Você está na página 1de 28

12 Lições do Acompanhamento Inicial 1

12 Lições do Acompanhamento Inicial 2

Introdução
Quando você recebe Jesus como Rei da sua vida, a Bíblia Sagrada garante que naquele
instante você nasce de novo, e desde este momento, você faz parte da família de Deus (João
1:12). Você tomou a grande decisão de viver para Cristo. A partir deste momento, a direção
inteira da sua vida e o propósito dela se acham mudados. O céu é o lugar do seu destino. Você
se torna uma nova pessoa. Enquanto houver Deus, você viverá.
Quando alguém faz parte da familia de Deus, geralmente, nutre no coração um profundo
anseio de se tornar um verdadeiro cristão. “Mas como isso pode acontecer?” Você se pergunta.
O objetivo do Discipulado Um a Um é ajudar você e se tornar igual a Cristo, lhe ajudando em
suas dificuldades e lado a lado proporcionando um crescimento sadio, para que você faça
discípulos e assim cumprir o mandamento de Jesus, Crescendo através da comunhão com a
IGREJA.
Tornar-se um seguidor de Jesus é a coisa mais maravilhosa que pode nos acontecer e a
melhor decisão que podemos tomar. Muitas são as alegrias e contentamentos que o aguardam
no caminho da experiência cristã. Devemos, contudo, ser francos: ser um seguidor de Jesus
nem sempre é fácil. Surgem problemas, tentações e provações que você jamais esperaria
encontrar em seu caminho. Porém, através do poder do Espírito Santo, o apoio da CÉLULA
e do seu discipulador pessoal, você pode ser mais que vencedor. Lembre-se de que Cristo
prometeu: “Nunca te deixarei, nem jamais te abandonarei” (Hebreus 13:5). É fato seguro que
Ele jamais se esquecerá de você. Portanto, trace a rota que irá seguir. Decida nunca voltar
atrás, aconteça o que acontecer, você caminhará sempre com Cristo!
Os assuntos que abordamos nesta apostila vão ao encontro das necessidades básicas de
um novo seguidor de Jesus. Por isso, é muito importante que, imediatamente após a decisão
de seguir a Jesus, a pessoa esteja fiel no UNI e no TDL e principalmente congregando em suas
células para que o crescimento seja sadio e gere frutos.
12 Lições do Acompanhamento Inicial 3

Lição 1

O Milagre do Novo Nascimento


A Bíblia Sagrada garante que, quando você sinceramente se arrependeu dos seus
pecados e depositou a sua fé em Jesus Cristo, entregando-Lhe o controle total da sua vida,
fazendo Dele Senhor e Rei, naquele instante você nasceu de novo. Muitas outras coisas
maravilhosas aconteceram com você instantaneamente:
1. Cristo entrou em sua vida. A vida de Deus está agindo dentro de você agora (Apocalipse
3:20).
2. Você se tornou um filho de Deus e agora você faz parte da verdadeira família de Deus
(João 1:12).
3. Deus perdoou todos os seus pecados e sua dívida foi cancelada (Colossenses 1:14).
4. Você se tornou perfeito em seu espírito. A justiça de Deus foi imputada a você (II
Coríntios 5:21).
5. Seu nome foi escrito no livro da vida (Apocalipse 3:5).
6. Você ganhou uma nova natureza (II Coríntios 5:17).
7. Você recebeu de graça o direito de viver eternamente com Deus (João 3:36).
8. Você foi selado com o Espírito Santo, e agora você pertence a Deus para sempre
(Efésios 1:13).
O milagre do novo nascimento ocorre em nosso espírito. Mesmo que a pessoa continue
com a mesma aparência física e os mesmos pensamentos, ela já é uma nova criatura. Assim
como um bebê nasce e cresce, também agora só falta você crescer espiritualmente para poder
experimentar sucesso e êxito em tudo! Leia Efésios 4:13-15.

Dois segredos para você crescer espiritualmente:


Os segredos principais para o seu crescimento são Amor e Fé. O amor e a fé verdadeiros
vêm por dois passos que você decide tomar:
1. Ouvir a Palavra de Deus (Romanos 10:17).
2. Praticar a Palavra de Deus (Tiago 1:22).
A Palavra de Deus lhe dará conhecimento completo de quem você é, de tudo que você já
tem e de tudo que você pode fazer em Cristo Jesus. “Para que a comunhão da tua fé se torne
eficiente, no pleno conhecimento de todo bem que há em nós, para com Cristo” (Filemom 6).
Deus está morando dentro de você, portanto, recursos sem limites estão à sua disposição. Pela
sua fé no sangue de Jesus, você agora é a justiça de Deus, completo e aperfeiçoado de uma
vez para sempre (II Cor. 5:21; Col. 2:10; Hb. 10:14; Rm. 8:1-2).
Agora você está pronto para crescer espiritualmente até que a vitória se manifeste em
todas as áreas de sua vida!
12 Lições do Acompanhamento Inicial 4

Aplicando o Discipulado:

1 – O que significa “nova criatura” para você?

__________________________________________________________
__________________________________________________________
__________________________________________________________
__________________________________________________________
__________________________________________________________
__________________________________________________________
__________________________________________________________

2 – Você está disposto a romper limites? Você pode compartilhar quais são eles?

__________________________________________________________
__________________________________________________________
__________________________________________________________
__________________________________________________________
__________________________________________________________

3 – Vamos orar a respeito desses desafios e Deus lhe dará vitória!

“A “nova criatura” em Jesus está capacitada a lidar com as dificuldades da vida

e pronta para avançar e conquistar!”


12 Lições do Acompanhamento Inicial 5

Lição 2

Hábitos para ser um Cristão forte


1. Ler e meditar na palavra de Deus de dia e de noite (Josué 1:8; Salmos 1:2-3).
A Bíblia foi inspirada por Deus e é a palavra de Deus. Quando lemos a Bíblia, estamos
em contato com o próprio Deus. Veja o que o próprio Deus fala sobre a sua Palavra (Provérbios.
4:20-22).

Benefícios que a leitura diária da Bíblia nos traz:

a) Fortalece-nos (I João 2:14).

b) Purifica-nos (João 15:3).


c) Ajuda-nos a receber respostas de oração (João 15:7).
d) Alimenta-nos espiritualmente (I Pedro 2:2).
e) Traz-nos sabedoria (Salmo 119: 98-99).
f) Dá-nos direção e nos orienta nas nossas decisões (Salmo 119:105).
g) Garante-nos uma vida bem sucedida (Josué 1:8).

