Você está na página 1de 16

Amplificadores Operacionais

Disciplina: Circuitos Elétricos Professor: Leonardo R.A.X. de Menezes ENE-FT-UnB

Sumário

Um problema a ser resolvido

O amplificador operacional

Tipos de amplificadores operacionais

Parâmetros de amplificadores operacionais

O amplificador operacional ideal

Circuitos com amplificador operacional

Um problema a ser resolvido

Considere o caso de um circuito em que você tem uma carga R L que precisa de uma tensão de V s Volts, tendo a fonte uma resistência interna R f

Como resolver o problema?

Vamos ao esquemático

Volts, tendo a fonte uma resistência interna R f – Como resolver o problema? • Vamos

19/09/2016

Um problema a ser resolvido

A tensão que deve ser colocada na fonte deve ser:

Portanto parte da energia

Será gasta na fonte

Para RL<Rf

Tensões podem ser

» Elevadas

V

S

V

x

R

L

R

1

 

L

R

f

x

R   V

R

f

L

 

S

V

Um problema a ser resolvido

O problema fica ainda pior se tivermos outras cargas ligadas a RL

fica ainda pior se tivermos outras cargas ligadas a RL V x    

V

x

 

1

R

1

f

1  

  

V

S

R R

L

Lx

Um problema a ser resolvido

Esta e a razão pela qual:

Se estamos em um carro com as luzes ligadas

As mesmas diminuem de intensidade quando damos partida no carro.

Tensão da bateria: 12 V

Resistência da fonte:60 mW.

Resistência equivalente do farol: 7 W

Corrente que atravessa farol quando o carro esta desligado:

1.65 A

Potencia no farol 20 W

19/09/2016

Um problema a ser resolvido

Mesma situação quando o motor de partida liga:

Resistência do motor de partida 120 mW

Pergunta:

Qual será a potencia do farol neste caso?

Um problema a ser resolvido

Portanto o problema e que a tensão sobre a resistência RL será função do valor de RL

Isto é um problema sério:

Imagine um circuito cheio de chaves (um circuito digital por exemplo)

Teremos que a carga que este circuito apresenta para a fonte é variável

Portanto se utilizarmos este esquema o circuito pode não funcionar a contento

Um problema a ser resolvido

Como resolver o problema

Vamos introduzir um elemento entre a fonte e a carga e tentar determinar quais seriam as características deste elemento

um elemento entre a fonte e a carga e tentar determinar quais seriam as características deste

19/09/2016

Um problema a ser resolvido

Do ponto de vista da fonte

A resistência de entrada R in deste elemento teria

de ser muito grande pois:

V

x

  1

R

R

f

in

V

S

V

S

Um problema a ser resolvido

Do ponto de vista da carga

A resistência de entrada R out deste elemento teria

de ser muito pequena pois:

V

S

R

L

R

L

R

o ut

V

x

1

1

R

o

ut

R

L

V V

x

x

Um problema a ser resolvido

Portanto:

Não da para ser um resistor em série - aumenta a resistência de saída

Não da para ser um resistor em paralelo - diminui

a resistência de entrada

E um circuito em D ou Y?

Também não resolve

19/09/2016

Um problema a ser resolvido

Qual a solução?

Uma fonte de tensão controlada a tensão de ganho unitário entre a fonte e a carga!

a tensão de ganho unitário entre a fonte e a carga! O amplificador operacional • O

O amplificador operacional

O amplificador operacional resolve este e mais uma série de problemas utilizando eletrônica em circuito integrado

Possui alto ganho (típico de 20.000)

Alta resistência de entrada (tipicamente 2 MW)

Resistência de saída em torno de 75 W.

Como funciona o amplificador operacional?

Estrutura de três estágios

Par diferencial

Emissor comum

Estagio de Saída

O amplificador

operacional

de três estágios • Par diferencial • Emissor comum • Estagio de Saída O amplificador operacional

19/09/2016

Como é a cara do amplificador operacional

Normalmente e encapsulado em um “dual- in-line-package” (DIP)

Ele tem cinco pinos que são utilizados normalmente

O amplificador

operacional

que são utilizados normalmente O amplificador operacional O amplificador operacional • Tem vários fabricantes que

O amplificador operacional

Tem vários fabricantes que projetam e montam amplificadores operacionais (amp- op)

Cada um traz designações diferentes

Farchild (Intel) mA e mAF

National Semiconductor LM, LH, LF e TBA

Motorola MC e MFC

RCA CA e CD

Texas Instruments SN

Signetics N/S, NE/SE e SU

A representação do amplificador depende de qual modelo estamos interessados

Normalmente estamos

interessados:

na entrada inversora

na entrada não inversora

Na saída

O amplificador

operacional

• na entrada inversora • na entrada não inversora • Na saída O amplificador operacional 19/09/2016
• na entrada inversora • na entrada não inversora • Na saída O amplificador operacional 19/09/2016

