Você está na página 1de 48

SOCIEDADE

DESESCOLARIZADA II - O
RETORNO
médium Rafael Reinehr psicografa Ivan Illich
twitter: @r4re

coolmeia.org | rede.coolmeia.org | coolmeia@coolmeia.org


TZU

“If you are thinking a year ahead, sow seed.


If you are thinking ten years ahead, plant a tree.
If you are thinking one hundred years ahead, educate the
people.”

- Kuan Tzu
CONSUMO

“A escola é um rito iniciatório que introduz o neófito à


carreira sagrada do consumo progressivo.”

- Ivan Illich
A DOMESTICAÇÃO DO
HUMANO

A maioria das pessoas adquire a maior parte de seus


insights, do seu conhecimento e capacidades fora da
escola.

A ideologia da escolarização deve ser abolida. É uma


ideologia que promove a domesticação do humano.

Educar para desobedecer, para criar o novo, para a


independência, para mudar o stat...
É POSSÍVEL SER UM
AUTODIDATA BEM-SUCEDIDO
NA SOCIEDADE ATUAL???
A VISÃO DO REAL

A educação compulsória como uma loteria compulsória:


alguns ganham, mas a maioria perde.

Mercado de trabalho não absorve a totalidade dos


estudantes

Indústria do Diploma - cada vez é necessário um grau


mais alto

Monopólio da Educação pelas Instituições formais


ALGUMAS METAS

Abolição da Educação Compulsória

Abolição da discriminação de quem aquiriu seu


conhecimento a custos mais altos (Educação Formal)

Estabelecimento de um sistema de Edu-créditos

Garantia de que cada cidadão tenha acesso igual às


ferramentas e possibilidades de aprendizado
O ANARQUISMO DE ILLICH

“A desinstitucionalização da Educação pode ser


generalizada a uma libertação do monopólio de acesso a
qualquer necessidade.”

“Somente uma revolução cultural e institucional que


reestabeleça o controle do homem sobre seu ambiente
pode erradicar a violência pela qual o desenvolvimento
das instituições agora é imposto por alguns poucos para
o seu próprio interesse.”
APRENDER “BATENDO
CABEÇA”
APRENDER O QUE OS
OUTROS QUEREM
APRENDER A QUALQUER
HORA, QUALQUER LUGAR

Desescolarizar a Sociedade x Todo lugar é uma escola?

Aprendizado distribuído - cada indivíduo é, ao mesmo


tempo, um educador e um aluno - um aprendente

Aprender com as coisas, com os lugares


CIDADES EDUCADORAS

Carta das Cidades Educadoras, Barcelona 1990/Bologna,


1994

“Primeiro, investir na educação de cada pessoa, de


maneira que esta seja cada vez mais capaz de exprimir,
afirmar e desenvolver o seu potencial humano, assim
como a sua singularidade, a sua criatividade e a sua
responsabilidade”
CIDADES EDUCADORAS

“Segundo, promover as condições de plena igualdade


para que todos possam sentir-se respeitados e serem
respeitadores, capazes de diálogo.”

“Terceiro, conjugar todos os fatores possíveis para que


se possa construir, cidade a cidade, uma verdadeira
sociedade do conhecimento sem exclusões, para a qual é
preciso providenciar, entre outros, o acesso fácil de toda
a população às tecnologias da informação e das
comunicações que permitam o seu desenvolvimento.”
O MEDO ACERCA DA
“INSTITUCIONALIZAÇÃO DE
VALORES”

“Necessitamos de pesquisas sobre a possibilidade de usar a


tecnologia para criar instituições que sirvam à interação
pessoal, criativa e autônoma e que façam emergir valores
não possíveis de controle substancial pelos tecnocratas.”
E O POVO PASTA...