Onde começar lendo?


Comece lendo as primeiras carta de João e depois volte para o evangelho de João.
Continue sistematicamente até o Apocalipse.

O que é meditar?
É “ruminar” a palavra de Deus.
a) Medite durante a sua leitura diária.
b) Medite nas pregações dos cultos da Igreja (Romanos 10:17).
c) Medite nas pregações de vídeos e sempre análise se estão coerentes a palavra
(Romanos 10:17).

2. Orar sem cessar (I Tessalonicenses 5:17).


O que é orar?
Orar é falar com Deus e ter comunhão constante com Ele.
12 Lições do Acompanhamento Inicial 6

Quando orar?
a) Em todo tempo, cultivando uma profunda intimidade com Deus.
b) Ao acordar, ao deitar, antes das refeições, ao estudar a Bíblia.
c) Toda manhã (ou outra hora), junto com os irmãos, no templo nas células, ou seja, em
todo momento. (Atos 2:42; Atos 3:1; Atos 4:31).

3. Congregar com outros seguidores de Jesus.


Após a sua conversão, é de fundamental importância que você comece logo a se relacionar
constantemente com a sua nova família. Assim você desenvolve fortes vínculos de amizade e
discipulado, de quem você receberá ajuda e orientações para a sua nova vida. Enquanto a
lenha permanece na fogueira, ela se mantém acesa; tirada, porém, da fogueira, logo se apaga.
O mesmo acontece conosco em relação ao hábito de congregar. Mesmo quando não sentimos
vontade de congregar, devemos decidir ir assim mesmo, para o nosso bem espiritual. A falta
de desejo de congregar é um sintoma certo de doença espiritual. É exatamente no momento
em que menos sentimos vontade que mais precisamos congregar, para o nosso bem
espiritual.
a) UNI- Nosso encontro onde reunimos para celebrar e ter comunhão. (Hb. 10:19-25).
b) CÉLULA - onde você vai dar e receber amor, cuidado e pastoreio e discipulado.
c) Discipulado pessoal – O seu líder vai providenciar uma pessoa para lhe acompanhar
e começar o processo de discipulado com você. Fale com seu líder sobre isso.
d) TDL (Treinamento de Discípulos e Líderes).

4. Falar de Jesus aos outros e fazer discípulos.


O que é testificar?
Testificar é declarar aos outros, aquilo que você sabe sobre Jesus, baseado na Bíblia e na
sua experiência pessoal. É tanto um privilégio como um dever de todo cristão falar de Cristo.

Para quem devemos falar de Jesus?


A todos do seu convívio: parentes, colegas, amigos e vizinhos (Atos 1:8; Marcos 16:15).
a) Como ganhar o seu esposo para Jesus (I Pedro 3:1-2).

b) Como ganhar a sua esposa para Jesus (I Pedro 3:7; Efésios 5:25).
c) Como ganhar seus pais para Jesus (Efésios 6:1-3).
d) Como ganhar seus filhos para Jesus (Efésios 6:4).
e) Como ganhar seus amigos para Jesus (Salmo 1:1).
f) Como ganhar seu patrão para Jesus (Col. 3: 22- 25; Efésios 6: 5-7).
g) Como ganhar seus empregados para Jesus (Efésios 6:9).
12 Lições do Acompanhamento Inicial 7

Temos que mostrar muito amor e manter a amizade, sem acompanhá-los em ambientes e
hábitos pecaminosos.

Sugestões para você se tornar uma testemunha de Jesus bem-sucedida:


a) Ame as pessoas;

b) Não as critique;
c) Não fale de religião; fale de Jesus;
d) Não as julgue;
e) Não entre em debates e discussões;
f) Ore antes de falar com a pessoa e peça sabedoria de Deus.

O que é fazer discípulos? (Mateus 28:19-20)


O que fazer depois que você ganha alguém para Jesus? Assim como uma boa mãe cuida
e protege seu novo bebê, você também deve se responsabilizar e cuidar do bebê espiritual que
você acabou de gerar. Primeiro comece integrando-o em uma CÉLULA. Depois faça questão
de que ele (a) vai receber todos os cuidados necessários para crescer e se tornar um seguidor
de Jesus, saudável e maduro na fé. Para isso acontecer, você precisa ser ou providenciar um
bom discipulador para acompanhá-lo. Assim, você estará glorificando a Deus e sendo
responsável para com aqueles que o Senhor confiou em suas mãos.
Na Grande Comissão, Jesus não nos mandou fazer convertidos, mas sim “fazer
discípulos”; isso inclui a conversão, porém muito mais. O cristão normal sempre faz discípulos.
É importante, então, que você esteja DISCIPULANDO pelo menos uma ou mais pessoas. Isso
não é somente um dever sagrado para cada cristão, mas um imenso privilégio.

5. Obedecer a Jesus em tudo (João 14:15).


A quem devemos obedecer?
a) À Palavra de Deus e ao Espírito Santo.
b) Às autoridades constituídas por Deus sobre a nossa vida: pai e mãe, esposo, pastores,
líder de célula, patrão, professores e o governo em geral.

Você é muito importante.


Você faz parte do Corpo Mundial de JESUS e também de um Corpo Local. No Corpo
Mundial cada Corpo Local se torna muito importante, e no Corpo Local cada pessoa é muito
importante. VOCÊ é muito importante e, necessário neste Corpo Local, e Deus tem um plano
no qual Ele vai usá-lo nesta Igreja para a Glória Dele! Aleluia! (I Coríntios 12:12-27)
12 Lições do Acompanhamento Inicial 8

Lição 3

A Certeza de sua Salvação

1. Você é um crente em Cristo? Já se arrependeu dos seus pecados? Já recebeu Jesus


como seu Salvador e Senhor? Se for assim, então você pode e deve mesmo ter a certeza da
sua salvação.
a) João 3:36
b) João 6:37
c) I João 5:13
A salvação não depende das suas emoções, mas sim do que diz a Palavra de Deus (João
5:24; João 6:47).
2. Sim, você é um crente em Cristo, graças a Deus. Porém, você ainda não é perfeito em
todas as suas ações. Só Jesus é perfeito em todas as Suas ações. Será que mesmo assim
você pode ter a certeza da sua salvação?
a) Jesus nos salva, não com base na nossa perfeição, mas com base na sua graça
(Efésios 2:8-10).
b) Você é salvo pela graça de Deus mediante a sua fé em Jesus. Quando tiver a
verdadeira fé, as obras vêem automaticamente (Romanos 3:19-24; Romanos 4:1-8; Gálatas
2:16; Romanos 3:28).
3. Tendo a certeza da salvação você tem mais força para resistir à tentação e vencer as
tribulações.
a) A alegria em saber que é salvo supera o poder da tentação e vence a tristeza da
tribulação (II Pedro 1:3-4; I João 3:2-3; Hebreus 10:35-36).
4. Se você não souber nadar, não pode salvar aquele que está se afogando. Você também
não pode ganhar almas para Jesus se não tiver a certeza da sua salvação. Uma vez que você
é salvo, vai querer a salvação dos outros (Mateus 7:3-5; João 1:40-42; Atos 9:17-20).

