Você está na página 1de 2

7 filmes do Netflix para quem quer aprender

sobre finanças e negócios

SÃO PAULO – Muitas pessoas enfrentam problemas para aprender sobre finanças e como administrar
seu dinheiro. No entanto, para entender um pouco mais do assunto de forma diferente da convencional
– que por vezes é um pouco tediosa - assistir a filmes pode ser a solução.

O Infomoney separou 7 filmes que podem ajudar você a dar uma guinada nas suas finanças, além de
serem possibilidades de aprendizagem sobre o assunto.

Confira a lista:

O Lobo de Wall Street (2013)

O filme conta a história de Jordan Belfort (Leonardo DiCaprio), que trabalhou duro em uma corretora de
Wall Street. Quando é oficialmente contratado como corretor, acontece a Black Monday e ele perde o
emprego. Ambicioso ele tem a ideia de montar sua própria empresa que lida com papeis de baixo valor,
e que não estão na bolsa de valores. Com o desenrolar do filme, ao lado do amigo Donnie (Jonah Hill)
ele cria a Stratton Oakmont e acaba enriquecendo rapidamente.

A negociação (2012)

Um milionário chamado Robert Miller (Richard Gere) quer vender sua companhia para um banco o mais
rápido possível, para evitar que uma fraude cometida por ele seja revelada.

Margin Call: o dia antes do fim (2011)

Peter Sullivan (Zachary Quinto), Seth Bregman (Penn Badgley) e Will Emerson (Paul Bettany) trabalham
no setor de riscos em uma corretora, que está realizando uma série de demissões. Cerca de 80% do setor
em que trabalham foi demitido, entre eles o chefe do trio, Eric Dale (Stanley Tucci).

Ao pegar o elevador Eric entrega a Peter um pen drive, que contém algo em que estava trabalhando no
momento. O alerta para que tomasse cuidado com o conteúdo chama a atenção de Peter, que fica após
o horário de trabalho para dar uma olhada no arquivo. Ele descobre que a empresa está prestes a falir, o
que provoca uma reunião de emergência com diversos setores da empresa.

Wall Street: Poder e cobiça (1987)

Um jovem corretor está disposto a qualquer coisa para ter oportunidade profissional no mercado
financeiro. Buddy Fox (Charlie Sheen) descobre que sua ascensão rápida é imprevisível e o preço a se
pagar vai ser alto. Com o desenrolar do filme vem o peso na consciência e ele corre o risco de ir preso.
Wall Street: o dinheiro nunca dorme (2010)

Gordon Gekko (Michael Douglas) sai da prisão, após cumprir pena por fraudes financeiras e não pode
trabalhar mais com o mercado financeiro. Assim, ele começa a realizar palestras e a escrever um livro,
onde critica o comportamento de risco dos mercados.

Um dia, após uma das palestras, ele é abordado por Jacob Moore (Shia LaBeouf), um operador idealista
do mercado de Wall Street. Ele vive com Winnie (Carey Mulligan), filha de Gekko que não fala mais com
ele. Jacob quer conselhos sobre como agir com Bretton James (James Brolin), um grande investidor que
fez com que seu mentor tivesse que vender sua tradicional empresa por uma ninharia.

A Grande Aposta (2015)

O dono de uma empresa de médio porte chamado Michael Burry (Christian Bale) investe uma quantia
alta em dinheiro do fundo que administra em uma aposta: o sistema imobiliário nos Estados Unidos irá
quebrar em breve. A decisão gerou polêmica já que ninguém antes apostou contra o sistema e teve
lucro.

Ao saber da jogada no mercado financeiro, o corretor Jared Vennett (Ryan Gosling) começa a oferecer a
oportunidade a seus clientes. Um deles é Mark Baum (Steve Carell), o dono de uma
corretora. Paralelamente, dois iniciantes na Bolsa de Valores percebem que podem ganhar muito
dinheiro ao apostar na crise imobiliária e pedem ajuda a um guru de Wall Street, Ben Rickert (Brad Pitt).

Trabalho Interno (2010)

O filme conta a história da crise de 2008, que fez com que milhões de pessoas perdessem suas casas e
empregos. Ao todo, foram gastos mais de US$ 20 trilhões para combater a situação. O filme desvenda o
relacionamento corrosivo que envolveu representantes da política, da justiça e do mundo acadêmico,
por meio de uma extensa pesquisa e entrevistas com pessoas ligadas ao mundo financeiro, políticos e
jornalistas.

Interesses relacionados