19/09/2016

Em geral os amp-ops do tipo 741 (descrito anteriormente) demandam uma tensão de polarização de 30 V

Simétrica

-15 V

+15 V

O amplificador

operacional

Simétrica • -15 V • +15 V O amplificador operacional Tipos de amplificadores operacionais • Os

Tipos de amplificadores operacionais

Os amplificadores operacionais de uso genérico mais conhecidos são o 741 e 351

Vários fabricantes os constroem

National Semiconductor LM741

Motorola MC1741

RCA CA3741

Texas Instruments SN52741

Signetics N5741

Farchild mA741

Tipos de amplificadores operacionais

Alem disto o amp-op vem em diversas classes

Sem classe designada - uso militar

A - uso militar

C - uso comercial

E - uso comercial de precisão

S - uso militar de banda larga

SC - uso comercial de banda larga

19/09/2016

Parâmetros de amplificadores operacionais

Os amp-ops tem alguns parâmetros importantes

Tensão de alimentação - geralmente simétrica (chamadas +Vcc e -Vee) geralmente de 15 V

Dissipação de potência (tipicamente 50 mW)

Corrente de alimentação (tipicamente 1.7 mA)

Corrente máxima de saída (25 mA)

Tensão de saída máxima (14 V)

Parâmetros de amplificadores operacionais

Note que isto nos da alguma informação interessante

Se a máxima corrente de saída e 25 mA (carga zero) e 14 V (carga elevada)

Isto significa que máxima potencia que pode ser entregue a qualquer carga é de no máximo 175 mW (na realidade e mais próximo de 100 mW)

Portanto não é suficiente para aplicações de potencia

Parâmetros de amplificadores operacionais

Por exemplo um alto-falante de 8W

A máxima potencia que o amp-op poderia entregar para ele seria de 5 mW (Ri 2 )

Portanto seria insuficiente para gerar algum som apreciável

Neste caso utiliza-se o amp-op em conjunto com um amplificador de potência (como o LM380 ou o BB3329/03 ou um transitor de potência)

19/09/2016

Resolvendo o amplificador operacional

O modelo de segunda ordem do amplificador operacional mostra que o mesmo pode ser considerado como uma fonte de tensão controlada a tensão

considerado como uma fonte de tensão controlada a tensão Resolvendo o amplificador operacional • Em um

Resolvendo o amplificador operacional

Em um circuito mais complexo o modelo pode ser utilizado sem grandes complicações e analisado através da análise nodal ou dos laços

e analisado através da análise nodal ou dos laços Resolvendo o amplificador operacional • Vamos fazer

Resolvendo o amplificador operacional

• Vamos fazer a análise deste circuito utilizando o método dos laços (três laços) (
• Vamos fazer a análise
deste circuito utilizando o
método dos laços (três
laços)
(
R
R
)
in
1
in
2
in
R i
i R
 R R i
 
v R
i
R i
Gv
in
1
in
f
o ut
2
o ut
3

R i

o ut

2

R

L

R

o ut

i

3

 Gv

19/09/2016

Resolvendo o amplificador operacional

Rearranjando:

(

R

R

R i

1

out

in

R

in

)

i

1

R

in

R i

R

in

GR i

in

2

2

f

v

R

in

out

R

L

R

GR i

out

in

3

i

2

0

R i

out

3

0

Resolvendo o amplificador operacional

Nesta analise tivemos três equações e três incógnitas (três laços)

E se fizermos a análise nodal?

5 nos e 2 eqs de restrição

Portanto 2 equações e duas incógnitas

Resolvendo o amplificador operacional

Vamos fazer a analise deste circuito utilizando o método nodal (dois nós)

(

v

v

G

s

G

in

G v

f

G v

f so u rce int

1



in

Gv

f

v

G

out

)

1

G

G v

f

2

G v

L

2

G v

s so u rce

G v

out

int

0

0

Gv f   v G   out ) 1 G G v  

19/09/2016

Resolvendo o amplificador operacional

Rearranjando as equações

(

G

G

s

(

G v

f

s

G

f

G G v v

G   G

1

in

G G v

f

1

f

o ut

1

1

)

G G v

o ut

f

2

L

2

G  v

s in

G

in

G v

f

G v

f

2

G

f

G

)



G Gv G Gv

o ut

G v

s in

o ut

o ut

0

1

G v

L

2

Resolvendo o amplificador operacional

v

2

v in

Queremos encontrar:

Ganho de tensão v 2 /v in



G

f

G G G

out

s

G

out

G

s

G G

L

out

1



G G

f

G

f

G G

L

in

Para G in =0 e G infinito temos

v

2



G

s

v G

in

f



R R

f

s

O amplificador operacional ideal

Este mesmo resultado pode ser obtido de

forma bem simples

Vamos supor duas premissas

O ganho é tão elevado que pode ser considerado infinito

A resistência de entrada é tão grande que pode ser considerada infinita

Se esta resistência e infinita então não ha fluxo de corrente para dentro do amplificador operacional (i inversora =i nao inversora =0