Aplicando o Discipulado:
1. Quais são os 2 passos necessários para ganhar a salvação?
( ) Arrepender-se dos pecados
( ) Fazer boas obras
( ) Receber Jesus Cristo como Salvador e Senhor
12 Lições do Acompanhamento Inicial 9

2. O que significa a palavra “Senhor”?


( ) Um homem de idade
( ) Dono absoluto da sua vida - a quem obedecemos

3. Jesus é seu Senhor?


( ) Sim ( ) Não

4. É uma coisa séria desobedecer ao nosso Senhor?


( ) Sim
( ) Não
( ) Um pouco

5. Para receber o perdão completo dos seus pecados, o que você precisa fazer (I João 1:9)?
( ) Fazer muitas boas obras.
( ) Confessar os pecados a Deus.
( ) Esconder os pecados o máximo possível.

6. Se confessarmos o pecado, quem nos dará o poder de abandoná-lo?


( ) Nós mesmos
( ) O Espírito Santo
( ) Maria
( ) Nunca teremos este poder

7. Para ser salvo, será que Deus tem que tomar o primeiro lugar na sua vida?
( ) Sim
( ) Não
( ) Mais ou menos

8. Quando alguém diz que “não consegue” abandonar um certo pecado pela causa de Cristo,
será que Deus realmente ocupa o primeiro lugar na vida dele?
( ) Sim
( ) Não
( ) Deus entende e não liga
12 Lições do Acompanhamento Inicial 10

9. Cristo aceita o segundo lugar?


( ) Sim
( ) Não
( ) Se for quase o primeiro

10. Se pedirmos seriamente o poder do Espírito Santo para podermos abandonar o pecado,
Deus o dará?
( ) Às vezes Ele não dá
( ) Ele sempre nos dá
( ) Temos que abandonar o pecado com nossas próprias forças

11. O crente verdadeiro vai continuar vivendo em pecado?


( ) Sim ( ) Não

12. Depois que nos tornamos um seguidor de Jesus, somos perfeitos em todas as nossas
ações? (Nunca mais desobedecemos a Deus?)
( ) Sim ( ) Não

13. Se você cair num pecado depois que se tornou um seguidor de Jesus, você perde a sua
salvação?
( ) Perde na hora
( ) Não perde
( ) O pecado afeta nossa comunhão com Deus, mas não deixamos de ser filhos de Deus
só porque pecamos.

14. O que você deve fazer o mais rápido possível?


( ) Preocupar-se
( ) Esconder o pecado
( ) Arrepender-se de coração, confessar o pecado e restaurar a comunhão com Deus (I
João 1:9).

Deus quer salvar e perdoar a todos. (João 3:16; Atos 2:21)


12 Lições do Acompanhamento Inicial 11

O resultado do pecado é sério. (Romanos 6:23)

Ninguém pode ser salvo somente por fazer boas obras. (Efésios 2:8,

9) A salvação só é dada através de Jesus. (Atos 4:10–12)


12 Lições do Acompanhamento Inicial 12

Lição 4

A necessidade de um Arrependimento Genuíno

Pelo conceito comum, arrependimento é entendido como um sentimento de tristeza em


relação aos pecados cometidos. No entanto, é muito importante entendermos com clareza o
que é arrependimento. Nós estamos rodeados de conceitos do mundo e de conceitos religiosos
que não definem exatamente nosso problema para com Deus. Eles também não descrevem
que arrependimento é acima de tudo uma mudança total e completa em nossa maneira de viver.
Arrependimento é mudança de atitude (Marcos 1:14-15).
Este é o principal aspecto do arrependimento, porque nosso maior problema para com
Deus não está nas coisas erradas que fazemos (nos nossos atos), mas sim na nossa atitude
interior de independência e rebelião para com Deus. Na verdade, todos os nossos atos são
decorrentes de uma atitude e uma disposição interior que temos em relação a Deus. Quando
minha atitude é de independência, ou seja, “eu faço o que eu quero”,” eu sou dono do meu
nariz”, obviamente os meus atos e as coisas que eu faço no dia a dia não vão agradar a Deus.
Mas quando mudamos nossa atitude de independência para uma atitude de dependência e
submissão, mudam também os nossos atos.
Atitude anterior: rebelião, independência > faço o que me dá na cabeça.
Atitude nova: submissão > dependência > estou sujeito a Cristo e Sua Palavra em tudo.

Arrependimento é mudança de reino (Colossenses 1:13).


Significa renunciar a Satanás e às trevas e se entregar a Jesus e servi-Lo em tudo. Essa
mudança implica em seguir outro rei, outras leis, outros princípios, outros valores, outro estilo
de vida. Eis aqui a diferença entre os filhos das trevas e os filhos da Luz.
Situação anterior: Império das trevas > Vivo segundo o curso deste mundo e as paixões
da carne > Miséria, tristeza, falsidade, sensualidade, briga, idolatria, lascívia, vícios, vingança,
ódio, angústia, revolta, culpa.
Situação Nova: Reino da luz, reino do Filho do Seu amor > Vivo de acordo com Sua palavra
e a Sua Vontade > Paz interior, prosperidade, liberdade, amor, perdão, amizade, pureza, alegria.

