suspensa em um
copo com água, de modo que apenas metade dela fique submersa. Troque a água
periodicamente e tenha paciência até que as mudas comecem a germinar. A espera valerá a
pena: uma única batata doce pode originar mais de 50 mudas. Plante algumas mudas em um
vaso de terra espaçoso e aí é só esperar. O cultivo da planta segue da forma tradicional:
garanta que ela tome um pouco de luz e regue-a periodicamente.

7. Abacaxi:
Nível: difícil
Tempo até ficar pronto para consumo: três anos
Como fazer? Depois de se deliciar com o abacaxi que você comprou no mercado, separe a coroa
unida à base que ficava presa na casca. Tire todo o excesso da fruta e mergulhe só a base em
um copo com água, que deve ser trocada periodicamente. Em algumas semanas, as raízes
terão crescido e a muda estará pronta para ser plantada em um vaso com terra (do mesmo tipo
em que se cultivam cactos). Nessa primeira etapa, a quantidade de água no solo deve ser
mantida equilibrada: nem muito seco, nem muito molhado. Depois de alguns meses, as raízes já
estarão firmes e o antigo abacaxi finalmente será uma nova planta. As folhas velhas serão
substituídas por novas e, depois de cerca de um ano, chegará a hora de mudar a planta para
um vaso maior e de melhor drenagem. Aí, é só esperar e seguir com o cultivo da forma
tradicional: luz + água periodicamente.