Em um texto chamado Mas não podemos tirar esta


sentença do contexto. Illich, quando
Silence is a Commons escreveu isso, se referia a ambientes
(Inverno de 1983), Illich programados que tornam as
pessoas doentes, indolentes,
escreveu: impotentes, narcisistas e apolíticos.
Diferente do que nos propomos a
“Computers are doing to apresentar e do que somos capazes
communication what de proporcionar hoje.

fences did to pastures


and cars did to streets.”
wikipedia.org
knol.google.com
EDUPUNK

Do It Yourself

FAÇA VOCÊ MESMO =


AUTODIDATISMO
instructables.com
khanacademy.com
shredacademy.com
escoladeredes.ning.com
objetoseducacionais2.mec.gov.br
edtechpost.wikispaces.com/OER+Dynamic+Search+Engine
aaaaarg.org
ocw.mit.edu/courses
udemy.com
uopeople.org
academicearth.org
SOCIEDADE CONVIVIAL

“Uma sociedade convivial é uma sociedade que oferece ao


homem a possibilidade de exercer uma ação mais autônoma
e mais criativa, com auxílio das ferramentas menos
controláveis pelos outros.”

- Illich, em Tools for Conviviality


PROPÓSITOS:

“Um bom sistema educacional deve ter três propósitos:  dar


a todos que queiram aprender acesso aos recursos
disponíveis, em qualquer época de sua vida; capacitar a todos
que queiram partilhar o que sabem a encontrar os que
queiram aprender algo deles e, finalmente, dar oportunidade
a todos os que queiram tornar público um assunto a que
tenham possibilidade de que seu desafio seja conhecido.”
TEIAS DE APRENDIZAGEM
A mais radical alternativa para Para esclarecer, tomemos um exemplo:
como poderia funcionar um encontro
a escola seria uma rede ou intelectual em Nova York. Qualquer
um sistema de serviços que pessoa, em qualquer momento e por
desse a cada homem a mesma um preço mínimo, poderia identificar-se
em um computador dando-lhe
oportunidade de partilhar endereço, número de telefone e
seus interesses com outros indicando o livro, artigo, filme ou
motivados pelos mesmos gravação sobre os quais gostaria de
discutir com um parceiro qualquer.
interesses. Dentro de poucos dias poderia receber
pelo correio uma lista de outras
pessoas que, recentemente, tomaram a
mesma iniciativa. Com esta lista, poderia
combinar, por telefone, um encontro
com pessoas que, a princípio, se
tornariam conhecidas apenas pelo fato
de terem procurado um diálogo sobre o
mesmo assunto.
TEIAS DE APRENDIZAGEM

“A alternativa sintática é uma rede ou teia educacional que


permite e reunião autônoma de recursos sob o controle
pessoal de cada aprendiz. Esta estrutura alternativa de uma
instituição educativa se encontra, agora, no ponto cego
conceitual de nossa pesquisa operacional. Se a investigação
se concentrasse nele, teríamos uma verdadeira revolução
científica.”
teias.net
schoolofeverything.com
tradeschool.ourgoods.org
tradeschool.ourgoods.org
tradeschool.ourgoods.org
tradeschool.ourgoods.org
thepublicschool.org
p2pu.org
p2pu.org
E O FUTURO?

O novo transforma mas não necessariamente substitui o


velho

A vez dos REAs

A Educação se torna construtiva

A Educação se torna combinatória

A Educação é aberta, bem como o seu futuro


CONFÚCIO

"O importante não é a pessoa acumular informações


técnicas e habilidades especializadas, mas desenvolver sua
própria humanidade. Educação não se refere a ter, mas a
ser.”
- Confúcio
O HOMEM-MÁQUINA

“(...) O fato é que vivemos uma intensa luta nos dias de hoje.
É um desafio permanecermos humanos em um mundo que
viaja a velocidades supra-humanas. Estamos - poucos
percebem - nos tornando máquinas. Máquinas de trabalhar.
Não queremos ser substituídos, então, temos que mostrar
trabalho. Me corrija se eu estiver errado.
Como todos sabem, máquinas não gostam de ler. Na verdade
elas ainda não desenvolveram um senso estético e artístico
muito apurado. Precisamos humanizar o homem-máquina.”

- Rafael Reinehr
MUITO OBRIGADO!

UMA LESMA DE JARDIM


coolmeia.org | rede.coolmeia.org | coolmeia@coolmeia.org
APOIO:

coolmeia.org | rede.coolmeia.org | coolmeia@coolmeia.org