Arrependimento é não ter mais prazer no pecado


Uma pessoa genuinamente arrependida não se deleita mais no pecado, pois sua natureza
foi mudada. Se vier a pecar outra vez, o seu coração não tem mais prazer e sua vontade
imediata é de vencer o pecado, seguida de uma profunda tristeza segundo Deus, pelo ato
praticado.
Situação Anterior: Natureza pecaminosa > Insensibilidade > Prazer no pecado > Vontade
de continuar.
Situação Nova: Natureza recriada > Sensibilidade > Tristeza segundo Deus > Desejo por
mudança > Vontade de vencer.
12 Lições do Acompanhamento Inicial 13

Lição 5

O Batismo nas Águas


1. Jesus foi batizado como adulto ou como criança (Lucas 3:21-23)?

__________________________________________________________________________

(A Bíblia, em nenhum lugar menciona o batismo de crianças, considerando que, uma criança
com sua mente limitada, não compreende o que significa crer e se arrepender, e a respeito
delas a bíblia diz: “Dos tais é o reino de Deus” - Mateus 19:14).

2. Jesus mandou que nós fôssemos batizados no nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo.
(Mateus 28:19).

4. Isto foi uma ordem ou uma sugestão?

___________________________________________________________________________

Cinco razões para sermos batizados nas águas:

1. O batismo é uma ordenança de Jesus.


a) Porque temos que guardar (obedecer) tudo o que Jesus nos ordenou. E Ele mandou
que seus discípulos fossem batizados (Mateus 28:20).
b) “Quem crer e for _______________, será _____________” (Marcos 16:16).
c) Qual dos dois: “crer” ou “ser batizado” vem primeiro? _________ (Marcos 16:16).
d) “Mas, quem não for batizado será condenado” (Marcos 16:16).
e) “Mas quem não crer será condenado” (Marcos 16:16).
f.) O ladrão que fez de Jesus Rei de sua vida foi salvo? _____________________
g) Ele foi batizado (Lucas 23:42-43)? ____________________
12 Lições do Acompanhamento Inicial 14

2. O batismo é um testemunho público do poder transformador de Jesus.


O Batismo é um testemunho perante Deus e perante os homens da sua salvação completa
deste mundo perdido. Por isso é muito importante no seu batismo, você convidar todos os seus
amigos e parentes para assistirem a essa demonstração do poder transformador de Jesus.

3. O batismo é a “aliança” da sua união com Cristo.


Um exemplo que nos ajuda a entender o Batismo nas águas é o seguinte: duas pessoas
se casam, e depois usam a aliança demonstrando ao mundo que estão casadas. Assim, você
também faz de Jesus o Rei de sua vida, e depois é batizado, demonstrando ao mundo que você
é um Servo do Rei Jesus e uma Nova Pessoa. O Batismo, então, é também um símbolo da
sua união com Jesus. Mas, primeiro vem a união com Jesus, depois se segue o símbolo
dessa união.

4. O batismo é a demonstração do seu culto “fúnebre” e da sua ressurreição para uma


nova vida.
No batismo, você está demonstrando o que já aconteceu na sua vida, ou seja, a sua união
com Ele na sua morte, sepultamento e ressurreição em Cristo. Quando nascemos de novo,
o velho homem morreu, mas no batismo nos apropriamos do enterro e sepultamento deste velho
homem e liberamos a fé de que, ao sairmos das águas, somente o novo homem permanecerá
em nós.
a) O Batismo significa o nosso ____________________ com Jesus na sua morte, e a
___________________ dentre os mortos pela glória do Pai.
b) “Assim também andemos nós em___________ de _______ (Rm. 6:3-4)

5. O batismo é um contato de Fé.


Se Jesus for o Rei e Senhor da sua vida, você já é uma Nova Pessoa (II Cor. 5:17), mas
você precisa se apropriar disso pela _________ (Hb. 11:6).
Não é o Batismo que nos faz uma Nova Criatura. É preciso ser uma Nova Criatura antes
de batizar-se. O Batismo, porém, é um meio pelo qual você pode se apropriar pela fé ainda mais
daquilo que você já é: uma Nova Criatura. (Romanos 6:3-11).
Complete de acordo com Romanos 6:11-13:
“Assim também vós considerai-vos _____________________ para o _____________,
mas _____________ para ____________ em Cristo Jesus. Não reine portanto, o
__________________ em vosso corpo mortal de maneira que ____________ ás suas
_______________; nem _________________ cada um os membros do seu ______________
ao ______________ como instrumento de __________________; mas _________________ a
12 Lições do Acompanhamento Inicial 15

Deus Como ___________________, dentre os ______________ e os vossos membros a Deus


como ________________ de _______________.”

Conselhos em Particular:

Provérbios 19:20 – Ouça os conselhos de seu pastor, discipulador e líder;

Mateus 3:6 – Aprenda a ter confiança.


12 Lições do Acompanhamento Inicial 16

Lição 6

O Batismo no Espírito Santo


O seguidor de Jesus já recebeu o Espírito Santo quando recebeu Jesus Cristo como seu
Senhor e Salvador (Romanos 8:9). Uma coisa é receber o Espírito Santo; outra coisa, porém, é
ser cheio do Espírito Santo e andar cheio Dele diariamente. Uma coisa é possuir o Espírito
Santo, outra coisa é ser totalmente Dele, imergido pelo Espírito Santo (Atos 1:5 e 2:4).
Batismo no Espírito Santo quer dizer receber a plenitude do Espírito Santo, ser cheio do
Espírito Santo, como a Bíblia diz: “até que do ___________ sejais _______________ de
_________” (Lucas 24:49).
Quatro razões para sermos batizados com o Espírito Santo:
1. Recebermos poder para testificar de Jesus.
“Mas receberes ___________ ao descer sobre vós o ______________ ____________ e
sereis minhas __________________ …” (Atos 1:8).

2. Recebermos poder para fazer toda a vontade de Deus.


Orar, amar, perdoar, andar em santidade e pureza, servir, louvar, perseverar, suportar, etc

3. Operar nos dons do Espírito Santo.


a) O cristão batizado no Espírito Santo tem o poder para expulsar demônios?
( ) Sim ( ) Não
b) O cristão batizado no Espírito Santo tem o poder de manifestar os dons?
( ) Sim ( ) Não
c) O cristão batizado no Espírito Santo tem o direito de andar em segurança e proteção?
( ) Sim ( ) Não

4. Para manifestar o fruto do Espírito Santo.


Quais são as manifestações do fruto do Espírito Santo (Gálatas 5:22-23)?
1.__________________ 2 __________________ 3 __________________
4 __________________ 5 __________________ 6 __________________
7 __________________ 8 __________________ 9 __________________

Quem batiza no Espírito Santo?