A tensão na porta inversora é igual a tensão na porta não inversora

19/09/2016

O amplificador operacional ideal

Portanto vamos utilizar estas ideias simples para resolver o circuito anterior

v i
v
i

in verso ra nao in verso ra

_

  i v

  0 v

in verso ra nao in verso ra

_

1

O amplificador operacional ideal

Vamos montar as equações

O

Vamos montar as equações esquecendo o que o amp-op faz (2 eqs nodais + 1 eq. de restrição)

Mais a equação de restrição na fonte

(

v

G v

G

G v

L

f

f

0

v

out

in

out

G

f

)

G v

f

1

i

said a amp o p

_

_

0

G v G v

s

1

s

0

i

inverso ra

0

amplificador operacional ideal

Ora pelas regras que definimos

v

i

in verso ra nao in verso ra

_

  i v

  0 v

in verso ra nao in verso ra

_

1

Como a tensão na porta inversora v 1 =0 então as equações se tornam

(

v

G v

G

G v

L

f

f out

out

G v

s

0

0

v

in

)

i

saida amp o p

_

_

0

0

19/09/2016

O amplificador operacional ideal

Resolvendo teremos

i

said a amp o p

_

_

(

v

out



G

G

s

f

v

in

G

L

G

f

)

G

s

G

f

v

in

Este é o mesmo resultado obtido anteriormente

O amplificador operacional ideal

Portanto para resolver circuito com o amplificador operacional podemos seguir os seguintes passos:

Montar as equações nodais (não dá para ser laço)

Fazer as correntes nas portas do amp-op iguais a zero

Fazer a tensão na conexão da porta inversora igual a da porta não inversora

O

amplificador operacional ideal

O resultado continua valido para a maioria das

aplicações

E necessário ter cuidado pois a corrente que sai do amp-op NÃO é necessariamente igual a zero como o exemplo provou

Portanto aplique análise nodal e monte as equações assumindo que não há corrente nas portas inversora e não inversora do amp-op

19/09/2016

Circuitos com amplificador operacional

Seguidor de tensão

Vamos montar as eqs.

G

s

G

v

0

L

v

v

0

2

v

G v

i

s

1

i

inverso ra

in

said a amp o p

_

_

i

0

n a o inverso ra

_

0

 in said a amp o p _ _ i  0 n a o inverso

Mas v 1 =v 2 logo v 2 =v 0

Qual a vantagem disto?

v 2 =v 0 independente do valor de R L e R S

Circuitos com amplificador operacional

Note que este amplificador resolve o nosso problema anterior

Como entregar uma tensão a uma carga independente do valor da carga

Portanto o Amp-op pode se prestar para realizarmos fontes de alimentação!

pode se prestar para realizarmos fontes de alimentação! Circuitos com amplificador operacional • Subtrator de

Circuitos com amplificador operacional

Subtrator de tensão

Temos as tensões de nos

V0

V1

V2

V3

V4

Mais duas equações de restrição

Total 3 eqs nodais +2 restrições

V1 • V2 • V3 • V4 – Mais duas equações de restrição • Total 3

19/09/2016

Circuitos com amplificador operacional

Vamos montar as equações

v

v

 

0

1

v

G 1 v

G

v

G

v

1

in

2

in

0

G

G v

2

2

G v

i

2

_

said a o p a m p

_

_

1

4

i

in verso ra

0

 

3

1

 

2

v

2

G

3

G v

2

G v

4

3

4

i

n a o in verso ra

0

0

Circuitos com amplificador operacional

Vamos agora simplificar fazendo

v

i

in verso ra nao in verso ra

_

  i v

  0 v

in verso ra nao in verso ra

_

G

1

G

3

G v G v

2

2

4

G v G v

4

3

in

G v

1

2

in

i said a o p amp

_

_

G v G v

2

2

4

1

v 

4

G

G

1

2

v

in 1

v

G

3

G

3

G

4

G

3

G G

1

2

G

2

G

3

G

4

v in 2

v in 2

i

said a o p amp

_

_

G v

1

in

1

G G

1

3

G

3

G

4

v

in 2

Circuitos com amplificador operacional

Se fizermos G 1 =G 3 e G 2 =G 4 então:

v

4

G

G

1

2

v

in

2

v

in

1

v

G

1

G G

1

2

i

said a o p amp

_

_

v

in 2

G v

1

in

1

R

R

2

1

v

in

2

v

in

1

G 1

1

in 2

G G

2

v

19/09/2016

Conclusões

Nesta aula vimos

O que e o amplificador operacional e qual e o seu circuito equivalente de primeira ordem

O modelo simplificado para analise do amp-op e como utiliza-lo para resolver circuitos

Parâmetros do amplificador operacional

Circuitos que utilizam o amplificador operacional

19/09/2016