12 Lições do Acompanhamento Inicial 17

1. Agora que você é um filho de Deus, de quem você pede o Batismo do Espírito Santo (Lucas
11:13)? ___________________. Ele se dá como presente, e imediatamente Jesus batiza
aquela pessoa no Espírito Santo (Lucas 3:16).

2. Com qual atitude devemos pedir ao Pai o Batismo do Espírito Santo (Marcos 11:24)?
( ) Crendo que no instante da oração vai receber

( ) Crendo que no instante da oração já recebeu

( ) Crendo que no instante da oração talvez receberá

Como receber o batismo no Espírito Santo?


1. Como o Seguidor de Jesus recebe o Batismo no Espírito Santo (Gálatas 3:14)?
_______________________________________________________________________

2. O segredo de receber o Batismo do Espírito Santo é liberar a sua fé e confiança na Palavra


de Deus. Tem muitas maneiras de liberar essa fé viva. Uma das maneiras que os crentes
primitivos usavam era a oração da fé com Imposição de mãos por homens de Deus (Atos
8:1417).

* O Espírito Santo é o Espírito de Deus (Mateus 28:19).

* Ele é o Consolador que, sempre estará conosco e dentro de nós (João 14:16, 17).

* Deus dá o Espírito Santo somente para quem é seu fiho. (Galatas 4:6, 7 e Romanos 8:9).

* O Espírito Santo lhe ajuda a entender a Palavra de Deus.

* O pecado entristece o Espírito Santo (Efésios 4: 30 – 32, Isaías 59:1, 2).

* Você deve estar cheio do Espírito Santo em todo momento (Efésios 5:14).

* Você deve pedir a Deus o poder do Espírito Santo (Lucas 11:13, Atos 2:42).

Obs.: Logo após o Batismo nas Águas você terá oportunidade de receber o Batismo no
Espírito Santo pela imposição de mãos. Se você já o tiver recebido, libere a sua fé para receber
ainda o dom de línguas, o dom de profecias ou outros dons.
12 Lições do Acompanhamento Inicial 18

Lição 7

Dízimos e Ofertas – O melhor investimento


Precisamos entender primeiramente que no Reino de Deus não existe nada obrigatório e
sim voluntário, não somente na parte financeira mas em tudo que se relaciona ao Reino,
Tudo que existe foi feito por Deus, e é Dele. Tudo que nós temos foi emprestado por Deus,
e nada pertence a nós mesmos. O que temos foi apenas colocado em nossas mãos para
administrarmos.
Deus mandou Seu povo separar a primeira décima parte de tudo que ganhavam (o dízimo)
para financiar o trabalho de Deus. (Deuteronômio 14.28-29)
É importante entender que o dízimo deve ser as primícias de tudo quanto recebemos, deve
ser, não apenas os 10%, mais a primeira parte. Antes de tudo devemos separar o que é de
Deus. Isso é uma prova de gratidão e amor.
Para suprir as próprias necessidades, o povo podia usar os 90% que sobrava.
O que é um dízimo? “Dízimo” quer dizer a décima parte. Por exemplo, se você ganhar R$
10,00, seu dízimo será R$ 1,00. O dízimo de R$100,00 será R$10,00, e de R$1.000,00 será
R$100,00, e assim por diante.
Você deve devolver o dízimo de acordo com o recebimento de sua renda, seja semanal,
quinzenal ou mensal.

O dízimo deve ser dado numa atitude de fé, alegria e adoração (Provérbios 3.4-10;
Malaquias 3.13-18; Deuteronômio 26).
Muitas leis do Antigo Testamento não são repetidas no Novo Testamento, mas podemos
ver que Jesus e o autor de Hebreus ainda ensinavam que o dízimo não deveria ser omitido
(Mateus 23.23; Lucas 11.42; Hebreus 7.8).
A oferta é algo além do dízimo. Tiramos nossa oferta dos 90 por cento que sobrou. Não é
uma quantia certa. Podemos dar a quantia que Deus nos mostrar. Em II Coríntios 8 e 9, Paulo
estava pedindo uma oferta generosa das igrejas da Macedônia para os pobres da Judéia.
Deus promete abençoar abundantemente a pessoa que dá generosamente (II Coríntios
9.6).
A OFERTA DEVE SER DADA COM MUITA ALEGRIA, A QUANTIA SENDO O QUE SEU
CORAÇÃO QUISER, NÃO COM TRISTEZA OU PORQUE FOR FORÇADO. DEUS AMA QUAM
DÁ COM ________________. (I CORÍNTIOS 9.6-7).

1. Qual é a diferença entre dízimos, ofertas e esmolas?


Dízimo é a __________________ parte de tudo que recebemos. Demonstra a sua gratidão
para com Deus
Oferta é a sua ______________ voluntária de adoração. Demonstra o seu amor pela obra
dele. (Mateus 2:10-11).
12 Lições do Acompanhamento Inicial 19

Esmola é a doação que é feita em amor para com o próximo necessitado e carente. A
esmola agrada o coração de Deus e terá recompensas (Salmo 41:1-3; Provérbios 19:17). A
Bíblia ensina que a esmola deve ser dada em___________ (Mateus 6:2-4).

2. No Antigo Testamento, o dízimo e as ofertas eram obrigatórios. Agora, no Novo


Testamento, devemos dar, e até muito mais, porém não com ______________ ou por
____________________ porque Deus ama quem _______ com _________________ (II Cor.
9:6-7).

3. O mundo pensa que para alguém prosperar financeiramente é preciso tirar dos
outros. Porém a Bíblia ensina que é _________ que se ___________ (Lucas 6:38). É um
grande privilégio e prazer (Atos 20:35).

4. Veja o exemplo de duas viúvas pobres que deram tudo o que tinham, confiando na
promessa de Deus, que Ele abriria as janelas do céu e derramaria bênção sem medida (Marcos
12:41-44 e I Reis 17: 12-16).

5. Não vamos esquecer que tudo que temos pertence a Deus, pois fomos comprados
por Ele (I Coríntios 6:19-20).

Nada por obrigação, sempre por amor e gratidão.


12 Lições do Acompanhamento Inicial 20

Lição 8

Voltar atrás, jamais!


1. O seguidor de Jesus precisa andar humildemente no temor de Deus, dirigido todo
momento pelo Espírito Santo à luz da Palavra de Deus, e assim nunca cair (I Coríntios 10:12;
Tiago 4:6-8).
2. Porém, se ele vier a cair, nunca precisa voltar atrás e deixar de seguir seu Mestre.
Mesmo que sua falha seja muito séria, deixar o Senhor nunca é a melhor solução, como o diabo
sugere.
3. Se isto acontecer, procure urgentemente o seu discipulador e se abra com ele (Tg
5:16).
4. O seguidor de Jesus que desviar e nunca arrepender-se corre perigos horrorosos,
pois a Bíblia diz: Horrível ____________é cair nas _______do Deus________ (Hebreus 10:26-
31). E mais.
5. “… Que mau e quão ____________ é____________ o Senhor teu _________ e não
teres temor de mim…” (Jeremias 2:19).
6. O seguidor de Jesus que volta atrás é comparado com o ______ que voltou ao seu
próprio ________________ e a _________________ lavada que voltou a ________________
no __________________ (II Pedro 2:20-22).
7. O verdadeiro cristão que segue o Senhor Jesus humildemente com toda a sinceridade,
sempre vencerá pelo poder de Deus. E NUNCA PRECISA SE DESVIAR!!!! Esta palavra não
deve nem fazer parte do nosso vocabulário, porque aquele que começou uma boa obra em nós,
com toda certeza há de completá-la, até o dia da volta do Senhor Jesus (Filipenses 1:6; I
Coríntios 10:12-13; Judas 24; II Coríntios 2:14; Romanos 8:37).
12 Lições do Acompanhamento Inicial 21

Lição 9

Verdades Importantes
Não devemos ter vergonha de Seguir a Jesus. Se tivermos vergonha de sermos um crente
em Jesus, Ele também vai ter vergonha de nós perante o ________________ (Marcos 8:38).
1. Cuidado com as seitas falsas. Abandone toda entidade religiosa que não seja
confiável e bíblica, fraternidade, ou sociedade secreta, como Maçonaria, Testemunhas de
Jeová, Mórmons, etc. (Lucas 8:17; Romanos 2:16; I João 1:7).
2. Não se envolva em dívidas, agiotagem, compra a prazo e não seja avalista de
ninguém. Veja o que a Bíblia diz sobre esse assunto. Estude Romanos 13:8, “A ninguém fiqueis
_____________ coisa alguma, exceto o __________.” Faça o “impossível” para não tomar
dinheiro emprestado. Se for preciso tomar emprestado, seja fiel no pagamento, ou pelo menos
dê satisfação quando não for possível pagar no dia marcado. A Bíblia ensina que você não deve
ser fiador. Estude Provérbios 6:1-5 e 11:15.
3. Cuidados com os pecados da língua: Maledicência (fofoca e fuxico), mentiras,
vocabulário perverso e piadas sujas.
a) Tiago 3:6 diz que a língua é ___________. Leia este capítulo para ver como não
se deve falar mal dos outros. Fofoca é um pecado muito grande contra Deus.
Estude Provérbios 6:16-19 e responda: Qual é a coisa que a alma de Deus abomina?
_________________________________
Espalhar uma notícia ruim sobre outra pessoa ou falar mal de alguém, parece não ser um
hábito tão mal assim, mas veja que os maldizentes fazem parte da lista de pessoas que não
herdarão o reino de Deus (I Coríntios 6:9 -10). Mesmo que seja verdade, NUNCA fale nada que
seja mau ou desagradável sobre a outra pessoa, nem mesmo em oração. É melhor orar em
secreto pelo irmão faltoso (Mateus 6:6).
b) A mentira é um dos pecados mais comuns praticados pela nossa sociedade, a
ponto de muitos já estarem tão viciados em mentir que não vêem mal algum nesse pecado tão
sério. Infelizmente, existem pessoas que acham que não se pode viver sem mentir de vez em
quando. A mentira reflete covardia em não enfrentar a verdade. Ela é uma grande falha no
caráter. Mentir é falar apenas parte da verdade, omitindo outra parte, é não falar os detalhes,
é esconder algo, declarando fatos totalmente diferentes da verdade. É exagerar sobre os
fatos, inventar coisas que não existem.
Não existe “mentirinha”. Em João 8:44, Jesus diz que o diabo é mentiroso e ________ da
mentira. Todo “enganozinho” é mentira (incluindo colar nos deveres escolares), e o filho de
Deus NUNCA deve enganar por razão ALGUMA. Somos novas criaturas. A Bíblia destaca a
mentira como um pecado MUITO sério:
Resultou na morte de Ananias e Safira (Atos 5:4).
Os mentirosos serão lançados no Lago de Fogo (Apocalipse 21:8).
O mentiroso será destruído (Salmo 5: 6).
12 Lições do Acompanhamento Inicial 22

“Não________________ uns aos outros uma vez que vos _________________ do velho
______________ (Colossenses 3:9).
c) Vocabulário perverso.
Falar é um dom de Deus aos homens; é a nossa maior forma de expressão. No entanto,
a maioria dos pecados que cometemos é com a boca. O vocabulário utilizado em um dia, tanto
pelos homens como pelas mulheres, é uma enorme evidência da decadência moral em nossa
sociedade. Os palavrões já são ouvidos cedo na boca das crianças, que imitam os pais, tios e
outros. As letras das músicas populares estão infestadas de insinuações, palavrões e palavras
obscenas. Há pessoas que, em cada cinco palavras proferidas, duas são palavrões. Precisamos
ser um povo diferente, com uma nova maneira de falar. A Bíblia reprova todo e qualquer tipo de
conversação suja e imoral (Colossenses 3:8, Efésios 4:29; 5:3-4). Nossa boca deve ser um
instrumento nas mãos de Deus.
12 Lições do Acompanhamento Inicial 23

Lição 10

Uma vida pura


O pecado sexual tem sido aceito por tantas pessoas como algo comum e normal que se
torna como uma norma de vida. Alguns pais esperam que seus filhos tenham sua primeira
experiência sexual já na adolescência. Mães orientam suas filhas a como usar preservativos,
para que elas não fiquem grávidas. O adultério é crime no Código Penal Brasileiro, mas não há
ninguém nos presídios pagando pena por esse crime. Isso seria ridículo, muitos diriam. As
revistas e filmes pornográficos circulam livremente nas ruas e nas praças, e porque não dizer
nas casas de muitos.
Porém nós fomos chamados para sermos o sal da terra e a luz do mundo, um povo santo
e puro para Deus. Deus criou o homem e a mulher. Ele é o autor do sexo. A relação sexual é
pura e santa, desde que seja feita dentro dos limites e propósitos de Deus, ou seja, dentro do
casamento legal. A atração sexual entre o homem e a mulher é normal, e foi estabelecida por
Deus, visando à felicidade do casal e também para a procriação. Porém, por ser uma relação
forte e atraente, Deus estabeleceu regras e limites bem claros os quais precisamos respeitar,
pois, uma vez desobedecidos, colheremos desgraças e tristezas. Toda relação sexual fora do
casamento é adultério ou prostituição e é proibida por Deus, e será julgada. Mesmo que já sejam
noivos, a relação sexual antes do casamento desagrada a Deus e tem sérias consequências.
Estude os seguintes versículos: (Gálatas 5:19; Efésios 5:3-5; Colossenses 3:5; I
Tessalonicenses 4:1-8; Hebreus 13:4; I Coríntios 6:18-19).
Depois de receber a Jesus como Salvador e Senhor, nossos corpos tornam-se
______________ do Espírito Santo (I Coríntios 6:19).
1. Por isso Deus nos mandou fugir da imoralidade sexual (I Coríntios 6:18 ). Fugir da
impureza quer dizer fugir do ato sexual, da ocasião, dos lugares de tentação, das amizades ou
outras coisas que induzam ou provoquem a imaginação ou levem a ceder diante da tentação.
Por exemplo, fugir das revistas, dos livros, dos filmes pornográficos (ou sugestivos), de vários
programas de televisão, de vestimentas provocantes e sensuais, piadas imorais e tudo que é
malicioso.
2. Prostituição é pecado contra nosso _______________ que é templo do
_______________ _____________. “Porque foste comprados por _______ ___________.
Agora, pois, ______________a Deus no vosso _______________” (I Coríntios 6:20).
4. Em vez de cair na tentação, a Bíblia nos manda ____________ das paixões da
mocidade” (II Tm. 2:22 ).
5. “... se alguém amar o mundo, o amor do ___________ não está nele. Ora, o mundo
passa, bem como a sua concupiscência; aquele, porém, que faz a _______________de
________ permanece _______ ___________” (I João 2:15 e 17).
6. O seguidor de Jesus precisa abandonar todo vício (I Cor. 7:1 e 6:17)?
_____________.
7. Podemos abandonar todo vício pela _______ em Jesus (I João 5:3-5 ).
12 Lições do Acompanhamento Inicial 24

Lição 11

A Santa Ceia
1. A ceia é uma instituição Divina da qual devemos sempre participar. Em I Coríntios
11:23-32 a Bíblia nos ensina sobre a Santa Ceia.
2. É um dever sagrado e um privilégio sem paralelo para o Seguidor de Jesus tomar a
Santa Ceia.
3. A Ceia foi instituída por Jesus com várias finalidades:
a) Relembrar sua morte em nosso lugar.
b) Anunciar a Sua volta para buscar a Sua Igreja.
c) Celebrar a vitória sobre o pecado.
d) Festejar a derrota do nosso inimigo.

4. A Ceia do Senhor é a maior festa espiritual da Igreja.


5. Jesus mandou celebrar a Ceia em _________________ Dele.
6. O pão representa o _________________ e o vinho o __________________ de
Jesus.
7. “Porque, cada vez que vocês comem deste pão e bebem deste cálice, anunciam a
___________ do Senhor, até que Ele venha” (I Coríntios 11:26).
8. Por que muitos Seguidores de Jesus, em Corinto, estavam sofrendo de doenças e
fraquezas físicas, e até morrendo (I Coríntios 11:29-30)?
___________________________________________________________________________
9. Na cruz, em seu Corpo, Jesus levou os nossos pecados e as nossas
_________________________ (Isaías 53:4-5; I Pedro 2:24). Temos que nos apropriar dessas
verdades durante a Santa Ceia.
10. Nós (a Igreja) somos o corpo de Jesus também. Precisamos reconhecer que somos
membros do mesmo corpo e de que precisamos um dos outros. Somos iguais perante Deus,
não sendo assim um membro mais importante que o outro, para que ninguém nutra o sentimento
de superioridade ou inferioridade, provocando inveja ou competição. Temos que estar em
comunhão com todos os irmãos, vivendo em paz, amor e harmonia e sem ressentimento ou
mágoa contra ninguém (I Coríntios 12:12-26).
11. Quem pode participar da Ceia?
12 Lições do Acompanhamento Inicial 25

Todos que já nasceram de novo e através do batismo fazem parte, verdadeiramente, da


família de Deus.
Examine-se, pois, o homem a _____ __________ e assim _________do _________ e
__________ do Cálice (I Coríntios 11:28).
12. Com que atitude devemos participar da ceia? Antes de tomar a Santa Ceia, recorde
com gratidão tudo o que Jesus fez na cruz por você. Sempre ande em amor com os seus
irmãos, e assim tome a Santa Ceia, apropriando-se da justiça (perfeição) de Deus, da Cura
Divina, da prosperidade financeira, enfim, de qualquer outra coisa de que você precisa. Nunca
falte à Santa Ceia, pois, através dela, Deus quer lhe abençoar!
12 Lições do Acompanhamento Inicial 26

Lição 12

Conhecendo a Visão da Igreja Local

A Igreja local é o coração do Reino de Deus


Sem a Igreja local não existiria a Igreja mundial, pois a Igreja mundial é formada por cada
Igreja Local. Eis o porquê da importância dispensada para esta tão preciosa e sublime família
espiritual. Porque se as igrejas locais de uma cidade forem fortes e abençoadas, o reino de
Deus será forte e abençoado naquela cidade. Mas, para isso acontecer, é necessário que você
e eu “vistamos a camisa” da nossa igreja local, procurando compreender a sua visão e
mergulhar de cabeça, nos envolvendo sem reservas e contribuindo de forma significativa para
o seu crescimento. Não nos consideramos a única igreja certa do mundo, mas cremos que
Deus tem nos dado uma visão e queremos ser fiéis e levar a sério essa visão.

O que é a nossa Igreja? Quem somos?


Cremos que, como igreja local, somos chamados para ser:
1. Um povo vencedor que subjuga o diabo, o pecado e o mundo, e que põe o reino de Deus
em primeiro lugar na sua vida, manifestando-o através da demonstração do poder de Deus,
curando os enfermos, expulsando os demônios e pondo em liberdade os cativos, com uma
mensagem de fé, paz, perdão e amor.
2. Uma família cheia de amor, com muitos membros comprometidos e responsáveis uns pelos
outros.
3. Um grande exército que guerreia contra o mal, arrancando as vidas das mãos do diabo (o
nosso único inimigo), e trazendo-as para o reino de Deus.

CÉLULAS o coração da igreja local


Somos uma igreja em células,. Isto significa que os CÉLULAS são nossa prioridade. Isto
quer dizer que tudo acontece através e a partir dos CÉLULAS. Você poderia pensar: “não
deveria ser missões a nossa prioridade?” Mas, na realidade, não existe outra maneira melhor e
mais eficaz de se fazer missões na igreja local, do que através das CÉLULAS. As CÉLULAS
não só são eficazes para alcançar a nossa “Jerusalém”, pois isto acontece de forma
impressionante, como também para alcançar nossa “Judéia”, “Samaria” e o resto do mundo.
Assim, com a visão das CÉLULAS, um enorme contingente de líderes é treinado e preparado
para o ministério. E o mais interessante é que isso acontece não apenas de forma teórica, mas
na prática.
Não temos dúvida de que, as maiores denominações, maiores igrejas locais no Brasil e no
mundo, serão as igrejas baseadas em Células, se já não o são.
12 Lições do Acompanhamento Inicial 27

Pequenos grupos, grandes resultados!


Você pode se perguntar por que as CÉLULAS são tão importantes, já que se trata de algo
tão pequeno? A razão é simples. Além ser um modelo Bíblico e ter sido praticado pelos
primeiros cristãos, traz grandes resultados e benefícios para a igreja local. Como já estudamos
na lição quatro, é na CÉLULA que vamos aprender a desenvolver comunhão com Deus e com
os irmãos. E é lá que vamos desenvolver vínculos fortes de amizade e camaradagem, e é onde
seremos cuidados, pastoreados, encorajados, e mais ainda, é lá que vamos aprender a
descobrir nossos dons e talentos e a começar a servir a Deus e à igreja.
CÉLULAS Seu lugar de treinamento
Que privilégio você tem de fazer parte de uma CÉLUA e de começar a desenvolver os
dons que Deus tem dado a você, para ser usado para a glória Dele! É na CÉLULA que você
vai poder pôr em prática o que você está aprendendo no TDL. A CÉLULA é o seu laboratório
ministerial. É na CÉLULA que você vai começar a descobrir quais os dons que você tem e o
jeito certo de fazer a obra de Deus.

Introdução a Visão do MDA


O nosso modelo de discipulado um a um está baseado naquilo que, como entendemos
pelos relatos bíblicos, foi a prática usada por Jesus e pelos apóstolos, no relacionamento e
formação dos seus discípulos. Cremos que, apesar de eles terem tido muitos momentos em
grupo, uma grande parte do processo do discipulado foi realizado um a um. Para esse processo
de discipulado um a um, usamos a sigla MDA, que significa: MODELO DE DISCIPULADO
APOSTOLICO. É importante notar que, na Grande Comissão, a ordem de Jesus dada a todos
os cristãos não foi de ir e fazer um discípulo; pelo contrário, a palavra está no plural: discípulos.
Esta sigla nos caracteriza e nos identifica como uma igreja que acredita no princípio de
discipulado um a um (não apenas grupos de discipulado), onde todos os membros estão não
apenas sendo discipulados, mas fazendo discípulos.

O modelo MDA
Como já explicamos, esta sigla representa o discipulado um a um (MODELO DE
DISCIPULADO APOSTOLICO). Porém, MDA não somente representa o discipulado um a um,
mas também o nosso modelo global do funcionamento da Igreja local. Para você estar cem por
cento dentro do modelo MDA, é necessário o seguinte:
1. Ser membro fiel de uma CÉLULA.
2. Estar vinculado ao discipulado um a um.
3. Estar frequentando o TDL.
4. Estar fazendo a ESCOLA DO REINO, ou já ter concluído.
5. Congregar no UNI.
Gostaríamos também de enfatizar mais uma vez a importância de você estar sendo
discipulado e ter discípulos. O alvo é que todo mundo na igreja esteja sendo discipulado.
12 Lições do Acompanhamento Inicial 28

Tornando-se um DISCIPULADOR:
Depois que recebemos Jesus como Senhor da nossa vida, temos a responsabilidade de
fazer discípulos. Você está sendo transformado em um “discípulo” capacitado para liderar e
influenciar outras vidas.
O que é um discípulo?
Um discípulo é um seguidor praticante dos ensinos do Mestre, sendo submisso.

Como identificar um discípulo?


a) Salvo – Alguém que foi liberto da condenação do inferno e do poder do pecado e do
diabo;
b) Convertido – Alguém que passou de uma mente escrava para a mente de Cristo;
c) Crente – Alguém que crê nos ensinamentos liberados sobre sua vida;

Ser um discípulo de Jesus implica em ser muito mais que somente um convertido;
Ser discípulo de Jesus implica em fazer outros discípulos;
Discipulado é transferência de vida, conhecimento, prestação de contas e
treinamento.

Quando nascemos de novo, nascemos na família de Deus. Nosso dever agora é crescer
e avançar. Crescendo na graça e no conhecimento e assumindo um compromisso com
os objetivos da igreja.
Conclusão
Você teve o privilégio de concluir uma parte maravilhosa da sua caminhada, com
ensinamentos preciosos para uma vida bem-sucedida em Deus. Nossa oração é que você
cultive uma intimidade profunda com o Espírito Santo, para que Ele possa lembrá-lo dessas
verdades no seu dia a dia.
Foi muito bom esse tempo juntos.
Que Deus te abençoe em Cristo.
Reflita, medite e confesse sobre sua vida o textos abaixo:
“E assim, se alguém está em Cristo, é nova criatura: as coisas antigas já passaram; eis
que se fizeram novas” (II Cor 5:17).
“Logo, já não sou eu quem vive, mas Cristo vive em mim; e esse viver que agora tenho na
carne, vivo pela fé no Filho de Deus, que me amou e a si mesmo se entregou por mim” (Gálatas
2:20).
“Confessai, pois, os vossos pecados UNS AOS OUTROS, e orai uns pelos outros, para
serdes curados.” (Tiago 5:16)
“O mesmo Deus da paz vos santifique em tudo; e o vosso espírito, alma e corpo sejam
conservados íntegros e irrepreensíveis na vinda de nosso Senhor Jesus Cristo” (I
Tessalonicenses 5:23). ISSO É SÓ O COMEÇO